Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Narração

    Compartilhe
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1511
    Reputação : 78
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Narração

    Mensagem por shamps em Qui Ago 24, 2017 9:56 am

    Mesmo com os ânimos exaltados ali, a jovem sacerdotisa mantinha a calma e face serena, apenas sorrindo amigavelmente para todos no recinto. Hiromitsu estava prestes a castigar Koi, mas sua filha foi em seu auxilio, revelando a localização do grupo que comandava a aldeia.

    - Está errado, Koi san. Nosso senhor nã... - não teve tempo de terminar sua frase, pois suas mãos começaram a tremer. Ela sabia que estava tendo uma visão, mas caiu antes de poder se apoiar. Foi amparada pelo samurai enquanto se debatia no chão, isso costumava levar alguns breves minutos, mas parecia uma eternidade para quem via e para ela, Natsuki, parecia uma eternidade.
    Assim que acorda, ela permanece de olhos fechados para organizar as imagens em sua cabeça, mal escutando o que Hiromitsu dizia.

    - Eles... eles não estão protegendo a aldeia, estão tentando evitar chamar a atenção para eles... - disse repentinamente enquanto gotas de suor escorriam por sua testa - eles tem um refém muito valioso nessa casa... o estopim de uma grande guerra... seremos massacrados se não... - ela massageou as têmporas -  eles não sabem que estamos aqui... ainda... mas alguém se encaminha rápido para cá... temos que ser rápidos - ela tenta se levantar - temos de ser cuidadosos... o refém está em perigo... armadilhas... um resgate difícil... - dizia enquanto caminhava.
    isaac-sky
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 652
    Reputação : 108
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: Narração

    Mensagem por isaac-sky em Seg Ago 28, 2017 5:07 pm


    Mais relaxado Jirou abaixa o bastão.
    [i]”Até bandidos possuem algum bom-senso. Sem derramamento de sangue desnecessário[“/i]

    -Não se preocupe meu lorde, eu voltarei antes mesmo que sinta falta das minhas anedotas sem graça - disse sorrindo. Pretendia manter o daimiyo relaxado. A situação não era boa mas o lorde não podia demonstrar preocupação.

    -Senhor, precisamos ficar com vossa katana, até que a reunião tenha ocorrido.

    -Por acaso vê alguma arma em minha possessão? Não tiraria a bengala de um cego, tiraria? Haha, seria vergonhoso se eu não pudesse tatear o chão e tropeçasse - ele diz demonstrando como se guia com o bastão que oculta sua katana.

    Jirou espera convencer os guardas de que o equipamento só serve para se guiar e continuar em posse de sua arma.

    Acenou na direção de Takeshi e do Daimyou e seguiu com o estrela vermelha.



    O ambiente era bem diferente da vila. O cheiro, o solo, as vozes, não eram carregadas de morte como na vila.
    Se isso era bom ou ruim cabia ao tempo dizer.

    Jirou permanece atento para vozes para que seja capaz de reconhecer todas futuramente.

    -Então você é o oficial que mandaram até mim, é realmente uma pena seu Daimyo não poder aparecer, mas entendo a preocupação do rapaz

    -Ah, e o senhor seria o líder do Estrela Vermelha. Haha, é realmente uma pena também que seus homens não tenham sido nada amistosos em nosso primeiro encontro - dizia em tom relaxado, mas sabia que essa troca de provocações era a maneira de lutar dos conspiradores.

    O homem oferece saquê e Jirou acena positivamente com a cabeça.

    -Aceito. Nada como uma bebida depois de andar tanto

    Jirou aceita a bebida. O homem provavelmente faria suas exigências em seguida.



    Jezreel
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 890
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Narração

    Mensagem por Jezreel em Qua Ago 30, 2017 11:10 am

    Takeshi olha para a garrafa. Agora que Jirou está sozinho, não adiantaria arrumar briga. Não precisariam de derramemento de sangue desnecessário. O que lhes restavam é esperar que Jirou voltasse com algum tipo de resposta do tal Estrela Vermelha.


    Antes que aceitasse a bebida, ele olha diretamente para os olhos do inimigo. Como se seus olhos dissessem que ainda o considerava inimigo, independente da paz momentânea.

    - Está tudo bem, Daimyo. Nós ainda temos que esperar Jirou voltar, não é mesmo?

    Ele pega a garrafa e imediatamente oferece ao seu senhor antes de beber.
    Koresea
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 71
    Reputação : 23

    Re: Narração

    Mensagem por Koresea em Sab Set 02, 2017 6:46 pm

    Narração Hiromitsu/Natsuki:
    A tontura vai lentamente passando e logo Natsuki já esta de volta a si, a dor de cabeça vai pouco a pouco desaparecendo e a falta de equilíbrio logo deixa de ser um problema.

    Hiromitsu orienta um dos homens a ir atrás do Daimyo e ele simplesmente acena com a cabeça positivamente, sme questionar as ordens de um superior,a jovem onmyoji logo precisa se sentar devido a mal estar, Sakura trás um pouco de água para a garota, a visão foi um tanto atormentadora, entretanto Koi continua apenas bebendo seu saquê, ignorando a jovem como se tudo que tivesse acabado de acontecer fosse um truque barato.

    Os samurais logo se organizam para deixar o local (vou adiantar essa cena) e saem para fora do bar, as ruas ainda estão vazias e sinistras, o único som que é possível ouvir agora é o barulho do vento, entretanto agora ocasionalmente o grupo já percebe olhares curiosos de dentro das casas, ocasionais e poucos, mas ainda assim acontecem, após poucos passos dados em direção ao caminho para mansão serem dados um conjunto de homens já começa a sair de uma ruela a frente.

    Natsuki lembra instantaneamente de sua visão, sobre alguém vindo até onde eles estavam, o grupo vai aos poucos se separando e logo é possível sua dimensão, cerca de 15 homens logo começam a ocupar a rua, a maioria deles usa naginatas na mão, embora seja possível reconhecer ferramentas de trabalho sendo usadas como armas, tal como foices e coisas do gênero.

    É perceptível então uma movimentação no interior do grupo, e lá do meio abrindo caminho vocês veem sair um jovem, o rapaz aparenta ter entrado na sua segunda década de vida recentemente, possuí uma barba mal feita e curta, cabelos longos presos por um pedaço de pano, usa um kimono cortado nos braços, muitas vezes usado dessa maneira para facilitar o plantio, demonstra ter braços fortes e bronzeados, entretanto o que lhes chama atenção é que carrega em suas mãos uma arma inconveniente para sua casta, uma katana

    O jovem rapaz se manifesta, ainda distante de vocês, tendo que gritar para que sua mensagem seja ouvida.

    -Vocês são os samurais do castelo, não se preocupem, não viemos lhes atacar, assim que soubemos que estavam vindo para vila tratamos de nos organizar

    Após um breve segundo de silêncio o jovem começa a se aproximar, sozinho, mas ainda com a katana em mãos

    -Meu nome é Tora, a gente viu vocês entrando no bar do Koi, então esperamos você sair para conversar

    Ele olha para o lado, um pouco apreensivo

    -Sinceramente, espero que aquele homem não tenha lhes causado nenhum tipo de problema, o velhote é um bom homem no fundo só é um tolo por defender o estado atual da vila, quer dizer, imagino que saibam o que esta acontecendo aqui a esse ponto.

    Nós somos alguns camponeses e mercadores, mas resolvemos que vamos lutar, vocês não trouxeram muitos guardas consigo, nem devem ter muitos guardas imagino eu, a guerra levou muitas vidas, mas de qualquer forma, muitos dos criminosos que estão por aqui na verdade antes eram fazendeiros como nós, resolveram se unir a "causa" de Manamoto, o que é uma pena.


    Ele abaixa a cabeça, um pouco sério, meio que sem saber como prosseguir.

    -Estávamos rondando a área, me desculpe a falta de respeito mas foi uma tolice se separarem, seu Daimyo esta sendo feito refém na praça

    Ele olha para todos os homens atrás dele

    -Se quiser podemos leva-los lá, os homens estão em poucos então não acredito que será muito difícil dar cabo deles

    Narração Jirou:
    Você beberica um pouco do saquê que lhe foi dado, o gosto é bastante agradável aparentando ser uma bebida de qualidade,
    logo em seguida, a rouquidão da voz do homem volta a falar

    -Sinceramente, tenho que pedir perdão antecipadamente por meus homens, eles as vezes perdem um pouco o controle da situação, estressados demais, estamos acostumados a lidar com criminosos cabeças quentes então é um certo choque de realidade para eles negociar com nobres.

    De qualquer forma, agradeço que tenha tido a cortesia de vir até aqui, foi um gesto louvável de vossa parte, creio que as negociações serão bem simples, a alguns meses atrás essa vila acabou sendo dominada por um grupo de criminosos, isso foi no inicio do inverno, pelo que ouvi foram vários dias de crueldade, mortes, roubos e estupros, imagino que consiga conceber a gravidade de tal situação.

    Eu cheguei um tempo depois com meus homens, digo, desde que chegamos só pensávamos em passar por aqui rapidamente e seguir viagem entretanto a situação a qual a vila enfrentava era demais para meu olhos aguentarem, sendo assim, optei por tentar ajudar-los, junto com alguns outros homens da vila expulsamos os criminosos.

    Nossa força era grande, e as pessoas da vila começaram a nos incentivar a ficar, foi assim que resolvi me estabelecer por aqui, a principio a maior parte da vila aceitou e pediu cordialmente para que ficássemos, é claro, os europeus tinham um expressão que dizia "É impossível agradar a gregos e troianos", sempre vai haver pessoas que discordam, entretanto elas eram a minoria, e quando a minoria resolve querer impor seu desejo para a maioria a situação se torna perigosa e a repressão torna-se necessária, creio que me entende


    Ele pausa por um tempo sua fala, a voz dele então retorna com maior peso, como se sentisse mal do que esta falando.

    -Vocês vieram da praça, creio que devam ter visto a sepultura de Hideki, era um bom homem, entretanto sua revolta não podia desestabilizar a ordem da vila, mas não se preocupe, ele e os outros revoltosos tiveram uma morte honrada digna de um guerreiro, foram todos sepultados com os devidos rituais religiosos.

    De qualquer forma, creio que já compreendeu minha demanda, eu sou Manamoto Kurosage, sou o novo líder dessa província e solicito o fim da exigência de tributos de meus camponeses para você, a partir daqui essa vila esta isenta das ordens de seu lorde, assim como de seus sucessores.

    Narração Takeshi:
    O Daimyo pega a bebida e bebe um gole longe, o estrela vermelha então simplesmente vira as costas deixando vocês sozinhos, Daisuke então se vira para você:

    -Sinceramente, não confio nesses homens, é como se tentassem se passar de boas pessoas ou algo do tipo, fato é que aparentam estar querendo usurpar minha vila, algo que não vou permitir
    Jezreel
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 890
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Narração

    Mensagem por Jezreel em Dom Set 03, 2017 12:01 pm

    Takeshi toma o sakê com cerimônia enquanto escuta o pequeno Lorde.

    - Não se preocupe, Daimyo. Seus melhores homens estão aqui para te servir. Estamos todos dispostos a dar nossa vida em prol de nosso clan. Como Kaishaku, eu nunca deixaria que a humilhação pudesse fazer morada em nosso nome!

    Os olhos do Kaishaku procuram no horizonte o inimaginável enquanto fala. Era apenas uma questão de espera agora que Jirou havia ido encontrar com o líder desse grupo suspeito.
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1511
    Reputação : 78
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Narração

    Mensagem por shamps em Dom Set 03, 2017 5:48 pm

    O tempo parecia infinito durante suas visões e Natsuki acordava aos poucos, tomando consciência de que estava de volta.
    Contou sua visão e Hiromitsu já se colocava em ação. Saíram do bar e caminhavam pela praça, onde viram o jovem Tora se aproximar. O mais curioso é que portava uma katana. Incomum para um lavrador.

    - Não confio nesse rapaz – disse simplesmente.
    Bravos
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 642
    Reputação : 38
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Narração

    Mensagem por Bravos em Dom Set 03, 2017 11:04 pm

    Saíram em fim do bar do velho. Eiji dirigiu-se para onde estava o Daimyo e os samurais começavam a seguir em direção ao Palácio que haviam descoberto. Mal haviam saido, um grupo vinha em direção deles. Eram muitos.
    E estavam armados. Hiromitsu pôs a mão sobre a katana, estaria preparado para enfrentá-los se preciso fosse. Do meio da pequena multidão, um garoto vai se aproximando e falando com eles. Apresentou-se como Tora, o filho de Hideki, líder morto pelos usurpadores locais.
    - O velho quase perdeu a vida duas ou três vezes em menos de dez minutos. - Falou sem esboçar muitas emoções. Aquele era um aviso claro de que os samurais estavam ali preparados para o que fosse preciso.


    Quando voltou ao normal, Hiromitsu ajudou Natsuki a sentar-se num dos bancos próximos.
    - Lembre-se bem desse dia, velho, em que sua filha foi mais sábia que você e lhe poupou a vida. - Falou sem nem sequer olhar para ele. Corria o risco de cortar-lhe fora as mãos num único golpe.


    - O Daimyo estava com seu Yojimbo e com o Kaishaku. Ele está em boas mãos. Além disso, a nossa não presença lá não quer dizer que estejamos sem meios de ajudar se for preciso. - Afinal, eram o Oniwaban e a Onmyouji. O que os olhos extras de Hiromitsu não viam, os olhos espirituais da Natsuki poderiam alcançar... - Onde conseguiu essa katana, rapaz? - Virou-se para Natsuki e falou baixo, somente para ela ouvir: - Ele é o filho de Hideki, aparentemente nosso único aliado aqui. Tem certeza que não confia nele?- Tornou depois a virar para o rapaz. Precisava ganhar tempo e informações até de Eiji tivesse retornado com informações sobre a praça. - Não vamos nos precipitar. Se o Daimyo for realmente refém, poderemos estar pondo sua vida em risco se formos afobados. Me fale da antiga mansão onde está o usurpador.

    Koresea
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 71
    Reputação : 23

    Re: Narração

    Mensagem por Koresea em Ter Set 05, 2017 9:40 pm

    Narração Hiromitsu/Natsuki (Parte 1):
    O garoto olha para a Katana em suas mãos e em seguida responde a pergunta de Hiromitsu

    -Meu tataravô era um samurai, o Hatamoto do clã, um grande guerreiro, chegou a lutar no Norte durante a restauração, lutou pelo lado vencedor na batalha de Segikahara, cavalgando no mesmo batalhão do Daimyo da época, nos tempos de glória do clã, é uma pena que esses tempos passaram. De qualquer forma, meu bisavô quando sucedeu seu pai se apaixonou por uma lavradora, recebeu a permissão do Daimyo para abandonar sua espada, uma permissão especial devido aos grandes feitos de seu pai, a espada pertencia a ele.

    Olhando melhor a espada vocês percebem a idade dela, a lâmina se demonstra bem conservada, provavelmente é afiada semanalmente e deve ter sido resposta mais de uma vez para ter durado dois séculos, entretanto o cabo da espada já é praticamente um cabo de madeira, perdendo quase todos os detalhes que uma vez possuiu, provavelmente deve ser difícil de manejar devido a velhice da empunhadora, fazendo calos nas mãos e talvez até cortes em lutas mais duras.

    -Manamoto mora em uma mansão antiga, pertenceu a minha família do passado mas minha família não via sentido em desfrutar dos luxos de um samurai sem carregar o fardo de ser um, além de que provavelmente não teríamos dinheiro para suprir um local daquele tamanho, meu pai diz que pensava em transformar aquele lugar em um templo caso o Daimyo permitisse.

    Ele abaixa a cabeça, após lembrar do pai, então retorna a falar depois de um segundo

    -Fui apenas algumas vezes lá, mas é um local grande e bem defensável, Manamoto se alojou lá com seu bando, ao longo da semana tentamos contar seus homens, acredito que tenham mais ou menos cinco dezenas, mas pelo menos a metade disso são camponeses que se uniram recentemente

    Ele olha para seus homens atrás

    -Tenho vinte homens aqui, contando comigo, pelo que vi vocês tem mais uns seis, seria uma vantagem de dois para um, mas ainda assim, meus homens tem o espírito muito mais elevado que eles, eles lutam por uma causa, diferente dos homens de Manamoto que apenas lutam por dinheiro e vão recuar no primeiro sinal de perigo.

    Ele olha para a Onna Bugeisha

    -E os deuses estão conosco, sei disso.

    Narração Takeshi:
    Vocês continuam comendo, depois de alguns minutos vocês veem uma movimentação perto de uma das casas, os criminosos não percebem, estão distraídos demais, entretidos principalmente com a moça a frente deles, vocês facilmente reconhecem o guarda ali a espreita como Eiji, um dos homens que veio com vocês, antes dele tomar qualquer atitude o Daimyo simplesmente acena com a cabeça negativamente,
    em seguida o rapaz puxa a ponta de sua espada lentamente para fora da bainha, apenas o começo dela, e em seguida a guarda de volta, Eiji entende o sinal e então retorna para o meio das sombras

    Narração Hiromistu/Natsuki:
    Eiji então retornar correndo até vocês, ele para ao lado de Hiromitsu em posição de sentido.

    -Senhor o Daimyo esta cercado por criminosos, sete no total, um deles usa um chonmage e uma katana, além de uma armadura,os demais estão armados com lanças, estão distraídos mas mantém dois guardas de alerta.

    Tora simplesmente fica encarando o Oniwaban, aguardando suas ordens
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1511
    Reputação : 78
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Narração

    Mensagem por shamps em Ter Set 05, 2017 10:44 pm

    Aparentemente Hiromitsu confiava em Tora, mas a jovem conselheira não iria contra as ideia dele, mesmo não confiando no rapaz.
    Tora fala sobre a katana e a casa de Manamoto, era uma história convincente, de fato.

    - Sim, os deuses estão.

    Teste de beleza:
    shamps efetuou 3 lançamento(s) de dados (d6.) :
    3 , 4 , 3
    isaac-sky
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 652
    Reputação : 108
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: Narração

    Mensagem por isaac-sky em Sex Set 08, 2017 9:08 pm


    -Sinceramente, tenho que pedir perdão antecipadamente por meus homens, eles as vezes perdem um pouco o controle da situação, estressados demais, estamos acostumados a lidar com criminosos cabeças quentes então é um certo choque de realidade para eles negociar com nobres.

    Jirou sorri de forma gentil. Conhecia bem esse tipo de homem, prontos para levantar suas espadas e lentos para se acalmar.

    De qualquer forma, agradeço que tenha tido a cortesia de vir até aqui, foi um gesto louvável de vossa parte, creio que as negociações serão bem simples, a alguns meses atrás essa vila acabou sendo dominada por um grupo de criminosos, isso foi no inicio do inverno, pelo que ouvi foram vários dias de crueldade, mortes, roubos e estupros, imagino que consiga conceber a gravidade de tal situação.

    Jirou perde o sorriso diante dessas palavras. O espadachim infelizmente também conhecia esse tipo de bandido, os cruéis monstros que assumiam a forma de humanos.
    Ele mesmo havia retalhado muitos desses.

    "Seria esse um homem nobre que simplesmente tinha um coração grande demais e não poderia deixa-los a mercê dos bandidos? Eu já fiz muito dessas coisas, não pensar nas consequências e lutar...não, há algo a mais aqui" - bebericou do saque mais uma vez.

    De qualquer forma, creio que já compreendeu minha demanda, eu sou Manamoto Kurosage, sou o novo líder dessa província e solicito o fim da exigência de tributos de meus camponeses para você, a partir daqui essa vila esta isenta das ordens de seu lorde, assim como de seus sucessores.

    "Não, ele não é um homem de coração grande. É só mais um desejando tomar poder"

    Jirou deixou o copo no lugar e respirou fundo.

    -Exigências fortes. Eu entendo, em meus anos vagando pelo Japão já me envolvi em tantas brigas com bandidos desse calibre que você não acreditaria - disse num tom de bom-humor - Você parece ser um homem prático, direto. Eu também o sou, às vezes até demais...mas eu não acredito que esteja me contando toda a história

    A tensão no ar é palpável.

    -Meu lorde e seus homens estão na vila, eles saberão o que aconteceu com a opinião dos próprios vilareiros, eles confirmarão ou não sua história. Quanto a isenção de tributos, isso pode ser discutido quando eu voltar e falar com o lorde. Mas você deseja a independência completa...isso não será possível


    O jovem daimyou precisava mostrar força e controle de seus territórios, uma simples vila tomando a liberdade traria todo tipo de má fama.

    -Lhe faço outra proposta e a faço como um homem preocupado com o bem dessa vila e com o bem de meu lorde. Jure lealdade ao Daimyou, tornemos a tragédia dessa vila num símbolo da nova era que se inicia com nosso lorde - Jirou sorri, confiante.



    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1511
    Reputação : 78
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Narração

    Mensagem por shamps em Sab Set 09, 2017 6:46 pm


    Natsuki ouvia o jovem com a katana e pensava, associando- o à sua visão, viu também Eiji se aproximar e falar dos homens que prendiam seu Lord.
    A fraqueza aparecia em suas visões e ela, analisando cada fala ali e a situação, fazia com que as coisas fizessem mais sentido. Ela soube que a fraqueza que via estava entre os homens que guardavam seu daimyo.

    - Hiromitsu san, há homens doentes e fracos aqui. Dois deles guardam o daimyo – ela disse baixo para ele – em minha visão vi um homem vindo para cá e aparece esse rapaz, por isso minha desconfiança.  O homem que vi era mais velho, mas se vestia igual a esse jovem. Mesma altura e trajes... tudo... ele ainda está a caminho.

    Bravos
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 642
    Reputação : 38
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Narração

    Mensagem por Bravos em Sab Set 09, 2017 11:02 pm

    Escutou o relato de Tora com atenção. Encarava o jovem fixamente, em busca da menor inconstância em sua atitude ou em sua história. Diante daquilo qualquer um hesitaria mentir ou tentar ludibriá-lo. A face com uma feição constantemente desagradável de Hiromitsu, com o espesso bigote e o olhar penetrante eram capazes de fazer tremer o mais confiante dos homens. - Você jura lealdade ao Daimyo, então? Como fez seu pai, que morreu honrosamente fazendo o certo? - Questionou de tal forma que o próprio Tora se questionasse. A reação dele deixaria claro de que lado ele estava.


    - Quanto a mansão...

    Teste de Sabedoria:
    3 dados pelo Giri de Oniwaban + 1 Aposta gratuita
    Bravos efetuou 3 lançamento(s) de dados (d6.) :
    2 , 6 , 3

    Bravos
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 642
    Reputação : 38
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Narração

    Mensagem por Bravos em Sab Set 09, 2017 11:38 pm

    - Ela é grande e defensável, é verdade, mas próximo a ela há um lago, que banha seu jardim interno. Este lago é grande o bastante para o utilizarmos a nosso favor.- Depois que Tora havia descrito adequadamente a mansão, Hiromitsu lembrou-se que ela não lhe era desconhecida. Antes de sair em viagem, havia pego os poucos mapas e registros que havia daquela região. Havia pouquíssimas informações, mas a mansão de um ex-samurai e um lago relativamente grande não deixaram de ser documentados.


    Apostas:
    1. Há um lago no jardim interno da Mansão.
    2. É possível acessar o lago de forma furtiva e utilizá-lo para adentrar a Mansão sem ser pela frente.


    - Resgataremos o Daimyo e com ele elaboraremos o plano de ação. - Virou-se para Natsuki. As intuições dela eram complicadas para Hiromitsu. Ele era um homem prático e ela, obviamente, era o contrário disso. No entanto, o Oniwaban era inteligente o bastante para não desconsiderar os avisos. Embora o quisesse fazê-lo.


    - Está dizendo que os homens fracos e doentes são os dois que estão de alerta na praça? Ou que entre os homens de Tora há homens fracos e doentes, Natsuki-san? - Desconsiderava por completo a possibilidade de que entre os homens do Daimyo houvesse fracos e doentes. Se fossem os rebeldes, isso facilitaria o trabalho. Se fossem os moradores do vilarejo que estavam do lado do Daimyo, seria bem mais complicado. Se 'fracos e doentes' significasse outra coisa que não fracos e doentes, Hiromitsu não entendeu.


    - Faremos o seguinte: Eiji-san, relate-nos todos os locais possíveis de espreita da praça. Iremos nos aproximar aos poucos e cautelosamente, fora das vistas. Nos dividiremos em duas frentes, quando lá chegarmos, flanqueando os rebeldes. Alguns de nós, da caravana que veio com o Daimyo, irão se aproximar, fingindo não saberem nada do ali ocorrido. Dependendo de onde e de como age o suposto samurai armado, estudaremos neutralizá-lo primeiro. Combinaremos um sinal se for necessário atacar, que será dado pelos que irão se aproximar bem às vistas. Se nenhum sinal for dado, a comunicação acontecerá através dos meus homens, que são habilidosos o bastante para se moverem de um lado para o outro sem levantar suspeitas. - Dito aquilo, acenou com a cabeça para Tora e os demais moradores, e seguiu, voltando-se para
    a praça, andando com Natsuki, Eiji e Fuyuki um pouco à frente, a fim de discutir como fazer essa aproximação.

    Koresea
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 71
    Reputação : 23

    Re: Narração

    Mensagem por Koresea em Dom Set 10, 2017 9:37 pm

    Narração Hiromitsu/Natsuki:
    Tora faz uma reverência, abaixando a cabeça para Hiromitsu
    -Sim senhor, juro minha lealdade ao Daimyo e ao clã Tatsuya e darei minha vida se for necessária para a continuidade da dinastia
    O rapaz percebe os cochichos de Natsuki, mas resolve não se manifestar em relação a isso. Ele ouve atentamente o plano de Hiromitsu, o jovem parece bastante confiante afinal estão em uma vantagem numérica considerável em relação ao grupo rival, após as ordens do samurai o garoto vira as costas e se dirige novamente ao seus homens para lhes passar as informações.

    Enquanto isso, Hiromitsu e companhia já viraram as costas e se dirigem para vila, elaborando melhor seu plano de interceptação


    Narração Jirou:
    O homem dá uma leve risada para Jirou, talvez uma maneira de amenizar a tensa situação, entretanto ele logo retorna a falar,
    com a voz igualmente firme tal como da vez anterior.

    -Realmente, não esperava que seu clã fosse aceitar a minhas demandas com tanta facilidade assim, afinal, são demandas bem duras, entretanto não pretendo entregar de mãos limpas essa vila novamente a tirania de vocês

    A voz dele se torna mais séria, com um ar ameaçador.

    -Vocês falharam em proteger essa vila, falharam em proteger as pessoas aqui, seus filhos e suas propriedades, eles não querem mais seu Daimyo por aqui, deveriam apenas ir embora, se ele realmente ama seu povo não iria sequer cogitar usar da força bruta para mante-los de seu lado Ele bebe um gole profundo de seu saquê -Segundo meus homens seu Daimyo acabou exaltando um pouco os ânimos durante a abordagem de meus homens, um sábio nobre inglês certa vez disse que se você precisa bater os pés e gritar "EU SOU REI, ME RESPEITEM", você já deixou de ser rei a muito tempo

    Ele respira profundamente, e então continua, dessa vez mais calmamente

    -Pode perguntar aos camponeses por aqui se preferem a nossa presença a sua, uma boa parcela dirá que sim, a outra parcela provavelmente negará por que....Bem, a frente deles estará uma criança com sede de poder e seus poderosos brutamontes.

    -De qualquer forma, percebo que não irá ceder facilmente, então creio que nossa reunião aqui esta encerrada, solicitarei aos meus homens que levem-no de volta até seu Daimyo, podem permanecer aqui por um dia, entretanto queremos vocês fora amanhã pela tarde, nesse tempo sintam-se livres para conversar com os camponeses e tirar suas próprias conclusões, entretanto só poderão fazer isso com meus homens por perto, se de alguma forma eu ficar sabendo que agrediram alguém dessa vila não hesitarei em mandar meus homens ataca-los sem piedade, afinal a honra é aquilo que rege a sociedade e não podemos permitir que ela seja quebrada com tanta facilidade.
    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1511
    Reputação : 78
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Narração

    Mensagem por shamps em Dom Set 10, 2017 9:57 pm


    Vendo a dúvida que suas palavras causavam em Hiromitsu, a jovem sorriu com tranquilidade para ele e esclareceu:

    - Hiromitsu san, temos mais essa vantagem. Digo que dois dos que aprisionam nosso mestre estão enfraquecidos. Os homens de Tora san estão saudáveis – depois sorriu para o jovem que jurava sua lealdade ao daimyo.

    Ela acenou com a cabeça afirmativamente para o samurai, concordando com seu plano.
    Bravos
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 642
    Reputação : 38
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Narração

    Mensagem por Bravos em Ter Set 12, 2017 4:02 pm

    Caminharam um pouco a frente e elaboraram melhor o plano. - Fico feliz que a fraqueza não esteja entre nós. Já estamos em séria desvantagem por terem o Daimyo como refém. - Falou com franqueza e olhando sempre a frente para Natsuki.


    - Creio que eu e você devemos nos aproximar como se não soubéssemos de nada. Isso os fará duvidar de uma emboscada. Falaremos com os dois adoentados e seguiremos para mais próximo do Daimyo. Não gostaria de colocá-la em perigo, Natsuki-san, porém, estou certo que você mesma não se incomoda.


    Logo mais estariam chegando realmente próximos da praça onde estavam. Não poderiam mais andar juntos. Esperou que Tora chegasse até onde eles estavam parados e instruiu-o - Divida seus homens em dois. Um grupo se posicionará atrás. Eiji-san irá com esse grupo e indicará o local. O outro, se posicionará antes da praça, fechando o cerco. Fuyuki-san irá com os últimos, indicando como fazer. Natsuki-san e eu seremos a comitiva de desavisados. Meus homens conhecem o sinal a ser dado com a ordem de atacar. Entendido?

    isaac-sky
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 652
    Reputação : 108
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: Narração

    Mensagem por isaac-sky em Sex Set 15, 2017 11:44 am

    O homem ri, Jirou sorri para acompanha-lo, mas não havia tranquilidade nessa risada.

    -Realmente, não esperava que seu clã fosse aceitar a minhas demandas com tanta facilidade assim, afinal, são demandas bem duras, entretanto não pretendo entregar de mãos limpas essa vila novamente a tirania de vocês

    "Fala de tirania e você me diz que segura essa vila com suas mãos..." pensa o yojimbo.

    -Vocês falharam em proteger essa vila, falharam em proteger as pessoas aqui, seus filhos e suas propriedades, eles não querem mais seu Daimyo por aqui, deveriam apenas ir embora, se ele realmente ama seu povo não iria sequer cogitar usar da força bruta para mante-los de seu lado

    -Adoraria conversar com os habitantes se realmente eles não o querem - aquela conversa começava a irrita-lo. Jirou não era um homem de política.

    -Segundo meus homens seu Daimyo acabou exaltando um pouco os ânimos durante a abordagem de meus homens, um sábio nobre inglês certa vez disse que se você precisa bater os pés e gritar "EU SOU REI, ME RESPEITEM", você já deixou de ser rei a muito tempo

    -E aqui no Japão dizemos que receber um lorde com espadas em punho é motivo suficiente para atacar. Não seja leviano, até mesmo ingleses sabem que não se recebe gente dessa maneira - Jirou beberica do saque mais uma vez.

    -Pode perguntar aos camponeses por aqui se preferem a nossa presença a sua, uma boa parcela dirá que sim, a outra parcela provavelmente negará por que....Bem, a frente deles estará uma criança com sede de poder e seus poderosos brutamontes.

    "Ou com medo do tirano que tomou a vila para si"

    -De qualquer forma, percebo que não irá ceder facilmente, então creio que nossa reunião aqui esta encerrada, solicitarei aos meus homens que levem-no de volta até seu Daimyo, podem permanecer aqui por um dia, entretanto queremos vocês fora amanhã pela tarde, nesse tempo sintam-se livres para conversar com os camponeses e tirar suas próprias conclusões, entretanto só poderão fazer isso com meus homens por perto, se de alguma forma eu ficar sabendo que agrediram alguém dessa vila não hesitarei em mandar meus homens ataca-los sem piedade, afinal a honra é aquilo que rege a sociedade e não podemos permitir que ela seja quebrada com tanta facilidade.

    Com isso, Jirou entende quem era aquele homem e como as coisas não seriam simples.
    Jirou dá um último gole no saque antes de se levantar, sem ajuda.

    -É uma pena, você tinha uma boa oportunidade aqui. Desculpe-me a sinceridade, sou um homem prático, mas suas intenções agora são muito claras para mim. Um homem sedento por poder, iludido por um ideal de justiça

    Jirou dá de costas para o homem, mas antes de continuar a andar diz:

    -Digo o mesmo, se algum dos seus homens sequer erguer uma espada contra nossos homens nós iremos responder de acordo. Espero que ao menos tenha a honra de entrar em conflito de forma sincera, como alguém honrado

    shamps
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1511
    Reputação : 78
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Narração

    Mensagem por shamps em Sab Set 23, 2017 3:18 pm


    Natsuki ouviu as palavras de Hiromitsu e sorriu com leveza.

    - Não se preocupe, Hiromitsu san. Sou tão protetora do nosso daimyou quanto você. Estou pronta para seu plano.

    Acompanhou o homem enquanto ele dava as coordenadas à seus homens.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Narração

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 21, 2017 3:24 pm