Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [!ON!] ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL

    Compartilhe
    katytanium
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 73
    Reputação : 5
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    [!ON!] ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL

    Mensagem por katytanium em Dom Ago 13, 2017 11:32 am


    ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL





    Setor de tecnologia e informação do Hospital Seattle Grace. Este setor é gerenciado por Alfie Lewis. Uma sala ampla que dispõe de 6 computadores, além do computador principal que é o de Alfie. É neste lugar que são desenvolvidos os programas, softwares, bem como monitoram toda a aparelhagem tecnológica do hospital.


    Like a Star @ heaven

    Hakaze
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 77
    Reputação : 3

    Re: [!ON!] ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL

    Mensagem por Hakaze em Dom Ago 13, 2017 3:30 pm


    Depois de poucos minutos de procura finalmente avistava o rh. Olhei para dentro da sala a procurada de alguma alma viva e logo avistei um belo rapaz diante do computador. Rapidamente arrumei meu cabelo e bati na porta já adentrando a sala.

    — Você está bem para um alien... — Por algum motivo, talvez o nervosismo, fiz aquela piada idiota com o nome dele. Imediatamente tentei disfarçar. — Você está bem? Eu sou a nova funcionaria. Por um acaso, você não seria o senhor Lewis? — Antes mesmo que ele respondesse, e sem saber ao certo se era a pessoa que eu procurava, comecei a me justificar. — Desculpe o atraso. Sou nova na cidade e vim direto do aeroporto. — Falei enquanto esboçava um sorriso amigável.

    Discretamente me aproximei dele e meio sem jeito estendi-lhe a mão e aproveitei a oportunidade para poder bisbilhotar qual o trabalho que ele desempenhava naquele momento.

    — Prazer em conhece-lo, Sr. Lewis! — De perto aqueles olhos azuis se tornavam inesquecíveis. Acho que divaguei por alguns instantes perdida naquele olhar. E assim que voltei a mim, tentei direcionar o assunto para o trabalho. — Vejo que você esta trabalhando em um Big Data. Se desejar posso lhe ajudar com esse trabalho. Apesar de ser meu primeiro trabalho, tenho uma experiência na área. — Sorri confiante para ele.

    Respirei fundo para me acalmar, porque em minha mente já criava uma imagem negativa depois dessa apresentação. Nem mesmo havia começado no trabalho e já sentia que havia agido como uma idiota. Mais uma vez respirei profundamente e tentei focar apenas no trabalho.

    — O senhor já deve estar a par das minhas habilidades. Caso não queira ajuda, pode dizer o que o senhor quer, que eu faço. — Assim que terminava a frase, minha mente perturbada insinuava o quanto estranho aquela frase havia ficado. Naquele momento acho que até mesmo fiquei ruborizada. Ainda sem entender porque daquele nervosismo, apenas desviei o olhar do senhor Lewis, me sentindo envergonhada e aguardei uma resposta.

    LichKing
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 12
    Reputação : 3

    Re: [!ON!] ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL

    Mensagem por LichKing em Dom Ago 13, 2017 7:08 pm



    Minha primeira tarefa no hospital veio logo após ao termino da falo do Dr. Rodolpho, através de um bipe do aparelho que indicava o local a comparecer, era no setor de RH para implantar o software que desenvolvi. Chegando lá cumprimentei a todos, e percebi os olhares de todos voltado para mim, acredito que deveria ao fato de ser um funcionário novo, fui para a máquina que me indicaram que seria instalado a aplicação. Pluguei meu Pendrive no computador e comecei o processo do mesmo, nos momentos que tinha que esperar o sistema instalar olhava ao redor da sala para tentar familiarizar com os rostos.

    De repente uma linda moça bate a porta e se dirige na minha direção fazendo uma piada com o meu nome, fiquei sem reação no momento, e ela continuou a falar sem que eu mesmo pudesse dar uma resposta, nitidamente ela estava nervosa e sem saber o que falar, logo em seguida chegou mais proximo e me estendeu a mão para cumprimenta-la, apenas dei a mão a ela e senti que aqueles olhos verdes queriam falar algo a mais.

    Após ela parar de falar eu me levantei sorrindo e disse: - Calma! Eu sei que esta nervosa, pois eu também estou. Agora que essa piada foi ruim foi. Eu disse rindo muito do que a mulher tinha dito, falei apenas para tentar quebrar o gelo.

    - Olha Evangeline Hawkins... - Vi no crachá da moça. - Pode ficar tranquila eu odeio trabalhar sobre pressão, gosto que as pessoas fiquem a vontade e deem o melhor delas. - Disse para para deixa-la calma.

    - Estou implantando um software que desenvolvi para facilitar o acompanhamento dos pacientes que estão com câncer. Digo o que estou fazendo no momento.

    - Senta aqui comigo, vou começar te explicando como desenvolvi o software e alguns problemas que foram passados pelo Dr. Richard Webber, quero compartilhar com você para que pensemos juntos nas soluções. Tento criar um conforto entre a gente e iniciar uma nova amizade, já que vou trabalhar com ela durante o ano. - Assim que eu terminar, vamos começar a organizar o nosso trabalho. Será um grande prazer trabalhar contigo.

    Hakaze
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 77
    Reputação : 3

    Re: [!ON!] ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL

    Mensagem por Hakaze em Ter Ago 15, 2017 5:48 am


    Ainda atônita, só fui ter mais atenção quando ele disse o meu nome e comecei a me sentir mais a vontade após perceber que ele tentava me acalmar. Porém, eu desconfiei por que ele riu. Não sabia se ele realmente achou aquilo engraçado, o que eu achava difícil, ou a possibilidade mais plausível, que era dele estar rindo do meu comportamento bobo. Naquele momento apenas acreditei que ele estava sendo gentil. E mais uma vez tentei justificar e corrigir de alguma maneiro meus atos falhos.

    — Primeiramente desculpe minha indelicadeza por não me apresentar direito. Sou Evangeline Hawkins, mas pode me chamar de Eve. É um prazer conhece-lo Sr. Lewis. E acredito que será um grande prazer trabalhar com o senhor também. — Esbocei um sorriso involuntário. — E sim, creio que tenha sido mesmo ruim, mas convenhamos, quando o Dr. Webber disse o seu nome a única coisa que me veio a mente foi o acrônimo. — Disse enquanto puxava uma cadeira e colocava minha mochila ao lado dela. — E sinceramente, seu nome me fez imaginar uma pessoa totalmente diferente de você, Sr. Lewis. — Levantei as sobrancelhas e expressei um misto de respeito e perplexidade.

    Aproveitei o momento e peguei meu celular e segui dizendo: — Compreendi a ideia, é tipo um prontuário online. — Antes que ele começasse com as explicações sobre o software, eu pedi a permissão para usar o celular. — Sr. Lewis, sei que não deveria, mas acabei de chegar na cidade e ainda não consegui nenhum apartamento. Não se incomoda de eu procurar alguma moradia enquanto conversamos? — Torci, por uma resposta positiva. Apesar que por reflexo já havia começado a pesquisar enquanto pedia permissão. — Juro que ouvirei tudo atentamente. — Disse já sabendo que não seria verdade. Pois, até mesmo minha pesquisa estava sendo comprometida, já que involuntariamente me pegava olhando de soslaio para ele.

    LichKing
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 12
    Reputação : 3

    Re: [!ON!] ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL

    Mensagem por LichKing em Qui Ago 17, 2017 12:01 am



    Acredito muito que atualmente o trabalho deve ser flexível pela vida corrida e todos devem ficar à vontade na empresa, de modo a gerenciar seus próprios horários ou até mesmo checar mensagens no celular, não creio que isso comprometa o desempenho e sim melhore a qualidade de vida e liberdade do funcionário na mesma. Na faculdade sempre fui escolhido como líder da turma ou de projetos pela forma suave e motivadora que causava em todos, organizava as ideias de como trabalhar com a equipe ou solucionar um problema, então traçava uma meta e apresentava sempre envolvendo todos os membros de forma tranquila e bem humorada para que o time fosse produtivo.

    A Evangeline Hawkis estava meio atrapalhada ainda com toda situação, acredito que seja o jeito dela mesmo, ainda mais com a chegada em um lugar totalmente novo. Enquanto falava comigo ela pegou o celular começou a digitar e tentou acompanhar o que eu estava fazendo.

    - Sem problemas Evangeline, fique totalmente a vontade, eu gosto de trabalhar de modo tranquilo. Pode focar em resolver isso aí, pois é de extrema importância, pelo menos comigo na liderança eu gosto que todos trabalhem do modo que desejarem, a única coisa que peço é o seu melhor e entrega das tarefas no prazo. Sei que no nosso dia a dia acontecessem diversos problemas, principalmente aqueles de urgência, então fique tranquila se precisar sair, apenas me comunique para eu poder me organizar caso precise de você. Digo-lhe mostrando minha forma de trabalhar e tentando tranquiliza-la.

    - Caso não consiga definir isso hoje, pode dormir na minha casa até conseguir, na época de faculdade sempre dividi quarto com varias pessoas então acostumei. O ambiente ainda tá bagunçado, pois cheguei no fim de semana também, então caso precise de ajuda as portas estão abertas. Sorri amigavelmente enquanto oferecia minha própria casa para que a moça passasse a noite. Minha finalidade era conquistar a confiança dela, pois passei por situações parecidas e sabia o quão ruim era.

    Enquanto eu falava com ela percebi que a instalação havia sido finalizada e como minha próxima tarefa era organizar o que seria feito durante o ano (o que demanda um tempo pensando e traçando as metas), resolvi primeiro tomar um café e comer algo pois havia saído de casa sem me alimentar, já que estava atrasado.
    - Engraçadinha, eu estou indo pegar algo para comer você quer também? Pergunto a Evangeline ao levantar da cadeira, colocando apelido nela para descontrair e sorrindo com disposição. Ela me parecia ser uma pessoa bacana e com certeza nos daríamos muito bem.

    Hakaze
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 77
    Reputação : 3

    Re: [!ON!] ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL

    Mensagem por Hakaze em Qui Ago 17, 2017 3:20 pm


    A dinâmica de trabalho de Lewis era melhor do que eu estava esperando. Bonito e compreensivo, parecia que eu havia dado sorte em conseguir esse emprego com um chefe desses. Ouvi atentamente todas suas palavras e da mesma forma que compreendi sua flexibilidade, também senti a responsabilidade sobre as metas e prazos. Rapidamente respondi:

    — Não se preocupe sr. Lewis, farei todo o possível para fazer o meu melhor e cumprir com os prazos.

    Para minha surpresa, logo em seguida ele me oferecia um lugar para ficar caso não encontrasse um apartamento. Acho que a surpresa ficou evidente na minha face. Pois, no mesmo momento deixei de checar as buscar do celular e o encarei por alguns instantes. Ele apenas estava sorrindo amigavelmente e então retribui o seu sorriso.

    — Deixe-me ver se compreendi. Você esta me chamando para dormir na sua casa? Uma garota solitária, confusa e desprotegida recém-chegada na cidade. Igual você fazia com as garotas na época de faculdade? — Logo meu sorriso amigável ganhava um tom malicioso.

    O segundo convite de Lewis era praticamente irrecusável. Pois também já havia um bom tempo que não me alimentava.

    — Claro, eu vou com você. No avião só tinha amendoim e eu particularmente não sou muito fã de amendoim. — Ri, apesar de saber que ele não entenderia o porque. Levantei da cadeira, peguei minha mochila e o segui. — Então, esse é o seu convite romântico para comer? — Disse em tom sarcasmo enquanto lhe dava um tapinha no ombro.

    — Falando serio, se não encontrar um ap. eu aceito o convite. E pago o jantar como agradecimento. — Disse em um tom mais baixo enquanto desviava o olhar me sentindo embaraçada. Eu me sentia um incomodo por dizer que aceitava, mesmo Lewis se mostrando atencioso e gentil, sabia o quanto isso poderia ser inconveniente. Ainda mais se tratando de uma estranha que ele acabará de conhecer.

    LichKing
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 12
    Reputação : 3

    Re: [!ON!] ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL

    Mensagem por LichKing em Qui Ago 24, 2017 12:57 am



    Quando me levantei a Evangeline veio logo em seguida, acompanhando-me ao lado. Não sei por qual motivo, mas eu estava me sentindo confortável com ela, queria compartilhar detalhes do meu dia a dia e conhece-la de um modo mais profundo. - Olha, não posso negar eu amo garotas solitárias e desprotegias! - Enquanto caminhávamos disse em um tom de brincadeira. Com uma linguagem corporal confiante, trouxe um sorriso bem grande ao rosto e fixei meus olhos nos dela.

    - Sinceramente eu dividi o quarto com três garotas, logo no início da faculdade, era recém-chegado e aquele semestre foi mixado com outros cursos, existiam matérias iguais em ambos, e sempre respeitei todas elas, no começo a interação foi bem estranha, porém, no decorrer me tornei um amigo. Os homens não respeitam as mulheres principalmente nesses ambientes de convivência ou em um que a mulher ainda não tem destaque como exemplo a área de T.I, muitos acham que podem fazer o que quer, acho um absurdo. - Apesar de achar que meu comentário seria um tanto desnecessário, quis passar a ideia de que não sou um rapaz que me aproveito de situações como essa e também para tranquiliza-la, visto que ir para a casa de um desconhecido não é tão simples, então mostro minha opinião sobre o que a engraçadinha havia dito.

    - Sabe, as vezes uma simples situação vale mais que tudo, principalmente quando tentamos ser românticos, uma caminhada na praia pode ser mais romântica do que uma viagem para um lugar extraordinário, depende muito de quem faz. - Faço uma pausa de alguns segundos para ver se comentaria algo, mas não, então brinquei. - Pode ficar tranquila eu juro que vou te levar para andar na praia. - Me peguei reparando na beleza de Evangeline, visto que é uma linda mulher.

    Chegando ao local pego a primeira bandeja com prato e entrego a ela, pego a minha em seguida e faço um gesto de "siga" para que ela comece a se servir, logo após começo a me servir também e resolvo não deixar a conversa esfriar aproveitando esse gancho: - Sim, me conte essa história do amendoim! Rindo tentando imaginar o porquê havia comentado do amendoim. - Pago as duas contas, sem mesmo dar oportunidade a ela falar algo, e em seguida digo: - Vamos sentar ali! - Apontando para a mesa. Espero ela sentar primeiro e em seguida vou para a cadeira ao lado dela.

    - Eu amo conversar e descobrir as pessoas. Me conta sobre você, mas antes deixa eu adivinhar, você tem cara de que quando está com sono, o mundo pode cair que não acorda, gosta de chocolate e é uma pessoa divertida. - Inicio uma conversa dinâmica para estabelecer maior empatia com a Evangeline, senti a necessidade de saber mais, pois percebi uma boa conexão com ela.

    Conteúdo patrocinado


    Re: [!ON!] ÁREA DE T.I. DO HOSPITAL

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Out 21, 2017 4:28 am