Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Responder ao tópico

[!Suporte!] Criação de Casas

Compartilhe
Sayd
Tecnocrata
avatar
Tecnocrata

Mensagens : 371
Reputação : 17

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Sayd em Dom Set 17, 2017 7:26 pm

Nesse caso fiz errado. Deveriam ser só quatro dados. Aproveito pra fazer isso no topico certo.
Sayd
Tecnocrata
avatar
Tecnocrata

Mensagens : 371
Reputação : 17

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Sayd em Seg Set 18, 2017 6:58 pm

Segue abaixo a versão final, completa e definitiva da Casa Weaver! Não haverão mais alterações a menos que o mestre solicite alguma mudança. Essa noite devo postar as fichas completas dos personagens no outro tópico.

FICHA:
Casa Weaver


Reino: O Extremo


Defesa = -5(reino) +27(rolagem inicial) + 5(rolagem bônus*) +3(vitória) = 30

Influência = 10(reino) +32(rolagem inicial) +5(vitória) = 47

Lei = -5(reino) + 24(rolagem inicial) +3(vitória) = 22

Poder = 0(reino) + 27(rolagem inicial) + 6(rolagem bônus*) + 2(rolagem bônus*) = 35

População = 5(reino) + 30(rolagem inicial) = 35

Riqueza = 5(reino) + 30(rolagem inicial) = 35

Terras = 0(reino) + 23(rolagem inicial) +4(rolagem bônus*) = 27


*(Rolagens de bônus: 6, 5, 4, 2)


Evento: Vitória


POSSES DE DEFESA:

Castelo Pequeno (30ptos)

Reserva = 0


POSSES DE INFLUÊNCIA:

Filho primogênito (20ptos)

Segundo Filho (10ptos)

Terceiro filho (5ptos)

Reserva = 12


POSSES DE TERRAS:

Planícies (5ptos)
- Povoado (10ptos)
- Estrada (5ptos)
- Floresta esparsa (3ptos)
- Rio (3ptos)
- Pasto (1pto)

Reserva = 0


POSSES DE PODER:

Infantaria veterana (9ptos)
Arqueiros veteranos (8ptos)
Cavalaria veterana (10ptos)
Guarnição treinada (5ptos)
Batedores verdes (3ptos)

Reserva = 0


POSSES DE RIQUEZA

Meistre (10ptos)
Artesão (10ptos) – as armas da casa contam como forjadas em castelo
Septo (15ptos)

Reserva = 0


SORTE DA CASA = -2(lei) +3(população) +3(meistre) +3(septo) = 7


BRASÃO: Uma teia de aranha branca com o fundo carmesim

LEMA: “Tecemos pão e vinho”

BACK GROUND:
FUNDAÇÃO:

Foi no ano de 248 que um artesão chamado Balian estabeleceu sua tecelagem na vila defronte ao castelo Hall de Cidra, dos Fossoway, no Extremo. Ele e sua esposa, uma nortenha chamada Lyanna, escolheram essa localidade porque não havia nenhuma outra tecelagem nesta pequena cidade na época.

Balian, “o tecelão”, e sua esposa eram artífices extremamente talentosos e negociantes natos, de modo que logo estavam prosperando e negociando o mais fino linho, lã e algodão com a nobreza local, em especial, é claro, com os Fossoway.

Balian e Lyanna tiveram três filhos: Balian, “o jovem”, que nasceu em 251, Martyn, que nasceu em 257 e Alysanne, que nasceu em 260.

No ano de 262 Balian já estava bastante rico para um artesão comum e seu filho mais velho, então com 11 anos, já mostrava que tinha o talento necessário para assumir o negócio da família quando os pais estivessem mortos. Balian então avaliou que poderia usar seus recursos e influência para tentar garantir uma vida melhor para seu segundo filho, Martyn, que tinha então 5 anos.

O tecelão então foi ao encontro de lord Fossoway e, em troca de uma quantia significativa de ouro e mercadorias, conseguiu que ele aceitasse criar o pequeno Martyn em seu castelo, para que futuramente este pudesse tornar-se cavaleiro.

Martyn então foi viver no Hall de Cidra como pajem. O acordo de Fossoway com seu pai previa que ele fosse educado como um nobre guerreiro e assim foi feito: ao contrário de seus familiares ele pode aprender a escrever com um meistre, a lutar com um cavaleiro e a se comportar com a própria família do lord. Aos 12 anos Martyn tornou-se escudeiro do herdeiro da casa e aos 19 anos, foi ordenado cavaleiro jurado à casa Fossoway, recebendo o título de Sor. Um ano após isso Martyn veio a se casar com Sansa Snow, uma bastarda de 15 anos de um cavaleiro nortenho que ele conhecera em um torneio. Martyn e Sansa tiveram seu primeiro filho, Gwydion, em 279 e seu segundo filho Arthur em 281.

Quando Sansa estava grávida do terceiro filho teve inicio a “Revolta do Usurpador”, liderada por Robert Baratheon contra a casa reinante dos Targaryen. Os Fossoway seguiram o exemplo de seus susseranos Tyrell e manteve-se leal ao rei, porém isso não foi o que aconteceu com alguns de seus vassalos, que preferiram aliar-se aos rebeldes com promessas de poder e terras caso ele vencesse a guerra.

Os Tyrell viram com maus olhos esses pequenos lords revoltosos e questionou se os Fossoway eram capazes de controlar seus vassalos, exigindo que resolvessem sozinhos o problema. Com isso lord Fossoway organizou suas forças e marchou para a guerra, dentro de seus próprios territórios, afim de esmagar estes lords insubimissos.

Esta luta durou alguns meses e Sor Martyn teve papel muito importante na maioria das batalhas, tendo inclusive salvado a vida do herdeiro dos Fossoway em duas ocasiões. Quando a contenda terminou e os rebeldes foram todos mortos ou capturados e tiveram suas terras confiscadas, os Fossoway se viram em posse de mais domínios do que eram capazes de administrar diretamente e começaram então a premiar seus aliados que mais contribuíram para a vitória com essas terras.

A Sor Martyn concederam as terras e castelo que originalmente pertenciam a casa Smallhunter, que tinha por brasão uma raposa vermelha em um fundo verde-claro.

Sor Martyn, agora lord Martyn, mudou-se para o castelo “Covil da Raposa” com sua esposa e filhos e levou também seus pais e irmãos para viver lá, decidido a transformar o domínio em um grande centro de produção de tecidos. Martyn chamou sua casa de “Weaver” (tecelão em inglês) e mudou o nome do castelo para Covil da Aranha, adotando como brasão uma teia de aranha branca com um fundo carmesim.


AS TERRAS E O CASTELO:

As terras dos Weaver situam-se ao longo de um trecho do rio Arroioazul (Blueburn) entre Mesalonga (Longtable) e Solar de Cidra (Cider Hall).

O domínio era utilizado pelos antigos senhores da família Smallhunt principalmente para a produção de grãos, mas lord Martyn diversificou o cultivo de modo que a metade dos campos fosse dedicada à plantação de linho e algodão, enquanto a outra metade permaneceu focada na produção de alimentos para garantir a subsistência do domínio e algum pequeno excedente para o inverno.

O mesmo foi feito com os pastos, que passaram a dedicar metade de seu tamanho ao cultivo de ovelhas para a produção de lã, enquanto a outra metade atende ao cultivo de cabras, bois e alguns cavalos.

Boa parte das terras dos Weaver é dominada pelo Bosque Vermelho, uma floresta esparsa que leva esse nome devido à abundância de carvalhos vermelhos entre suas árvores, assim como a forte presença de raposas vermelhas em sua fauna, o que inclusive inspirou o brasão dos antigos senhores da terra. Lord Martyn frequentemente fala sobre isso a seus hospedes, quando os leva para conhecer o bosque, sempre mencionando que também há uma grande quantidade de teias de aranha entre os galhos das árvores. O bosque situa-se a apenas uma milha do castelo.

O castelo Covil da Aranha, outrora chamado Covil da Raposa, é uma fortificação sobre uma pequena elevação do terreno em uma das curvas do Arroioazul. Boa parte de seu interior é belamente decorada com mármore vermelho e representações de raposas que foram preservadas pelos Weaver. Embora pequeno, o castelo conta com um septo, uma forja, estábulos e canil, duas torres, dois pátios internos, salões e armazéns, entre outras instalações, além de um bom número de passagens e câmaras secretas. Foi em uma dessas câmaras que Martyn encontrou a espada de aço Valyriano “Sorrateira”, que outrora pertenceu aos Smallhunter e há um ano vem sendo empunhada por seu filho Derfel. A água que abastece a fortaleza é retirada de três poços artesianos em seu subsolo.

Lord Martyn transformou dois grandes aposentos do Covil em uma tecelagem e uma tinturaria, onde emprega vários servos na produção de tecido cru e tingido, com a supervisão cuidadosa de seu pai e seu irmão Balian. Para atrair trabalhadores para sua pequena indústria, Martyn permitiu que casas fossem construídas entre o castelo e o rio, autorizando inclusive a utilização de madeira do Bosque Vermelho para as construções. Isso foi o princípio do que viria a ser a Vila da Tecelagem. Posteriormente Martyn permitiu que os camponeses que desejassem também construíssem suas casas na vila e com isso o povoamento se desenvolveu, abrigando familiares dos soldados da família Weaver, padeiros, oleiros, lenhadores, criadores de porcos e de galinhas e até mesmo uma pequena estalagem-taberna chamada “A Teia”. Cerca de metade das construções é feita exclusivamente de madeira e a maioria delas tem apenas um pavimento, ainda que alguns prédios tenham dois ou três. Há uma grande praça circular no centro da Vila da Tecelagem, normalmente chamada apenas de “Praça do meio”. Também vivem na vila boa parte dos soldados da casa e suas famílias.


A FAMÍLIA:

A família Weaver é bastante recente, tendo apenas duas gerações com seu nome, porém ela inclui o pai e os irmãos de seu fundador, Martyn, que não levam o nome nobre.

O patriarca é Balian, o tecelão, que teve como filhos Balian, o jovem, Martyn e Alysanne. O jovem Balian casou-se com Janna, que já faleceu, e com ela teve um filho, Balian, o ruivo. Martyn casou-se com Sansa Snow e teve seis filhos: Derfel, Duncan, Dragomyr, Darya, Dyanna e Daenella. Alyssane casou-se com o mestre de armas da casa, Sor Roderik, e teve uma única filha, Alanis.

Lord Martyn trouxe todos os seus familiares para viver no Covil da Aranha. Ele próprio administra o feudo com muita atenção, tendo delegado ao pai e ao irmão a supervisão dos negócios de tecelagem, enquanto seu cunhado cuida do treinamento e preparo de suas forças militares. Seus filhos e sobrinhos são bastante unidos, eles cresceram juntos no castelo e tiveram a melhor educação que o lord pode fornecer.

Isso é especialmente verdadeiro para seu primogênito, Derfel, que foi criado para ser um líder melhor que seu pai. Derfel é um homem jovem e ambicioso prometido em casamento à jovem Leonetta Brune. O casamento deve acontecer em alguns meses, pois Leonetta recentemente completou 15 anos. O jovem lord tem planos de desenvolver ainda mais a Vila da Tecelagem para que ela futuramente possa abrigar um mercado e depois, quem sabe, uma guilda. Ele também planeja viajar às ilhas Naath para aprender sobre a produção da seda e, se isso for possível, levar alguns bichos da seda para estabelecer sua própria produção no Covil. Ele é muito amigo do primo Balian (o ruivo) e tem como escudeiro seu futuro cunhado, Philip Brune. Enquanto não se casa Derfel se diverte com uma criada chamada Arianne, que é parte da equipe que faz a limpeza e arrumação de seus aposentos. Ele não pretende levar a frente o relacionamento com a criada após se casar com sua jovem e bela noiva, a quem conhece apenas superficialmente, mas por quem já tem grande estima.

Duncan Weaver teve sua educação mais voltada para habilidades de combate e de guerra. Ele é o maior dos homens da família e um grande guerreiro para sua pouca idade. Duncan sonha em se tornar famoso vencendo torneios e liderando batalhas. Ele arranca muitos suspiros das adolescentes da Vila da Tecelagem.

Dragomyr Weaver é o mais novo dos irmãos. Ele nasceu deformado e corcunda, frágil e enfermiço, e caminha utilizando uma bengala. É certamente o mais diferente dos irmãos. Sério e introspectivo, Dragomyr adora livros e passa muitas horas na biblioteca. Ele também é muito bom com animais, tendo treinado seu próprio cão de caça e seu próprio falcão, além de montar melhor do que a maioria. Recentemente Dragomyr descobriu que é capaz de entrar no corpo de seu falcão “Raptor” e controla-lo, segredo que só compartilhou com o meistre da casa, que vem ajudando ele a desenvolver essa habilidade.

Darya, Dyanna e Daenella são as irmãs Weaver. Elas são bastante ligadas à família, mas a do meio gostaria de conhecer Porto Real. Cada uma delas tem personalidades e aptidões diferentes, mas fisicamente são bastante parecidas. Sua prima Alanis é como uma irmã mais velha para as meninas.


PERSONAGENS IMPORTANTES:

Lord Martyn Weaver – o senhor da casa, um homem muito ativo, com 47 anos.

Lady Sansa Weaver – a esposa de Martyn, uma mulher nortenha, de personalidade forte, com 42 anos.

Balian, o tecelão – O pai de Martyn, um tecelão idoso que supervisiona o trabalho na tecelagem e na tinturaria. Tem 70 anos.

Balian, o jovem – Irmão mais velho de Martyn, um homem criado para ser um artesão e tocar os negócios da família, ele auxilia o pai na supervisão do trabalho na tecelagem e na tinturaria. Tem 53 anos.

Alysanne – Irmã mais nova de Martyn, é casada com o mestre de armas da casa, Sor Roderik. Tem 44 anos.

Derfel Weaver – O filho mais velho de Martyn, com 19 anos. É um jovem ambicioso e determinado, bonito e muito bom com as palavras. Está prometido em casamento a Leonetta Brune, que recentemente fez 15 anos.

Duncan Weaver – O segundo filho de Martyn, tem 17 anos. É um jovem grande e forte, muito bom com a espada, que deseja se tornar um cavaleiro famoso.

Dragomyr Weaver – O terceiro filho de Martyn, tem 15 anos. Possui uma corcunda de nascença e sempre foi um menino frágil e enfermiço. É muito inteligente e lida muito bem com animais de todos os tipos. É um Warg, mas somente o meistre Taliesin sabe disso.

Darya Weaver – A filha mais velha de Martyn, com 14 anos. É uma jovem bonita, querida por todos no castelo. Ela gosta de passear no bosque acompanhada de suas aias.

Dyanna Weaver – A segunda filha de Martyn, tem 12 anos. É uma jovem de corpo atlético e hábitos ladinos que sonha em conhecer Porto Real.

Daenella Weaver – A terceira filha de Martyn, tem 11 anos. É muito ligada a Dyanna e Dragomyr. Sonha em casar-se com um grande lord quando for mais velha.

Balian, o ruivo – Filho de Balian, “o jovem”, é um rapaz de 20 anos e o melhor amigo de Derfel, por quem tem profunda admiração. Ele é um cavaleiro razoável, mas gosta mesmo é de cantar e tocar o alaúde. Sua mãe já faleceu.

Alanis – Filha de Alysanne e sor Roderik, tem 15 anos e é muito amiga das irmãs Weaver. Ela costura como uma profissional.

Philip Brune – Um rapaz loiro de 13 anos que é escudeiro de Derfel. Ele é péssimo em combate, mas é corajoso. É o irmão da noiva de Derfel, Leonetta Brune.

Arianne – Uma serva orfã de 16 anos que trabalha com a arrumação e limpeza do castelo. É apaixonada por Derfel, que se aproveita dela e já tirou-lhe a virgindade. Ele a trata como criada e ela responde com submissão. É uma boa moça, mas ciumenta.

Meistre Taliesin – o meistre do castelo, um homem de 55 anos, muito paciente. Ele entende muito de curas, geografia e magia. Ultimamente tem estado muito próximo de Dragomyr a quem está ajudando a se acostumar com a condição de Warg.

Septão Alastor – o septão do castelo, um homem de 34 anos, sério e muito religioso.

Mestre de armas, Sor Roderik – Um grande guerreiro de 49 anos que lidera as forças dos Weaver. É casado com a irmã de lord Martyn, Alysanne.

Ferreiro Tristan caolho – Um ferreiro de 39 anos que cuida da fabricação e manutenção das armas do castelo. Ele conta com auxílio de seus três filhos nesse trabalho.

Castelão Sor Rudyard – Irmão mais novo de Sor Roderik, é um homem solteiro e sem filhos, de 40 anos. Raramente exerce a função de castelão, porque lord Martyn não costuma deixar suas terras.

Mestre dos Cavalos Trevor – Um jovem de 25 anos que herdou essa função de seu pai. Tem um fraco por prostitutas.

Mestre da caça Reynard – Um ranger de 35 anos, tímido e muito leal. Ele passa mais tempo no Bosque Vermelho, onde tem uma cabana, do que em seus aposentos no castelo.

Tratador de cães Preston – Um garoto de 18 anos que adora se gabar de ser habitante do castelo e próximo dos Weaver quando está bebendo na Vila da Tecelagem.


COMANDANTES DAS UNIDADES MILITARES:

Infantaria veterana – Sor Arthur Morark
Arqueiros veteranos – Ronard dedo-verde
Cavalaria veterana – Sor Percen Mallister
Guarnição treinada – Ormond, o velho
Batedores verdes – Myles Tymber
Sayd
Tecnocrata
avatar
Tecnocrata

Mensagens : 371
Reputação : 17

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Sayd em Qui Set 28, 2017 8:55 pm

O brasão que fiquei devendo:


OdinBarberan
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 17
Reputação : 0
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

História da Casa + Personagens

Mensagem por OdinBarberan em Sex Set 29, 2017 5:36 pm

Casa Valfrith
Por anos e anos, a casa Valfrith serviu aos Targaryen como uma Casa de Cavaleiros com Terras. Por gerações e gerações, a família Valfrith lutou lado a lado com os Reis Targaryen, mas isso acabou quando o jovem Urth Valfrith tornou-se Lord da casa homônima. Daemon Blackfyre iniciou diversas Rebeliões, e sabia que para conseguir estar a um passo a frente dos Targaryen precisaria de um aliado que fosse do círculo íntimo dos Targaryen. Lord Urth jurou secretamente fidelidade aos Blackfyre e levou à mesa de Daemon planos “secretos”. Daemon realizou uma investida e acabou morto por Brynden Rivers e sua guarda no Campo do Campim Vermelho após derrotar Sor Gwayne Corbray. Dois de seus herdeiros foram mortos juntos e assim a Rebelião foi enfraquecida. Anos e anos, os pretendentes Blackfyre tentaram reivindicar a coroa, mas todos de sua linhagem caíram. Logo após a vitória dos Dragões, foi revelado que o Lord Valfrith fingiu ser aliado dos Blackfyre para ludibriá-los com falsos planos dos Targaryen e assim emboscá-los mais facilmente. Os serviços prestados foram recompensados com uma conquista: Tornaram-se uma das Casas Menores e sua bandeira foi levantada.
Após a Rebelião de Robert, a última fortaleza dos Targaryen era Pedra do Dragão, onde Stannis Baratheon comandou a frota que derrubaria a fortaleza. A Rainha Rhaella e seu filho, Vyseris Targaryen fugiram junto com Sor Willem Darry para dar a luz à Daenerys Targaryen. Uma tempestade dizimou a frota Targaryen, e pouco antes de Stanis chegar, Sor Willem e alguns companheiros levaram Vyseris, Daenerys e sua ama de leite para Bravos, para viverem como exilados. Robert culpou Stannis por falhar em capturar e matar os últimos descendentes Targaryen e a relação de ambos se estremeceu. Mesmo assim, Stannis foi nomeado como Lord de Pedra do Dragão. Lord Urth, que havia se curvado para não ter sua casa completamente dizimada, se submeteu ao novo líder de sua Região, assim mantendo sua casa intacta.


Personagens:


Aestan Turâmbar era filho de Basthan Turâmbar, um Cavaleiro de Valfrith renomado por suas grandes conquistas em batalha. Aestan era jovem, vinte e dois anos, estatura mediana com cabelos negros longos e olhos castanhos e seguia o mesmo caminho de seu pai, em treinamento para ser um Cavaleiro de Valfrith. Extremamente pragmático e metódico, Aestan seguia à risca o que seu tutor, Ergan “Martelo de Pedra” o ensinava para ser um cavaleiro, e seguia cegamente o Lord Urth e o seu suserano, Stannis Baratheon.


Bregon Turâmbar era o irmão mais novo de Aestan, mais alto e encorpado que o mesmo, com cabelos negros longos e presos em uma grande trança, tinha apenas dezessete anos e também treinava com Ergan para ser Cavaleiro. Diferente do irmão, Bregon era arisco, questionava tudo, e não confiava em Urth e Stannis. Sua vontade sempre foi se rebelar e se juntar ao pai.


Basthan Turâmbar foi um notável Cavaleiro que muito bem serviu a Casa Valfrith. Basthan “cresceu” junto Lord Urth e sempre esteve a seu lado em batalhas, sendo muitas vezes seu braço direito e melhor amigo. Basthan sempre agiu sem questionar, sendo um dos principais guerreiros durante a Rebelião de Robert. Tornou-se um Sor após a queda dos Blackfyre, onde mesmo muito jovem, foi importantíssimo na vitória contra os rebeldes. Sua amizade com Urth começou a desmoronar durante a Rebelião de Robert, onde ele lutou bravamente, servindo os Targaryen. Já no fim, quando Pedra do Dragão era a última fortaleza, ele descobriu que Urth ia se curvar e se submeter à Stannis. Basthan foi veemente contra isso e discutiu com o Lord, e abandonou seu posto como Cavaleiro e juntou-se à Patrulha da Noite, deixando seus filhos para trás, para que fossem bem criados, e após crescerem, decidirem seu próprio destino.
OdinBarberan
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 17
Reputação : 0
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

Casa Valfrith - Brasão e Moradores Relevantes

Mensagem por OdinBarberan em Sex Set 29, 2017 5:50 pm




A casa Valfrith é comandada pelo Lord Urth, atualmente viúvo e sem herdeiros. Lord Arthik Valfrith é o atual cavaleiro da Guarda, e irmão do Rei, próximo na sucessão do trono.
Aestan e Bregon, são os dois novatos treinados por Ergan "Martelo de Pedra" para serem Cavaleiros. Outro personagem notável é Wostan, o Velho Sábio. Um sábio "vidente" que perambula pela casa Valfrith antes sequer de Urth comandá-la, e Lord Urth, seguindo a tradição familiar, sempre convoca o Velho para as reuniões importantes de seu reino
Sayd
Tecnocrata
avatar
Tecnocrata

Mensagens : 371
Reputação : 17

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Sayd em Seg Out 09, 2017 10:11 pm


Sayd efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
6
Claude Speedy
Troubleshooter
avatar
Troubleshooter

Mensagens : 857
Reputação : 18

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Claude Speedy em Ter Nov 14, 2017 12:16 pm



(o mote é um trocadilho em inglês, que em português é "à noite". Na língua comum a ideia é que tanto "cair da noite, anoitecer ou no escuro" deem a interpretação na mesma frase que significa que eles enxergam melhor tanto o anoitecer quanto ao anoitecer, como se vissem com bons olhos o escuro tanto quanto no escuro.)
Ayleen G
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 16
Reputação : 0

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Ayleen G em Sex Dez 15, 2017 11:46 am

Casa Gray, localizada nas Montanhas da Lua
As Montanhas da Lua: Defesa +20, Influência +10, Lei -10, Poder +0, População -5, Riqueza -5 e Terras -5.

Rolando os dados para os recursos:

Defesa
Ayleen G efetuou 7 lançamento(s) de dados (d6.) :
3 , 3 , 5 , 3 , 1 , 4 , 2

Influência
Ayleen G efetuou 7 lançamento(s) de dados (d6.) :
4 , 3 , 3 , 3 , 3 , 4 , 3

Lei
Ayleen G efetuou 7 lançamento(s) de dados (d6.) :
5 , 2 , 2 , 3 , 4 , 4 , 6

Poder
Ayleen G efetuou 7 lançamento(s) de dados (d6.) :
4 , 5 , 5 , 5 , 2 , 1 , 4

População
Ayleen G efetuou 7 lançamento(s) de dados (d6.) :
6 , 5 , 1 , 3 , 2 , 1 , 2

Riqueza
Ayleen G efetuou 7 lançamento(s) de dados (d6.) :
3 , 6 , 4 , 3 , 3 , 5 , 1

Terras
Ayleen G efetuou 7 lançamento(s) de dados (d6.) :
4 , 3 , 2 , 5 , 4 , 1 , 1


Rolando os dados bônus:

Ayleen G efetuou 4 lançamento(s) de dados (d6.) :
5 , 1 , 3 , 2

Rolando fundação da casa:
Ayleen G efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
4
Ayleen G
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 16
Reputação : 0

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Ayleen G em Sex Dez 15, 2017 11:59 am

Defesa 20+21=41
Influência 10+23=33
Lei 26-10=16
Poder 26
População 20-5=15
Riqueza 25-5=20
Terras 20-5=15

Bônus (serão adicionados posteriormente): 5 , 1 , 3 , 2

Fundação da casa: Tradicional

Rolagem de dados dos eventos:
Ayleen G efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
1
Ayleen G
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 16
Reputação : 0

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Ayleen G em Sex Dez 15, 2017 12:00 pm

Eventos históricos:
Ayleen G efetuou 3 lançamento(s) de dados (d6.) :
1 , 1 , 5
Ayleen G
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 16
Reputação : 0

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Ayleen G em Sex Dez 15, 2017 12:02 pm

Jesus

(7) Invasão/Revolta: Lei -2d6, Poder –1d6, População –1d6 e Riqueza –1d6.

Lei:
Ayleen G efetuou 2 lançamento(s) de dados (d6.) :
2 , 1

Poder:
Ayleen G efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
5

População:
Ayleen G efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
3

Riqueza:
Ayleen G efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
1
Ayleen G
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 16
Reputação : 0

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Ayleen G em Sex Dez 15, 2017 1:03 pm

Defesa 41
Influência 33
Lei 16 -3 =13
Poder 26 -5 +5(Bônus) +3 (bônus) = 29
População 15 -3 =12
Riqueza 20 -1 +1 (bônus)= 20
Terras 15 +2 (bônus) = 17
Ayleen G
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 16
Reputação : 0

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Ayleen G em Sex Dez 15, 2017 10:29 pm

Modificando os dados bônus:

Defesa 41
Influência 33
Lei 16 -3 =13
Poder 26 -5 +2(Bônus) +3 (bônus) = 26
População 15 -3 =12
Riqueza 20 -1 +1 (bônus)= 20
Terras 15 +5 (bônus) = 20
Ayleen G
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 16
Reputação : 0

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Ayleen G em Dom Dez 17, 2017 7:32 pm

Família Gray
“Pela razão ou pela força”
Brasão: http://tattoo-collections.com/wp-content/uploads/Skull-Sword-And-Roses-Tattoos-Sketch-2.jpg

Família e Servos:

Raron Gray, senhor da Ilha Cinzenta, 49 anos, conhecido como o Lord Guerreiro
-sua esposa {Janna}, morta aos 20 anos por ferimentos de batalha;
Cyke, herdeiro da Ilha Cinzenta, 25 anos;
Raveena, esposa de Cyke, 25 anos, conhecida como a Dama Cinzenta ou a Mãe Guerreira;
Arthur, primogênito de Cyke e Raveena, uma criança de 5 anos;
Antonieta, filha de Cyke e Raveena, uma criança de 2 anos;
Heinkel, segundo filho de Raron, 22 anos.

Seus servos:
-Bertrand Pyke, mestre da frota naval de Gray Island, um capitão vindo das Ilhas de Ferro;
-Grandel, mestre da caça e dos animais, 29 anos, um homem do Povo Livre, conhecido como o Selvagem;




Recursos e Poderes:
Defesa: 41
Influência: 33
População: 12
Lei: 13
Riqueza: 20
Poder: 26
Terras: 20

Recursos de Defesa:
Castelo:
Investimento: 40
Benefício: As unidades que defendem um castelo recebem um bônus de +8 em sua Defesa.

Recursos de Influência:
21 - 40: Status máximo 4;
Herdeiro (20 pontos)
Segundo filho (10 pontos)

Recursos de População:
Valor da População: 11-20 / Sorte da Casa: 0;

Recursos de Lei:
Valor da Lei: 11-20 / Sorte da Casa: -5;

Recursos de Riqueza:
Porto:
Exigência: Costa;
Investimento: 10
Efeito: Bônus +5 nas rolagens de Sorte da Casa. Sempre que a Sorte da Casa indicar um aumento de Riqueza, adicione +1d6 em vez de apenas +1.

Mina:
Exigência: Montanhas ou colinas;
Investimento: 10
Efeito: Bônus +5 nas rolagens de Sorte da Casa.

Recursos de Poder:
Navios de Guerra: Custo +7 (Verde +1) / Modificador de Disciplina 0 / Habilidades-chave (Luta, Percepção, Pontaria);
Marinheiros: Custo +4 (Treinado +3) / Modificador de Disciplina 0 / Habilidades-chave (Agilidade, Luta, Percepção);
Infantaria: Custo +4 (Treinado +3) / Modificador de Disciplina 0 / Habilidades-chave (Atletismo, Luta, Vigor);
Arqueiros: Custo +3 (Verde +1) / Modificador de Disciplina +3 / Habilidades-chave (Agilidade, Percepção, Pontaria);



Recursos de Terras:
Ilha: Custo 10;
Costa: Custo 3;
Colinas: Custo 7;

História da Casa:
Embora a história da casa Gray não fosse segredo algum, poucos lembram-se de seu passado, especialmente aqueles que não pertencem ao Vale. Como grande aliada da casa Targaryen, os primeiros Gray chegaram a Westeros sob fama de guerreiros destemidos e extremamente leais aos Targaryen. Seu objetivo ao vir com Aegon e suas irmãs-esposas era de tomar o Vale para si, pois apostavam nos terrenos montanhosos como cruciais para defesas e sua posição próxima ao mar e a mais próxima entre Westeros e Braavos, além de almejar o Ninho da Águia como seu futuro lar. A primeira invasão do Vale não contou com a presença de Aegon ou dos dragões, apenas os guerreiros sob o comando de Silas Gray, que invadiram uma ilhota que fizeram de base e começaram a varrer as famílias nobres das Montanhas da Lua, cada vez mais próximos do Ninho.

Contudo, como eles mesmos já haviam percebido o valor das montanhas como campos de batalha, os homens do Vale estavam especialmente acostumados com elas, usando-o como uma arena especial e obrigando o inimigo a retornar para a ilhota onde estavam acampados. As montanhas eram perigosas e, de fato, inexpugnáveis. Mas os Gray eram fortes, e resistiram em sua ilhota bravamente.

Diante disto, foi necessário que Aegon intervisse, o que finalmente fez com que o Rei do Vale se ajoelhasse (de uma maneira tão absurda que jamais alguém acreditaria: apenas em troca de uma volta em um dragão) e, de quebra, ainda tivesse que aceitar os Gray como seus vassalos, visto que a família já havia se estabelecido na ilhota e não pretendia abandonar o local. A inimizade entre os Gray e as demais famílias da região foi considerável no início, mas visto que precisariam ceder às vontades de Aegon, nada poderiam fazer senão aceitar. Os Gray, a contragosto, também tiveram que aceitar tornarem-se meros vassalos, e não os governantes da região, o que causou um gosto amargo até mesmo nos sucessores de Silas, que sequer conheceram-no (e abalou profundamente a relação entre os Gray e os Targaryen). Ainda hoje há um certo desconforto quando os nobres precisam interagir em algum momento.

Os anos se passaram e, sofrendo com a resistência dos habitantes mais próximos, a casa Gray se viu obrigada a fazer aliados em outros locais, para conseguir sobreviver. Mal conseguiram construir um salão para que a família e seus servos residissem, mas conseguiram bons aliados que navegavam os mares, especialmente os Homens de Ferro que enfrentavam a longa viagem rumo a Braavos e às terras disputadas. Aliança que perdura até os dias atuais, mesmo com a grande distância que separa suas ilhas fisicamente.

Foi apenas com o Lord Raron I que a casa voltou a ter alguma chance de expandir o seu legado. Ainda muito novo, comandou a construção do atual Castelo Gray, e também ordenou que explorassem mais as minas próximas. Além disso, combinou alianças através do casamento de seu herdeiro com a filha de Blacktyde. Apesar de ser um homem de batalhas, Raron mostrou-se, de longe, um dos mais ambiciosos descendentes Gray desde Silas. Contudo, seus planos foram interrompidos pela Rebelião de Robert Baratheon.

Raron Gray viu-se em uma encruzilhada. De um lado, apoiar os Targaryen que, haviam apontado os Arryn como Guardiões do Vale no passado e “traído” sua aliança, por outro, apoiar um antigo inimigo da família, mesmo sendo vassalo deste. Seu sangue guerreiro clamava por batalha e, sem pensar muito, Raron juntou-se aos Targaryen, garantindo antes disso que os olhos dos nobres do Vale não se voltassem para a Ilha Cinzenta.

Contudo, o Lord foi obrigado a retornar ao seu Castelo, visto a derrota iminente dos Targaryen e a invasão que a ilha sofria por ter escolhido o lado “inimigo”. Antes que chegasse com seus navios e guerreiros, as terras de Gray já haviam sofrido com a batalha que era travada ali e, só não foi pior, porque Janna (esposa de Raron, também uma guerreira exemplar) comandava os poucos soldados de dentro do castelo. No mesmo dia em que os navios atracavam, a defesa do Castelo era finalmente quebrada. O inimigo foi primeiro atrás dos herdeiros Cyke e Heinkel, apenas crianças na época, e Janna os defendeu corajosamente até derrotar todos os que investiam contra os três. Raron chegou, pondo um fim na invasão, mas infelizmente não pode evitar o falecimento de sua esposa.

Anos depois, a notícia da morte de Jon Arryn está prestes a chegar à Ilha Cinzenta, abalando novamente a sede de conquista e vingança pelo passado... O que será decidido?

Modificador Total de Sorte da Casa: +5
Ayleen G
Neófito
avatar
Neófito

Mensagens : 16
Reputação : 0

Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Ayleen G em Ter Dez 19, 2017 9:42 am

Editando algumas coisas:

Família Gray
“Pela razão ou pela força”
Brasão: http://tattoo-collections.com/wp-content/uploads/Skull-Sword-And-Roses-Tattoos-Sketch-2.jpg

Família e Servos:

Raron Gray, senhor da Ilha Cinzenta, 49 anos, conhecido como o Lord Guerreiro
-sua esposa {Janna}, morta aos 20 anos por ferimentos de batalha;
Cyke, herdeiro da Ilha Cinzenta, 25 anos;
Raveena, esposa de Cyke, 25 anos, conhecida como a Dama Cinzenta ou a Mãe Guerreira;
Arthur, primogênito de Cyke e Raveena, uma criança de 5 anos;
Antonieta, filha de Cyke e Raveena, uma criança de 2 anos;
Heinkel, segundo filho de Raron, 22 anos.

Seus servos:
-Bertrand Pyke, mestre da frota naval de Gray Island, 40 anos, um capitão vindo das Ilhas de Ferro;
-Grandel, mestre da caça e dos animais, 29 anos, um homem do Povo Livre, conhecido como o Selvagem;
-Kevan Stone, castelão de Gray Island, 58 anos, um bastardo do Vale;
-Lorelei Swonney, ama das crianças Gray, 47 anos;
-Galter Fowke, Mestre de Armas, 45 anos, uma espada juramentada dos Gray;
-Tristan Landgrave, Tratador dos animais (ajudante de Grandel), 14 anos




Recursos e Poderes:
Defesa: 41
Influência: 33
População: 12
Lei: 13
Riqueza: 20
Poder: 26
Terras: 20

Recursos de Defesa:
Castelo:
Investimento: 40
Benefício: As unidades que defendem um castelo recebem um bônus de +8 em sua Defesa.

Recursos de Influência:
21 - 40: Status máximo 4;
Herdeiro (20 pontos)
Segundo filho (10 pontos)

Recursos de População:
Valor da População: 11-20 / Sorte da Casa: 0;

Recursos de Lei:
Valor da Lei: 11-20 / Sorte da Casa: -5;

Recursos de Riqueza:
Porto:
Exigência: Costa;
Investimento: 10
Efeito: Bônus +5 nas rolagens de Sorte da Casa. Sempre que a Sorte da Casa indicar um aumento de Riqueza, adicione +1d6 em vez de apenas +1.

Mina:
Exigência: Montanhas ou colinas;
Investimento: 10
Efeito: Bônus +5 nas rolagens de Sorte da Casa.

Recursos de Poder:
Navios de Guerra: Custo +7 (Verde +1) / Modificador de Disciplina 0 / Habilidades-chave (Luta, Percepção, Pontaria);
Marinheiros: Custo +4 (Treinado +3) / Modificador de Disciplina 0 / Habilidades-chave (Agilidade, Luta, Percepção);
Infantaria: Custo +4 (Treinado +3) / Modificador de Disciplina 0 / Habilidades-chave (Atletismo, Luta, Vigor);
Arqueiros: Custo +3 (Verde +1) / Modificador de Disciplina +3 / Habilidades-chave (Agilidade, Percepção, Pontaria);



Recursos de Terras:
Ilha: Custo 10;
Costa: Custo 3;
Colinas: Custo 7;

História da Casa:
Embora a história da casa Gray não fosse segredo algum, poucos lembram-se de seu passado, especialmente aqueles que não pertencem ao Vale. Como grande aliada da casa Targaryen, os primeiros Gray chegaram a Westeros sob fama de guerreiros destemidos e extremamente leais aos Targaryen. Seu objetivo ao vir com Aegon e suas irmãs-esposas era de tomar o Vale para si, pois apostavam nos terrenos montanhosos como cruciais para defesas e sua posição próxima ao mar e a mais próxima entre Westeros e Braavos, além de almejar o Ninho da Águia como seu futuro lar. A primeira invasão do Vale não contou com a presença de Aegon ou dos dragões, apenas os guerreiros sob o comando de Silas Gray, que invadiram uma ilhota que fizeram de base e começaram a varrer as famílias nobres das Montanhas da Lua, cada vez mais próximos do Ninho.

Contudo, como eles mesmos já haviam percebido o valor das montanhas como campos de batalha, os homens do Vale estavam especialmente acostumados com elas, usando-o como uma arena especial e obrigando o inimigo a retornar para a ilhota onde estavam acampados. As montanhas eram perigosas e, de fato, inexpugnáveis. Mas os Gray eram fortes, e resistiram em sua ilhota bravamente.

Diante disto, foi necessário que Aegon intervisse, o que finalmente fez com que o Rei do Vale se ajoelhasse (de uma maneira tão absurda que jamais alguém acreditaria: apenas em troca de uma volta em um dragão) e, de quebra, ainda tivesse que aceitar os Gray como seus vassalos, visto que a família já havia se estabelecido na ilhota e não pretendia abandonar o local. A inimizade entre os Gray e as demais famílias da região foi considerável no início, mas visto que precisariam ceder às vontades de Aegon, nada poderiam fazer senão aceitar. Os Gray, a contragosto, também tiveram que aceitar tornarem-se meros vassalos, e não os governantes da região, o que causou um gosto amargo até mesmo nos sucessores de Silas, que sequer conheceram-no (e abalou profundamente a relação entre os Gray e os Targaryen). Ainda hoje há um certo desconforto quando os nobres precisam interagir em algum momento.

Os anos se passaram e, sofrendo com a resistência dos habitantes mais próximos, a casa Gray se viu obrigada a fazer aliados em outros locais, para conseguir sobreviver. Mal conseguiram construir um salão para que a família e seus servos residissem, mas conseguiram bons aliados que navegavam os mares, especialmente os Homens de Ferro que enfrentavam a longa viagem rumo a Braavos e às terras disputadas. Aliança que perdura até os dias atuais, mesmo com a grande distância que separa suas ilhas fisicamente.

Foi apenas com o Lord Raron I que a casa voltou a ter alguma chance de expandir o seu legado. Ainda muito novo, comandou a construção do atual Castelo Gray, e também ordenou que explorassem mais as minas próximas. Além disso, combinou alianças através do casamento de seu herdeiro com a filha de Blacktyde. Apesar de ser um homem de batalhas, Raron mostrou-se, de longe, um dos mais ambiciosos descendentes Gray desde Silas. Contudo, seus planos foram interrompidos pela Rebelião de Robert Baratheon.

Raron Gray viu-se em uma encruzilhada. De um lado, apoiar os Targaryen que, haviam apontado os Arryn como Guardiões do Vale no passado e “traído” sua aliança, por outro, apoiar um antigo inimigo da família, mesmo sendo vassalo deste. Seu sangue guerreiro clamava por batalha e, sem pensar muito, Raron juntou-se aos Targaryen, garantindo antes disso que os olhos dos nobres do Vale não se voltassem para a Ilha Cinzenta.

Contudo, o Lord foi obrigado a retornar ao seu Castelo, visto a derrota iminente dos Targaryen e a invasão que a ilha sofria por ter escolhido o lado “inimigo”. Antes que chegasse com seus navios e guerreiros, as terras de Gray já haviam sofrido com a batalha que era travada ali e, só não foi pior, porque Janna (esposa de Raron, também uma guerreira exemplar) comandava os poucos soldados de dentro do castelo. No mesmo dia em que os navios atracavam, a defesa do Castelo era finalmente quebrada. O inimigo foi primeiro atrás dos herdeiros Cyke e Heinkel, apenas crianças na época, e Janna os defendeu corajosamente até derrotar todos os que investiam contra os três. Raron chegou, pondo um fim na invasão, mas infelizmente não pode evitar o falecimento de sua esposa. Por fim, os Targaryen foram derrotados, Robert Baratheon perdoou muitos, inclusive a família Gray, que teve de ser novamente aceita pelo Vale como vassala.

Anos depois, a notícia da morte de Jon Arryn está prestes a chegar à Ilha Cinzenta, abalando novamente a sede de conquista e vingança pelo passado... O que será decidido?

Modificador Total de Sorte da Casa: +5[/quote]
Conteúdo patrocinado


Re: [!Suporte!] Criação de Casas

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Responder ao tópico

Data/hora atual: Seg Jan 22, 2018 2:22 pm