Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Compartilhe
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Ter Jun 04, 2013 12:19 pm

A próxima pergunta ficará para depois - disse o velho lobo enquanto virava para um de seus marujos para dizer algo - Dê um jeito nisso logo - se referindo ao mestre carpinteiro que estava caído no chão.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7838
Reputação : 33
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Elminster Aumar em Ter Jun 04, 2013 5:15 pm

Barbarossa havia se virado para Jerek, e o encorpado marujo lançou um sorriso idiota de volta antes de se agachar e agarrar o mestre carpinteiro.
- Vou levá-lo até o cirurgião, capitão.

Enquanto Jerek descia com o corpo de Hedrergor deixando um rastro de fedor por onde passava, o imediato ordenou dois ajudantes do convés para levarem o darfellan e o outro pirata desacordado até o dormitório da tripulação. Eles agora faziam parte da Senhora da Maré Profunda, assim como Algeon, que permanecia no deque principal. O elfo do mar ouviu passos pesados que soavam pela madeira às suas costas, e Dirk, o homem mais gordo que Algeon já vira na vida, logo estava ao seu lado com um esfregão e um balde de água.

- Tome, isso é para você. Aqui no nosso navio todos trabalhamos e seguimos ordens. Você pode começar limpando o sangue que vocês derramaram, he he he.

E Dirk se afastou, deixando Algeon sozinho com o esfregão, o balde e um árduo trabalho pela frente.

* * * * *

O segundo dia foi mais tranquilo que o primeiro. Ootiliktik e Solano despertaram com a ajuda da magia divina de Algeon, e eles então foram formalmente apresentados a toda a tripulação. De uma maneira geral, os três foram bem recebidos. Enquanto trabalhavam, o anão que pilotava o leme os entreteve com uma história sobre os mais temíveis monstros do mar. Pela parte da tarde, quando o sol dispunha no horizonte, eles desceram no deque do dormitório para comerem uma saborosa refeição de peixe cozido pelo meio-orc cozinheiro que atendia pelo nome de Dregork "Assa-Peixe". À noite, Timmet mostrou para eles alguns truques que conseguia fazer com as cordas que prendiam as velas.

No terceiro dia os três já se sentiam verdadeiramente parte da tripulação. Eles ainda não haviam parado para pensar em como poderiam sair dali para executar seus objetivos. O navio rumava para a Ilha Dragão, o principal reduto de piratas do Mar Interior, e eles não estavam certo se era para lá que deveriam ir. Porém, na noite daquele dia, quando todos os marujos de baixa posição dormiam em redes no deque inferior, Algeon tivera um novo sonho enviado pelo seu deus, onde mostrava uma certa ilha à distância. A mensagem que o Príncipe Golfinho passava através do sonho era clara: ele queria que Algeon fosse até este local, e o elfo do mar não sabia como, mas sabia que aquela ilha era o primeiro pedaço de terra que o navio encontraria caso ele mudasse sua direção para o sul. O mais curioso daquilo era que o sonho não falava mais nada sobre o Mammon. Era como se Algeon já o tivesse encontrado.
Pac Fawkes
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 521
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Pac Fawkes em Qui Jun 06, 2013 9:08 pm

Roosevelt estava acostumado com a rotina de um pirata, mas claro que se incomodava de estar servindo a um capitão que sequer levava jeito para aquilo, tava claro para o pirata que ele não tinha o comando e o pulso firme de um capitão, sequer tinha cara de capitão, mas qual era o segredo daquele homem, como que ele havia conseguido aquele posto se não tinha carisma pra isso?

Roosevelt passava algum tempo conversando com a tripulação, sua cara em si já é um tanto intimidadora, mas provavelmente que o recém combate faria que as pessoas não ficassem com medo dele, portanto tinha que se enturmar para obter as informações necessárias sobre o Capitão daquele belo navio, escondendo sua face ditatorial e seu jeito agressivo e impaciente naquele momento, provavelmente funcionaria enquanto o elfo pensasse que seu nome era Solano, o que o pirata estava pensando até em contar a verdade para ver se assim o elfo o ajudaria para ganhar a confiança daquela tripulação e então retribuir o favor levando-o para onde o elfo queria ir, claro, pensando sempre nos espólios que a aventura pudesse lhe proporcionar, enquanto isso, nos dias em que passava, Roosevelt tentava obter alguns itens que em um futuro próximo pudesse começar a pintar sua face novamente.
Bane Reaver
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 648
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Bane Reaver em Sex Jun 07, 2013 12:09 am

Algeon de imediato se assustou com o corpo de Rick, mas tentou manter a compostura. Ele acabou insatisfeito pela tarefa que lhe foi passada, e, enquanto começava, pensou: - Gorducho.

No dia seguinte, Algeon, Ootliktik e Solano foram formalmente apresentados à tripulação da Senhora da Maré Profunda. O anão que pilotava o leme contou boas histórias de monstros marinhos, que apenas deixaram o clérigo entristecido, pois lembrava da maneira como seus progenitores foram mortos. Já Dregork "Assa-Peixe" fez a melhor refeição do mundo seco que ele já havia comido. Mas o elfo do mar ainda preferia os alimentos frescos do mundo submerso.

Dois dias depois, e sem saber como deixar aquele navio, eles rumavam para a Ilha do Dragão. Cheios de incertezas.

Então, seu patrono lhe enviou uma mensagem durante a noite. Ela não falava mais em Mammon, o que fez o elfo pensar que já poderia tê-lo encontrado. Ou ainda não o encontrado, mas que ele estaria muito próximo, talvez naquele navio. Mas aquilo não era importante no momento, o importante era a nova mensagem de seu Deus. Uma ilha que ficaria a sul daquele lugar.

Algeon começou a pensar em como poderia fazer para chegar ao local indicado. Chegando, por fim, à conclusão mais lógica. Foi conversar com o capitão do navio.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Sex Jun 07, 2013 12:15 pm

O capitão estava bastante satisfeito com a atuação de seus piratas, as coisas tinham melhorado bastante nos últimos dias, e seguir para a ilha do dragão era algo que o agradava, sempre era vem vindo rum, mulheres e novas empreitadas.

Rato, venha aqui... - Diz ao chamar o magricela. - Fique de olho naqueles três pra mim, principalmente naquele espertinho - se referindo a solano - qualquer coisa me avise... Fique ligado e não seja besta - diz enquanto terminava de comer.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7838
Reputação : 33
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Elminster Aumar em Ter Jun 11, 2013 9:37 pm

Em suas andanças entre a tripulação do Senhora, Solano descobriu o básico sobre o capitão Barbarossa: Ele era um prisioneiro da Ilha de Ferro como todo o resto da tripulação, e assumiu a capitania do navio ao derrotar o capitão Dente-de-Podre num duelo justo de um contra um. Solano ainda conseguiu detectar quais marujos eram mais leais ao Barbarossa: Hendrik era o seu imediato, e como todo o imediato, ele era seu braço direito; já Rato e Olho-Vesgo possuíam quase que um temor em relação ao capitão, tamanho a admiração que demonstravam; Hedrergor (mestre-carpinteiro), o gnomo Beagan (oficial da artilharia), e Edward Lancaster (navegador) possuíam cargos considerados elevados no navio, o que significava que eles ganhariam uma partilha maior dos tesouros e que portanto não deveriam ter grandes motivos de descontentamento com o capitão.

- Escuta aqui - disse num certo dia Dirk, o Gordo, no deque da tripulação, num momento em que ambos compartilhavam a sós -, eu percebo o seu interesse no capitão. Dirk possui ouvidos bons até mesmo para ouvir suas perguntas sussurradas, he he he. Qual é a tua, heim? - Apesar do tamanho monstruoso do tanoeiro, ele não quisera ser intimidador. E o fato dele estar sentado naquele momento consertando um barril contribuía para isso.

* * *

Entrementes, o elfo do mar foi procurar pelo capitão para ter uma conversa com ele, e encontrou Barbarossa do lado do Throlf "Barba Salgada" ao leme do navio. Fazia um lindo dia de sol e não havia mais ninguém por perto deles. Rato havia seguido a ordem do capitão e observado os três novos marujos, porém seus relatos ainda não se mostravam proveitosos, e a única coisa que ele relatara sobre o elfo do mar era que ele se empenhava em realizar suas funções a bordo do navio.
Bane Reaver
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 648
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Bane Reaver em Qua Jun 12, 2013 1:58 am

- Bom dia, senhores. - Ele disse, amigável, à certa distância e, só depois de notado, se aproximou.

Levava o tridente na mão direita, suas três pontas mirando o céu. Aquela era a arma de seu patrono e não ficaria encostada, ela permanecia ao seu lado sempre que possível.

- Capitão Barbarossa, tenho um assunto a tratar contigo. É bom que o senhor Throlf "Barba Salgada" também esteja perto. Esta noite recebi uma nova visão do senhor do fundo do mar. A primeira desde que estou em sua embarcação. Ele me quer em uma ilha que é o primeiro pedaço de terra ao sul. - Ele deu uma pausa estratégica, e logo continuou: - Sei que rumamos para a ilha do dragão...mas ela irá continuar no mesmo lugar em algumas semanas. Eis minha proposta: Eu não posso garantir que a minha viagem será recompensadora, mas desde que eu possa descansar adequadamente e prestar as homenagens ao meu Deus, eu posso garantir água potável, e que seu alimento não se estrague. Também os meus dons de cura e todas as bençãos que o senhor do fundo do mar me permitir usar. - Uma outra pausa, e o elfo do mar tentou ponderar com o pirata. - Pense bem, você não possui outra pessoa com as mesmas capacidades que eu, e eu duvido que outros piratas possuam. Com a minha ajuda, a Senhora da Maré Profunda poderá navegar por mais tempo e em mais segurança do que outros navios. Eu e meus companheiros fomos derrotados e eu tento cumprir o acordado, por isso vim lhe falar. Todos podemos ganhar com a nossa aliança. Eu tenho uma missão sagrada a cumprir e, enquanto nossos objetivos não forem contrários, eu o ajudarei com todo o poder a mim investido. Me ajude, Capitão Barbarossa, e poderá contar com toda a ajuda do Seshallas das Profundezas. - Ele terminou da mesma forma que começou, olhando firme nos olhos do outro.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Qua Jun 12, 2013 11:09 am

Eu te ajudo a chegar até tal ilha, você vai embora e como fica o resto? O que tem de bom nessa tal ilha? Porque mudaria o curso da senhora? - indaga nada satisfeito com o assunto. Quem esta aqui tem que ajudar de uma forma ou de outra, não tem pra onde correr...
Bane Reaver
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 648
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Bane Reaver em Qua Jun 12, 2013 11:45 pm

Algeon não se abalou, respirou fundo e falou: - Capitão Barbarossa, por isso eu vim lhe falar. Tanto Ootliktik quanto eu vivemos no mar. Desculpe a sinceridade, mas se quiséssemos, já teríamos partido. - Falou calmamente e tentando ser o mais transparente possível. - Eu não tenho todos os detalhes, capitão. Não faço a minima ideia, achei que vocês pudessem conhecer, devem ter viajado muito mais do que eu. As mensagens não são claras, e tudo que eu sei é que devo me dirigir para lá. Não estou tentando fugir de nada, os seus homens me vêm, estou ajudando como posso e pretendo continuar com minhas obrigações, mas maiores do que as obrigações que tenho aqui, são as que tenho com o Senhor do Fundo do Mar. - Respirou pesado e olhou firme nos olhos do capitão. - Você mudaria o curso por duas razões, a primeira, manter a minha aliança e lealdade a você. Como já expliquei, posso contribuir com as bençãos que me foram dadas... Em vez de ficar limpando um deck, eu posso usar os poderes que minha divindade me deu para ajudá-lo. E, a segunda razão, é a possibilidade. Pode ser que não haja nada que o agradaria lá, mas pode ser que tenha algo de bom. - Parou alguns instantes.


- Tanto Ootliktik quanto eu temos missões importantes a cumprir, mas isso não significa que precisemos deixar sua tripulação para cuidar de nossos assuntos. Podemos conciliar nossos interesses e ambos ganharíamos com isso.  
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7838
Reputação : 33
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Elminster Aumar em Qui Jun 13, 2013 12:23 am

- Ahoy!

Throlf cumprimentou o elfo do mar quando ele se aproximara. Depois manteve-se calado olhando para o horizonte e ouvindo a conversa entre o capitão e o marujo, e só voltou a falar quando a ilha ao sul foi mencionada. 

- Eu saber que ilha ser esta. Uma civilização antiga de bravos guerreiros a muito tempo atrás habitar aos redores de sua montanha principal. As marcas de sua passagem poder ser vistos nas rochas dos penhascos, e um grande mistério haver ali.  Hoje apenas antigos piratas habitar a ilha. 
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Qui Jun 13, 2013 9:28 am

Hm... - colocou a mão no queixo e começou a pensar a respeito da tal ilha... - Conte tudo que você sabe, agora... Depois que me contar tudo... Talvez eu mude de idéia - Diz calmo, tentando esconder a ansiedade por ouvir mais sobre tal ilha....
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7838
Reputação : 33
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Elminster Aumar em Qui Jun 13, 2013 9:39 am

O anão coçou a barba.
- Sinais estranhos marcar as rochas. Haver uma cultura milenar de guerreiros, e provavelmente haver muitos tesouros escondidos sob a montanha. Eu não saber muito mais do que isso, capitão. 
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Qui Jun 13, 2013 9:44 am

Vamos para o sul... Dizia enquanto virava e olhava o horizonte...
Pac Fawkes
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 521
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Pac Fawkes em Qui Jun 13, 2013 9:17 pm

O pirata não se incomoda com a aproximação de Dirk, talvez ali fosse o começo de uma "grande amizade", logo responde ao outro pirata, sem temer muito o que falaria.


- Hmm... Respira fundo o pirata, continuando. - Eu costumo me preocupar com a tripulação que eu tô... Sabe?... Me preocupar com as minhas costas... Esse capitão, eu nem sei o nome dele... Ele... Sei lá, não serve pra isso acho... Na verdade falo isso por quê eu tive um capitão melhor... Mammon... Conhece? O pirata para de falar por um momento pra esperar a concordância ou não do Dirk e continua a seguir. - Ele sim era um capitão de verdade... Quase nunca saia da sua cabine... Quando saia... Bom, alguma merda estava acontecendo, ou então, algum tesouro encontraríamos... É importante que os marujos tema seu capitão, tema mais até que os demônios... Não acha que a tripulação seria mais eficiente se não estivesse tão dispersa quanto estamos agora... Nesse momento?.. Roosevelt termina dando uma cuspida no mar.
Bane Reaver
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 648
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Bane Reaver em Sex Jun 14, 2013 12:23 am

Algeon sorriu após ouvir a conversa entre Barbarossa e Throlf! Realmente, havia sido melhor ter tocado no assunto perto dele. 

- Obrigado Capitão, não vai ser arrepender. - Disse polido, mesmo sabendo que o outro não fazia aquilo por ele. Mas era bom, já sabia que a razão não seria o melhor dos aliados com ele, mas ele tinha maneiras de convencê-lo. Descobrir se haveria a possibilidade de riquezas em cada visão que seu Deus lhe mostrasse era um bom começo, por exemplo.

Ele se retirou, foi procurar Ootliktik e Solano para contar as boas novas.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Sex Jun 14, 2013 1:46 pm

O capitão vai para sua cabine esperar novidades de rato e das terras ao Sul.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7838
Reputação : 33
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Elminster Aumar em Dom Jun 16, 2013 2:32 pm

- Eu ir avisar ao Lancaster!

O anão parecia animado com o novo rumo da Senhora da Maré Profunda, mais animado até mesmo do que Algeon. Throlf assobiou para chamar a atenção de Edward, que era quem decidia as rotas de viagem. O elfo do mar, por sua vez, foi se encontrar com Ootiliktik  no castelo de proa. O darfelano estava observando calado o horizonte, um tanto pensativo, e não reparara na presença de Algeon às suas costas.

* * *
Dirk estava passando uma esponja para umedecer com água a madeira que formaria o barril enquanto Solano tagarelava. 
- Nunca ouvi um capitão chamado Mammon - disse. - Se ele fosse tão bom seu nome seria facilmente reconhecido, he heh he. - Depois de umedecido a madeira do carvalho, Dirk levantou-se e se encaminhou para o fogo que ardia num canto do deque inferior, e lá ele pôs o tambor parcialmente construído na posição vertical, onde deveria ser mantido se aquecendo por pelo menos trinta minutos. - Nós acabamos de sair de um lugar terrível. Se eu contasse você nem acreditaria onde estávamos presos, mas isso não importa.  O navio é bom, e é ISTO que importa. Você viu a catapulta, não viu? Com esse navio podemos conquistar muitas riquezas, he he he. 
Bane Reaver
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 648
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Bane Reaver em Seg Jun 17, 2013 12:20 am

Algeon caminhava quando percebeu a euforia do anão, e não podia deixar de pensar que seria imperativo para os seus objetivos firmar uma amizade com Throlf! Ele demonstrava grande interesse por lendas, provavelmente ficaria feliz por participar de aventuras. Algeon achava melhor isso do que irem para uma cidade de ladrões e piratas para tentar ganhar a sorte.

Encontrou o darfelan distraído. - Está pensativo demais, meu amigo. Tudo bem? - Disse animado ao encontrá-lo, esperou sua resposta e continuou. - Tenho uma ótima notícia. Convenci o capitão a mudar nosso rumo. Agora iremos para o sul. Acho que teremos algo grande por aquelas bandas, e tanto eu quanto você teremos mais chances de cumprir nossos objetivos dessa maneira.
Pac Fawkes
Mutante
avatar
Mutante

Mensagens : 521
Reputação : 0

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Pac Fawkes em Ter Jun 18, 2013 1:00 am

Roosevelt percebeu que Dirk estava nem ai com o o capitão que havia descrito, que por sinal era ele mesmo, a vontade que ele tinha era de levantar aquele paspalho pelo colarinho e obrigar ele a seguir suas ordens, e ele quase fez isso, mas era claro que se fizesse desta maneira sua cabeça amanheceria na proa do navio servindo de comida para os pássaros, logo teve que continuar o papo de forma mais amistosa, Dirk parecia ser o único que tratava Roosevelt como se já fora da tripulação a mais tempo, portanto seria de suma importância ganhar a confiança daquele pirata, já que esse podia ter alguma influência sobre os outros.

O pirata continua trabalhando e conversando com Dirk, contando histórias que havia passado em alto mar, histórias que não comprometeria sua identidade e que fizesse propaganda de Mammon, e claro, de tempos em tempos agradava Dirk elogiando a Senhora da Maré Profunda, que realmente era um belo navio, e minava o atual capitão, tentando fazer Dirk perder a confiança em Barbarossa.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7838
Reputação : 33
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Elminster Aumar em Qua Jun 19, 2013 10:26 pm

 - Eu penso se estamos indo para o lugar certo. Eu recebi uma missão e não voltarei para o meu lar até cumpri-la – disse Ootiliktik antes de receber as novas de Algeon. – Espero que o seu deus saiba o que está fazendo – diz simplesmente, retirando-se para os deques inferiores.
~-~

Sob o comando do ex-corsário Edward Lancaster, a Senhora da Maré Profunda rumou para a ilha que ficava ao sul e que prometia trazer riquezas a toda a tripulação – ou pelo menos uma boa dose de aventuras. Barbarossa ficou alternando a maior parte de seu tempo entre ficar em sua cabine e descer até o deque de carga onde a Emelina Ashdown ainda era mantida escondida. Ela não gostou de saber do novo destino do navio, mas a posição em que estava não lhe dava condições de influenciar a decisão do capitão. Rato era o único que sabia do segredo de que havia uma mulher à bordo; Rato, alias, vinha se mostrando o marujo mais leal ao Barbarossa a tempo, embora nem sempre eficiente. Mas uma informação valiosa ele conseguiu no tempo em que passou espionando os novos tripulantes: Solano, o pirata que desafiou o próprio capitão do navio, estava criando uma amizade um tanto suspeita com o tanoeiro gorducho de nome Dirk. Barbarossa então ordenou que Rato seguisse de perto os passos de Solano, e apenas dele, pois os outros dois novos marujos não estavam causando qualquer dúvida ou desconfiança.

 ~-~

Alguns dias depois, um ponto no horizonte foi avistado por Timmet, que com gritos entusiasmados comunicou ao resto da tripulação sobre a ilha avistada. A expectativa aumentou entre os marujos e todos se acotovelaram na proa da Senhora. Mas a expectativa deles foi diminuindo gradualmente ao ver que se tratava de uma ilha pequena, com uma grande montanha central ocupando quase todo seu espaço. Pelo menos eles poderiam explorar toda a ilha em pouco tempo e retirar de lá qualquer coisa que tiver valor.

E Algeon mantinha sua esperança de cumprir o seu dever como o mensageiro do Príncipe Golfinho. Logo pelo dia seguinte ele receberia uma última mensagem de seu deus, e a mais esclarecedora até então. 


~ Fim do Capítulo 4 ~
Conteúdo patrocinado


Re: Capítulo 4 - As Ironias do Destino

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Data/hora atual: Qua Nov 22, 2017 12:39 pm