Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Tributos - Fichas

    Compartilhe
    luigieai
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 112
    Reputação : 1
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

    Tributos - Fichas

    Mensagem por luigieai em Sex Set 08, 2017 2:12 pm

    Aqui ficarão algumas informações sobre os tributos!
    Cephei
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 12
    Reputação : 1

    Re: Tributos - Fichas

    Mensagem por Cephei em Sex Set 08, 2017 6:01 pm



    Nome: Dominic Wright
    Idade: 12
    Altura: Médio
    Distrito: 5
    Atributos:
    Ímpeto: 2
    Social: 4
    Sobrêvivencia: 2
    Especialidades: Medicina e furtividade.
    Background:

    Falante e sempre ativo, Dominic consegue cativar facilmente as pessoas. O pequenino possui uma energia inesgotável, assim como um carisma que encanta a todos. Talvez seu maior defeito seja sua imensa curiosidade, por isso é fácil vê-lo escondido pelos cantos para tentar ‘captar’ informações, sendo também bem natural para ele questionar cada ponto que não fique completamente claro em sua mente.

    O garoto possui uma grande inocência, algo alimentado por sua mãe que desde o nascimento do menino decidiu protegê-lo do destino incerto que o aguardava. Jannet sempre quis manter a pureza no coração de Dominic, mantendo, acima de tudo, sua alegria por viver. A mulher desde o instante em que se descobriu grávida decidiu que mesmo que a vida de seu pequeno ‘tesouro’ fosse breve, ele a aproveitaria plenamente, sem medos, culpas, inseguranças ou revoltas, o garoto cresceu sem a possibilidade de dar espaço para a maldade ou ambição.

    Como era obrigatório todos os distritos assistirem as edições dos jogos, a mãe de Dominic tentava explicá-lo que as vítimas - os tributos - não tinham culpa de seu destino. Ela explicava que cada morte infeliz era uma perda para a família de uma criança, mas também a tranquilidade para outra. Sempre foi muito estranha e até mesmo questionável a maneira que Jannet ‘moldou’ a visão de seu filho para os jogos, mas a mulher sabia o que fazia. Enquanto distritos treinavam crianças para matar, aquela amorosa mãe treinava seu filho para conquistar e se manter firme. Se o destino de Dominic o levasse até a arena, ele estaria pronto para encará-la sem medo.

    A ausência de ódio pela Capital, a incapacidade de enxergar a injustiça e o assassinato em uma arena de vida ou morte pode tanto ser a fraqueza quanto o grande trunfo do pequeno Wright, que nesse ano experimentará sua primeira colheita que, ironicamente, cairá no dia de seu aniversário. Acostumado a fazer comemorações nesse dia, o menino pela primeira vez terá seu nome colocado no ‘globo da morte’ e ainda não sentiu o peso que isso implica em sua curta vida.

    O jovem Dominic possui uma inocência compreensível, porém, por essa mesma inocência acaba sendo sincero e honesto demais. Isso nunca lhe provocou problemas, apenas desencadeou algumas situações embaraçosas, como por exemplo, aquela em que ele, sendo sempre muito curioso, perguntou o motivo de um dos amigos de seu pai estar beijando a esposa do padeiro em uma das ruas desertas do distrito da energia. Óbvio que tanto o homem quanto a mulher tiveram que se explicar, mas não para o garoto e sim para seus companheiros que estavam no mesmo lugar, em uma reunião que deveria ser para amigos.

    Jannet é uma enfermeira e dona de casa, dedicou os seus últimos anos a ensinar o filho a cuidar de feridas e conhecer o corpo humano Ian, o pai do garoto,é um assistente laboratorial sem muito destaque no Centro de Pesquisa, mas seu maior hobby é brincar com o filho de esconde-esconde, atividade que o menino consegue executar com maestria admirável.. A família Wright é humilde, comum, sem muitos dramas pessoais. Poderia ser considerada perfeita se não fosse a injusta realidade em Panem. A família vive bem, mas neste ano da 75ª edição dos Jogos Vorazes, aquela conhecida como o massacre quaternário e aquela que marcará a primeira colheita do inocente Dominic, custará muitas horas de sono tranquilo para o casal. O acalanto para esses pais é que as chances do garoto ir parar na arena são mínimas,  mas o destino pode ser extremamente sádico e o dia da colheita pode tanto presentear o garoto com mais um ano de vida, como lançá-lo a um destino onde sua morte é dada como certa.
    undefined
    Forasteiro

    Forasteiro

    Mensagens : 7
    Reputação : 0

    Re: Tributos - Fichas

    Mensagem por undefined em Qui Set 14, 2017 9:35 pm



    Nome: Voxy
    Idade: 18
    Altura: Médio
    Distrito: 1
    Atributos:

    Ímpeto: 5
    Social: 1
    Sobrêvivencia: 2
    Especialidades:
    - Combate improvisado: além de experiência com brigas de prisões.
    - Ótima observadora

    Background:
    Ranvench Von Shaft, em seu último dia trabalhando como Pacificador, estava lidando com uma revolta do Distrito 12, quando foi atingido por uma explosão de uma bomba feito a partir de itens comprado no Hob, por Robert, um dos habitantes locais.

    Ranvench, porém, sobreviveu à explosão e castigou Robert forçando ver sua família sendo morta um por um. Quando finalmente ia lidar com Robert, achou mais um membro de sua família, escondido: sua filha. Porém, ao invés de matá-la, Ranvench a levou para morar em sua casa no Distrito 1.

    Ao voltar para casa, Ranvench trancou a garota no porão e foi procurar por Rebecca, que havia prometido ser sua esposa 20 anos atrás, porém descobriu que ela já estava comprometida. Enquanto se remoía pela sua recente descoberta, começou a ouvir gritos de socorro no porão. Estressado, resolveu o problema com uma faca na garganta da menina. Ela sobreviveu, pois foi tratado por Leon, o irmão de Ranvench que costumava ser um cirurgião. Entretanto, ela perdeu a habilidade de falar devido aos danos graves nas cordas vocais.

    Ranvench voltou a sentir sede de violência e, com ajuda de seus contatos entre os Pacificadores, trouxe mais três rebeldes para o porão e decidiu fazer sua própria edição dos jogos vorazes. A menina foi a sobrevivente, e Ranvench, impressionado, decidiu repetir o experimento consecutivamente, aumentando cada vez mais a dificuldade.

    Ao longo dos anos, a garota tomou posse de alguns pertences de seus oponentes mortos, um deles sendo uma jaqueta branca escrito "Voxy" em laranja na parte de trás, e uma gargantilha que ela usou para cobrir a cicatriz em seu pescoço.

    Um dia, ela percebeu que a porta do porão estava destrancada. Com uma faca na mão, andou silenciosamente pela casa até achar o quarto de Ranvench, que aparentemente estava dormindo. Com a mesma faca que tirou sua voz, a garota cortou o pescoço do homem. Porém, tudo não passava de um teste de Ranvench, revelando que quem estava na cama era seu irmão, finalmente se livrando do homem que roubou sua mulher. Enquanto Ranvench se livrava do cadáver e das pistas, entrou em contato com os seus velhos colegas Pacificadores e fez com que obrigassem a garota a se voluntariar aos Jogos Vorazes.

    Ela ficou conhecida como Voxy devido à marca obscura estampada em sua jaqueta. Ela não se lembrava mais de seu nome, e vagamente de sua vida antes do porão. O único rosto que ela se lembrava nitidamente era de seu pai, no qual não sabe se ainda está vivo ou não.
    Características:
    - Muda
    - Defensiva
    - Antisocial
    Conteúdo patrocinado


    Re: Tributos - Fichas

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Set 21, 2017 1:04 pm