Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    O Ducado das Tulipas - [Ambientação e Cenário]

    Compartilhe
    Sayd
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 279
    Reputação : 12

    O Ducado das Tulipas - [Ambientação e Cenário]

    Mensagem por Sayd em Seg Out 09, 2017 9:42 pm

    O Mundo Banal – Amsterdam


    Amsterdam é a cidade mais populosa da Holanda e oficialmente a capital do país. Ela tem um aspecto e atmosfera particularmente feéricos, mesmo para o mundo banal. Construída no final do século XIII, Amsterdam significa literalmente “represa do rio Amstel”. Ela é atravessada por canais deste mesmo rio, que chegam à extensão total de 50km e são uma importante via de transporte local. Devido à abundância de canais a cidade possuí nada menos que 1281 pontes.

    Amsterdam foi construída sobre o rio e por conta disso o espaço sempre foi um grande limitador de seu desenvolvimento. Com isso as construções ocupam a maior parte de seus terrenos e grande parte delas chega a inclinar-se para a frente, de modo a ter uma área maior nos pisos superiores. Isso frequentemente faz com que os edifícios pareçam estar se debruçando sobre as ruas da cidade, cada um com sua inclinação própria, desalinhados entre si. A falta de espaço também fez com que muitas pessoas optassem por viver em barcos, que ficam permanentemente ancorados em alguns dos canais da cidade. Alguns barcos foram adaptados para se tornar residências luxuosas, enquanto outros são hotéis ou restaurantes.

    A cidade é extremamente cosmopolita, abrigando pessoas de múltiplas nacionalidades além dos holandeses nativos; e o inglês é praticamente uma segunda língua local. A bicicleta está entre os principais meios de transporte utilizados e costuma-se dizer que Amsterdam tem mais bicicletas do que moradores. Além das bicicletas é possível se deslocar pela cidade de tram (uma espécie de bonde), metrô, ônibus, trem e barco. Há muitos carros particulares, mas seu uso é extremamente desestimulado.

    Com uma política excepcionalmente liberal, a prostituição é legalizada em determinados bairros, sendo o mais notório deles o Bairro da Luz Vermelha, no centro da cidade, onde as prostitutas se exibem em vitrines sob lâmpadas vermelhas. A cidade também tolera a venda e consumo de drogas leves, como a maconha, o haxixe e alguns alucinógenos, ainda que tudo tenha um espaço determinado.

    Todas essas características fizeram de Amsterdam uma cidade que atraí milhões de turistas todos os anos. Isso tem aspectos positivos, mas também acarreta em um certo nível de degradação. O turismo sexual muitas vezes leva à degradação de seres humanos. Há traficantes de drogas pesadas como cocaína e heroína entre os becos da cidade, pessoas que se machucam por não conhecer seus limites e as ruas não são tão limpas quanto estamos acostumados a ver em outras cidades europeias, sendo seus canais bastante poluídos e totalmente impróprios para banho (não que os kithain da cidade fossem se arriscar a nadar no território do dragão Torondhomyr).

    Amsterdam é também o segundo principal porto da Europa, ficando atrás apenas de Rotterdam, que é um dos maiores do mundo. A cidade abriga vários tipos de indústrias, que variam desde a confecção de joias ao processamento de alimentos, tendo uma economia bastante diversificada.

    Vista de Amsterdam:

    Amsterdam vista de cima:

    Casas inclinadas de Amsterdam:

    Casas barco de Amsterdam:


    Bairro da Luz Vermelha:

    Canais de Amsterdam:
    Sayd
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 279
    Reputação : 12

    Re: O Ducado das Tulipas - [Ambientação e Cenário]

    Mensagem por Sayd em Seg Out 09, 2017 9:45 pm

    O Mundo Encantado – o Ducado das Tulipas


    O Reino das Flores corresponde ao território da Holanda, Bélgica e Luxemburgo – o que costumava ser o território dos Países Baixos até bem recentemente. As almas antigas dos Kithain os tornam apegados ao passado e com isso eles não viram motivo para que o território acabasse dividido em três partes, tal como aconteceu no mundo banal.

    O reino é governado pelo Rei Lothar, “o justo”, um rezingão seelie, já bem velho, da Casa Gwydion, conhecido por sua generosidade, bravura e por seu amor ao povo. A capital do Reino das Flores é o Ducado das Tulipas, que corresponde ao território da cidade de Amsterdam.

    O duque das Tulipas é um estouvado unseelie da casa Eiluned, chamado Apoc, conhecido pela sua determinação. Embora seja o duque, ele na prática é apenas a segunda maior autoridade na cidade devido à presença quase constante do rei.

    Na prática o duque controla diretamente metade do centro, enquanto a outra metade é território real e o restante da cidade está dividido entre condes e barões, a maioria dos quais são vassalos no duque e não do rei.

    O Ducado das Tulipas tem uma grande população de Kithain, tanto nativos, quanto estrangeiros atraídos por seus becos, canais e casas inclinadas. Uma gangue de redcaps a serviço do duque faz o papel de “polícia” e garante que todos estejam cumprindo as leis, que não são muito diferentes daquelas praticadas pelos changelings de outras cidades.

    Há uma lei, no entanto, que merece atenção: a proibição de que os kithain nadem nos canais da cidade – não que os canais sejam próprios para banho, mas a proibição existe para garantir que ninguém faça isso. O motivo é uma quimera antiga e poderosa, o dragão Torondhomyr, que vive sob as águas e se autoproclamou rei sob o rio. Afim de evitar os frequentes conflitos entre Torondhomyr e seus súditos, o rei Lothar conseguiu chegar a um acordo com a quimera, de modo que ele se compromete a manter a paz contanto que nenhum changeling entrasse em seus domínios. A travessia pelos canais utilizando barcos é permitida.

    Até cinco anos atrás o herdeiro aparente do trono das flores era Apoc, o duque das tulipas, porém isso mudou recentemente devido ao surgimento de uma sidhe infante de 10 anos (atualmente uma estouvada de 15), da casa Gwydion, chamada Delilah. Delilah foi identificada pelo rei Lothar e por alguns oráculos como a reencarnação de uma antiga rainha do Reino das Flores e, devido a isso, o rei concedeu a ela o título de princesa, fazendo dela a herdeira aparente do trono. Filha única de um magnata do setor de cervejas, Delilah se viu orfã aos 13 anos e acabou sendo adotada no mundo banal pelo próprio rei Lothar.

    De modo geral o Ducado das Tulipas é muito hospitaleiro a todos os kithain, seelie ou unseelie e apesar de uma ou outra disputa entre condes e barões ele preserva uma paz relativa.

    Para fins de jogo a data presente é o dia 10 de outubro de 2017.
    Sayd
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 279
    Reputação : 12

    Re: O Ducado das Tulipas - [Ambientação e Cenário]

    Mensagem por Sayd em Qua Out 11, 2017 9:57 pm

    LOCAIS IMPORTANTES


    Palácio Real

    Outrora um hotel, o edifício foi comprado nos anos 80 pelo rei Lothar, que fez do lugar sua residência. O prédio é também um portal para o sonho próximo. O acesso à maior parte do palácio é limitada, mas há um grande salão onde qualquer changeling é bem vindo. O rei utiliza esse salão para fazer audiências e eventualmente festas.
    Palácio Real:


    Palácio Ducal

    Um palacete muito bem cuidado e também a residência do duque Apoc. É preciso ser convidado pelo duque para ter acesso. De modo geral apenas changelings unseelie tem esse privilégio e mesmo assim nem todos. A exceção a isso ocorre no aniversário do duque, quando ele promove um baile aberto a todos os kithain. Assim como o Palácio Real, a residência de Apoc é um portal para o sonho próximo.
    Palácio Ducal:


    Magic Mushroom Pub & Coffeshop

    Um pub e um coffeshop exclusivo para changelings, o estabelecimento se disfarça dos olhos não-encantados por estar em um edifício aparentemente abandonado. O local é um importante centro de reuniões para os kithain, em especial os plebeus, que o frequentam tanto para se organizar e discutir questões importantes, como também para apenas fumar, beber e se divertirem.
    Magic Mushroom:


    Moonligh club

    Outro espaço exclusivo para changelings, porém mais frequentado pelas cortes unseelie. Ele se localiza no porão de um edifício que está sempre em obras. Changelings seelie são permitidos, mas é necessário conhecer uma senha para entrar.
    Moonlight Club:


    Aryanna’s Foodboat

    Um barco-restaurante itinerante administrado por uma boggan chamada Aryanna. O estabelecimento é um sucesso de público, servindo sempre enguias, lula, arenque defumado, linguiça de ganso, croquetes e waffles. Ela gosta muito de receber changelings em seu barco e oferece a eles um cardápio mais amplo, que inclui lacraias, sapos e cogumelos.
    Aryanna's Foodboat:


    Mercado changeling Nemo

    Uma construção em meio às docas que se parece com um imenso navio, o Nemo é um dos edifícios mais curiosos de Amsterdam. Sob ele há uma entrada para um grande mercado das fadas no sonho próximo.
    Nemo:


    Dam Square

    A praça central e o coração da cidade. Não é exatamente um local importante para os changelings, mas é importante para a dinâmica geral da cidade. Muitas pessoas se reúnem aqui para conversar, admirar a vista ou apenas fumar maconha. Changelings não são exceção.
    Dam Square:
    Conteúdo patrocinado


    Re: O Ducado das Tulipas - [Ambientação e Cenário]

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Nov 18, 2017 11:06 pm