Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Anônimo

    Compartilhe
    isaac-sky
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 648
    Reputação : 94
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Anônimo

    Mensagem por isaac-sky em Sab Nov 04, 2017 4:06 pm

    Ficha de Personagem






    Spoiler:

    [center]


    PERSONAL FILE



    REAL NAME: Elias Duque (?) (Ver background)  
    HERO NAME:  O Anônimo.
    ORIGIN: Treinamento e contatos rebeldes.
    AGE: 47 anos.
    PERSONALITY: Ranzinza, rebelde e sarcástico.
    GOALS: Uma sociedade libertária e igualitária para o universo.
    QUOTE: "E eu achando que a burguesia e os republicanos eram os únicos tiranos do mundo..."

    DESCRIPTORS: Treinamento disciplinado inspirado em esquizofrenia anárquica.  



    BACKGROUND

    Historico:



    Há 15 anos havia na capital de um país da América do Sul havia um conflito e um povo lutando contra a elite que o governava... Aos poucos o país ia ficando em chamas.

    Isso foi pouco antes de sabermos sobre múltiplos universos, dimensões paralelas, aliens superpoderosos, personagens de gibis reais sejam místicos ou supertecnológicos.
    Se pensar bem, eles acabaram nos salvando...

    Havia uma luta de homens sem deuses entre eles. Com exceção dos militares, juízes, ministros e empresários que se sentiam assim, a nossa guerra era humana e demasiadamente humana e passava invisível pelos olhos da maior parte da população. Massacres de índios, roubo de terras para uma construção de grandes fazendas, avanço tecnológico industrial envenenando nossa comida e água, uma mídia mentirosa tentando encobrir tudo e escândalos gigantescos de corrupção que só por via da internet conseguimos divulgar.

    Nesse país gigantesco a religião cristã era a maior, começando pela romana e gradativamente sendo substituída pela evangélica pentecostal. E os pastores aos poucos iam se esgueirando no controle das cidades e especialmente no congresso nacional.

    Os políticos se engalfinhavam, se acotovelavam e trocavam acusações para meramente substituir quem receberia dinheiro das empresas que os compravam com malas. Cada dia uma nova notícia, fora as leis que eram aprovadas na calada da noite durante eventos esportivos gigantescos de futebol ou olimpíadas que deixaram o país anestesiado.

    Além da imensa dívida que os bancos mantinham para controlar o governo a saúde, educação e cultura do povo eram cada dia mais encarecidas.

    Nesse ambiente é que eu cresci.

    Desde a infância meus esportes favoritos eram os ligados à artes marciais... Filmes como "Kickboxer", "Karatê Kid" e "A Vingança do Ninja" eram febre nos anos 80 e levou o país a buscar suas formas de adaptar-se à mescla de várias artes marciais, tendo criado inclusive o jiu-jitsu a partir do judô para enfrentar qualquer estilo de luta em um combate um à um.  Assim como naquela década a ascensão das máquinas conhecidas como computadores começavam a compilar dados e informações de formas nunca antes vistas na humanidade... E conforme essas duas forças iam se acumulando, eu meramente não estive disperso sobre elas.

    Apesar de seu pai incentivar meu irmão e eu a jogarmos futebol para entrarem para o time de alguma grande multinacional,  para assim  queria que eu e meu irmão fossemos jogar futebol profissional, igual ele, o que lhe garantiu um bom emprego em uma empresa multinacional eu me dediquei a treinar no mesmo clube karatê, boxe e judô. Era odiado pelas três escolas na infância, porque naquela época misturar artes era uma heresia. Meu pai também foi o primeiro a me explicar sobre os complicados computadores que ele usava na firma e minha mãe, uma religiosa recém convertida à religião evangélica me falava sobre as verdades de Jesus.

    Tudo ia bem, até os anos 90.

    A onda punk, a queda do muro de Berlim, a eleição de Collor... Foi naquele tempo, pelo que me lembro, que comecei a ter minhas visões religiosas de Cristo. Também foi quando
    surgiu em minha cidade um Clube da Briga e uma loja de consertos chamada Sr. Robótico. Eu temia aqueles lugares e eles me seduziam, orava firmemente para não passar perto, apesar do som das jaquetas de couro e cabelos moicanos batendo ao ritmo de uma música qualquer me parecerem tão interessantes, eu temia que minha alma pudesse ser levada.

    Levaram quase 10 anos para eu saber que a culpa daquilo tudo era minha, eu sofria de uma dissociação de personalidade. E as filiais tinham sido abertas por mim na cidade, mas já existiam em outros locais do mundo. Tanto a empresa tanto quanto os grupos de luta clandestina tinham ligações com Nova York e inspirariam livros, séries e filmes anos depois de sermos descobertos perto dos anos 2000. Na época eu tinha conseguido fazer um curso de investigação privada bem comum para jovens desempregados em São Paulo... Foi investigando o sumiço de filhos adolescentes de ricaços paulistas que meu mundo ruiu.

    Pelo sangue de Jesus! O sequestrador era eu... Algo que eu sempre quis ser, que eu escondia em meu inconsciente.  
    Enquanto eu via imagens de Cristo e falava com anjos, o verdadeiro Elias montava grupos para desmontar a estrutura capitalista e o sistema financeiro mundial.
    No começo isso me assustava, porém foi libertador em seguida quando eu aceitei.

    Em 2008 ocupamos Wall Street, em 2013 tomamos cidades inteiras nas capitais do país! Quanto mais e mais pessoas apareciam com máscaras brancas e roupas negras mais eu acreditava que tomaríamos as chaves do reino em nome de uma democracia direta! Sem amos, sem mestres, apenas o povo no poder!


    Como eu era idiota.
    Em 2015 se articulou a cartada para gerar um golpe de estado no Brasil, usaram justamente nossa revolta real sobre aumento de passagens!
    E partidos que enriqueciam com dinheiro público para ampliar ainda mais a repressão sobre o povo...
    Prenderam pessoas que protestavam contra a Copa do Mundo ser aqui, outras que nada tinham haver com isso com a mesma desculpa.

    Grupos brigavam pela presidência do país... tivemos vários novos impeachment... Miliates e juízes tentavam ser os queridinhos das empresas para nos governar.
    Em 2017 estavamos quase entrando em uma guerra civil quando eles chegaram.
    Os tais vindos de outra terra...
    E reforçaram essa guerra em partes, pedindo registro de todos cidadãos que tivessem poderes.

    Fui finalmente preso por uma dupla de "defensores da lei":


    Corellan Larefian, elfo da Terra-2 que foi para Terra 4 estudar o Kosmo e ver seu paralelo com a magia...


    ...e Cris Evans, o Fantástico Americano. Vindo da Terra 5 diretamente para Terra 3, onde se aprimorou com nanotecnologia que lhe deu poderes dos elementos.

    Sim, eu sei...Eu ainda não acredito também que eles existem.

    Por mais dez anos eu me escondi, com o dinheiro que consegui hackeando contas bancárias de políticos corruptos e falsificando documentos no nome deles.
    No décimo quarto ano da "Operação Lava-Jato" eu fui condenado como um deles, como uma estratégia para não derrubarmos todos governos.

    Rapidamente fui encontrado e responsabilizado como líder dos Anônimos e dos Blocos Negros que atacavam prefeituras e incendiaram Brasília.
    Líder? Que doentes! Eu era só mais um. Mas ao me anunciar como líder o ódio se tornou mútuo.

    O juiz me condenou a prestar serviços... Pelo menos ele condenou Elias Duque, que eu é o nome que uso atualmente.
    Meu nome real? Cuidei de apagar sistematicamente conforme minha insanidade evoluía. Eu mesmo não lembro se Elias é ou não meu nome.

    Agora estou aqui... nessa nave. Em que diabos eu posso ajudar no espaço?


    DC <10: Os nomes "Black Block" e "Anonymous" são ligados na Terra-1 à destruição de prédios de políticos, bancos e vandalismo desmedido.

    DC 10: A máscara dos Anonymous é do personagem V, dezenas de vídeos na internet ameaçando criminosos e .

    DC 15: Anonimo conversava na Austrália com um jovem chamado Julian Assange durante a década de 90. Além de ter começado a treinar artes marciais, chegou a enfrentar alguns Gracie no Vale-Tudo e a frequentar Clubes de Luta nessa mesma época. Os Anonymous salvaram Assange e ajudaram nas bases de fuga para Edward Snowden, são alguns dos que mais abastecem o site Wikileaks de informação.

    DC 20:  A identidade de Elias Duque foi confirmada pela primeira vez na ocupação de Wall Street em 2008, porém há dúvidas se o Anonimo esteve lá. O que se sabe é que ele teve um romance com uma das principais ativistas do movimento na época. O romance durou até 2015, quando juntos ocuparam escolas em São Paulo e no Paraná e em 2016 ele descobriu que ela morava com o namorado. A desilusão amorosa piorou a condição mental dele por um tempo.

    DC 25: O tribunal da Aliança fez o Elias ser incriminado como um dos líderes dos anarquistas no mundo da Terra-1, um erro de interpretação e contradição
    que fez com que ele fosse incriminado por várias coisas que não fez ao mesmo tempo que passou a ser odiado até pelo movimento anarquista como farsante.

    DC 30: As contas de dinheiro roubado de políticos é transferido secretamente por ele para uma frente de rebeldes. Ele não faz ideia o que fizeram com esse recurso e
    sequer se o grupo foi bem sucedido.




    CHARACTER SHEET



    COMPLICATIONS
    Prejudice: Criminoso notório.
    Making Good: Proteger os desamparados de todo tipo de "predadores sociais" da "elite corporativa"
    Quik: Luta contra a esquizofrenia e a amnésia parcial alto infringida.




    ABILITIES
    ( 80 PPs investidos)

    STRENGTH: 3
    STAMINA:3
    AGILITY: 6
    DEXTERITY:4
    FIGHTING: 10
    INTELLECT: 5
    AWARENESS: 5
    PRESENCE: 4



    DEFENSES 0  

    DODGE: +(AGL) = 10
    PARRY: +(FGT) = 10
    WILL: +(AWE) = 4
    FORTITUDE: +(STA) = 3
    TOUGHNESS: +(STA) = 5*/3

    *Defensive Roll



    OFFENSIVE

    INITIATIVE: 12+ (AGL:6) =18

    UNARMED ATTACK: Attack +(16) / Damage +(3) vs Toughness / Close-Range / Crit 20
    MEELEE ATTACK: Attack +(FGT) / Damage +(STR) vs Toughness / Close-Range / Crit 20
    RANGED ATTACK: Attack +(DEX) / Damage vs Toughness / Ranged / Crit 20



    SKILLS
    (33 PPs investidos)

    Acrobatics: 8 + 6 (AGL, T) = 14  
    Athletics: 8 + 3 (STR) = 11
    Close Combat:  Unarmed Strike: 8+10 (FGT) = 18
    Close Combat:  Katana: 4+10 (FGT) = 12
    Deception: 6 + 4 (PRE) = 10
    Expertise: Philosophy 4 + 4 (INT, T) = 8
    Insight: 4 + 4 (AWE) = 8
    Intimidation:+ 4 (PRE) =
    Investigation: 2+5 (INT, T) = 7
    Perception: 6+4 (AWE) = 10
    Persuasion: + 4 (PRE) =  
    Ranged Combat: Shuriken 4+6 (DEX) = 10
    Sleight of Hand: +(DEX, T) =
    Stealth: 10 + 6 (AGL) = 16
    Technology: 2 +5 (INT, T) = 7
    Treatment: +(INT, T) =
    Vehicles: +(DEX, T) =

    *T = Apenas treinado.



    ADVANTAGES
    ( 37 PPs investidos)
    Accurate Attack, Agile Feint, Assessment, ChokeHold, Defensive Attack, Equipament 3, Defensive Roll 2, Daze (deception), Evasion 2, Improved Unarmed Strike,Improved Grab, Improved Hold, Improved Initiative 3, Improved Trip, Jack-of-All-Trades, Grab Finesse, Hide of Plain Sight, Redirect, Uncanny Dodge, Prone Fighting, Move-by action, Quick Drawn, Set-Up , Secound Chance (deception), Secound Chance (stealth), Secound Chance (Unarmed Strike), Take Down 2, Team Work, Well-Informed.



    EQUIPMENT

    Uniforme Vest Protection 4, Subtle. Custo:(5)
    Katana Improved Critical Damage (str) + 3, slashing 17-20 custo: (5)
    Shuriken Ranged Multiattack 4 Damage 1, Penetration 1 Custo:(5)




    Quantidade Total de Pontos Gastos: (135PPs +15 = 150)


      Data/hora atual: Sab Nov 18, 2017 11:15 pm