Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    23/12 - Sábado

    Compartilhe
    Bravos
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2162
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Dom Dez 10, 2017 3:24 pm

    23/12, sábado


    Já estava escurecendo. Ninguém trabalha com crimes durante o dia. Não as gangues menores como a nossa. Não quando a polícia estava na mão do Sindicato e o Sindicato era nosso alvo. Já estou com outro cigarro na boca. Era o oitavo em menos de um par de horas. Ou nono. Tanto faz. Os caras já estão todos reunidos. Sentados, cada um num canto da sala. Maze tá afundado no sofá. Um sofá velho e com algumas partes do estofado mais fora que dentro dele. Samuel está de pé, escorado na parede e correndo os olhos de um lado por outro. Denis está sentado na mesa de reunião tamborilando os dedos enquanto espera. E eu estou sentado numa poltrona de couro mais curtido do que deveria ao lado de um criado mundo onde tem um café mais frio que quente que deveria estar nos animando.


    Larry ainda não chegou. Mas a qualquer momento ele vai entrar pela porta com um visor de vidro fosco. Vai entrar calado, como sempre faz. Vai sentar na sua mesa de cabeceira. Eu vou levantar, ficando à sua esquerda. Os rapazes vão se aproximar e sentar na mesa. E nós vamos ouvir suas ordens. A diferença hoje é que algum feladaputa matou a Jane. A prostituta preferida e amada de Larry. E nós sabemos que foi o Sindicato. E por causa disso possivelmente todos nós iremos para o saco tentando dar o troco. Ironicamente, creio que quase todos preferem essa possibilidade do que a opção de deixar passar. Todos nós de alguma forma aprendemos que quem bate, leva. E isso parece reger nossas vidas de alguma maneira. Neste caso, bater no Larry é quase bater em nós. E quem sabe se batermos com força suficiente, outras gangues não resolvam dar seus trocos. Eu olho para os rapazes. Tenho a impressão que devo dizer-lhes algo. Mas o que? Sei lá... - Ei, caras... Éé... Daqui há pouco o Larry vai chegar e vai nos contar seu plano idiota. Vamos tentar torná-lo o menos idiota possível, ok? Ele pode contar conosco, não pode?




    Começamos aqui, galera! Um post bem introdutório só para que vocês insiram os personagens de vocês, basicamente mostrando como eles se sentem. Partam do pressuposto que todos vocês se conhecem e têm concepções uns dos outros. O cara que fala com vocês agora é o Clive. Ele é meio que o contador da história. Faço isso porque esse é o tipo de narração de Sin City, nossa musa inspiradora desse jogo. Leiam o tópico Os figurões. Lá o Clive já falou um pouco do Sindicato e dos principais homens da gangue. É como se esse tópico fosse um prólogo desse. Vocês podem tirar dúvidas com o Clive por agora também. Não esqueçam de me informar o Perfil de vocês, aquele que esqueci de por na ficha.


    E agora uma regrinha que não está no tópico de regras: a cada dia vocês devem informar em qual Nível está o Zero de vocês. Em 1, ele está lá, um pouco adormecido. Em 2, ele influencia na maior parte de suas ações. Em 3, ele praticamente domina seu personagem. Lembrando que toda vez que o Zero for relevante num Conflito, vocês ganharão um número de cartas igual ao Nível atual dele. Mas, se num Conflito vocês agirem contra o conceito do Zero, vocês perderão esse mesmo número de cartas. Então pensem bem antes de escolher o Nível do Zero de vocês. Basicamente teremos jogo do dia 23 até o dia 1º. Talvez saltando alguns dias. Então esse Nível vai poder flutuar bastante. Qualquer dúvidas, lá no tópico de abertura da mesa que também será nosso Off Topic. Espero proporcionar um bom jogo para todos cheers



    Akugam
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 334
    Reputação : 8

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Akugam em Qua Dez 13, 2017 3:32 pm

    Maze estava impaciente, a noticia da morte de Jane caiu como uma bomba nele, pois embora nunca tenha transado com ela, em meio a realidade que vivia, ela era como uma luz, sempre ouvia sobre tudo que ele falava, de suas tretas com outros caras, seus trabalhos e suas invenções explosivas, e não olhava torto para ele mesmo com seus parafusos a menos. Mesmo não se sentindo atraído por ela, ainda sentia afeição, então planejava explodir todo o sindicato ao lado de Larry.
    -Claro que sim Clive! Vou fazer o sindicato sumir da cidade com minhas bombas, ou morrer tentando. Vão pagar pelo que fizeram, disso eu tenho certeza! -Fala com um seriedade rara em seu rosto.
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2772
    Reputação : 112
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por zignon em Sex Dez 15, 2017 9:15 am

    Samuel acreditava que o sindicato era dureza de ser derrubado, mas ao matar a bela e boa Jane, cometera um erro, mataram a mulher que era um elo para todos e com um plano bem bolado e a união e estímulo que essa morte brutal trouxera, tinha uma chance real, e mesmo se não houvesse por Jane, por Larry e principalmente por Sarah eu faria qualquer coisa contra o sindicato.


    Precisamos agarrar essa chance e erradicar essa pústula da face da terra, mesmo no crime tem que honra, regras e Justiça, não essa porra louquice que é o sindicato. Matar a Jane, mostra essa insanidade e logo nas vésperas de natal. Lembro quando no fundo do poço encontrei a Jane, parecia ser só mais uma prostituta onde iria afogar minha dor, na minha descida autodestrutiva rumo ao meu fim. Ele não transou comigo, ela me amou, ela me mostrou que eu estava estragando tudo, que se eu morresse a memória de Sarah morreria junto ela dizia que eu tinha que fazer o amor por ela ter valido a pena. Ela me apresentou a Larry que me deu a mão, me deu trabalho, me deu novamente fome de viver. Eles ressuscitaram A mim e a memória cálida de Sarah no meu peito. Agora é a hora de devolver tudo isto e minha mente planejadora e meu potencial destruidor está a serviço do Larry nesta vingança e agora estou preparado para tudo, até mesmo morrer neste processo. Pois como diria Jane, seria morrer com honra, morrer por uma causa que vale à pena.


    Só quero agora que Larry chegue com informações e cabeça boa para começarmos a agir.
    Claude Speedy
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 997
    Reputação : 21

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Claude Speedy em Sab Dez 16, 2017 4:34 pm

    Eu continuo quieto no meu canto até ouvir a pergunta se Larry pode contar conosco, a verdade é que para mim eu é quem conto com Larry. A vingança é tanto dele quanto minha, eu sempre fui bom em esconder o que sinto para poder tornar as agulhas da violência ainda mais duras... De todas mulheres do mundo sinto que meu amor por tantas não evita o amor que eu tinha por ela, em minha impaciência apenas concordo com a cabeça.

    Pretendo saber o que houve antes da noite terminar... Enquanto imagino que nunca mais ouvirei o riso ou gemidos de Jane novamente.
    OmegaBlaster
    Forasteiro
    avatar
    Forasteiro

    Mensagens : 8
    Reputação : 0

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por OmegaBlaster em Sab Dez 16, 2017 6:39 pm

    - Mil perdões pelo atraso. Alguns problemas me... Atrasaram, um pouco.

    Foi o que Roger falou quando entrou no lugar, e o único som que ecoava no recinto. Ele via Jane como uma grande amiga, que o aconselhava nos momentos difíceis. Depois de ouvir sobre a morte dela, Roger soube que a coisa ia fica séria e que isso provavelmente acabaria na morte de todos os bons homens da sala, mas o rapaz não permitiria que isso acontecesse antes do Sindicato cair. Sua reserva de jóias era grande, portanto dinheiro talvez o dinheiro não seria problema. O lado bom de tudo isso é que essa era uma ocasião extrema, então ele poderia desenferrujar sua Luger.

    - Então o Dia D chegou. O Sindicato não sabe no que se meteu.

    Impaciente, Roger se perguntava onde estaria Larry.
    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 209
    Reputação : 16

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Sllaker em Sab Dez 16, 2017 7:00 pm

    •> 23/12, sábado - Começo da tarde

    — Henry Larson! — Gritou um policial ranziza de meia idade. Henry deu alguns passos e se postou na frente da cabine do policial, que começou a pronunciar algumas frases prontas. Henry não deu muita atenção, seu pensamento estava em outro lugar, não muito longe dali. O policial bateu no vidro e chamou a atenção de Henry. — Assine aqui! — Falou, apontando. Feito isso, dois guardas se aproximaram e o conduziram até a saída. Após a ordem de um, o portão foi aberto. Durou alguns segundos, mas para Henry parecia uma eternidade. De uma guarita, no alto, um policial zombou. — Não vai se meter mais em problemas né, Snake? — Era um dos filhas da puta que frequentemente fodia a vida dos presos. Era, claro, um pau mandado que estava na lista de pagamentos do Sindicato. Henry apenas ignorou e seguiu caminhando até a saída. Já fora, respirou fundo o ar das ruas. Ali era onde tinha nascido, vivido e provavelmente onde iria morrer. O portão atrás de si se fechou completamente e ele foi de encontro a um carro parado a alguns metros dali.

    Clive estava fumando um cigarro e logo abriu um sorriso tímido. Ao seu lado e apoiado no carro estava Larry, abatido e com cara de poucos amigos. Henry estranhou, mas se aproximou e cumprimentou ambos. Larry se esforçou, mas falou poucas palavras e se limitou a entrar no carro. Clive foi mais solícito — Você parece mais durão, garoto — comentou enquanto dava alguns tapinhas na lateral do rosto de Henry — talvez esses anos na cadeia não tenham sido em vão. — Um silêncio perdurou por alguns segundos. — Mas infelizmente não há clima para comemorações... Entra no carro que eu te explico. — Falou dando uma última baforada no cigarro.

    •> 23/12, sábado - Começo da noite

    A notícia da morte da Jane pegou Henry de surpresa. Ela era uma pessoal estimada por todos na gangue. — Os filhos da puta tiveram coragem... no natal... esses cuzão do Sindicato... — Pensou. O Sindicato já era um problema mesmo antes de Henry ser preso. Os filhas da puta queriam meter o bedelho em tudo, se achavam os donos do mundo. Nenhuma gangue tinha coragem de bater de frente, e todas que tentavam falhavam. Qualquer levante era logo contido. Mas para tudo tem um limite e parece que o Larry chegou no dele. O Sindicato, com a morte da Jane, acendeu um barril de pólvora que ia estourar bem no cu deles.

    Já estava anoitecendo e Henry não teve tempo ou cabeça para curtir ou comemorar sua liberdade. Através das instruções do Clive, encontrou o local em que aconteceria a reunião. Cumprimentou alguns rapazes na porta e se encaminhou para dentro. Alguns eram completos desconhecidos, mas pôde reconhecer outros, como o Maze, perito em explosivos; o Denis, ex-lutador de Vale Tudo; o Samuel, assassino de confiança do Larry; um cara que chamavam de Ghost e, claro, o Clive. Notou a falta do Larry, provavelmente atrasado, e falou. — Espero não ter me atrasado rapaziada, sabe como é. Percebi que o Larry não chegou ainda, cadê ele?

    Talvez, a um mês atrás, a essa hora, todos estariam em algum bar ou festa comemorando a soltura de Henry. Não dessa vez. Hoje é dia de comemorar outra coisa e percebeu isso pelo sangue nos olhos de todos ali presentes. Íamos acabar com o Sindicato ou morrer tentando.
    Bravos
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2162
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Dom Dez 17, 2017 11:09 am

    23/12, sábado, 19h17


    O clima aqui tá uma bosta. Todo mundo emputecido com o que houve. Todo mundo assustado com a possibilidade de morrer. Mas ninguém fala sobre isso. Somos durões. Eu aceno positivamente para o que fala Maze e Samuel. Denis tá calado na dele como sempre. Não o culpo. Ele também era cliente da Jane. Devia estar se contorcendo por dentro. Pouco tempo depois chegam Roger e Henry. Estavam atrasados. Ninguém se importa com isso aqui. - Larry deve tá chegando a qualquer momento. Sentem-se aí.


    E foi o que aconteceu. Minutos mais tarde a porta abre num golpe violento. Larry, claro, ainda estava puto. Mas se limitava a descontar nos objetos inanimados. Pelo menos por enquanto. Ele entrou sem olhar para ninguém e sentou-se na cabeceira da mesa, como previsto. Eu levanto e fico a sua esquerda, como previsto. Larry ainda tá olhando pro tampo surrado da mesa enquanto todos sentam. Guarda-se um silêncio que todos compartem sabendo que ele é devotado à Jane. Então Larry levanta a cabeça e olha com um olhar fuzilante e ardente cada um dos que estão sentados a sua volta. - É o seguinte... Não adianta sairmos na porrada com os policiais comprados ou com os capangas rasos. Não adianta tentarmos atingir Colossus num golpe fulminante e suicida. Precisamos bater no ponto certo, com toda a força que tivermos. Por isso, quero começar a ouvir sugestões de como vamos atingir os figurões do Sindicato, que vocês já estão carecas de conhecer: o braço direito, Roger 'Steel'; o brutamontes, Henry 'Berserk'; e a sorrateira Erika 'Dynamite'. Se atingirmos esses, estaremos enfraquecendo o Colossus. Vai ser o bastante para desencadear um processo irreversível pro Sindicato cair. - Larry olha para mim. Eu achei que sua idéia fosse ser mais idiota que isso, contudo, ela fazia muito sentido. Era mais plausível, ainda que continuasse sendo arriscada. Eu aceno positivamente. - Vamos, idéias! Agora!




    Pessoal, não esqueçam de informar em off no próximo post o Nível do Zero de vocês, como foi explicado no primeiro post.


    Vamos aproveitar que o sistema é de narrativa compartilhada e começar a botar isso em prática desde já. Deem ideias, vocês podem criar lugares ou situações típicas que envolvem os NPC's. Tem um básico descrito no tópico que já citei, mas estamos numa cidade sem nome e com poucas informações justamente para podermos ir enriquecendo durante a narrativa. Qualquer coisa que extrapolar, a gente organiza. cheers



    OmegaBlaster
    Forasteiro
    avatar
    Forasteiro

    Mensagens : 8
    Reputação : 0

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por OmegaBlaster em Seg Dez 18, 2017 2:07 pm

    Zero:
    Zero: Ostentador - Nível 1

     Roger pensava, pensava e pensava. Seu plano consistia em enfraquecer tanto as finanças do Sindicato quanto apagar um daqueles merdas que regiam-no. Foi aí que uma palavra, vinda do fundo da mente de Ghost chamou sua própra atenção: Oásis. Tirando um cigarro da carteira e acendendo-o, ele começou a falar seu plano.
    - É o seguinte: Como sabem, Steel tem um cassino denominado Oásis, e quem cuida da segurança de lá é berserk. A gente compra uma residência com cara de esconderijo primeiro. Pegamos armas, máscaras e uma van. Maze planta algumas bombas escondidas dentro do esconderijo. Nós fingimos um assalto ao Oásis, roubamos ele e um de nós, propositalmente, deixa escapar o lugar do esconderijo, tentem incluir em alguma frase de comemoração ou algo do tipo. Metemos o pé e nos escondemos em algum lugar perto do esconderijo. Eles vão com certeza vir e mandar o Berserk junto pra torturar a galera e, com sorte, Steel vai vir pra "conversar" com os caras que tiveram coragem de roubar seu cassino. O porém é que estaremos esperando do lado de fora, e não de dentro. Quando todo mundo entrar, Maze manda todo mundo pro saco e pronto! Menos 1/2 na jogada. O que me dizem?
     Roger termina seu cigarro e espera pacientemente a resposta de sua gangue.
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2772
    Reputação : 112
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por zignon em Seg Dez 18, 2017 2:41 pm

    Samuel ouve o plano, e pensa: Pode funcionar, mas é simples demais. Tem algum ponto fraco... Talvez precisa gerar ódio para que a cegueira do ódio os cegue dos cuidados. É isso. E externa seu ponto de vista: O plano é bom, mas ainda precisa de um complemento, só fazer o roubo, não gerará uma vingança imediata, haverá cuidado na resposta, porém si gerar ódio, a resposta poderá ser insana e descuidada e ai será mais viável dar certo. Podemos até levar alguma refém que seja importante para alguém da cúpula e eu posso ser bem cruel na tortura e nas execuções e gerar bastante ódio e urgência de resgate.


    OFF: zero - Cruel 3
    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 209
    Reputação : 16

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Sllaker em Seg Dez 18, 2017 4:22 pm

    Henry manteve-se quieto e atento enquanto os outros expressavam suas ideias. Compactuava com Larry, e achava que atingir os membros menores do Sindicato não ia surtir efeitos a longo prazo. Tinha-se que mirar nos membros de alto escalão e atingi-los de uma forma irreparável. Ghost achava que deveriam fingir um roubo ao Oasis atraindo assim, Steel e Berserk para uma armadilha. — O plano não é ruim — Pensou. — Mas há muitas brechas para dar errado. — Mas percebeu que Samuel pareceu gostar e, como sempre, fez questão de mostrar seu lado cruel e propor algo mais violento.

    — Na cadeia — Henry começou — eu percebi que muitos nessa porra de cidade possuem alguma rixa com o Sindicato. Mas eles são sempre intimidados ou comprados e por isso ficam na linha. O Colossus controla as ruas através do medo e do dinheiro. Se mostrarmos para as outras gangues que ele não é intocável e que, no fim, ele sangra como todos nós, elas nos apoiarão na nossa vingança. — Deu uma pequena pausa — O Oasis é o maior ponto de vendas de drogas da cidade e é uma das maiores fontes de renda do Colossus, com certeza temos alguns Cafetões interessados em tê-lo para si. Com apoio necessário, vamos 'passar' o Steel e o Berserk, minando ainda mais a confiança do Colossus. E então — esboçou um pequeno sorriso — será questão de tempo até todos na cidade estarem caçando esse filha da puta.



    • Zero: Cobiça - Nível 1
    Akugam
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 334
    Reputação : 8

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Akugam em Ter Dez 19, 2017 11:22 am

    A Ideia de uma emboscada explosiva faz um sorriso perverso surgir no rosto de Maze, este sorriso característico dele. Apesar de ser um plano extremamente arriscado, ele sempre teve uma tendencia suicida em suas missões, com certeza estava dentro. -Perto do cassino, só conheço dois possíveis esconderijos. O canteiro de obras abandonado no quarteirão de baixo, que ta tomado por mendigos, só pagarmos pelo silencio deles, são baratos. E o Bar do Jack, o dono é um velho ex-militar que ainda resiste as ofertas de "proteção" do sindicato. -Fala coçando o queixo. -O problema é que ele é difícil de lidar, e eu não me dou muito bem com aquele cara. Mas é mais confiável que mendigos.
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2772
    Reputação : 112
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por zignon em Ter Dez 19, 2017 11:42 pm

    Samuel abre bem os olhos quando ouve a palavra, ex-militar e fala: - Descobre onde e quando ele serviu, que eu dobro ele, com as palavras certas.
    Claude Speedy
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 997
    Reputação : 21

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Dez 20, 2017 1:04 am

    Cruzo os olhos com os demais e penso no que diz Larry, fico pensando em quem seria o peão para seu jogo de xadrez para cercar a elite. Quem iria agir de cara nesse ataque poderia ganhar com essa ida ao Oasis. — Posso entrar e me passar por um dos clientes do
    Oasis—
    Se vamos agir de forma dolorosa nada melhor que gozar de algo no meio.— De dentro posso conseguir ajudar na hora do assalto e ainda podemos usar a ideia das gangues ao mesmo tempo. — .

    E umas putas podem tirar a saudade de Jane das minha cabeça e o ódio.



    • Zero: Luxúria - Nível3[/quote]
    Bravos
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2162
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Qua Dez 20, 2017 11:47 am

    23/12, sábado, 19h32


    Larry escutou as propostas de cada um apenas acenando com a cabeça e deixando que as idéias fluíssem. Um ataque ao Oasis seria icônico, é verdade. Mas seria também muito arriscado. Por outro lado ninguém ali estava medindo riscos. E isso talvez pudesse ser um trunfo. - Creio ser uma boa prepararmos uma emboscada. Só que ela precisa ser muito bem feita.


    Ele acendeu um cigarro e ficou de pé. Buscou um pouco do café que estava na cafeteira. Com sorte ainda estaria um pouco quente. - Você é um idiota, Denis, se acha que vai entrar no Oasis e não vão saber quem é você. O Sindicato não tem medo de nós, mas ele sabe quem é cada um dos que estão aqui e eles vão estar de olho em todas nossas movimentações. - Ele deu uma tragada profunda no cigarro e a fumaça escorreu devagar por suas narinas enquanto pensava. - Vamos então usar isso a nosso favor. Denis, você vai para o Oasis. Você finge que estará sendo apenas um cliente. Todos vão ficar de olho em você porque esperam que você arranje um problema ali dentro. Com sorte você vai acabar trocando socos com o Henry 'Berserk'. Evite morrer nessa tentativa, ok? - O olhar de Larry foi sério e perfurante. - Enquanto você tá distraindo os olhares no Oasis, Maze vai entrar lá sorrateiramente e implantar um explosivo. De preferência no cu do 'Steel' Walker. Mas se não der, ok, destruir um pedaço daquele cabaré é quase o mesmo que destruir um pedaço do cafetão.


    O cigarro havia acabado já. Ele tornou a sentar. Eu permanecia em pé à esquerda. Esperava o momento de barrar as idiotices, mas por enquanto tudo seguia bem. Esse era o tipo de plano que aquela gente gostava de seguir. - Mas antes dos dois se infiltrarem no Oasis, Samuel, Ghost e Snake irão até esse velho ex-militar. Irão sorrateiramente, vão convencer o velho a ofertar o bar dele para uma troca de tiros. Ofereçam dinheiro ou ameacem, tanto faz. Consigam que ele tope. Por ser um ex-militar creio que dificilmente ele cederá à ameaças. Então prefiram a primeira via. - Larry acendeu outro cigarro. O Ministério da Saúde ficaria consternado pela quantidade de maços que aquele desgraçado fumava por dia. - Muito bem. Uma vez que o velho tenha topado, iremos preparar o terreno no velho. Maze fará isso junto com Snake. Depois de tudo isso aí sim, passaremos pra fase do plano no Oasis. - Larry corria os dedos na mesa como que desenhando o fluxograma daquele plano. - Logo depois da bomba explodir, Clive e eu estaremos esperando vocês dois, Denis e Maze, do lado de fora em carros que o Snake e o Ghost nos arranjarão. Iremos voar para o bar do velho, sem a menor pretensão de sermos sorrateiros, para que eles nos sigam mesmo. Lá no bar, além do ambiente preparado e com isso quero dizer armadilhas para parar os carros e torná-los alvos fáceis, estará Samuel e quem mais já estiver desocupado para receber os filhos da puta à tiros. Deu para entender?


    Todos ficaram um pouco em silêncio ruminando aquele plano. Até que eu resolvi falar. - Vamos por isso em ordem, Larry, pelo amor de deus! Você fala tudo misturado e fica foda de entender. - Larry suspirou. Ele sabia que não era um exímio apresentador. - Samuel, Ghost e Snake convencem o velho a cooperar. Oferecem sobretudo dinheiro. Quando ele aceitar, Snake e Maze preparam o terreno. Daí enquanto isso, Ghost e... Tá vendo? Snake não poderia estar arranjando o carro nessa hora. Então Ghost e Samuel arranjam os carros. Denis pode ir com eles, é importante que você ou Maze reconheçam os carros. Com tudo isso pronto, Denis vai pro Oasis arranjar problema e Maze entra sorrateiro e implanta o explosivo. Ambos, tentem não morrer. Quando explodir, eu e Larry estaremos na frente esperando com os carros, fugimos para o bar do velho. Lá Samuel e os demais vão estar esperando. É isso? - Olho para todos para ver se eles estão acompanhando. Larry acena positivamente, era isso que havia pensado. Parece que temos o primeiro plano para começar a quebrar o Sindicato.




    O Zero de vocês estão atualizados no tópico de personagens Rolling Eyes E vocês podem se candidatar à vontade a fazer outras coisas que não o que o Larry e o Clive sugeriram. Se acharem que seus personagens se darão melhor em outras tarefas. Ou mesmo se simplesmente preferirem.



    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2772
    Reputação : 112
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por zignon em Qua Dez 20, 2017 12:25 pm

    Samuel gosta do plano, lamenta que não vão fazer reféns para exercitar uma torturazinha, mas a ideia é boa e decide ir logo para o velho do bar e diz: - Vamos trabalhar, o blá, blá foi legal, mas vamos para a execução, Ghost e Snake, vamos bater uma caixa com o velho, um ex-militar e que não se rende para o sindicato, já estou gostando dele e acho que se ele ainda tem fibra, vai querer até fazer parte do comitê de recepção dos pica grossa do sindicato e dá uma risada aberta e sinistra ao mesmo tempo.
    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 209
    Reputação : 16

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Sllaker em Qua Dez 20, 2017 4:35 pm

    Snake ouve atenciosamente o desenvolvimento do plano. Ele projeta em sua mente cada segmento da estratégia explicada por Larry e pelo Clive. Sem grandes oposições, ele se surpreende com a velocidade com o que tudo foi elaborado. Não era incomum alguns dos rapazes colocarem seus interesses na frente dos da gangue. Ganância, luxúria ou o puro prazer por violência. Todos ali tinham sua mácula, e Snake não era uma exceção. Mas, ao que tudo parecia, todos miravam numa mesma direção e isso era fundamental para o êxito de um plano tão complicado como esse.

    Seu próximo passo era convencer o Jack, um velho, ex-militar e dono de um dos poucos bares da cidade que gozavam de não possui a "proteção" do Sindicato. Era, a princípio, uma tarefa simples, mas um cara que não teme o Sindicato não ia se dobrar facilmente pela violência. Teriam que lhe oferecer dinheiro e, quem sabe, um pouco de sangue.

    Ele sinaliza com a mão para o Ghost, e se junta ao Samuel. — Vocês ouviram o Larry, não temos tempo a perder. Vamos oferecer uma grana preta pra esse cara. Ele deve ter seus motivos para se opor ao Sindicato, podemos usar isso para convence-lo a nos ajudar. Não vamos sair de lá com um "não". — Declarou, enquanto se dirigia a um dos carros.
    Akugam
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 334
    Reputação : 8

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Akugam em Qui Dez 21, 2017 5:09 pm

    O Plano foi decidido, e Maze estava ansioso para colocá-lo em pratica. Em nada a ideia de invadir ele mesmo o Oasis e explodir uma bomba por lá o amedrontava, pelo contrario, essa adrenalina que a linha de frente lhe fornecia, era para ele, melhor que qualquer droga que já tivesse experimentado.

    Samuel, Ghost e Snake já partiam para convencer o velho a cooperar, e Maze não podia ficar parado também. Ele levanta da cadeira e sai em direção a sua moto. -Vou pra oficina preparar meus brinquedos. -Fala pouco antes de chegar a porta. No lado de fora os três ja entravam no carro. -Ei Snake, me liga quando convencer o velho que eu vou pra lá! -Fala para ele enquanto sobe na moto. A Oficina, como se referia ao buraco onde produzia seus explosivos, fica a alguns quarteirões dali, e era na verdade uma garagem que havia tomado de um traficante pequeno quando chegou na cidade, agora é o que Maze pode chamar de lar.
    Bravos
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2162
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Qua Dez 27, 2017 12:16 pm

    23/12, sábado, 19h50
    Samuel, Ghost e Snake


    Os três saíram da salinha de reunião. Passaram pela cozinha e pela sala de estar. A sede da gangue era uma casinha no meio de edifícios de apartamentos mais altos. Era um milagre como Larry tinha segurado a barra daquele local contra as pressões imobiliárias. Do lado de fora os carros estavam estacionados. Eles precisariam de outros para não dar bandeira demais. Snake entrou no banco do motorista, Samuel no do passageiro e Ghost entrou no banco detrás. Eles rodaram em silêncio por algum tempo. Propositadamente, evitaram passar perto do Oasis ou de outros lugares que fossem território inconteste do Sindicato. Era melhor evitar uma troca de tiros desnecessária naquela altura. Algum tempo depois estavam finalmente no bar do Jack. Estacionaram o carro na frente do bar. Era uma espécie de bar de estrada em plena cidade. Havia estacionamento abundante na frente, que estava quase completamente vazio, se não fosse dois outros carros além do de Snake. A luz do neon com o nome do local pintava tudo com um tom avermelhado. Agora bastava dobrar o velho Jack.


    23/12, sábado, 19h50
    Maze


    Andar de moto era algo que confortava o coração de Maze. A sensação de velocidade enquanto os carros passavam ficando para trás... O vento e a fumaça dos canos de escapamento batendo no resto. Aquilo de certa forma o fazia se sentir vivo. Chegar na sua garagem também. Ele destrancou o cadeado e levantou o portão que era como aqueles de lojas, que se enrolam acima do vão. Lá dentro as coisas estavam constantemente bagunçadas, mas essa era a forma que ele se organizava. Ele tinha que juntar as ferramentas e os insumos necessários para preparar a chegada para o Sindicato no bar do Jack.




    Pessoal, a idéia do jogo é que ele fosse um jogo rápido. Vamos ter pelo menos uma atualização por semana. Quem não conseguir postar, estarei considerando em stand by. O personagem está lá, mas ele não agiu de forma relevante. Rolling Eyes Os que postaram, podem dar continuidade.



    Claude Speedy
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 997
    Reputação : 21

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Claude Speedy em Qui Dez 28, 2017 12:04 pm

    O plano era simples: mulheres!
    Parece que eu tirei a sorte grande.

    Pensa só, é óbvio que esses caras vão desconfiar que eu sei que foram eles os culpados pela morte dela... É claro que o que eles menos desconfiam é que minha malandragem é que me dá suporte para atrair os donos desse Oasis... Eles querem que eu arranje encrenca com o Beserker, mas a verdade é que mesmo sabendo que eu luto pra equipe do Larry e sabendo de quem é esse lugar, não vão dispensar um cliente... Mesmo eu...

    E isso me dará tempo para levar umas duas garotas pro quarto antes do tal 'Furioso" Henry vir tentar arrebentar com tudo.

    Sim.. minha mão vai ser melhor.

    Chego no lugar todo sorridente, pela porta da frente e vou direto falar com as garotas... Sei que meu desejo me moveu para o melhor lugar do plano.
    Bravos
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2162
    Reputação : 151
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Sex Dez 29, 2017 12:37 am

    23/12, sábado, 19h37
    Denis


    Samuel, Ghost, Snake e Maze já haviam saído. Na sala sobrou Denis, Larry e eu. Larry se levantou e acendeu outro cigarro. A fumaça subiu em nuvens esparsas. Ele falou com Denis: - Sabe, faça melhor... Vá agora mesmo pro Oasis. Veja como as coisas estão lá. Leve um tempo, finja que bebeu o bastante para ficar bêbado. Talvez com os olhos bem em cima de você, o Sindicato não tenha tempo para olhar para os outros lados. Maze vai reconhecer o carro. - Eu acenei positivamente para aquela idéia. Seria uma distração e tanto.


    23/12, sábado, 19h50
    Ainda Denis


    Finalmente ele estava dentro. Havia uma fila para entrar no Oasis. Aquela porra parecia a casa branca versão puteiro. Seu estilo arquitetônico era o mesmo. Ver aquele prédio branco de repente no meio do cinza indistinto da cidade dava a impressão que do nada você tinha sido teletransportado para Las Vegas. Mas não foi. Era só a grana do Sindicato se materializando em construção. Depois de passar pela fila e ter sido revistado exaustivamente pelo grandalhão na entrada, Denis desaguou no salão. Por dentro o Oasis não era tão branco e iluminado quanto por fora. Tinha uma bola de brilho brega e uns canhões de luz que ficavam se mexendo entre as várias mesas e o palco. No palco havia uma série de apresentações. No começo da noite, como era o caso, tocava um jazz ou um conjunto de folk. Mais tarde haveria uns humoristas. Mais tarde ainda haveriam dançarinas. E quando já não tivesse ninguém ali por acaso haveria os shows de strippers.




    @Claude Speedy pus a primeira parte pra vc ir direto pro Oasis como você narrou. Vc acabou de chegar, sinta-se livre para agir dentro dele Rolling Eyes



    Conteúdo patrocinado


    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jun 25, 2018 3:28 am