Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    23/12 - Sábado

    Compartilhe
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1305
    Reputação : 23

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Claude Speedy em Sex Dez 29, 2017 11:06 am

    "Hum... humoristas? "

    "Será que vai ter um microfone aberto?"



    Me aproximo do bar...

    -Ei, sabe se vai ter uma abertura para qualquer um pode fazer um show de comédia hoje?

    Vou tentar convencer os caras aqui, certamente me por no palco vai chamar atenção de todos os que são só fregueses, agitar os caras dos Sindicato e impedir que eu seja morto. Tudo de uma só vez...
    Akugam
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 340
    Reputação : 10

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Akugam em Sex Dez 29, 2017 6:15 pm

    Na oficina Maze caminha cautelosamente, não pra evitar que tudo fosse pelo ar, mas pra não cair em meio a toda tralha bagunçada por la, e assim fez seu caminho até sua bancada de trabalho. Toda manchada e marcada, nela estavam apoiadas algumas ferramentas, frascos com elementos inflamaveis e algumas granadas caseiras recém confeccionadas, as quais usava em seus confrontos, já que não era muito fã de armas de fogo. Eram eficientes, porem não serviriam para a emboscada que planejavam, iria produzir explosivos mais fortes para a recepção no bar, um em especial pro cassino, para arrombar o cofre, afinal seria estranho um assalto onde nenhum dinheiro era levado. Enquanto pensava nisso tudo, as mãos do rapaz ja se colocavam a trabalhar.
    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 281
    Reputação : 28

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Sllaker em Sex Dez 29, 2017 8:32 pm

    Snake estacionou o carro numa das vagas próxima a entrada do bar. Não era um local verdadeiramente atraente, mas tinha um charme próprio. A iluminação vermelha em neon em conjunto com o ambiente rústico, contrastava bem com a escuridão da noite, dando uma impressão de violência e hostilidade. Snake se lembrou de um desses livros de psicologia barata em que leu na cadeia, que dizia alguma coisa como "há homens que influenciam o ambiente, e há ambientes que influenciam o homem", e ficou curioso em saber em qual desses casos se encaixava o velho Jack.

    Desligou o carro, e explicou rapidamente a abordagem que tomariam. — Vamos entrar e nos sentar no bar, próximo ao Jack e longe dos ouvidos de qualquer outra pessoa que esteja lá, até mesmo de outros funcionários. Não é um local que algum membro do Sindicato frequentaria, mas nunca se sabe. Vamos pedir uma bebida, e quando formos servidos, mostraremos ao coroa nossa intenção de negociar. Não digam nada além do necessário sobre o plano. Ofereceremos dinheiro e em troca ele nos fornece o bar como local pra emboscada. — Olhou nos olhos de cada um, esperando assentimento.

    Ele esperava que pudesse terminar aquela etapa do plano rapidamente. Há muito a ser feito e, daqui a algumas horas, será véspera de Natal.
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2764
    Reputação : 112
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por zignon em Ter Jan 02, 2018 6:15 pm

    Samuel olha para Snake e diz: - Bom plano, mas quero acrescentar uma informação, eu e o Jack servimos no mesmo pelotão no exército, o sétimo pelotão, porém em grupamentos de combate diferentes. Treinamos juntos e nas ações maiores trabalhamos de forma concatenada, não eramos íntimos, muito menos amigos, mas conhecemos a índole no combate e a fibra um do outro. Eu servindo na artilharia e ele na infantaria, nosso tenente, o Bailey, confiava nele. Ele era um homem duro e não corria da raia, sacaram e meu sargento, o Sargento Scott, era louco para trazer ele para o grupamento, mas o sargento Moore da infantaria nem cogitava em cede-lo. Se eu puder lembrar essas coisas e a nossa lealdade da caserna, para ele, ele saberá que sou papo firme e não um boca mole, ai podemos conseguir ele do nosso lado e como um peão ativo e confiável sacaram? Que vocês acham?
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2791
    Reputação : 199
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Ter Jan 02, 2018 6:52 pm

    23/12, sábado, 19h55
    Samuel, Ghost e Snake


    Entraram no bar. A porta fechou atrás dos três logo que passaram. Tinha uma mesa ocupada, o velho Jack enxugando um copo detrás do balcão. Dois caras sentados no bar. E uma garçonete gostosa que estava servindo a mesa que já foi citada. Todo bar decente tem que ter uma garçonete gostosa. Todos viraram para os três quando eles entraram. E eles sentiram os olhos de cada um percorrendo-os dos pés à cabeça. Um segundo depois e todos já haviam voltado a fazer o que estavam fazendo e mais ninguém olhava para eles. Os três rumaram então para uma outra mesa. O estofado era velho e em alguns lugares o couro tinha rasgado e saia um pouco do enchimento. A mesa era de madeira já acinzentada.


    Depois de atender a outra mesa a garçonete veio com seu andar rebolado para mesa dos três. Piscou para Snake e puxando seu bloco de notas perguntou a todos: - O que as garotas vão querer?


    23/12, sábado, 19h55
    Maze


    Estava juntando tudo que ia precisar. Mas notou que ia precisar de mais. Pelo mesmo mais alguma pólvora. Talvez uns fios. Definitivamente um galão de gasolina. Sempre era bom ter um galão de gasolina se fosse preciso improvisar algo. Eventualmente nas compras poderia encontrar algo que tornasse as coisas ainda mais interessantes. Agora era preciso pensar onde comprar essas coisas. Era importante não chamar atenção, senão poderia por todo o plano por água a baixo.


    23/12, sábado, 19h55
    Denis


    Ele se aproximou do bar. Um barman pôs um copo sobre a mesa e perguntou - O que vai querer? - Quando ele perguntou se haveria um microfone aberto, viu um certo ar de decepção no rapaz. - Não costumam abrir, não... Aqui só se apresentam profissionais. Você não está num prostíbulo qualquer. - Derramou a bebida que havia sido pedida. - Mas se quiser tentar alguma coisa, pode falar com o responsável do palco. - Dizendo aquilo, ele se afastou para atender outras pessoas.



    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 281
    Reputação : 28

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Sllaker em Qua Jan 03, 2018 8:20 pm

    — Oh, querida... — Snake fala, olhando-a da cabeça aos pés. — Assim você fere os sentimentos desses pobres rapazes. — Ela dá uma leve risada. — Nos traga uma dose para cada, apenas para esquentar um pouco as coisas. Vamos querer também três cervejas. Bem gelada. — A garçonete faz algumas anotações e sai, e ele aproveita o momento para observar melhor o local. Havia uma mesa de sinuca em um dos cantos e as paredes eram decoradas com fotos de mulheres e motos. Existiam algumas janelas, com visão ampla do estacionamento e entrada. Perfeitas para alguns bons atiradores. Tentou reconhecer os rapazes sentados no bar, mas não foi capaz. Quando ia perguntar ao Samuel e ao Ghost, a garçonete já caminhava em sua direção, trazendo uma bandeja com as bebidas.

    Ela era uma loira de peitos fartos, e fez questão de exibi-los quando colocou as bebidas na mesa, exibindo sua vestimenta decotada. O uniforme nomeava-a como Rebecca. — Mais alguma coisa? — Perguntou. — Na verdade, sim. — Ele respondeu, depois de virar a dose de uma dessas aguardentes baratas. Era quase como engolir uma granada. Ele fez um sinal e ela se aproximou, ao pé do ouvido, lhe falou. — Diga ao Jack que os amigos aqui querem ter uma palavrinha com ele. — Ela exibiu um semblante sério, como se não devêssemos ter dito aquilo, mas acatou e foi cochichar no ouvido do velho Jack.

    Snake trocou olhares com rapazes e ajeitou a pistola que mantinha escondida, presa entre a calça e o corpo. Esperava que não precisasse usa-la hoje, mas as coisas nem sempre dependiam de sua vontade.
    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2764
    Reputação : 112
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por zignon em Qui Jan 04, 2018 4:36 pm

    Samuel gostava do estilo papo reto, falar com o Jack como dois combatentes fazem, sem rodeios, ele conhece o soldado Monson e sabe o que esperar dele, um sujeito de fibra e que tendo a oportunidade certa e parceiros que possa confiar, não foge de uma luta pela honra.


    Pelo estilo do Samuel, ele teria ido no balcão e jogaria algumas senhas e contra senhas, que um ex-militar o tomaria por um irmão, mas não se sabe quem nos observa e deixar o Snake cantar a loira era uma boa cortina de fumaça e ao ver o Jack olhando para o nosso lado no balcão, faço disfarçadamente um sinal que um companheiro de caserna compreende como um pedido de ajuda e pelo olhar dele, sinto-me recepcionado. A conversa já começou antes mesmo dele chegar na mesa, olho para os rapazes e digo: - Deixe que eu falo, papo direto de caserna, sacam?
    Akugam
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 340
    Reputação : 10

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Akugam em Sex Jan 05, 2018 10:26 pm

    O material necessario pros explosivos estava em falta, era hora de visitar um velho "amigo". Em sua moto, Maze anda por algumas quadras, para em frente a uma loja de conveniências. Com uma aparencia velha e suxa, a loja estava praticamente vazia. No caixa uma velha lia uma revista, do outro lado, um homem grande e feição séria, vestido com um avental azul por cima de suas roupas, passava pano no balcão.
    -Angus! Quanto tempo parceiro! -Exclama Maze ao entrar na loja, com um sorriso claramente forçado. -E aí vovó. -Cumprimenta a velha que o olha por cima dos oculos e logo volta a sua leitura.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1305
    Reputação : 23

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Claude Speedy em Dom Jan 07, 2018 1:44 am

    Hum... Pelo menos ele foi educado.
    Vou seguir o que ele disse e caminho até o palco...

    Depois penso em que fazer, sempre há chance de apresentações abertas...


    Bem... Vamos lá...

    -Oi, tudo bem? Tem como fazer uma tentativa de apresentação hoje? Sei lá, pelo preço certo...

    Tento então tentar corromper o cuidador do palco com minha velha lábia.
    Preciso chamar mais atenção hoje, estou imaginando ótimas piadas para contar antes de espancar esses cretinos.
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2791
    Reputação : 199
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Seg Jan 08, 2018 3:00 pm

    23/12, sábado, 19h55
    Samuel, Ghost e Snake


    O flerte de Snake com a garçonete tivera efeito. Eles viram quando ela, indo atender outras mesas, passou pelo velho Jack e o avisou "dos seus amigos". O velho olhou para eles com uma expressão morta e de poucos amigos. Samuel faz um gesto para o dono do estabelecimento. Os demais não compreendem exatamente o que quer dizer, mas claramente Jack compreendeu. Ele virou um pouco o rosto em diagonal, ao mesmo tempo confuso e atiçado por aquela ação. Em seguida pareceu esquecer o grupo, terminando de fazer suas coisas atrás do balcão. Até que pôs o pano que trazia nas mãos no ombro, baixou para pegar algo numa gaveta ou compartimento baixo e então passou para o outro lado do balcão.


    Ele andava no seu bar como um leão anda pela savana que está sob seu domínio. Aquela porra toda é dele e ele tem fibra o bastante pra fazer chorar quem achar o contrário. Jack Monson vem atravessando o corredor sem olhar para os lados, com seu olhar passeando entre Samuel, Snake e o Ghost. Parou diante da mesa. Colocou as mãos na cintura, que não pretendia em nada esconder a arma que ele levava ali. Dirigiu-se então a Samuel: - Viu essa porra num filme e achou legal?


    23/12, sábado, 19h55
    Maze


    Angus levantou os olhos até encontrá-lo. - Qual é? - Sua voz tinha uma monotonia lacônica. Vovó não era muito mais simpática e à saudação de Maze ela respondeu com um olhar da cabeça aos pés e um silêncio reprovador. Enquanto ele chegava no balcão, Angus foi até próximo do caixa, com seu andar caxingante - Maze não fazia idéia de como Angus começou a claudicar abaixou-se e tornou com uma caixa grande de madeira. Voltou ao centro do balcão. A caixa estava repleta de fios e de detonadores, além de algumas bananas de TNT. - Do que você anda precisando?


    23/12, sábado, 19h55
    Denis


    O Oasis não estava tão cheio ainda, de forma que foi fácil para Denis ir passando pelas mesas redondas distribuídas no salão, formando como que um labirinto. Quando a casa estava lotada, passar por ali era quase uma missão impossível com a quantidade de gente sentada e com o fluxo incessante de garçons. Chegando próximo ao palco, ele identifica o responsável. Ele estava vestido de colete prateado e para estar brega assim era preciso estar trabalhando como apresentador. Além disso ele tinha um rádio, em que ocasionalmente respondia alguém, e uma prancheta em que escrevia alguma coisa. Com a aproximação de Denis, ele o olhou rapidamente e voltou os olhos para a prancheta. - Hum? - Bando de pau no cu pedantes...




    @Claude Speedy Vamos começar um conflito. Vá no post Mesa de Apostas e descreva seu Objetivo nesse conflito e como Denis pretende alcançá-lo, isso definirá que Pontuação será usada. Depois eu vou explicando o passo a passo lá!



    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2764
    Reputação : 112
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por zignon em Seg Jan 08, 2018 3:58 pm

    Samuel fica satisfeito com a atitude do Jack. Significava que ele estava em forma e não era um frouxo e que a área era segura, pelo menos para ele sair mostrando a arma assim. A vida na caserna é dura, mas tem suas vantagens, forja homens e carateres e o mais importante, ensina a ser um corpo, um corpo vivo, a tropa. Ensina a superar a peste que corroí a sociedade atual, o individualismo. O civil nunca entenderá os códigos da caserna, nunca entenderá o principio da fraternidade e da camaradagem que o extremo da guerra e da morte dão ao combatente. Era nisto que Samuel apostava e aquela atitude do Jack, mostrava que o soldado de infantaria, o seu irmão em armas, o soldado Monson, não morrera naquele homem.




    Samuel olhou Jack nos olhos, parecia formar um elo entre eles, não havia espaço para piscar ou distrações era apenas os dois ali. Usando sua voz firme e profunda, o Soldado Smith falou calmamente: - Soldado Monson, a artilharia está precisando dos reforços da Infantaria e o Soldado Smith, que bater um papo reto contigo em área segura, ou será que um irmão da sétima deixa o outro na mão? Havia uma rixa entre a artilharia e a infantaria. Era uma rixa positiva sobre quem era mais eficiente em apoiar no campo de batalha e era sabido que a infantaria era o para-choque  do combate, mas que a artilharia era sua eterna e fiel cobertura. Um sem o outro estavam fadados ao fracasso. Um pedido de uma tropa para a outra era impensável de ser negado. Este era um paradigma militar.
    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 281
    Reputação : 28

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Sllaker em Ter Jan 09, 2018 8:46 pm

    — Viu essa porra num filme e achou legal? — Pergunta o Jack, enquanto exibia sem timidez sua pistola na cintura. Snake deu uma leve gargalhada com aquilo. Também se surpreendeu com a atitude do velho, vindo intimida-los numa clara desvantagem numérica. — Ele tem colhões. — Pensou consigo mesmo. — Mas ainda é o típico militar que se acha um martelo e vê todos os outros como pregos.

    Agora mais próximo, Snake pôde observá-lo melhor. Parecia um homem simples, sem muitos interesses em dinheiro ou luxo, mas disposto a matar por pouco e morrer por menos ainda. Não havia muito a perder, afinal. Por isso, gostou quando Samuel veio com o papinho de irmão de armas. Talvez fosse por ali que iam conquistar a confiança e o acordo com o velho. Confiou nesse vínculo entre os dois e se manteve em silêncio, aguardando a resposta.
    Akugam
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 340
    Reputação : 10

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Akugam em Sab Jan 13, 2018 12:50 pm

    Maze era cliente antigo de Angus, mas ambos sabem pouca coisa um do outro. Apesar de parecer um homem comum, ele tem acesso, de alguma forma, a um material de qualidade indiscutivel, porem poucos sabem de seu segundo trabalho, Maze deu sorte de estar entre esses privilegiados. E justamente por isso que Maze não confia no Angus, e se o cara tem contatos no sindicato, isso não surpreenderia nenhum pouco. Maze começa escolhendo alguns itens da caixa, coisa simples, fios, gatilhos, algumas bananas de dinamite e uns inflamaveis. -Seu estoque ta tão curto assim? -Fala com tom de decepção apos terminar de fazer suas escolhas.
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2791
    Reputação : 199
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Seg Jan 15, 2018 11:37 pm

    23/12, sábado, 20h03
    Maze


    - Tá atrás de algo mais robusto? Você sabe que nós temos... - O olhar de Angus era duro e penetrante. Maze não sabia dizer se ele era apenas incapaz de demonstrar emoções ou de o tempo todo havia algo de ardiloso por trás de suas palavras e atos. Angus suspirou profundamente e ele teve certeza que em breve estaria morto, porém o homenzarrão afastou-se, passando o balcão. Seu passo ritmado por sua perna manca parecia fazer o tempo suspender enquanto ele caminhava. Era manco mas parecia um colosso. Caminhou até chegar numa prateleira encostada numa parede. Empurrou uns produtos abrindo um espaço. Meteu a mão fundo, mais fundo do que deveria ser possível. Tirou de lá outra caixa. Voltou mancando e parou exatamente onde estava momentos antes. - Isso basta? - Maze olhou na caixa. Ali sim. Equipamentos mais tecnológicos, acionamento remoto por rádio, contadores de tempo com precisão de milissegundo, sensores de movimento ou de pressão, armadores por senha... Olhou para Angus. O filha da puta parecia intimamente soberbo por ter mais uma carta na manga.




    @zignon e @Sllaker vocês vão em breve começar um conflito, assim que o do Claude se resolver, marco vocês lá.



    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2791
    Reputação : 199
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Sab Jan 20, 2018 11:57 am

    23/12, sábado, 20h20
    Denis


    Quando queria, Denis sabia ser um cara carismático. Levou algum tempo conversando com o responsável do palco, que a princípio não estava querendo ceder a oportunidade. Porém, poucos eram capazes de resistir à lábia daquele cara. Alguns comentários no timing certo, uma dose de autodepreciação, um pouco de bajulação e ele havia conseguido. - Okay, cara haha, você venceu, vou te dar essa chance. Entra aqui, vou mandar te passarem uma maquiagem pra esconder essa sua cara e vou te dar quinze minutos ali. Não me faça passar vergonha. - Ele falava quase como se fosse um velho conhecido. Conduziu Denis para cima do palco e passando pelo cantinho da cortina, adentraram as coxias e descendo uma escada de cinco ou seis degraus, eles chegaram ao corredor dos camarins. O responsável bateu em uma das portas e abriu em seguida. Um gritinho fino feminino pôde ser escutado. - Ow, sem escândalo. July, passa uma base nesse rapaz aqui, ele vai tentar ser o novo Leslie Nielsen ali por 15 minutos . - Fechou a porta e virando-se para você, disse: - Aguarde aqui, ela vai te maquiar e em seguida eu te chamo no palco.



    Akugam
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 340
    Reputação : 10

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Akugam em Seg Jan 22, 2018 8:31 pm

    -Agora falou minha língua. -Abre um sorriso misto de empolgação e perversidade. Não conseguia se segurar e imediatamente começou a revirar a caixa. Nela haviam produtos de qualidade e com diversas funções, obviamente resultantes em grandes explosões, mas o que precisava era de algo forte o suficiente para abrir o cofre do cassino, e lá estava, Angus nunca decepcionava, um explosivo plástico militar, o clássico C4. Aquele era um item tão raro de conseguir que Maze salivava enquanto o segurava, serviria perfeitamente pra abrir o cofre e ainda causaria um bom prejuízo nos arredores, para ter um desses em seu estoque, era óbvio que aquele cara tinha conexões fortes com O Sindicato, talvez com um de seus cabeças. Mas isso podia ficar pra depois, afinal, jamais perguntavam sobre os negócios um do outro. Além do explosivo, Maze pega mais alguns conectores, fios e ativadores para fazer seus próprios brinquedos depois. Encara novamente Angus, que continuava com sua expressão séria e olhar penetrante. -Quanto que tudo isso vai custar?
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2791
    Reputação : 199
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Bravos em Sex Jan 26, 2018 10:13 am

    23/12, sábado, 20h10
    Samuel, Ghost e Snake


    Samuel achou que o melhor modo de abordar o velho Jack era se mostrando um companheiro de caserna. Isto, de fato, chamou sua atenção. Enquanto Samuel falava sobre o plano, dizendo que o Sindicato havia ido longe demais e que aquele era o momento de começar uma reação, o velho soldado permaneceu calado, com os olhos ocasionalmente passando por uma pessoa e outra dos que estavam sentados à mesa. Quando Samuel lhe disse que queriam seu bar para sua emboscada, Jack lançou um olhar virulento e ameaçador pra o seu "colega".


    Ao ver aquele olhar, os garotos do Clive tiveram que engolir seco. Mesmo Samuel, que estava no controle da situação, hesitou um pouco. Deu mais detalhes do plano e lançou as cartas: - E, então, soldado Monson? Teremos seu auxílio? - O velho Jack nessa altura estava olhando para o horizonte, como quem fita o além e não está escutando nada do que está sendo dito. Num movimento absurdamente rápido para um velho como ele, puxou Samuel pela camisa e o levantou da cadeira que estava sentado, ao mesmo tempo que sacava a arma na cintura e encostava bem abaixo do seu queixo. - Olha aqui, seus ARROMBADOS. Eu não faço idéia de porque vocês achariam que eu daria meu bar que mantenho com pulso firme, longe de qualquer briguinha de gangue, para vocês virem colocar ele abaixo de tiro. - Ghost e Snake se levantaram da mesa, pensando em fazer algo, mas o velho Jack os parou com o olhar claramente assassino que tinha naquele instante. - Vocês vão sair daqui e nunca mais vão passar nem na frente desse bar. Entenderam? - Apertou com mais força a gola da camisa, dificultando a respiração de Samuel. - E não me venha com a porra desse papinho de amiguinhos do exército, seu merda! - Com uma força também extraordinária, o velho Jack saiu arrastando Samuel, até chegar a porta e o atirou para fora. A batida das costas nas folhas de madeira retiraram o resto de ar dos seus pulmões. Mas foi um alívio quando sentiu a pele no asfalto frio e molhado pela chuva que começava a cair. Com a arma apontada para Ghost e Snake, Jack os conduziu para fora.


    O plano tinha ido por água abaixo. Não conseguiriam o bar. Poderiam entrar lá mais uma vez e matar o velho Jack, mas isso alertaria a polícia e alertar a polícia quer dizer alertar o Sindicato. Era preciso bolar outra manobra.


    23/12, sábado, 20h10
    Maze


    A resposta da pergunta de Maze veio em silêncio, enquanto o homenzarrão puxava uma calculadora e digitava os valores, fazendo as somas. Terminou de somar tudo, virou a calculadora para o cliente. Seiscentos dólares. Que foram completados com um "À vista". Caro. Mas aquilo não seria problema. Ele não tinha tempo, na realidade para choromingar descontos. Precisavam ser rápidos. Puxou do bolso um maço de dinheiro, contou as cédulas. Doze. Pôs em cima do balcão. Angus pegou o maço e contou por si mesmo. - Ok, dê o fora daqui antes que apareça outros clientes. - E dizendo isso, pegou a caixa e tirou-a do balcão.


    Estava satisfeito. Tinha o que precisava, agora era hora de por o plano em prática. Pensava nessas coisas quando abriu a porta daquela loja. Do lado de fora uma chuva começava a cair, agora ainda rala, mas se conhecia bem a cidade, ela não pararia até a madrugada, quando cairia forte e ainda mais fria. Se virou para sua moto e viu a única coisa que não gostaria de ter visto: alguém estava sentado nela, como que esperando-o. Foi se aproximando mesmo assim. A pessoa usava um capacete com o visor escuro. Quando deu o terceiro passo em direção à própria moto, a pessoa tirou o capacete, deixando cair cabelos longos e ruivos. Ele sabia quem ela era. Erika... - Posso saber o que vai fazer com tantos papocos essa noite?




    @zignon @Sllaker segue a cena de vocês. Se quiserem voltar e matar Jack, é por conta e risco hahaha mas não conseguirão mais o bar para o plano. @Akugam segue sua cena também. @Claude Speedy sua cena já está postada mais acima.



    zignon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2764
    Reputação : 112
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por zignon em Sab Jan 27, 2018 8:57 pm

    Samuel sente os pingos da chuva no seu rosto, mas ele não está ali e revê varias cenas do seu passado e o ódio cresce nos seus olhos e ele resmunga: - A porra da lealdade não vale mas nada para esse pilantra e ele se aproveitou que eu não encostaria um dedo nele. Mas ele quebrou o pacto, sim, ele quebrou. E para isto só tem um preço: A morte ! Ele saca as suas duas armas e coloca a carabina nas costas com a correia de couro pronta para puxa-la quando descarrega-se as duas da mão, dava para matar todos no bar e lavaria minha honra e a do pelotão com sangue e parte de encontro aos companheiros e bate no peito deles com a arma e pergunta: - Vou matar o fela da puta! Estão comigo ou farei sozinho? E aproxima do rosto de Ghost e do Snack, grunindo palavras de confirmação.
    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 281
    Reputação : 28

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Sllaker em Seg Jan 29, 2018 1:06 am

    Snake manteve-se firme enquanto o velho Jack apontava a pistola em sua direção. Não era a primeira vez que ele se encontrava na mira de alguém — nem a última —, mas era algo difícil de se acostumar. Por mais valente que um homem possa ser, ele não está vivo se não tremer ao encarar o cano de uma arma. E, em conjunto com o olhar fuzilante do velho Jack, era difícil saber o que iria lhe matar primeiro. Diante disso, por mais tentador que fosse, abdicou de tentar contra-atacar naquele momento. Era preciso seguir o plano. Havia outros parceiros envolvidos nisso e qualquer passo errado poderia atrair atenção indesejada. Snake estava ciente disso, mas parou para pensar de que forma iria convencer o orgulhoso Samuel, que havia sido arrastado e jogado ao relento como um saco de lixo.

    Uma leve chuva começou a cair naquele instante. Nessa merda de cidade, até o tempo é inesperado e imprevisto. Há quem brinque que não se deve esquecer de duas coisas ao se sair de casa: sua arma e seu guarda-chuva. Há, inclusive, alguns mais religiosos que afirmam que as frequentes chuvas não passam de pingos que precedem o dilúvio, que virá para purificar a cidade. Pessoalmente, Snake acreditava que a chuva só vinha por um propósito: limpar o sangue que é derramado, diariamente, nas ruas dessa selva que alguns ainda persistiam em chamar de cidade.

    Os resmungos do Samuel lhe chamaram a atenção. Ele estava enfurecido e determinado a matar o Jack e qualquer um que entrasse em seu caminho. — Vou matar o fela da puta! Estão comigo ou farei sozinho? — Ele pergunta, batendo com a arma no peito de Snake. Samuel era do tipo que age primeiro e pensa depois. Para ele, não há nada que não possa ser resolvido com um bom derramamento de sangue. Snake não o julgava. Quando foi necessário, Samuel sempre cumpriu com o seu dever dentro da gangue. Apesar disso, tentou persuadi-lo de esquecer aquela afronta. Apenas por enquanto. Não que o velho Jack merecesse qualquer misericórdia, mas há um objetivo maior que deve ser priorizado. — Samuel... — Ele fala, encarando-o nos olhos. — Lembre-se do que viemos fazer aqui. Temos que seguir o plano. Maze e Denis dependem de nós. Se matarmos esse filho da puta, a polícia vai se meter e o Sindicato vai descobrir o que estamos fazendo. Esse otário vai ter o que merece, mas tudo ao seu tempo. — Ele repete, mas dessa vez num tom mais baixo. — Tudo ao seu tempo.

    Um bandido ou golpista é, por definição, um otimista teimoso. Pois, não importa quão impossível um plano possa ser, ele sempre vai acreditar obstinadamente no seu sucesso. Mas, infelizmente, acreditar nunca é o suficiente. É preciso agir, fazer acontecer. Afinal, a única coisa que cai do céu — e disso ele sabia muito bem — era chuva.
    Akugam
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 340
    Reputação : 10

    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Akugam em Qua Jan 31, 2018 2:13 pm

    Como Maze temia, mas sabia que iria acontecer, Erika aparece. Por ser relativamente famoso com seus trabalhos, Maze chamou a atenção daquela mulher, que algumas vezes chegou a tentar recruta-lo, e ele é claro, sempre recusou. Vê-la sempre o deixava mau-humorado, e depois do que aconteceu, não queria mesmo ter algum dialogo com ela. -O que é um homem sem suas bombas? -Responde com outra pergunta. -Se está aqui pra me chamar pro seu grupinho de capangas, já sabe minha resposta, agora se puder cair fora eu agradeceria. -Sorri cinicamente.
    Conteúdo patrocinado


    Re: 23/12 - Sábado

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Nov 18, 2018 4:38 am