Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prólogo - E.N.E.M.

    Compartilhe
    Nimaru Souske
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 795
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Seg Jan 08, 2018 9:18 pm

    O silêncio pairou no local. Ninguém parecia ter escutado ou interagido com o que a menina falou. Estava realmente só ali e parecia que revelar segredos de suas habilidades não iria ajudar ela a passar por aquele portão.

    O Sol se aproximava mais de estar no Zênite e sua oportunidade escorria entre os dedos, assim como a chances de ver sua mãe novamente.
    Liz Seiryuu
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 51
    Reputação : 23

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Liz Seiryuu em Seg Jan 08, 2018 9:54 pm

    Liz viu que não teve nenhuma resposta. O portão continuava fechado, o silêncio ainda estava lá. Tudo a mesma coisa. Abaixou a cabeça, e guardou a sakuren na bolsinha. Logo depois, pegou o papel em cima da pedrinha onde o senhor gato estava e se aproximou do portão, ficando alguns segundos apenas olhando para ele bem de pertinho.
    E voltou a ler aquele papel.

    "NÃO VAI ENTRAR? OS PORTÕES FECHAM ESTRITAMENTE AS 12 E, PELO SOL, NÃO VAI DEMORAR PARA CHEGAR A HORA. SUA MÃE ESPERA ANSIOSAMENTE."

    "Os portões fecham as 12... Os portões fecham as 12..." Essa frase ecoava em sua mente.

    Olhou para o sol. Ainda não estava no centrinho do céu. O que significava que não era 12h. Olhou para o portão.

    "Se fecham as 12... E não são 12, então eles estão abertos?"

    Liz leva suas mãos até o portão, tentando empurrá-lo.
    Nimaru Souske
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 795
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Seg Jan 08, 2018 10:46 pm

    Liz empurra o portão, o menor de todos, e coloca toda sua força e esperança naquele movimento. Seus braços tencionam-se e os músculos se preparam para o esforço que lhe proporcionaria tudo que aquela viagem que fizera com sua mãe buscava: Segurança. O tempo parecia ter ficado mais lento e a cada centímetro que se aproximava, suava mais em tensão e, quando encostou no metal curiosamente gelado mesmo com aquele sol, escutou um rápido rangido vindo das dobradiças da porta que, por serem construídas com alta tecnologia, proporcionavam que até as pessoas mais fracas abrissem o mais pesado dos portões. Aquele som era um preludio do que aconteceria, mais Abeth mal tivera tempo de assimilar, pois já se encontrava com o rosto junto ao chão por conta da queda que levara ao entrar. Levantou rapidamente a cabeça enquanto limpava a face, ainda de olhos fechados por conta da dor, arrumou os cabelos e, ao olhar para frente, viu um novo mundo desabrochar a sua frente.







    Uma grande cidade que, no exato centro de tudo, possuía uma grande torre com as iniciais " H.E.R.O" em seu topo. Ali era o lugar certo que ela tanto queria estar. Mas logo abaixo de toda essa deslumbrante vista, Liz Abeth pode ver em uma pequena mesa frente a uma sorveteria bem perto de si, sua mãe com um sorvete de cor verde contido em uma casquinha e na cadeira à sua frente estava o Comandante Gath'u, bebendo uma pequena tijela de leite. Ambos pareciam muito bem. Ao enxergar a menina ainda ao chão, todos se levantam da mesa e rumam em direção à ela. O guarda que estava antes acompanhando o Comandante, encontrava-se bem ao lado da menina.

    - Aqui, pode se apoiar em mim. Deu a mão para que Abeth se levantasse.

    Gath'u e Mamãe se aproximaram.

    - Vejo que ambos estávamos certos não é, senhora Abeth? Piscou para a senhora que ainda parecia envergonhada pelo que aceitou fazer. - Peço que não fique brava com sua mãe, ela apenas concordou em algo que eu coordenei, mas também acho que você não tenha tempo para ficar brava comigo.

    O pequeno felino apontou para um relógio que estava pendurado na parede perto do grupo, lá marcavam 30 minutos para meio-dia.

    - Seu próximo destino é a grande torre, H.E.R.O. Tower como chamamos aqui, lá fale com a recepcionista para ser recebida pelo Sr.
    H ... Tenho certeza que ele entenderá sua situação e lhe permitirá entrar no teste... mas você terá que chegar à tempo.
    Após levantar um dos dedos de sua pata que equivale ao polegar humano, Comandante Gath'u faz sinal para o guarda e ambos voltam aos seu lugares originais, frente a porta do lado de fora esperando caso mais algum destemido estivesse procurando participar daquele exame, não sem antes desejarem para Liz:

    - Boa sorte nesse começo de jornada, garota.

    - Cuidado nos testes.

    A porta se fecha diante das duas. O silêncio novamente veio, mas dessa vez era uma vergonha que não era, em si, por maldade.

    - Desculpa filha... Hehe. Sua mãe ri sem graça, enquanto ainda segura o sorvete.
    Liz Seiryuu
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 51
    Reputação : 23

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Liz Seiryuu em Qua Jan 10, 2018 6:08 pm

    Liz tentava se recuperar, massageando sua bochechinha que havia batido no chão. Estava meio zonza, mas tentava se levantar e aceitou a ajuda do moço grandão que ficou ao seu lado, apoiando-se nele para ficar de pé. Assim que conseguiu se recuperar do susto e da dor, viu aquela enorme cidade. Lá, tudo parecia calmo, limpo, seguro. Seus olhinhos brilhavam. Tinha conseguido entrar!
    E logo viu sua mamãe o senhor comandante gato vindo em sua direção, e ouve o que o gatinho falava, calada e ainda impressionada com a beleza daquela cidade e com o enorme contraste daquele local com a situação do resto do mundo.

    - ENTÃO VAMOS PARA A TORRE, MAMÃE! LOGO! - Quando conseguiu sair do momento de admiração, foi inundada de uma sensação de alegria e animação. Foi pegando sua biciletinha ao seu lado rápidamente enquanto agradecia ao senhor moço grandão e senhor gato enquanto eles caminhavam para fora- Muito, muito obrigada, obrigada senhores...

    Se aproximou da sua mamãe e deu uma passada do seu dedo no sorvetinho que estava na mão dela e pôs na boca, não sabia que sabor era aquele, mas era bom. Só não melhor que morango. E logo ajudou ela a subir na bicicleta, dizendo:

    - Não tem problema, mamãe! Veja, agora estamos aqui dentro! Vamos procurar esse moço H!

    E subiu na bicicleta, em êxtase de alegria, pedalando rápido em direção a torrezona que havia em sua visão.
    Nimaru Souske
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 795
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Qua Jan 10, 2018 11:20 pm

    Passaram por ruas lindas, limpas e até mesmo reluzentes. Parecia que tudo naquela cidade brilhava, mas não tanto quanto a vontade de Liz. O corpo parecia não mais sentir o esforço que fazia, pois até ali seu corpo estava em um limite de exaustão que nunca havia experimentado antes, mas que seria apenas um dos degraus para se encarar no caminho de ser uma Heroína. Logo viu a entrada para a enorme torre a sua frente e pedalou cada vez mais, sentindo até mesmo o ar de seus pulmões impulsionar seu movimento.

    Freou abruptamente enquanto ofegava e posicionou sua bicicleta em uma das vagas que estavam disponíveis em uma estrutura metálica onde seria uma "garagem de bicicletas". Não havia nenhuma, só aquela que ainda resistia à toda a viagem, continuando rosa e com sua cestinha intacta. Caminharam até a porta enquanto sua mãe comia o último pedaço da casquinha do sorvete.

    Adentrou um grande e bonito espaço, bem enfeitado e reluzente como tudo naquela cidade. Parecia uma agência ou algo do tipo. As portas se fecharam com força e uma outra, de metal, desceu até encontrar brutalmente com o chão, enquanto um alarme apitava e falava em alto e bom som que já era meio dia. A Senhora Abeth parecia ignorar o barulho do alarme diante do deslumbre visual do prédio.

    - Que lugar bonito... bonito... é aqui que vamos ficar filha? Perguntou quase boquiaberta diante do brilho que seus olhos refletiam do local.









    Liz respira aliviada.

    Pessoas iam de lá para cá fervorosas, com suas roupas e fantasias estranhas e aquelas duas pessoinhas, ainda com a roupa que saíram de casa, passeavam lentamente até conseguir visar, no meio da multidão, em uma mesa no centro do local, uma mulher que seria a recepcionista e guia do prédio.


    Liz Seiryuu
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 51
    Reputação : 23

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Liz Seiryuu em Sab Jan 13, 2018 8:00 pm

    Entrou naquele lugar grandão junto com sua mamãe. Era tudo tão limpinho! Liz gostava de lugares limpinhos! E fazia tempo que não havia visto um tão limpo assim. O que fez Liz ficar com um sorrisinho no rosto. c:

    Logo, olhou para sua mamãe, e deu-lhe um abraço forte:

    - MAMÃE, NÓS CONSEGUIMOS CHEGAR AQUI MAMÃE! NA HORA CERTINHA, MAMÃE! - E continuou abraçando-lhe, e dando pequenos apertõeszinhos nas gordurinhas da sua mamãe. - Eu não sei se vamos permanecer por aqui... Mas sei que precisamos achar o senhor H que o comandante gatinho disse, mamãe.

    Liz olhou em sua volta, e viu aquela moça sentada numa mesinha no centro daquele lugar.

    - Acho que aquela moça pode nos ajudar a achar ele... - Pegou na mão da sua mamãe, e andou com ela até aquela mesa, parando na frente daquela menina-moça.

    - Você poderia me ajudar? - Falou Liz, em direção da menina, com um sorriso grandão e simpático no rosto - O comandante gatinho disse para vir até aqui e falarmos com o senhor H, que ele poderia me ajudar a virar uma heroína! ✯◡✯
    Nimaru Souske
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 795
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Nimaru Souske em Sab Jan 13, 2018 8:42 pm

    A Sra. Abeth devolveu o abraço com a mesma intensidade qual era abraçada por sua filha, passando todo carinho e gratidão que sentia pelo que ela fez até chegarem ali. Foi um curto espaço de tempo, mas que já haviam corrido o perigo de perderem suas vidas mais de uma vez desde então. Mas agora tudo estava calmo.

    - Uhuuuuul, então vamos logo filha, vamos achar esse moço o mais rápido possível c: A mamãe pegou no braço da futura aspirante à Heroína e puxou-a para adentrar ainda mais aquele local.

    Mas logo Liz apertou ainda mais a mão de sua mãe, mas não parecia machuca-la, e em pouco tempo já andava lado a lado com ela, com sua tamanha empolgação.

    Aproximou-se da recepção do local e foi logo falando com a mulher, que respondeu prontamente.

    - Mas é claro que posso ^^ Levantou-se ante as palavras de Liz Abeth. - Deve está se referindo ao Chefe da guarda Gath'u (Ela ri um pouco da forma como a garota a sua frente remeteu-se à alguém com patente tão alta, foi até seu lado e cochichou em seu ouvido, tampando sua boca com a mão esquerda para que ninguém pudesse ver o que estava falando.) - Cuidado menina, acho que ele não vai gostar de saber que você está chamando ele assim. Termina seu cochicho e da outra risada.

    A Sra.Abeth também ri, mesmo sem saber do que se trata toda a graça da situação. Logo, a recepcionista volta a falar.

    - Mas, voltando ao assunto, vejo que veio participar de nosso grande exame realizado hoje e, ainda por cima, tem a indicação do nosso Comandante. Você não podia ser mais sortuda, Garota c: .  Venha, vou lhes guiar até a sala do Sr. H. Lá ele conduzirá seus preparativos para se tornar parte da nossa organização.

    Finalizando com um receptivo sorriso, ela anda até as escadas e começa a subi-las, esperando que vocês duas as sigam. Sua mamãe, que ainda estava segurando as suas mãos, lhe puxa para seguir a moça. Ela parecia ainda mais feliz.

    Subiram esse lance de escadas e foram até os elevadores, que estranhamente não vão até o térreo (onde vocês estavam até agora). Lá, a mulher espera vocês entrarem e logo aperta no painel um botão com um simbolo diferente dos outros botões, quais possuíam os números respectivos de cada andar. Esse botão tinha a letra "H" que destoava, ainda mais, por sua cor vermelha.

    Passou-se algum tempo, pois os andares daquele prédio eram inúmeros, quase infinitos para aquelas duas, mãe e filha, que não eram tão acostumadas assim à adentrarem edifícios tão sofisticados. Aquela que guiava o grupo permanecia encarando a porta do elevador, enquanto a mãe de Liz cantarolava alguma musica baixinho, em tom feliz. Talvez quisesse aliviar a ansiedade.

    O elevador parou e logo as portas se abriram para um corredor que não tinha nada além de uma porta de madeira em seu fim, e um tapete vermelho com bordas douradas adornando o chão.

    Ao sair, a recepcionista se despede com um leve aceno.

    - Boa sorte para vocês duas ^^

    E logo a porta se fecha. Deixando as duas ali, naquele corredor.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Prólogo - E.N.E.M.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Jan 17, 2018 9:45 pm