Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Parte lll: O olho que Tudo vê

    Compartilhe
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 249
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Sex Mar 02, 2018 5:12 pm

    Durante os exames Ford percebe que o garoto não é comum, a alta capacidade regenerativa de seu corpo se assemelhava com o material que Ford estudava, o rapaz era um desses "vampiros".Assim que Arctus olha novamente para John este balança a cabeça em sinal afirmativo, apara confirmar com Arctus de quem o garoto se tratava e assim que eles param de falar John volta a se pronunciar.

    -E de certa forma eles conseguiram chegar em algum tipo de resultado... nas pesquisas digo. Você disse que fazia parte da equipe de pesquisa, em que parte você atuava? Pode detalhar mais o tipo de trabalho que vocês realizavam?- Espero para que ele fale algo e novamente olho para Actus- Agora se nós podemos ajudar...- John espera que Arctus complete a frase, não gostava de se meter muito nos assuntos burocráticos da Aliança, quem eles ajudariam ou qualquer coisa do tipo, não era pra isso que ele estava ali, não foi para isso que ele se juntou, mas a quantidade de avanço que sua pesquisa conseguiria com alguém na aliança disposto a realizar alguns testes seria impressionante, além de tudo o jovem ainda possuía certo conhecimento que poderia adicionar. Entretanto essa decisão não era dele para tomar, e assim, John esperou a resposta.
    Simon Black
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 475
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Sex Mar 02, 2018 11:41 pm

    Erik sentiu seu totem tentar uma comunicação consigo. Fechou momentaneamente os olhos, enquanto a moto seguia veloz, e tentou se comunicar de volta, entrar em harmonia. Uma energia aparentemente mística e voltada à sorte ajudou Abigail.

    Ao abrir os olhos, finalmente haviam chegado. Entretanto, aquela que era igual a ele desceu da moto e foi diretamente até a taxista. Ele ergueu as sobrancelhas e arregalou os olhos ao descer da moto e aproximou-se o mais rapidamente possível, conseguindo ouvir as palavras de Abigail.

    - Onde estamos? - perguntou, confuso.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1142
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Mar 05, 2018 12:06 pm

    Abigail, Erik e Myrella:


    Meggie Peyton: -Ei! Eu...Só segui o endereço!
    A motorista é agarrada e questionada sobre porque esta aqui, ela parece embrigada e confusa. Então, depois de ser jogada contra o próprio carro, ela mostra o próprio celular onde o aplicativo do Uber descreve que era na frente do hotel da Abigail e não na casa de Myrella o lugar que eles deveriam chegar. Quando a Dançarina Lassombra verifica o celular, o susto é imediato... Parece que realmente o celular é nítido isso não faz sentido, porque ela tem certeza que não digitou seu endereço...

    Em meio à calorosa discussão, Erik sente mais firmemente o ídolo que recebeu e diante de Meggie gritando tem outra visão sobre a entrada do prédio... Ao que parece muitos anos atrás... Algo ainda sobre os Cria de Fenris e a aliança que discutiram de se subordinar a um Campo da Tribo que era totalmente neonazista com o único objetivo de lutar contra o avanço cada vez maior dos Espirais Negras e o Sabá...

    Erik se lembra que nesse mesmo prédio foi a reunião... Parece que em 2004... Então um rápido flashback vem à mente de Erik, ele esta chegando para reunião e é cercado por vários Fenris cuja visão ele conhece bem...

    Líder nazista: -Erik, não é? Iremos ajudar seu campo sim... Mas tente entender que essa seita de vampiros do Sabá tem um vínculo delicado com o conglomerado da Pentex onde se encontram os Espirais Negros... É por meio dela que esses vampiros e os Dançarinos tem uma frágil união. Vamos limpar essa mácula sim... Se vocês todos aceitarem minha liderança sobre todo o Campo...

    E com isso o ídolo brilha novamente...


    Corvo: -Escute-me, Erik! Não estaria você trocando um mal por outro? Esses sujeitos... defendem a Raça Pura dos Garou... Ser um guerreiro não é proteger os que não sabem lutar?


    Com isso, novamente Erik volta a ver Myrella e seu irmão Gael levantando-se e saindo do carro aflitos sem entender o que esta havendo.

    Off: Abigail precisa fazer um Teste de Inteligência+Computador para ampliar as teorias sobre o que aconteceu.


    Ford:
    Ford espera que o mago responda sobre a intervenção deles no centro do FBI, assim como pergunta para Alex sobre seu trabalho de pesquisa.

    -Eu venho de uma família na Romênia chamada Obertus, são muito famosos entre esses obscuros ocultistas. Eu sempre achei tudo isso ridículo, mas a ideia de pesquisa era algo parecido com os mitos de Frankstein, Drácula e a Múmia... As conversas de muitos membros da minha família sempre pareceram uma reunião de roteiristas de filmes série B da Universal Pictures... A coisa ficou ainda pior quando começaram a falar também de seres das profundezes do mar que deram origem à vida e lobisomens. Eu sou geneticista! Um ser humano racional!



    -A Romênia sempre teve ligada a esse tipo de charlatões, na década de 90 recebíamos em minha casa vários astrólogos e místicos de todo tipo... Aquilo me irritava... Eu não podia perder tempo com essas bobagens, mas sempre me diziam que nossa família tinha o DNA perfeito... Aquela loucura parecia misturar magia com ciência... E diziam que nossos estudos levaria à descoberta do mais perfeito ser vivo em 2017... E infelizmente comecei a descobrir o quanto estavam certos... Nossa pesquisa no entanto foi tomada por nossos financiadores, curiosamente uma rede de restaurantes Fast-Food da família O'Tolley... Suspeito que vão usar o que descobrirmos para modificar pesticidas e os animais com o descarte de nossas descobertas... O nível de manipulação que descobri por conta do sangue, literalmente sangue, de minha família é realmente gigantesco... Minha pesquisa cuidava disso na divisão de meu trabalho, ao que parece meu chefe Edward Simmons queria acabar com uma guerra entre...o que ele me dizia... vampiros e lobisomens... Acreditam? E trabalhou avidamente para reforçar comigo a Umbrella...  Em 18 de Novembro 2004 ele foi encontrado morto, dizem que atacado por um animal enquanto caçava no Canadá...Ele odiava caçar. Eu mesmo fui nossa própria cobaia... Antes disso, mas havia uma garota lá também, uma garota que me disseram que eu conseguiria encontrar se viesse falar com a juíza... Agora respondi tudo? Quando a polícia ira para lá?


    Arctus: -Em breve... Eu aliás, já estou preparando uma força tarefa para isso.

    Ford sabia que tinha já muitos dados, mas precisaria de mais análises sobre as amostras de sangue que colheu para explicar tudo que esta acontecendo.

    Daniel:

    O impuro vermelho observa atentamente tudo com bastante atenção. Depois ouve a pergunta sobre se haveria algum evento para distração.

    Ron: -Infelizmente não... Tivemos o Superbowl no mês passado, mas agora em Março não há nada... Temos o dia 8, parece que algumas feministas nas ruas, algo assim...Talvez um boato bem feito possa ser a sacada para...

    Nisso o telefone do Garou toca.

    Ron: -Ah, Arctus...Diga... Curioso você dizer que precisa de ajuda, também vamos precisar...

    Ele comenta mais uns instantes.

    Ron: -Então, garoto... Parece que a Aliança vai mesmo querer ir para o prédio do FBI ainda hoje, para impedir o Escorpião. Ao que tudo indica ele já esta para ir para o prédio dos Tecnocratas hoje à noite... Por isso, atacou Jasmine e Erik para nos distrair... Alguma ideia se podemos ir pra cima daquele hoje lá no décimo terceiro andar antes dele sair ou acha que temos de dar apoio nessa investida? Como você mesmo disse, a ação de vocês no hospital já deve ter posto muitos em alerta.
    Black Thief
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 350
    Reputação : 48
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Black Thief em Seg Mar 05, 2018 1:48 pm

    Inteligência + computador

    Black Thief efetuou 4 lançamento(s) de dados (d10.) :
    3 , 10 , 5 , 3
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1142
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Mar 05, 2018 3:17 pm

    (off: resultado do teste de Abigail... Você sabe que um hacker pode externamente gerar esse resultado e mudar o rumo do GPS )
    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2052
    Reputação : 1
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Portuga em Sex Mar 09, 2018 4:44 am

    Daniel coçava o queixo pensativo, as escolhas não eram óbvias e até era engraçado o lupino estar perguntando a ele, talvez seu charme tivesse funcionado bem demais...ou talvez...será que ele tinha problemas, que nem o enrustido da primeira conversa nesse mesmo bar....

    - Difícil, dar uma opinião ,já que não conheço as forças de nenhum lado, mas pelo que vi do Escorpião e do Ferroada, parece que ele é bem capaz de criar portais e enviar seus lacaios...talvez por esse única informação concreta, e repito, por essa única informação, um ataque sincronizado nos dois lugares, poderia leva-los aquela sensação de tipo..."AGORA FUDEU MANO! FUDEU DE VEZ!", os pegando de surpresa e os deixando sem reação...sei lá, é o que penseo pelo pouco que eu sei, creio que você e o Acthus devam conhecer e saber melhor medir as forças de ambos os lados...ele não ainda não está na linha, conte a ele o que eu te disse e pergunte o que ele acha! - com a mão ainda no rosto, observava as ações do lupino, enquanto isso...

    - AVA, acesse o backdoor que instalamos e mostre as câmeras do 13º andar...vamos dar uma olhada na movimentação, enquanto isso e ver se ta tudo em ordem...
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 249
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Sab Mar 10, 2018 3:49 am

    O rapaz menciona para o segredo sobre o DNA perfeito estar no sangue do garota e, apesar de um tanto quanto cinico sobre a parte do "perfeito", John fica ainda mais  curioso para estudar as amostras que colheu do rapaz. Aos olhos de Ford o DNA perfeito não existia, a partir do ponto que a perfeição não poderia ser alcançada e até como efeito abstrato ela falhava em sua função, trazendo para o mundo biológico perfeição nada mais era como pontos de vistas,e assim ele deixa escapar.

    - Perfeição?

    Arctus: -Em breve... Eu aliás, já estou preparando uma força tarefa para isso.

    - Não sei se precisará da minha ajuda, mas acredito que seria útil nessa...- ele parece perder as palavras por um tempo, quando volta  a frase tenta completar com algo que talvez não fosse a melhor palavra e faz com que ele mesmo indague se ela encaixa na frase.-... expedição?- Retomando uma linha mais racional de pensamento ele continua- Não vou mentir. Adoraria  analisar as amostras de imediato, mas o processo de escaneamento de DNA é muito lento, se puder deixar as amostras sendo analisadas em meu laboratório antes de irmos acredito que conseguiria mais alumas informações uteis para a pesquisa. E eu também fiz algumas melhorias na arma de raios que precisava testar. Em espécimes. Vivos. Humanoides.

    Antes de seguir seu curso Ford fala ao garoto para procurá-lo mais tarde se quisesse saber mais sobre a sua situação de vampiro.
    Simon Black
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 475
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Dom Mar 11, 2018 1:32 pm

    Erik se encontra confuso. Imagens voltam a embaralhar sua mente e ele percebe-se naquele mesmo lugar que se encontrava agora, mas em outra época. A sucessão de flashes que o acomete naquele instante fazem com que ele perceba pouco a pouco pequenos fragmentos de seu passado, presente e futuro e ele, se passando por um coletor, busca juntar as partes para que alcance o todo.

    As palavras do corvo concluem aquela etapa do processo. Suas memórias e lembranças ainda são uma bagunça, mas cada vez mais informações chegam a ele. Espirais negras, Pentex, Sabá... mais palavras, mais gestos. E uma única certeza.

    Ao abrir os olhos e encarar o que acontece, ele vê a garota que acabara de dirigir o carro encostada no carro, temerosa e aflita. Ele aproxima-se lentamente dela e murmura:

    - Desculpe-nos pele ocorrido... - respira fundo e seus olhos estão cravados nos dela, o tom de voz é baixo e ele tenta fazer com que ela se acalme - Algo deve ter acontecido. Queríamos ir para a casa dela... - e apontou para Myrella - Mas você nos trouxe para outro lugar... Ninguém lhe fará mal por isso!

    Respirou profundamente e sorriu levemente para ela. Virou-se então na direção de Abigail, pois percebeu como a garota estava assustada.

    - Algo deve ter acontecido na chamada. A culpa não é dela, Abigail, não há porque descontar nela! - exclamou e ficou a frente da garota antes de concluir - Conseguiu descobrir algo aí? - perguntou, ao ver que ela mexia no aparelho.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1142
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Mar 12, 2018 11:18 am

    Erik:

    Abigail: -Foda-se, Erik! Descobri sim! Que essa vadia não vai dirigir bêbada e ainda vir para cá sem explicação, quem quer que esteja usando ela não vai se importar dela sumir e eu preciso me alimentar... Já que já estamos aqui subamos para meu apartamento... O dia raiará em breve e precisamos terminar a porra do ritual de purificação! Então sem piedade, Fenris!

    A Lassombra sorrindo ainda cinicamente apenas comenta olhando para os olhos da garota para ser seguida e com isso rapidamente a jovem a acompanha estática, como se fosse arrastada pela personalidade de Abigail. A garota segue para dentro do prédio junto de Gael, Myrella e Erik sente como se algo estivesse muito errado com essa repentina mudança de comportamento dela de dócil para tão agressiva e sádica, como se ela tivesse sido tomada por uma loucura esquizofrênica repentina.

    O grupo caminha pela recepção, passa por um imenso hall no Hotel e finalmente alcança o elevador, o recepcionista apenas olha para Abigail e tenta dizer qualquer coisa, mas a garota apenas olha de volta sem falar nada e ele não entende o porquê de tanta gente, mas também como discreto funcionário se coloca em silêncio cuidado de sua função.

    Todos sobem até o apartamento de Abigail, Gael esta confuso e pergunta assim que entram.

    Gael: -O que você quis dizer com se alimentar?

    Erik tem então a sensação de que não contaram tudo a respeito de Abigail e ele para Gael. Ele sente que se disser que é tão Brujah quanto Cria algo poderá acontecer de bem grave. Em todo momento Abigail apenas mantém o mesmo sorriso cínico de quando usou dominação sobre a motorista do Uber.

    Nessa hora a mente de Erik lembra desse mesmo quarto, era aqui que houve a reunião onde os Fenrir, o grupo vinha de uma linhagem de dois campos: "A Mão de Tyr" e "A Espada de Heimdall" ambos se unificaram em um grupo de inclinação fascista... O Campo da "Lança de Odin" estava sentindo os lobisomens estavam se estinguindo e que o Apocalipse era eminente... o ano é 2004, oito anos atrás... Estão em Outubro... Igual agora... Ele estava exatamente nesse mesmo quarto, nesse andar e nesse prédio... Foi aqui que ele subiu junto dos Fenrir que lhe perguntaram se sua Matilha dos Guerreiros da Tempestade aceitariam o acordo...


    Francisco Xavier: -Vamos, Erik... Me explique logo... Os Guerreiros da Tempestade estarão subordinados a nós ou não?

    Erik sente que teria de responder pelo grupo. Ele se lembra que a matilha ficou dividida entre aceitar e negar, seria ele quem deveria decidir.

    off::
    Off: O Felipe não esta mais jogando nenhum jogo de fórum, a Abigail irá virar um NPC e enquanto a interprete da Myrella também não volta, ela também... A pergunta dentro do seu flashback é como se fosse em tempo real, você pode responder como achar que deve. O que você decidir será parte da sua memória...


    Ford:
    -Doutor Ford, se quiser me acompanhar será sim um prazer. Vamos levar as amostras, enquanto a juíza ajudará o senhor Mercer... Foi um prazer, senhor...

    Ambos saem pelo corredor e Arctus continua a falar com o cientista.

    -Ao que parece são os Obertus, eu já havia ouvido falar deles, mas achei que eram lendas balcânicas para assustar criancinhas. São uma família de filhos de vampiros, chamados Dhampyr e Revenants... Ao que parece nascidos naturalmente com o sangue dos mortos vivos em suas veias, produzindo isso desde sua gênese. Veremos se seus estudos confirmam isso... Ao que parece os anarquistas que são nossos aliados pretendem entrar na base no Hotel Plaza essa noite e nós vamos para a sede do FBI, pelo que ouvi o plano deles é confundir nossos adversários.

    As duas figuras misteriosas saem da delegacia e entram no carro rumando para o laboratório de Ford.

    Daniel:
    Daniel fica surpreso com tanta confiança depositada e chega até a desconfiar de até onde vai as intenções do lupino, ele concorda com o ataque em dois focos e sorri.

    -Arctus, iremos entrar no Plaza hoje. Continue com sua ação no FBI, dessa forma minamos o Escorpião por duas vias.

    Enquanto Ron conversa com Arctus, Daniel tenta ver o que AVA esta conseguindo ver pelo sinal do hackeamento de câmeras que fizeram... no décimo terceiro andar, ele consegue adentrar na câmera dentro quarto com o símbolo da Manticora.

    Lá dentro um Escorpião bem mais jovem aparece conversando em uma poltrona confortável conversando um homem que parece bem constrangido


    Escorpião: -Você entende, Bob que não posso continuar com isso se você não fizer sua parte. Eu fiz um acordo com vocês, um acordo onde cada presa deve ser digerida pelas suas tropas... E olha só o que aconteceu, Erik escapou e ainda voltou com pessoas para libertar a garota que iriamos devorar...faz ideia do quanto hoje à noite tudo pode ficar confuso...?


    Pennywise: -Eu sinto muito, senhor... Mas ele estava com o ídolo... E por tanto temos de honrar as leis antigas, fizemos tudo que poderíamos dento dessas leis, as mesmas que o senhor aceitou seguir.

    Escorpião: -Bob...Bob... Eu estou faminto e o Rei Unseelie esta faminto. Preparei tudo para aqueles dois e vocês não me disseram que ele tinha um simbolo contra seus Antigos... Se não der um jeito, vou ter de jantar vocês, estamos entendidos?

    Pennywise: -Também temos fome, senhor... Tenha compaixão.

    Escorpião: -Bob... Minha bondade é infinita! Agora vá, eu tenho de pensar em como atrair outras vítimas... Ou você vai querer se fantasiar de novo de palhaço por aí pra isso?

    O grupo sai e deixa o garoto sentado na poltrona em frente à mesa, ele a vira dando as costas para os funcionários e fica olhando pela janela. Aquela conversa parece muito esquisita, AVA então focaliza o corredor onde todos saem e se dirigem para o elevador. Ao que parece, o Escorpião esta na forma de garoto e sozinho.

    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2052
    Reputação : 1
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Portuga em Qui Mar 15, 2018 12:09 am

    Os olhos arregalados demonstravam a incredulidade do que era visto na tela do smartphone

    - What the fuuuuuuuuuuck!!!

    Com olhos e boca abetas, enlouquecidamente, começava a estalar meus dedos para chamar a atenção de Ron, enquanto este ainda falava no telefone, e apontar pra tela com o indicador.

    - AVA o que acha que está acontecendo? Que porra é essa!? o que houve com o escorpião?

    - Pelo que entendi, eles parecem famintos, não? Mesmo que estejam talvez, preparando uma armadilha, como nós, não iríamos aproveitar essa chance!!! Acho que hoje a noite, o serviço de "Delivery" será bem efetivo! -dizia num tom maligno enquanto brincava com seu queixo

    - AVA será que conseguimos marcar um encontro com o escorpião, através de uma magia com espírito e correspondência, do tipo, já que ele perdeu o ferroada, posso oferecer a ele meus serviços, e assim o tirar do hotel, enquanto os lupinos destroem todo o lugar e aqueles capangas, o que acha? claro, algumas preparações seriam mais que necessárias se quisesse sair vivo, mas quanto maior o risco, maiores as recompensas, e além disso estava ansioso em descobrir algumas informações...
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 249
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Dom Mar 18, 2018 2:02 am

    Ao que parece são os Obertus, eu já havia ouvido falar deles, mas achei que eram lendas balcânicas para assustar criancinhas. São uma família de filhos de vampiros, chamados Dhampyr e Revenants... Ao que parece nascidos naturalmente com o sangue dos mortos vivos em suas veias, produzindo isso desde sua gênese. Veremos se seus estudos confirmam isso... Ao que parece os anarquistas que são nossos aliados pretendem entrar na base no Hotel Plaza essa noite e nós vamos para a sede do FBI, pelo que ouvi o plano deles é confundir nossos adversários.

    - Interessante, muito interessante, nunca ouvi de tal ato. Digo, a própria existência de vampiros por si só não faz sentido, mas até ai chegar a um ponto de haver uma cria deles com humanos, parece incoerente mesmo se você julgar as lendas dessas criaturas. Realmente intrigante... Espero conseguir bons resultados com essas amostras, talvez seja uma mutação e especiação da patologia, que ao invés de se transmitir fisicamente transmite diretamente ao embrião...- John continua murmurando algumas teorias, meio aquém de Arctus até certo ponto, mas assim que entram no carro ele retorna a conversa.- Enfim, confundir a tecnocracia pode parecer um bom plano, mas acredite em mim quando falo, essa galera é bem casca grossa, eles tem planos de contingencias para tudo que possa imaginar, eles tem divisões só para simular ataques no computador e pensar no melhor plano de ação. E a maioria de seus agentes os segue tão a risca que aqueles desalmados conformistas parecem maquinas algumas vezes, sem espaço para criação para a imaginação, mas isso cria ótimos soldados, a se cria. Eu nunca cheguei a dizer por quê eu saí de lá cheguei?- É possível notar que John ainda guarda certo repeito pela organização que participava, talvez inveja dos recursos que dispunha, mas pela forma de falar de sobre membros era claro que nunca voltaria a fazer parte dela e aceitar a unidade que eles defendiam.

    Conforme eles vão voltado ao laboratório Ford toca em outro assunto pertinente. - Arctus, não sei qual sua intensão, mas você ainda não mencionou nada sobre a tal garota que o rapaz... Obertus, sei lá qual o nome dele, falou? Ela é uma de nós? Ou essa é uma informação que esta alem da minha alçada? Afinal, se ela também tem ou teve contato com a pesquisa poderia ter informações muito uteis para minha pesquisa... e nossa causa claro. Mas deixemos isso para a hora das histórias, agora é hora de confusão. Hehehe. Quer que eu leve algo em especial, algum acido? Ou reagente especialmente combustível?- Tão rápido quanto tocou no assunto da garota Ford o tirou de foco, mais mesmo só para provocar Arctus e testar qual seria a reação dele, ver se tinha realmente esquecido ou se estava ativamente ocultando alguns fatos, não que importe muito para John. Pelo menos não agora.
    Simon Black
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 475
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Dom Mar 18, 2018 10:28 pm

    O próprio Erik encontra-se confuso. Mesmo sem rebater as palavras ditas por Abigail, seus olhos estão fixos nelas e ele tenta entender exatamente qual o problema dela e porque ela está agindo daquela maneira. Fica em silêncio, sempre a frente da taxista enquanto eles sobem, a mão apertando mais fortemente o cabo do martelo.

    Assim que entram no apartamento dela, novas lembranças parecem invadir sua mente. Numa nova sucessão de flashes, ele não se encontra mais no momento presente, mas sim 8 anos atrás. Um grupo de pessoas ao redor com expressões tão sádicas quanto as que Abigail. E uma pergunta, feita na lembrança, que se parece tanto com a pergunta que a própria Abigail lhe fizera horas antes.

    E ele lembra do Totem, da conversa de momentos atrás. Aperta mais firmemente o martelo. E fala diretamente para Francisco Xavier, tomando a frente de sua matilha, da mesma maneira que no presente tomara a frente da motorista:

    - Os Guerreiros da Tempestade estão sujeitos apenas à Gaia e Fenrir!

    Aquelas palavras haviam sido ditas em tom forte e poderoso e ele mostrara sua face mais séria e enfurecida.

    - Nós combatemos a Wyrm diretamente. E protegemos aqueles que não podem ser protegidos!

    E ficou novamente em silêncio, a mão apertando firmemente seu martelo. Enquanto ele lembrava, claramente, como eram A Mão de Tyr e A Espada de Heimdall...
    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2052
    Reputação : 1
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Portuga em Sab Mar 24, 2018 3:44 am

    Ainda, quando tivesse a oportunidade, Daniel, teclaria furiosamente em seu relógio, compartilhando seu real interesse com AVA.

    - Hum AVA, vamos contactar aquela máscara, talvez ela possa nos ajudar, ela pareceu não gostar muito do escorpião, ela pode ajudar-nos a pregar-lhe uma peça....afinal, inimigo do meu inimigo é meu amigo...hehehe...estou muito curioso e tentado sobre esse ritual transformador de Samuel Haight, talvez escorpião saiba de algo....vale a pensa tentar...o que acha?
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1142
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Ter Mar 27, 2018 9:05 am

    Daniel:
    Ron continua a ligar para outros números, ao que parece reunindo pessoas de sua matilha e membros dos Filhos da Anarquia para montar uma equipe eficiente que possa enfrentar as defesas do Hotel e armas, ele consegue rapidamente o pedido de seu novo aliado. E um colete que nas costas tem um ceifeiro segurando uma bomba com um "a na bola".

    Uma jaqueta típica do clube.

    Ava: -Deixa eu ver se entendi... Você quer marcar um encontro com o Escorpião e a Máscara para eles se destruírem? Olhe, Daniel... Talvez seja interessante, o que esta me preocupando mesmo é que grande parte do Hotel é o Santuário do Escorpião. Isso pode ser perigoso, mas quanto fazer um pacto com a Máscara pode ser algo que nos ajude sim. Ela realmente parece que estava sobre controle e não de livre vontade agindo. Seu ataque quintessencial com balas capazes de ferir seu padrão de existência acabou tirando ela do transe...

    Erik:
    Francisco Xavier: -Então é isso, nos fez perder tempo, Erik. Era por conta justamente dos tempos terríveis que se aproximam que faríamos essa união. Sabe o que dizem? Que caçadores estão surgindo para nos destruir a todos e que os humanos estão saindo da linha e em breve irão exterminar de vez toda nossa espécie... Seremos os últimos, Erik! E você no alto da sua arrogância... Irá dar as costas para nós?

    Nesse momento a porta do lado do quarto se abre e um sujeito aparece...



    Ele tem notórias presas em seus caninos superdesenvolvidos e esta com uma metralhadora cuspindo tiros muito mais rápido do que uma pessoa comum poderia fazer e atira contra o grupo de lobisomens neo-nazistas. Erik por reflexo tenta em uma fração de segundo se proteger voltando por onde entrou... E acaba esbarrando em mais alguém na entrada.


    Burk: -Vai à algum lugar, seu neo-nazista de merda?

    O sujeito parece tranquilo, meramente fumando enquanto um simbolo assustador em sangue escorre na parede destruída do corredor do Hotel atrás dele... Algo naquele sujeito que é menor que Erik assusta e intimida sem muito esforço.

    (off: Role sua força de Vontade)


    Ford:
    Ao tentar entender as motivações por trás da tal garota citada pelo Obertus, Arctus meramente arqueia uma sobrancelha e responde.

    Arctus: -Dizem que ela é uma vampira, mas trabalha com a Aliança apesar disso.

    (off: Role Manipulação+Empatia dificuldade 9)

    Simon Black
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 475
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Ter Mar 27, 2018 8:06 pm

    Teste de Força de Vontade

    Simon Black efetuou 5 lançamento(s) de dados (d10.) :
    6 , 9 , 3 , 1 , 9
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1142
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Abr 02, 2018 6:58 am

    Erik:
    Erik sente um respeito reverencial pelo vampiro em sua frente, como se não pudesse toca-lo ou mesmo levantar a voz contra ele. A intensidade da Presença dele na sala é tão forte que a sensação faz com que o Cria de Fenris queira recuar o que ele mesmo sente ser uma grande ofensa contra si mesmo.

    Atrás dele, uma batalha feroz começa entre os Garou que estava com ele e os recém chegados que continuam a atacar, só que agora ao invés de o fazer com disparos de armas são obrigados a sacar espadas e facas de prata.

    Esses vampiros vieram para cá sabendo dessa disposto a atacar lobisomens e sabendo da reunião, as palavras do Brujah fazem Erik pensar que ele dispensou de aliar sua tribo com o grupo nazista, mas que provavelmente um membro de sua matilha o vez.

    Em sua mente o nome de Andras vem imediatamente, foi ele quem ajeitou o encontro e era ele quem sabia que Erik recusaria o acordo... Era ele então quem provavelmente avisou os vampiros anarquistas... Tudo parte de uma armadilha, em que Erik caiu.

    O medo e o receio de atacar o vampiro na sua frente não se estende ao demais agressores, o Fenrir sabe que precisará se defender deles.
    Simon Black
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 475
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Dom Abr 08, 2018 9:35 pm

    Erik está claramente irritado. Pensar em Andras e em sua traição claramente fizeram com que o nórdico se enfurecesse.

    Entretanto, havia algo no olhar daquele vampiro que o fizera recuar. Afastou-se dele, a palavra neo-nazista em sua mente.

    - Acho que me confundiu com aqueles imprestáveis ali...

    Erik infla, respira profundamente e vai aumentando de tamanho. Com o martelo em mãos, ele busca transformar-se imediatamente em Crinos, mas sem atacar, esperando. O primeiro que vier para cima de si levará uma martelada.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1142
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Sex Maio 18, 2018 12:15 pm


    Erik:
    Erik tenta dizer alguma coisa para impedir a agressão ser generalizada, só que isso não ocorre...



    Balas de prata estão voando por toda parte, ele então acorda em um tempo depois... Sem entender exatamente o que aconteceu enquanto sua mente divagava.

    O Membro Garou abaixa a cabeça, lembrando dos tiros e a dor enquanto se agacha tomado pelo próprio sangue....

    ...e acorda...

    Quando levanta a cabeça esta em um bar de motoqueiros, cheios de pessoas de casaco com simbolo de um ceifeiro carregando uma bomba com o A  da Anarquia...


    Daniel:
    Ava: -Ok. Eu estou em contato direto com ela... Iniciando comunicação, recomendo extremo cuidado.

    A mente de Daniel avança como por fios e cabos de fibra ótica e se entrelaça nos aspectos espirituais da Umbra profunda em direção à cidade dos Mortos, nas profundezas ele escuta vozes...

    Abra os videos em sequência e deixe os sons tocar ao mesmo tempo.:




    As trevas são intensas... Daniel e AVA não veem nada, apenas escutam o choro e ouvem a voz profunda e assustadora da máscara surge nesse meio.

    Máscara: -Ora... que prazer te-los aqui... Vieram firmar o acordo?
    Simon Black
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 475
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Qua Maio 23, 2018 10:09 pm

    Erik pisca os olhos lentamente. Onde estava? Para onde foram os outros lobisomens? E os vampiros?

    Piscou os olhos novamente. Girou sua cabeça de um lado a outro tentando identificar quem eram aquelas pessoas, mas nada lhe vinha a cabeça momentaneamente.

    Será que fora a bebida?

    Perguntou ao bartender:

    - Que lugar é esse?
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1142
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Sex Jun 15, 2018 3:24 pm

    Tudo parecia estranho para Erik, ele estava em um bar com motoqueiros que pareciam estar se armando para um guerra.

    Novamente metralhadoras em todos os cantos... Como as que aparentemente acabaram de o acertar, e um homem aponta para ele a arma, conforme ele se move.
    Atrás dos homens reunidos a visão do mortal sol reluz fazendo o pálido coração morto do Cria de Fenris pulsar por uma fração de segundo.



    O simbolo então de anarquista na bomba do desenho do ceifeiro nas costas de um dos motoqueiros é bem impressionante...



    Anarquistas, metralhadoras... Era como se aqueles ali tivessem algo haver com sua morte, mais do que isso, sua morte parecia estar retornando diante de seus olhos.
    Ele estava confuso como veio do prédio de Abigail para cá, confuso sobre o que estava acontecendo, confuso sobre o que exatamente foi seu recrutamento. Teria sido planejadamente abraçado? Previamente transformado em uma...

    Abominação...?

    Sim, a impressão que ele tem por um momento é esse. Ele foi com seu grupo de Garous negociar com uma facção de nazistas dos Cria de Fenris e morto por Brujahs anarquistas e agora, esta no meio de lobisomens anarquistas... Sim, ele consegue sentir o fedor deles... algo que faz ele se recordar.

    Estavam trabalhando juntos para transforma-lo em... o que ele é hoje?




    Garota: -Você é ele, não? Erik. O lobo morto-vivo...? Eu ouvi que você viria. Estamos nos aprontando para o ataque ao hotel do Escorpião assim que anoitecer. Temos todas informações que foram dadas pelo Daniel. Onde esta a Abigail que viria com você?

    Nota do narrador: Estou voltando agora, com duas atualizações por semana. Critério de quem for ficar, vou manter um jogo só e aí terei tempo.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Ago 21, 2018 5:07 am