Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Parte lll: O olho que Tudo vê

    Compartilhe
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 270
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Ter Jun 26, 2018 2:28 pm

    Ao Ford mencionar sobre a tal garota Arctus parece ser defensivo. Talvez soubesse de algo que não queria falar. John olha para seu colega, tentando achar respostas.

    0ff:Voltando ao ritmo, valo lá Very Happy

    teste de manipulação(1) + empatia(0) dificuldade 9
    Jim Jones efetuou 1 lançamento(s) de dados (d10.) :
    10
    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2072
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Portuga em Qui Jun 28, 2018 3:22 am

    Aos poucos os ouvidos já estavam vermelhos, um bando de sons irritantes podia sem ouvidos do outro lado...

    - Bem, digamos que eu estava bem afim, até alguns segundos atrás, é...é....esse lado, ta meio parecido com um manicômio de crianças...parece que minha saúde mental, não seja tão forte, quanto eu pensava.... Após um breve momento de uma profunda respiração, para tomar ar novamente continua com um sorriso maroto...

    - Bem, tava eu aqui lembrando do nosso último encontro, sabe, reparei que não te dei nenhum presente...e deu para perceber sua relação acalorada com o escorpião...tenho uma ideia de lhe pregar uma peça, quem sabe talvez....bem, talvez nos possamos nos ajudar a lhe dar uma boa dor de cabeça!? O que me diz??? Interessado???
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1305
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Sex Jun 29, 2018 9:26 pm




    Daniel:


    Ah... um acordo...? Bem... Eu preciso de vida... de alguém... sempre precisei de alguém para ...existir... Você me fala sobre assustar Kevin Maccallister...
    Mas fala pouco sobre sua própria alma...

    Ava: -aiaiai, aiai... Daniel... Eu não gosto disso.

    (Off: Teste Carisma+Etiqueta (ou Lábia, o que for maior) e some sua Força de Vontade. Em seguida teste seu arete como um poder de controle de Espírito... Os testes descrevem sua capacidade de negociar com a Máscara tanto quanto de resistir às influências perversas do lugar.)

    Ford:
    Ford não consegue captar o que esta Arctus escondendo, ou porque o esta fazendo, mas notou que o mago não esta lhe dizendo tudo.

    -Entenda... Eu sei apenas que os Obertus são uma antiga família e pelo que vi é dessa família que precisamos saber alho. A garota acaba de chegar...


    Jesse Bloom: -Olá, Arctus... Pelo visto conseguiu seu especialista.


    A garota estava parada na frente do laboratório, sorridente, como esperando a reação dos dois com certa ansiedade.
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 270
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Dom Jul 01, 2018 9:22 pm

    Ford não queria forçar uma resposta de Arctus, muito menos acreditava que conseguiria se tentasse, então decidiu parar com as interrogações ali mesmo. John se apresenta para a garota com um aperto de mãos.- Prazer, sou John Ford. O especialista, acredito eu. Entrem, vou só iniciar o processo de analise dessas amostras e já estarei pronto. John abre a porta do laboratório e convida ambos a sentarem-se em cadeiras próximas. E sem mais delongas começa ligar o computador e pré programar uma bateria de testes para as amostras. Enquanto conduz o inicio dos teste ele pergunta.- Então? Qual o plano? Não vamos entrar lá pela porta da frente chutando bundas né?

    John vira a cadeira na direção dos dois e guarda algumas pilulas e um case de seringas que estavam em cima da mesa nos bolsos do sobretudo enquanto ouve o lano dos dois. Assim que terminarem ele estaria pronto para seguir para a instalação do FBI.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1305
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Jul 02, 2018 12:17 pm

    John Ford:

    A garota aperta a mão de John, sua mão esta gelada como a de um cadáver...


    -Sou "Jess" Bloom, cara. Você parece com um cientista louco de gibi, deve ser nosso dia de sorte.

    ...ela continua em seu tom irreverente tipicamente de uma californiana de Los Angeles, com a recente sensação de que Arctus usa de certas manipulações sociais para conseguir o que quer Ford sente que o sotaque e os maneirismo da recém chegada também guardem segredos.

    Conforme adentram o núcleo do laboratório, a jovem se apoia em um dos balcões e cruza os braços enquanto Arctus para pouco a sua frente se apoiando em sua bengala como um ancião. Ambos observam enquanto o cientista começa a observar as amostras de sangue...

    Enquanto observa minuciosamente as organelas dentro das células sanguíneas, a constatação é impressionante. É como se as plaquetas se realinhassem tão rápido que qualquer infecção se tornaria inútil... Tudo é visivelmente confuso, complexo e... apetitoso...

    Dentro de seu coração a pulsação acelera, e o desejo é intenso por tomar para si aquele sangue. Tão vivo e tão cheio de elementos que... talvez ele tenha visto em algum lugar... É alguma coisa mais poderosa que o sangue vampiro... é como se fosse alto consciente. Enquanto se fascina e se sente tentado a beber desse sangue ele pergunta sobre o plano.

    Jess: -Há algum tempo tenho vigiado uma seita de vampiros conhecidos como "Sabá", uma clara referência aos rituais de bruxaria da Idade Média. Eles adoram zombar de crenças cristãs como adolescentes fãs de Heavy Metal e usam isso como simbolo de terror. Na década de 50 esse grupo fez um pacto com um conglomerado de empresas que tem no bolso vários agentes do FBI, juízes e a máfia de Nova York. Minha intenção é me aproximar hoje a noite enquanto você colhe as amostras de pele e sangue que o escritório confiscou.

    Arctus: -Nossa agente  Wu Li já estudou as defesas, fazendo várias incursões dentro da secretaria com uma de suas operárias... precisamos agora ampliar a ação. Será simples, você entrará como um convidado da senhorita Bloom. Ela pode lhe fornecer informações sobre como se encontrar com o homem que cuida dos projetos das agências da Pentex. Leve uma de suas invenções para defesa pessoal que não use muito metal, há detectores em vários lugares.

    A mente de Ford se torna mais sombria, a visão daquele sangue potente ressoa com desejo entrópico, com poder colossal e ele mal consegue se manter ouvindo seus aliados.
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 270
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Qua Jul 04, 2018 7:17 pm

    John sente a mão gelada da garota e sorri ao comentário dela, enquanto esfrega as mãos para dar uma esquentada na mão que a apertou. Ford fica absorto vendo o comportamento extraordinário das células, ele sente um suor gelado escorrer pelo seu rosto, queria sentir aquele sangue correndo pelas suas veias, pular diretamente para a etapa de testes humanos.

    Ele começa  escrever algumas coisas enquanto ouve as respostas dos aliados, mas a cada instante ele olhava novamente para a tela para ver o comportamento do sangue, se sentia tentado a não ir, ficar e realizar alguns testes em si mesmo com nova amostra. Mas as ultimas palavras de Jess o fizeram mudar de ideia, talvez as amostras que o FBI tinha seriam tão ricas quanto essa. Ele devia ir, tinha que ir, coletar essas amostras. Mais tarde os testes. Pode-se notar que seu dedo indicador não para de tremer enquanto ele manda o computador organizar testes de longa duração na amostra. Estava tão entretido que mal ouve Arctus.

    - Detectores... Certo, certo.- Ele abre uma gaveta próxima dele, mas dessa vez sem tirar os olhos  do sangue tira algumas traquitanas. Entre elas um par de luvas de borracha, a mão direita da luva possuía finos fios de cobre que seguiam da palma até cada dedo, na palma da mão existe um suporte para uma pilha convencional. Era uma especie de luva de choques, cada dedo possuía ou um polo negativo ou um positivo, quando tocavam o mesmo objeto fechavam a malha e geravam uma corrente.ele encaixou o celular por um USB no computador e falou.

    - Vou passar os dados dessa amostra pro meu celular, talvez eu consiga gerar algum sinal com meu telefone que me ajude a localizar amostras próximas. Detectores, certo?- Ele fala de forma quase como se tivesse esquecido dos detectores de metal, mas parece relembrar quando tira a arma de raios no sobretudo e guardar as luvas de borracha no mesmo bolso onde estava arma. Ele aproveita e coloca um par de pilhas e um frasco de alguns estimulantes de fabricação própria no outro bolso. Alem disso ele levava o celular e a antena multi-uso consigo.- Acho que peguei tudo que poderia precisar, as luvas possuem uma concentração muito baixa de metais e o resto das coisas são relativamente mundanos para não atraírem suspeitas. Acho que devemos ir logo, não estou muito confortavel em ... Esperar mais para fazer os próximos... testes! Testes, sim. - Ele falava definitivamente com a cabeça em outro assunto, perdendo até mesmo algumas palavras que falaria.

    Ele pra mais uma vez e olha  para o sangue novamente. Sua respiração talvez esteja mais pesada, seu coração pulava do peito, seus dedos tremiam e seu olhar estava vidrado.   Mas aquele não er o momento tinha que se controlar, ao menos tentava.

    Off: Preciso fazer algum teste para resistir a "sede" ?
    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 520
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Qui Jul 05, 2018 2:02 pm

    Erik pisca os olhos. O homem em sua frente aponta-lhe uma arma. Aqui e acolá, visões perpassam sua mente, junto a um punhado de memórias. Como num jogo de quebra-cabeças, ele tentava decifrar sua própria mente. Ao mesmo tempo em que tentava entender o que de fato estava acontecendo.

    Era uma mistura de magia com realidade? Tudo aquilo se passara em sua mente? Como misturara sua própria transformação em vampiro, a ida à casa de Abigail e o momento atual no bar? Quem eram aqueles anarquistas? O que queriam com ele?

    Uma garota falou consigo. Encarou-a.

    - Sou Erik, sim. Quem e o que são vocês? - perguntou e suspirou, olhou para aqueles que ali estavam e voltou sua atenção para a garota novamente - Abigail parece que perdeu a batalha contra a fome. Ao menos, foi o que me pareceu... - seus olhos se voltaram para o bar e ele concluiu - Acredito que o melhor seja eu me alimentar antes de qualquer coisa!

    OFF: Estou em viagem, até anteontem estava sem acesso algum a computador. Agora estou com acesso restrito ao mesmo, só retornarei pra casa na terça-feira e a partir de então volto às postagens normalmente.
    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2072
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Portuga em Qua Jul 11, 2018 3:38 am

    Tinha preparado sua mente, e pensado e repensado as palavras certas como se um roteiro de filme fosse, mas ainda sim, nada o tinha preparado para aquela bizarrice de sons e aquele outro lado, era como um vórtex que tentava puxar e consumir sua mente e alma, tudo estava contra o relógio agora, não podia fica muito tempo naquela indefinição....

    - Olha, que tal, nos fingirmos que vamos nos aliar ao Escorpião, entramos em contato com ele, assim como fiz agora, oferecemos nossos serviços, e a minha inteligência sobre o grupo, e em troca ele nos conta como proceder com o ritual...aquele da Iggdrasil, da árvore gigante, você sabé né!? Puta que Pariuuu que dor de cabeça!!! Enfim, resumidamente é isso, creio que ambos nos beneficiaríamos, sabe...se você não tivesse tentando me dominar por completo....estaria digamos....mais a vontade em oferecer mais coisas....quem sabe depois de conseguirmos concluir esse primeiro passo, você até terá algo para atrair futuros hospedeiros...poder é sempre algo tentador...

    Claro que se ainda, não funcionasse, e a máscara não fizesse o trabalho de bucha de canhão, quando estivessem em contato com o Escorpião, ainda poderia se vingar passando, meio que sem querer uma mensagem com a localização dela, tanto pro Escorpião quanto para Pennywise, ele parecia bem triste no vídeo...


    - Bem, você tinha dado a entender que eu tinha o ajudado a se libertar da última vez...espero que você esteja passando bem esses dias, nem posso imaginar se fossem atrás de você... da forma que vão atrás de mim, se formos bem sucedidos...mas ainda posso te fuder...

    dizia com sempre um sorriso no rosto e de forma sarcástica...

    Rolagem:


    teste carisma+ lábia; nos próximos testes poderia ser manipulação...?
    total 4, gasto 1 ponto de força de vontade pra ter 1 sucesso

    Portuga efetuou 4 lançamento(s) de dados (d10.) :
    10 , 1 , 8 , 3

    teste ARETE, podendo gasto 1 ponto de força de vontade pra ter 1 sucesso, se puder gasto quintessencia no caso de ser mais fácil sentir ou ver/ ou de fechar e tapar a influência daquele lugar

    Portuga efetuou 2 lançamento(s) de dados (d10.) :
    10 , 4

    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1305
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Jul 11, 2018 7:42 pm

    Ford:
    John Ford se equipa de fios em uma luva de borracha, liga o celular e o enche de dados com as informações da amostra...

    (faça um teste de inteligência+Tecnologia para alocar corretamente seus equipamentos de forma eficiente em alguma emergência e leve em conta sua especialização de criatividade caso tire algum 10)

    ...e apesar de algo dentro dele desejar o sangue ele é capaz de rejeitar esse chamado se o quiser.

    Arctus: -Creio que há algo aí que te atraí, a senhorita Bloom te ajudará com isso depois. Eu creio que por hora temos um trabalho a fazer e não sei se poderei contar com toda equipe que eu planejava.

    Eles aguardam pacientes, é como se você soubesse que eles esperam que você beba... Ou é impressão sua?

    (off: Você pode resistir sem teste pois não tem a desvantagem de vício, apesar do sangue vampírico sempre ser tentador para um carniçal você ainda não é obrigado a toma-lo. Mas a interpretação é essa mesmo. )


    Daniel:
    Daniel se controlava e pensava em seu próximo passo, os sons entre as sombras do lugar o faziam se sentir mal enquanto tentava convencer a máscara, que agora se manifestava em um borrão flutuante de sangue de lembra-se de algum tipo de gratidão enquanto também a chantageava com o fato de que alguém poderia saber que ela estava ali.

    Apesar de ter calculado friamente suas palavras, por um instante o Mago sentiu que a entidade poderia ver além de sua casca socialmente manipuladora e se fechou com grande esforço vindo do fundo da sua alma para se manter novamente distante enquanto barganhava com o assombroso ser.

    E nisso a Máscara responde em outro tom de voz:

    - Então... temos em comum o Escorpião como inimigo? Curiosamente você também quer me ajudar com mais servos. Mas estaria disposto a trocar seu... como chama...?  AVA... por mim? Eu posso lhe te oferecer muito mais do que o ritual de Iggdrasil. Quer seduzi-lo a ajudar? Poderia me vestir... Como outros heróis fizeram no passado... Sim, mortal! Muitos outros usaram meu simbolo como proteção...

    Várias pessoas aparecem na mente... ao que parece são quatro mulheres, com maquiagens que lembram vagamente a que Sting usava saindo da escuridão e olhando para Daniel, se insinuando.



    -Elas podem ser suas servas, Daniel. Posso realmente te dar tudo que desejar... mas se ousar me trair eu aumentarei seu tormento de forma muito pior do que eu tenho reservado ao Escorpião! Irá se apresentar para ele? Qual seu jogo?

    Ao que parece, o mago tinha atenção da máscara. Ava, parece em silêncio e isso preocupa um pouco.

    [img][/img]

    Então a entidade se transforma em um círculo azul com uma pirâmide com olho que pisca enquanto ouve atentamente o que Daniel tem a dizer.


    (off: A partir de agora pode rolar manipulação+lábia e pode somar seu valor na esfera espírito na parada de dados quando tratar com a Máscara)

    Erik:


    Antes que a garota responda um rapaz se esgueira por trás do sujeito armado e o afasta, comentando em seguida.


    Lonnie Machin:-Relaxe, Eric... Eu já soube da Abigail. Acho que o problema esta sendo onde nos focar, Arctus quer uma limpeza na empresa protegida pelo FBI... mas seu amigo Daniel quer dar uma fiscalizada no hotel do Escorpião, mas parece que ele esta "viajando"... Meu nome é Lonie Machin, somos os Filhos da Anarquia. E seu colega esta ali "meditando" parado faz um tempo... se puder nos ajudar.

    Lonnie aponta para um canto do bar e Erik reconhece Daniel em transe, sentado em uma das mesas aparentemente fora de si como se estivesse catatônico.
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 270
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Dom Jul 15, 2018 1:13 am

    John começa a guardar os equipamentos, usava bolsos da calça e do sobretudo para guardar as coisa

    Arctus: -Creio que há algo aí que te atraí, a senhorita Bloom te ajudará com isso depois. Eu creio que por hora temos um trabalho a fazer e não sei se poderei contar com toda equipe que eu planejava.

    - A sim... Claro é melhor mesmo, depois...- ele fala pensativo, comum tom meio triste, alguma coisa o dava a impressão de que eles talvez esperassem, mas provavelmente era só uma impressão.- Vamos logo então.- falou com um tom mais assertivo, seguido de um sorriso pouco confiante.- Não se preocupe, acho que esse cientista maluco aqui vai ser mais do que você poderia imaginar.


    off testede inteligencia+Tecnologia(4+3) com especialização em imaginação.
    Jim Jones efetuou 7 lançamento(s) de dados (d10.) :
    2 , 2 , 5 , 9 , 2 , 4 , 5
    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 520
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Dom Jul 15, 2018 8:15 pm

    Erik ouve o que o homem, que se apresenta como Lonie, tem a dizer. Então eles já sabiam de Abigail. Em seguida, ele cita um colega seu. O lupino olha na direção que aponta e reconhece Daniel.

    Levanta-se da cadeira e vai até ele.

    - O conheci rápido. Espero que fique bem, mas não sei o que está acontecendo com ele. Talvez tenha haver com o tal escorpião, ele tentou jogar com minha mente num táxi... - diz e então segura seu totem do corvo em uma das mãos enquanto coloca a mão sobre o ombro de Daniel.

    Esperava lhe passar sorte no que quer que ele estivesse passando.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1305
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Ter Jul 31, 2018 11:37 am




    Erik:
    Quando Erik se aproxima preocupado gentilmente de seu amigo as pessoas em volta ficam admiradas, ele é provavelmente o Brujah e o Cria de Fenris com mais compaixão que tanto o clã quanto a tribo poderiam ser. O vampiro garou sente passando uma benção do poderoso Odin sobre seu aliado, assim como por instinto sente os pelos da sua nuca arrepiarem quando algumas pessoas ao redor parecem perceber a ajuda que ele deu e não gostar disso.

    Outros, como o anfitrião Lonnie, parece ver tudo isso como algo natural, na verdade ele sequer parece ser um desperto para o sobrenatural de qualquer natureza vendo a ação como uma prece ou sortilégio típico de qualquer pessoa que acredita em qualquer coisa.

    Lonnie: -Eu acho que vai sim, muita gente fica nessa viagem por aqui. Bom, como eu disse ele esta na verdade bolando uma estratégia... Acho que depois de algumas cervejas isso é normal, não? hehe... Eu quero te apresentar para o meu padrasto, o Ron.


    Ron: -Oi, Erik. Bom te-lo conosco... Creio que você deve estar cheio de perguntas, especialmente sobre quem realmente é ou porque chegou até aqui. A verdade é que os malditos chegaram muito perto... Se tiver um minuto nós podemos conversar em particular, o Lonnie pode cuidar do seu colega.

    O homem mais velho fica aguardando a reação de Daniel.

    Ford:
    No caminho, o mago Arctus continua a conversa

    -Eu tinha um plano de me infiltrar pelos mesmos corredores que nossa jovem espiã chinesa nos trouxe, a senhorita Bloom também conseguiu grandes informações graças a ela. Eu pensei em irmos diretamente ao laboratório usando as credenciais que conseguimos falsificar e depois que tivermos as informações sobre o ritual posso contactar os demais Aliados que chamei para o serviço. Que acham?


    O carro vai cortando Nova York enquanto ...
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 270
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Sab Ago 04, 2018 12:26 am

    John ouve o plano um tanto quanto distraído enquanto olha pela janela.- Claro, parece um bom plano. Quem eu vou interpretar? Quero já ir entrando no personagem haha.

    O tempo passa e Ford acompanha o caminho ao olhar pela janela, entre as luzes da rua vê seu próprio reflexo no vidro da janela. Mas por um breve momento ele vê um tipo de astronauta, por me não um comum usava uma roupa retro-futurista e seu capacete totalmente de vidro era negro e ofuscado impedindo enxergar o que havia lá dentro, durou apenas entre um piscar de olhos, mas o cientista percebeu, talvez estivesse cansado demais, talvez deve-se ter injetado aquele diferente e vicioso sangue. Apesar de estranha essa visão começava a se tornar mais comum nos dias recentes, quando muito cansado por longas noites de pesquisa, ou em  seus sonhos, algumas vezes não a via por dias ou semanas, até meses, e nunca por mais do que alguns mínimos instantes, mas a ocorrência tinha aumentado, principalmente após a introdução daquele estranho sangue em seu sistema biológico.

    Talvez alucinações, pensava o cientista tentando racionalizar. Alucinações que  foram catalizadas pelo sangue, ou alguma coisa do tipo, as ideias ainda não passavam de um esboço e faltava as devidas informações para teorias mais coerentes.  Por fim ele resolve parar de pensar nisso e começa a bater um papo com a garota que estava com eles.- Jess...né? Me conta mais sobre você, se vamos invadir entrar nessa juntos tenho que saber para que eu posso contar com você e para que eu não posso.- Ele da uma enfase na parte final- Você não é como o Arctus, como nós digo, você não possui nossas capacidades certo? - Ele tinha uma quase certeza de que ela não era como eles. "Desviante da realidade" era um termo que surgia com certa frequência quando sua antiga aliança comentava algo sobre pessoas diferenciadas, não que ele desse importância a esse tipo de conhecimento na época. Ele acredita que a garota se encaixaria bem nessa descrição.
    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 520
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Sab Ago 04, 2018 4:01 pm

    - Olá Ron, é bom estar por aqui. Tenho vários minutos, é claro que podemos começar! - respondeu encarando-o e retirou a mão de cima de Daniel, guardando seu totem.

    Olhou para os lados, ergueu as sobrancelhas para aqueles que lhe olhavam atravessado. Murmurou:

    - Sim, quero saber quem realmente sou. Os últimos dias foram insanos, as coisas parecem mudar constantemente e fico, realmente, sem entender o que está acontecendo. Só sei que, independente de qualquer coisa, pretendo afundar a cabeça do Escorpião com meu martelo.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1305
    Reputação : 23

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Ago 08, 2018 7:12 pm

    Ford:
    No caminho Arctus coloca o rádio bem baixo, a estação esta tocando com uma música  de David Bowie chamada Space Oditty.



    John só nota a música um pouco depois de terminar de perguntar para Jess sobre seu passado, ele não consegue  evitar de pensar que viu de novo o astronauta flutuando pela lateral do carro conforme percebe a música tocar. Nessa hora a jovem começa a responder as indagações do cientista.

    - Não sei exatamente o que você pode descrever com "como vocês", eu posso adentrar em lugares sem ser notada. Posso garantir de chegar até onde vocês estão mais rápido do que qualquer pessoa viva...

    Ela sorri ao falar sobre viva e o tom de voz dela muda para quase o de uma gargalhada, ela enrola um dos fios de cabelo nos dedos enquanto se volta para olhar aparentemente para o mesmo lugar que Ford viu o astronauta e continua a falar.

    -... pelo que "Dean" me contou, vocês irão até o centro do núcleo, se passaram por fiscais do governo preocupados com gastos excessivos em recursos de tecnologias especialmente por esse escritório aqui em Wall Street.

    Arctus dirigindo a interrompe em um tom de voz preocupado.

    -Serei Dean Winchester, representante do ministro de segurança pública do estado de Nova York e você pode ser apresentar como John Ford. Eu consegui para você um emprego de fachada em Washington que poderá ser útil.

    Jess: -Não deixe que ele tente te enganar, Doutor Ford. Esse é mesmo o nome dele...

    Arctus: -Meu nome é Arctus, em qualquer lugar que eu estiver.


    Ele comenta rispidamente enquanto a música continua a tocar.

    Teste:
    Off: Teste Avatar+Força de Vontade dificuldade 8. Se conseguir dois sucessos pode interpretar uma maior conversa com seu avatar por mais tempo dentro de sua mente. Além de entender alguma relação de semelhança entre o Major Tom da letra da música e ele... Se falhar, o relance foi tudo que você viu e terá de esperar mais meses para o reencontrar.

    A conversa termina no momento em que estacionam há algumas quadras do prédio, os três descem, Jess sorri e se afasta olhando para os dois enquanto vai andando de costas para um beco.

    -Eu sei outra entrada, irei acha-los lá dentro assim que precisarem.

    Os dois adentram sem dificuldades pelas imensas portas do saguão, ali seguranças vestindo ternos pretos caros e de óculos escuros e escutas em suas orelhas dão total passagem para o elevador em um silêncio sinistro quando Arctus meramente mostra o cartão que carrega consigo no bolso.

    É tal ação que faz com que vocês evitem totalmente o detector de metais. Após subirem alguns andares, vocês chegam ao vigésimo segundo. Onde várias salas de laboratório podem ser vistas e é de uma dessas que aparece




    Carrie Hogarth: -Doutor Winchester e Doutor Ford. A que devo a honra da presença de representantes do ministério da Tecnologia. Eu sou a doutora Carrie Hogarth, advogada do conglomerado da Pentex e represento os interesses da divisão de serviços especiais. Tenho certeza que irão se impressionar com o progresso que temos feito.. Há algo em que eu possa guia-los?

    Arctus: -O especialista em ciência é o doutor Ford. Creio que ele possa ter interesses no desenvolvimento genético que vocês aprimoraram por via de clonagens por células tronco.


    Carrie Hogarth: -Ah, o senhor tem acreditado nesses boatos maldosos. Será um prazer demonstrar que na verdade o que fazermos são experimentos com óvulos doados não fecundados e esperma, não é nada ilegal tento em vista o modo com adquirimos legalmente tudo.

    Arctus: -Uma brecha na lei...Pelo visto você tem sido bem útil para o atual conglomerado... Pode nos levar às amostras de pele e sangue?

    Ford sente um arrepio em sua espinha próximo a essa mulher.

    Teste:
    Off: Teste Percepção+Consciência dificuldade 8.

    Carrie Hogarth: -Certamente

    Carrie abre uma porta dupla, lá dentro se pode ver vários pedaços de pele de animais em imensos tubos de ensaio gigantescos. E sangue... um imenso complexo de sangue flutuante boiando em quase quatro litros.

    Há cerca de quinze cientistas na sala e vocês se encontram com mais uma mulher que parece vigia-los como administradora... Mas pelas expressões preocupadas e assustadas diante dela, Ford se pergunta se ela não estaria ali como carrasca. Quando ela se volta para Ford, ele enxerga um turbilhão rodeando como em direção a um buraco negro.


    Persephone:-Então traz pessoas para o laboratório sim me avisar, Carrie? -

    Teste:
    Off: Teste Coragem+Avatar dificuldade 8.

    Carrie Hogarth: -Acalme-se, Persephone. Esses dois tem autorização para verificar tudo que esta sendo usado do dinheiro público nas pesquisas... senhores, essa é nossa chefe de segurança.

    E na mente de Ford, outra música do David Bowie sobre o espaço começa a tocar enquanto ele observa as estrelas rodopiantes desaparecerem ao redor dos olhos de cigana dissimulada de Persephone.


    Erik:


    Ron: -Você foi trazido de volta a vida por nós, Erik. Armaram para você... Há meses estavamos de olho naqueles Crias de Fenris. O grupo nazista tem planos para colocar Donald Trump como presidente dos Estados Unidos... consegue imaginar algo assim? Pois é, o Escorpião consegue... Ele é amigo do magnata desde os anos 90, odeia imigrantes...O garoto aprendeu a liberdade de pensamento. Tudo para aquele garoto é milimetrado, a violência dele aparentemente tão fora de controle e os festins de sangue que gera parecendo um Sabá na verdade são o contrário. São festa de comemoração da imposição da ordem... Ele serve à um grupo chamadoMastigoi, magos que se jugam os senhores de pesadelos... A organização tem a Manticora como símbolo... Eles nasceram de um conclave de magos que levaram os segredos místicos de Madame Bravasc queda dos nazistas pelos comunistas no final da segunda Guerra Mundial, se esconderam em Berlim e então recrutaram o garoto quando o muro caiu... Esta me acompanhando, Erik? Seus colegas que você foi encontrar... eram todos nazistas, os próprios Crias de Fenris durante a Segunda Guerra se dividiram entre defender Hitler e o caçar... Sabe, Erik... Os Brujah anarquistas estavam ali para matar os nazistas.... Você estava no lugar errado, hora errada... Precisavamos te trazer de volta, agimos errado com você... Depois, precisavamos de um lugar para te esconder... Dos demais... do nosso povo.

    Ele olha ao redor, aparentemente para ver se ninguém mais esta ouvindo vocês e continua.

    -...sim, Erik. Nosso povo... Eu sou também um Garou. Um maldito e deformado impuro, um "mulo", e sei que alguns dos nossos adorariam esquartejar minha carne pelo pecado dos meus pais e adorariam matar você por ter voltado dos mortos com o sangue dos Brujah... Por isso me aliei à Arctus, mas infelizmente ele agora dita cada passo nosso. Seu amigo Daniel chegou com novas ideias, os Filhos da Anarquia são parte da Aliança porém nós não queremos líderes supremos. Somos um grupo que se gere entre nós... Não há postos superiores se não o poder espiritual. Precisamos de sua ajuda, por isso eu não deixei você morrer e pedi para eles fazerem isso... Eu não tinha certeza se daria certo, mas deu... eu precisava contar isso para você... agora você sabe. Nós te tomamos de dentro do hotel e imaginávamos que sua amiga Lassombra tinha perdido o controle quando vimos o corpo da garota...

    Então ele aguarda sua reação.
    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2072
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Portuga em Sab Ago 11, 2018 2:08 am

    Logo após um leve bufo de alívio, mal acreditando que aparentemente estava convencendo aquela máscara dos infernos...o momento foi aproveitado para um breve descontração mas ainda assim com os ouvidos e sentidos atentos. Estava arriscando muito, e logo estaria arriscando de novo...claro a ganância era grande...mas sua pobre vida era apenas uma...o breve momento, foi aproveitado e tão logo houve a deixa, o rotineiro sorriso apareceu novamente...

    - Bem sabe amiguinha, quer dizer amiguinhas...vamos ser claros, tudo que puder aumentar meu poder e eu ainda puder manter AVA e continuar a trilhar no caminho da mágica verdadeira, ou mágica dinâmica como alguns chamam, será muito bem vinda! Poder, sem eu ter que perder, o "eu" de agora, isso é o que eu busco!

    - Talvez você possa me ajudar de outra forma, descobri que tenho sangue lupino, se você ou alguma das amigas, desculpe estou ficando confuso com isso, a trindade santa era o máximo que conhecia....essa "de quatro" de vocês me pegou de surpresa...pensava que você era uma entidade masculina....enfim, desculpe pelo meu momento autista, como estava falando, se vocês ou algum outro espírito, entidade da região conhecer ou puder despertar ou ensinar aqueles poderes super irados dos lobisomens, também seria da hora!!!

    De repente, um clique na minha cabeça, acompanhado com o som do estalar dos dedos (médio com o polegar), porra, como deixei passar isso....



    - Calma, você conhece os efeitos do ritual de Iggdrasil? Como faze-lo? Quais os prós e contras dele?



    Depois dessas questões forem finalmente resolvidas...



    - Bem, contra o escorpião, meu plano é simples, quero ganhar tempo, tempo suficiente para distraí-lo até ser tarde demais...você pode me ajudar nisso, podemos nos unir e nos oferece como ajudantes em troca de muitos benefícios, claro que não vamos de fato, e aí quando a confusão estivesse instalada, seria tarde demais, quem sabe, posso até lhe ajudar a arranjar o Pennywise, ou outro pau mandando como seu servo, claro que quem será, vai depender unicamente da sua sorte quando o momento chegar....e é claro, eu não pretendo falar diretamente com o Escorpião, afinal ainda não sou suicida, pretendia enviar uns espíritos mensageiros e no decorrer da conversa, no máximo abrir uma tela para nos vermos...


    teste manipulação - manipulação(5 - convincente, bom argumentador)+lábia(3)+espírito(2)+Voz Encantadora
    Portuga efetuou 10 lançamento(s) de dados (d20.) :
    17 , 6 , 1 , 16 , 6 , 5 , 6 , 12 , 9 , 12


    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2072
    Reputação : 2
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Portuga em Sab Ago 11, 2018 2:09 am

    Portuga efetuou 10 lançamento(s) de dados (d10.) :
    9 , 10 , 6 , 3 , 8 , 5 , 10 , 10 , 6 , 10
    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 520
    Reputação : 11

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Simon Black em Sab Ago 11, 2018 8:16 pm

    Erik fica em silêncio e ouve atentamente tudo que é dito. Pouco a pouco vai entendendo tudo o que aconteceu consigo, todas as imagens que passaram por sua mente nos últimos dias, todos os pensamentos confusos. Lembranças de uma vida que chegara ao fim... mas que, graças a um empurrão de Ron e dos seus, fora trazido de volta, dessa vez para uma não-vida.

    Colocou a mão direita a frente da boca, passando pelo queixo. Soltou o ar pela boca, controlando-se.

    - Então, você foi o responsável por arrancar minha ligação com Gaia? - murmurou e abaixou a cabeça, colocando a mão na frente dos olhos, voltou em seguida a encará-lo - Filhos da Anarquia... onde estão esses Brujah? - olhou na direção de Daniel e voltou os olhos novamente para Ron - Abigail perdeu o controle. Não poderemos contar com ela. Nesse momento, tudo o que quero, é dar um fim ao escorpião. E a esses aliados dele... depois, acertamos nossas contas!
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 270
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Dom Ago 12, 2018 12:09 am

    Teste de Avatar+Força de Vontade (4+5)
    Jim Jones efetuou 9 lançamento(s) de dados (d10.) :
    5 , 5 , 4 , 2 , 1 , 5 , 3 , 5 , 1
    Jim Jones
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 270
    Reputação : 6

    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Jim Jones em Dom Ago 12, 2018 2:39 am

    A garota responde as  perguntas de John, mas o mesmo se perde um pouco nas musica que tocava no carro, achou curioso o fato dela se tratar sobre um astronauta, mas nada mais que uma coincidência.

    -A certo. Pensei que você acompanharia a gente ao entrar. Enfim estava me referindo as pessoas "Iluminadas", ou "Despertas", mas acredito que você talvez não conheça a fundo o termo. Apesar de minhas pesquisas ainda não possuo um conhecimento exato da natureza do estado em que você se encontra, por consequência não consigo mensurar a extensão que a capacidades que pessoas como você podem atingir. É sempre bom ter uma noção das habilidades daqueles que nos cercam de qualquer maneira. Talvez você pudesse me ajudar em minha pesquisa alguma hora, seria de grande ajuda possuir conhecimento pratico de como é estar em tal estado.

    John desce do carro e quando acompanha Arctus a entrada da empresa .

    - Vamos Dean, temos trabalho a fazer.

    O doutor  fica um tanto quanto triste ao não passar pelos detectores de metal, pois isso significa que ele poderia ter trago sua arma de raios consigo, e o deixaria mais a vontade no ambiente desconhecido.

    Assim que são recebidos pela advogada Ford sente um certo desconforto e deixa "Dean" cuidar da conversa com a mulher enquanto apenas observa impassivo.

    rolagem Percepção +Consciencia(2+0) dif:8:
    Jim Jones efetuou 2 lançamento(s) de dados (d10.) :
    6 , 10


    Assim que eles entram na sala Ford começa a analisar o que esta sendo usado pelos cientistas tentando conceber o que eles estariam realmente fazendo naquelas instalações.

    - Senhora Hogarth, que tipo de pesquisas em especifico estão realizando aqui, saberia me dizer com mais detalhes, qual a abordagem estão seguindo ou o objetivo final da pesquisa? Acredito que possuem os meios de armazenamento e descarte adequado para tanto material orgânico assim. Teria problema se eu tirasse algumas fotos para adicionar ao relatório, seria um ótimo adendo.- Ele tira o celular do bolso, mas espera a confirmação ou não para tirar as fotos.

    A atenção de Ford é puxada para a figura que se destacava entre eles quando ela vira para ele e ele a vê como uma singularidade.
    Coragem+Avatar(5+4) Dif:8:
    Jim Jones efetuou 9 lançamento(s) de dados (d10.) :
    2 , 6 , 4 , 9 , 4 , 4 , 6 , 1 , 2

    Ele espera  que Carrie introduzi-los a mulher enquanto parece ter a impressão de ouvir outra musica  de Bowie.


    off:
    Acho que Ford tentaria fazer um teste de Percepção+Ciência(Lembrando que ele tem aptidão para ciência) para entender a pesquisa que eles estão executando ali.Se não for possível perceber isso em tão pouco tempo desconsidere

    Jim Jones efetuou 7 lançamento(s) de dados (d10.) :
    7 , 4 , 3 , 1 , 9 , 9 , 7

    Outra coisa que gostaria de saber é se poderia fazer um efeito de Ether(Primordio) 1 no local para observar o comportamento do mesmo, isso só seria possível caso fosse permitido ele tirar fotos do local já que ele usaria um aplicativo especial e uma pequena alteração na camera de seu celular para tal.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Parte lll: O olho que Tudo vê

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Nov 19, 2018 11:16 am