Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Kun Lun - (China)

    Compartilhe
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3349
    Reputação : 97

    Kun Lun - (China)

    Mensagem por spectro em Seg Mar 12, 2018 7:22 pm

    Depois da grande Floresta da perdição existe uma cadeia de montanhas onde em algum lugar entre elas um monastério de monges artistas marciais vivem e treinam incansavelmente procurando a união do corpo e do espirito, este local que alguns dizem que é o portal para outro mundo fica escondido dos olhos comuns, além de ser um local de difícil acesso, a região possui defesas naturais impenetráveis, no entanto poderosos monges cuidam do monastério nas montanhas, produzindo sua própria comida e se isolando do mundo a fora.

    A vezes que estes honrados guerreiros tem de sair de seu lar e explorar o mundo em busca de conhecimento moderno e assim não serem dizimados pelo tempo, Donovan Baine é um dos mestres do Monastério, ele partiu em uma missão, fazia tempo que não retornara, dias, já havia partido a quase um mês na verdade, Donovan era um homem sério, havia treinado muito com Mehri e Ju-long , então a dupla conseguiu dominar alguns estilos diferentes de luta devido aos ensinamentos de vários mestres.

    No monastério existia uma filosofia de que "ninguém é tão sábio que não possa aprender e que ninguém era tão tolo que não se possa ensinar" assim alunos e mestres se mesclavam e ambos se aguçavam com aprendizagens e ensinamentos.

    Além do Monastério havia uma ponte chamada de ponte do Destino, ao abrir os portões da grande construção dava de cara com esta ponte, ao atravessá-la um caminho ao redor da montanha ornava o local terminando este caminho em uma estrada que leva até uma pequena cachoeira cuja água desce pela montanha.


    E é ali que Mehri se encontra, de tempos em tempos os monges revezam para ver quem fica de guarda na entrada para Kun Lun, a terra deve ser protegida a qualquer custo, e ela junto de um outro monge estão de olho no local. O outro monge do monastério que está com Mehri se chama Jirai Lian é um rapaz que não é tão poderoso, mas é um trabalhador do templo muito eficaz, por ser um dos últimos a chegar no templo para treinar ele encara os outros com muito respeito tratando-os como se fossem superiores.


    Hoje o rapaz parece estar falante:

    - Senhorita Mehri, acha que algum dia alguém terá a audácia de invadir este local? Bem não que eu torça pra isso a final aqui é nosso lar, mas mestre Pan vive dizendo que temos que nos manter sempre alertas, ele disse também que Kilala teve um sonho, você sabe que os sonhos dela são proféticos, ele disse que ela sonhou que receberíamos uma visita, será que mestre Donovan voltará? Bem, se for ele tudo bem... O problema é ser pessoas indesejá... A desculpa estou te amolando né?!! - O Aprendiz coloca uma das mãos na nuca e sorri.

    Mestre Pan é um dos chefes do Monastério, ele é respeitado devido a sua cabeleira branca, mas sua idade não é o fator principal de ser respeitado, ele também possui grande conhecimento nas artes marciais e possui muita massa muscular para um velho, realmente não aparenta ter idade avançada.

    Kilala é uma moça de boa aparência que segundo os monges do monastério recebeu um dom divino, ela tem a capacidade de ter sonhos proféticos, dizem que quando bebê ela caiu no poço das almas e que sobreviveu a queda, quando foi tirada de lá em convulsões foi levada até mestre Pan que curou sua dor com seu Chi, o resultado depois de adolescente são os sonhos que pareciam prever o futuro, Kun lun tem mantido a garota a salvo desde então.


    Dentro dos portões de Kun Lun, na casa de Mestre Pan, existem duas pessoas:

    Pan está sentado a frente de Ju-Long, os dois meditam e a voz de Pan ecoa pela sala, uma fumaça vinda do fogo de um incenso que está entre eles percorre a sala, apenas a janela está aberta e uma porta de correr esta mostrando a fresta para outro cômodo da casa, mestre Pan fala enquanto suas mentes meditam:

    - Me diga Ju-long Dong! Você treinou aqui por anos, enfrentou treinamentos difíceis, e se habituou a vida no monastério aqui em Kun Lun, o reino místico, você mais do que ninguém entende que aqui é o portal para um reino sombrio chamado makai, o que alguns encaram como lenda, nós temos que encarar como a realidade, pois estamos escondendo e protegendo segredos de longas datas.

    Como Monge você deve ter a constituição inabalável como estas montanhas, para aguentar o frio, o calor, a chuva, as condições extremas dos climas, resistir aos venenos naturais e as doenças que afligem a humanidade, deve possuir os reflexos de um bom lutador, pois uma lança jogada ao ar é tão perigosa quanto o ataque de um falcão, pegar uma flecha no ar é tão importante quanto auxiliar um igual, sem um bom reflexo, seu corpo cairá diante das setas inimigas.

    Como guerreiro deve possuir uma vontade de ferro, não ceder ao mal que existe em cada um de nós, não ceder a culpa pelos nossos erros e assim concertá-los com nossa própria força de vontade, desrespeito jamais, submissão nunca!

    Jamais chegaremos a perfeição, apenas nos aperfeiçoamos de corpo e alma e nós treinamos para adversidades futuras, me diga embora não possamos ser perfeitos, qual qualidade você deve aperfeiçoar, digo, qual delas é mais importante a você neste momento? Resistir como uma montanha? Ter Reflexos de um Leopardo? Ou a vontade de um Dragão...?
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1023
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Gelatto em Seg Mar 12, 2018 8:53 pm

    Ju-long está há horas na presença de mestre Pan na sua sessão diária de meditação. Ju-long já meditara na presença de todos os mestres, bem como de todos os estudantes. Cada qual tinha sua aura, sua forma de acalmar o espírito e elevar a consciência, tal como uma árvore solitária testemunha a passagem das estações, a mudança do clima e a serenidade da natureza. Ju-long estava em paz.

    Nestes anos todos, mestre Pan nunca falara com Ju-long durante uma sessão de meditação. E hoje ele lhe dirigia a palavra. Ju-long mantém a surpresa para si, sem quebrar a meditação. Houve atentamente palavra por palavra. Cada frase lhe atiça uma lembrança de sua vida anterior. Cada lembrança lhe trás mágoa no coração. E esta mágoa é reprimida pela sua vontade. As emoções não devem tomar conta do seu espírito. Reprimi-las fora difícil no início, mas anos de prática o ajudaram. E então, mestre Pan lhe faz uma pergunta cuja escolha lhe parece óbvia demais.

    Ser uma montanha, um leopardo ou um dragão? A resposta deveria ser óbvia demais, afinal, Ju-long significa poderoso dragão. Seria um teste de mestre Pan? Haveria uma resposta certa? Haveria uma resposta errada? Haveria uma pergunta a ser respondida? A mente de Ju-long se enche de dúvidas e preocupação. Não! Não deve haver dúvidas na resposta! Sem sair da posição de lótus ou sequer quebrar a meditação, Ju-long responde calmamente:

    -"Mestre Pan! Sou muito grato por me acolherem no templo. Sou muito grato por me ajudarem a controlar meu coração. Sou muito grato pelos ensinamentos que me foram ofertados. Mas ainda tenho muito a aprender. Tenho muito a compreender de mim mesmo. Não posso me dar a chance de sucumbir às emoções. Não posso arriscar voltar a ser uma ferramenta do opressor. Neste momento, o que busco, é a determinação para não sucumbir à vontade do opressor. Neste momento, o que meu espírito busca, é a vontade do dragão!"
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3349
    Reputação : 97

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por spectro em Ter Mar 13, 2018 1:13 pm

    Mestre Pan acaba por sorrir mesmo de olhos fechados:

    - Boa resposta! Não existe uma resposta correta para tal assunto, apenas o que nós precisamos obter por meio de esforço, sua vida foi dedicada a repreensão a expurgar um mal e evitar que o poder secular o desfaleça, mas sua atitude até agora e seu esforço mostram que sua determinação inabalável o levará a ser um excelente lutador e exímio protetor do Reino de Kun Lun...

    FIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!

    Um apito muito alto veio da cozinha, local este que era através da porta entreaberta.

    - Nossa!!! Parece que o chá já está pronto. - Mestre Pan abriu os olhos e se levantou. - Já chega de meditação, vamos tomar um chá, agora.

    Ele foi até a cozinha e preparou o chá, demorou alguns minutos mas depois veio com dois recipientes, serviu um deles para Long, tirou o incenso do fogo para que o mesmo deixasse de fumegar, no porta incenso havia uma pequena imagem do Dragão Suanni que se assemelha a um leão, este dragão da mitologia chinesa é retratado como aquele que gosta de incenso e fumo e é usado para decorar portas de templos inclusive porta incensos como este.

    Suanni é um dos oito filhos do dragão, este ornamento tem muito simbolismo nas tradições chinesas, Mestre Pan sendo sábio e experiente pegou um pedaço de metal de sua gaveta em uma escrivaninha:

    - Eu pedi que confeccionassem isto para você, veja, foi banhado nas águas de nossa cachoeira sagrada, além de ter sido confeccionado com elementos das artes secretas do pergaminho do trovão, deixe-me colocar em você.

    Mestre Pan pegou uma chave de fenda e pegou o braço mecânico de Long e começou a acoplar o pedaço de metal na manopla, a figura do dragão brilhava na manopla:

    - Como diz a lenda o lord dos dragões teve oito filhos, um deles está gravado em nossos porta incensos, e este é o sétimo filho de lord Dragão, seu nome é Yazi, ele é um dragão guerreiro que segundo o costume os homens gravam sua imagem em suas armas, esta manopla terá a benção de Yazi...

    Depois que o mestre acoplou e encaixou a peça na manopla o dragão pareceu tomar cor e forma, se encaixou perfeitamente no pedaço de metal.


    - Tomemos nosso chá enquanto Yazi protege suas armas...

    Ganhos:
    Ju-LOng ganhou a proteção de Yazi por um determinado tempo, Iron Fist: Uma vez ao dia você pode manifestar o chi em seu punho e cancelar a rolagem de dados para dano, o dano será obtido como tendo tirado o número máximo no dado, se for 1D6 o valor será 6, se for 1D8 o valor será 8, deve informar quando usa o poder, assim caso erre o golpe terá utilizado o poder a toa.

    Seu personagem adicionou Bônus Base de Resistência a sua ficha, vontade de Dragão +2 na resistência Vontade, foi pra isso que serviu o questionamento de Pan...
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2890
    Reputação : 5

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Srta. Moon em Ter Mar 13, 2018 2:48 pm

    Mehri apenas coçava a cabeça pensativa, não entendia tanta agitação de seu amigo, no entanto deixou o mesmo seguir falando.

    -Tenho muito que aprender neste lugar, não quero presenciar uma invasão e não acredito em profecias...

    Mantinha-se com o olhar fixo no seu amigo, pensava que o tempo para ela não importava muito vivia muito mais que os humanos e viu muita coisa no entanto só a busca de conhecimento e artefatos antigos a motivava a ficar naquele lugar , graça a suas pesquisas.

    -Agora fique atento e pare de ficar me incomodando com as profecias da Kilala, ou eu vou espalhar para todo mundo que você gosta dela... Sorrindo ela tava um leve tapa nas costas do jovem.
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1023
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Gelatto em Ter Mar 13, 2018 6:55 pm

    Ju-long arrisca um sorriso de satisfação. Está feliz em não ser uma decepção para o mestre Pan.

    Quando o mestre volta com o chá, Ju-long aguarda ser servido. Com paciência, leva o recipiente à boca, curioso pela figura do dragão-leão no porta incenso. Como se lesse a mente de Ju-long, mestre Pan explica sobre seu significado, saciando sua curiosidade.

    Ao ver o presente de mestre Pan, a placa de ferro com a marca do dragão Yazi, o sétimo filho do Lorde Dragão, Ju-long permite que o mesmo seja acoplado à sua manopla. Esta manopla lhe fora um presente dos monges de Kun Lun quando chegou aqui há anos, fora batizada de A Garra do Dragão Adormecido. Os monges mais jovens creem que a manopla é alguma prótese mecânica, os mais astutos e mais velhos sabem que ela apenas protege uma mão deformada pela energia negativa do caos. Mas pouquíssimos sabem o que realmente a manopla protege.

    -"Mestre Pan, não sou digno deste presente, mas confio no seu julgamento, nunca trairei sua confiança. O templo já fizera muito por mim nestes anos todos, e eu nunca retribuí à altura. Mestre, como poderei saldar meu débito?", confessa o monge enquanto bebe mais do chá e sente a energia de Yazi lhe percorrer o corpo e apaziguar sua mente.


    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3349
    Reputação : 97

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por spectro em Qua Mar 14, 2018 2:10 am

    Jirai Lian ficou ligeiramente preocupado com as palavras de Mehri:

    - Q, q, q que...? Não faça isso, pelos três reinos!!! Como pode dizer uma coisa dessas? Dizer que eu... Que eu... Aiaiaiai... Não, nem pensar nisso!!! - Lian ficou totalmente ruborizado e se virou para trás para que Mehri não olhasse sua face vermelha como tomate.

    Lian ficou ali encarando a parede de pedra de uma montanha enquanto ele se recuperava, ele pigarreou por um momento e depois ficou quieto de vez, mas depois de uns dois minutos continuou a falar:

    - Você não teria coragem né?! - Olhou para Mehri encabulado - Você acha que ela gostaria de uma pessoa como eu? - Depois ficou mais vermelho ainda que antes. - Ops desculpe é pra eu ficar quieto né?

    Colocou a mão atrás da nuca e sorriu descaradamente, um sorriso amarelado e sem graça, logo os dois pressentiram algo, uma névoa subia pela montanha, o período ainda era matutino e os dois ficaram de olho no manto branco que subia pelo pé da montanha.

    - Nossa!!! Você viu isso? Que fenômeno esquisito, mas ao mesmo tempo é bonito!!!

    De dentro da névoa Jirai Lian e Mehri viram uma silhueta subir pela estrada natural da montanha, vinha a um ritmo lento de corrida, mas a sombra era grande, parecia uma pessoa grande, Lian ficou alerta...

    - Quem está aí? - Num salto pulou e ficou na frente da garota em posição de combate.

    O que se revelou era um velho, porém não era tão alto como a névoa mostrava, era apenas uma mochila de campista nas costas do homem que se avantajava acima da cabeça do velho que deu este aspecto.

    ?????:

    A garota de olhos claros reconheceu o velho, era mestre Gen, um dos mais destacados mestres de Kun Lun, havia partido há anos, na verdade dois anos e parecia que voltara sem aviso prévio a casa.

    - Quem é você? Afaste-se já!!! - Jirai Lian ficou nervoso, era um novato e não conhecia o homem, devido a Gen não responder, ele avançou para atacar o velho. - Vai aprender a responder quando te fazem uma pergunta, IIIIIAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!

    O velho apenas desfez sua posição defensiva e apontou para o jovem, Mehri sentiu uma pressão no ar, o chi do velho era algo lendário, diziam que ele podia até contra demônios.


    Jirai Lian foi arremessado para longe e bateu as costas em uma rocha grande, ficando lá estatelado!!!

    O velho coçou sua barba branca e analisou Mehri e logo a reconheceu, e deu um largo sorriso...

    - Faz bastante tempo moça, parece que se tornou uma bela mulher, a quanto tempo minha jovem?

    _______________________________________


    - Saldar o débito??? - Mestre Pan bebeu um pouco de seu chá. - Protegendo Kun Lun, dando sua vida a favor de nossa causa, aqui é um monastério que guarda segredos, segredos nos pergaminhos secretos de artes proibidas e seladas, segredos nas construções, existe em nosso meio como sabe um poço que não verte água, este poço é um portal para outro mundo, o mundo do qual você veio, o poço das almas é um dos locais a serem protegidos aqui em Kun Lun, cada parede e construção daqui tem seu simbolismo e retrata a realidade do misticismo que há ao nosso redor

    Novamente bebeu mas um gole, e esperou um tempo antes de continuar a falar:

    - Este lugar deve ser guardado, e cada Monge aqui tem esta tarefa, proteger os segredos desta construção, Kun Lun é seu débito e proteger a humanidade é seu salario, o poder do dragão habita em você, Mehri também tem sua função aqui, vocês dois são produtos do reino sombrio, mas trabalham em prol da luz, sombras e luz, em união formando o Ying Yang, estou certo que logo poderão realizar algo maior, para isso estão aqui, para algo maior até que o objetivo humano.

    Mestre Pan se levantou novamente e desta vez foi para a parte da casa que dava para outra porta de correr que levava a saída, de lá abriu a porta o que revelou a parte de fora do palácio, mas ele pegou uma pequena corda no canto do batente e puxou-a, desceu uma tela de bambu, na tela havia um desenho pintado a mão, obra de um artista, a imagem revelada era do zodíaco chinês...


    - Estes são os grandes signos Chineses, eles revelam um poder em cada característica dos animais misticos, são características que os homens manifestam, lembre-se que você é Long o Dragão, o poder deste signo habita em você, a vontade inabalável de resistir, as escamas do dragão são tão poderosas quanto o aço, lembre-se disso.

    - Não devia exigir tanto de Ju-Long mestre Pan...

    - Ah!!! - suspirou o velho.

    Era Kilala a garota que estava no templo desde bebê, agora era uma mocinha simpática e bela, ela entrou na sala e pegou no braço de Ju-Long...

    - Vem!!! Vamos dar uma volta, quero ir ao Lótus Garden...

    As vezes ela era espontânea desta maneira, conseguia até soar rude em certos aspectos, devido a sua qualidade de profetiza do templo, a única diga-se de passagem, as vezes parecia arrogante com os mestres, Mestre Pan apenas observou e acenou para que Long fosse com ela sem demora...
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1023
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Gelatto em Qua Mar 14, 2018 5:13 pm

    Antes do mestre Pan se levantar, enquanto explicava sobre o papel de Ju-long e de todos os monges de Kun Lun, o monge se abaixou em posição de perdão e com a rosto encostado no chão, proferiu:
    -"Me desculpe, Mestre, por ter esquecido da nossa tarefa sagrada!"

    Então, meste Pan revela a pintura do horóscopo chinês. Ju-long ergueu a cabeça para vê-la. Já a havia visto antes, mas hoje ela parecia ter um significado mais importante - confirmado pelas palavras do meste Pan. Ju-long era o dragão. Ficava imaginando quem seriam os outros símbolos quando teve seus pensamentos interrompidos pela presença de Kilala. Ela puxou Ju-long pelo braço, e o monge olhou para mestre Pan esperando seu consentimento. Ele consentiu com um aceno.

    -"Com licença, mestreeee!" Ju-long quase não conseguiu se despedir direito do mestre enquanto ia sendo puxado apressadamente da sala por Kilala.

    Acompanhando a jovem prefetiza, Ju-long ia a passos rápidos no ritmo da garota.
    -"Calma, Kilala, não precisa ter pressa! O Lótus Garden não vai a lugar algum!"
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3349
    Reputação : 97

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por spectro em Sex Mar 16, 2018 9:12 pm


    Kilala puxou Long por todo o caminho, caminhando rápido, em determinado ponto permaneceu agarrada ao braço dele com mais doçura, caminharam em silêncio até certo ponto onde falaram de assuntos triviais, o clima estava bom, apesar da neblina espessa que estava naquela manhã, porém a neblina não atrapalhava em nada, apenas mostrava que no período da tarde ou logo logo, poderia fazer um calor mortal, continuaram a andar pelas construções do monastério, em algumas casas, no telhado havia pequenas decorações, mas uma referência aos filhos do Lord Dragão, um deles era o protetor das moradias e podia extinguir o fogo, então os telhados eram ornados pelas figuras daquele dragão, e foi aí que chegaram no lugar onde a garota queria.


    Kilala finalmente soltou o braço do rapaz, e foi até o centro da plataforma e respirou fundo abrindo os braços, ela era uma garota disposta, mas as vezes não saía muito de seu quarto, sua pele morena contrastava com as das pessoas desta localidade, o cabelo negro usava trançado e havia ornamentos dourados em seus braços pernas e uma tiara na cabeça, seus olhos tinham uma tonalidade de castanho escuro, ela ainda era uma jovenzinha, mas parecia que a personalidade rebelde já estava despertando, em volta da plataforma havia um pequeno rio que circulava por ali...


    Ela fechou os olhos ainda de braços abertos, sentiu Long se aproximar, então falou pra ele:

    - Você disse agora pouco que o lótus Garden não ia a lugar algum, e eu também não vou a lugar algum, por causa deste dom de prever o futuro em sonhos e Bla bla blá!!! As vezes eu sinto raiva, queria explorar o mundo, me sinto um pássaro na gaiola, por que você não saí? Porque fica aqui o tempo todo? Deveria sair e conhecer pessoas e viver histórias por aí, ficamos aqui plantados feito árvores, ai, ai... Sabe as vezes odeio este dom...

    Ela olhou para Ju-long com um olhar triste, depois o abraçou forte.

    - Sabe o mestre Pan diz que você tem um Dom também, um Dom que vem desta mão deficiente sua, não sei se nossos dons são tão bons assim, uma sonha o outro é deficiente ah que grandes pessoas nós somos...

    Ela se desvencilhou do corpo de Ju-long e andou uns dez passos pra ficar longe dele e de costas pra ele, a garota já tinha seus 15 anos e ainda não havia saído do monastério, sempre se manteve ali desde que fora trazida quando bebê e jamais saiu, os monges eram extremamente rigorosos quanto a isso, Kilala não conheceu o mundo, e ainda por cima, seus pais foram mortos quando ela era um bebê, o pai da garota  a trouxe antes de morrer e ela ficou com os monges, era notável que não era chinesa devido ao tom de pele diferente, talvez por isso ela acabou se dando bem com Ju-Long que de fato também não era originário dali.

    - Porque eu não nasci igual a Mehri, ela não acredita nestas coisas, e seu eu não acreditar não importa se eu tiver os sonhos né? - Inchou as bochechas depois de falar demonstrando irritação...

    Informativo:
    Ela pode conhecer ou não seu passado fica a seu cargo, estou assumindo que apenas os mestres e Mehri tem essa informação, mas caso queira que ela também saiba não há problema é só mencionar no post. Ela fez as indagações, mas creio que não afeta o fato dela saber ou não pelo fato de ter pouca idade.
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1023
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Gelatto em Sex Mar 16, 2018 10:37 pm

    Ju-long nunca se cansara de andar por Kun Lun. Ele já vira diversos locais, diversas terras, mas nada como a beleza deste monastério. Seu mundo natal era sombrio, frio e devastado. Aqui, tudo era claro, bonito e calmo. Do lado de fora do santuário o frio do clima das montanhas era agradável, nunca mortal. Mas o clima aqui no santuário era agradável, muitas vezes fazia calor. Ju-long aprendeu a nunca reclamar desda dádiva que recebera em viver neste lugar.

    Kilala está no templo desde bebê, e Ju-long há tantos anos que já perdeu a conta, e nunca soube quem chegou no templo primeiro: ele ou ela. Mas um dia, enquanto treinava, lá estava ela, pequena, curiosa, bisbilhotando o treino. Desde aquele dia ele mantém uma amizade com a garota, tratando-a como uma irmã menor. E com o passar dos anos, por sua natureza, a idade pouco avançava sobre Ju-long, mas Kilala cresceu e continuará a crescer.

    Ju-long caminha pela plataforma até chegar na sua borda. Com as mãos nas costas e contemplando o horizonte, ele ouve o desabafo da garota. Ele gostaria de ter a resposta para seu dilema. O monge se vira para ela a fim de falar algo, mas acaba encarando seus olhos tristes e acaba sendo desarmado pelo abraço da garota.

    O monge coloca ambas as mãos sobre os ombros da garota, a afasta um pouco, e olhando calmamente para seu rosto, tenta consolá-la.
    -"Kilala! Não devemos ter vergonha ou raiva dos nossos dons. Não conhecemos todos os desígneos do universo. Aprendemos que todos tem um papel a desempenhar."
    -"Você tem um dom que lhe permite ver o futuro, e isso é uma coisa boa. Eu só posso desejar um futuro melhor, mas você pode ver este futuro e saber que nada foi em vão."

    Ju-long olha para sua mão esquerda. Ele a levanta um pouco enquanto a encara e continua:-"Você sabe que meu dom é perigoso. Eu o considerava uma maldição, mas aprendi com o mestre Pan, mestre Donovan, todos os mestres e estudantes, principalmente com você, que uma maldição pode ser transformada em algo bom."
    -"Nossos dons são importantes para proteger o mundo. Vivemos aqui em segurança para que eles não caiam nas mãos erradas. Eu já passei por isso, não quero o mesmo para você."


    Kilala se desvencilha de Ju-long e se afasta, demonstrando irritação ainda com seu dom. E Ju-long acha graça da cara que ela faz, sorri e diz em resposta à sua pergunta:
    -"Não tenho esta resposta. Mas numa coisa você está completamente certa: realmente somos dois pássaros presos numa gaiola."

    em resposta ao informativo:

    Pra facilitar, ela pode saber do passado do personagem, mas não saberia dos detalhes de quando ele era controlado por Quan Chi, talvez ele tenha vergonha de lembrar deste fato - mas como ela é vidente, talvez ela saiba e só não queira pressioná-lo, vai saber?
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2890
    Reputação : 5

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Srta. Moon em Sab Mar 17, 2018 10:17 am

    @spectro

    Nunca foi uma boa conselheira amorosa, durante todo o seu tempo de vivencia prendia-se a outras coisas muito mais importantes que namoricos de adolescentes, respirou fundo apenas se dando ao trabalho de tentar responder o jovem.

    -Deixa de frescura, tudo é possível... A não ser que você espere por milagres, se quer algo lute por este algo... Nunca desista é isso que penso...

    Cruzava os braços sorrindo com desdém.

    -Claro se você ficar ai de bobeira, eu terei que usar de minhas habilidades  diplomáticas e contar a ela que você gosta dela na cara dura...

    Teria incomodado ainda mais o rapaz se não fosse, pelo fenômeno esquisito e belo que presenciava, tinha que admitir aquele lugar tinha suas belezas, compensava ficar vivendo ali só por isso e pelos conhecimentos do lugar, pois, não gostava muito do Mestre Pan. Surpreendeu-se ao ver Jirai tomar a sua frente quando viu alguém se aproximando em meio aquele efeito na névoa poderia ser algum perigo, mas não era.

    -Não Ata... não deu tempo de terminar a frase, apenas pode ver seu amigo cair longe acertado pelo golpe do Mestre Gen.

    Ai!...Ai!...Ai!...Eu te avisei que não era para atacar...Foi ate onde o jovem estava estendendo a mão para ajudá-lo a levantar-se, tirando a terra de seu cabelo e roupas. Assim que terminou de ajudar Jirai ela voltou-se para o velho de forma mais respeitosa sorrindo ao reencontrá-lo e envergonhada por seu comentário.

    -Perdoe, este jovem, o senhor sabe muito bem que os humanos em sua grande maioria são selvagens...Preferem atacar antes de qualquer coisa...

    Aproximou-se do velho o abraçando como de costume, à ser feito a velhos conhecidos.

    -Que bom revelo. E o Senhor sabe que eu cresceria, afinal acho que isso vem do lado da minha família por parte de mãe, vai saber! Mas o que trás o Senhor a este lugar parado no tempo?
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3349
    Reputação : 97

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por spectro em Dom Mar 18, 2018 2:36 pm

    - Pois é!!!! - Respondeu a menina desinchando as bochechas...

    Depois ficou um pouco mais séria e abaixou a cabeça, ela então começou a falar baixinho e devagar:

    - Sabe Ju-Long quero te falar uma coisa, uma coisa que é um pouco difícil, mas... É... Então quero te dizer que eu...

    Neste exato momento se escuta uma voz gritando...

    - AFASTE-SE DELA AGORA!!!!! - Era uma voz masculina e o dono da voz saltou do teto de uma construção ficando entre Kilala e Ju-long quando chegou ao chão.


    - Quem lhe deu o direito de ficar perto da Princesa?- Estava bravo com Ju-Long e em posição de combate.

    Este era Fei Long, um rapaz de 19 anos que acabou indo treinar em Kun Lun já a quase um ano, quem o enviou até aqui fora Gen, um dos mestres que não aparecia a dois anos ali, Mestre Pan acabou aceitando o jovem para treinar no monastério como um favor para Gen, no entanto os monges foram instruídos a não contar a ele a respeito do misticismo dali, fato é que Fei Long acredita apenas que este monastério é apenas uma escola de artes marciais reclusa do mundo, a doutrina imposta a ele é diferente dos outros por não compartilhar do mesmo caminho dos outros que é a proteção de Kun Lun e de seu portal para o reino sombrio.

    Fei Long até mesmo acredita que Kilala é uma Princesa devido ao tratamento que ela recebe ali...

    - Ei!!!! Fei Long, já não falei pra não me chamar assim e sai daqui você tá me atrapalhando...

    - Não deve se preocupar Princesa, este cara não vai mais te amolar, Mestre Pan me deu a tarefa de protegê-la até de si mesma ele me disse...

    - O que?! O velho disse isso?? Ah aquele.... Huuuuuuuu Que raiva!!!!

    - Esta se aproveitando da garota Ju-Long, e não merece ficar perto dela, a menos que me vença em combate, se me vencer provará que é digno de sequer ficar perto dela, assim veremos também quem é o verdadeiro Dragão...

    Fei LONG, Ju-LONG, Estes nomes parecidos parecia incomodar ao artista marcial, ele queria saber quem realmente era digno deste nome, Fei Long era um grande prodígio nas artes marciais, tinha um potencial bem grande, mas as vezes isso o transformava em um cara arrogante e auto-confiante demais.

    - Vamos Ju-Long, aceita o desafio ou vai ficar aí parado?

    - Não Ju-Long não aceite, não entra na dele...

    - Princesa com todo o respeito deve se calar, isso aqui é coisa de lutadores, de guerreiros Dragões, ele deve merecer estar em sua presença e eu sou incumbido de testar isso, de proteger a Senhorita... Temos de decidir isso em combate, como verdadeiros homens...

    Kilala virou para trás e cruzou os braços irritada e gritou: - MACHISTA!!!! Bobão!!!! Razz

    - Eu bobão? Mas...? - Interrompeu as palavras no meio.

    - Eu já entendi, Ju-long fica falando mau de mim não é mesmo? Fica colocando a princesa contra mim, isso é muito baixo de sua parte tá sabendo carequinha...

    A percepção de Fei Long era algo anormal também, pois ele desconfiava que estavam escondendo algo dele, no entanto essa desconfiança girava também em torno de Ju-long, pois ele sentia algo diferente no monge da mão de ferro, ele não sabia explicar, mas achava que Ju-Long não era uma pessoa de confiança em certo sentido, havia algo em Ju-Long que Fei Long não gostava.


    _______________________________________________

    Mestre Gen alisou sua barba novamente:

    - Tem razão, não vim apenas para visitá-los, Mehri você pode me acompanhar até dentro do monastério? Quero conversar um pouco...

    Vendo que o velho era um mestre do Monastério Jirai ficou boquiaberto...

    - Me perdoe senhor, me desculpe eu não sabia que... - Ele se ajoelhou, mas foi interrompido pelo velho.

    - Não se preocupe filho, você estava fazendo seu trabalho, não deve nublar sua mente com este acontecimento, por favor Mehri, me acompanhe até as portas do Monastério...

    Jirai virou a cabeça para a garota:

    - Pode ir, eu ficarei aqui protegendo o local até que volte, não se preocupe comigo, ah e Mehri... - Foi até ela sussurrando esta parte em seu ouvido. - Esquece aquele assunto que estávamos falando viu? Deixe a Kilala em paz sem estes comentários idiotas... Pode ir tranquila eu protejo aqui...

    - Bem então estamos combinados, temos um longo caminho pela frente então, me diga Mehri você tem sentido um certo distúrbio nos planos místicos? Eu venho aqui para informar que eu estou um pouco preocupado com isso? O velho ajeitou sua mochila, e começou a se dirigir para a região dos portões do Monastério, eles ainda teriam de passar pelos caminhos da montanha e depois pela grande ponte para chegar lá...
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1023
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Gelatto em Dom Mar 18, 2018 4:12 pm

    Ju-Long fica pasmo com a atitude infantil de Fei Long.
    -"Não é nada do que você está pensando, Fei Long! Estávamos apenas conversando! Não fique imaginando coisas!"

    Porém, parece que não adianta dialogar, Fei Long está convicto de seu senso de justiça. Ele quer proteger Kilala e para isso está querendo arrumar briga... Ju-Long tem um estalo mental: -"Como assim quem é o verdadeiro dragão?"

    -"Fei Long, você quer usar a Kilala como desculpa para me enfrentar? Só porque trilhamos o mesmo caminho você acredita que devemos brigar por reconhecimento? Seu desafio não tem sentido algum para mim. Eu não desejo lutar com você. Se tem problemas comigo, resolveremos isso outro dia. E sem usar Kilala como motivo para isso. Com licença!"


    Ju-Long faz uma reverência para Fei Long e outra para Kilala, com a intenção de se retirar após pedir desculpas a ela:
    -"Me desculpe, Kilala, continuaremos nossa conversa outro dia!", e Ju-Long dá as costas a Fei Long, mas atento caso ele tente algo. No íntimo, sabe que ele não desistirá tão facilmente.
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2890
    Reputação : 5

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Srta. Moon em Seg Mar 19, 2018 9:26 am

    @@spectro
    -Muito bem Jirai, se é assim. Tudo bem... Fique ai vendo suas oportunidades passarem frente a sua vida... Mostrava a lingua para o jovem.
    Seguia com o velho, um pouco apreensiva não queria abandonar aquele lugar, afinal foi dada uma ordem de protegê-lo.
    -Tome cuidado Jirai...
    Já acompanhado do Mestre Gen, respondia suas perguntas na medida do possível de seu conhecimento sobre aquele lugar.
    -Mestre o Senhor sentiu algo, a dias procuro descobrir mais sobre os mistérios do monastério, mas o Mestre Pan, fica sempre me atarefando com inúmeras coisas que não disponho de muito tempo para meus estudos...
    Atenta pelo caminho que tomava e movida pela curiosidade não deixou de indagar novamente ao velho, sobre sua visita.
    -O senhor poderia me contar mais sobre o tal distúrbio, pois me é estranha a sensação de não ter sentido nada...
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3349
    Reputação : 97

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por spectro em Seg Mar 19, 2018 12:06 pm

    Fei Long contrariado não ficou satisfeito:

    - Espere aí, você vai embora assim sem nem começarmos nossa luta, peraí...

    - Ta vendo que você fez seu bobão!!!! Ele foi embora...

    - Melhor assim princesa, eu te salvei, ele não mereceu ficar perto de você, outra hora nós teremos a batalha dos dragões e...

    - Batalha dos dragões? Cala a boca vem aqui que eu vou te arrebentar toma essa!!! Vou te dar uma batalha dos dragões agora... Toma essa aqui...

    - Peraí princesa calma!!! Ei aí não... Ai, ai... Nas esferas do Dragão não, ai Princesaaaaaa, não...

    As vozes dos dois iam desaparecendo enquanto Ju-Long se afastava, logo chegou a região onde vários monges treinavam, faziam aquilo todas as manhãs, depois seriam designados para efetuar algum trabalho manual, seja de limpeza, cultivo de alimento ou buscar água nos arredores, aquela classe de guerreiros era responsável por zelar no Monastério, não que Ju-long não efetuava tais tarefas, no local a limpeza é encarada tão importante quanto a disciplina e treinamento, então todos faziam este tipo de trabalho, mas aquela classe era mais zelosa para tal...

    Ju-long estava livre de afazeres no momento, podia curtir um pouco mais a manhã se quisesse, mas sabia que aquelas ocasiões eram raras, ficar de papo pro ar no monastério era muito difícil e logo aparecia uma tarefa, e quando não era um trabalho era algum treino puxado.


    Escolhas:
    Seu personagem está livre mas pode escolher um dentre estes lugares para ir, cada local tem um acontecimento determinado...

    - O Poço das almas - Local onde é portal para o sub-mundo, é um poço que não verte água.
    - Dojo de treinamento - Local onde se tem instrumentos para treino corporal.
    - Biblioteca - Leitura e disciplina, livros de antigos mestres e escola.
    - Templo - Local para meditação e oração, local de devoção e jejum.
    - A muralha - Muralha onde fica os portões do Monastério.


    Gen coçava sua barba longa mais uma vez e respondeu a garota:

    - Não se preocupe ao não ter pressentido, minha ligação com esse distúrbio é maior que a sua, afinal acho que ele está voltando... Eu falo daquela batalha que tive a alguns anos, um grande mestre de artes marciais chegara aqui no monastério, ele parecia ter manifestado uma energia brutal, estava dominado pelo poder, era um demônio praticamente, então ele venceu vários monges, Mestre Pan e eu logo tomamos a dianteira sabendo que niguém de vocês poderia enfrentá-lo no momento. Ele com certeza havia chegado ao monastério devido a pressentir a energia mistica que havia aqui. Era realmente um Akuma...

    Gen olhou para o céu como que pensando e tentando lembrar dos detalhes do acontecimento, visto que fazia já anos.

    - Então eu pedi que mestre Pan me deixasse enfrentar o demônio sozinho, foi uma luta difícil, Mestre Pan confiou em mim e não poderia perder diante dos alunos ali, eu travei uma batalha incrível e no final eu o venci com minha técnica Zan Ei... Mas quase ao custo de minha vida, eu o joguei no poço das almas e de lá ele foi parar no mundo sombrio, na verdade acho que ele foi parar numa fresta que existe entre nossos mundos, mas ele estava vencido, pelo menos por aquele momento...

    Gen caminhou um tempo calado, e depois falou:

    - Acho que ele esta prestes a voltar, este é meu pressentimento, este é o distúrbio que sinto, acho que ele quer uma revanche, e por isso estou aqui... Acho que ele deve ter treinado e ficado mais forte e até mesmo enfrentado seres fantasmagóricos do outro lado... Mehri tenho um favor para pedir a você por isso a trouxe para conversar a sós, vou fazer um pedido difícil que talvez só você possa me conceder, ninguém deve saber, se esse Akuma aparecer, se ele tentar atravessar e chegar ao nosso plano e existência, eu lhe peço que o liberte, que deixe-o vir me enfrentar, por favor eu lhe peço isso...

    Gen parou na frente da garota e se ajoelhou fazendo este pedido, era um pedido perigoso e também algo que ia contra os princípios do Monastério...
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1023
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Gelatto em Seg Mar 19, 2018 7:24 pm

    Ju-Long se afasta com um sorriso no rosto. Ele achava engraçado a forma que Kilala e Fei Long discutiam. Não tinham maldade no que diziam ou faziam, apenas se expressavam de uma forma tão extravagante e engraçada que Ju-Long chegava a ter inveja dos dois. Mas o monge não podia se dar ao luxo de se levar pelas emoções. Mestre Pan lhe ensinara que emoções podiam ser boas ou traiçoeiras. Emoções fortes seriam as mais perigosas, responsáveis por tirar a razão, uma janela que o opressor poderia utilizar para retomar o controle do monge. E Ju-Long jurara nunca mais voltar àquela vida.

    O dia estava realmente calmo. Parecia um dia normal, mas sem as tarefas para serem feitas por hoje, Ju-Long aproveitava este momento para caminhar. Caminhou algum tempo olhando as dependências do monastério, o treino e afazeres de outros monges, a beleza do lugar, o canto dos pássaros, a sensação de clima bom, apesar de estar começando a fazer calor, ele caminhou até que ele percebeu que estava no templo.

    Informativo:
    Ju-Long deve ter distorcido as palavras do Mestre Pan, acreditando que viver sem emoções é o melhor caminho, e é o que ele tenta, mas sua força de vontade não ajuda, hehe
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2890
    Reputação : 5

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Srta. Moon em Qua Mar 21, 2018 9:10 am

    -Um antigo rival?
    Preocupada ela começou a refletir sobre o que o velho falava, não queria confusão. Ainda não, na verdade estava muito bem parada sem fazer nada.
    -Se o Senhor venceu, deveria ter matado o monstro...
    Quando ajoelhado a sua frente ficou, ela não tinha muito que fazer a não ser questionar sua decisão.
    -Mestre! Eu o respeito muito, mas fazer isso é ir contra a vontade do templo e do Mestre Pan, provavelmente se eu ajudar a libertar o demônio, muito provavelmente até eu mesma serei jogada no poço... Farei o que o senhor pediu somente se falarmos com o Mestre Pan primeiro para ele preparar os monges para uma possível batalha caso o Senhor venha a perder. Sabe que devemos estar preparados para o retorno da criatura... Se eu o Libertar estaríamos colocando todo mundo em perigo e eu não quero ser a culpada por inúmeras vidas perdidas
    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3349
    Reputação : 97

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por spectro em Sex Mar 23, 2018 12:27 pm

    Gen se levanta e os dois começam a andar novamente, então o velho fala:

    - Você se tornou uma pessoa responsável Mehri, mas não posso levar isso a um conselho, sei que uma pessoa como este Akuma pode ser perigosa aqui em Kun Lun, mas eu desejo enfrentá-lo mais uma vez, desejo ter este combate de novo, eu não pude matá-lo na época, eu vivi meus dias de jovem como um assassino brutal, sujei minhas mãos de sangue inúmeras vezes e por isso quando fiquei mais velho decidi fugir, e encontrei este lugar, me disciplinei, me tornei uma pessoa diferente, meus dias de assassino desapareceram do tempo, mas não de minha consciência.

    Gen e Mehri chegavam na ponte do destino agora, era uma ponte extensa que levava até os portões do monastério...

    - Sei que está zelando pelas vidas do monastério, mas gostaria que confiasse em mim, darei minha vida se necessário para que ninguém se fira com meu combate, e entenda, os monges estão preparados para qualquer ameaça, esta é a tarefa deles, só peço que me de mais uma chance, e eu insisto por um motivo, somente vou contar para você... Estou com uma doença terminal, não quero que ninguém saiba, quero ter o que pode ser meu último combate, por isso lhe faço este pedido, que atenda como se fosse meu último desejo, um desejo para a morte, que eu possa lutar novamente contra Akuma quando ele aparecer...

    Gen continuou a andar ao contar seu segredo, e não parou desta vez, manteve sua face voltada para frente, olhando o portão do Monastério se aproximar cada vez mais...


    ____________________________________________
     
    >><<
    ____________________________________________



    Ju-Long vai ao templo e lá novamente usa sua meditação, ficando diante do sino sagrado e de incensos e ouras coisas da tradição chinesa, até que ele havia se acostumado com estas formas de rituais antigos no reino dos homens, aquele templo em especial ficava  na parte de trás do Monastério, lá havia uma torre, esta torre era o templo em si, havia um portal xintoísta em sua frente, simbolizando a passagem para um reino sagrado ao se adentrar no quintal do templo.

    As árvores em volta do templo davam ao local um perfume e clima agradável, algumas folhas coloridas caíam no chão fazendo um tapete colorido natural muito belo, em sua predominância vermelho e verde.

    Ao meditar o homem parece se conectar com suas fontes de poder, o seu chi, o poder natural em sua volta, o monge da manopla de ferro pareceu conseguir absorver a energia da natureza e concentrar em seu corpo, abrir os portais de chackra, deixar a fluidez das energias cósmicas e universais percorrerem seu corpo, Ju-Long se sentiu liberto das impurezas e livre das influências externas, sua energia pareceu diferente naquele dia, o poder voltaico pareceu naquele dia estar em volta de sua aura e estar bem equilibrado em seu corpo.

    Se isto era efeito da placa de metal Ju-Long não sabia dizer, mas sua energia estava mais centrada hoje, mais conectada ao mundo a sua volta, mas sua concentração depois de um tempo se partiu, ele ouviu o som de um alerta, era na verdade o som de que os Portões iriam ser abertos, o sonho de Kilala estava certo, alguém estava se aproximando do local. Os gongos sinalizavam a abertura dos portões e alguns até mesmo partiriam para aquela região e assim receber quem quer que se aproximava.

    Era o sinal de aviso de apenas uma visita, o sinal de invasão era outro, e mais brutal que este, era uma visita que poderia ser um conhecido do monastério.
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1023
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Gelatto em Sex Mar 23, 2018 7:08 pm

    Ju-Long sente a energia voltaica lhe percorrer o corpo, todos os pontos do chakra, uma energia que ele lutou para controlar, sempre incontrolável, de repente, ela estava em harmonia com seu espírito, estava sob controle. O monge encara sua mão de ferro, curioso, sem saber se isto era obra da placa de metal, do lugar, ou dos anos de treinamento que finalmente o recompensaram. E seus pensamentos são distraídos pelo som dos gongos que avisavam a abertura dos portões.

    Imaginando quem poderia estar se aproximando do templo, Ju-Long interrompe sua meditação para ir até os portões, curioso.
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2890
    Reputação : 5

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Srta. Moon em Ter Mar 27, 2018 9:40 am

    Pensativa Mehri, sabia o ceto a ser feito. negar um pedido suicida de seu antigo mestre e salvar todos do templo ou deixar ele morrer. por fim apostou no erro de ajuda-lo afinal ninguém é perfeito.
    -Vou ajuda-lo, mas deixe bem claro para todos que a ideia foi sua e que eu não tenha nada com isso, não quero ser jogada no buraco com Akumas nenhum ou melhor ainda não quero ser perseguida por ele caso você venha a perder para o infeliz...
    Seguiu calada com a preocupação estampada em seu rosto, obedecendo as ordens do seu velho mestre, queria terminar logo com aquilo e sabia que mais tarde o tal Akuma a incomodaria, mas fugir já estava em sua mente no momento em que o tal monstro ganha-se a liberdade.


    spectro
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 3349
    Reputação : 97

    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por spectro em Dom Abr 01, 2018 4:31 pm

    Gen percebe a preocupação da garota, agora eles estavam chegando as portas do monastério:

    - Eu te entendo minha jovem, mas creio que deva manter em segredo minhas vontades, sua preocupação é válida e até perspicaz, mas eu devo insistir em que confie em mim para esta tarefa, e que se possível que faça coisas as escondidas, não se preocupe, vai dar tudo certo, mas mudemos de assunto, vamos falar a respeito do Monastério, eu deixei um jovem aqui e gostaria de saber como vai sua evolução...

    Mestre Gen e Mehri então passaram pelo grande portão, os monges anunciaram os gongos, sinal da visita e alguns foram recebê-los, inclusive Ju-long se esgueirando na multidão pode ver que era Gen que retornava de uma longa viajem, depois de abraços e saudações Mestre Gen fora levado até a casa de Pan para conversarem e Fei Long depois foi convocado para participar da conversa, Mehri teve de voltar a seus afazeres naquele dia que consistia em guardar os portões.

    ________________________________________________ sunny _______________________________________________

    _________________________________________________ Sleep _______________________________________________


    O dia se passou e uma cerimônia foi montada na manhã seguinte para recepcionar o velho Mestre, entre as atividades da cerimônia estavam apresentações teatrais e atos envolvendo artes marciais, Ju- Long Dong fora escolhido para combater com um adversário na frente do Mestre, seria uma luta treino, mas com muita vontade, o treino deveria ser encarado também como um combate sério.

    Mehri teve de escolher uma apresentação para fazer naquele dia, uma apresentação artística, alguma forma de entreter a visita e os presentes na ocasião.

    Havia uma arena redonda e em volta lugares onde o público podia se sentar, as laterais haviam pequenos corredores que foram fechados a lona para que os contra-regras da peça teatral pudessem passar com seus apetrechos, além dos próprios personagens da peça e artistas, lá também ocorreria o combate, e quando fosse a hora os objetos seriam removidos para dar lugar a luta.

    Mestre Gen e Pan estavam sentados na primeira fileira e lá estavam Kilala e Fei Long ao lado de Pan, as apresentações artísticas começariam primeiro e por último os combates.

    Tarefas:
    Moon a Mehri tem a perícia atuação, que serve para realizar alguma apresentação artística, como canto, música poesia, ou qualquer outra manifestação artística, vou deixar a seu critério o que sua personagem vai fazer, caso queira também participar do combate de apresentação me informa em Off que eu providencio os combates...

    Teste de Atuação para Mehri CD 10>>>> Para impressionar a platéia, seja qual for sua apresentação.

    Ju-long vai fazer um combate, aí vai dar pra testar seu PJ em combate pra ter uma ideia, do sistema, se Moon quiser lutar me informe também...

    Ju-LOng pode também participar de outras tarefas, vou deixar a imaginação de vcs fluírem, inclusive se quiserem fazer algo juntos, fica a critério de vcs jogadores... Mas o teste deve ser feito pela Moon que tem a perícia de atuação, se quiserem interagir atrás das "cortinas do palco" (Na verdade narrei que era um corredor nas laterais, fechados a lona) fiquem a vontade.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Kun Lun - (China)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex Set 21, 2018 6:40 pm