Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capítulo 1 - JADER

    Compartilhe
    Garahel
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 466
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Garahel em Sab Mar 17, 2018 5:35 pm

    JADER

    A viagem de Shayla de volta para Jader foi tranquila e sem incidentes. Apesar da tensão no ar, onipresente naqueles tempos, não encontrou nada nem ninguém na Estrada Imperial - assim como ocorrera na viagem de ida. Em algumas horas estava novamente rodeada pelos prédios de Jader, e dirigiu-se à Chantria para reportar seu retorno.

    Para sua infelicidade, Madre Giselle ainda não havia retornado, e, novamente, foi Madre Lucia quem a atendeu. A sacerdotisa, entretanto, não pareceu dar-lhe muita atenção - e, em verdade, nem parecia ter notado que a elfa demorara mais do que o normal para retornar. Apesar disso, informou a maga de uma nova missão que surgira. Rumores de algo atacando uma fazenda próxima à Estrada Imperial chegaram até Jader. Os proprietários eram pessoas importantes, nobres do Grande Jogo orlesiano, e não deram mais quaisquer notícias. Aquilo precisava ser averiguado.

    Depois de descansar e de se recuperar da viagem às ruínas, Shayla partiu, na mesma tarde, em direção à dita fazenda. Não sabia o que esperar nem o que encontraria lá; mas, sem dúvidas, poderia ser perigoso.

    ***

    Por outro lado, o trajeto de Olivianna foi exaustivo. Sem dormir, teve tempo apenas de rápidos descansos. Não tinha onde acampar para dormir noite adentro e, ainda que tivesse, nenhum lugar era seguro. Além disso, ainda carregava aqueles sacos da pilhagem à taverna.

    Depois que o dia raiou, encontrou uma pequena caverna onde poderia descansar com mais comodidade e segurança. Ali dormiu por toda a manhã; quando acordou, já passava do meio-dia. Consumiu alguns dos alimentos que roubara e, de energias revigoradas, voltou à Estrada, seguindo viagem.

    Antes que chegasse em Jader, porém, já no fim da tarde, depara-se com um homem. Ele surge correndo de uma das entradas da Estrada, suado e ofegante. Suas roupas estão manchadas de sangue, e seu corpo treme. Não parece ter mais do que vinte anos.

    Ao mesmo tempo, uma elfa, estranhamente bem vestida, entra no campo de visão de Olivianna, virando uma curva. Trata-se de Shayla, que se assusta com a cena. Depois de três viagens na Estrada Imperial sem encontrar uma vivalma, subitamente encontra uma humana carregada de sacos e equipamentos, e um homem ofegante sujo de sangue.

    Os três entreolham-se, um observando o outro. Por fim, o homem rompe o silêncio, suplicando para ambas:

    - Por favor - diz, caindo aos chãos ajoelhado e cabisbaixo - Por favor, me ajudem. Crias das trevas, elas... Elas mataram meus pais. Ocuparam minha fazenda. Eu só pude correr, não consegui... Lutar. Nem mesmo consigo voltar para os corpos, porque aquelas pestes continuam por lá. - ergue então o olhar para a elfa e a humana, os olhos marejados - Vocês parecem capazes. Você é forte, e você tem roupa de maga. Tem ouro guardado na fazenda, se é ouro que lhes interessa. Mas para isso, precisam expulsar aquelas criaturas de lá!

    O homem ergue-se novamente, aguardando a resposta das duas.

    off:
    Enfim chegamos na trama principal, weeee  cheers

    @Makaveli Killuminati e @Matusael, bem-vindos, bravos guerreiros e únicos restantes dos primeiros jogadores Razz Espero que curtam a historinha.
    Começamos com um negócio bobo que parece uma side quest clichê, mas é pra esquentar os motores. Surpresas vêm aí  bounce

    Sintam-se à vontade para descrever o que suas personagens fizeram com mais detalhes. Eu fiz um salto temporal de propósito para não perdermos tempo fazendo posts de viagens em que nada acontece. Mas nada impede que vcs descrevam o que aconteceu nesse meio-tempo

    Obs importante: agr vou usar mais o tópico do Codex. Não usei até então porque vcs estavam fragmentados nos prólogos, então n valia muito a pena. Mas agr vou postar mais lá, e aviso nos posts quando postar. Vai sair um agr sobre a Estrada Imperial Wink

    Makaveli Killuminati
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2131
    Reputação : 41
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Makaveli Killuminati em Ter Mar 20, 2018 10:23 am

    Olivianna caminhou por muito tempo. Refletia sobre tudo que tinha acontecido em Halamshiral. A nobreza, tão preciosa para Orlais, estava acabando com o império. Não existia mais estabilidade nenhuma. As pernas cansavam as vezes antes do anoitecer, o quê forçava a nobre orlesiana descansar, mas não a mente.

    No caminho, Olivianna volta e meia cruzava com caravanas de mercadores e driblava bandidos que cobravam pedágio a troco de não roubarem pertences dos viajantes ou até mesmo os assassinarem. A estrada imperial tinha todo tipo de gente, não à toa existia uma atenção especial sobre ela. Afinal de contas, o comércio precisava fluir, independente de qualquer conflito.

    No segundo dia de viajem Olivianna sentiu a falta de uma carruagem para transportá-la, algo que não fazia mais parte de seu cotidiano, um dos luxos que não conseguia manter. Olivianna assoviava, cantarolando uma balada famosa em Val Royeaux, e isso ajudava a distrair. As vezes sentia falta de uma companhia, e as vezes pensava que era melhor assim. Algumas dúvidas ainda permeavam em sua mente, ela queria mudar sua situação, e com isso melhorar a situação de outras pessoas também, mas ainda não sabia como. O grande jogo era desgastante e nem sempre o resultado era satisfatório, Olivianna queria ficar fora dele, mas nem tudo que queria, tinha.

    Distraída, Olivianna assustou-se quando um homem adentrou a estrada imperial, correndo. O reflexo da nobre orlesiana foi levar sua mão até a bainha da sua espada. Não chegou a desembainhar, mas puxou meio fio para fora, desistindo no meio do movimento, e guardando a espada novamente. Olivianna percebeu que ele não era um ladrão. Em sua experiência, ela conseguia compreender isso. Mas estava alerta, o homem poderia ser um ótimo ator.

    Logo após a aparição do homem, Olivianna percebe uma elfa chegando na direção contrária. Se fosse uma emboscada, pelo menos tinha mais alguém por ali. Não que a elfa parecesse capaz de ajudar em algo, e o traje causou a estranheza de Olivianna. A elfa possivelmente estava mais bem vestida que ela, uma nobre orlesiana. Uma nobre exilada, mas ainda assim nobre. Claro que pouco importava para Olivianna seu status, mas era raro ver uma elfa trajada daquela forma.

    A súplica do homem interrompe o rápido silêncio e olhares trocados entre os três. Quando o homem falou "cria das trevas", Olivianna olhou para os dois lados e para trás, averiguando se tinha alguma cria das trevas nos arredores. A nobre orlesiana já tinha ouvido histórias sobre elas, e todas assustadoras. De certa forma, em Orlais, na bolha em que vivera, as crias das trevas sequer era uma realidade ou preocupação. Talvez se um dia se deparasse com alguma cria das trevas, Olivianna sequer reconheceria a criatura.

    O pedido do homem era suicida. Mesmo querendo ajudar, Olivianna não poderia. Combater cria das trevas, era simplesmente impensável. E pelo que o homem dizia, não era uma, nem duas, mas um grupo maior. Claro, quando o homem falou em ouro, o temor de Olivianna diminui consideravelmente.

    A nobre orlesiana voltou seu olhar para a elfa, observando os trajes dela novamente. Se ela fosse uma maga como o homem falou, provavelmente seria de algum Círculo.

    - Eu tenho uma espada... Mas não significa que eu saiba usar bem o suficiente pra lutar contra cria das trevas! - Exclamou Olivianna, um pouco indignada. A nobre orlesiana aproximou-se do homem e se agachou em frente a ele.

    - O quê você está pedindo pra gente fazer, é loucura... E você precisa de um curandeiro, ou um médico... Urgente! - Olivianna levava os olhos para onde o homem estava ferido, e outra vez Olivianna fitou a elfa. Não poderia guardar a curiosidade, então desembuchou. - Você é mesmo uma maga?
    Matusael
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1365
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Matusael em Qua Mar 21, 2018 1:54 pm





    Shayla


    Vestimenta:

    Robe (mago), Manto, Cinto com bolsa, Manoplas, Roupa íntima, Meias, Botas.


    Ao alcance das mãos:

    Cajado.


    Aquela manhã tinha um toque estranho. Sentia-se livre e presa, ao mesmo tempo. Não era algo fácil de lidar. Fizera todo o caminho de volta a Jader de forma apreensiva. Mas o Criador foi bom, e ela não encontrou nenhum contratempo, chegando de volta à Chantria a salvo. Com ela, é claro, aqueles importantes documentos que havia descoberto. Não confiava deixar os documentos dentro da própria Chantria, principalmente em seu quarto, alguém poderia achá-lo; mas não tinha muitas opções. Então os colocou enrolados junto a um de seus vestidos e o escondeu atrás da sua cômoda, tomando o cuidado para deixá-la posicionada no mesmo lugar onde estava, de forma que não ficasse nenhuma marca no chão de que tivesse sido reposicionado. Achava que aquilo era o suficiente, pelo menos até que voltasse da nova missão que recebera e pudesse lidar de uma maneira melhor aquele assunto.




    Mais tarde já se via de volta à Estrada Imperial. Começava a se acostumar com ela. Trazia consigo a sua mochila com alguns equipamentos e provisões (comida e água) que pegara na Chantria antes de sair. Estava menos tensa de andar sem ter a posse daqueles importantes documentos, deixando-a aliviada, mas ao mesmo tempo não via a hora de voltar para ver se continuavam onde deixara.

    Foi em meio a esses pensamentos que, virando uma curva na estrada, já próximo de onde ela deveria ir, se depara com um humano que vinha correndo por uma das saídas menores da Estrada. Do lado oposto da Estrada Imperial, uma mulher jovem, de posse de vários sacos e equipamentos, também se aproximava. Os três se entreolham, Shayla não para seu avanço e, vendo o estado ensanguentado do homem, apressou o passo, transformando-o numa corrida. Sua expressão era de preocupação.

    Todos enfim se juntam, o jovem começa a falar da calamidade de caíra sobre sua casa. A moça desconhecida o responde de imediato, mas de forma negativa. E por fim pergunta se Shayla é uma maga. Seu traje e o cajado deixavam isso claro e ela responde prontamente.

    - Sim. Meu nome é Shayla, faço parte da Chantria de Orlais. - se voltou para o jovem, verificando seu estado de saúde - Está ferido?

    Esperou a resposta para saber se conjuraria um feitiço de cura. E continuou a conversa, com certa tensão na voz.

    - Quantas crias você viu? E quantas pessoas da sua família haviam lá?

    Enquanto conversava, analisava o corpo do rapaz, a fim de ver se ele não tinha sido ferido pelas crias e, consequentemente, havia sido tocado pela mácula. Tomou cuidado para não ter contato direto com a pele do mesmo. Suas mãos estavam envoltas das manoplas de ferro. Da mesma forma, fez um gesto com a mão para a desconhecida, indicando que ela não devia tocar no rapaz.
    Garahel
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 466
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Garahel em Qua Mar 28, 2018 7:30 pm




    O homem desconhecido parece um pouco assustado com a aproximação súbita das duas, e dá alguns passos para trás. Mas, ao perceber que buscavam ajudá-lo, nega com a cabeça e agita as mãos, nervoso.


    - Não, não se preocupem comigo - responde, a voz ainda um pouco trêmula - Eu bem. Esse sangue é do meu pa... - não consegue terminar a frase, pois os olhos enchem-se novamente de lágrimas, embargando sua voz.


    Depois de respirar fundo e engolir o choro, o sobrevivente consegue formular frases novamente. Apresenta-se; seu nome é Julien, filho de nobres menores que possuíam uma fazenda ali, às margens da Estrada Imperial.


    As crias das trevas surgiram do nada, conta ele. Não eram muitas. Três ou quatro, no máximo. Mas ele nunca aprendeu a lutar, seu pai já era idoso e sua mãe estava doente. Uma família frágil e indefesa, totalmente vulnerável aos muitos perigos do mundo.


    - O único que nos protegia era meu irmão grande, Sebastien. Mas ele foi lutar com o duque... - revela, com a voz distante e o olhar perdido; subitamente, enterra o rosto nas próprias mãos, como se tentasse se esconder - Eu sou um covarde. Mataram meu pai na minha frente e eu só... Eu só corri.


    Depois de uma ruidosa fungada, Julien tira as mãos de sua face, desvelando mais uma vez os olhos marejados.


    - Bem... Vocês vão me ajudar? - indaga o jovem, com uma expectativa indisfarçada na voz - Não dá tempo de pedir ajuda... Eles vão destruir as plantações! Aquela doença horrível deles... Vai apodrecer a terra! E o que eu vou comer?!


    Apesar de parecer ter em torno de 17 ou 18 anos, sua fala poderia ser facilmente confundida com a de um garoto bem mais novo. Percebe-se que é um rapaz inocente e ingênuo, ainda com uma mentalidade bastante infantil. Como filho mais novo de uma família da nobreza menor, provavelmente foi paparicado toda a sua vida. Sem dúvidas, a morte dos pais deve ter sido um golpe duríssimo.


    As sombras lançadas pelo Sol começam a se alongar. Se forem à fazenda, precisam ir logo; em algumas horas, apenas a luz da Lua e das estrelas poderá guiá-los. Pela descrição de Julien, a fazenda não é longe de onde estão; apressando-se, conseguirão chegar lá enquanto ainda é dia.


    off:
    habemus post  cheers talvez eu consiga postar com mais frequência agr no feriadão (não estou fazendo promessas rs)
    Matusael
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1365
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Matusael em Ter Abr 03, 2018 1:05 am





    Shayla


    Vestimenta:

    Robe (mago), Manto, Cinto com bolsa, Manoplas, Roupa íntima, Meias, Botas.


    Ao alcance das mãos:

    Cajado.



    Shayla ouvia o relato do rapaz sobre toda aquela situação. Era duro saber de alguém que sua família havia sido morta por crias das trevas. Aquele era o mal do mundo e se tornava evidente, pelo menos para ela, que uma nova Podridão estava em curso e era seu dever fazer tudo ao seu alcance para combater aquele mal.

    - Eu vou te ajudar. Mas não conseguirei sozinha. Se a senhorita não tiver disposta a vir também, terá que ser apenas eu e você. Mas é importante que cheguemos lá antes de o sol se por, ou estaremos em desvantagem.

    Ajudou o rapaz a se erguer para iniciar uma caminhada em ritmo rápido pelo caminho até a fazenda do garoto. Olhou para a garota com uma expressão de súplica.

    - Vem conosco? Precisamos de você.

    Independente da resposta da estranha, a maga se apressaria junto do rapaz até o local do ataque.
    Makaveli Killuminati
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2131
    Reputação : 41
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Makaveli Killuminati em Qua Abr 04, 2018 11:01 am

    De fato, a elfa era uma maga do círculo. Olivianna não se importava, mas era bom saber mesmo assim. Fosse ou não uma fugitiva, ou apostata, a verdade é que a própria Olivianna não poderia sequer julgá-la por tal condição, mas de verdade, não era importante. Olivianna notou o gesto de Shayla, sugerindo que ela se afastasse. Rapidamente a ladina dá dois passos para trás, um pouco assustada. Checou em suas vestes ou pele se havia tocado no homem sem perceber, ou qualquer coisa do tipo, seu semblante até denotava alguma preocupação. A maga não tocava no homem com as mãos nuas, e aquilo queria dizer alguma coisa.

    Diante do relato do jovem coberto de sangue, era difícil creditá-lo como o covarde que dizia ser. Não que um conselho ou comentário acalentador de Olivianna fosse mudar a frustração dele, mas mesmo assim a nobre orlesiana tenta. Afinal, não podia ignorar a empatia e as lembranças que aquele relato lhe trazia. - Escute. Você não é covarde por fugir... Essa foi sua única opção para sobreviver, e sobrevivendo você tem chance de vingar a morte do seu pai. Morto você não teria valor nenhum. - Olivianna esperava que suas palavras servissem como inspiração em algum momento da vida daquele homem.

    Shayla estava disposta a ajudar o homem, e sequer hesitou, ao contrário de Olivianna. A coragem de Shayla inspira Olivianna, sentindo-se mais confiante, mas não o suficiente. Esperava que aquela coragem não fosse ignorância, e dos poucos magos e magas que havia conhecido, nenhum era ignorante. Olivianna levanta a sobrancelha, um pouco surpresa com tamanha disposição, observando a maga já tomando o rumo da fazenda do homem.

    Perguntada se iria ajudar, Olivianna fica muda, fita o seu destino, pensa no atraso que teria se fosse ajudar, na possibilidade de não sobreviver, afinal, eram crias das trevas. Então responde. - Não... Desculpa... Não posso... - Seu tom de voz era ressentida, seus braços se cruzaram, literalmente, abaixou a cabeça envergonhada e deu as costas para a dupla.

    A nobre orlesiana continuou seu caminho, mas sua cabeça não conseguia parar de pensar na vida que ela poderia ter ajudado. Se perguntava se ela havia se tornado uma pessoa egoísta, ou covarde. Sua luta não era contra as crias das trevas, não sabia como poderia ajudar caso não fosse capaz de dar conta pela lâmina de sua espada. Os conflitos que surgiram em sua mente evidenciavam que Olivianna tinha cometido um erro. A nobre orlesiana volta a olhar para trás, a dupla ainda não estava tão longe, ainda era possível alcançá-los.

    Olivianna segurou seus pertences com firmeza e correu na direção onde a dupla caminhava, tentando alcançá-los. Era a coisa certa a se fazer, agora tinha certeza disso. Aquela situação não como a morte de seu pai ou a do pai daquele rapaz, não poderia ser omissa.

    Quando chegou perto, voltou a caminhar, se aproximando novamente da dupla. - Já estamos perto? - Olivianna se coloca ao lado dos dois, caminhando no mesmo ritmo. Talvez os dois levassem um susto com a chegada de supetão, mas a nobre orlesiana ainda estava um pouco envergonhada por não ter ajudado logo na primeira vez.
    Matusael
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1365
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Matusael em Sex Abr 06, 2018 8:38 am





    Shayla


    Vestimenta:

    Robe (mago), Manto, Cinto com bolsa, Manoplas, Roupa íntima, Meias, Botas.


    Ao alcance das mãos:

    Cajado.



    Aquela era uma situação de extremo perigo, claro. Shayla entendia, verdadeiramente, que aquilo não era uma incursão qualquer, e que frente à morte as pessoas tendiam a se desviar. Era completamente compreensível. Apesar disso, ela não pôde evitar uma expressão de desesperança quando a jovem disse que não poderia ajudar e começou a se afastar.

    Mesmo assim, a elfa não esmoreceu. Olhou à frente com determinação e seguiu o caminho indicado pelo jovem Julien. Em sua mente começava a traçar possíveis estratégias de separar as crias das trevas para combatê-los em menor número, talvez buscar algum lugar que pudessem usar de funil, para lutar com um de cada vez. Em meio aos pensamentos, notou a aproximação da jovem que os alcançava. Um sorriso genuíno iluminou a face da elfa, mas logo desfarçou, achando graça da pergunta feita pela Orlesiana.

    - Não deve faltar muito. - disse sorrindo. E completou. - Se queremos ter sucesso nessa empreitada, precisamos saber com o que podemos contribuir. Sou uma maga, como já disse, conheço feitiço de cura e de ataque. Recentemente enfrentei um lobo maculado. Temos que tomar cuidado por que ferimentos causados por crias das trevas ou o contato com o sangue delas podem nos infectar com a mácula. E a mácula pode nos transformar em crias das trevas.

    Ela olhou de lado para Julien, como te indicasse que talvez seus familiares tivessem sido transformados, preparando seu espírito. Voltou a falar, dessa vez se referindo diretamente à jovem Orlesiana.

    - E a senhorita... - esperou ela completar, dizendo o próprio nome. - Possui que tipo de habilidades?

    Continuou caminhando apressadamente, a fim de chegar ao sítio enquanto ainda houvesse sol.
    Makaveli Killuminati
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2131
    Reputação : 41
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Makaveli Killuminati em Sex Abr 06, 2018 9:57 am

    - Bom... - Respondeu de imediato quanto a distância que faltava até a fazenda. Logo a elfa começou a descrever suas habilidades de forma simplista, do pouco que falou de suas habilidades era o suficiente para Olivianna entender que ela era capaz. Mas quando informada de como a mácula das crias das trevas funcionava, a ladina não ficou nada esperançosa, porém, dar pra trás outra vez ficaria muito feio.

    Olivianna havia visto muita coisa, apesar de jovem, todo tipo de sujeira orlesiana, mas nada comparada a podridão e a corrupção das crias das trevas. Sua expressão de preocupação era bem visível, não tinha como esconder. Ela estava prestes a ver algo que nunca havia visto.

    - Bem, eu sei uma ou outra coisa para me defender. Recentemente eu enfrentei um... - Olivianna buscou algo em sua mente. - Bandido em Halamshiral.

    Diante das próprias habilidades, Olivianna teria um alto risco de contato com o sangue das crias das trevas, qualquer golpe de espada poderia espirrar uma quantidade de sangue o suficiente para corromper o seu organismo.

    - Diante do que você falou, ficarei bastante exposta à mácula das crias das trevas... Não acha? - Olivianna questionava fitando a maga. E continua. - Tudo que eu tenho é uma espada para combate de curta distância... E algumas facas de arremessos, que não sei o quão úteis serão... - Olivianna voltou a olhar para frente, ficou pensativa por alguns instantes até ter alguma ideia.

    - Talvez eu consiga me aproximar das crias das trevas em silêncio. Se tiver um depósito de óleo ou graxa na fazenda, a gente pode arranjar um jeito de derramar óleo neles e incendia-los... - A nobre orlesiana se anima a cada palavra proferida, no final, parecia um bom plano, melhor do que ela havia imaginado inicialmente.
    Garahel
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 466
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Garahel em Sab Abr 07, 2018 8:46 pm




    Um sorriso ilumina as jovens feições de Julien diante da resposta de Shayla e do conforto de Olivianna. O cansaço profundo em seus olhos dá lugar temporariamente a uma genuína gratidão jovial.


    - Muito obrigado! Eu prometo te dar recompensa! - responde, animado. Sua animação, entretanto, arrefece diante da negativa de Olivianna, que vira as costas - Tudo bem. Você também não é covarde - afirma, ainda sorrindo.


    Logo a dupla deixa a Estrada, o rapaz guiando Shayla até sua fazenda. O abatimento retorna à expressão e à postura corporal de Julien, à medida que suas lembranças reavivam-se. Quando Olivianna alcança-os e passa a acompanhá-los, um sorriso preenche novamente seu rosto, mas não chega ao olhar, que continua carregado.


    - Sim, não falta muito - murmura o rapaz, cabisbaixo. Continua ouvindo atentamente à conversa das duas, mas sem novas intervenções. Quando a maga fala sobre vítimas transformando-se em crias das trevas, Julian estremece, mas permanece calado.


    Um vento frio agita as roupas e cabelos do trio, anunciando a aproximação da noite. Com ele chega um cheiro de carne apodrecida; crias das trevas. Devem estar próximos.


    - Estamos chegando - Julien informa, como se confirmando as suspeitas de ambas. De fato, podem ver algumas plantações ao seu redor, embora todas pareçam mortas. Shayla percebe que, apesar de morta, a terra não está contaminada pela mácula. Parece que as crias não atingiram aquela região. Alguns arbustos e ervas daninhas também se destacam na paisagem plana.


    Logo em frente, uma pequena colina ergue-se do chão, com uma casa relativamente grande em seu topo. Atrás da colina, mas um pouco à direita, um celeiro destruído.


    - Vamos subir - sugere o rapaz - De lá temos uma visão mais...


    Antes que possa concluir a frase, é subitamente interrompido. Uma flecha. Zunindo pelo ar, aparece como do além, atingindo em cheio o pescoço de Julien. Seus olhos arregalam-se. Sua boca emite uma última arfada surpresa. Por fim, seu corpo tomba ao chão, o sangue vermelho manchando a grama rala do solo.


    off:
    VAMO AGITAR ESSE BAGULHO AQUI
    A princípio, vcs n sabem de onde partiu a flecha. Podem rolar um teste de Percepção (Visão) se quiserem tentar saber de onde veio. Se forem fazer isso, rolem antes de postar, que se uma das duas for bem-sucedida eu falo por OFF de onde veio a flecha pra vcs incluírem no post no momento em que a perso vê a flecha sendo atirada
    Estamos tbm em momento de combate, então rolem Destreza (Iniciativa). Nesse primeiro round eu vou desconsiderar, podem postar na ordem que quiser, mas pra já ficar lá pro próximo.
    A casa na colina está a mais ou menos 25m colina a cima. O celeiro atrás da colina, uns 50m de vcs. Lembrem-se que agr suas ações estão limitadas, só podendo fazer 1 ação principal e 1 menor ou 2 menores.
    Se quiserem tentar fazer alguma outra coisa, tipo ajudar o moço ou tentar aplicar um dos planos mirabolantes, coloquem no post que eu falo se precisa de algum teste Razz

    May the odds be ever in your favor bounce
    Matusael
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1365
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Matusael em Sab Abr 07, 2018 10:26 pm





    Shayla


    Vestimenta:

    Robe (mago), Manto, Cinto com bolsa, Manoplas, Roupa íntima, Meias, Botas.


    Ao alcance das mãos:

    Cajado.



    Shayla ouviu atentamente à estranha, que talvez estivesse se esforçando para esconder seu nome. Talvez ela não quisesse que outras pessoas soubessem quem era ela, isso podia significar algumas coisas. Tentando não demonstrar qualquer tipo de hostilidade e mostrando um pouco de empatia naquele ponto que poderia ser delicado, Shayla se limita a uma pergunta direta que poderia fazer toda a diferença.

    - Entendi. São boas alternativas. Como posso te chamar?

    Aquela era uma pergunta estratégica. Como a maga dera a chance da moça se apresentar e ela não o havia feito, ela agora poderia se dar qualquer tipo de nome ou apelido ao qual poderia atender. Ela só precisava de um meio para se comunicar para que aquela empreitada fosse mais efetiva.

    O vento frio precedia o cair da noite que se aproximava. O que também se aproximava era a propriedade do jovem orlesiano. Shayla reparara nas feições dele, era muito triste. Ela deu um aperto no ombro dele, tentando transmitir força para o rapaz.

    Um tempo depois eles avistaram a casa no alto da colina, assim como o celeiro que havia mais além. Julien ia dizendo para subirem quando subitamente foi atingido por uma flecha direto no pescoço. Os milésimos de segundo que se seguiram pareceram uma eternidade enquanto Shayla acompanhava com o olhar enquanto o corpo do garoto ia ao chão.

    O corpo agiu antes da mente, se abaixando com velocidade, praticamente se debruçando sobre o garoto. Um alvo no chão era mais difícil de se acertar à distância, e ela esperava ganhar um momento para garantir que Julien não morresse ali mesmo.

    - Corra para a plantação! - ordenou para a orlesiana.

    Enquanto isso, Shayla utilizou de seus conhecimentos em Cura para tentar remover a flecha de forma não letal para então aplicar o feitiço de Cura.

    Se preocuparia com o atacante assim que Julien estivesse fora de perigo de morte. Mas a mente já começava a trabalhar nas hipóteses sobre aquela situação.

    "Não acho que crias das trevas sejam capazes de usar um arco... Será que foram realmente crias das trevas que atacaram esse lugar?" - pensou consigo mesma.

    Ação Menor: Retirar a flecha do pescoço de Julien
    Ação Principal: Feitiço (Cura)
    Makaveli Killuminati
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2131
    Reputação : 41
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Makaveli Killuminati em Seg Abr 09, 2018 4:26 pm

    A mensagem de Olivianna parecia ter surtido algum efeito naquele jovem, percebeu quando se distanciou e logo quando voltou até a dupla novamente. A brisa gelada confortava um pouco a nobre orlesiana, era bom um refresco em meio as andanças. Mas o cheiro de podridão que acompanhava perdia toda a graça que poderia alcançar com aquele vento. Era só uma palhinha do que estava por vir.

    Shayla parecia ter se agradado do plano improvisado de Olivianna, e em seguida pergunta o seu nome. A nobre orlesiana tenta lembrar se havia se apresentado, mas pelo jeito não. - Que desatenção a minha. Me chamo Olivia Anna, então, como pode imaginar, respondo mais por Olivianna que por Olivia ou por Anna. - Olivianna comentava esboçando um sorriso. Shayla já tinha falado que era uma maga do círculo, talvez até conhecesse a família de Olivianna se ligasse o nome a pessoa, e se fosse o caso, era uma oportunidade de denunciar o quê estava acontecendo, não de se esconder. Mas, só tocaria no assunto de sua família caso fosse questionada.

    Olivianna conseguia ser empática ao jovem, pensou como seria voltar para casa e ver sua casa devastada por um conflito. Mas cada um sofria solitariamente com a sua própria dor. Apesar do cheiro de morte, visivelmente estava tudo normal. A nobre orlesiana esperava encontrar a fazenda em outro estado, pelo menos aquilo deveria ser uma notícia boa. Pouco a pouco o trio conseguiu observar mais da morada do jovem, o celeiro estava destruído, mas ainda assim era um estrago pequeno.

    A nobre orlesiana iria continuar a conversa com Shayla, mas uma tragédia interrompe qualquer tentativa de diálogo. Uma flecha havia trespassado o pescoço de Julien. - Merda! - Foi o que Olivianna exclamou surpresa. Estava distraída, não esperava por nada daquilo, e mesmo que tentasse era tarde demais para perceber de onde a flecha tinha sido lançada. A ideia da maga não era ruim, logo correu para a plantação mais próxima e se agachou, tentando fugir da mira de quem quer que fosse. Ali sua vantagem viria à tona.

    Olivianna ficou quieta, e agora um pouco mais segura passou a prestar atenção ao seu redor, naquilo que a cercava, para perceber de onde a flecha tinha sido lançada. Por sorte, conseguiria identificar e tentar uma aproximação sem que tal sujeito percebesse. Olivianna esperava que a sorte estivesse ao seu lado.

    Off:
    Optei por não fazer o teste de percepção antes pq Olivianna estava realmente distraída... Ela queria mesmo bater um papo com a Shayla... Então esse teste é após todo o acontecido.
    Garahel
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 466
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Garahel em Qui Abr 12, 2018 3:49 pm




    Tudo acontece muito rápido, e, ao mesmo tempo, parece andar em câmera lenta. Julien é atingido, Shayla vai ao chão, Olivianna corre para a plantação. A tensão no ar é quase palpável.


    A jovem maga concentra-se no rapaz, em uma tentativa desesperada de salvá-lo. Suas mãos habilidosas e bem treinadas conseguem, cuidadosamente, remover a flecha da ferida sem muitos estragos. Logo em seguida, o feitiço conjurado estanca o sangramento; o rapaz parece estável por ora, mas não há como saber por quanto tempo ele sobreviverá. E, ainda que viva, se terá sequelas.


    Olivianna, por sua vez, tenta buscar a origem do ataque. Depois de alguns momentos percorrendo a região com os olhos, consegue, enfim, vislumbrar o que parece ser o agressor. Uma figura alta, cuja sombra destaca-se no sol poente, logo em frente à casa, no topo da colina. A iluminação não favorece a visão da guerreira, de modo que não consegue identificar que tipo de criatura é. O que consegue ver, com clareza, é a silhueta de um arco.


    Enquanto observa, e antes que possa fazer qualquer coisa, a criatura recarrega o arco mais uma vez, e atira - dessa vez, mirando em Shayla.


    Ação Menor: recarregar o arco
    Ação Principal: ataque à distância

    off:
    - Os testes de cura foram bem-sucedidos, e o rapaz tá vivo (por enquanto rs)
    - Shayla falhou no teste de Visão, mas Olivianna conseguiu (msm eu colocando dificuldade mais alta por fazer depois Razz )
    - A ordem de iniciativa ficou:
    1) inimigo: 12
    2) Shayla: 11
    3) Olivianna: 8
    Portanto, agr é a vez de Shayla, mas espera eu rolar o ataque do bicho pra saber se vai atingir  bounce
    Garahel
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 466
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Garahel em Qui Abr 12, 2018 3:56 pm




    A flecha voa pelo ar depois de disparada, e, antes que Olivianna possa gritar um alerta, atinge o ombro esquerdo da jovem maga. O ferimento é profundo e a dor é intensa, mas, felizmente, o projétil não parece ter atingido nenhum tendão ou ligamento, pois Shayla ainda consegue mover seu braço normalmente.



    off:
    Acertou e ainda tirou 8 de dano bounce
    Matusael
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1365
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Matusael em Sex Abr 13, 2018 3:26 pm





    Shayla


    Vestimenta:

    Robe (mago), Manto, Cinto com bolsa, Manoplas, Roupa íntima, Meias, Botas.


    Ao alcance das mãos:

    Cajado.



    Sua rapidez em prestar socorro poderia ter acabado de salvar a vida de Julien, mas não tinha certeza. Mesmo assim, era o melhor que poderia fazer naquele momento com aquele perigo iminente.

    "O que foi iss..."

    Antes de concluir o pensamento, ela é atingida por uma flecha. Ela sabia que aquela era uma possibilidade real, mas a dor que sentiu estava longe de ser esperada.

    - AAAAAAAAAAH!!

    Ergueu os olhos na direção de onde veio a flecha. Precisava identificar o inimigo para então confrontá-lo. Talvez precisasse ganhar tempo para que Olivianna pudesse conseguir alguma vantagem para eles. Começou então a correr para a frente, observando adiante, tentando enxergar o inimigo, ao mesmo tempo que ficava extremamente atenta para se defender ou se esquivar de um próximo ataque.

    - Não atire, por favor!! - gritou para quem quer que estivesse atacando.

    Ação Principal: Corrida. (24m)
    Ação Menor: Erguer a Guarda.
    Makaveli Killuminati
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2131
    Reputação : 41
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Makaveli Killuminati em Sex Abr 13, 2018 3:46 pm

    Olivianna conseguiu enfim identificar de onde tinha vindo a flecha. Não sabia se havia conseguido se esconder do agressor, mas parecia que sim. A silhueta parecia de um homem, que leva a mão ao arco e atira outra flecha. Ignorou Olivianna completamente, mirando em Shayla, a nobre orlesiana identifica aquilo como um sinal de que havia conseguido despistar o homem. "Desgraçado". Pensou enquanto continuava vagarosamente a se afastar para os flancos.

    A flecha havia sido lançada e cruzou ao lado da plantação, indo direto na direção de Shayla e Julien. Olivianna ignorou, continuou o seu percurso seguindo o flanco do agressor. O grito da maga irrompeu por entre as folhas, como se fizessem tremular, o desgraçado havia acertado ela. Olivianna se apressou e investiu em seu ataque pelos flancos, tentando pegar o agressor de surpresa em uma aproximação inesperada. A nobre orlesiana salta feitou um trovão, colocando toda sua raiva no golpe desferido verticalmente, de cima para baixo.
    Garahel
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 466
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Garahel em Sex Abr 13, 2018 9:01 pm




    Uma risada arrepiante, grotesca e permeada por guinchos segue-se ao pedido da maga para não atirar. Logo ela e Olivianna conseguem subir o morro; Shayla em uma posição defensiva, tentando chamar atenção para si, enquanto a ladina busca aproximar-se furtivamente da criatura para atacá-la pelas costas.


    Quando se aproximam, podem ver, enfim, o agressor. Uma cria das trevas. Alto e forte, a pele arroxeada e apodrecida, o fedor nauseabundo de carne estragada, e os olhos completamente negros. Veste uma armadura de malha; nas mãos, um arco, e, nas costas, uma espada larga. Quando a humana e a elfa se aproximam, a besta exibe um sorriso sombrio de dentes afiados e ensaguentados.


    Alguns metros atrás dele, outra criatura do mesmo tipo acaba de sair da casa, guinchando ao ver as duas adversárias. O primeiro recarrega seu arco mais uma vez, e tenta atirar na maga à queima-roupa.


    Ação Menor: recarregar o arco
    Ação Principal: ataque à distância

    off:
    - Shayla está adjacente à primeira cria e a 10m da segunda; vc ergueu a guarda, mas isso só vale até o fim da rodada (não até seu próximo turno), então n pode usar o bônus de defesa contra esse ataque
    - Olivianna está a 4m da primeira e a 6m da segunda cria, tentando se aproximar pelas costas para usar o talento de ladina; como combinamos, o último post vale pelas duas rodadas, então n precisa postar de novo (a n ser que vc queira fazer um post descritivo sem realizar novas ações, aí é contigo slfmskfmsgs)
    - IMPORTANTE: vcs estão pela primeira vez diante de uma cria das trevas real ao vivo em carne e osso. É uma aparência horripilante e traumática. Façam as duas testes de Vontade (Coragem). Quem falhar tem penalidade de -1 nas rolagens de ataque até o fim do combate. Quem for bem-sucedida n tem penalidade, mas ainda assim expressem o horror das persos nos posts rs
    - A segunda cria está surpresa, por isso n agiu essa rodada. Vou rolar o ataque da segunda e posto aqui o resultado. Vou já rolar logo tbm o teste de Percepção (Visão) dela que é pra resistir a Furtividade da Olivianna  bounce
    Garahel
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 466
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Garahel em Sex Abr 13, 2018 9:13 pm




    A flecha passa de raspão pelo braço direito de Shayla, mas perto o suficiente para atravessar suas vestes e cortar sua pele. O sangue começa a brotar do corte imediatamente.


    off:
    O ataque acertou, mas eu rolei 3 dados do dano ao invés de um só Razz Considerei o primeiro resultado, então ficou 2+3 = 5 de dano
    Matusael
    Moderador
    avatar
    Moderador

    Mensagens : 1365
    Reputação : 84
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Matusael em Ter Abr 17, 2018 12:09 pm





    Shayla


    Vestimenta:

    Robe (mago), Manto, Cinto com bolsa, Manoplas, Roupa íntima, Meias, Botas.


    Ao alcance das mãos:

    Cajado.



    Por mais que ela soubesse o que lhe esperava, seu espírito não estava preparado para o que viu. Ela imaginava monstros humanoides disformes sem consciência. Mas não era isso o que viu. Era um homem consumido pela mácula, com plenas capacidades de cognição e inteligência. Sua aparência era tenebrosa, tal como sua expressão e as gargalhadas que dava. Shayla, em seu ímpeto de conseguir visualizar seu atacante, com a esperança de que fosse apenas uma pessoa assustada tentando se defender, se aproximou demais, mais do que gostaria. Tinha que se afastar. Mas era tarde. Uma nova flechada passa de raspão, abrindo um corte em seu braço, mas a adrenalina quase não a fez sentir o ferimento. Ela empunha o cajado nervosamente. As mãos tremiam levemente, com o corpo querendo sucumbir, mas a mente se mantendo firme. O olhar agora era de determinação.

    - Você será exterminado!

    Enquanto recua lateralmente, se distanciando pelo lado esquerdo, a maga faz os gestos e diz as palavras mágicas para conjurar seu feitiço de ataque.

    - Rajada Arcana!

    Direcionou o raio na direção da cria das trevas que empunhava o arco. Esperava se colocar numa posição que facilitasse qualquer ataque por parte de Olivianna, se é que ela realmente iria ajudar. Se a garota tivesse medo e não se juntasse á luta, provavelmente o destino de Shayla seria apenas a morte precoce.

    Ação Menor: Movimento (12m).
    Ação Principal: Feitiço: Rajada Arcana.
    Garahel
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 466
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Garahel em Qua Abr 18, 2018 9:48 pm




    Olivianna tenta se esgueirar pelas costas da cria das trevas, mas o adversário percebe e consegue evadir-se do golpe calculado. Apesar disso, a ladina age velozmente e, sem pestanejar, refaz a rota de seu golpe e atinge o monstro em cheio entre suas costelas. O hurlock grita e guincha de dor, os olhos repletos de ódio.


    Aproveitando-se da distração, Shayla é rápida em conjurar um feitiço ofensivo, direcionando um potente raio contra a criatura. A energia arcana queima sua pele arroxeada, emitindo uma fétida fumaça. Os gritos agudos da criatura invadem os tímpanos da maga; pelo menos, significam que doeu.


    Sem perder tempo, a outra cria das trevas, parada no batente da casa, saca seu arco e dirige uma flecha contra Shayla. O primeiro hurlock, por sua vez, pega a pesada espada em suas costas e, repleto de fúria, tenta golpear a ladina ao seu lado.


    HURLOCK 2
    Ação Menor: Sacar (arco)
    Ação Principal: Ataque à distância

    HURLOCK 1
    Ação Menor: Sacar (espada)
    Ação Principal: Ataque total (+1 DMG caso acerte, -1 Defesa até o próximo turno)

    off:
    - Olivianna está adjacente ao hurlock 1 e a 10m em linha reta do hurlock 2. O teste de Coragem falhou, então -1 nas próximas rolagens de ataque. A furtividade falhou tbm, então não rolou a punhalada pelas costas. Mas o ataque acertou e com o golpe fatal arrancou 13 de dano bruto menos a armadura do bicho cheers
    - Shayla está a 14m em linha reta do hurlock 1 e a 16m em diagonal do hurlock 2. O teste de Coragem deu bom, então ataques normais. O teste de conjuração deu certo e o bicho falhou no de Acrobacia, então tirou 11 de dano bruto (menos a armadura tbm)  cheers

    Vou postar dnv com o resultado dos ataques dos bichos, dps é a Shayla, dps a Olivianna
    Garahel
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 466
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Garahel em Qua Abr 18, 2018 10:05 pm




    Felizmente, crias das trevas não são tão boas de mira assim; a flecha não consegue acertar a maga, zunindo ao passar ao lado de sua cabeça. Por outro lado, a pesada espada da outra criatura desce resoluta, atingindo em cheio o braço esquerdo de Olivianna. O sangue brota imediatamente, e um formigamento dolorido se espalha pelo membro.


    off:
    Eu sou um idiota e não tinha visto que a flecha errou, rolei façanha e tudo, tirei pontos de saúde na ficha da Shayla pra depois perceber que tinha errado Razz E graças à deusa errou porque ia fazer um estrago. Continua nos 13 de Saúde
    Quanto a Olivianna, a espada tirou nada menos que 14 pontos de dano bruto rs A armadura absorve 3, então menos 11 pontos de Saúde. Está agr com 21 (atualizado lá na ficha)
    Conteúdo patrocinado


    Re: Capítulo 1 - JADER

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Set 19, 2018 9:37 am