Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Dia 24/12 - Domingo

    Compartilhe
    Bravos
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1849
    Reputação : 104
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Bravos em Dom Abr 08, 2018 5:12 pm


    24/12, domingo, 9h15
    Snake


    Era o dia seguinte. As coisas correram bastante mau na véspera. Samuel estava morto depois de tentar barganhar com o Velho Jack. Sua morte fora um golpe bastante duro. Até porque foi trágica que nem esses filmes escrotos de bang bang da madrugada. Maze havia desaparecido com Erika. Traidor filho da puta. Denis caira no murro com Henry e havia dado muita sorte de ter improvisado com umas garrafas e de ser duro na queda. Talvez aquele tinha sido o único ponto positivo: o 'Berserker' do Sindicato tinha apanhado que nem menino. A fuga de Denis do Oasis foi espetacular. Ele correu praticamente cinco quilômetros antes de poder ser resgatado por mim. Agora estamos de volta na mesma sala onde o plano que parecia brilhante começou. Denis está descansando numa casa escondida que Larry arranjou pra ele. Na mesa estou sentado eu, Clive; Ghost, mais calado que uma porta; Snake, o único que parece ainda ter algum juízo em mente; e Larry, que parece que envelheceu cento e vinte cinco fodendos anos desde ontem a noite.


    Até as porras dos cigarros já estão frios... Larry balança a cabeça sozinho negativamente. Ele não está satisfeito. - Não pode ficar só por isso... Tudo bem, o tal Henry apanhou bastante, mas porra. O que é uma pisa perto de uma... - Ele nem conseguiu terminar a frase. - Talvez seja melhor a gente deixar os ânimos se acalmarem... - Arrisquei. - O CARALHO! Se os ânimos se acalmarem, vai ficar por isso mesmo. E não vai! - Sabia que seria em vão. Olho para Snake. Era quase uma súplica para que ele fizesse alguma coisa.




    @Sllaker continuamos!

    Sllaker
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 141
    Reputação : 10

    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Sllaker em Qua Abr 11, 2018 10:30 pm

    Snake passara a última noite bebendo enquanto remoía as perdas anteriores. Não havia conseguido dormir. O terror de ficar acordado em nada se comparava com a escuridão que encontrava ao fechar os olhos enquanto confrontava, mais uma vez, a cena do Samuel caído ao chão. Morto como um vira-lata sem dono. Seu olhar viajava pela sala, vazio e sem rumo na espera de algum milagre que ele sabia que não aconteceria. Encarou o seu copo por alguns segundos. Estava na metade, meio vazio. Ou era meio cheio? Ele não sabia. Assim como não sabia como iria conseguir sua vingança.

    Sua atenção se voltou para os companheiros sentados na mesa. Larry irritado, mantinha o punho fechado enquanto praguejava esporadicamente alguma coisa inaudível. Clive fumava mais um cigarro, meio que por hábito, já que não eram mais suficientes para lhe tirarem o estresse. Ghost não fumava e nem bebia, mas fuzilava o chão com o olhar, parecendo concentrando em alguma outra tarefa. Até que Larry resolveu quebrar de vez o silêncio. — Não pode ficar só por isso... Tudo bem, o tal Henry apanhou bastante, mas porra. O que é uma pisa perto de uma... — Ele não quis terminar a frase. Ou não conseguiu. —  Talvez seja melhor a gente deixar os ânimos se acalmarem... — Clive falou, tentando resigna-lo. Uma tarefa inútil, ele sabia bem. — O CARALHO! Se os ânimos se acalmarem, vai ficar por isso mesmo. E não vai! — Larry respondeu, como já era previsto. Clive olha para Snake, como se pedisse ajuda. Ele tenta pensar em algo produtivo para falar, mas nada lhe vem à mente. — Está vazia como o copo de um bebum. — Pensou. Mas ele sabia que tinha de falar algo. — Larry tem razão. — Falou, enfim, deixando que as palavras lhe saíssem naturalmente. — Temos que fazer alguma coisa. E logo. Ou seremos tirados como fracos e covardes. — Sabia que aquilo colocaria mais lenha na fogueira. — Mais o quê? — Falou, jogando a pergunta de 1 milhão de dólares na mesa. Snake via poucas opções viáveis e em nenhuma delas eles saíam vivos. — Não que isso importasse. — Pensou. — Mas se vou cair eu quero cair atirando.
    Bravos
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1849
    Reputação : 104
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Bravos em Qui Abr 12, 2018 1:16 pm


    24/12, domingo, 9h20
    Snake


    O silêncio pairou como a névoa nas manhãs de inverno. Frio como uma porra. Era incômoda aquela situação. - Seguinte... - Disse Larry. - Você e Ghost vão investigar e descobrir alguma coisa. Algum ponto fraco que possamos explorar. Uma entrega que vai ser feita, uma boca de fumo menos protegida, umas contas mau feitas no Oasis, estou pouco me fodendo para o "quê", desde que possamos nos aproveitar disso. - Larry estava mesmo devotado a encontrar uma brecha e enfiar uma faca na medula do Sindicato.


    - Eu espero receber notícias de vocês até meio dia. Nem me liguem se não for para dar uma boa nova. - Ordens são ordens... Eu me levanto. Era melhor levar Larry dali e tentar lembrar que amanhã é Natal. Com um aceno de cabeça digo para os dois irem.




    @Sllaker como só tem você como jogador, você vai jogar os conflitos dos NPC's da gangue do Larry, quando for preciso. Agora vamos ter um conflito de Recursos para encontrar informação.

    Sllaker
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 141
    Reputação : 10

    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Sllaker em Sab Abr 14, 2018 11:11 pm

    Snake se levanta e deixa o Clive e o Larry com um aceno de cabeça. Ele e Ghost saem e encaminham-se para o carro. Ghost assume o volante. Ainda era necessário decidir para onde iriam. Nas mãos de Snake, o celular indicava as horas: 9h21. Ele o coloca de volta no bolso, deparando-se com o fato de que, nessa hora, num domingo, não havia muitos locais em que pudesse ir para investigar ou tentar conseguir alguma informação. Bares, boates, cassinos, tudo estaria fechado ou com pouco movimento. Poderia tentar conseguir algo com algum traficante de drogas menor, que com algum trocado e um bom papo poderia soltar algo interessante. Mas seria difícil encontrar algum que não fosse pau mandado do Sindicato. Eles controlavam a rede de drogas na cidade e eram poucos os que vendiam sem tê-los como fornecedores.

    Mas se existe algo que vende mais que as drogas, bem, isso é o sexo. O Sindicato tinha os maiores cafetões e possuía a maioria dos grandes puteiros, mas eles não podiam controlar as putas como controlavam as drogas. Elas possuíam bocas e línguas. E essas não serviam só para dar prazer. De vez em quando algum boca-mole do Sindicato falava demais quando estava bêbado, ou alguma puta ouvia alguma coisa que não deveria. Era com isso que Snake contava naquele momento. — Vamos para o El Paraiso. — Falou. Ghost respondeu com um olhar confuso, mas logo pareceu entender, pela forma como ligou o veículo e saiu cantando pneu pelo asfalto.
    Bravos
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1849
    Reputação : 104
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Bravos em Seg Abr 16, 2018 6:45 pm


    24/12, domingo, 9h43
    Snake


    Ghost dirigiu com pressa até El Paraiso. Aquele talvez fosse um dos poucos puteiros grandes que não estavam sob o mandato do Sindicato. E talvez lá eles conseguissem algumas informações. Decerto não conseguiriam uma aliança. Mas algumas informações... Era possível. O prostíbulo era como um grande sobrado que ficava numa esquina. Aquela era uma hora inusual para chegar por ali, por isso tiveram que bater algumas vezes na porta até que alguém viesse abrir. - O que vocês querem? - Uma das meninas abriu a porta e, protegendo os olhos do sol, os interpelou. Naquele momento Snake usou toda sua lábia para que aquela porta fosse aberta. A garota revirou os olhos e deixou-os passar. - Sejam rápidos... - Entrando, chegaram no bar que recepcionava os clientes. As cadeiras estavam com os pés virados para cima e o lugar estava vazio. Ela foi para trás do balcão e escutou o que os dois garotos de Larry tinham para dizer.


    - Eventualmente uns capangas menos importantes, que não tem programas na folha de pagamento, frequentam as camas daqui... Mas é bem de vez em quando, não creio que vocês consigam grande coisa. - Aquilo era decepcionante. - Se quiserem uma bebida para não darem viagem perdida... - Ela se virou e abaixou-se, deixando um ângulo de visão interessantíssimo que fez o sangue dos dois bombearem para partes que não deveriam naquele momento. Quando se levantou, com copos e uma garrafa, ela parecia estar pensativa. - Mas agora que você falou no Sindicato...  Acho que um cara uma vez me disse que chegaria um carregamento em duas semanas e que quando ele chegasse, o Sindicato estaria todo armado e não "vai ter mais para ninguém". - Ela fez o gesto com os dedos indicando aspas. - Deve ser esses dias... - Batia o dedo contra os lábios carnudos. Era até difícil prestar atenção no que ela falava.




    Você pode narrar dizendo quando vai ser a entrega do carregamento e como ela chegará (meio de transporte). Você pode narrar que descobriu nessa mesma conversa, ou em outra, você que sabe.

    Sllaker
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 141
    Reputação : 10

    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Sllaker em Qua Abr 18, 2018 9:05 pm

    — “Esses dias”, né? — Snake comentou, enquanto percebia que a garota se fazia de esquecida. Tirou uma nota generosa da carteira, enquanto analisava-a melhor. Seu rosto estava sem maquiagem e seu cabelo ruivo estava preso. As maçãs do seu rosto eram saltadas e combinavam bem com seus lábios bem preenchidos. Seus olhos eram penetrantes, mas ao mesmo tempo, por algum motivo, acusavam um padecimento digno de pena. Snake deslizou a nota pelo balcão, deixando-a bem próxima da mulher. Ela tirou os dedos que tocavam os lábios e, hesitante, pegou a nota e guardou-a entre os seios. Magicamente, pareceu-se lembrar tudo e colocou-se a falar, movendo os belos lábios que tinha. — Ele me disse que chegaria hoje a noite. Me lembro bem disso por que ele encheu a boca pra falar de como o Colossus tinha encomendando o “presente de Natal” do Sindicato, que deixariam eles preparados pra “foder geral”. — Ela fez as aspas com os dedos novamente. — E como vão entregar essa encomenda? — Snake perguntou. — Ele não me falou nada sobre isso... — A mulher respondeu, com sinceridade, balançando a cabeça negativamente. — Certo então. Se você ou alguma de suas meninas ouvirem algo, você sabe... fala comigo. — Ele disse, despedindo-se e indo em direção a saída. — Não estão com sede? Fiquem à vontade para uma bebida. — A mulher perguntou, enquanto acompanhava-os, mas seu tom de voz parecia oferecer mais que uma bebida. — Tentador, mas não. — Snake respondeu. — Talvez numa próxima. — Forçou um último sorriso e saiu. — Eu tenho sede, sim, mas não é de bebidas nem de mulheres.

    Do lado de fora, caminhou em direção ao carro estacionado na calçada. Ghost vinha a seu lado, silencioso e pensativo, como sempre. Era quase como uma sombra e tão leal quanto uma. — Era isso que todos pensavam de Maze. — Ponderou. Se apoiaram do lado do carro, observando o vai e vem das ruas, e Ghost viu quando Snake pegou o celular e ligou para o Clive. Não tocou muitas vezes e logo foi atendido. Uma voz meio rouca atendeu. — Clive, é o Snake. Parece que o Sindicato vai receber uma encomenda de armas hoje a noite. Pelo que falaram parece ser coisa pesada. Eles tão se preparando pra uma guerra. — Snake deixou o Clive absorver a informação por um momento. — Não sei onde será o recebimento, mas eu po... — Clive não deixou Snake completar. — No porto. Só pode ser lá, garoto. Coisa grande assim, importado, não tem outra entrada. — Snake percebeu as verdades nas palavras do homem. Uma grande encomenda como essa só poderia chegar pelo porto. Era a principal entrada de cargas da cidade e era controlado pelo Sindicato. — Certo, então avise o Larry. Esse ano a festa de Natal é no porto.
    Bravos
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1849
    Reputação : 104
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Bravos em Sab Abr 21, 2018 9:27 am


    24/12, domingo, 10h00
    Snake


    Estavam mais uma vez no carro. Haviam conseguido encontrar uma boa informação. Agora eles tinham um trunfo. Ghost pôs a chave na ignição, mas não a virou. - E agora? O que vamos fazer? Ir para o porto? - Perguntou para Snake, que havia acabado de desligar o celular com Clive. - Acho que se pusermos os pés lá, seriamos abatidos à tiros na hora. Talvez precisemos pensar em uma outra maneira de chegar nesse barco. - Depois da ousadia de ontem a noite, em que Denis 'invadiu' sozinho o Oasis, certamente se outros dois capangas de Larry aparecessem no Porto não seriam tratados com a mesma condescendência.


    Ghost olhava fixamente para frente como se pensasse numa solução. - E se déssemos uma maneira de interceptar esse carregamento? - Olhou então pra Snake, esperando que ele completasse a linha de raciocínio.




    Mals pela demora @Sllaker

    Sllaker
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 141
    Reputação : 10

    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Sllaker em Dom Abr 22, 2018 7:46 pm

    Eram 10 horas da manhã e o sol, tímido, ameaçava sair detrás das nuvens cinzas que tomavam o céu. Snake havia acabado de falar com Clive e agora imaginava quais seriam os próximos passos. Ghost ensaiou sair com o carro, mas antes disso, perguntou para onde iriam. — E agora? O que vamos fazer? Ir para o porto? — Tão raros como dias ensolarados, eram os dias em que Ghost falava mais que algumas frases. — Acho que se pusermos os pés lá, seriamos abatidos à tiros na hora. Talvez precisemos pensar em uma outra maneira de chegar nesse barco. — Ele tinha razão sobre isso, Snake reconheceu. — E se déssemos uma maneira de interceptar esse carregamento? — Ghost perguntou, deixando a ideia no ar.

    Snake encarou o painel do carro, pensativo sobre aquilo. Ghost era o cara dos planos mirabolantes, dignos de filme. Por baixo dessa capa silenciosa e quieta escondia-se um sujeito inteligente. Ele já havia planejado roubo a bancos e joalherias. Não era sanguinário como Samuel e nem piromaníaco como Maze, o que agradava Snake, mesmo que, na situação em que se encontravam, um pouco de sangue e fogo fossem bons. — Parece bom. — Falou, finalmente. — Mas como planeja fazer isso, exatamente? Pegar um barco e abordá-los antes de chegarem ao porto? Como saberíamos qual barco é? — Colocou-se a pensar, esperando a resposta de Ghost. Sempre valia a pena ouvi-lo, assim como valiam a pena os dias de sol. Ninguém, mais que um detento, aprecia um dia ensolarado. Uma pena que ambos fossem tão raros, mesmo que Snake não soubesse exatamente por quê.
    Bravos
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1849
    Reputação : 104
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Bravos em Dom Abr 22, 2018 9:46 pm


    24/12, domingo, 10h01
    Snake


    Ainda estavam sentados no carro quando o sol começou a abrir. Coisa raríssima naquela cidade, principalmente. Parecia que a tristeza que escorria nas ruas evaporava pro céu e formava nuvens permanentes de cinza-depressão. - Se sabem que o barco vai chegar hoje, deve ter no porto alguma relação com as chegadas previstas. Talvez com horário e tudo. Podemos conseguir isso com chantagem e suborno. Aí precisaríamos conseguir um barco pequeno e ágil e então emparelhar com o navio, subir a bordo e lá dentro... - Ele meneou a cabeça sugerindo algo. - Lá dentro podemos fazer o que quisermos.


    Ele girou a chave na ignição. O motor roncou. - Você arranja as chantagens e os subornos ou o barco?



    Sllaker
    Samurai Urbano
    avatar
    Samurai Urbano

    Mensagens : 141
    Reputação : 10

    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Sllaker Ontem à(s) 6:43 pm

    Snake ouvia Ghost, enquanto encarava as ruas e observava o perambular das pessoas que iam e viam, passando por estabelecimentos e lojas, preocupadas com a comemoração de Natal, à medida que iam gastando o dinheiro que não tinham para agradar pessoas que não gostavam. — É esse o tal espirito natalino? — Perguntou-se, até que sua atenção se inclinou novamente para Ghost, que terminava de falar. — Eu cuido do suborno. — Snake respondeu, fazendo um movimento para o motorista seguir caminho. O plano parecia bom e Snake imaginava a cara de cu que o filha da puta do Colossus ficaria ao descobrir que o carregamento havia sido roubado. Mas, ao mesmo tempo, algo sobre aquilo lhe dava um mau pressentimento.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Dia 24/12 - Domingo

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Abr 26, 2018 10:10 am