Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Theodore - Simon Black

    Compartilhe
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Hellkite em Seg Ago 13, 2018 8:49 pm

    - Mas, me diga, quem lhe contratou? Você parece ser um fotógrafo muito competente, creio que poderá realizar trabalhos para mim!

    Estava bem claro pela reação de Arthur que aquela era uma informação a qual ele estava relutante em dar. Ele ficou com a cara séria e o olhar fixo para a frente, como se lutasse contra algo interior. Seriam gotas de suor se formando em sua testa?

    NRPG: Gastou Will. Rolou 2 e 6. Falhou.

    Arthur finalmente deu de ombros, suspirou e voltou a ficar calmo, e disse:

    - Olha, normalmente eu não dou o nome dos caras que me contratam, mas como você me parece ser gente boa, eu vou falar... Seu nome é Jesse Madox. Também é boa pinta como você, pagou metade adiantado... Bem, quanto a trabalhos, pode contar comigo, estou aberto a novos serviços.

    Theodore franze a sobrancelha, tentando se lembrar se alguma vez já ouvira aquele nome. Não lhe era totalmente desconhecido, porém não conseguia associar a nenhuma organização importante. Madox... Madox... Espera ai, será que não tinha lido alguma coisa sobre ele na ultima revista da People que estava em casa?
    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 518
    Reputação : 11

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Simon Black em Sab Ago 18, 2018 9:44 am

    Jesse Madox.

    Aquele nome fica em sua mente por um tempo. Theodore então balança a cabeça ao lembrar da revista People que tem em casa, que talvez lá tenha o que procura.

    - Combinado então. Me passe seu telefone ou um cartão que entrarei em contato... - murmurou e, em seguida, retirou a carteira do bolso, pegando nela o dinheiro combinado - E aqui está o que acertamos. Peço que apague as fotos imediatamente! - falou, encarando-o nos olhos.

    Depois de ter a certeza que ele apagara as fotos e que recebeu o telefone de contato dele, despediu-se dele para retornar para sua casa.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Hellkite em Qua Ago 22, 2018 11:15 pm

    - Combinado então. Me passe seu telefone ou um cartão que entrarei em contato... - murmurou e, em seguida, retirou a carteira do bolso, pegando nela o dinheiro combinado - E aqui está o que acertamos. Peço que apague as fotos imediatamente! - falou, encarando-o nos olhos.

    Arthur faz conforme ordenado, dando um cartão contendo nome, celular e e-mail. Das mãos de Theodore ele pega o dinheiro, com um grande sorriso no rosto, e então ele mostra as fotos que tinha tirado com sua câmera sendo deletadas uma a uma.

    O rapaz despede-se colocando a mão na aba do boné e caminha em direção da saída do estacionamento. Theo o observa por algum tempo, e então abre a porta de seu carro, senta-se e finalmente da a partida.

    Não havia muito transito nas ruas, já era tarde. Logo ele chega no prédio, e depois de estacionar seu carro em sua vaga, pega o elevador, ainda pensando em tudo o que ocorrera.

    Com a mente focada na revista, rapidamente ele abre a porta de casa e corre para pegar a People, que estava sobre a mesa de centro. Folheia, folheia, folheia... Ah, aqui esta.



    Jesse Madox, em seu escritório na Morrison-Williams, acaba de fechar contrato com a Nobili, empresa de tecnologia de Redmond. A famosa empresa de investimentos acredita que os avanços que a Nobili trouxe para a área de Sistemas Integrados possa ser aplicado em grande escala em empresas governamentais, aumentando a comunicação entre os sistemas e diminuindo a burocracia. “A Nobili tem grande futuro pela frente, e com nossa ajuda, ganhará o mercado de tecnologia governamental,” afirma Madox.

    - Theo, Theo... Você fica lendo revista, enquanto eu fico esperando na cama? Pensava que estivesse morrendo de vontade de me ver na nova lingerie da Aubade... – diz Anna com voz aveludada. Theodore lentamente ergue seus olhos para acima da revista e ve a sua linda morena, com as mãos nos cabelos, encostada na porta em pose sensual.

    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 518
    Reputação : 11

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Simon Black em Dom Ago 26, 2018 7:37 pm

    Bingo.

    - Esse filho da puta... - murmura baixinho encarando a foto de Jesse Maddox.

    Seus pensamentos voltam-se para a Morrison-Williams. Com certeza, Maddox tentaria ou melar a fusão da Nobili com a Galileo... ou tentaria roubar-lhe a assessoria naquele negócio. Seus pensamentos rapidamente se voltam para tudo o que sabe sobre a empresa de investimentos concorrente e para aquele que mandara lhe seguir.

    E é nesse momento que ele ouve a voz de Annabelle, a qual esquecera completamente. Theodore ergue os olhos da revista e a encara. E ela está completamente maravilhosa na lingerie. Ele morde o lábio inferior e sorri, maliciosamente. Ali estava algo que ele não conseguia, de forma alguma, controlar.

    - Eu queria apenas checar uma informação... - murmura e levanta-se do sofá, deixa o paleto sob uma cadeira e caminha lentamente até ela, enquanto tira a gravata.

    - Você está deliciosa! - completa e a beija na boca, empurrando-a para dentro do quarto, fecha a porta com o pé em seguida - Temos a noite toda!.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Hellkite em Seg Set 03, 2018 7:43 pm

    - Você está deliciosa! - completa e a beija na boca, empurrando-a para dentro do quarto, fecha a porta com o pé em seguida - Temos a noite toda!.

    Anna devolve o beijo com muita volúpia, colocando uma mão pela abertura do terno de Theodore e sobre seu peito, roçando os dedos através do fino tecido. Com a outra segurava a sua nuca, subindo e acariciando seus cabelos. As línguas se tocam, e sua saliva parecia mel. O vampiro sente a pressão dos seios da morena em seu corpo e o calor emanado, um calor aconchegante e convidativo. Ela usava um perfume floral delicado, e misturado com sua essência natural, tornava seu cheiro inebriante. Rapidamente ele é levado para a cama, sendo puxado pela gravata por Anna, que sorria marotamente como a adolescente do passado, e logo estava deitado, com as pernas da mulher se cruzando e empurrando sua virilha de encontro a ela.

    Mais um longo beijo.

    Então ela para, e acaricia a face do amante, olhando em seus olhos. Havia ternura em sua mirada, mas também preocupação.

    - Você estava gelado quando me beijou, e até achei graça, pensando que era por causa do frio da noite... – diz, e em seu rosto estava claro que ela se importava com ele – Só que você ainda continua gelado... Tudo bem com você? Você está doente?
    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 518
    Reputação : 11

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Simon Black em Dom Set 09, 2018 6:32 pm

    O envolvimento dos amantes ia ficando cada vez mais intenso e inebriante. Há tempos Theodore não ficava daquela forma com Annabelle e a saudade misturada com a adrenalina do que acontecera pouco tempo atrás no shopping fizeram com que ele ficasse cada vez com mais vontade de tê-la por inteiro.

    Só que ela parou e lhe encarou, falando sobre a temperatura gélida dele.

    O próprio Theodore ficou sem entender o que ela queria dizer e ergueu as sobrancelhas, encarando-a.

    - Não, Anna, eu tô bem... normal... - respondeu, ajoelhando-se na cama e abrindo os braços - Não tô doente não. Você está bem? Será que não está muito quente? - perguntou sorrindo maliciosamente.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Hellkite em Sex Set 14, 2018 11:05 pm

    - Não, Anna, eu tô bem... normal... - respondeu, ajoelhando-se na cama e abrindo os braços - Não tô doente não. Você está bem? Será que não está muito quente? - perguntou sorrindo maliciosamente.

    A atitude brincalhona de Theo desarma Anna, que devolve com um sorriso safado.

    - Talvez eu seja quente demais para você... – diz de maneira provocante.

    **

    O contato intimo entre os dois é caloroso e empolgante, muito devido ao longo período de separação entre os amantes. A entrega é total, e o desejo demora a passar. Mas ele passa, e finalmente homem e mulher, exaustos e nus, permanecem abraçados na espaçosa cama de casal.

    Annabelle se aninha no corpo forte de Theodore, e o calor emanado por ela era o suficiente para manter os dois aquecidos. Ela se vira, encara o vampiro e passa a mão pelos seus cabelos.

    - Senti muito a sua falta, Theodore, me prometa que nunca mais vai sumir desse jeito... – diz, com a cara brava. Mas logo sua braveza se desfaz, transparecendo agora ternura – Voce viu do jeito que voce me deixou? Nossa, nem acredito que te beijei no meio da praça de alimentação, fiquei doidinha... Dane-se! Agora que vamos morar nós dois juntos, não pode haver mais segredos entre a gente, meu amor. Me conte a verdade, por que voce ficou tanto tempo sem me ver? – diz, e em seus olhos estava nítido sua confusão, sua falta de entendimento de tudo que estava acontecendo.
    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 518
    Reputação : 11

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Simon Black em Dom Set 23, 2018 11:37 am

    Os amantes logo intensificaram as sensações sentidas, tornando o contato ainda mais íntimo até atingirem o clímax.

    Algum tempo depois, nus e abraçados, os dois se encaravam. E ela tornou a fazer a pergunta que ele queria não ter que responder. Tratou de deixar aquela idéia lunática de morarem juntos no fundo de sua mente, afastando a discussão que teriam momentanemanete.

    Mas sabia que não poderia mais mentir para ela. Ou melhor, omitir certas partes.

    - Algo vem acontecendo comigo, mas não sei exatamente o quê... - murmurou e respirou fundo - Como você sabe, tem mais ou menos duas semanas que terminei aquele trabalho importante para o Sr. Mackay. Parte da comemoração daquela noite sumiu de minha mente...

    Annabelle sabia sobre a comemoração. Na tarde daquele mesmo dia, eles dois haviam passado horas em comemoração pelo negócio que ele fechara pela manhã. Aquela tinha sido a última vez que eles se viram.

    - Acordei na manhã seguinte aqui em casa. Estava meio febril, com muita fome. Nada pareceu me satisfazer, permaneço com uma fome estranha, nada que como parece me saciar... - suspirou novamente - Por falar nisso, eu estou com fome... - soltou um muxoxo e fez uma leve careta - Mas fora isso, estou me sentindo muito bem!
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Hellkite em Dom Set 30, 2018 11:00 am

    - Acordei na manhã seguinte aqui em casa. Estava meio febril, com muita fome. Nada pareceu me satisfazer, permaneço com uma fome estranha, nada que como parece me saciar... - suspirou novamente - Por falar nisso, eu estou com fome... - soltou um muxoxo e fez uma leve careta - Mas fora isso, estou me sentindo muito bem!

    Annabelle ouve com atenção a narração dos acontecimentos feita por Theo, acenando com a cabeça e mostrando em seu rosto sua preocupação. Embora estivesse com os cabelos desalinhados, parecia que sua beleza aumentara ainda mais, em toda sua naturalidade.

    - Ah Theo, eu sempre te disse que não confiava no senhor Mackay, que tinha sempre alguma razão escondida pelo seu paternalismo - diz, ficando parada por alguns instantes, e depois ficando bem vermelha - Nossa, nem queira saber o que acabei de pensar! Mas ele pode ter te dado alguma coisa, um boa noite cinderela, pra fazer voce ficar estranho desse jeito.

    Theo acharia graça das palavras dela e de sua preocupação, porem o que tinha começado pequeno, a sua fome, começava já a tomar maiores porporções. O olhar dele desviou do rosto de Anna para fixar em seu pescoço, e... nunca tinha reparado o quão belo era seu pescoço! Sua cor pálida e maciez como o de um pêssego, o fino contorno das veias por baixo da pele.

    Teria ele se aproximado para apreciar mais de perto? Hmm, que aroma... Em seu pensamento surgiram imagens de frutas suculentas derramando seu suco pela sua boca, o sabor adocicado e abundante escorrendo pelo seu corpo...

    NRPG: Vou rolar o autocontrole mais pelo contexto. Vou Theo com apenas 1 ponto de vitae, rolando apenas 1 dado. Roll: 1. Eita!

    Theo morde aquela fruta, e a sensação era muito boa, tão boa quanto o sexo... Talvez até mais...

    A sensação de um liquido espesso molhar a sua pele o traz de volta a realidade. O que era aquilo? Horrorizado, ele descobre que era... Sangue! Sangue! O vermelho escuro estava por toda parte! Seu corpo nu estava empapado de sangue! E além disso havia marcas de arranhões profundos em sua pele...

    E Annabelle!!!???

    Ela estava ali, deitada, os olhos abertos enxergando o nada... Os lençóis encharcados de vermelho ao redor... Em seu pescoço dois buracos de onde escorria dois filetes de sangue escorrendo...

    Theodore olha para as suas mãos, horrorizado. Havia sangue nelas! Mas o pior era o gosto ferroso em sua boca, o cheiro forte que vinha dentro de si. Com a língua Theo toca seus caninos, extremamente salientes e pontudos. Sua fome estava saciada, mas a que preço?
    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 518
    Reputação : 11

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Simon Black em Dom Out 14, 2018 9:34 am

    A fome pulsante, galopante, parece tomá-lo. A vontade insáciavel de tomá-la em seus braços, de devorá-la por completo, de cravar seus dentes no lindo e delicioso pescoço de Annabelle torna-se insuportável. A besta o domina e ele passa a agir por puro instinto predatório.

    A sensação é maravilhosa. Ele sorri, sabendo que aquilo que sentia era a melhor coisa do mundo. Pouco a pouco, entretanto, sua consciência volta. Havia um líquido espesso, que por alguns instantes acreditara ser de uma fruta, sobre seu peito. Mas não passava de sangue.

    Quente, abundante. Sente uma leve dor em seus braços que ele logo nota se tratar de arranhões profundos.

    Ele encara Annabelle, em seu colo. Os olhos frios dela estão vazios e encaram o teto. Ele desespera-se ao ver o sangue, os furos no pescoço. Tapa o local, tentando conter os ferimentos, na vã tentativa de salvá-la.

    Ele chora e durante esse momento, sua língua passa pelos dentes e ele sente os caninos bem afiados. O gosto ferroso de sangue em sua boca lhe dá a certeza do que aconteceu e ele levanta da cama aos tropeços, indo beber água enquanto sua mente trabalha rápido, tentando lembrar o que acontecera não só ali, mas na tal festa de noites atrás.

    Será que?


    OFF: Vou dar uma pausa aqui, Hell. Não sei se há algum teste para lembrar coisas do passado, mas o que o Theodore quer é ter a certeza de que ele foi transformado em um vampiro... ou ao menos em um humano psicótico que gosta de sangue, rs.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Hellkite em Qui Out 25, 2018 11:50 pm

    Será que?

    A procura por respostas ativada no cérebro desmorto de Theo faz com que uma serie de imagens difusas e esparsas passem pela sua cabeça, como um turbilhão vermelho. Sim... Aquela noite...

    **

    A festa estava bem animada e interessante, realmente Scott Mackay não economizava dinheiro na hora de comemorar. Estava no jardim de sua mansão luxuosa, em frente da piscina, que estava decorada com velas sobre pratos flutuantes e balões. A musica tocava alto, algum hit eletrônico do momento, e a galera estava toda pulando e dançando. Modelos lindíssimas vestidas para matar lançavam olhares sedutores e sorrisos convidativos.

    Porém a imagem de Annabelle estava fixo em sua mente.

    - Ah, desculpe, eu estou indo falar com Mackay, depois a gente conversa... - disse para despistar a uma das garotas, que ficou decepcionada. Mas realmente precisava falar com ele...

    O avistou mais afastado, conversando com alguns outros parceiros de negócios, homens bem vestidos, alguns parecendo ate um tanto excêntricos.

    Chamou a atenção um deles, que vestia uma mascara, embora definitivamente não fosse um baile a fantasia.

    Scott pediu licença aos colegas e foi cumprimentar Theodore, falando bem de sua atuação na empresa. Falou de sua irmã, que tinha sido recém-eleita para a prefeitura de Redmond, e do futuro de Theo dentro do Banco de Investimentos. “Não tenho herdeiros”, frisou bem, “e eu o considero como o filho que nunca tive...”

    Theo achou estranho aquilo, mas de alguma maneira suas palavras o tocaram... Alias a sua fala era como mel adocicado, entorpercedor...

    Hipnotizante!

    Sim, agora estava claro! A voz de Scott tinha comando! E como se uma cortina estivesse sendo puxada de lado em sua mente, Theo entendeu. Mackay era um vampiro, e ele o transformou naquela noite. A dor no pescoço era tangível. A escuridão. O retorno. Não eram contos ficiticios, os vampiros existiam de verdade! E agora ele era um deles.

    - Por enquanto afaste-se dos outros até se sentir acostumado com a ideia - disse o vampiro-mestre - Eu enviarei bolsas de sangue que você deverá guardar em sua geladeira, e você irá toma-los como se fosse o seu almoço. Não saia de dia. E quando chegar a hora, eu falarei com voce. Deculpe-me se não posso explicar melhor, são muitos meus inimigos, e senti que poderia perde-lo se não agisse rápido. Agora que é um de nós, está a salvo.

    **

    Terminadas as ultimas palavras, Theodore retorna a sua triste realidade. Com o corpo cheio do sangue de Annabelle, parecia que seus sentidos haviam se tornado mais aguçados. As cores eram mais intensas, podia sentir a leve brisa que passava por entre as frestas das janelas. Seu olhar voltou para duas formigas que estavam próximas a porta, carregando cada uma um grão de açúcar.

    Uma respiração. Fraca. Virando o pescoço, o olhar do vampiro se pousou sobre o peito nu de sua amante. Era quase imperceptível, mas podia sentir o leve arfar... Annabelle ainda estava viva! Haveria tempo de salva-la?

    Em procura de respostas, uma imagem surge de suas memorias. Uma escuridão total, e repentinamente o sabor de um liquido ferroso em sua boca. E então uma fome voraz, Theodore mordendo avidamente e sugando a vitae de seu mestre pelo pulso.

    Poderia ser que...?
    Simon Black
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 518
    Reputação : 11

    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Simon Black em Dom Nov 04, 2018 7:56 pm

    As lembranças daquela noite vão retornando pouco a pouco a Theodore. Era como uma densa névoa que ia se descortinando em sua frente e agora estava ali, claro como a luz do dia, os acontecimentos que por tanto tempo estiveram escondidos no mais longinquo recanto de sua mente.

    A conversa travada com aquele que lhe trazia uma figura paterna finalmente ficara clara e agora ele tinha certeza absoluta de que fora transformado em um vampiro por Scott Mackay.

    Ele abre os olhos e balança a cabeça, as últimas palavras de seu chefe e, agora, mestre, estavam vívidas em sua mente. Aos poucos, entretanto, foi retornando a si, finalmente percebendo os sentidos aguçados que estava nova forma haviam lhe trazido.

    E foi graças a este novo instinto que ele percebeu algo que mais parecia uma leve brisa, mas era uma respiração fraquíssima vinda de Annabelle. Mais memórias atingiam-lhe a mente e Theodore não teve nem tempo de pensar direito no que fazia, vira filmes demais e tinha emoções demais percorrendo seu corpo para sequer ter um pensamento coerente.

    Ele simplesmente mordeu o próprio pulso e levou-o diretamente até os lábios de Annabelle.

    - Vamos Anna... vamos... Bebe... por favor... - murmurou, pausadamente, com lágrimas nos olhos.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Theodore - Simon Black

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Nov 14, 2018 9:00 am