Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    O Chamado

    Compartilhe
    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Dom Ago 05, 2018 12:06 am

    Nergal escreveu:- Obrigado, e como agradecimento a primeira e segunda rodadas serão por minha conta. Agradecimento pela ótima música e pela conversa que tivemos. E sinto dizer que eu também beberei algo mais forte que sucos. Existe um local aqui perto onde eu estava alojado que tem um serviço bom e os preços eram justos.

    Eles te olham com certa desconfiança.

    - Eu estava falando de algo com álcool, guardião.

    Mais uma vez Nergal tem que explicar a diferença entre um anjo comum e um anjo-negro, e que não era um guardião, e sim um anjo-negro, apesar de ser branco, blablablabla... o rosário de sempre.

    Eles aceitam sua explicação, embora ainda com rostos meio desconfiados. Mas depois dos primeiros goles, eles relaxam. (como estão em 7 com vc, descontarei 7 kons)

    Como acena para Azrael, ele se aproxima rapidamente e comenta que achou um trabalho em Fajr-Regno e que partiria no dia seguinte, logo se afastando do grupo novamente.

    O músico de nome Roger (que era o que estava com o alaúde) comenta:

    - Então você é um anjo-negro, que bebe conhaque e tem alguns amigos demônios, realmente bem diferente. Além disto procura alguém da filosofia Sen. Bom, pelo ótimo conhaque que nos ofereceu, creio que merece uma ajuda. Posso responder uma ou duas perguntas sobre a filosofia Sen, tenho algum estudo sobre ela, mas poderia também lhe indicar alguém que sabe mais do que eu.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Dom Ago 05, 2018 12:43 am

    Nergal apenas responde para o amigo, para que ele tenha cuidado e que se Piro permitisse eles se encontrariam movente para beber as próprias vitórias.

    Depois já com Roger ele se aproxima do músico e fala baixo para que apenas ele ouvisse o que diria:

    - Muito obrigado pela confiança e pelo tempo dedica para mim. Eu tenho algumas dúvidas, sou um mago negro e branco, algo que nunca se noticiou antes. Por isso eu procurava alguém da filosofia sen. E aceitaria de bom grado a indicação de um filósofo com mais estudos.

    Depois ele se apruma e fala:

    - Ouvi dizer que a filosofia sen diz que mesmo se as energias forem opositoras, ela podem trabalhar em conjunto. Concordo com esta posição afinal todas as energias compõem o mundo em que vivemos. Mas como pode-se manipular estas forças de forma que não se morra no processo? Também acredito que meta caminhos possam ser o resultado destas forças. Mas quando falamos de amor e ódio, como fazer estes sentimentos coexistirem ao mesmo tempo numa dobra de energia?
    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Dom Ago 12, 2018 9:55 am

    Roger arruma a barba com os dedos:

    - Wow! Eu disse que posso responder algumas perguntas BÁSICAS! De resto terá que procurar alguém que saiba mais do que eu. Dizem que no processo de busca da sabedoria passamos por três etapas: "acredite em tudo, duvide de tudo, acredite em tudo". Eu ainda estou na primeira etapa hahaha.

    Os demais artistas acompanhavam parcialmente a conversa, afinal a mesa não era muito grande, uns pareciam interessados, outros interessados só no conhaque e outros fingiam que não estavam acompanhando.

    - A filosofia Sen é um caminho para a busca da Sabedoria. Na verdade é mais de um caminho, são vários. Você é livre para escolher qual caminho é mais agradável, os Sen apenas registram todos estes caminhos, que os chamam de Aduls, e dizem que a única coisa ruim para a alma é não aprender nada. Você tem o caminho da Vida, o caminho da Morte, o caminho da Magia... Eu escolhi seguir o Caminho da Música.

    Alguns levantam os copos, dizendo "Viva o Adul Bitoni!"

    - Alguns acreditam que a filosofia Sen estuda as magias negras e brancas; bom os mestres Sen que escolheram o Caminho da Magia estudam toda a magia, INCLUINDO a negra e branca, mas não necessariamente se prendem a elas, portanto encontrará também magos do fogo, água e terra atrás de mestres Sen. Encontrará também uma maior influência dos ensinos espiritualistas entre eles, afinal os mais antigos estudiosos basearam sua filosofia em todas as fontes, indo procurar desde influências celestes como demoníacas.

    - Não é a toa que é considerada por isto uma heresia por muitos.

    - Ma'bah! Além disto o princípio maior da filosofia Sen é a busca individual da sabedoria: "sen patrujo, sen estro, sen familio, sen religio".

    - Daí vem então o nome da filosofia? - comenta Nergal - Mas então ela é mais nova do que pensei, pois o Esperanto não é um idioma muito antigo!

    - A forma com que estes ensinamentos foram, digamos, compilados é relativamente nova, então você estaria certo; só que os ensinamentos em si são milenarmente antigos.

    - Mas sobre manipular as energias opostas? - Nergal não queria que a pergunta fosse esquecida.

    - Aí terá que falar com um mestre. - Ele imaginava isto. - Mas a Filosofia Sen não é oposista , ela prefere enxergar a magia como um leque gradual, tal como os diferentes tons de cores e sons, e não como aquela roda onde a magia do ar puxa para cima, da terra para baixo, do fogo para direita e da água para esquerda. Quanto ao que perguntou antes, de como sentimentos de amor e ódio podem coexistir, bom, para nós, artistas, isto não é tão estranho assim. Como você disse que é mais humano que anjo, você já teve alguma ex? É só pensar nelas que, se for honesto, vai entender.

    off:
    Vocês conversam mais um pouco, depois o grupo se vai, para eles a noite não tinha acabado ainda e ainda buscariam mais algumas moedas até o fim da noite, Roger, como prometido anota o endereço do mestre que conhecia: "Jusan, rua pirita Q3L17". Se ainda tiver alguma observação BÁSICA Smile para fazer, pode fazer. Caso contrário, se for apenas fechar a noite faz uma rolagem de sorte (ou azar) porque as coisas estão fáceis demais. É 1D12, sendo 6 um pouquinho de azar, 5 mais azar, 4 bastante azar... no 1 você morre. Bom, não morre pq seria sem graça algo tão aleatório, mas vai ter porrada, hehehe.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Seg Ago 13, 2018 12:53 pm

    Nergal dá um meio sorriso quando tocaram no assunto de ex. Se despede dos artistas, não antes de perguntar quem seria e onde ele poderia encontrar um Mestre Sem para Roger. Após anotar as informações do homem ele acena para a estalajadeira, afinal ele não tinha mais um quarto ali, se despede dela também e segue para o Templo de Piro. Com uma boa sorte ele conseguiria um canto para poder dormir sem que lhe fosse cobrado, bem como uma moringa de água para beber.

    No caminho para o templo, ele resolve ir voando já que a noite estava favorável para isso. Ele sobe o mais alto que podia e sentia os ventos frios de encontro a pele do rosto e aquela sensação de estar vivo. A conversa com Roger e os demais músicos fora realmente elucidadora, agora ele queria descansar e com alguma sorte passar esta noite incólume.

    Não iria se esconder de ninguém, mas se não o procurassem não iria ao encontro de ninguém. Haviam pessoas que talvez o procurasse, como a mestra de magia branca que trabalhava curando as pessoas no templo, ou mesmo a Sacerdotisa do Cisne Branco. Ou ainda algum membro da Corte, a mando de Tinafe...

    Neste momento ao lembrar que Tinafe existia ele olha para o céu e diz:

    - Que Piro a dê forças para suas provações.


    Então ele vê o Templo se aproximando e ele então desce próximo a entrada principal.

    - Que Piro os abençoe e guarde! - diz para os guardiões. - Busco um local onde possa passar a noite e também servir da melhor maneira.

    "Nada como um dia após o outro." - pensou.
    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Sex Ago 17, 2018 8:42 pm

    A noite estava fria, como a maior parte do tempo em Dafodil, mesmo cercada de deserto, a neblina e o frio rodeavam a cidade.

    Passando por uma área ainda não totalmente reconstruída da cidade, Nergal tem a impressão de ouvir uma música baixa em uma das casas. Talvez um artista treinando a noite? A rua já escurecera, e se haviam pessoas dentro das casas, não davam sinais de vida, mas olhando em direção ao som, uma tênue luz azul esbranquiçada passa por uma das janelas. Isto chama atenção por não mais que 20 segundos, logo depois tudo fica escuro e silencioso novamente.

    Nergal dá sorte de não esbarrar em nenhum problema pela noite, e também dá sorte no templo. Havia uma cela livre, mas é avisado para não contar com a sorte sempre, pois o claustro do templo foi feito para apenas 36 neófitos, dos quais 10 são de uso frequente, e nos últimos dias os neófitos que passam a noite no templo são em média 50-60 por noite, tendo muitos portanto que se improvisar nas salas do templo.

    A phosmanita das paredes produziam luz e calor só de se tocar nelas (se liberasse uma quantidade pequena de energia mágica a rocha branca já reagia, se tentasse fazer alguma magia tocando nelas a luz chegava a incomodar os olhos) o problema é que a rocha sempre liberava ambos, e mais luz do que calor, então para se ter um quarto quentinho, tinha que aguentar a claridade, para ficar no escuro, tinha que se abrir mão de um pouco de calor.

    Sem maiores problemas, Nergal começa a busca pelo endereço anotado. Andar por Dafodil não era a coisa mais fácil do mundo, a maioria das ruas tinham nomes de minérios e rochas, mas boa parte das pessoas só conhecia o nome de cinco a vinte destas ruas, e também não haviam mapas da cidade fáceis (a não ser que ele procurasse especificamente por isto em alguma oficina especializada). Ele demora um bom par de horas para achar a tal rua pirita e mas um quarto de hora para que alguém informasse em qual quadra estava o que ele queria. Por fim ele consegue limitar 140 metros onde bem provavelmente estava o tal mestre Jusan.

    Era uma galeria comercial, Nergal conta pelo menos dez pequenas lojas, algumas com dois andares. Olhando ao redor percebe que o calçamento era de pedra marrom clara, a grama e alguns poucos arbustos pareciam bem cuidados, a alvenaria era mais bem feita que a maioria das outras construções (por sinal eram poucas feitas de alvenaria em Dafodil) e em pelo menos duas das lojas haviam homens armados à porta, fazendo provavelmente segurança pessoal. Era portanto uma área mais destacada da cidade (obs. estavam relativamente perto do porto)



    A primeira loja era uma oficina, como muitas na cidade, mas dava para ver que era mais organizada.

    Ao lado uma loja aparentemente de artesões, com muitos móveis bem acabados e alguns produtos em couro também, tinha uma área de armas no fundo da loja.

    Depois uma loja que tinha algumas mesas com algumas pessoas em volta vendo e escrevendo algo, não dava pra saber o que.

    Do lado a loja parecia fechada.

    Na próxima tinha uma vendedora peituda atrás do balcão, Nergal não vê o que vendem ali porque tava olhando a vendedora.

    Uma pequena rua

    Depois uma loja (?) que tinha alguns sofá mais a frente (como sala de espera) um balcão separando ambientes, algumas mulheres sentadas ao fundo, mas não dava para se saber o que faziam ali também.

    Do lado a porta estava fechada, mas era bem possível que deveria ser algo que meche com comida, pq tinha cheiro.

    Depois um mercado. Tinha as mesmas coisas que se via no mercado de rua, mas também mais organizado, com aspecto mais limpo (e caro).

    A outra loja parecia uma casa de ervas, logo depois outra pequena rua.

    Outro lugar que não dava para ver dentro (este parecia não só trancado, mas vazio, mas não dava pra ter certeza)

    Na outra tinha dois tipos de balcões com dois atendentes neles, várias estantes com uma diversidade de coisas de médio e grande valor (pensa numa casa de leilão estilo Word of Warcraft, era daquele estilo)

    Ao lado parecia uma joalheria.

    Depois uma loja com um segurança na porta e que não dava para ver o que tinha dentro

    No último imóvel daquele trecho também não dava para saber o que tinha sem entrar.

    Os lugares marcados com setinha é porque tinham segundo andar.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Ter Ago 21, 2018 12:35 pm

    Nergal passou uma vez na frente de todas as lojas tentando ver se algo se destacaria, e sim três lugares se destacaram, óbvio que por motivos completamente diferentes. O que mais o chamou a atenção, e não poderia ser diferente, foi a atendente peituda. Era óbvio que era uma loja para homens e que com quase certeza de que tudo ali deveria ser caro...

    Em segundo lugar a loja com o segurança na entrada, por que cargas d'água haveria um segurança na entrada? Nergal se perguntava, deveria ser algo muito importante naquela loja, ou alguém muito importante poderia estar ali dentro. Por fim a loja que não havia nada que pudesse saber que tinha dentro sem entrar.

    Ele observou o lugar e quando voltava resolveu entrar na loja da atendente peituda.

    - Bom dia. Estou a procura de uma pessoa e me disseram que ele pode ser encontrado neste endereço. Ele se chama Jusan. Você poderia me ajudar.

    Nergal olhava diretamente para seus olhos enquanto pedia a informação mas no momento em que terminou, instintivamente ele ajeitou a calça e seu olhar se perdeu no colo dela. Para depois voltar a olha-la nos olhos.
    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Qua Ago 22, 2018 8:46 pm



    A vendedora se assusta um pouco ao ver Nergal entrar, mas logo se recompõe, escondendo um leve sorriso por trás de um leque.

    - Ah! Eu com tanta coisa boa para vender - por um lapso de segundo Nergal pensa ter escutado "oferecer", mas percebe que ela disse "vender" que em Esperanto era parecido, ele devia estar ficando com os ouvidos enferrujados - e as pessoas me procuram para saber sobre um velho chato! - ela faz biquinho - Bem que estranhei um anjo aqui, - Nergal só então percebe que a loja era uma adega, cheia de garrafas provavelmente bem caras de bebidas. - mas tem certeza que veio só procurar aquele louco?

    off:
    Bom, deu sorte de novo, até estava torcendo para ela tirar 1 ou 6 para dificultar, mas fazer o que! O "louco" no caso ficava no segundo andar da loja aparentemente fechada ao lado da casa de leilão, caso seja a única informação que queira dela. Ela não sabe como o tal Jusan sobe lá, pois não tem escada na parte de baixo, ela deve estar dentro do imóvel fechado que fica trancado o tempo todo.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Qui Ago 23, 2018 12:45 pm

    Nergal olha melhor agora para a atendente e responde:

    - Eu adoraria ver e experimentar tudo o que você tem para vender. - falando enrolado para dar a mesma impressão do oferecer para a mulher. - Mas estou realmente precisando realizar minha busca. Foi um prazer conhecê-la e quem sabe outra hora eu possa vir aqui a sua procura. OU talvez possa a encontrar em outro lugar...

    Ele sorri e faz uma mesura para a vendedora e sai da loja, seguindo até o local que ela havia informado que poderia encontrar por Julsan. Ele então bate a porta algumas vezes enquanto aguarda ser atendido.

    opções:

    Caso alguém atenda a porta ele vai falar que fora indicado pelo músico para encontrar o Julsan.

    Se ninguém atender a porta, ele vai procurar alguma janela no andar superior para falar com alguém que esteja ali, ou ainda irá voar para o telhado em busca de alguma porta para o exterior. Se não encontrar nenhuma forma civilizada (ele não vai arrombar entrada) ele vai falar com o segurança.
    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Sab Set 01, 2018 6:58 pm

    Nergal bate a porta.

    - Olá, tem alguém aqui? Estou procurando um homem chamado Jusan.

    - Não tem ninguém aqui dentro, druzu! - Alguém grita lá de dentro. Nergal lembra da vendedora de bebidas ter se referido ao velho como "louco", a primeira impressão parece confirmar isto.

    Nergal dá uma olhada na casa ou loja, como as outras, parecia melhor construída que o geralzão de Dafodil, mas não dava para ver muita coisa pois as portas grossas estavam fechadas, e pareciam não ser abertas por muito tempo, por sinal. Mas a janela do andar de cima estava aberta, e Nergal pensa que ter asas às vezes era uma verdadeira mão-na-roda, afasta-se um pouco e bate as asas até perto da janela.

    Parecia uma tarefa simples, e ele nem se preocupa muito, depois de entrar pediria desculpa pela insistência, ou pensaria em algo, o pior que poderia acontecer é o velho ser grosso, e ele perderia a viagem, certo?

    Bom, ele se dá conta que a tarefa não era tão simples assim que chega na altura da janela e percebe que alguém estava mirando uma besta na sua direção. Tem apenas uma fração de segundo para desviar do lado e mergulhar, quase se esborrachando na parede devido o ataque inesperado. Porém seus reflexos são bons, e o tiro passa longe.

    - EITAPORRA! Você é louco? - Nergal pergunta para a janela. - Só quero conversar.

    - Sou sim. Mas mais louco é quem me diz que "não é feliz". Eu disse que não tem ninguém em casa, por que acha que eu quero conversar com você?

    Definitivamente o cara parecia meio louco. Um soldado (ou guarda particular, mais provável) estava perto e vê a movimentação de Nergal, bem como o mergulho no ar que ele deu para escapar da flecha e se aproxima para ver o que diabos estava acontecendo, ele olha a janela e faz um expressão de dúvida, mas logo depois de entendimento, talvez a excentricidade do outro fosse conhecida. Por enquanto ele só aproxima como esperando que fim aquilo ia dar.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Ter Set 04, 2018 7:14 pm

    Nergal repara que o segurança se aproxima e apenas gesticula para ele informando que estava tudo bem. Depois ele levanta vôo, ficando ao lado da janela para evitar uma nova retaliação.

    - O músico Roger me enviou até aqui. Ele me disse que haveria um filósofo Sen aqui chamado Jusan que poderia me ajudar. Por favor baixe sua arma e vamos conversar.

    Nergal então começa a se concentrar nas correntes de magia branca, ele que a alguns dias havia utilizado a magia negra com a ajuda de Tinafe para localizar a sua irmã, usava agora a magia branca para identificar seres vivos ao seu redor. O ar era um elemento com o qual ele tinha afinidade desde que ele se entendia por anjo negro, agora ele também sabia que esta mesma magia poderia ser usada para curar uma criatura. Então era possível sentir as presenças vivas e quem sabe com mais controle as condições de cada um.

    Nergal faz o mana branco fluir pelos seus chacras e começa a deixar lentamente a energia se expandir visualizando uma gota tocando a superfície da água e o desenho que as ondas descrevem ao irem se afastando. De forma similar ele começa a movimentar a energia "sentindo" as outras fontes de vida que elas tocassem.

    Ele sabia que poderia ser perigoso para demônios a sua utilização de magia desta forma, por isso ele usava muito pouca energia para que se expandisse no máximo até o final daquela loja.
    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Qua Set 05, 2018 8:29 pm

    Nergal escreveu:- O músico Roger me enviou até aqui. Ele me disse que haveria um filósofo Sen aqui chamado Jusan que poderia me ajudar. Por favor baixe sua arma e vamos conversar.

    - Ele enviou? E não teve sequer a iniciativa de mandar uma garrafa de cerveja junto? Musiquinho druzu! Bom, mas não é porque foi indicado que eu queira falar com você. Se tem duas coisas que a filosofia Sen abomina são a ignorância e a estupidez. Portanto se não for capaz de responder pelo menos três perguntas, não te considerarei digno de sequer entrar na minha porta. Primeira, porque você acha que não é ignorante ou estúpido? Segunda, se eu aceitasse lhe dar ajuda, você acreditaria em meus ensinamentos sem ficar questionando? Terceira, quanto são um mais um? Não tenha pressa de responder, a pressa é amiga do ignorante, volte quando tiver certeza das respostas, de preferência me traga uma cerveja. Mas não aceitarei respostas erradas nem mesmo se me trouxer um néctar dos deuses.

    Nergal tenta perceber as ondas do fluído mágico ao redor, mas percebe que fazer isto voando é quase impossível. O filósofo tinha agora lhe passado um enigma, mas não parecia disposto a dialogar de verdade, por enquanto. Aquilo estava ficando complicado.

    obs:
    Nergal tem Q.I. 11, que é mediano, se quiser pode fazer um teste, mas só dou alguma dica se sair 10 ou menos, e mesmo se der crítico não passarei as respostas exatas, só alguns caminhos. É um teste relativamente difícil, pois ele dificilmente lhe dará uma segunda chance (a menos que acerte duas das três pelo menos) e também não abrirá mão do teste por pedido nenhum (ou quase nenhum).
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Qui Set 06, 2018 1:26 pm

    -Por favor não atire! Irei apenas sentar no batente da janela para ponderar sobre os seus questionamentos.

    Nergal então se senta na janela e começa a divagar sobre tudo aquilo pelo que passava e que lhe trazia mais perguntas do que respostas. Ele agora passava por este desafio que lhe deixava sem nenhuma pista do que quer que o Mestre Sem queria. Ele então começa a refletir sobre as perguntas do filósofo e em tudo o que vivera desde que partiu de sua terra natal as suas conversas com mestre Fah, com Tinafe quando ela lhe ensinava a técnica do controle da energia mágica e com os músicos.

    Novamente ao lembrar de Tinafe ele tem uma epifania (o que é irônico uma vez que se pensa em epifania com iluminação divina, rs) que o leva ao ponto no qual os músicos falaram sobre os quatro níveis de conhecimento. Então começou a pensar

    "Esse homem me propôs a primeira pergunta: Porque você acha que não é ignorante ou estúpido?
    Na noite anterior com os músicos, ele ouviu deles que existiam 4 níveis de conhecimento, e com certeza ele já havia passado do primeiro nível do ignorante e incompetente. Ele sabe ou acha que sabe que existe a técnica mas ainda não tem habilidade para executá-la por isso ele é consciente, mas ainda incompetente pois não domina a técnica. Por que não seria estúpido, somente os estúpidos são acomodados e continuam na sua zona de conforto. Ele busca conhecimento para que possa evoluir e passar pelas dificuldades. Ser um sobrevivente.

    Sua segunda pergunta: se eu aceitasse lhe dar ajuda, você acreditaria em meus ensinamentos sem ficar questionando?
    Não, o aprendizado vem do debate de idéias. Então tudo necessita de maior visão que a única dada pelo mestre. Aquilo que lhe é passado deve ser examinado, entendido e com certeza lhe trazer mais questionamentos.

    Finalmente a terceira pergunta: quanto são um mais um?
    Neste momento a conta seria dois, mas tudo tem mais de um caminho... O que ele queria com essa pergunta tão simples???"


    Nergal ficava ali quase se mortificando em busca das respostas sentando com as mãos passando ora na cabeça, ora servindo como aparo para o queixo.

    "Quanto são um mais um? Talvez ele queira exatamente isso! Nem todos os problemas necessitam de uma busca tão desproporcional. Perguntas simples respostas simples."

    O anjo negro se vira para dentro, sem entrar na sala e diz:

    - Acredito que posso responder as suas perguntas, mas o senhor não parece disposto neste momento. Quando desejas que eu volte com sua bebida e respostas?
    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Qui Set 06, 2018 5:15 pm

    Sentando à janela Nergal pode ver o rosto do velho, que continuava com a arma preparada.



    Os óculos chamavam atenção. A tecnologia não era totalmente desconhecida, porém não era algo fácil ver alguém de óculos em Akaŝa pois não eram baratos e acima de tudo era difícil encontrar um mestre vidraceiro que aceitasse tal encomenda.

    Nergal escreveu:- Acredito que posso responder as suas perguntas, mas o senhor não parece disposto neste momento. Quando desejas que eu volte com sua bebida e respostas?

    - Um segundo, um mês! Para MIM é indiferente. Eu já comecei o meu caminho e já sei onde eu quero chegar. Sei as respostas para ESTAS perguntas. Já você está começando agora e por isto veio me pedir ajuda. Eu tenho tempo. Você, eu não sei.

    Se tiver absoluta convicção das respostas poderia dizê-las agora mesmo, e dependendo de suas respostas eu teria absoluta convicção se você é um homem digno dos Aduls, se é uma pedra bruta a qual poderia compensar gastar algum tempo lapidando ou se é um basalto: duro, fosco e refratário.

    Por outro lado, a meditação é um passo importante para o aprendizado duradouro. Se precisar de tempo para pensar nas respostas isto indicaria duas coisas: ou você precisa pensar nas perguntas, o que é bom, ou precisa de tempo para inventar alguma desculpa, e neste caso o tempo que você perder procurando falar algo pseudo-intelectual será um tempo que EU não perderei com você.

    Se voltar daqui um dia, pode perceber que mesmo que eu não tenha lhe dado respostas, você pode ter se tornado um pouco mais inteligente. Ou pode voltar daqui um mês e perceber que não precisava de nenhum "mestre" para começar seu próprio caminho. Ou pode voltar em um ano tão ou mais estúpido do que é hoje e não ter aprendido nada neste tempo.

    Cada um trilha seu caminho na forma e no passo que acredita ser melhor para si, só o ignorante e o estúpido nunca aprendem nada.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Seg Set 10, 2018 12:51 pm

    Nergal ouve atentamente a resposta do homem.

    - Vejamos se sou digno do vosso tempo senhor. - disse em tom humilde. - Só não dispare esta arma por favor.

    Nergal olha para ele como se esperasse uma permissão para que continuasse, como o homem se manteve na mesma posição, sem nem ao menos alterar sua postura com a arma em punho ele continuou.

    - Para a sua pergunta, se eu acho que não sou ignorante ou estúpido. Eu não me acho ignorante, uma vez que eu sei o que procuro e até tenho dom e alguns ensinamentos básicos da técnica daquilo que busco logo não estou alheio ao meu caminho, busco exatamente auxílio para seguir por ele. Quanto ao motivo para não me achar estúpido é justamente por procurar por auxílio na minha jornada, um viajante solitário e a ermo pode facilmente se perder e contará apenas com a sua sorte. Mas muitos dos sinais serão desconsiderados por este viajante. Não desejo ser um viajante perdido na vastidão do conhecimento pois desta forma não terei um foco para seguir e acabarei perdendo o dom e de nada me valerá a técnica.

    O jovem anjo negro novamente para e observa o homem que o testava, mas ele continuava com a mesa postura e olhar, então ele segue.

    - Sua segunda pergunta: se eu aceitasse lhe dar ajuda, você acreditaria em meus ensinamentos sem ficar questionando? Não, o aprendizado vem do debate de ideias, o mestre passa seu conhecimento para o aluno e este examina o que foi dito, medita sobre o assunto, formula seu próprio pensamento e o leva para o mestre. Isto levantará questionamentos e o mestre e o aluno debaterão o tema. Então os dois aprendem juntos, pois o conhecimento sempre pode ser aprimorado.

    Nergal sentia-se um pouco oprimido ante a postura estática do seu avaliador.

    - Por fim a derradeira pergunta... Quanto são um mais um? Dois.

    Ele optou por não explicar a sua resposta, afinal fora uma pergunta direta e simples. Mas de um poder metafórico gigantesco, afinal após realmente aprender não podem haver dúvidas, e deve ser convicto naquilo que aprendera. Ele fica em silêncio observando atento o que aquele velho que lembrava uma coruja iria lhe falar.
    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Seg Set 10, 2018 8:55 pm

    - hmm!

    Ele relaxa a mira, mas não parecia muito animado.

    - Você é um iludido, como a maioria! - O velho coloca a arma em cima de uma mesa - Falam para as crianças que um mais um é igual a dois e elas acreditam. Nunca questionam, a assim as ilusões se perpetuam. (pausa) Você está longe da verdade em vários níveis. Mas, pelo menos existe um pouco de sinceridade nas suas respostas.

    (pausa)

    - Se tivesse dito que acreditaria em tudo que eu disser, teria lhe mandado para o inferno com uma flecha na testa. Pelo menos você não fez isto. Ninguém encontra a verdade acreditando cegamente no que os outros falam. O debate ajuda, mas a busca pela verdade é muito maior do que isto. Tão pouco o fato de ter ou não dons não lhe afasta da ignorância e da estupidez. Quando começamos a aprender de verdade, esbarramos em cada estúpido cheio de dons que nos questionamos se os deuses não estavam vendo estes estorvos se criando, e se viram, por que na fizeram nada? Existem tiranos, viciados por poder, mas que apesar disto são predadores inteligentes; e existem alguns que parecem que, quanto mais poder desenvolvem, mais ignorantes ficam.

    Hmm, já que há alguma sinceridade nas suas palavras, apesar de ser um iludido, talvez eu possa lhe ajudar, um pouco. Já que não foi tão bom nas respostas, quem sabe seja "um cara de sorte"?


    Ele pega um dado.

    - Proponho oferecer a ajuda que pede por alguns dias, se no final deles, souber pelo menos porque um mais ou não é dois, eu posso lhe ajudar por mais tempo.

    Ele joga na mesa.

    - Hmm, três dias. Um pessimista diria que "podia ser melhor", um otimista diria que "podia ser pior". Não dá para estudar muita coisa neste tempo, mas dá para aprender muito. Como "tempo é dinheiro", faça valer o seu, e principalmente o meu. Diga-me, o que quer?

    A sala onde estavam não estavam muito arrumada. Haviam vários livros e papeis em vários lugares diferentes: estantes, em cima de mesas, apoiando o pé de uma cama, no chão, na parede fixados com alfinetes... Haviam pelo menos três mesas, e algumas cadeiras, não necessariamente as últimas ao lado das primeiras. Um jogo de tubos de ensaio estava sobre uma, com um deles cheio de um líquido verde, erlenmeyers também estavam espalhados, um grande vaso de vidro com algumas plantas pequenas plantadas e fechadas com uma cúpula decorava uma das mesas, um sofá que poderia ter sido rosa, azul ou verde tinha um grande rasgo de um dos lados, em cima estava uma iguana empalhada; havia uma ave, também empalhada num canto da sala; uma barra de metal apoiada na parede; numa cadeira uma bandeja com dois corações, sendo um deles grande demais para ser de humanoide; um sapo com o ventre aberto estava num vidro cheio de liquido (graças aos deuses tampado); dava para ver pelo menos quatro almofarizes em lugares diversos; um pedaço de sanduíche que esperamos ninguém pense em terminar de comer, pois parece ter sido deixado ali a muito tempo; havia uma meia azul em cima de uma cama e outra meia cinza em uma cadeira, ambas deveriam ter se divorciado de seu par há muito tempo; um fardo de ervas secas estava em uma estante, outras em uma caixa no chão, um prato com plantas mais frescas maceradas estava numa mesa; a palavra "fatalidade" estava escrita à faca em uma das paredes; um jogo de pequenas esferas de madeira estavam ligadas entre si por cordões e penduradas por um gancho; havia um crânio em cima de uma das cadeiras (talvez fosse da última faxineira que esteve por ali). O cheiro também não era dos melhores, Nergal provavelmente ainda não sabe, mas eram principalmente de substâncias chamadas aldeídos.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Ter Set 11, 2018 1:19 pm

    Nergal pode então relaxar um pouco ao ouvir que teria três dias onde poderia aprender o máximo possível com aquele mestre Sem, ele então entra no cômodo e se surpreende com tudo o que havia ali, muita coisa estranha com aromas fortes algumas vezes agradeceu internamente a Piro por muitos frascos estarem fechados.

    - Senhor Jusan, me chamo Nergal. Recentemente eu iniciei estudos para controle de magia e durante os testes realizados eu possuo a habilidade de controlar dois tipos de energia, a magia branca e a magia negra. Lendo, estudando e debatendo com mestres espirituais ou mágicos todos me dizem que é impossível manipular ambas energias. Eu nos meus estudos entendi que as trevas são a manifestação da existência da luz e o inverso também é verdade. A filosofia Sem parece acreditar que existem caminhos resultantes da mescla de dois outros caminhos.

    Nergal se cala atento ao que acabara de falar e exclama levando uma das mãos a testa.

    - Oh droga!!! Por isso que um mais um não são dois!!!!! Pode haver um único caminho que resulte dos dois elementos anteriores!!!

    Ele olha para Jusan e conclui

    - Eu preciso de ajuda para compreender este caminho resultante. Mas para chegar até lá, acho que terei de iniciar pelos pontos mais básicos não é verdade?

    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Dom Set 16, 2018 10:36 am

    Jusan passa a mão pelos cabelos.

    - Ai! Mais um ansioso! Isto é pior que um iludido! (suspiro) As pessoas adoram respostas rápidas, soluções prontas, fórmulas decoradas... desejam sempre com ansiedade um caminho que resolva seus problemas rápido. E se decepcionam com o método Sen quando descobrem que o problema é justamente serem apegados aos problemas.

    Ele olha para o quarto, como procurando algo.

    - Por isto que os velhos perseveram na filosofia, e os jovens, não.

    Ele pega um pergaminho com um desenho, aproxima e afasta o desenho dos olhos algumas vezes, arrumando também a posição dos óculos.

    - Já viu este desenho?

    - Ahn... não.

    - É um de nossos símbolos. Nem um pouco glamouroso, não é mesmo?

    Nergal descreve o que vê:

    - Dois cães acasalando? Um negro sob uma cadela branca? (pausa, nenhuma reação, continua) Ahn, estão com a boca espumando, como se estivessem com a doença da raiva. Parecem fortes, talvez uma raça como pitbull ou rottweiller.

    - Pois é, eles representam a ignorância e a estupidez. Comumente as pessoas fazem algumas perguntas idiotas tipo: "qual dos dois representa a ignorância, e qual representa a estupidez?" ou pior: "por que o preto é o cachorro e a branca a cadela?" mas se desenhar o contrário os idiotas perguntam: "por que a cadela é a preta?"

    Ignorância é ignorar algo, mas não saber alguma coisa não faz de você um ignorante. O que faz de você um ignorante é não QUERER saber de alguma coisa. Os primeiros mestres Sen diziam que "devemos buscar o conhecimento e evitar a ignorância", mas logo estes mesmos inverteram a frase dizendo "devemos desapegar da ignorância e buscar o conhecimento", pois viram que ironicamente buscar o conhecimento não era tão difícil, mas desapegar da ignorância, sim.

    É frequente que coloquemos alguns vícios acima até de nossa vida. Ciúme, culpa, isto são coisas capazes de cegar qualquer um para a verdade, e as pessoas se apegam a eles como se tesouros fossem. O orgulho então nem é considerado um vício, mas a fonte de todos os vícios. A maioria pode ser morta sobre tortura várias vezes, sem jamais abrir mão do orgulho. Nós, mestres Sen, sequer dizemos para combater o orgulho, pois que é impossível; combatemos todos os seus filhos: raiva, vaidade, medo...

    Irmã quase gêmea da ignorância é a estupidez. O ignorante não sabe nem quer saber, o estúpido sabe, mas não usa o que sabe, ou pior, age como se não soubesse. O estúpido é o filho preferido do orgulho. É um câncer para qualquer raça inteligente ou superior. É pior que o assassino ou estuprador, pois nem todo assassino ou estuprador é um estúpido, mas um estúpido normalmente é um assassino ou estuprador.

    Estes dois cães são selvagens e violentos, eles vão lhe perseguir o tempo TODO. Cada segundo, cada respiração! Eles estão fungando no seu cangote agora, e fungarão para o resto da vida. Nós somos cansáveis, eles não.

    Durante a nossa existência, é importante...


    Ele para ao ouvir um som de trombeta a algumas centenas de metros.

    - É, parece que vamos ter outra guerra perto do porto!

    Seu tom era desanimado, mas de quem acha aquilo corriqueiro. Ele se aproxima da janela, com um tipo de luneta na mão. Fica um tempo analisando com dificuldade.

    - Parece... que são homens de Ajros desta vez. Estão... lutando contra alguns demônios?

    Ele observa a cena por cerca de um minuto, depois te observa o semblante também (isto se ele conseguir enxergar) talvez se perguntando se você teria algum lado. Depois volta para dentro.

    - Existem vários caminhos para a verdade e o conhecimento. Alguns mais curtos, outros mais longos, mas todos exigem dedicação e fatalmente algum desapego. Os caminhos mais importantes chamamos de Aduls; existem vários, muitos deles só nos caminhos que envolvem magias. Você pode seguir mais de um, se quiser, mas tem que se dedicar totalmente a cada um que seguir, se quiser fazer qualquer coisa que esteja acima da mediocridade, do status quo, do que chamam de "normal e comum".
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Qua Set 26, 2018 1:18 pm

    Nergal observa o velho sábio como uma criança ávida em explorar seus horizontes, ou como um filhote de um felino que começa a andar e a explorar o mundo que o cerca. E assim como todos os outros mestres que Nergal tivera, até mesmo Tinafe, sempre mantinham sua postura distante e quase sempre subjugadora sob o aprendiz.

    Aquela percepção o deixou melancólico pois parecia que todas as pessoas, sobretudo aquelas que tinham o conhecimento, por mais que tivessem boa vontade era sempre uma luta para conseguir ser aprovado. Não havia um segundo que fosse que ele não precisasse convencer alguém ou que tivesse que fazer exercícios mentais extremamente complicados. Ao pensar nisso lembrou de sua casa e então a melancolia ficou ainda mais presente.

    O jovem anjo negro ouve a trompeta e por ser forasteiro fica um pouco tenso, uma batalha foi a explicação. Mesmo ele sendo um membro da Court ele foi deixado a sua própria sorte, ou melhor lhe foi dada uma missão de procurar por seus próprios recurso alguém para lhe ensinar sobre aquilo que não encontraria na associação que se afiliara e caso fosse necessário que ele se envolvesse neste conflito alguém iria enviar-lhe um mensageiro.

    - Homens de Arjos e Demônios... Nada mais comum que seguidores de Angelina e Demônios combatam entre si. Nenhum dos lados é inocente.

    Quando Josan volta a falar sobre os caminhos e o desapego Nergal ouve com atenção se tivesse como até mesmo anotaria aquelas palavras. Por fim quando o homem para de falar ele comenta.

    - Tudo o que falou sobre o símbolo dos cães e sua explanação sobre a ignorância e a estupidez é como eu penso e vejo a vida. Talvez minha forma de me expressar não tenha sido clara o suficiente. Eu sei o que busco e estou disposto a seguir em frente no meu caminho para alcançá-lo. Não fazer isso seria desperdiçar minha vida e ser um criatura indigna que não mereceria nem mesmo ser denominado um "Ser". A estagnação gera apodrecimento, degradação. Nada pode existir neste campo infértil. E minha essência não é esta.

    Nergal olha para o lado de fora da janela.

    - Conhecer o caminho é o necessário para que sejam feitas as escolhas. Se este conhecimento é negado, não haverá como ser feita a melhor escolha. A ignorância é uma dádiva para aqueles que não anseiam por mais, e pode levar a estagnação. A estupidez por sua vez é a opção por ficar estagnado. Estes merecem a destruição. Uma ferramenta que não é usada é desnecessária, portanto descartável. Tudo o que é descartável na natureza é destruído ou transformado em outra coisa quando algum item do conjunto de suas partes é necessário. Mas aquilo que um dia fora já não existe.

    Nergal volta a olhar a ilustração.

    - Orgulho, arrogância, auto suficiência, são características que eu sempre luto para não fortalecer. Mas quanto mais forte nos tornamos mais perto de uma delas ficamos. Cada dia a espiral fica mais e mais larga e o caminho para o próximo nível mais distante e esta percepção deve ser o fator motivador para que não se sinta auto suficiente. Pois o caminho ainda não foi totalmente percorrido e está constantemente sendo traçado. Sempre há algo novo para aprender e um novo caminho para ser descoberto ou explorado.

    Ele para um momento para ouvir os sons da batalha ao longe.

    - Se eu fosse uma Criatura e aceitasse o que os outros me diziam, sobre ser impossível um mago manipular a magia branca e a negra eu não teria buscado pelo senhor. Não aceito isso, se eu tenho este poder existe uma forma de equilibrá-las e desenvolver este dom. Me chame de sonhador, louco ou mesmo petulante, isto eu aceitarei. Mas estúpido não! Ignorante sempre serei pois não serei o Senhor do Conhecimento definitivo. Mas isto apenas me dará mais desejo de continuar a aprender. E na minha visão eu posso me considerar um "Ser" e talvez um dia eu possa ser digno de ter um aprendiz e .
    Leomar
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1028
    Reputação : 19
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Leomar em Dom Set 30, 2018 6:05 am

    - É, realmente... Ninguém mais é inocente hoje em dia! Por isto as pessoas estão tão cansadas destas guerras. Ninguém sabe mais o PORQUÊ estão lutando. Esta guerra vai acabar sem vencedores, ela vai morrer de inanição ou talvez de preguiça. Alguns diria que é loucura, mas EU não duvido se um dia um general qualquer simplesmente acabe com a guerra ordenando uma retirada só para voltar para casa.

    As perguntas mais importantes são sempre as mais básicas: "O que, por que, como, para que, para quem". As pessoas se perdem em looongos discursos e masturbações filosóficas são como cães correndo atrás do próprio rabo.


    Depois Jusan passa ouvir Nergal sem interromper, depois diz simplesmente:

    - Seu desejo é inútil.

    Mais uma grande patada. Os dois ficam calados vendo quem ia falar primeiro.

    - Se você precisa se sentir digno para ter um aprendiz, nunca terá um aprendiz. Pois se achar que é realmente digno, então é porque foi tomado pelo orgulho, e o orgulhoso não é verdadeiramente digno.

    Se eu me achasse digno por poder ter você como aprendiz, eu estaria pressupondo que você é importante para que eu tenha a honra de lhe ensinar alguma coisa e estaria pressupondo ainda mais que eu sou muito mais importante para que alguém importante como você aprenda algo comigo. Com isto estaria errando duas vezes.

    Se você quiser ter um aprendiz, pode fazer isto hoje mesmo. De qualquer uma das trinta primeiras pessoas que passarem na rua, pelo menos dez poderiam ser suas aprendizes.

    Aliás quando algum aprendiz meu fica feliz demais, eu aconselho a eles arrumarem um aprendiz, afinal, não podemos ficar felizes demais por muito tempo.

    Além disto, a Prana é tinhosa. Se você disser que é possível dominar magia branca e negra, ela, de pirraça, vai falar que não é possível. E se você diz que "não aceita isso", então nunca conseguirá dominá-las. Para começo de conversa, você fala em equilibrá-las, isto já é um erro básico, você não cria magia equilibrando nada, a magia é uma manifestação de uma energia de sou desequilibrada o bastante para romper a natureza.

    Você cria fogo quando a energia é forte o bastante para queimar a barreira do ar. Você cria terra quando a energia é forte o bastante para esfriar a energia do fogo. Você cria água quando a energia é forte o bastante para quebrar a resistência da terra. Você cria ar quando a energia é forte o bastante para dissipar a inércia da água.

    Existe um grupo, por sinal aqui mesmo na Ilha dos Excluídos, que busca o Equilíbrio Perfeito. E estão criando um local onde realmente parece que este equilíbrio está quase perfeito. O plano deles é que cada ponto do seu templo tenha exatamente a mesma concentração de cada energia elemental, 25%, e que cada ponto de luz seja equilibrado com igual ponto de escuridão. O resultado? Um belo jardim, uma organização de deixar de boca aberta, uma arquitetura incrivelmente limpa e funcional, e um lugar onde os magos não conseguem fazer magia.

    Os chamados Santuários Mágicos são lugares onde uma ou duas energias possuem justamente uma concentração anormal. Quanto mais desequilibrada ela for, mas fácil fazer magia.

    E se vai aprender magia negra, estão até o apodrecimento e a degradação serão material de trabalho. São campos inférteis para as demais magias, mas a magia negra funciona é na ausência das demais, nos seus "espaços negativos".

    Um dia, alguém conseguirá dominar as magias negras e brancas, mas só o fará quando quiserem provar que é impossível, pois a Prana é tinhosa, e se dizem que é impossível, ela diz que não.


    Ele se distrai no meio de seu quarto/laboratório/biblioteca/depósito/caos, Nergal tenta não ficar impaciente.

    - Mmm... bem... o que era?...
    - Meche em alguns papeis - Você então deve... o que você estava querendo mesmo? - Dá uma olhada na estante e parece lembrar de algo, limpa os óculos, chega a cara perto de uns papeis - Bom, se quiser aprender algo, precisamos ir do básico. Vamos precisar de algumas coisas, acho que isto aqui dá para uma lista... e a outra... bom, com isto, isto e isto... é já dá!

    Ele faz algumas anotações em duas listas, uma para energia branca, outra energia negra, aparentemente listas de compras normais, embora tinha uma coisas que Nergal nunca tinha ouvido falar (como maracujá), poderia comprar de uma ou de outra.

    lista negra:
    -Filé de peixe branco
    -Uma cebola roxa pequena
    -Meia pimenta ardida verde
    -100g de broto de feijão
    -100g cogumelo shimeji preto
    -Coentro e dill a gosto
    -Suco de 4 limões grandes
    -Duas pitadas de Nori
    -Uma colher de sal grosso moído
    -Duas folhas de couve batida com meio copo d'água mágica nv2
    lista branca:
    -1/2 litro de água mágica nv1 ou nv2
    -2 musas paradisíacas maduras
    -1 manga
    -Laranjas
    -1 maracujá grande ou 2 médios
    -Gengibre
    -Sumo de limão
    -Gel Aloe fresco bs1

    - Acho que podemos começar com isto. Se quiser aprender sobre magia de cura, traga um doente também. Se preferir envenenamento mágico me traga um inimigo seu que possamos envenenar, e mais Gel Aloe fresco e também umas pedras de xrandar.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1333
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Re: O Chamado

    Mensagem por Kether em Seg Out 08, 2018 12:35 pm

    Nergal observa as listas não compreendendo bem o que iriam fazer. Uma delas parecia que iriam cozinhar um peixe com uma salada e molho. Já o segundo seria um suco.

    - Me explique uma coisa... Esta é uma lista de compras para o jantar? E um item me deixa extermamente confuso, o que viria a ser este tal maracujá?

    O anjo negro ouve a explicação de Josan sobre o que era o exótico item da lista. E então ele parte para a região da cidade onde ele sabia que poderia encontrar de tudo, a praça do mercado.
    Conteúdo patrocinado


    Re: O Chamado

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Dez 11, 2018 6:36 pm