Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    4 coisas sobre

    Compartilhe
    Leomar
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 925
    Reputação : 18

    4 coisas sobre

    Mensagem por Leomar em Dom Maio 27, 2018 5:16 pm

    DAFODIL


    Como ninguém interessou em explorar muito a cidade, proponho um jogo de curiosidades: Cada jogador poderá fazer quatro perguntas sobre a cidade de Dafodil, pode ser pontos de interesse, geografia, peculiaridades, etc.

    A primeira pergunta deve se limitar a uma resposta de sim ou não, portanto ela tem que ser precisa.

    As outras três serão respondidas por seis PdMs diferentes para cada jogador, sendo que:

    3 deles serão civis comuns, pessoas de conhecimentos limitados que sabem o básico sobre a cidade.
    2 deles serão religiosos (mestres espiritualistas, sacerdotes, monges ou mesmo devotos fiéis)
    1 deles será membro de alguma escola.

    Sendo que:

    - Todos responderão o mais honestamente que puderem, mas suas respostas não são imparciais, cada um responderá conforme o seu entendimento da pergunta, assim um devoto de Ades e um devoto de Anĝelina poderiam responder a mesma pergunta de forma bem diferente, uma meretriz, um ferreiro e um escravo, idem, e respostas do tipo "não sei nada sobre isto" são válidas e não dão direito a perguntar novamente.

    - Poderão escolher o sexo, mas não a raça dos que vão responder e também não podem escolher quem responderá qual das perguntas. Cada pergunta será respondida por 1, 2 ou 3 pessoas

    - Os religiosos e membros de escolas poderão ser de qualquer denominação que EU escolha, mesmo que seja uma que não tenha nada haver com o seu personagem.

    - Destes seis vocês podem focar dois (e somente dois), funciona assim:

    • Dos civis, pode escolher a profissão, como: artista, comerciante, meretriz, cozinheiro...
    • Dos religiosos pode escolher o deus que segue, valendo até Ades, mas não a filiação. Por exemplo: se escolher Jara, o religioso pode ser da Igreja Central, da Igreja Cisne Branco ou da Escola Izete, pode ser um semeador (equivale a padre ou pastor), um bispo ou até a Maha-Dona.
    • A escola do membro pode ser especificada.


    ESCOLAS DISPONÍVEIS:
    - La Cour des Miracles - vermelha e negra - mágica e levemente filosófica
    - Escola Atemense - vermelha e branca - mágica
    - Igreja Cisne Branco - branca e azul - religiosa
    - Filosofia Sen - branca e preta - filosófica
    - Yüksek Kan - azul e verde - militar e política
    - Fajte - verde e vermelha - militar e levemente religiosa
    - La Amikoj - verde e branca - militar e religiosa só do lado branco
    - Discípulos de Darklum - verde e negra - militar
    - Escola Izete - vermelha e azul - mágica e religiosa
    - Discípulos de Hagreb - mágica
    - Ciganos - sem cor - filosófica
    - Senhores das Trevas - negra - militar

    Bom, por enquanto é isto, mudo se surgirem dúvidas.
    susanoojr
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 37
    Reputação : 0

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por susanoojr em Ter Maio 29, 2018 4:24 pm

    Ĝeko


    1. Existe um coliseu para lutadores em Dafodil? Se sim, ganha prêmios e fama?

    2. A feira de comércio possuí tudo que um jovem Guerreiro iniciante precisa para iniciar uma carreira?

    3. O mercado negro realmente existe? Quais as variedades de coisas que eu consigo lá?

    4. Possuem Dungeons perto da cidade? Ou algo mais próximo de um covil de criaturas que se possam matar para ganhar alguns trocados?
    Dycleal
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1432
    Reputação : 24
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Dycleal em Ter Maio 29, 2018 5:46 pm

    Perguntas de Nadhull


    2-Que trabalhos têm para um incubo que quer desenvolver magia? (preciso de uma sugestão de trabalho que me dê dignidade e desenvolvimento)

    1- Existe alguma Guilda ou grupo de apoio para demônios convertidos a Piro? Se sim, onde fica

    3- Qual a casa de comércio mágico recomendada pela corte dos milagre?

    4-Existe um lugar seguro onde um incubo possa prestar seus serviços sexuais em troca de uma boa remuneração? Se sim, onde?

    Dou preferencia a mestres espirituais, magos (mestres ou não) e do sexo masculino.
    Leomar
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 925
    Reputação : 18

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Leomar em Sex Jun 01, 2018 6:05 pm

    Existe um coliseu para lutadores em Dafodil? Se sim, ganha prêmios e fama?

    Sim.

    A feira de comércio possuí tudo que um jovem Guerreiro iniciante precisa para iniciar uma carreira?
    O Gordo, comerciante humano
    Mas é claro! Estamos no centro do mundo, e você acha que as pessoas vem aqui por que? Por causa de "nossos belos clima, fauna ou flora?" Hahaha, é claro que não! As pessoas vem para cá para comprar. Você pode comprar qualquer coisa de qualquer lugar do mundo. Mas para que perder tempo? Na loja do Gordo você encontra tudo que precisa. As armas de Akvlando são conhecidas pelo trabalho artesanal, mas para que pagar mais? Minhas armas podem ser usadas com magia tanto com as de Akvlando; as armaduras de aço do Gordo são da liga mais leve de Dafodil e as minhas armaduras de couro são simplesmente lendárias. Temos tudo de qualidade para quem sabe gastar. E se você é um comprador esperto com crediário nas Casas da Tia, dividimos em três meses para você.

    Isskatnss, aventureira e artista saat
    E o que este guerreiro gatinho vai precisar comprar? Nós, aventureiros nômades, nos viramos com as diversas barracas nas diversas praças. O melhor é ter tempo para barganhar, pois se você não barganha, você se ferra. O comércio de Dafodil é algo que você tem que estudar, ficar o dia inteiro vendo onde vende o que por que preço. Os melhores comerciantes são os ciganos. Quer dizer, os que sabem comprar melhor, não os melhores para se comprar deles, pois obviamente estes tentarão lhe induzir a comprar de ciganos. Porém com um preço certo e sabendo pedir, eles podem lhe oferecer "dicas" valiosas sobre o comércio local. Alguns deles estudam o comércio palmo a palmo sabendo inclusive sobre quais produtos cada comerciante tem no fundo da tenda, sabe, "aqueles" produtos especiais.

    O mercado negro realmente existe? Quais as variedades de coisas que eu consigo lá?
    Zé do Pó, humano vendedor de ervas recreativas
    Colééé vacilão ***? Tá pensando que qualquer *** pode chegar chegando na área? Cê tá querendo me ***? Os mercados negros não são para qualquer um não. Tá pensando que aqui é como o Mercado das Almas em Fajr-Regno? O sistema aqui é muito mais sinistro vacilão. O bagulho é louco. Se cê que ópio básico ou pedrinhas da alegria pode comprar em vários lugares que se dizem mercado negro só porque tem umas paradas que fazem a cabeça, mas o lance real do mercado negro é parada séria da *** como infermnência ou folhas de Yaf-Yag, bagulho para magia negra da forte, lance de ritual de Terceiro Círculo Infernal pra cima. Dafodil não tem só um mercado negro, tem três dos grandes. Dois na Necrópole. Na cripta você pode encontrar as coisas mais difíceis do mundo, mas nem pense que qualquer porquerinha de *** pode chegar de boa perguntando "onde *** é a cripta", pois eles vão *** com força de você vai pedir pela morte. E os assassinos do mercado negro também são os mais caros e perigosos que existem.

    Saloneh, anja monja de Anghelina
    Não deveria perguntar simplesmente o que pode comprar, mas principalmente o que irá lhe custar. Se a maioria dos produtos da cidade já são obtidos de forma duvidosa, imagine o grau de maldição que não carregam os objetos do Mercado Negro. Está mesmo disposto a arriscar sua alma, além claro de suas posses só para obter objetos proibidos? Talvez você seja enterrado numa vala comum ao lado do próprio mercado negro, na Necrópole mesmo. Apesar de haver materiais para magos de todos os elementos, a maioria das vendas do mercado negro é destinada para magia negra.

    Possuem Dungeons perto da cidade? Ou algo mais próximo de um covil de criaturas que se possam matar para ganhar alguns trocados?
    Kamarro, humano membro dos Discípulos de Darklum
    A melhor, e quase única coisa que se tem para caçar por aqui são demônios. Dá para se tirar uma grana matando uns deles, principalmente se forem por encomenda. Já criaturas é mais difícil, não tem nem bicho na porcaria desta ilha, encontrar os covis delas no meio do deserto é algo que demora tempo. Já as cavernas ao redor da cidade estão quase todas tomadas por milícias e ladrões. Claro que se não levar "criaturas" ao pé da letra, as próprias cavernas podem servir de Dungeon, com certeza a maioria dos bandidos de lá estão com a cabeça a prêmio, difícil vai ser você ir e voltar inteiro, em todo caso as cavernas ficam na parte norte da cidade. Existem quilômetros delas.

    De Loxa, humano pastor da Igreja de Tamuz
    Existem várias masmorras na Necrópole, só que elas são bem vigiadas, impossível você ir lá sozinho e mais impossível ainda voltar. Há também uma série de montanhas e cavernas em torno de quase toda a cidade, em especial perto do portão norte, estas cavernas são tomadas por grupos de procurados pela justiça. Também é bem pouco provável que consiga entrar sozinha em qualquer uma delas, mas pelo menos os grupos lá são rivais, assim é mais fácil conseguir entrar nelas do que nas masmorras da Necrópole. Considerando o número de pessoas que tem a cabeça à prêmio, a cidade de Dafodil é em si um covil onde você pode ganhar muitos trocados como caçador de recompensas. Agora, os grupos ou tribos (ou o nome que quiser dar) possuem, com frequência, certas pelejas abertas à população geral, tipo: no sul alguns caras de Ajros possuem um lugar que chamam de mossar, é uma caricatura dos mossares que existem no país deles, mas é um tipo de tribunal de pequenas causas, lá sempre têm missões. Há um grupo chamado Fajte, eu não gosto muito deles, mas eles também têm, de tempos em tempos, missões de caçada de alguma criatura no deserto, ou de combate a pragas demoníacas ou mesmo de caçada a criminosos, este grupo estranho pode ser encontrado numa casa na rua Sienita Q4. Há também grupos do Yüksek Kan próximos ao porto e grupos de caça perto do portão oeste.




    Existe alguma Guilda ou grupo de apoio para demônios convertidos a Piro? Se sim, onde fica

    Sim.

    Que trabalhos têm para um incubo que quer desenvolver magia? (preciso de uma sugestão de trabalho que me dê dignidade e desenvolvimento)
    Rochett, ferreiro humano
    Uai, eu sempre estou precisando de alguém disposto a pegar no ferro.

    Qual a casa de comércio mágico recomendada pela corte dos milagre?
    Uktyê, alquimista da Corte dos Milagres
    Ervas em geral você encontra com Icanor, ele fica muito na praça dos Milagres, mas pode ser encontrado em qualquer lugar no setor centro-sul, é um dos curadores mais famosos de nossa Corte, e se ele não tiver alguma coisa, com certeza sabe onde achar. Uma botica confiável também fica perto do portão sul, a esquerda de quem sai, depois da marcenaria, a casa com beiral azul, eles só vendem para membros da corte. Água mágica você pode procurar na rua Bauxita, é sério, eles têm uma loja só para água. E os sais e pós você pode comprar na rua Alabastro. São os lugares mais confiáveis para novatos. Mas sempre se pode dar sorte nos grandes mercados, se você fosse inteligente, digo. Estes dias consegui uma boa pasta de orquídeas de chuva de uma garota chamada "Gazela".

    Salmon, mestre espiritualista humano da Igreja Cisne Branco
    Da Corte dos Milagres eu não sei, creio que os venenos e tralhas que eles compram podem ser encontrados com os mais diversos ambulantes por aí. Mas se por "comércio mágico" você entende "artefatos de boa qualidade" então você só tem duas opções descentes: ou procurar os mestres artesões de Akvlando, ou os mestres artesões de Ajros, isto claro se seu objetivo é adquirir produtos que vão elevar sua alma e não destruí-la. Armas mágicas, com linhas-guia, ligas de prata, etc. todos sabem que as melhores são feitas por akvlandanos. Já os ajrenses são cuidadosos em preparar amuletos, talismãs, bem como itens de conhecimento, pergaminhos, estas coisas, eles também tem sempre boas informações sobre poções de proteção e purificação.

    Taigo, espião ou mensageiro meio-demônio
    Recomendada? A Corte compra de todo mundo! Aliás é uma das coisas que mantem a cidade viva e relativamente inteira. Quase qualquer pessoa que tenha produtos bons ou confiáveis, não necessariamente as duas coisas, acaba conseguindo algum contato quente com a Corte. O maior número de mercadores "independentes ou semi-independentes" que vende para a Corte fica em volta da Praça dos Milagres ou da Praça dos Mártires ou até no pátio ou arredores de um dos templos de Piro. Pode também encontrar lugares "recomendados" pela Corte onde se recolhem taxas de proteção pela Corte. Alguns falam disto abertamente, outros preferem deixar mais reservado... Alguns destes lugares são marcados com um símbolo que parece um nó de forca, já os que são marcados com um auc, sabe a letra auc? É usada em idiomas como Sella ou Palla, bom, estes com auc pagam taxa de segurança para o Yüksek Kan, e nem sempre recebem bem membros da Corte.

    Existe um lugar seguro onde um incubo possa prestar seus serviços sexuais em troca de uma boa remuneração? Se sim, onde?
    Natasha, meretriz humana
    "Boa remuneração" vai ser difícil, ainda mais se quiser trabalhar sem ser cafetinado. Não são muitas pessoas na cidade com posses para pagar bem, e as que têm normalmente preferem escravos. Mas há uma meia dúzia de íncubos ricos que as vezes se cansam das fêmeas e gostam de variar. Poderia lhe apresentar alguns, quem sabe até fazermos um show os dois juntos para eles... Se interessar, me procure na casa da lanterna vermelha.

    Ĵokan, Instrutor espiritual do Adul Genah da filosofia Sen, humano
    Não há muitos lugares seguros em Dafodil, então você terá que procurar um onde os proprietários se preocupam em manter encrenqueiros longe, algo oposto ao Vale do Amor, claro. É preciso procurar boates mais sofisticadas, para entretenimento de pessoas menos pobres. Bom, a boate mais rica da cidade fica no lado ocidental, Q3C12, fica atrás da casa do prefeito. É uma boa opção, embora não seja necessariamente a melhor. Bom, digo melhor dependendo de que tipo de trabalho quer executar, isto eu não poderia responder com precisão, já o tipo de trabalho que se possa procurar, digamos que eu, pessoalmente, encontrei duas alunas mais dedicadas ao Adul Genah na Casa da Prima Camila, fica na rua Estanho, Q3C3.




    @Kether e Bitch, quando fui responder este tópico tava como bloqueado, não sei se foi alguma coisa que fiz no celular, mas acho que agora tá normal para mandar as perguntas de vocês.

    Quem sabe depois fazemos parecidas para toda a Ilha dos Exilados ou outros lugares.
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1247
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Kether em Sex Jun 01, 2018 9:37 pm

    Perguntas:

    1. A corte sendo além de uma escola de magia, ela tem a sua filosofia própria. Eles permitem a inclusão de novas filosofias como a filosofia Sen para criar um novo caminho mágico?

    2. Dafodil é dita o centro do mundo e é essa cidade tem esse peso que a permeia. Isso é reflexo da Necrópole ou todas as partes do mundo está envolta com este sentimento de opressão e desalento?

    3. A cidade é cortada pelo rio, que serve também como uma espécie de fronteira entre o território da Necrópole e o território defendido pela Corte dos Milagres. Como ficam as demais Escolas nessa divisão dentro da Cidade?

    4. Como é dividida socialmente e politicamente a cidade? Existem regiões da cidade onde os mais ricos vivem e uma região mais miserável?

    A pergunta 4 eu gostaria de obter a resposta de civis (comerciante, mendigo e prostituta). A pergunta 2 por sacerdotes (um de Piro e outro Sen) e a 3 por um membro da Corte.
    Leomar
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 925
    Reputação : 18

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Leomar em Sab Jun 02, 2018 10:04 am

    @Kether escreveu:A corte sendo além de uma escola de magia, ela tem a sua filosofia própria. Eles permitem a inclusão de novas filosofias como a filosofia Sen para criar um novo caminho mágico?

    Não.

    Dafodil é dita o centro do mundo e é essa cidade  tem esse peso que a permeia. Isso é reflexo da Necrópole ou todas as partes do mundo está envolta com este sentimento de opressão e desalento?
    Juzete - Sereia Mestre de Águas da Escola Izete
    Dafodil é o centro do mundo porque o mundo passa por ela, queira ou não. Há representantes de todo lugar e ao mesmo tempo de lugar nenhum. A Necrópole é apenas um resultado disto, um canto da cidade onde seguidores de Ades e outros falsos deuses se isolaram, enquanto os seguidores de todos os outros deuses ficaram do outro lado. O sentimento de opressão emana da cidade toda, assim como emana também de Ĵokona, provavelmente emane de toda Ilha dos Excluídos.

    Bazur - escravo meio-demônio
    As diversas partes do mundo estão misturada, mas não estão juntas na cidade. Talvez isto que faça a cidade ser impossível de ser totalmente dominada por um grupo só. Cada um imerso em sua própria arrogância, todos cuidam de si e esperam que os outros tropecem. Isto que chama de "peso" são efeitos dos portais , a cidade foi praticamente construída em cima deles e os demônios vieram para conquistar o mundo. Até na maldita névoa tem a influência deles.

    A cidade é cortada pelo rio, que serve também como uma espécie de fronteira entre o território da Necrópole e o território defendido pela Corte dos Milagres. Como ficam as demais Escolas nessa divisão dentro da Cidade?
    Astára - demônio Grau 21 da Cour des Miracles
    Dafodil é mais do que dois bairros. A Necrópole em sim não atinge toda a parte a oeste do rio, mas há áreas dentro da área. A Necrópole equivale ao cemitério, a área dos mercados negros, a fortaleza do Senhores das Trevas em um canto e a fortaleza dos Guardiões de Ades do outro, as montanhas ao redor, além da área do portão. Ficam fora alguns palacetes de generais, a favela norte, a favela sul, as faixas de pequenas oficinas ao lado das favelas, o chamado Bairro Baixo onde várias filiações menores se juntam e alguns corredores neutros. Nosso controle também não é unanime do lado leste, apenas conseguimos nos organizar de forma mais eficiente. Há em toda a cidade o acordo de não atacar embarcações em todo o Rio da Serpente, pois mais inimigas que as facções sejam, pois a cidade depende do porto e quebrar esta regra é uma sentença de guerra. Claro que esta regra foi quebrada dezenas de vezes o que resultou em dezenas de guerras. Damos certas liberdades às pessoas deste lado da cidade, elas podem, por exemplo, escolher para quem pagar ou não pagar taxas de proteção, e o Yüksek Kan recolhe muitas destas taxas. Há uma base do Yüksek Kan no pier 3 e outros grupos vindos de Akvlando preferem ficar sempre perto ao porto (há um porto de cada lado do rio). Perto ao portão sul tem uma porção de terra que foi comprada por pessoas de Ajros, é a única parte da cidade que foi comprada e não simplesmente conquistada, até o momento tanto nós como o Yüksek Kan respeitamos esta compra de não invadimos esta área, onde eles reproduzem algumas culturas de Ajros, claro que com muito menos glamour. A maioria dos grupos apenas se junta, sem uma base fixa, como membros da Cisne Branco ou Atemense que se encontram nos templos de Jara ou Anĝelina, às vezes fazem reuniões em suas casas ou procuram proteção na parte sul. Nas montanhas ao norte e nordeste são redutos de várias guildas que controlam também uma parte no extremo leste da cidade, principalmente ao lado do portão leste onde estes grupos dominam duas ou três quadras cada um e se vigiam mutuamente. Ouvi boatos que um grupo chamado Fajte, com soldados de Fajr-Regno e Gaja montaram um pequeno quartel no centro da cidade, mas sua localização é imprecisa, os boatos mais forte dizem que deve ser algum lugar entre as ruas Estanho, Basalto, Feldspato, Quatzo, eles são bem discreto nos seus recrutamentos. Há também boatos sobre uns tais discípulos de Hagreb que tem se instalado ao lado da baia Hidragéria, uma parte bem pobre da cidade da qual não nos importamos muito.

    Galete - artista de rua e meretriz humana
    Aqui manda quem tem os soldados mais fortes. Ou você paga para ficar fora do sistema, ou paga para o sistema. As escolas que tem dinheiro para financiar um templo, se reúnem perto do templo. Sendo assim as casas ao lado da Igreja Cisne Branca são de pessoas ligadas à Cisne Branco, as casas ao lado do templo de Tamuz são de pessoas ligadas à Gaja. Quem não tem um templo, ou um quartel, como o caso do Yüksek Kan, tem que pagar favores para gente de outros templos. Os poucos membros da Escola Atemense por exemplo se reúne ou no grande templo de Piro, ou na Igreja Cisne Branco. O pessoal da Escola Izete se reúne na Cisne Branco ou na Igreja Central. O pessoal dos "Amikoj" se junta no quartel do Yüksek Kan. Os demais ficam nas partes pobres da cidade onde os grandes não tem muito interesse: a parte norte do rio, antes do porto, os bairros mais ao leste e as zonas mortas na Necrópole. E tipo, todo o resto é tomado à força, às vezes um grupo de Gaja mata um grupo de Fajr-Regno, depois outro grupo de Fajr-Regno mata este grupo de Gaja. Se eles não estiverem fazendo suas guerras pessoais onde atrapalha o comércio, ninguém liga.

    Como é dividida socialmente e politicamente a cidade? Existem regiões da cidade onde os mais ricos vivem e uma região mais miserável?
    Ererranoor - instrutor humano do Adulas-An da filosofia Sen
    Politicamente é bem difícil dizer, pois as brigas por poder mudam a cidade o tempo todo. Na parte mais oriental por exemplo podemos dizer que ela é controlada por gangues, e a política deles é "se um cai, outro toma o espaço". Na parte da Necrópole há um prefeito que lida com interesses comuns de alguns grupos que dominam a região, é praticamente um líder demoníaco que intermedia pactos diabólicos, ele controla um exército que impede estes grupos demoníacos rivais de se sabotarem demais. A região dos portos é considerada área livre, inclusive fizeram um calçamento de cor diferente em volta desta área onde soldados não podem reivindicar, podem apenas dar um jeito em qualquer um de esteja roubando ou atacando seus líderes. No resto da cidade podemos dizer que cada filiação faz suas leis para aqueles que escolhem viver sobre suas regras, e criam suas "guardas pessoais" para que pessoas de outras filiações não invadam seu espaço e pessoas de sua filiação não quebrem suas regras.

    Zé - mendigo humano
    Diferença entre rico e miseráveis é óbvia, difícil é separar os miseráveis, os muito miseráveis e os totalmente fudidos. Bom, há favelas em volta dos muro e dos portões norte e oeste que é onde ficam os mais fudidos. Os miseráveis estão por toda a cidade, ou se juntando a algumas gangue, ou trabalhando para alguma escola maior, ou simplesmente se virando, somos a grande parte da população. O sul é chamado de bairro sul mesmo, e é onde ficam "os loirinhos", comparados com o resto da cidade, o bairro deles é bem de bacana, há até um segundo muro separando-os do "resto". Este bairro sul só aceita mercadores de Ajros, mas aceita compradores de qualquer lugar. A parte que fica ao sul da cidade mas ao norte do "bairro sul" é uma das que tem mais casa de gente realmente com posses, e a qualidade das casa vai caindo no centro da cidade e caindo mais ainda no norte. Há umas casa de bacana e até umas mansão perto do porto que são controlados por gentes de Akvlando. As pessoa da Corte também tem uns lugares de bacana em vários lugar da cidade, não são mansão nem cidadelas, mas são umas construção bem rica, feitas de tijolo e não pau. Na necrópole isto é mais fácil de ver, a parte sudoeste tem umas casa de rico mesmo, gentes cheia de prata, e o resto é tudo pobre. No centro, bem no centro da Necrópole mesmo, tem uma parte enorme do cemitério que é uma puta fortaleza. Dizem que é um castelo, ou talvez até uns três castelinhos que se juntam num castelão que é tipo uma cidade a parte, demônios de poder mesmo.[/quote]
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1247
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Kether em Seg Jun 04, 2018 6:48 pm

    Perguntas sobre a Olha dos Exilados.

    1. Como é a cidade de Jokona? Foi de lá que os outros personagens partiram?

    2. Quais as carcteristicas do estreito do estupor?

    3. A região leste da ilha não possui nenhuma cidade mesmo na região litorânea. Tem alguma coisa peculiar na região que impede essa colonização?

    4. Jokona é uma cidade com Dafodil ou é uma cidade 100% do mal?
    susanoojr
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 37
    Reputação : 0

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por susanoojr em Ter Jun 05, 2018 11:03 pm

    4 Perguntas sobre a Ilha dos Exilados - Ĝeko

    1. O deserto de Ĵokona e sua terra infértil possuí substâncias tóxicas?

    2. Qual a parte da ilha com mais Comercio de Akvlandos? Seu itens e não sua espécie.

    3. Quais são as fronteiras marítimas da ilhas? existe alguma regra ou lei?

    4. Existe algumas diferenças entre as estações climáticas na ilha, como uma região mais fria e a outra mais quente?

    Exigências: 1Cívil Comerciante, 1Cívil Marinheiro, 1Cívil Professor e 2Religiosos Piro.
    Leomar
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 925
    Reputação : 18

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Leomar em Qua Jun 06, 2018 2:14 pm



    Para a Ilha dos Exilados:
    1) Ĵokona
    2) Dafodil
    3) Nesopry
    a) Porto Nolovy
    b) Verda Ero
    c) Estreito Estupor
    d) Torres de Cristal Negro (covil de Ades)
    e) região do lupinos (homens-lobo, não lobisomens)
    f) Portos Ultimos
    Pontos rosas: pequenas tribos, vilas e grupos em geral.

    Ĵokona é uma cidade com Dafodil ou é uma cidade 100% do mal?

    Não, Sim, e Piro tá vendo você emendar duas perguntas como se fosse uma.

    Como é a cidade de Jokona? Foi de lá que os outros personagens partiram?
    Basrun - Demônio acólito dos discípulos de Hagreb
    Ah, Ĵokona é ótima! Aqui o que conta é o poder, estamos cagando para leis bestas. Quer algo? Vai lá e pega. Tá afim de uma mulher? Vai lá e pega. Se ela reclamar é só dar uns tapas. Não ficamos ligados a escolas e guildas, a não ser quando convêm. Ĵokona é cheia de gente para você mandar ou manipular. Só é ruim se você for fraco, mas se for fraco então merece ser escravo mesmo. Ruim é o solo, que não dá nada, não tendo planta também não tem muita coisa para caçar, a não ser que seja dos raros aventureiros que gostam de caçar no deserto, mas gosto é igual cu, cada um tem um, embora uns fedem mais. Como não tem criação ou plantação, tudo tem que vir de fora, por isto o custo de vida é bem alto, é também o único motivo pelo qual deixamos alguns comerciantes entrarem e saírem vivos. Quanto aqueles outros, eles saíram de uma cidade-prisão genérica que tem por aí, bem menor que Ĵokona, mas eles iam vir para cá. Se não fossem uns enxeridos aparecer no deserto e sugerirem ir para o nordeste ao invés do norte, vocês teriam chegado aqui, e já seriam todos nossos escravos, e esta história já teria acabado.

    Reyga - Sobrevivente humana
    Ĵokona é um inferno no plano material. Dizem que há cidades nos infernos menos ruins que Ĵokona, infelizmente não acredito que seja mentira. Na tribo que nasci, dentro de Ĵokona, as mulheres ou desenvolviam o dom negro, ou viravam prostitutas. Eu desenvolvi o dom negro, e achei que estava com sorte. Eu estava errada. Ĵokona esta atolada em mana negra. Dizem que a magia negra é poderosa. É bom ter cuidado em como você interpreta este "poderosa". Mesmo se tentar usá-la com bons propósitos, a magia negra cobra um grande preço. Vê minha pele esbranquiçada? Isto é apenas um reflexo de viver num lugar sem viva, sem cor e sem esperança! Esta é Ĵokona.

    Taigo - Humano aventureiro
    Olha, tirando o cheiro de enxofre do sul e o cheiro de lixo do norte, tirando esta neblina eterna que cobre a cidade, tirando o fato que esta neblina te observa, literalmente, tirando a questão de que as poucas plantas que brotam por aqui são venenosas, tirando a violência gratuita, tirando o fato da cidade ser controlada por demônios do pior tipo, tirando a questão da mana negra ser tão densa que magias de outros elementos são mais difíceis de serem feitas, tirando a pobreza e os escravos, até que não é tão ruim.

    Quais as carcteristicas do estreito do estupor?
    Lunamaristo - fabulista e astrólogo Sen
    Em primeiro lugar, é estreito. Normalmente só podem passar um ou dois barcos por vez, o que já é um pesadelo, mas é um dos menos piores. As montanhas ao lado são enormes, por isto a neve (hachura do mapa) e também fazem a parte do rio ficar sempre sombreada. Também é um lugar que costuma ter muita neblina, mas ao contrário do que ocorre em muitas cidades da ilha, esta neblina é de origem natural. As marés e correntes mudam demais, o que é comum em Akaŝa por causa de nossas duas luas, mas junte isto num lugar estreito e teremos um problema sério. Num dia as águas podem estar calmas e profundas, no dia seguinte pode estar rasas e violentas. Com isto muitos barcos batem e encalham, e frequentemente é preciso destruir as carcaças destes barcos antes de outros passarem. Mas nem tudo é ruim, se você gosta de pescar, por exemplo, tem muitos peixes aqui que são raros, inclusive tem dois antais* na montanha para quem gosta de pesca de alto risco. Segundo algumas histórias de pescadores, lá dá para pescar até peixes de outra dimensão. *Antal no cenário significa um lugar pequeno de dificílimo acesso, no meio de nada, com um, duas ou no máximo três casas onde a maioria nem sabe que existe ou não se importa, onde você só vai se tiver um objetivo muito específico ou se for um porra-loca com muito tempo pra gastar.

    Juê - Sereia Dona-Sana (título religioso da Igreja Central) e Maginente (patente militar da Escola Izete)
    Como quase toda extensão do Rio da Serpente, o Estreito Estupor tem as pragas do lammilus, uma raça de demônios aquáticos que infernizam Akaŝa. Haviam portais planares embaixo do estreito, mas nós fechamos todos. Eu espero... De tempos em tempos fazemos uma revisão nestes portais, pois alguns infelizmente conseguiram ser deslacrados ou reabertos. As montanhas em volta também são um mistério, muitos falam de estranhas criaturas negras vivendo nas partes mais altas, mas não tenho muitos detalhes sobre elas. Devido a dificuldade de se navegar pelo estreito que o Porto Ultimus foi criado, muitos preferem arriscar uma parte do caminho em terra pela região lupina que navegar pelo estreito.

    A região leste da ilha não possui nenhuma cidade mesmo na região litorânea. Tem alguma coisa peculiar na região que impede essa colonização?
    Zé Ruela - Pícaro humano
    Depende do que chama de "cidade", se contar cada grupamento de três a seis cabanas como uma vila, então tem muitas espalhadas, se for algo acima de 50 pessoas, ainda tem umas tribos com este número, mas se você considera cidade só como cidade mesmo, então toda a ilha é ruim para se ter cidades. A Ilha tem grandes áreas de deserto, algumas montanhas, as margens do Rio da Serpente normalmente são de um barro preto pouco fértil, e tipo, a ilha é um lugar onde os continentes exilam seus refugos, então é cheia de gente ruim que não se socializa muito; sendo assim eles se juntam em tribos e clãs, raramente em cidades. Dafodil nasceu da necessidade, não da vontade de se fazer uma cidade. E Nesopry só cresceu um pouco por causa do porto.




    Exigências: 1Cívil Comerciante, 1Cívil Marinheiro, 1Cívil Professor e 2Religiosos Piro.

    Segundo as regras, só pode focar 2 dos 6  Razz

    O deserto de Ĵokona e sua terra infértil possuí substâncias tóxicas?

    Sim

    Qual a parte da ilha com mais Comercio de Akvlando? Seu itens e não sua espécie.
    Zé Banana - Comerciante humano.
    Em linhas geral, Dafodil, principalmente a parte próxima ao porto. Vilas controlada pelo Yüksek Kan também são especiais para mercadores de Akvlando. Agora, Akvlando tem um comércio indireto também: em vários lugares os fajrenses e gajanos não gostam de negociar entre si, então comerciantes akvlandanos espertos compram de fajrenses para vender para gajanos e vice-versa. Em Nesopry mais da metade dos comerciantes é ligada à Akvlando, mas a maioria faz este comércio indireto entre Gaja e FajrRegno.

    Yêtará - Meio-demônio heroína da Escola Izete
    Comércio de qualidade pode procurar as bancas protegidas pelos Izetes no mercado central de Dafodil ou mesmo em mercados menores, ou em vilas protegidas pela Escola Izete. Mas agora nós queremos um mercado de quantidade também. Estamos prestes a montar operações para escoar muita coisa de Akvlando pela e para a Ilha dos Excluídos. Pretendemos fazer muitas destas operações em breve assim que conseguirmos erguer um templo da escola na ilha. Infelizmente, ou talvez felizmente, Nesopry tem mais condições de levantarmos um templo da Escola Izete do que Dafodil. Estamos também, junto com alguns cidadães de Ajros, criando uma rota segura para comerciantes da Izete e de Ajros através de vilas litorâneas. E mais para frente, quando esta Guerra de Reconquista acabar, e alguns estão confiantes que acabe logo, pretendemos lançar missões para enfraquecer a costa de Ĵokona, o que melhoraria o comércio como um todo. Mas só depois da guerra...

    Quais são as fronteiras marítimas da ilhas? existe alguma regra ou lei?
    Gamesh - humano contramestre no navio Tartaruga Funda
    A principal lei, não escrita mas mutuamente aceita por uma questão até de sobrevivência, que até navios do pessoal de Ades respeita é que "entrou no Rio da Serpente, nenhum navio pode ser atacado", nem por piratas, nem por corsários, nem por inimigos declarados, mesmo se os navios estiverem atracados lado-a-lado, ninguém pode tentar qualquer coisa contra outro navio, ou todos os demais, até quem não tem nada a ver com nenhum dos navios, deve declarar guerra imediata a quem está atacando o navio. Seus capitães podem se matar na terra que ninguém liga, mas no rio não, pois sem segurança ninguém navegaria no Rio da Serpente, e sem navios as poucas cidades da ilha morreriam rapidamente. Nem mesmo uma balsa pode ser atacada. Depois disto, as leis que valem são as leis da marinha. Acaba que não há muita igualdade nisto, você segue as regras na bandeira que hasteie, pouco importa de onde vem seu barco ou tripulação, se você está com a bandeira, por exemplo, de Altaneira, você segue as leis de Altaneira. Uma regra que os marinheiros seguem: "não se sacaneia ninguém do próprio barco". Você pode ser o diabo fora do barco ou com outras embarcações, mas se sacanear um membro da equipe, você deve ser morto rapidamente, todos devem se juntar contra você, mesmo se você for o capitão. Um motim deve sempre, SEMPRE ser feito se o capitão quebrar qualquer voto (isto só pode com rituais muito específicos) pois um mentiroso nunca pode comandar no mar. Qualquer obrigação que você tenha, ainda que mágica ou religiosa, garantida por mil documentos e testemunhas, perde o valor se esta for para um capitão que se mostre desonesto com seu navio.

    Um fulano qualquer
    Fronteiras?

    Existe algumas diferenças entre as estações climáticas na ilha, como uma região mais fria e a outra mais quente?
    Askundum - Humano nômade, membro do Fajte
    Não muito, pois a ilha está no centro do mundo, a parte mais quente de Akaŝa. Então o verão é rígido na ilha toda, assim como o inverno costuma ser fraco. Apesar disto há uma queda de temperatura artificial em Dafodil e Ĵokona, por causa de uma série de efeitos mágicos e espirituais complicada de se entender, que se manifesta por exemplo numa neblina presente quase o tempo todo, estas cidades são muito mais frias do que deveriam ser. Chove mais no norte da ilha, no centro quase não chove e no sul, por causa das alta montanhas, a chuva é irregular. Nas montanhas do Estreito Estupor o clima é frio devido a altura.

    Lorde Moor - Anjo guardião da Sagrada Conduta
    Não só eventos físicos influenciam o clima, mas mágicos também. Por isto o clima na Ilha dos Exilados é sempre ruim. A ilha é majoritariamente um deserto, mesmo na parte mais costeira raramente chove, devido baixa presença de mana azul na ilha. Assim o clima é normalmente seco, seja quente e seco ou frio e seco. O único lugar com bom clima na ilha é a parte chamada de Verda Ero, que fica na região lupina. Lá tem uma vasta floresta, a única da ilha. A única parte com neve é no alto das montanhas. Fora isto o clima é quase sempre o mesmo.
    Dycleal
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1432
    Reputação : 24
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Dycleal em Dom Jun 10, 2018 7:11 pm

    Perguntas sobre a ilha dos exilados

    1-Nesta guerra, que afeta toda a ilha, que grupos se colocam como inimigo incondicional de piro?
    2-Qual força que acolhe demônios é mais forte na defesa do deus piro e suas crenças?
    3-Existe diferença de fusos horários na ilha?
    4-O que a diplomacia pode fazer de concreto em relação a trazer uma paz possível?

    as perguntas 2 e a 4 devem ser respondidas por um mago e um mestre espiritualista
    a pergunta 1 se possível por um mestre espiritualista
    Bubblegum Bitch
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 60
    Reputação : 1

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Bubblegum Bitch em Sab Jun 16, 2018 7:20 pm

    Nira Ebony - DAFODIL

    1- É comum pessoas religiosas terem menos consideração pelas não-religiosas?
    2- Existem "celebridades" na cidade? Pessoas conhecidas por todos por ações boas ou ruins?
    3- Navegar para fora de Dafodil é feito por livre acesso (sendo só necessário ter um barco) ou existe algo pra controlar isso?
    4- Se "afinidade mágica" existe, onde e como raças sem afinidade podem ser ensinadas a controlar/usar magia?
    Bubblegum Bitch
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 60
    Reputação : 1

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Bubblegum Bitch em Sab Jun 16, 2018 7:20 pm

    Nira Ebony - ILHA DOS EXILADOS

    1- Geografia seria algo comumente conhecido como atualmente em off, sendo normal uma pessoa qualquer conhecer rotas para outras cidades/lugares?
    2- O que exatamente são as Torres de Cristal Negro?
    3- Existe um local conhecido especificamente por conter uma grande população Saat?
    4- As outras cidades recebem estrangeiros normalmente?
    Leomar
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 925
    Reputação : 18

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Leomar em Sab Jun 16, 2018 7:44 pm

    Existe diferença de fusos horários na ilha?

    Sim

    Nesta guerra, que afeta toda a ilha, que grupos se colocam como inimigo incondicional de Piro?
    Ĥaabrukuĥ - megamorahath dos Senhores das Trevas
    Nós somos os verdadeiros inimigos, não só de Piro mas de qualquer outro deus fraco que entre em nosso caminho. Somos os senhores absolutos das trevas. Os donos dos círculos infernais e vamos levar nossos poderes até vocês. Vocês serão nossos escravos e a única coisa que servem é para nos servir. Todos os outros são peões em nossos tabuleiros. Darklum é um mero peão, até o Ades não passa de um peão, que mais cedo ou mais tarde iremos esmagar. Nós somos demônios independentes e jamais seremos ofuscados por deuses ou falsos deuses. Nosso único objetivo é trazer os líderes do inferno para cá e escravizar todos vocês.

    Matessaoor - Humano mestre Sen do Adulas-An
    Todos os grupos ligados a Ades, os Servos de Ades, Discípulos de Ades, Senhores das Trevas, Adeptos do Olho. Tem os demônios ligados à cidade infernal Margashtabri, pois Varma tomou a cidade de alguns líderes. Tem os tais "Amikoj" que se uniram a alguns dos guardiões mais rancorosos. Tem o pessoal do Yüksek Kan que nunca gostou muito de Piro. Tem alguns supostos descendentes de nobres de Gaja que supostamente perderam tudo no Ragnarök e que acreditam que Piro está em dívida com eles. Tem os caras do monte do Sátiro, apesar que estes não são daqui da ilha. Tem alguns supostos descendentes de supostos nobres da ilha de Metilene. Esqueci alguém? Ah, tem o Lucas da padaria cuja esposa resolveu se tornar uma das sacerdotisas de Piro, e ele não encarou bem os chifres que levou, mas ele não é muito perigoso. Aliás nem a mulher dele é lá tão bonita.

    Qual filiação que acolhe demônios é mais forte na defesa do deus piro e suas crenças?
    Sansamia - maga verde-negra humana
    Quase não há filiações que acolhem demônios, a única significativa é La Cour des Miracles, que prepara cidadães de Fajr-Regno que dominem magia negra e/ou do fogo, embora aceite também alguns quietos devotos de Piro. Há alguns poucos demônios devotos de Piro aceitos pela Escola Izete, mas quando digo pouco, quero dizer poucos mesmo. Portanto se algum demônio quer possuir alguma filiação, a Corte dos Milagres é praticamente a única escolha. Apesar disto, nem todo demônio devoto de Piro se filia à Cour des Miracles, sendo que a maioria prefere continuar apenas como demônio independente. Muitas das fre^cias (amantes de Piro) mais poderosas são demônios independentes não ligadas à Cour des Miracles.

    Zé - humano
    Não sei, tomara que morram todos.

    O que a diplomacia pode fazer de concreto em relação a trazer uma paz possível?
    Algave - Humano soldado do Exército Real de Gaja
    Diplomacia? Isto é coisa pra viado. Ninguém conseguiu nada com diplomacia nestes 98 anos de guerra, e ninguém vai conseguir. Teremos paz quando tirarmos de Fajr-Regno tudo que nos foi tirado, quando isto acontecer, podemos sair também de Ajros e Akvlando e tudo voltará ao normal. Vida longa ao Rei!

    Aĥamaja - Maha-Dona sereia
    Não há paz sem diplomacia. As pessoas chamam estas guerras de "Guerras de Reconquista", pois tudo que as pessoas mais buscam agora é reconquistar o que foi perdido. A diplomacia age principalmente intermediando pedidos de indenização. Buscamos também lembrar as parte sobre os pecados que cometem contra a honra e contra os deuses ao prolongar uma guerra que já devia ter acabado. A Igreja Central está firmemente empenhada em intermediar qualquer grupo que busque a diplomacia.

    É comum pessoas religiosas terem menos consideração pelas não-religiosas?

    Sim

    Existem "celebridades" na cidade? Pessoas conhecidas por todos por ações boas ou ruins?
    Zé - Humano
    Ixi! Tem demais da conta, sô! Tem um pessoalzinho bem "do mau" na Necrópole, e do oto lado tumeim. Muitos grupo di muitos lugar do mundo manda seus herói pra cá. Agora, se si vê uma demônio chamada Keela, corra! Só corre, diacho!

    Keela - Freĉia súcubo
    Depende do que chama de "celebridade", tem muita gente burra que se acha alguma coisa, desde uns representantes da "nobreza" do Yüksek Kan, a alguns demônios "poderosos" do Quarto Círculo Infernal. Tem um bosta que se diz "prefeito" da cidade, ou pelo menos da Necrópole, pois ele sabe que de cá ele não manda nada. Tem vários "heróis" que acham que são grande coisa porque lutaram e sobreviveram a uma ou duas batalhas de maior importância, mas no fundo é tudo gentinha. Você acha que as pessoas realmente importantes, como eu, vão ficar neste fim de mundo? Não a gente só vem aqui, resolve um ou outro problema, depois volta pro países que realmente importam.

    Navegar para fora de Dafodil é feito por livre acesso (sendo só necessário ter um barco) ou existe algo pra controlar isso?
    Galatácia - Humana Cigana
    Por um lado, a cidade não tem regras, por outro lado, a cidade tem regras demais. Assim depende muito de quem você é, de pra onde vai e o que vai fazer. É óbvio que se você for um escravo, ninguém vai te deixar sair da cidade de boa, a não ser que dê sorte. Pelo rio, qualquer um que tiver um barco pode sair, só que até sair da ilha tem muitos lugares que seu barco pode ser roubado, então você precisa de proteção. Os portões da cidade são bem diferentes: o portão norte é pouco vigiado, às vezes fica até destrancado, o portão sul é vigiado pelo bairro sul, e sair é mais fácil que entrar, o portão leste você tem que pagar pedágio, às vezes para mais de uma tribo, mas pagando tá de boa, já o oeste, o portão de Necrópole, é o mais perigoso de todos, ele raramente se abre e é sempre por pouco tempo, vários grupos o vigiam e a própria magia do lugar é algo que pode matar muitos desavisados.

    Se "afinidade mágica" existe, onde e como raças sem afinidade podem ser ensinadas a controlar/usar magia?
    Annalizza - Centaurina membro da Escola Atemense
    A única raça sem afinidade mágica é a minha, e nós centauros estamos bem sem isto. Não nos faz falta e ocupamos nosso tempo com coisas melhores. Às vezes até aprendemos alguma teoria por curiosidade. E feitiços, pois qualquer um pode aprender sobre alquimia com um pouco de muita paciência.

    Maaria - Mestra Sen espiritualista
    Quando o discípulo está pronto, o guru aparece. Caso contrário, já ouviu falar de um coisa chamada "livros"?

    Geografia seria algo comumente conhecido como atualmente em off, sendo normal uma pessoa qualquer conhecer rotas para outras cidades/lugares?
    As principais, sim

    O que exatamente são as Torres de Cristal Negro?
    Arlindorlando - Humano bêbado
    Dizem que é um lugar de dor e sofrimento. Eu sei que dá medo.

    Druzila - humana membro da Escola Izete
    São três torres que surgiram da noite para o dia em uma das curvas do Rio da Serpente. Suas paredes são irregulares e o material é desconhecido, chamam de "cristal negro" mas é possível que não seja realmente cristal, nem metal, nem vidro. Dizem que pode ter sido um acidente causado por magos imprudentes. O que sabemos é que agora é um covil de Ades, e sabemos também que até os magos mais fortes se sentem fracos nas proximidades da torres e que em volta dela a mana se torna caótica, ou seja, mesmo que você tenha força para evocar uma magia, ela não funcionará direito. Há boatos que a torre tem um sistema intrincado de portais planares, não dá para saber se é verdade, mas sendo nesta ilha, não é difícil de que tenha mesmo alguns destes portais.

    Existe um local conhecido especificamente por conter uma grande população Saat?
    Nici - dançarina de rua saat
    Aqui na ilha não, a menos que considere os lupinos como sëts. Sëts e saats são originários de Gaja. Alguns foram tragos para cá como escravos, outros vieram como exilados pois as cidades novas não os queriam "poluindo" a civilização esnobe, e outros, acredite ou não, atravessaram o mar a nado para fugir do Pantanal de Gaja.

    As outras cidades recebem estrangeiros normalmente?
    Jasonete - Humana mestra Sen do Adul Nefesh
    Por "outras" você quer dizer Nesopry? Pois é a única outra cidade além de Dafodil aqui. Entenda que a ilha não costuma "receber" estrangeiros, eles são jogados aqui contra vontade, exilados de suas terras. Nesopry foi criada para ser uma cidade comercial de Akvlando, mas é claro que eles não conseguiram fazer com que só pessoas de Akvlando fossem para lá, então hoje é uma bagunça geral como é Dafodil.

    Seraer - Centauro mestre espiritualista
    As pessoas se agrupam por tribos. Isto vale em qualquer lugar. Aqui na ilha é ainda mais marcante. Aqui temos várias vilas que são formadas unicamente por um só clã, uma só tribo. Se você não tem uma tribo, sua vida é bem difícil, até por que você PRECISA de alguém para lhe proteger por aqui, não importa sua raça.
    Leomar
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 925
    Reputação : 18

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Leomar em Dom Jun 24, 2018 11:54 am

    Como filiações é mais complicado, vou mudar um pouco as regras:

    - Continua sendo quatro perguntas, mas agora não terá uma de sim ou não.
    - Como é sobre filiações, agora todas as respostas são de algum membro.
    - Vou dar apenas cinco respostas, a PRIMEIRA pergunta será respondida por membros de duas filiações diferentes.
    - A SEGUNDA pergunta vocês podem escolher o membro de qual filiação irá responder.

    Para deixar as coisas mais interessantes, sabemos que nem todas as pessoas de uma mesma filiação pensam de forma parecida, portanto, depois que eu responder, deixarei escolherem uma das respostas para ser respondida por outro membro da mesma filiação que possa ter uma visão ou posição diferente do(a) primeiro(a) que respondeu.

    Filiações mais comuns:
    - La Cour des Miracles - vermelha e negra - mágica e levemente filosófica
    - Escola Atemense - vermelha e branca - mágica
    - Igreja Cisne Branco - branca e azul - religiosa
    - Filosofia Sen - branca e preta - filosófica
    - Yüksek Kan - azul e verde - militar e política
    - Fajte - verde e vermelha - militar e levemente religiosa
    - La Amikoj - verde e branca - militar e religiosa só do lado branco
    - Discípulos de Darklum - verde e negra - militar
    - Escola Izete - vermelha e azul - mágica e religiosa
    - Discípulos de Hagreb - Azul e negra - mágica
    - Ciganos - sem cor - filosófica
    - Senhores das Trevas - negra - militar
    - Igreja Central - Azul - Religiosa e diplomática
    - Guardiões da Sagrada Conduta - religiosa
    Kether
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1247
    Reputação : 42
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Kether em Dom Jun 24, 2018 7:31 pm

    Então vamos as minhas perguntas!
    1. Sobre os Senhores das Trevas. É sabido que eles estão com os Seguidores de Ades nestas invasões e tentativas de abertura de novos portais para o inferno. Mas até onde esta aliança é forte?

    2. Uma pergunta para La Cour des Miracles: A Corte é uma escola de magia e levemente filosófica, mas em Dafodil ela tem digamos um braço armado, em guerra eterna contra a abertura de mais portais para o inferno. Mas em suas fileiras são encontrados alguns demônios o que é explicável por sua relação próxima com a Igreja de Piro. Vejo então certas possibilidades de mudança de sua doutrina (magia e filosófica) pois agem em Dafodil como uma tendência a montar um exército e sua linha filosófica pode estar se alinhando a Doutrina de Piro. Dito isso, essa é uma tendência para que a Corte também se torne uma escola Militar, Mágia e filosófica acabando por se tornar um braço armado contra os inimigos de Piro o que poderia ser visto como uma declaração de guerra contra os Anjos que se viraram contra Piro, bem como contra os demônios? (Gostaria que um membro da Corte pudesse responder)

    3. A Filosofia Sen, sendo ela uma linha filosófica que caminha pela Luz e Trevas, qual a visão deles quanto a possibilidade de um mago controlar ambas forças (luz e trevas). Existiria uma nova metamagia com estes elementos teoricamente?

    4. Os Discípulos de Hagreb são uma filiação específica para magia. Como não possuem um elemento específico, poderiam ter desenvolvido meta caminhos mesmo com elementos opositores?

    Obs.: Meta caminhos seria uma espécie de magia com efeitos combinados, por exemplo o magma que seria fogo e terra, ou efeitos com pântanos que seria terra e magia negra...
    Leomar
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 925
    Reputação : 18

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Leomar em Dom Jun 24, 2018 9:29 pm

    Eita! Eu esperava mais perguntas genéricas tipo: "segundo sua filiação" ao invés de ser direcionada, fora a segunda, claro. Mas como não tinha especificado, tá valendo né.

    Sobre os Senhores das Trevas. É sabido que eles estão com os Seguidores de Ades nestas invasões e tentativas de abertura de novos portais para o inferno. Mas até onde esta aliança é forte?
    Salmon, mestre espiritualista humano da Igreja Cisne Branco
    Para nossa sorte estas alianças entre Senhores das Trevas, Lordes do Caos e outros grupos menores de discípulos de Ades não têm alianças fortes e são quase rivais. Às vezes até trabalham juntos, mas são raras as vezes, como no último ataque à para oriental da cidade, em que trabalharam juntos e com certa coordenação. Oremos às deusas para que isto nunca mais aconteça, embora por mais que as trevas durem, a luz sempre é mais forte.

    Dalton - Humano mestre Sen do Adul Nefesh
    A aliança do demônios será forte enquanto houver interesse. Eles não lutam por algo "transcendente", lutam por interesses bem egoístas. Se dois deles estiverem interessados em abrir um portal, eles vão abrir um portal, mas acabou o interesse, acaba a aliança. Por isto é fácil semear discórdia entre eles. Alguns podem lutar um pouco mais, pelo simples prazer de sacanear geral, mas são poucos que se esforçarão depois de não terem mais interesses em comum.

    Uma pergunta para La Cour des Miracles: A Corte é uma escola de magia e levemente filosófica, mas em Dafodil ela tem digamos um braço armado, em guerra eterna contra a abertura de mais portais para o inferno. Mas em suas fileiras são encontrados alguns demônios o que é explicável por sua relação próxima com a Igreja de Piro. Vejo então certas possibilidades de mudança de sua doutrina (magia e filosófica) pois agem em Dafodil como uma tendência a montar um exército e sua linha filosófica pode estar se alinhando a Doutrina de Piro. Dito isso, essa é uma tendência para que a Corte também se torne uma escola Militar, Mágia e filosófica acabando por se tornar um braço armado contra os inimigos de Piro o que poderia ser visto como uma declaração de guerra contra os Anjos que se viraram contra Piro, bem como contra os demônios?
    Keela - Freĉia Demônio e membro da Corte dos Milagres de alto grau
    La Cour des Miracles tem braços armados em vários outros lugares além de Dafodil. Treinamos magos nos elementos mais fortes e mais destrutivos, portanto treinamos guerreiros. Só não somos uma escola totalmente filosófica porque Piro não impõe sua doutrina e portanto muitas pessoas da "base" da corte buscam só treinar magia ou até algumas facilidades mais básicas. Por isto temos muitos graus de "compromisso" com a Corte. Não nos preocupamos muito com títulos ou posições que a base tome, mas sim em selecionar bem os que vão "subir de nível".

    A Filosofia Sen, sendo ela uma linha filosófica que caminha pela Luz e Trevas, qual a visão deles quanto a possibilidade de um mago controlar ambas forças (luz e trevas). Existiria uma nova metamagia com estes elementos teoricamente?
    Aline - Professora humana da Escola Izete
    A filosofia Sen é conhecida pelas cores preto e branco por coletarem conhecimentos de todos os lugares, seja "da luz" ou "das trevas". Provavelmente eles responderiam com uma das suas frases retóricas tipo "tudo é impossível, até que alguém vai e faz". Já uma metamagia com estes elementos é algo difícil até de pensar.

    Os Discípulos de Hagreb são uma filiação específica para magia. Como não possuem um elemento específico, poderiam ter desenvolvido meta caminhos mesmo com elementos opositores?
    Dalton - Humano mestre Sen do Adul Nefesh
    Na verdade eles têm sim, seu informante que deixou de falar, mas eles especializaram nas magias negras e azuis, embora assim como os filósofos Sen e os ciganos, s discípulos de Hagreb bebem de varias fontes. A água é um elemento bem maleável, e pode ser dominado tanto com a magia branca abençoando como a negra amaldiçoando. Os discípulos de Hagreb são conhecidos especialmente por suas artes em fazer venenos, o que pode ser feito tanto só com magia da água como só com magia negra, quanto com ambas.
    susanoojr
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 37
    Reputação : 0

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por susanoojr em Dom Jun 24, 2018 9:36 pm

    1. Quais são as principais escolas envolvidas na Guerra? Quais são seus envolvimentos nela?

    2. Existem escolas que são neutras na guerra ou que se envolvam com menos frequência nela?

    3. Existem requisitos para se filiar-se em alguma das escolas? Ser de uma raça ou fazer algum teste, por exemplo?

    4. Existe algumas escolas com planos para serem abertas? E quais são os critérios para abrir uma nova?
    Leomar
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 925
    Reputação : 18

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Leomar em Ter Jun 26, 2018 8:45 pm

    Quais são as principais escolas envolvidas na Guerra? Quais são seus envolvimentos nela?
    Tigaia - Humano membro da Filosofia Sen
    As que apoiam os exércitos. O Yüksek Kan apóia o exército de Gaja, assim como os discípulos de Darklum, mas o Yüksek Kan quer agir usando todo hemisfério ocidental, precionando Akvlando se for preciso, já o Major Darklum quer cortar pela Ilha dos Exilados e tacar fogo na porra toda. O objetivo dos Amikoj é tirar Ajros da passividade para partir para o ataque, a Izete só quer que as merdas de Fajr-Regno e Gaja não atrapalhem Akvlando e Fajr-Regno tá no sal, não tem ninguém apoiando a não ser uma escolinha de magia negra que tem por lá, mas o que uma escolinha pode fazer de diferença?

    Rompi Kvaramuro - membro de La Amikoj
    Tipo, é uma guerra mundial, então tipo, tá todo mundo envolvido, então tipo, seria mais interessante perguntar tipo: "Existem escolas que são neutras na guerra ou que se envolvam com menos frequência nela?"

    Existem escolas que são neutras na guerra ou que se envolvam com menos frequência nela?
    Melindra - Humana sacerdotisa da Igreja Cisne Branco
    Neutros só se forem os da filosofia Sen, que só estão preocupados mesmo com os livros deles. Se passar pela guerra sem amassar as capas dos livros deles, então para eles tudo bem. Os ciganos também podem ser considerados neutros, pois como eles não tem pátria, não podem ter lado. Tem as pessoas que apoiam a guerra e as que querem que ela acabe. Ultimamente muitos passaram a achar melhor esta última. As escolas que preferem a diplomacia às armas são a Igreja Cisne Branco, a Escola Atemense, La Amikoj e a Escola Izete.

    Existem requisitos para se filiar-se em alguma das escolas? Ser de uma raça ou fazer algum teste, por exemplo?
    Tenente Vargo - La Amikoj
    Claro, sem regras tudo vira uma bagunça, por isto que algumas filiações viram lixo ou nunca se desenvolvem. Veja a Escola Atemense, já foi um grande orgulho, mas o que virou depois que o idiota do Piro se envolveu com demônios? Lixo. Aliás se você quer que uma escola tenha o mínimo de respeito, o primeiro requisito é nunca aceitar demônios entre seus membros, como faz a maioria das escolas sérias. Só mesmo o idiota do Piro que leva estes lixos para as escolas que o cultuam. A única filiação que não tem absolutamente regra nenhuma é a filosofia Sen, se você acordar um dia e falar: isto parece legal, vou seguir isto, você já é um filósofo, pode até se auto-intitular mestre direto, aí você acorda um tempo depois e resolve que não é Sen mais, então você já deixou de ser Sen, e pode voltar quando quiser, ou seja, é uma palhaçada.

    Existe algumas escolas com planos para serem abertas? E quais são os critérios para abrir uma nova?
    Ramona - Amazona da Fajte
    A nossa foi uma das últimas a ser abertas. Você precisa de alguém com uma visão, no nosso caso foi Ŝahdon, e de pessoas que acreditem nesta visão, e pronto. Existem vérios pequenos grupos que buscam se tornar grupos maiores, como o nosso próprio, ou os loucos dos discípulos de Hagreb, que nem sabem quem ou o que foi este tal Hagreb. As ditas "escolas" atuais são duais, baseadas em dois elementos, nem sempre ligadas a algum deus representado por eles, há quem lute para criar escolas trinas, mas se as duais já enfrentam muitos problemas internos, imagine uma escola trina! A maior aposta nisto é uma união entre Atemense, Izete e alguma participação da Cisne Branco, algo que até a Gran-Elemental Ariel, segundo orientação da poderosa Jara em pessoa, tenta promover. Dizem que o Rei Piro também tenta unir algumas escolas, não sei se numa trina, mas numa escola maior que daria ainda mais poderes o seus demônios. Há até, pasmem, boatos que alguns demônios devotos de Ades e de Piro querem deixar suas diferenças de lado e criar uma grande escola demoníaca. Outros loucos que já são grupos mas não uma escola formal são os Visionários do Equilíbrio Perfeito, que querem criar, aliás que dizem já ter criado, um lugar onde todas as manas são perfeitamente equilibradas. Talvez para os quietos possa até ser um bom lugar, mas isto seria um pesadelo para magos, pois é no desequilíbrio que eles conseguem fazer magia.
    Dycleal
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1432
    Reputação : 24
    Conquistas :
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Dycleal em Ter Jun 26, 2018 9:45 pm

    1-Quais as metas, em relação a guerra, Que a corte dos milagres tem?
    2-Que correntes não aceitam demônios?
    3-que correntes, a corte dos milagres considera aliadas?
    4-pode se filiar a duas correntes, visto uma corrente não abranger uma de suas energias de foco?
    Leomar
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 925
    Reputação : 18

    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Leomar em Qua Jun 27, 2018 1:44 am

    Este pessoal não lê direito as regras novas... a SEGUNDA pergunta que dá vantagem ser direcionada para uma das filiações. Vou mudar a ordem.

    Que correntes não aceitam demônios?
    Tenente Vargo - La Amikoj
    Todas as mais inteligentes e relevantes, óbvio!

    Dalton - Humano mestre Sen do Adul Nefesh
    Nem todas as correntes são totalmente coerentes quanto aceitar ou não demônios, como por exemplo a Escola Izete, oficialmente ela não os aceita, mas alguns demônios que são considerados heróis muito notórios, seja em outras filiações, seja pelo continente de Fajr-Regno, conseguem, se não ser um membro reconhecido, pelo menos ter algum reconhecimento extra-oficial; como numa cerimônia em que Ĥiaj, uma sereia, recebeu uma medalha entregue por Kapitulina, uma súcubo. As correntes mais difíceis dos demônios entrar são as que são mais ligadas às deusas-Mães, Jara e Anĝelina. Os demônios são aceitos na filosofia Sen, mas normalmente são eles que não veem muita vantagem de se unir ao grupo. Já o recém formado grupo Fajte não se posicionou sobre os demônios; o fato de apoiarem Piro pode ser favorável, o fato de apoiarem Tamuz pode ser desfavorável...

    Quais as metas, em relação a guerra, Que a corte dos milagres tem?
    Keela - Freĉia Demônio e membro da Corte dos Milagres de alto grau
    Esta guerra já deu o que tinha que dar, e nosso deus já pediu para evitarmos derramar mais sangue desnecessário. Porém ainda há muito sangue necessário a ser derramado. Não sairemos da guerra sem antes devolver Burnabad ao povo fajrense. Isto jamais acontecerá, a menos que Piro ou seus filhos nos orientem pessoalmente a abrir mão da cidade, o que não irá acontecer. Buscamos fortalecer todas as demais cidades de Fajr-Regno também, a nossa segunda preocupação é com Mahijar. Já retiramos nossas forças de outros continentes, como Akvlando, para não prolongar a guerra. Continuar com uma base em Dafodil também é essencial. Além disto a Corte dos Milagres tem interesses que vão além deste plano material, mas isto é algo que compete apenas aos de maior grau na escola. Alguns dos nossos membros que tem a capacidade de usar mais o cérebro que os músculos estão sendo solicitados para conversar com velhos inimigos, mas de forma geral nossa visão sobre diplomacia se resume a: se Piro mandar recuar, nós recuamos.

    Que correntes, a corte dos milagres considera aliadas?
    Kaennoir - Centauro soldado da Escola Atemense
    Nenhuma. Qualquer uma. Sinceramente não entendo muito a posição deles. Há algumas demonstrações de boa vontade de vários lados. Tipo com a nossa escola, elas trocam informações, principalmente referente à magia, que são nossas principais atividades, mas não recebemos ajuda massiva da Corte, embora também eles não tenham pedido a nossa, que eu saiba. Há talvez uma demonstração de boa vontade ainda mais significativa em relação à Escola Izete. Na cidade de Mahijar elas trabalham juntas na proteção da cidade e dos templos, mas nos outros continentes não têm uma relação tão significativa, a não ser quando têm que lidar com inimigos comuns como o Yüksek Kan ou La Amikoj. A Corte dos Milagres também tem um acordo tático de não agressão com quem não se mostra hostil primeiro, como a Igreja Cisne Branco, a Igreja Central, os Sen, os ciganos e nós, Atemenses. Ah, a Corte dos Milagres pode também ajudar qualquer outra filiação quanto estas tem problemas em fechar portais planares, a Cisne Branco já precisou de ajudas deles no passado, hoje isto já não é um problema tão grande.

    Pode se filiar a duas correntes, visto uma corrente não abranger uma de suas energias de foco?
    Ĵezunijgi - Sereia Arkedona (Igreja Central)
    O maior problema de filiar-se a duas correntes é: para quem vai sua verdadeira devoção? Muitas exigem devoção exclusiva. Não tem como você ser devoto da Sagrada Conduta e participar de qualquer corrente que pregue contra Anĝelina. Mas você até pode ser devoto da Igreja Central e membro da Escola Izete, já que ambas prestam devoção à Jara. Ou temos o exemplo do Duque Bispo Roberto, que acumula papel de bispo na Cisne Branco e Duque no Yüksek Kan, mas nunca verá, por exemplo, alguém que participe do Yüksek Kan e da Escola Izete, embora alguns poucos membros de ambos os lados estão tentando se unir para desfazer alguns "mau entendidos" que pessoas inescrupulosas semearam de ambos os lados.
    Conteúdo patrocinado


    Re: 4 coisas sobre

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Ago 19, 2018 10:21 pm