Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A MONTANHA

    Compartilhe
    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Dom Ago 19, 2018 1:09 am

    A CASA




    A casa era espaçosa e confortável como fora prometido, um lugar tão grande tinha múltiplas entradas.

    -  Vamos procurar algo mais forte que punhos por aqui, precisamos nos defender caso um segundo incidente aconteça

    - Droga, droga, você tem razão, precisamos nos preparar para qualquer coisa, olha o tamanho deste lugar e não parece ter ninguem, a cozinha, a cozinha deve ter alguma faca ou coisa do tipo - falou Joana se dirigindo para a cozinha que ficava na parte inferior da casa, em um cômodo que podia ser acessado pelo do hall de entrada.

    Dimitri e Rodrigo percebem que a escada  levava ao andar de cima, onde provavelmente haveria quartos, havia outros cômodos no andar térreo, uma biblioteca, banheiro, uma sala de jantar, o hall de entrada consistia em uma sala com lareira e poltronas e uma escada que levava ao porão, havia duas portas, uma dava entrada para a casa , uma na cozinha e outra ao hall de entrada, aparentemente havia janela em todos os cômodos, inclusive em paredes propiciando boa iluminação durante o dia, a noite persiana podiam cobrir estas mesmas janelas.

    Imagem da casa, atentem-se as janelas:




    DAVID


    David tentou como pode entender os acontecimentos, mas tudo ainda parecia confuso, nublado, denso de forma que só conseguiu lembrar de seus próprios fantasmas, ele estava exposto ali e sabia disto e de alguma forma sua psique mais profunda revelava isto para ele através de lembranças do passado. Ele decide voltar para onde o grupo estava e na sequência para a casa, a noite cada sombra poderia esconder uma criatura e as pegadas levam rumo a floresta de pinheiros tão típica da região. David caminha os primeiros passos devagar, a perna da mesa em sua mão é completamente inútil, mas talvez faça um possível atacante pensar duas vezes. Neste momento David sente ainda mais forte a fome, a fome não era apenas no estômago ela começa a pulsar dentro do seu corpo como a batida de um coração e David se imagina mordendo qualquer coisa que apareça em seu caminho. O pensamento é rápido e interrompido, a medida que caminha David escuta sons vindos da floresta, a princípio parecia apenas pássaros, mas o som vai tomando outros contornos parecendo algo maior.

    Sons que David esta ouvindo:
    EdrAlmeida
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 5

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por EdrAlmeida em Dom Ago 19, 2018 8:49 pm

    A primeira ação de Rodrigo após entrarem na casa foi fechar a porta e tranca-la logo em seguida ficando com a chave para si, seja o que fosse se viesse até eles teria que derruba-la primeiro.
    Então ouviu a explicação de Dimitri enquanto olhava tudo a sua volta.

     - Vamos procurar algo mais forte que punhos por aqui, precisamos nos defender caso um segundo incidente aconteça.


    A mulher pareceu concordar com Dimitri e Rodrigo balançou a cabeça concordando também.
     - C-certo - Apenas naquele momento ele pode respirar fundo e pensar, depois de toda aquela confusão começou a ficar preocupado. Com a moça que foi pega, com o que a pegou e preocupado com eles também - Armas, qualquer coisa certo, ok - Olhou a volta, Joana foi para a cozinha. Rodrigo então seguiu para a sala de jantar procurando por algo que fosse útil.
    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 281
    Reputação : 28

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Sllaker em Ter Ago 21, 2018 12:19 am

    Seus passos eram hesitantes e, apesar de sua determinação, no fundo David sentia medo. Mas estranhamente não era o medo de alguém ou de algo que lhe pudesse acontecer. Era o medo do desconhecido, do velado. Medo do oculto. Havia algo de escuso nas entranhas daquela Montanha, mas só Deus saberia dizer com exatidão o quê.

    Conforme avançava e adentrava a passos lentos na floresta de pinheiros, David sentiu dentro de si um súbito aumento do apetite, que lhe percorria o corpo e pulsava, dando-lhe uma avidez e um anseio extremo por algo que pudesse comer. Era um pensamento estranho e uma sensação pior ainda, o que lhe fazia ponderar sobre quanto tempo ele havia ficado desacordado. Pela fome que sentia, pareciam ter sido dias.

    Foi quando então os sons da floresta começaram a ser notados pelos seus ouvidos. O silêncio havia sido finalmente quebrado e agora ele ouvia mais do que apenas seus passos marcando a neve. Ele ouvia os galhos secos das árvores que sacodiam e também as folhas que farfalhavam ao vento. Alguns pássaros eram ouvidos, mas logo o som que vinha deles se transformou em algo sinistro, do qual David teve dificuldades em identificar.

    Ele parou onde estava, mordendo os lábios inferiores. Sua vontade, por algum motivo, era de correr. Correr para longe dali, correr para fora daquele maldito lugar. Mas ele permaneceu parado, com o pedaço de madeira em mãos, fitando a floresta ao redor numa tentativa de identificar da onde o som vinha e que tipo de animal poderia ser aquele.
    Philip
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 85
    Reputação : 2

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Philip em Sab Ago 25, 2018 1:18 am

    - Ow, ow, ow, se precisar de algo, grite. - A primeira reação do sujeito foi assustar-se com a separação involuntária do trio, Dimitri e partiu lado a lado com Rodrigo depois de dar o aviso para a moça que se direcionava até a cozinha.
    - Acho melhor não nos separarmos tanto, vou até o primeiro andar mas darei apenas uma olhada rápida, revistas minuciosas serão melhor administradas em grupo. Qualquer anomalia grite também, farei o mesmo se algo estiver errado lá em cima - falou, e se direcionou para a escada.

    Enviado pelo Topic'it
    Mel Mort
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 49
    Reputação : 2

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Mel Mort em Ter Ago 28, 2018 4:14 pm

    Eu sentia meu braço doer, eu sentia muitas coisas que não conseguia dizer ou pensar eu só sentia.
    Acho que medo e curiosidade era uma delas alem da dor. Dor? Não sei explicar mas não era só meu braço que doía.

    Aquele homem-monstro ou seja la o que ele era se aproximou sua voz horrenda soltou aquelas palavras estranhas, Meus olhos correram por toda aquela monstruosidade. Pena era outra coisa que sentia, ou era repulsa? Pois encolhi meu corpo no primeiro segundo que olhei seu rosto.

    Os dentes eram enormes, se destacavam em sua grande cara, assim como seus olhos brancos eu acho? Tinham olheiras fundas e muito, muito escuras, ele tinha pouco cabelo, uns maços e compridos. Um nariz torto e grande, ele era todo torto e grande.

    Eu não sei o que deu em mim, ou na minha mente afinal TDAH as vezes é inescapável, mas minha mente pensava em mil coisas ao mesmo tempo assim como meu corpo sentia mais mil coisas.

    Enquanto olhava para ele nos estranhos segundos, ou eram minutos? aquele terror todo fazia meu corpo e minha cabeça perder a noção do tempo. Eu nao tinha nem certeza se era noite, apesar da pouquíssima luz. mas no meio disso, uma das coisas bizarras que pensei foi que ele se parecia com um parente do Gollum dos Senhor dos Anéis e o Dobby do Harry Potter, mas eu sempre achei que a pele deles seriam , sei la, meio finas e desse ser a minha frente parecia um pouco grossa.

    Outra coisa bizarra que pensei. Eu queria tocar nele. Para saber se é real, ou ate mesmo para descobrir se a pele dele era grossa.
    Eu sentia medo, eu sei. Meu coração disparava que chegava a doer meu peito. Mas uma pontada de muita curiosidade e até coragem eu sei que também tinha.

    Eu me ajeitei lentamente e fiquei de joelhos. Olhava para todo ele esperando se ele me atacaria. Na minha mente pensei,"não vou conseguir correr, se ele quiser me matar, para o meu azar ele vai conseguir então, que eu morra matando minha curiosidade". Mas eu nao queria morrer.  Diante do ceu acima de mim, por favor, não me deixe morrer aqui.

    Estiquei meus braços na direção dele, cautelosamente como se estivesse esticando os braços para um cachorro gigante desconhecido na rua.  Ele era enorme mas estava curvado na minha direção. Eu teria que me esticar muito ou me levantar para tocar seu rosto, mas por hora permaneci de joelhos.

    -Desculpa....mas...eu não...entendo. Só...não me mate....por favor....
    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Ter Set 18, 2018 12:57 am

    A MONTANHA

    O gigante observa Mel caida no chão, seus olhos são horrendos, o corpo deformado apresentava um estranho emaranhado grotesco de carne velha e podre associada a profundas doenças ortopedicas. A criatura se aproxima de Mel e quase corresponde intintivamente ao gesto de curiosidade da garota, inclinando-se para que ela a ver melhor. Neste momento o monstro quase pareceu humano, mas rapidamente fez uma expressão horrivel de raiva, deu um uivo furioso e atacou a garota com um violento tapa com as costas da pesada mão. Mel desacordou...

    ...enquanto o russo vasculhava os quartod de cima da casa ele sente uma furia enorme repentina. Como se desejasse ferir alguem. Por uma fração de segundo a unica coisa que ele queria era matar. O consumo subito de energia fez seu corpo aquecer e suar, ele tombou sobre uma cama e na sequência caiu no chão sem entender o que havia acontecido consigo mesmo, mas já estava normal de novo. No quarto onde ele estava havia uma cama de madeira com um confortável colchão, um guarda roupa também em madeira grossa, dentro algumas cobertas e blusas de frio, aparentemente masculinas. Havia tambem uma penteadeira com espelho e gaveteiros, na parede alguns pregos dando um aspecto rústico ao ambiente...

    ...Rodrigo estava na sala de jantar a mobilia era ao mesmo tempo rustica e elegante. Uma longa mesa se encontrava no centro da sala em volta algumas estatuas pequenas de representando a figurabde animas. Rodrigo pensou que em ultimo caso as estatuas poderiam servir de arma. Rodrigo estudou o lugar e percebeu quadros nas paredes, todas de um tom funebre prevalecendo cores escuras. Um castelo, ou seria apenas a torre de um castelo se mostrava em um quadro em outro um homem tomava uma taça de vinho vermelho, o homem usava uma roupa de outro tempo. O terceiro quadro mostrava uma imagem confusa ao observar melhor Rodrigo percebeu se tratar de uma cena de guerra medieval. Havia mais um quadro muito escuro, antes que Rodrigo pudesse examina-lo um barulho forte de batida vindo do andar de cima lhe chamou a atençao.


    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Ter Set 18, 2018 1:47 pm

    DAVID

    David se adentrava na floresta, deveria estar começando a esquentar pois não sentia mais o frio como antes e sua respiração não gerava mais vapor, se bem que quase não repirava. Estaria assim tão tenso a ponto de quase não respirar? Talvez, a situação gerava tal ansiedade. A cena com Joseph ainda pulsava em flashs rápidos na mente do fotógrafo, as memórias do passado tambem vinham sozinhas. David seguiu o caminho que julgava ser correto, mas ao longo da estrada percebeu uma árvore que não deveria estar lá. Parecia uma macieira, mas não eram maças, embora muito parecidas. Esta árvore não estava lá quando ele desceu com Joseph para a estação.
    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Sex Set 21, 2018 12:43 pm

    MEL

    Quando Mel acordou estava muito frio, isso foi a primeira coisa que sentiu, o frio do chão na sequência a dor no rosto, deveria estar muito inchado devido ao golpe que sofrera do monstro. Assim que sua visão pode se ajustar a situação percebeu que estava em uma cela, algo como uma cela de prisão medieval, o chão e as paredes eram de pedra bruta, pela janela de grades na parte superior a luz da lua cheia entrava, não estava mais tão nublado lá fora, mas ainda estava frio, na parede oposta a janela estava uma porta de ferro.
    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Sex Set 21, 2018 11:33 pm

    RODRIGO

    Rodrigo observou os tres quadro e sua mente rapidamente começou a formular hipóteses. Bo primeiro quadro havia a figura de uma torre de rocha em caráter muito realista. Provavelmente o autor se baseou em uma figura real que ele viu. O segundo quadro era um homem bebendo algo vermelho. A taça era de vinho, mas rodrigo se questionou por que o líquido era tão vermelho e não em tom roxo tipicobde vinho. O homem estava em uma pose ereta como um lorde e seus aposentos eram muito elegantes. Deveria ser um lorde medieval. No terceiro quadro Rodrigo tentou identificar quem lutava contra quem. A duvida apenas surgiu nabsua cabeça e ele averiguou. Ele percebeu que havia várias bandeiras, mas sem lados. Não eram dois exércitos se enfrentando. Era uma batalha de todos contra todos. Antes de observar o último quadro um barulho veio do andar de cima. Uma batida como se algo tivesse sido derrubado.
    Philip
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 85
    Reputação : 2

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Philip em Sex Set 21, 2018 11:44 pm

    Havia acabado de abrir o guarda roupa, respirava pesadamente, o quarto era pequeno e poderia ser facilmente revistado, pelo menos uma passada de olho rápida, no entanto, antes de olhar o que havia nas prateleiras seus indicadores começaram a tremer, como uma reação em cadeia suas mãos ficaram quentes enquanto perdiam o equilíbrio de si mesmas ao vibrar descontroladamente. O sangue do homem correu cada vez mais rápido e com uma pressão avassaladora pelas veias enquanto seu coração aumentava a velocidade das pulsações, em seguida seus poros dilataram, seu corpo tentava manter o equilíbrio térmico enquanto liberava suor.
    Em sua frente, não existia um guarda roupa, revirando os olhos, o russo sentiu algo vindo do canto mais profundo do seu coração, uma imensa vontade de matar, um desejo visceral de subjugar seus companheiros, fazer-se líder deles e governar por medo, usando um como vítima e como "apresentação" da sua liderança, suas mãos ansiavam sangue e sua boca já estava seca quando hiperventilou e desabou no chão semi acordado.

    Enviado pelo Topic'it
    EdrAlmeida
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 5

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por EdrAlmeida em Dom Set 23, 2018 8:06 pm

    Rodrigo então investigou os quadros, tudo fazia mais sentido para ele enquanto olhava cada um deles. O primeiro, o segundo e o terceiro, e ficou curioso com o que aqui poderia significar, logo ele foi até o quarto quadro, mas antes foi interrompido por um forte barulho de batida vindo do outro andar. Seria para onde Dimitri tinha seguido? Sem pensar duas vezes foi em direção as estatuas em forma de animais, não lhe pareciam a melhor arma, mas de alguma forma poderia ajudar, pegou a primeira que pode e seguiu saindo da sala de jantar para o hall e rumo as escadas.
    Dimitri poderia ter apenas derrubado alguma coisa por algum motivo, ou algo poderia ter acontecido, depois de tudo que viu não podia ter certeza de nada.
     - Ei, Dimitri? Tudo bem ai em cima? - Chamou ele enquanto subia cuidadosamente, se perguntando se Joana teria ouvido também.
    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Dom Set 23, 2018 11:07 pm

    A CASA

    Rodrigo avaliava com calma cada quadro. Cada um realmente tinha um aspecto muito peculiar. Foi quando ouviu o barulho. Pegou uma estatua qualquer e correu para as escadas. Era a figura de um bode devia pesar um quilo aproximadamente. Do pé da escada Rodrigo gritou e Joana logo apareceu com um cutelo e uma faca de corte...

    .... Dimitri acabara de se levantar ainda pensando no que havia acontecido. Não foi a primeira vez que sentira aquilo. Isso já aconteceu anos atrás em uma época violenta de sua vida. O desejo de matar o primeiro que visse o primeiro que ouvisse era exatamente isso que havia sentido. Se fazer superior aos demais pela brutalidade. Foi quando ouviu Rodrigo chamando.
    Philip
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 85
    Reputação : 2

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Philip em Dom Set 23, 2018 11:22 pm

    Cada músculo do seu corpo que estava dilatado começou a voltar ao estado normal enquanto os batimentos cardíacos desaceleravam, aos poucos, o suor pingava no chão enquanto ele fazia um esforço para se levantar, se apoiando na cama ao seu lado e procurando alguma saída emocional nas paredes com os olhos, que ainda transmitiam um pouco de raiva, e, dessa vez decepção. Sussurrou um pedido de desculpas baixo, para alguém no momento em que conseguiu se arrastar pra cima da cama. Fechou os olhos por um segundo, ouviu alguém chamando seu nome, era uma voz feminina. O flashback de sua vida agora se misturava com a realidade, os sentimentos voltaram como um turbilhão de memórias e dor.
    - NÃO VENHA - gritou, a plenos pulmões enquanto se levantava com os punhos cerrados, pressionava a mandíbula com força, seus dentes pareciam trincar devido a pressão - NÃO APAREÇA AQUI - gritou novamente enquanto procurava um alvo para descarregar sua raiva, lembrou de uma cena que aconteceu no passado, suas mãos pareciam queimar de ódio. - Me espere lá embaixo - concluiu, dessa vez com uma voz fria e sem alterações de tom, quase robótica, olhou para o guarda roupa roupa com as portas entreabertas e socou com sua força, enquanto cuspia a cada movimento dos braços, sentia a instabilidade emocional se esvaindo a cada pancada, que logo foram substituídas por chutes de altura média, quase pisões, sentiu o cansaço chegando, mas não parou, não pararia até estar exausto.

    Enviado pelo Topic'it
    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 281
    Reputação : 28

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Sllaker em Qui Set 27, 2018 11:05 pm

    David continuou seu hesitante avanço pela floresta, indo em direção a cabine onde encontrara pela última vez os outros visitantes. Sua percepção ainda falhava em calcular quanto tempo ele passara desacordado após o fatídico acontecimento com Joseph. Podiam-se ter passado algumas horas, ou alguns dias. Ele não conseguia lembrar. Mas lembrava - e isto assombrava-lhe a mente -, da sua sensação de impotência perante a presença do homem, bem como de seu sorriso malicioso e de seus olhos frios.

    Não faz frio aqui. Não mais. — David percebeu, de repente. Sua respiração não produzia mais vapor e, por mais estranho que fosse, sua frequência respiratório estava baixíssima. Ansioso e tenso como estava, era de se esperar que sua respiração estivesse em um ritmo muito mais intenso. Mas não estava, e isso assustava-o. Fazia tempo desde que pusera o último cigarro na boca, portanto, não poderia ser isso. Ele conhecia casos de apneia do sono, mas nunca tinha ouvido falar de casos em que o doente estava desperto.

    Enquanto caminhava, tentou sem sucesso afastar esses inquietantes pensamentos da cabeça. Imaginou que seria bom parar e tentar medir seus sinais vitais, mas como não era médico, concluiu que o melhor mesmo seria tentar achar alguém o quanto antes. Olhando em volta, nada parecia indicar que isso aconteceria. Até mesmo a lua não dava as caras, escondida ao longe atrás de algumas nuvens.

    Conforme prosseguiu, David encontrou uma árvore da qual ele não se recordava de ter visto quando havia descido. Daquela distância parecia ser uma macieira, embora ele não vislumbrasse nenhuma maçã. Seus conhecimentos de botânica, no entanto, eram tão falhos como suas últimas lembranças, de forma que ele apenas se aproximou e verificou a árvore, bem como seus possíveis frutos.
    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Ter Out 02, 2018 12:22 pm

    CASA

    - Mas o que está acontecendo lá? - Joana perguntou meio que para si mesmo meio que para Rodrigo, enquanto segurava o cutelo e a faca nas mãos.

    "Não venha, não apareça aqui, me espere lá embaixo". Dimitri falava enquanto barulhos de pancadaria viam do andar de cima.

    No segundo andar, de dentro de um dos quartos Dimitri quebra todo o guarda roupa a socos e pontapés. A cabeça careca vertia suor. Mas o corpo aguentava outro round. Será que "matar" o pobre inocente guarda roupa já seria o suficiente para aplacar sua furia?

    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Qui Out 04, 2018 12:09 am

    DAVID

    David analisou a árvore. A fome pulsava incessante, seu corpo pedia por algo suculento ,um alimento revigorante. David observou a árvore, suas frutas eram incomuns. Firmes por fora, vermelhas e pequenas,bonitas além do comum para algo in natura. David julgou se tratarem de maçãs. Se aproximou e mesmo na escuridão percebeu sobre a luz da lua uma criatura se mover nos galhos da árvore. Uma cobra tão grande que facilmente poderia ser confundida com uma das divisões do tronco da árvore.
    EdrAlmeida
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 241
    Reputação : 5

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por EdrAlmeida em Ter Out 09, 2018 9:38 am

    Rodrigo parou na escada assim que viu Joana aparecer, ela estava melhor armada que ele pelo menos.
     - Você ouviu também? - Questionou ele a moça sem esperar resposta e começou a subir, mas parou novamente ao ouvir a voz de Dimitri, algo estava errado, eram gritos.


    - NÃO VENHA... NÃO APAREÇA AQUI... Me espere lá embaixo...

    Ouviu barulhos, ele parecia estar lutando? O som de algo sendo golpeado pode ser ouvido e Rodrigo ficou imóvel, se precisasse lutar, iria sim, seja lá quem fosse que estivesse com Dimitri, mas Rodrigo não era forte e muito menos de brigar.
     - Droga, droga... fica ai, qualquer coisa você corre e se esconde - Disse a Joana, não sabia o que estava acontecendo lá em cima, mas não iria deixar Dimitri na mão se ele estivesse precisando de ajuda - A faca, por favor! - Pediu ele apressado, caso ela entregasse o objeto ele subiria as escadas a procura do homem.
    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Qui Out 11, 2018 11:36 am

    Joana entregou a faca para Rodrigo e esperou no andar de baixo. Quando este chegou no quarto viu o russo suado, com os músculos tensos e odio no olhar enquanto terminava de quebrar um guarda roupa. O quarto possuia uma cama. Um criado mudo, um espelho e agora com o guarda roupa destruído algumas roupas de frio espalhadas pelo chão.
    Sllaker
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 281
    Reputação : 28

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Sllaker em Sab Out 13, 2018 2:36 am

    David parou e observou aquela misteriosa árvore. Ele não se recordava de que ela estava ali quando ele havia descido a montanha, mas estava agora, enquanto ele tentava subir. Talvez ele estivesse seguindo pelo caminho errado? David não tinha certeza. Toda aquela paisagem apesar de bela era bem semelhante, alguém poderia se perder facilmente ali, embora David esperasse que este não fosse o seu caso.

    Quando se aproximou da árvore, David pôde verificar melhor seus frutos. Pareciam-lhe que eram maçãs. As maçãs mais bonitas que ele já vira, se alguém o perguntasse. Eram de um vermelho vivo e pareciam-lhe ser bem nutritivas. Seu corpo ansiava por comida; ele conseguia sentir a fome pulsar por suas veias e o apetite subir-lhe à garganta. Seguindo apenas seus instintos, ele não pensou muito antes de tentar alcançar algum dos belos frutos. Mas antes que pudesse sequer tocá-los, ele recuou de forma abrupta ao avistar em um dos troncos uma cobra que até então lhe passara despercebida. O animal era tão grande que ele se surpreendera por não tê-lo visto antes. — É por isso que Deus não dá asas pra cobra. — Pensou.

    Assim que passou o susto inicial, David se pegou contemplando essa que daria uma ótima fotografia. Mas ele não tinha tempo para perder agora e a fome que sentia só lhe estimulava a tentar pegar alguns dos frutos. Fora o que decidira fazer, por fim, antes que continuasse sua subida. Isso deveria satisfazê-lo, ao menos por enquanto. O pedaço de madeira que carregava serviria para que alcançasse alguns dos frutos sem que precisasse se aproximar demais da cobra. Serviria para atingi-la, também, se fosse necessário. A última coisa que ele gostaria era de estar nessa montanha perdido, com fome e ferido. Para a sua desgraça, já bastavam os dois primeiros.
    Leafar
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 373
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/312.png

    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Leafar em Seg Nov 05, 2018 5:18 am

    @Sllaker escreveu:
    É por isso que Deus não dá asas pra cobra. — Pensou.

    David se esforçou um pouco e num rápido movimento derrubou dois frutos no chão. As supostas maças rolaram para perto de seus pés. A cobra percebeu o movimento e pôs a observar David encarando-o olho no olho, o animal era de uma ferocidade aterradora, com certeza poderia engolir um homem inteiro. Ela era longa e grossa, escamas negras e olhos amarelos estavam posicionados quase quem em totalidade na parte frontal do crânio, tal como os predadores. A cobra se desloca para alguns galhos mais baixos da árvore.

    Quando os olhos de David e da cobra se cruzam o rapaz parece ouvir uma frase, quase como um eco na sua cabeça, uma voz arrastada, com chiados. Repetia uma palavra.

    - Cainitaaa, shhh, Cainitaa. O que queress com o conhecimento do bem e do mal? acaso não sabessshhh que este fruto não cabe mais a sua raça?

    David ouvia e a cobra se aproximava cada vez mais de seu corpo.
    Conteúdo patrocinado


    Re: A MONTANHA

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Nov 19, 2018 11:15 am