Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    PRIMEIRO CAMPEONATO DE DUELO (SIDE QUEST)

    Compartilhe
    Hylian
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 464
    Reputação : 44
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: PRIMEIRO CAMPEONATO DE DUELO (SIDE QUEST)

    Mensagem por Hylian em Qua Set 05, 2018 4:56 pm


    EVENTO ESPECIAL DE 6 MESES/ANIVERSÁRIO





    Continuação...

    AnnaBelle Hooper Alanna O’Shier Clément Vaganay Daemon Griffiths



    O osso do trasgo flutuou com sucesso sendo atraído pela magia do mais jovem entre os Woodburn’s. May estava tão feliz consigo mesmo, visto que não era alguém com uma autoestima tão boa. – Conseguimos! – Ele festejou junto com seu amigo invisível, porém, mais do que ninguém ali, Annabelle Hooper parecia sentir que realmente existia alguém ali próximo a May. A energia que quem quer que estivesse junto a may passou a ela fora a mesma que ela sentiu no primeiro dia de aula, quando pensou que Damyien tivesse morrido, logo após um ser sobrenatural ter lhe pedido ajuda, seria o mesmo ali? Não era o momento para pensar naquilo, muito embora aquelas lembranças voltassem a sua mente.

    O trasgo, confuso, buscando sem rumo por sua arma e demonstrando o quão estúpido poderia ser, não se dera conta que a arma estava há poucos centímetros de sua cabeçona. May pareceu ouvir algo de seu “amigo” invisível e concordara novamente, logo que ele iria executar a ideia que lhe fora passada, um lampejo de luz esverdeada lhe atingira nas costas com tamanha violência e o jogara quase que do outro lado da sala. May caíra rolando inconsciente e com a testa ensanguentada.

    May! – Gritou Matthew que pulara pelo buraco em socorro do amigo.

    O osso caíra com violência na cabeça do trasgo fazendo-o perder a consciência de imediato. O monstro desabou no chão diante de Belle e os outros fazendo todo o lugar estremecer como se fosse um terremoto.

    Você de novo... Lillo... – Murmurou a voz rouca que vinha de um homem alto encapuzado. O homem trajava vestes longas e negras e não era possível ver a face de seu rosto, pois elas se escondiam na escuridão que formava dentro do capuz que usava. – Eu devia ter imaginado... Matar a sua mãe não foi o suficiente.... não é...

    O... que... voc ê... disse? – Perguntou Lillo incrédula, relutando para acreditar nas palavras do desconhecido a sua frente.

    Hum...hum...hum... Isso não importa agora... Aproveitando este momento tão maravilhoso, entregue-me a pedra com forma de jangada, já! – De dentro das vestes o homem retirou sua mão e Lillo pode ver uma mão magra quase pele e osso, tão escura quando a noite. As unhas sujas como as de alguém que não as lavava havia décadas. – Vamos! Não seja tola como a imbecil da sua mãe!

    Não! – Negou a menina dando um passo a trás, sem poder conter o medo que se instaurava em seu coração. Lillo segurou a pedra de jangada com a mão esquerda como se assim se sentisse que ela estaria mais segura. – Quem é você?

    Lillo soltara um grito tão alto quanto lhe fora possível. Era mais um pedido de socorro, do que realmente um grito qualquer...


    ESTADO ATUAL:

    ANNABELLE HOOPER
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 18
    Bônus: +3 em feitiços de Azaração; + 2 em AR; x2 em feitiços de Água.
    Penalidades: - 1 em todas as ações por intimidação.

    Corvo
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Recebe + 2 em seu ataque "Grito".
    Penalidade: Sofre "incomodo" pela luz do dia - 1 para suas ações durante o dia + 2 quando noite.

    DAEMON GRIFFITHS
    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 14/20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades: - 1 em todas as ações por intimidação.


    ALANNA O’SHIER
    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 19/25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades: - 1 em todas as ações por intimidação.


    CLÉMENT VAGANAY
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 28/30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR;  x2 em feitiços de Terra.
    Penalidades: - 1 em todas as ações por intimidação.

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2791
    Reputação : 199
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: PRIMEIRO CAMPEONATO DE DUELO (SIDE QUEST)

    Mensagem por Bravos em Ter Set 11, 2018 10:24 pm


    A cavalaria chegava para salvá-los mais uma vez. Poucas chances teriam contra aquele trasgo se não fosse a intervenção de seus colegas. No meio daquele labirinto, Lilo, Matthew e May chegaram, agindo com esperteza e surpreendendo e desarmando o monstrengo. Clément assistiu tudo estupefato. Eles já comemoravam quando um lampejo esverdeado acertou May, jogando-o longe e desacordado.

    Pouco tempo depois, um grito de Lilo vinha do corredor. Eles já haviam ouvido a sua voz e agora aquele grito parecia um pedido desesperado de socorro. O francês, que ainda estava cheio de coragem pela tentativa de despistar o trasgo, correu na direção do buraco aberto pelo monstro, saltou corredor à dentro e se colocou entre o homem encapuzado e Lilo. - Sai daqui! - Sua fala, porém, não foi tão forte e agressiva como ele tinha imaginado: saiu vociferada e baixa. Moveu sua varinha da melhor forma que podia e, sem muitas reflexões, lançou-lhe um feitiço. - Flipendo!

    Teste de PDF

    Bravos efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
    4

    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2157
    Reputação : 142
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: PRIMEIRO CAMPEONATO DE DUELO (SIDE QUEST)

    Mensagem por shamps em Qua Set 12, 2018 2:08 am



    Infeliz por ter errado seu feitiço, Alanna não pensou duas vezes em correr, como sugerido por seu primo. A essa altura, Clement tomava a frente da batalha e Annabelle parecia paralisada.
    Em meio ao tumulto, algumas vozes infantis e uma adulta tornam-se presentes, eram May, Lilo e Mathew. Ao ver seu amigo ser ferido, a pequena ruiva corre até ele, ainda mais agora que o trasgo já tinha sido derrotado.

    - MAY! – gritou ao mesmo tempo em que o outro garoto.

    Correu até ele, porém, durante seu trajeto, viu Matthew correr até May e ouviu os gritos de Lilo. Vendo que seu amiguinho seria amparado, ela segue sua corrida até onde Lilo estava, no outro corredor. Clement também corria para lá.

    - LILO! CLEMENT! – gritou, já empunhando sua varinha. E assim como o jovem francês, lança sua magia – VENTUS! – balançou sua varinha, rezando por dentro para que desse certo.

    shamps efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
    5


    Raijecki
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 742
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: PRIMEIRO CAMPEONATO DE DUELO (SIDE QUEST)

    Mensagem por Raijecki em Qua Set 12, 2018 4:41 pm

    E como em um "Deus ex machina", os jovens bruxos eram salvos por seus colegas Lillo, Matthew e May que apareciam para enfrentar e derrotar o temível trasgo. Daemon já sorria de alivio e gratidão quando May acabou sendo acertado por um lampejo esverdeado e caindo desacordado logo em sequência.

    Lillo gritara e Clément e Alanna iam em direção ao corredor, de onde a origem do grito vinha. Daemon segurou firme sua varinha, olhou constatando que Annabelle não precisava de ajuda imediata e seguiu o mais depressa que conseguia até onde os outros estavam, chegando a tempo de ver Alanna e Clément apontando suas varinhas para um homem encapuzado.

    - Acharam que eu ia deixar vocês? Nosso pacto de amizade vai até o fim! - Apontou sua varinha rosada em direção ao sujeito sinistro.  -  Verdimillious!

    Raijecki efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
    3

    mimacarfer
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 481
    Reputação : 20
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: PRIMEIRO CAMPEONATO DE DUELO (SIDE QUEST)

    Mensagem por mimacarfer em Qui Set 13, 2018 10:50 pm


    Quando finalmente o feitiço de Clément começou a se dissipar, Annabelle conseguiu entender a situação em que estava. O assobio que tanto a confundira vinha do garoto da Lufa-Lufa que corria para o lado oposto ao da escada visando distrair o trasgo para que ela, Daemon e Alanna conseguissem fugir. Uma atitude nobre, porém bastante estúpida. Quem em sã consciência colocaria sua própria vida em risco por três desconhecidos? Ela com certeza que não. Porém, a verdade é que graças ao garoto, que tentara salvá-la, agora ela estava em uma situação ainda mais perigosa. A criatura monstruosa que tanto os apavorava anteriormente agora estava muito perto dela, exalando um cheiro que fazia seu estômago revirar, os olhos avermelhados fixos nela de uma forma que com certeza lhe causaria pesadelos por um bom tempo.

    Fechou os olhos, esperando o golpe que com certeza lhe mataria, ou que lhe proporcionariam longos dias na área restrita da enfermaria de Hogwarts junto à Sra. Medlock, porém, o mesmo nunca chegou a acontecer... Ao invés disso, uma voz que a garota já ouvira antes, mas que não pertencia a nenhum dos outros três competidores, pode ser ouvida vindo da direção do corredor, seguida da voz misteriosa que parecia não entender o que estava acontecendo ali.

    Abriu os olhos, novamente se sentindo confusa, e viu o osso que antes o trasgo carregava flutuando sobre a cabeça deste, vítima de um feitiço lançado por um garoto da Corvinal que aparentemente falava com um ser invisível, um ser que, para sua surpresa, parecia emanar a mesma energia que ela sentira quando Damyien quase morrera por sua causa. Mas como aquilo era possível?

    Balançou a cabeça, afastando tais pensamentos enquanto observava o confuso trasgo diante de si. Apesar de tudo sentia pena da criatura... Trasgos não eram muito inteligentes pelo que lera e, talvez, assim como eles, ele também fosse uma vítima ali. Com um leve sorriso, agradeceu ao garoto com um aceno de cabeça, porém o que viria a seguir lhe deixaria completamente perplexa: um lampejo de luz esverdeada atingiria-o pelas costas, jogando-o inconsciente contra a parede do outro lado da sala em que estava.

    Dali em diante tudo aconteceria muito rápido: o osso que flutuava devido ao feitiço do menino acabaria por cair na cabeça da enorme criatura, levando-a ao chão com um estrondo absurdo, fazendo tudo ao redor estremecer como se fosse um terremoto. Naquele instante, porém, Annabelle já estava correndo, tanto para não acabar esmagada pelo trasgo, como para tentar ajudar o garoto que lhe salvara a poucos instantes.

    Um grito a fez olhar por um segundo para trás, a tempo de ver um garoto loiro com o uniforme da Grifinória vindo em sua direção (e do garoto que chamava de May). Alanna, que parecia conhecê-lo bem fazia o mesmo, porém, ao notar Clément indo na direção contrária, rumo ao corredor de onde o grito anterior viera, correra para lá também, assim como Daemon.

    Acelerou seu passo o máximo que pode e, aproximando-se do corpo parado de May, jogou-se de joelhos no chão, segurando seu rosto delicadamente:

    - Ei! Você está bem? - disse, sentindo o sangue escorrendo por sua mão - Vou te tirar daqui, ok? Eu prometo!
    Hylian
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 464
    Reputação : 44
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: PRIMEIRO CAMPEONATO DE DUELO (SIDE QUEST)

    Mensagem por Hylian em Sex Set 14, 2018 5:25 pm


    EVENTO ESPECIAL DE 6 MESES/ANIVERSÁRIO





    AnnaBelle Hooper Alanna O’Shier Clément Vaganay Daemon Griffiths



    A situação no campeonato que antes era apenas uma diversão assistida por todos os docentes, discentes e demais funcionários de Hogwarts e isso incluía até mesmo os elfos domésticos que, quase nunca saíam da cozinha, agora tornara-se um horror. O trasgo parecia morto diante Belle, bom, talvez estivesse mesmo inconsciente, ou quem sabe perdera a vida com a cacetada que levara de sua própria arma, bem feito!

    May Woodburn, o mais jovem da família, encontrava-se coberto de terra, poeira e na mesma situação de sua vítima, agora do outro lado da câmara do espelho sendo acudido por Matthew que pouco podia fazer por ele. O corvino não dava se quer algum sinal de vida, sua testa estava inchada e ensanguentada e sua energia vital diminuía a cada segundo que passava. May não aguentaria muito tempo sem ajuda.

     May...! – Berrava Matthew sem saber o que fazer com os olhos cobertos por lágrima.

    Belle correra de encontra a Matthew e um May desacordado e quase sem vida. O jovem Grifinório a olhou tristonho e nem sequer conseguira responder a protagonista do covil com palavras, mas assentiu com aceno positivo da cabeça ainda com os olhos vermelhos e brilhosos por conta das lágrimas que não podia conter.

     Droga! –   Desabafou ele aos prantos, quando finalmente conseguira soltar o choro que tanto o sufocava por dentro –  É tudo culpa minha, tudo culpa minha! – Gritara Tasslehöff dando um soco firme no chão de terra – Eu deveria ter vindo sozinho, eu deveria...

    Tanto Matthew, como Annabelle puderam sentir uma energia calorosa, a mesma que ela sentira pouco antes de ser salva por May e ambos tiveram certeza de que não estavam sozinhos com May. Havia mais alguém ali, mas não era um ser maligno, era uma presença em paz, muito embora, sua energia passasse algo bom, era estranha e poderia assustar, já que não podiam ver, talvez se May estivesse acordado...

    Clément, Alanna e Daemon saíram quase juntos em defesa de Lillo ao ataque em direção ao desconhecido cujo objetivo era a pedra em formato de jangada que a lufana carregava junto ao peito. Lillo estava no chão tentando resistir a magia negra que o encapuzado utilizava para tortura-la, provocando gritos alucinantes vindos dela, quando naquele momento três dos protagonistas o atacaram mostrando suas habilidades e que não estava ali para brincadeira. Muito embora estivessem receosos, e até com medo por serem crianças, eram muito corajosos.

     Malditas crianças... –   Murmurou a mesma voz esganiçada e melancólica que antes controlava o trasgo montanhês com o feitiço império.

    Os feitiços Flipendo e Verdimillious atingiram o inimigo encheio, porém, embora fossem com bastante força nada acontecera com o mesmo, mas o Ventus provocado pela varinha de Alanna fizera com que o ar se agitara e, por algumas frações de segundos eles, todos eles, pudessem enxergar parte do rosto que antes era coberta pela escuridão do capuz que assegurava sua identidade. No entanto, o rosto ainda estava coberto por uma máscara muito peculiar:



    Máscara Ouroboros


    A máscara era quase que inteiramente negra-ônix fosca, exceto pelo dragão em forma de serpente que formava um circulo comendo o próprio rabo, a própria “Ouroboros”. Os olhos por de trás daquela máscara eram negros como a noite e frios como a morte e o sorriso doentio que era possível ver perfeitamente que não era coberto pela máscara demonstrava a saúde mental de quem quer estivesse se escondendo ali.

    He...he...He...he... Agora ficou divertido... – Disse o homem mascarado, cujo capuz cobria parte de seu rosto e o resto ficava por conta da máscara – Eu já matei um de vocês que a se atreve se colocar a minha frente novamente... He...he...he... Pois muito bem...

    A mão ossuda e quase que em carne viva do mascarado se abriu em direção a Alanna O’shier e naquele momento Alanna perdera total controle de seu corpo, exceto a mente, muito embora conseguisse brigar para retomar o controle. O bruxo fechou parcialmente a mão aproximando-a dele e naquele momento, a jovem O’shier pode ver com mais clareza os fundos dos olhos dele. Um olhar vazio, cheio de ódio e vazio de amor e esperança. Um homem podre e sem vida, construído a base de vingança e trevas. Alguém que buscava o bem mais precioso que a jovem corvina poderia oferecer, a sua própria vida...

    Você será a primeira... – Ele sussurrou feliz, mostrando dentes podres. – in nomine commendo animam hanc ego cum tenebris...

    Um símbolo circular, brilhoso e demoníaco em tom verde escuro surgiu diante dos pés de todos ali. Ele tinha o formato de duas serpentes-dragões que se entrelaçavam e se automutilavam, comendo a si próprios: O OuroBorus.




    As gargalhadas do mascarado ecoavam por todo o local chamando a atenção até mesmo de Matthew e Belle que estavam consideravelmente longe, mas podiam, ainda sim, conseguir assistir parte do que acontecia, devido ao clarão que o símbolo produzia.

     ALANNNAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!! –  A voz de Stacy O’shier ecoou alto e sonoro pelo corredor próximo, interrompendo o ritual maligno.

    Lumna, a garota de cabelos prateados correra a tempo de segurar a amiga antes que esta pudesse cometer alguma maluquice que pudesse se arrepender pelo resto de sua vida, afinal, a vida de sua irmã estava em jogo. –
    Se acalme, Stacy! –  Suplicou Lumna aflita.

    Atrás das duas corvinas adolescentes ágil e silencioso como uma águia, muito maior do que as convencionais, estava Clowl em sua forma animaga. Uma ave de pelos azuis escuros e bico bronzeado, olhos fixos em sua aluna que, no momento, tinha sua vida comprometida graças ao homem que deixara em seu coração as trevas dominar. O pio agudo cortou o silêncio angustiante do local, mas soara como uma canção trazendo paz aos protagonistas e seus amigos que lá estavam lutando por suas vidas. Majestosamente e demonstrando suas habilidades enquanto uma ave experiente, a águia curvou seu corpo para frente fechando suas asas criando um formato aerodinâmico perfeito para que o vento acompanhasse seus planos. Como uma flecha ele se atirou em direção a Alanna tão rápido que os olhos humanos se quer podiam acompanhar e suas garras afiadas agarraram a menina pelas vestes grossas sem que a machucasse.

      Nãooooo! –  Berrou o inimigo irritado –  Clowl, eu te amaldiçoo!

    Naquele momento a águia já havia se transformado de volta em um homem.

     Você está bem? –  Clowl perguntara a jovem O’shier.

    Então você ainda está vivo, Lyonel... – Murmurou Whix.

    Madame Backenbauer, Fargan Farore e Wanda Warlocke, assim como os demais funcionários de Hogwarts também se aproximavam aflitos e curiosos e, quando Whix pronunciou aquele nome todos arregalaram os olhos como se ele tivesse dito algum palavrão, ou tivesse feito algo imperdoável. Como ele se atreveu.

    Whix... O.. que, v-vo cê está dizendo...? – Gaguejou Fargan sem poder acreditar.

     Agora não é hora para conversas, querida Esmeralda... –  Disse Whix sem tirar os olhos fixos do homem ao qual denominara Lyonel –  Clowl, o mais jovem dos Woodburn precisa da sua ajuda, ele está próximo aos espelhos. Vocês, tirem todos daqui, eu me encarregarei dele e se eu não voltar em exatos quinze minutos, então... Eu estarei morto...

    Todos olhavam o símbolo Ouroborus no chão e tentavam assimilar o nome que Whix havia dito. Antigas memórias castigavam quase todos naquele lugar. Realmente tudo iria se repetir? Quem era esse tal Lyonel que deveria estar morto? Teria ele algo a ver com a Evelyn?

    O homem mascarado tentara atacar impedindo que levassem Lillo, já que seu maior objetivo ali era, no momento, possuir a pedra da jangada. Pobre Lillo, revelou a ele a localização de um bem precioso. Whix o impediu de aproximar da jovem lufana, levando-o para o mais longe que fosse possível.

    Damyien por fim forçara caminho entre a multidão de discentes e monitores e, junto com os Woodburn’s, Clowl e a enfermeira Madlock, eles foram até May, Belle e Matthew.

    Você está bem? - Perguntou o monitor do covil a Belle demonstrando uma preocupação incomum, mas depois ele desviou o olhar corando.

    Ainda era possível ouvir as explosões, gargalhadas e berros do duelo mortal entre Whix e o tal mascarado, mas ninguém ousava falar nada e se um dos protagonistas perguntasse algo, ninguém respondia. Estavam todos muito aflitos para abrirem a boca. Stacy grudara em Alanna aos prantos sentindo-se culpada por tudo o que acontecera, muito embora não tivesse culpa alguma. Além de Whix, os três outros chefes de Hogwarts e a diretora continuaram no local examinando com o auxílio do professor Dwerlf o tal símbolo que não tardou em sumir.

    Nenhum protagonista teve ferimentos graves e tiveram alta logo, prontos para continuarem suas atividades ao final do dia. A verdade era que, de todos eles, apenas May Woodburn continuava inconsciente e, por seu estado grave, era possível visita-lo, mas não ficar com ele muito tempo.

    Aquele dia foi um marco na história, já que muita coisa acontecera e nenhum outro campeonato fora tão agitado e emocionante quanto o do primeiro ano. Quem era Lyonel? Nenhum dele fazia a mínima ideia e os docentes não estavam dispostos a responder esta pergunta, pois parecia lhes ferir o orgulho e memórias antigas de um passado que não só eles, mas toda uma comunidade preferia esquecer. O jantar fora triste, mesmo com o anúncio de Warlock ao dar vinte pontos para cada pelo ótimo aproveitamento da atividade, muito embora ela tenha sido interrompida, ela acreditara que as quatro casas ganharam juntas. Em outra ocasião, Lillo Mauí, May Woodburn e Matthew Tasslehöff estariam encrencados, de detenção, fora que perderiam alguns pontos para a casa, mas foram nobres e corajosos o suficiente para arriscarem suas vidas para salvarem seus amigos. Mostraram que são verdadeiros “Hogwart’anos”, portanto, atitudes como essas são sempre bem vindas, mas da próxima vez, deixe para os monitores e professores resolverem, pediu Warlock.


    ***

     Você finalmente acordou...

      Yam... –  Murmurou May sonolento por conta do remédio que tomara –  Você esteve aqui todo esse tempo? E onde estão todos? O que houve?!

     Calma, Calma! Eles estão todos bem... A gente salvou eles! E eu já disse que meu nome não é Yam, é Credence...

     Desculpe... –  Respondeu May envergonhado.

      Você foi ótimo, aprendeu direitinho o Wingardium Leviosa, salvou a Minha Senhora.. –  Disse Credence curvando-se respeitosamente como uma forma de agradecer ao amigo –  Muito obrigado!

      May, você acordou?! Com quem estava conversando? – Perguntou a Srta. Medlock ao abrir a porta.

      Ni-ninguém, posso ir já? –  Respondera May encabulado ignorando as risadas de Credence.


    ESTADO ATUAL:

    ANNABELLE HOOPER
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 18
    Bônus: +3 em feitiços de Azaração; + 2 em AR; x2 em feitiços de Água.
    Penalidades: - 1 em todas as ações por intimidação.

    Corvo
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Recebe + 2 em seu ataque "Grito".
    Penalidade: Sofre "incomodo" pela luz do dia - 1 para suas ações durante o dia + 2 quando noite.

    DAEMON GRIFFITHS
    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 14/20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades: - 1 em todas as ações por intimidação.


    ALANNA O’SHIER
    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 19/25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades: - 1 em todas as ações por intimidação.


    CLÉMENT VAGANAY
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 28/30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR;  x2 em feitiços de Terra.
    Penalidades: - 1 em todas as ações por intimidação.

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Conteúdo patrocinado


    Re: PRIMEIRO CAMPEONATO DE DUELO (SIDE QUEST)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Nov 17, 2018 11:25 pm