Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [PJ] Artas Darkroad

    Compartilhe
    Ayleen G
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 24

    [PJ] Artas Darkroad

    Mensagem por Ayleen G em Ter Jun 12, 2018 7:45 am



    CASA DARKROAD

    Região: Terras da Tempestade
    Suserano: Lord Borros Baratheon
    Fundação: Invasão Ândala





    "Nós não esquecemos"



    Defesa
    36
    Castelo Pequeno (30);
    Posto Avançado (2): Primeira Cadeia de Montanhas;
    Posto Avançado (2): Floresta Densa;
    Posto Avançado (2): Planície
    Influência
    33
    Status máximo 4; Filho primogênito (20);
    Segundo filho (10)
    Lei
    22
    Sorte da Casa -2;
    Patrulha da Cidade (5) Sorte da casa +1;
    Posto Fiscal (10)
    Poder
    36
    Cavalaria (5) Elite (7);
    Infantaria (4) Elite (7);
    Batedores (2) Treinado (3);
    Engenheiros (2) Treinado (3);
    Arqueiros (2) Verde (1)
    População
    14
    Sorte da Casa +0
    Riqueza
    21
    Meistre (10): Sorte da Casa +3;
    Mina (10): Sorte da Casa +5
    Terras
    28
    Montanhas (9);
    Planícies (5);
    Rio (3);
    Estrada (5)/
    Floresta Densa (5)

    Modificador Total da Sorte da Casa: +7
    SIRIUS II DARKROAD, Guardião das Fronteiras e Senhor das Cinzas do Castelo Negro.

    - sua esposa, GWEN da Casa Fromstorm.

    - seus filhos:

    - ARTAS, o herdeiro do Castelo Negro, 23 anos,

    - GUINEVERE, a filha mais nova, 17 anos

    - sua mãe, MARYE, uma senhora de idade.

    - seu pai, {KLAUS}, morto em batalha,

    - sua sogra, CLAIRE, uma senhora de idade,

    - seu tio ERIK,

    - sua tia LINDSEY,

    - YOHAN FLINN, seu filho não reconhecido, um jovem de 19 anos,

    - seus homens de confiança

    - VELHO BILL, ferreiro,

    - Lia Lefay, sacerdotisa de R'hllor,

    - HAWK SULLIVAN, seu conselheiro e curandeiro,

    - SARTRE, comandante da Infantaria, primo de Sirius,

    - VYGOTSKY,  comandante da Cavalaria, primo de Sirius

    - NEW FROMSTORM, comandante dos Arqueiros, primo de Gwen,

    - KLASH, chefe dos batedores,

    - BART, chefe dos engenheiros,

    - SARAH, responsável pelo posto fiscal, prima de Sirius,

    - O pessoal de sua casa:

    - RUDY, o intendente do Castelo Negro,

    - TRUMP, mestre da caça,

    - MILON, mestre dos cavalos,

    - TULSA ORN, criada da Avó Marie,

    - LISA JASPER, criada da Avó Claire,

    - MIRIAN FLINN, criada da matriarca Gwen, mãe de YOHAN,

    - DARIUS FLINN, esposo de Mirian, dono de uma taberna junto ao povoado

    - suas filhas:

    - SAMANTHA, 18 anos

    - DOROTHY, 17 anos.




    A HISTÓRIA DA CASA:

    Se alguém está lendo isso então estou morto, esse é um destino do qual ninguém escapa, talvez… Mas não foi pra falar dessas coisas que deixei esse relato, na verdade, eu quero que saibam que quando me chamavam apenas de Nero, comecei tudo isso do nada, mas assim como eu construí alguma coisa das cinzas, para o fogo estaremos destinados se ignorarmos a experiência de nossos antecessores. Nós não esquecemos… Nós não podemos esquecer, ou será o fim… Isso é mais profundo do que pode parecer… Então se você é, assim como eu fui, um amaldiçoado Darkroad, você não pode esquecer dos seus aliados, e mais ainda dos seus inimigos. Você não pode esquecer do seu povo e mais ainda do seu legado. Você não pode esquecer que os Storm supostamente fundaram a Ponta da Tempestade, mas fomos nós que dilaceramos seus inimigos! A dívida deles é eterna, assim como a nossa dívida com o fogo… Nós não esquecemos…

    Uma única oportunidade é tudo que um homem precisa, então fique na espreita para dar um bote certeiro assim como a serpente, esteja alerta, e tome para si aquilo que deve ser seu! Pois ninguém! Ninguém lhe entregará nada de bandeja! Nunca fui recompensado, eu te garanto, então não fuja à  responsabilidade por seus atos, faça o que for preciso. O sangue dos outros em suas mãos é melhor do que o seu próprio sangue escapando de suas veias! Foi por isso que nós tivemos que deixar uma grande derrocada acontecer… A batalha pelas terras de Faramyr Road foi uma derrota enorme para os Storm, os bárbaros vindos das montanhas vermelhas cumpriram bem o seu papel, e no fim, o patriarca nem viu o que foi que o atingiu. Quando meus homens e eu queimamos todos os herdeiros – o fogo purificou tudo – e ele nos mostrou paz e prosperidade garantida por gerações. Sob as cinzas de Road eu construi a Casa Darkroad, reivindiquei o meu título e a posse das terras alegando ter acabado com a invasão bárbara, mas não a tempo de salvar aquela pobre família, aqueles que lideravam não se opuseram a nós, não havia mais ninguém para se opor a nós.
    Nero Darkroad, o fundador (Pergaminho Histórico de 6000 anos)

    O cerco durou tempo demais, os soldados estão famintos, a coalizão unida das nove cidades livres liderada pelos Valirianos comportava-se de forma infantil naquele estágio da guerra. A casa Darkroad vinha tendo um papel secundário nessa guerra contra os corsários vindos do oriente que se estabeleceram na costa e atacavam a Ponta da Tempestade, até que o comandante Kron Darkroad liderou uma ataque furtivo na calada da noite, eliminando os batedores e o posto avançado de forma silenciosa, e tendo ateado fogo ao acampamento, matou uma centena de soldados e acabou com o resto das provisões e os suprimentos médicos, tendo ainda trazido a cabeça de um dos comandantes do exército inimigo. Seu sorriso quase insano frente ao fogo nos cadáveres era de muitas formas diabólico, ele foi responsável por diversas armadilhas em locais estratégicos utilizando fogo vivo, seus inimigos queimaram enquanto pouco a pouco a guerra foi vencida e a devida glória concedida.
    Dario Miscena, historiador (Pergaminho Histórico de 5000 anos)


    Olá Sarah, os problemas com o norte são recorrentes, tivemos que mandar mais homens para a patrulha da noite, naturalmente mandamos os ladrões e alguns camponeses endividados, mas desta vez Silas Darkroad decidiu seguir o caminho dos corvos, ele era apenas o terceiro filho da linhagem, mas por alguma razão seu pai não se opôs a isso, aceitando seu pedido em meio a uma conversa agradável ao lado do fogo da lareira, pelo menos é o que garoto me contou enquanto viajamos. Fique tranquila, a muralha é firme eu te falei, é confiável, nunca cairá, eu a vi com meus próprios olhos, então nós podemos gozar plenamente dessa estabilidade em casa, nunca estivemos melhor não é mesmo? A construção do Castelo das Cinzas Negras foi um sucesso, ele não é de certa forma considerado pequeno, mas tendo sido construído no alto da montanha, ficou geograficamente seguro também, aqui também tem alguns castelos pequenos, mas o nosso é mais seguro porque o fosso ao redor e a região de difícil acesso para além da estrada impede os ataques pelo flanco, tenho orgulho desse trabalho como engenheiro e estou cumprindo com sucesso a missão que me foi confiada, a viagem de volta será tranquila, são bons tempos onde pudemos melhorar muito da nossa infraestrutura, que bom que insisti pela construção da estrada ladeada pelas montanhas que sai do castelo e segue pela planície até a floresta densa e o rio. Pensando bem, seria interessante ter um ou dois postos avançados, eu vi alguns no caminho, preciso dar essa idéia para o nosso senhor quando voltar. Logo estarei de volta meu amor, até a vista.
    Carta de Fhilip Cotselm, engenheiro (Desapareceu no caminho de volta a 3000 anos)

    Em meio à ascensão dos Martell após o casamento com a rainha Nymeria, houve um favorecimento efetivado pelo rei devido ao bom trabalho de proteção das fronteiras realizado pela Casa Darkroad, em especial pelos herdeiros, Lian e James com sua infantaria e cavalaria. Visto que Dorne ganhou força como um membro agora temido entre os sete reinos, esta foi uma época de grandes conflitos onde nos foram concedidos muitos recursos pelo Rei e pela própria Casa a frente da Ponta da Tempestade. Nossas tropas foram treinadas, nesse período a infantaria e a cavalaria foram fortemente treinadas à exaustão, e desde então o poderio militar da Casa Darkroad nesses tipos de exército jamais decaiu em qualidade, sendo formados sempre soldados de elite combatendo os saqueadores e batedores vindos de Dorne.
    Lionel Salt, historiador (Pergaminho Histórico de 1000 anos)

    Minha amada Cecil, não sei mais quanto tempo aguentaremos essa invasão vinda de Dorne, ainda bem que te mandei escondida para Ponta da Tempestade antes da batalha. Tentamos negociar um tratado, mas esses malditos mandaram a cabeça do nosso negociador numa bandeja, infelizmente os reforços de Ponta da Tempestade ainda não chegaram, são tempos difíceis… E se a ajuda não vier temo que será o fim da Casa Darkroad. O castelo está se mantendo firme aos ataques, mas o cerco é grande, engenheiros estão construindo alguma coisa para escalar os flancos de nossa muralha, se isso acontecer será o nosso fim. Não sei se essa mensagem chegará meu amor, nem sei se te verei novamente, sinto por não conhecer meu filho em seu ventre, mas saiba que nunca te esqueci, então faça com que ele se lembre de seu pai, proteja a nossa linhagem, de a ele o nome de seu bisavô Sirius.
    Carta de James IV Darkroad, o senhor (Morto em batalha a 125 anos)
    Ayleen G
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 290
    Reputação : 24

    Re: [PJ] Artas Darkroad

    Mensagem por Ayleen G em Seg Jun 18, 2018 7:15 pm




    Nome:Artas Darkroad
    Idade: 23 anos
    Sexo: Masculino
    Casa: Darkroad

    Objetivo: Poder
    Motivação: Excelência
    Virtude: Corajoso
    Vício: Devasso





    Habilidades

    Agilidade 4 (Esquiva 1B)
    Astúcia 2
    Atletismo 4
    Conhecimento 2
    Cura 2
    Enganação 2
    Furtividade 2

    Guerra 3 (Comandar 1B)
    Idioma 2
    Ladinagem 1
    Lidar com Animais 2
    Luta 6 (Lâminas Longas 2B)
    Percepção 2

    Persuasão 3 (Convencer 1B)
    Pontaria 2
    Sobrevivência 2
    Status 3 (Reputação 1B)
    Vigor 3
    Vontade 4 (Coragem 1B / Dedicação 1B)




    Qualidades & Desvantagens

    Benefícios:
    Herdeiro
    Herança
    Pio

    Defeitos:
    Assombrado

    Estatísticas:
    Defesa em Combate = 10
    Saúde = 9
    Defesa em Intriga = 7
    Compostura = 12
    Pontos de Destino = 1




    Equipamentos







    Arma Qualidade Teste DanoQualidades
    Último Sussurro (Espada Longa de Aço Valiriano)Extraordinária6D+2B+16-
    AdagaNormal6D2Defensiva+1, Mão Inábil+1

    Pedra de Amolar 3vc
    Bolsa (cinto) 8vc
    Pederneira 2vc
    Tenda de Soldado 5gp
    Mochila 1gp
    Traje Viajante 3gp
    Traje Nobre 100gp
    Robe 3gp
    Cavalo de Batalha 50gp
    Olhos Longínquos 300 gp

    Moedas restantes: 167 GP, 43 VC





    A HISTÓRIA DE ARTAS:

    O fogo é meu amigo, e o choque das partículas produz um estalado agradável. Penso que ele fala comigo às vezes, quando eu realmente preciso, então não posso decepcioná-lo. Meu pai é um idiota e talvez sempre será, rogo aos deuses pela existência da minha mãe. Uma vida de excelência nunca será o bastante para adquirir o verdadeiro poder. Tolo! Provarei que esse seu pensamento medíocre está errado. Nós merecemos mais. Eu vou tomar tudo que me foi tirado. Eu usarei a coroa e sentarei no trono de ferro. Westeros estará nas minhas mãos... Eu juro.
    ***

    Artas aos olhos do povo é um valoroso guerreiro, educado na arte da guerra, nasceu para comandar e é capaz de articular bem o suficiente para tentar promover seu ponto de vista através do convencimento, tem uma boa reputação como espadachim tendo lutado bravamente numa batalha para defender a costa de Ponta da Tempestade, mas sua contraparte é devassa, sendo também lembrado pela conduta digamos ousada... Não perde tempo ao dar em cima de qualquer mulher de seu interesse, seja ela uma prostituta de Dorne ou uma Lady do Norte. Sua sede de poder só é talvez superada por sua necessidade de se apegar a um rabo de saia. Suas principais qualidades são a coragem e a dedicação à sua causa própria, mas possui os devaneios de grandeza, fruto dos ideais egocêntricos disseminados por sua mãe - infelizmente ou não - isso moldou o garoto como um homem apaixonado pelo poder em si mesmo, por batalhas e por mulheres, não necessariamente nessa ordem. Mantém laços incestuosos com a Mãe e a Irmã, pois sua luxúria não alcança os padrões da moral convencional. Aliás, o que é convencional em Westeros? Isso soa como algo que Artas diria.

    Aos 15 anos já era um soldado de elite, tendo recebido a herança de sua casa, a espada de aço valyriano "Último Sussurro". Fora mais ou menos na mesma época que teve contato com uma bruxa ligada ao culto do Senhor da Luz, sua fé disseminada direto no coração do jovem Artas através de dogmas obscuros repassados em encontros extremamente prazerosos, acabou por converter o herdeiro da Casa Darkroad num adorador do fogo. Lia Lefay, a sexta de seu nome, está presente ao lado da Casa Darkroad a séculos, influenciando menos ou mais - cada herdeiro - a trilhar o caminho da luz. Desta vez foi um sucesso completo, visto que o coração do jovem já era ímpio, fruto da criação recebida.

    Isto posto, é de se esperar que Artas tendo crescido a um meio um tanto quanto depravado, acabe por cometer alguns excessos em todas as áreas da vida, mas isso não quer dizer que o homem seja impulsivo, aliás, o jovem toma decisões bastante ponderadas, o que distoa do jeito despretensioso e arrogante com que leva a vida. Tendo agora 23 anos está quase no auge de sua forma física, faltando-lhe apenas mais experiência no jogo dos tronos. E é por isso mesmo que o jovem irá abraçar todas as oportunidades que vierem pela frente, vontade e determinação não lhe faltam para cumprir o papel a que acredita ser destinado. A lenda começa agora.

      Data/hora atual: Qui Nov 15, 2018 2:44 am