Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Uma vaga história do reino...

    Compartilhe
    Rum + Coca
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 173
    Reputação : 2

    Uma vaga história do reino...

    Mensagem por Rum + Coca em Dom Jul 08, 2018 1:19 am


    A Proposta

    Levy um Deus poderoso e um tanto ocupado num plano superior dentro do multiverso, esteve entediado durante muito tempo. Ele não tinha mais a companhia de seus companheiros "das antigas" para juntos vivenciarem histórias épicas em mundos fantásticos. Num belo dia ele usa seus poderes para criar no vazio seu próprio continente hostil, tão certo quanto o ar que respirava o lugar cresceu a sua própria maneira, tendo se estabelecido dois reinos em particular. A cidade de prata e a cidade de ouro estão em constante guerra pelos recursos encontrados na floresta alta e nas minas, mas os perigos do próprio continente são tão ou mais desafiadores que os desejos de cada um dos reinos em disputa. Principalmente porque o povo tem medo da mais antiga profecia que se tem notícia nos reinos perdidos. "Valyria sufocará o mundo em breve..." Dizem que esta frase foi gravada em pedras milenares de forma inequívoca pelos quatro cantos do continente, mas apenas alguns poucos aventureiros estão vivos para contar algo a respeito, os mais conhecidos podem ser encontrados em guildas.


    As Guildas

    As guildas existem desde o princípio, quando os primeiros descobriram que para sobreviver a este continente hostil precisariam associar-se. Desde então as guildas trabalham pelos interesses do povo, ou pelo menos, assim espera-se, quando em verdade algumas estão mais a fim de garantir seus próprios interesses. Qualquer aventureiro é logo associado a uma guilda, afinal, apenas os aventureiros podem sobreviver além das muralhas e portanto são eles quem tornam a economia das cidades caótica e atrativa. Os líderes de cada guilda ainda compõem o conselho de defesa das cidades-estado, este conselho auxilia nas tomadas de decisão da família real.


    A Família Real

     A família real descende do próprio criador, ou pelo menos, assim eles acreditam, fato é que a realeza tem o sangue azul necessário para estar no comando das cidades-estado. E sim, você entendeu direito, a família real é uma só, mas encontra-se dividida entre a cidade de prata e a cidade de ouro, vivendo em constante guerra. Herdeiros de ambos os lados reivindicam a posse de todo o continente, contudo esta ambição cega esta distraindo-os de um fato inegável, ninguém pode reivindicar aquilo que não está a seu alcance. Criaturas de todas as ordens habitam o reino e não serão subjugadas tão facilmente. Eles não parecem temer a vinda de Valyria.  


    A Cidade de Ouro

    Em sua imensidão abriga o palácio de ouro, lar da família real, e a sede da Guilda das Feras, dos Sábios, dos Mercenários, dos Mercadores e dos Errantes. Diversos aventureiros compõe essas guildas, mas o enorme restante da população desempenha ofícios de todas as naturezas para poderem pagar pela proteção das muralhas, e pelo alimento adquirido nos jardins reais. Construída em andares, a Cidade de Ouro está situada sob um solo rico em nutrientes de rocha vulcânica, sendo um celeiro de estufas capaz de cultivar grãos, vegetais e criar aves em larga escala para matar a fome do povo. A carne de caça é considerada uma iguaria. Extrai riqueza das minas a leste encontradas na base das montanhas e possui água proveniente de poços espalhados pela cidade e de fontes termais.


    A Cidade de Prata

    Tudo que se sabe é que possui um sistema econômico similar ao de sua contraparte, possuindo guildas e centralizando os recursos para facilitar o controle da população, mas atualmente com as fronteiras tendo sido fechadas devido a guerra, poucas informações estão disponíveis.


    As Torres

    As torres são tão altas que se pode vê-las a quilômetros de distância, mas sua origem e propósito são um completo mistério.


    O Templo de Levy

    Num dos lugares mais remotos do continente esta situado o Templo de Levy, sob o solo daquele lugar sagrado estivera a família real para receber da própria divindade o direito de reinar sob estas terras. Os poucos aventureiros que buscaram sua localização jamais retornaram deixando tudo para trás.


    Pouso Certo, Corredor e Lugar Algum

    Cidades portuárias bastante sombrias. Sem a proteção de muralhas, sofrem quando há ataques de feras e tribos selvagens, mas possuem pequenas armadas e navios mercantes que permitem a aquisição de bens de outras localidades. Conta com guildas menores e subsiste do comércio em caravanas de itens encontrados no submundo conhecido como mercado negro.

      Data/hora atual: Sex Nov 16, 2018 3:49 pm