Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Subindo a serra

    Compartilhe
    Ayleen G
    Tecnocrata
    Ayleen G
    Tecnocrata

    Mensagens : 303
    Reputação : 24

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Ayleen G em Qui 18 Out 2018, 07:42



    Stand and face the unknown
    got to remember who you really are

    Acompanhada de Tibiriça e dos dois indios designados por ele. Andaram por um tempo considerável, considerando o terreno em que estavam. As condições físicas de Wakai não eram as melhores, mas ela certamente era muito resistente, e aguentava mais uma caminhada/subida, antes de descer a serra na direção de sua aldeia. Durante o caminho, algo lhe voltou à mente, agora que faltava apenas o detalhe do mel para a pasta medicinal estar pronta. Sem conseguir segurar sua curiosidade, perguntou:

    -Cacique, ontem disse que eles irão nos atacar. Estava falando dos Tupinambás, não é? O que está acontecendo? - esperou pacientemente a resposta dele, provavelmente ficando em silêncio, refletindo, no restante do caminho.

    Assim que chegaram nas árvores onde haviam colmeias, Wakai logo notou o zumbido das abelhas, além dos cantos dos pássaros e do farfalhar das árvores próximas. Assim como qualquer outra espécie, elas não apreciavam muito que estranhos se aproximassem de suas casas e roubassem o que quer que fosse. Deste modo, Wakai começou a juntar galhos secos e o maior número de folhas que conseguisse, a fim de criar uma fogueira logo abaixo das colméias.

    -Fumaça afasta abelha. - explicou para os demais que a acompanhavam.

    thanks weird for ♣️
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2960
    Reputação : 207
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Bravos em Ter 23 Out 2018, 14:58


    Moapacuia

    Subindo a serra

    A doença deita
    os fortes e os fracos.


    - Sim. Os Tupinambá são nossos inimigos há muito tempo. São um povo da guerra e não perdem uma chance. A doença de Ubatã certamente foi artimanha deles. - Dizia Tibiriça enquanto eles se encaminhavam para o habitat das abelhas. - Temos que ficar firmes.

    Chegando lá, Wakai acendeu um fogo para que a fumaça dispersasse a maior parte das abelhas. Pegou também a parte da pasta que havia preparado, pois ela era o calmante que impediria que qualquer abelha a picasse. Isso foi o que lhe havia ensinado o falcão na noite anterior. Passou uma camada fina da pasta sobre si e começou subir as árvores. Wakai subiu até a colméia e lá tirou três partes, mais que o bastante para preparar o remédio de Ubatã e ainda sobrar algo, para eventuais necessidades da aldeia. Ela desceu, sob a cortina de fumaça e logo estava novamente em chão firme. Tibiriça acenou afirmativamente para ela e logo começaram o caminho de volta.

    Chegando à aldeia do cacique-chefe, Wakai adiantou-se em preparar o remédio, que deveria esfriar enquanto ela voltava. Mandou por a água do rio no fogo e quando já quente adicionou o mel, que se dissolveu, e então a pasta. Aquilo formou uma bebida de aspecto esverdeado e quase brilhoso pela quantidade de mel empregado. Tibiriça aproximou-se com os mesmos guerreiros que foram com eles atrás do mel. - Eles vão voltar com Wakai para aldeia. Eu irei quando tiver reunido mais homens.

    Logo que Wakai disse estar preparada para partir, a pequena comitiva seguiu o caminho inverso que a kuiã fizera na noite anterior. Durante o dia a floresta era bastante diferente que pela noite. O canto das araras podia se ouvir ao longe, bem como da flora, se movimentando com o soprar do vento. Como a metade do dia já havia passado, possivelmente só chegariam depois que a noite caísse. Ubatã resistiria até lá? Só saberia vendo.




    @Ayleen G role um teste de Conhecimento Mítico (Guaianá). Será contra uma agência de 4 + o d10 abaixo. Wakai pode conversar mais com Tibiriça se preferir e fazer os preparativos que achar melhor para sair. Adiantei um pouco a narração para podermos terminar esse primeiro ciclo de ação.

    Bravos efetuou 1 lançamento(s) de dados (d10.) :
    4


    Δ
    Ayleen G
    Tecnocrata
    Ayleen G
    Tecnocrata

    Mensagens : 303
    Reputação : 24

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Ayleen G em Qui 01 Nov 2018, 22:04



    Stand and face the unknown
    got to remember who you really are

    Com as palavras de Tibiriça, Wakai ficou pensativa no restante do caminho. Sabia de todos os confrontos entre os dois povos, que cresceu ainda mais depois da chegada dos Europeus, e por esse motivo os Guaianás mantinham-se distantes do litoral. Contudo, a guerra nunca acabava por completo, e vez ou outra os confrontos aumentavam. Wakai nunca havia participado de um diretamente, pelo contrário, manteve contato pacífico com um jovem "inimigo", e ele não parecia tal mal quanto diziam sobre o seu povo...

    Chegando até as abelhas, não teve dificuldade nenhuma em coletar o mel, já que tinha preparado a pasta para evitar os insetos e ainda certificou-se de que as manteria desorientadas com a fumaça. Wakai, sempre curiosa, mordia seus lábios na ansiedade de perguntar alguma coisa ao cacique. Na verdade, queria parecer mais sábia perante a ele, então tentava ficar mais quieta do que o costume, para não falar nada que o deixasse interpretá-la mal. Contudo, não conseguiu aguentar por muito mais tempo. Sua sede de conhecimento, seja ele qual fosse, era maior que qualquer coisa.

    -Desculpe, Tibiriça. Não há tentativas de acordos de paz com os Tupinambás? Não há como isto ocorrer? - Não sabia como Tibiriça ia interpretar estas perguntas, mas tinha que fazê-las... De qualquer forma, depois de um tempo chegaram à aldeia, e o cacique designou os 2 homens para acompanhá-la até de volta à sua aldeia. Wakai ficou grata quanto à isso, era sempre bom contar com alguma proteção física. Sem delongas, ela agradeceu ao cacique e à sua esposa, e saiu na direção de onde havia chego. Estava preocupada com Ubatã e não tinha mais tempo a perder. Perguntava-se como ele havia passado, e se o seu pesadelo interferira em algo...
    thanks weird for ♣️
    Ayleen G
    Tecnocrata
    Ayleen G
    Tecnocrata

    Mensagens : 303
    Reputação : 24

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Ayleen G em Sex 02 Nov 2018, 09:07

    Tinha esquecido de rolar haha

    Ayleen G efetuou 1 lançamento(s) de dados (d10.) :
    10
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2960
    Reputação : 207
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Bravos em Sex 02 Nov 2018, 11:23


    Moapacuia

    Subindo a serra

    A doença deita
    os fortes e os fracos.


    - Hum... - Essa foi a primeira resposta de Tibiriça para Wakai. Tibiriça ficou alguns momentos soturno, sem olhar necessariamente para lugar nenhum. - Acho difícil. Não por nós, por eles. Isso está no sangue deles, como no nosso está a diferença entre kamé e kanbru. Não acho que vamos mudar isso. - Talvez aquela não fosse a resposta de Wakai queria. Mas era a resposta de muitos anos que Tibiriça conhecia.

    Porém, aquilo permaneceu nos pensamentos de Wakai. Seria possível fazer um acordo? Uma trégua? Enquanto caminhava de volta para sua aldeia, junto dos homens de Tibiriça, Wakai pensava nisso e em Ubatã. O cantar das araras ao longe trouxe uma idéia nova para Wakai. Embora os Maracás não fossem adeptos de tantos ornamentos, havia alguns que eles usavam em ocasiões especiais. Um deles era um cocar feito de penas de arara e dependendo de como era feito, dizia-se que quem o usasse se tornava mais sábio e convencedor.

    Por outro lado, os Tupinambás usavam muitos adereços e talvez até o próprio cocar se tornasse objeto de negociação. Tibiriça não acreditava numa solução conciliadora, mas talvez, se Upiara a apoiasse, poderia haver algum meio. Salvar Ubatã para mandá-lo imediatamente para a guerra não seria prudente. Ubatã precisaria de um tempo para se recompor. Usar a força dificilmente seria a melhor forma naquela altura.




    Δ
    Ayleen G
    Tecnocrata
    Ayleen G
    Tecnocrata

    Mensagens : 303
    Reputação : 24

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Ayleen G em Ter 20 Nov 2018, 10:14



    Stand and face the unknown
    got to remember who you really are
    Wakai seguiu pensativa no caminho todo de regresso. A guerra sempre parecia a única alternativa, mas na visão dela apenas era a mais fácil, afinal, para conseguir uma trégua tem de haver negociação e, por vezes, até barganha. Alguém tinha que ceder. Upiara talvez entendesse o seu ponto de vista, já que caciques tendiam a pensar em maneiras de defesa e ataque, mas raramente em paz. Havia trégua, sim, porém não por opção, pois o que acontecia é que os povos tinham que recuperar seus guerreiros, então cessavam os ataques. Paz não havia, ao menos não em suas lembranças de jovem.

    Além disso, havia a situação específica de Ubatã. O veneno não permitiria que seu corpo aguentasse batalhas próximas, e Wakai tinha certeza que, mesmo doente, o cacique não negaria participar destas, afinal, era a defesa do seu povo que estava em jogo. Suspirou. Nunca foi boa negociante, mas tinha vontade, e tinha contatos... Será que deveria seguir adiante com sua ideia, mesmo que Tibiriça não tivesse se mostrado favórável? Bem, ele colocou um impeditivo como sendo o outro povo, porém, caso ela conseguisse algum avanço, os guaianás também cederiam?

    Wakai chegou à aldeia decidida. Primeiro curaria Ubatã, pois era urgente e corriam contra o tempo para salvar sua vida. Em seguida falaria com Upiara. Esperava poder contar com seu apoio.

    thanks weird for ♣️
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2960
    Reputação : 207
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Bravos em Qui 22 Nov 2018, 18:34


    Moapacuia

    Subindo a serra

    A doença deita
    os fortes e os fracos.


    Chegar à aldeia foi um alívio. Logo que foi avistada, um pequeno saiu gritando 'Wakai chegou! Wakai chegou'. Upiara saiu de uma das ocas, indo ao encontro da kuiã. - Wakai conseguiu fazer o remédio? - Disse-lhe já puxando-a pela mão e levando-a para a oca onde ela sabia que estava Ubatã. Ele parecia estar pior do que no dia anterior. Seus olhos estavam fundos e arrodeados por olheiras escuras. Upiara estendeu a mão, pedindo-lhe o remédio. Embora fosse uma kuiã formada, ali ela ainda era a aprendiz de Upiara, então ele que ministrava os medicamentos.

    Após tomar aquele remédio, Ubatã pareceu respirar aliviado pela primeira vez em alguns dias. Ele fechou os olhos e dormiu. - Ubatã precisará descansar... - E com um sinal indicou para que saíssem. Do lado de fora, no centro da aldeia, Upiara segurou os ombros de Wakai. Aquela era a forma mais próxima de um abraço que ele se permitia. - Como foi com Tibiriça? Tibiriça deve estar ajuntando guerreiros desde que você chegou.




    Δ
    Ayleen G
    Tecnocrata
    Ayleen G
    Tecnocrata

    Mensagens : 303
    Reputação : 24

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Ayleen G em Qua 28 Nov 2018, 22:34



    Stand and face the unknown
    got to remember who you really are
    Sua chegada na aldeia já era esperada, tanto que uma das crianças do local alardeou a todos assim que a avistou. Upiara logo saiu de uma das ocas, solicitando o remédio que ela devia preparar. Mesmo tendo demorado mais tempo do que gostaria ou pretendia, Wakai tinha conseguido cumprir seu objetivo, e alcançou a pasta que fizera para o kuiã, seguindo para dentro da oca de Ubatã.

    Ele estava mesmo em más condições, o veneno em seu corpo parecia agir muito rápido. Se demorasse outro dia ou mesmo algumas horas, talvez nem o remédio fosse o suficiente para salvá-lo. Ainda assim, Wakai respirou aliviada quando viu em suas feições em certo descanso. Obviamente ele não melhoraria tão rápido, porém era bom saber que ele já sentia alívio em sua dor. Sem dizer uma palavra até então, Wakai seguiu Upiara para fora da tenda. Ele parecia curioso com o que sua aprendiz tinha passado.

    -Foi... Tranquilo, mas estranho. Cacique Tibiriça fez de tudo o que pode para me ajudar e pareceu mesmo preocupado com a saúde de Ubatã, ao mesmo tempo que também com uma possível batalha contra os Tupinambás...
    - ela permaneceu em silêncio por alguns segundos, ainda refletindo sobre o que havia pensado pelo caminho. - Upiara, eu estive pensando, e cheguei mesmo a verbalizar meu pensamento para Tibiriça. Não há outro caminho se não a guerra contra os Tupinambás? Será mesmo impossível que haja paz entre os dois povos?


    thanks weird for ♣️
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2960
    Reputação : 207
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Bravos em Sex 30 Nov 2018, 11:40


    Moapacuia

    Subindo a serra

    A doença deita
    os fortes e os fracos.


    - Essa guerra é quase tão certa como o sol vai nascer amanhã. - Respondeu Upiara com um olhar melancólico. - Por isso Tibiriça já se prepara para ela. - Puxou de leve Wakai pelo braço e a levou até onde havia uns tocos que serviam de banco, sentou-se e por alguns momentos olhou para um horizonte que parecia muito distante dali. - Essa guerra não é nossa, Wakai, é deles. Os Tupinambá vivem pelas guerras de vingança. É o que move seu povo para frente. Nós apenas resistimos.

    Upiara olhou fundo nos olhos de Wakai. Estava claro que lhe dava pesar dizer aquelas coisas, mas era uma sabedoria que não poderia ser ignorada. Novamente ele voltou a olhar o horizonte distante e após um instante de hesitação, falou-lhe: - Eu ainda tentaria o que fosse possível para evitar essa guerra. Ao menos conosco. Afinal, falhar em evitar uma guerra que não pode ser evitada é normal. Evitar uma guerra que não pode ser evitada é lendário. - Disse, tornando a fixar os olhos em Wakai. - Tem algo em mente?




    Δ
    Ayleen G
    Tecnocrata
    Ayleen G
    Tecnocrata

    Mensagens : 303
    Reputação : 24

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Ayleen G em Qui 06 Dez 2018, 08:45



    Stand and face the unknown
    got to remember who you really are
    -Eu sei que não posso impedir a guerra dos Tupinambás sozinha... - começou ela, pensativa, tentando escolher bem suas palavras. Se havia alguém em sua tribo que a compreendia e a guiava sempre com muita clareza, esse alguém era seu kuiã. Por mais que Wakai fosse uma garota mais calada, embora um tanto teimosa e arredia, Upiara sabia interpretar bem as poucas palavras que ela falava. E sabia que, uma vez com uma ideia na cabeça, ela raramente recuaria. - Não digo que tenhamos que baixar as armas e esperar clemências, mas... E se houver alguém do outro lado disposto a tentar trégua?

    Ambos ficaram em silêncio por alguns minutos, Upiara olhando para o horizonte, e Wakai observando o chão e as árvores, pensativa. Sabia o básico da língua Tupinambá que havia aprendido com um jovem índio daquele povo, durante seus encontros secretos. Ele não recusaria vê-la, tinha certeza disso, mas Wakai jamais havia perguntado algo sobre a situação dele entro sua tribo. Seria ele apenas um soldado, ou alguém importante? E será que o padre que conhecia poderia ajudar de alguma forma? Bom, era preciso ir atrás para verificar suas suposições. Iria com ou sem o consentimento de Upiara, só que com ele teria um apoio muito maior dentro da tribo caso conseguisse algo útil.

    -Upiara... Eu conheço um jovem Tupinambá que talvez possa ajudar. Pretendo encontrá-lo em breve e tentar algo a respeito da guerra... - ela ficou observando a reação do kuiã, avaliando até que ponto poderia continuar a conversa, já que ninguém sabia de seus encontros sexuais com o tupinambá ou com o padre.

    thanks weird for ♣️
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2960
    Reputação : 207
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Bravos em Qua 12 Dez 2018, 15:34


    Moapacuia

    Subindo a serra

    A doença deita
    os fortes e os fracos.


    - O que Wakai quer dizer com alguém do outro lado? - Perguntou-lhe, pois de todas as formas, mesmo nos tempos de paz, as duas tribos pouco se relacionavam de outra forma que não fosse a guerra. A voz de Upiara não parecia ter artimanhas, apenas uma genuína dúvida. O silêncio pousou um pouco sobre eles e Wakai continuou sua fala, dizendo que conhecia um jovem Tupinambá. O tom daquele vazio de sons mudou um pouco. Wakai sabia que seus encontros seriam, aos olhos da aldeia, condenáveis. - Não vou perguntar a Wakai como ou porque conhece um jovem Tupinambá. - Upiara se levantou do banco em que estava e suspirou fundo. - Seria melhor se não descobrissem sobre nada disso até que pudesse dar uma garantia que de fato a guerra não acontecerá.

    Uma vez que tivessem essa certeza, a forma que se alcançou se tornaria menos questionável. Upiara sabia que se fossem ao cacique da aldeia e falassem a idéia antes de executá-la, seriam proibidos de sequer tentar. Por vezes, pedir perdão é melhor que permissão. - Se perguntarem da sua ausência, direi que foi buscar algumas ervas. - Falou isso se virando de costas para Wakai e se afastando.




    @Ayleen G próximo post pode narrar como Wakai fará para se encontrar o Tupinambá, pode dar um nome para ele também Rolling Eyes

    Δ
    Ayleen G
    Tecnocrata
    Ayleen G
    Tecnocrata

    Mensagens : 303
    Reputação : 24

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Ayleen G em Qua 19 Dez 2018, 08:31



    Stand and face the unknown
    got to remember who you really are
    Ao ouvir as palavras do kuiã, Wakai mordeu o lábio, como se tentasse segurar o restante das palavras, da história. A verdade é que havia encontrado Abáusú em uma de suas provações na floresta, há uns 2 anos, quando havia permanecido dias longe da aldeia, e acabou se aproximando demais do litoral. Ela encontrou-o ferido e quase morrendo, eo curou com seus conhecimentos de herbalismo e medicinal. Até hoje não saberia explicar o porque havia feito aquilo, o jovem estava pintado para a guerra, e ela bem sabia que não pertencia ao seu povo. Talvez porque fosse sua primeira experiência com cura longe de Upiara e seus conselhos, ou porque acreditava que esta era a provação que os deuses e espíritos haviam enviado. O fato é que Abáusú ficou bem em alguns dias, e enquanto se recuperava o suficiente para voltar para sua tribo, ele e Wakai acabaram interagindo, trocando e ensinando palavras, e também "evoluindo" o relacionamento para algo carnal.

    Com o padre (António) havia acontecido algum tempo depois, de uma maneira diferente, mas não vinha ao caso agora. Abáusú era um pouco mais velho que ela, porém era um homem realmente MUITO grande, como sugeria o próprio nome. Um dos principais guerreiros de sua tribo, não era de se estranhar que ele se tornasse cacique algum dia. Os dois índios das tribos rivais continuaram encontrando-se por algum tempo, seu ponto de encontro era sempre a caverna em que havia permanecido quando se conheceram. Dependia mais de Wakai do que de Abáusú, pois a caverna ficava em território Tupinambá, e o rapaz nunca soubera exatamente a qual tribo Wakai pertencia, ou onde estava localizada. Quando conseguia ir até lá, o sinal para que ele viesse até ela era algo simples: chuva. Ela fazia um ritual simples que havia aprendido, e a chuva caia apenas próxima à caverna, e de algum modo ele sabia que ela estaria lá.

    -Obrigada, Upiara. Eu partirei pela manhã, depois de descansar. - seu plano era sair antes dos primeiros raios de sol e, assim, evitar dar explicações caso alguém a visse sair da aldeia. Tudo ocorreu conforme o plano. No dia seguinte, após o desjejum e um sono revigorante (sem pesadelos, desta vez), Wakai saiu pela floresta em direção ao litoral, não sem antes passar na tenda de Ubatã para verificar sua saúde. Quando o dia amanheceu por completo, ela já estava distante, seguindo o seu caminho até a caverna. Chegando lá, fez exatamente como antes: invocou a chuva ao redor da caverna. Depois disso, era esperar. Ele demoraria quase um dia para chegar ali. No fundo, Wakai sabia que estava ansiosa: não via Abáusú há muito tempo, mais do que gostaria...

    thanks weird for ♣️


    Off: Tinha esquecido de dar nome aos bois HUIASHUSAIHAUSIHS
    Tenho que rolar alguma coisa para invocar a chuva?

    ps: estarei fora por causa do natal, do dia 23 ao dia 28. Depois no início do ano ferias de 14 a 22 de janeiro e 27 de janeiro a 4 de fevereiro Smile
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2960
    Reputação : 207
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Bravos em Seg 24 Dez 2018, 15:11


    Moapacuia

    Subindo a serra

    A doença deita
    os fortes e os fracos.


    No outro dia Wakai estava de pé antes que o sol houvesse se erguido por trás das árvores. Os pesadelos recorrentes não a perturbaram naquela noite e por isso, ela levantou-se muito mais disposta do que no dia anterior. Juntou para si alguns frutos e bebeu da água reservada num pote, bastante fria. Aquele foi seu desjejum. Antes de sair da aldeia, passou pela oca de Ubatã e verificou que seu semblante parecia mais saudável que no dia anterior. Quem sabe em uma ou duas jornadas ele já não estivesse de pé novamente.

    Iniciou seu percurso. Fazia frio e isso deixava o corpo de Wakai sensível. O primeiro trecho de viagem foi de certa forma dolorido. Os músculos tesos do frio sofriam a cada passada ou encontrão desaviado contra árvores. Wakai não se deixou abalar por aquilo. Estava, pelo contrário, acostumada com aquela sensação.

    Quando o sol começou a surgir e seus raios esquentar o ar da floresta, Wakai estava a meio caminho. Descia cada vez mais a serra e se aproximava dos territórios Tupinambás. O percurso agora deveria ser feito com mais cuidado, mas Wakai sabia por onde seguir sem passar nas proximidades mais habitadas. De forma, que o sol não estava nem a meio caminho do pino quando ela chegou até a gruta. Lá, sentou-se na pedra da entrada e com cantos e palmas iniciou a invocação da chuva. Logo caíam os primeiros pingos e então por quarenta minutos choveu.

    O resto do dia, Wakai esperou. Quando o sol já ameaçava se por, ela preparou um fogo e quando o céu já tinha as primeiras estrelas, Wakai escutou o grito de aviso de Abáusú: ele se aproximava. Na pedra de entrada ela esperou até que Abáusú aparecesse vindo pelo flanco esquerdo da gruta. Ele parou diante dela e tocando o rosto de Wakai com as costas dos dedos lhe disse: - Fazia tempo que Abáusú não via Wakai.




    Δ
    Ayleen G
    Tecnocrata
    Ayleen G
    Tecnocrata

    Mensagens : 303
    Reputação : 24

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Ayleen G em Sex 28 Dez 2018, 16:42



    And I run to the open
    'cause the Rain is my friend
    Por todo o caminho percorrido, Wakai não encontrou nada que a atrasasse, sequer um empecilho. Já havia feito aquele caminho muitas vezes, sabia como evitar os maiores perigos, como aldeias vizinhas ou mesmo impedimentos naturais, como rios. Chegou lá dentro do tempo esperado e logo fez o chamado da chuva, a qual caiu por 40 longos minutos. Só restava esperar a partir de então. Wakai abrigou-se dentro da caverna, observando as gotas da chuva que caia de modo tranquilo. O terreno da caverna era levemente mais alto que o de fora, de forma que a caverna mantinha-se seca. Depois de alguns minutos Wakai deu um breve cochilo, que parecia mais um transe do que um sono propriamente dito, pois continuava alerta ao seu redor.

    A chuva parou depois do tempo esperado. Sabendo que demoraria mais um bom tempo até que Abáusú chegasse, então Wakai iniciou sua busca por galhos secos, tendo que se afastar brevemente da caverna para encontrá-los. Também comeu algumas frutas que encontrou, elas seriam o seu alimento por enquanto, já que ela não era muito boa em caçar ou pescar. Após algum esforço, fez uma pequena fogueira, o suficiente para esquentá-los à noite e manter os animais afastados. Naquele local não haveriam inimigos, então não precisava se preocupar em seu vista. Mexendo com um pequeno galho no chão e observando o fogo, esperou mais um pouco.

    O grito de Abáusú a deixou alerta outra vez, fazendo com que Wakai levantasse em um salto, seu coração aos pulos como uma lebre fugitiva. O barulho de galhos quebrando anunciou que o indígena chegava pela esquerda da caverna. Wakai permaneceu quieta, parada, esperando que ele quebrasse o silêncio. Fechou os olhos ao sentir o toque da mão em seu rosto, e os abriu em seguida, com um olhar intenso, seus belos olhos negros brilhavam à luz do fogo.

    -Senti saudades... - Nada mais era que a verdade. Tinha arrumado uma desculpa perfeita para vê-lo, e embora de fato fosse tentar impedir uma nova batalha de começar, amava Abáusú, jamais conseguiria fingir que não. - Eu precisava ver Abáusú. - seu peito estava tão apertava que respirar doía. Ela esperou uma reação dele, sem se mover. Estava paralisada. Fazia tanto tempo...
    thanks weird for ♣️
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2960
    Reputação : 207
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Bravos em Qui 03 Jan 2019, 22:14


    Moapacuia

    Subindo a serra

    A doença deita
    os fortes e os fracos.


    A mão que tocava seu rosto correu pelo pescoço, ombro e braço. O encontro de peles fazia o corpo tremer levemente, como se reagisse a uma energia invisível que envolvia os dois. Abáusú passou o braço na cintura de Wakai e a puxou para si. Os lábios de ambos se tocaram e aquele momento poderia ter durado um, dois ou mesmo três ciclos de estações.

    Porém aquele beijo foi parado de modo súbito. As mãos de Abáusú agora seguravam os ombros de de Wakai e seu rosto parecia coberto de preocupação. - Estava preocupado. Vai começar uma guerra de vingança. Qual a tribo de Wakai? A noite os sonhos me perturbavam com a imagem da aldeia de Wakai invadida. - O assunto viera à tona como um peixe que salta do rio para apanhar um inseto pousado numa folha da mata. Antes que Wakai pudesse sequer dizer algo, os sonhos de Abáusú haviam predito tudo.

    O crepitar do fogo quebrava o silêncio que pairava entre os dois.




    Δ
    Ayleen G
    Tecnocrata
    Ayleen G
    Tecnocrata

    Mensagens : 303
    Reputação : 24

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Ayleen G em Sab 05 Jan 2019, 16:36



    And I run to the open
    'cause the Rain is my friend
    O corpo de Wakai tremia em cada pequena parte que Abáusú encostava, como se o toque ativasse algo que ela não saberia nomear. A urgência do motivo de ter vindo até ali pareceu evanescer, e Wakai fechou os olhos, sentindo os braços do outro ao redor de sua cintura e seus lábios encontrando os dele. Queria negar ou fingir que todo aquele tempo distante não tinha qualquer efeito sobre si, porém a quem iria enganar? A falta de Abáusú tinha um impacto maior quando ela o reencontrava.

    Contudo, o momento foi interrompido e Wakai sentiu como se pudesse voltar a respirar depois de um longo mergulho. Estava levemente ofegante, mas levou apenas dois segundos para reagir ai que Abáusú tanto se preocupava. Então era verdade, estavam para ser atacados, o cacique Tibiriça tinha razão. Aquilo fazia o motivo de ter vindo até ali retornar aos seus pensamentos. O tempo era precioso, mas não fosse Abáusú, Wakai teria o perdido.

    -Sim, Abáusú tem razão, minha tribo se prepara para a guerra.
    - propositalmente, não revelou a localização da sua aldeia. Não sabia bem o porquê o fazia, mas acreditava que estava sendo prudente (quando não o era, ao encontrar um inimigo nessas condições). - Vingança sobre o que? Há algo que Abáusú e Wakai possam fazer para evitar a batalha?
    thanks weird for ♣️
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2960
    Reputação : 207
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Bravos em Sex 11 Jan 2019, 09:44


    Moapacuia

    Subindo a serra

    A doença deita
    os fortes e os fracos.


    - Wakai não entende... - E talvez ela já havia escutado aquilo alguma vezes nos últimos dias. - A guerra não é para adquirir terras nem para tomar escravos. A guerra de vingança é a própria vida Tupinambá. - E então Abáusú explicou para kuiã. Os Tupinambás guerreavam para capturar inimigos. Eles então eram levados e tratados como parte da tribo. Podiam até mesmo casar e ter filhos. Mas um dia, até anos depois, eles seriam mortos e sua carne seria comida. Esse ritualismo era o meio pelo qual se adquire capacidades e status. Um kunumy açu¹ só torna avá² após ter matado seu primeiro inimigo.

    - Não podemos simplesmente impedir a guerra. Ela vai acontecer, de uma forma ou de outra. Faz parte de quem nós somos. - A aflição era visível em seu rosto. Dentro de Abáusú talvez se digladiavam o ser quem era e o receio de por Wakai em perigo. Eram urgências ambas as coisas. - Não sei como mudar o caminho dessa guerra. Niara, minha irmã, será a morubixaba. Será sua primeira vez como chefe de guerra, então Niara está ávida por esse combate.




    1. jovem
    2. adulto


    Δ
    Conteúdo patrocinado


    Re: Subindo a serra

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua 23 Jan 2019, 16:05