Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A caça ao gato.

    Compartilhe
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 0

    A caça ao gato.

    Mensagem por nunessoares em Sab Ago 11, 2018 9:41 pm

    ''Os caçadores deixaram a fortaleza antes do nascer do sol. O filho de um fazendeiro das redondezas fora morto a alguns dias por um gato-das-sombras, os cachorros acharam o rastro da fera nós sopés das montanhas a leste da fortaleza. Durante seis horas o rastro da besta fora perdido e achado inúmeras vezes, passando por grandes campos de cevada, trigo, milho, casebres de madeira e palha com chaminés expelindo fogo aos céus e pequenos riachos e lagoas escondidos por entre grandes rochas cinzentas. O rastro final levou a bera de um riacho que nasce no sopé de uma das grandes montanhas da cordilheira a seis quilômetros da fortaleza a leste. Sangue do animal pode ser visto salpicado no mato verde nas margens do pequeno riacho, os cachorros acham o rastro da direção a leste para onde possivelmente levaram o gato morto.

    O grupo dos caçadores é liderado por Robin ''capa verde'', um homem de meia idade, cabelos quebradiços e barba por fazer, Robin cresceu na região da costa da águia e não tenha um buraco em baixo das grandes rochas que ele não já tenha conhecido. Bob, Piti, Oto e Gaspar constituem o grupo, além de dois cavaleiros vindo de Pico da Águia, Sor Gerald e Sor Walter, indicados pelo proprio John Darkblade.
    Após a morte de Lord Jon Arryn os selvagens dos clãs das montanhas tem ficado cada vez mais ousados e presentes nas terras de baixo, homens vestido em aço sobre um cavalo poderia ser a resposta contra um pequeno grupo de selvagens, além disso os selvagens passaram a competir por caça na região, dificultando a vida dos moradores da vila e das fortalezas, e junto com o gato das sombras, eles também precisam ser exterminados.''


    Spoiler:
    O lago
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    Claude Speedy
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1449
    Reputação : 24

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Claude Speedy em Dom Ago 12, 2018 10:08 pm





    Poucas coisas soam tediosas para mim ou injustas quanto uma empreitada contra um gato-das-sombras. A verdade é que sei quase nada sobre o contato direto com a natureza, mas já ouvi e li o bastante por aí para saber que os recursos escassos são sempre disputados com todas as forças... No fundo, não vejo diferença entre os clãs das montanhas ou os meus captores cobertos de metal. Na verdade eu tenho mais haver com os atacantes do que os meus "líderes" podem imaginar.

    Apesar disso sempre achei Robin um sujeito mais maleável pela sua demonstração de devoção para com a herdeira da casa Goldwing, a mesma jovem que eu me sinto no dever de tentar ajudar... E talvez se não fosse por tentar imaginar como fazer algo por ela eu mesmo já estaria procurando pelos selvagens ou por uma embarcação para Essos para ir morar longe daqui.

    Nos tempos em que tive de atuar com o "Capa-Verde" o garoto se mostra bastante leal à Naheyers,

    No fundo esse é meu real problema, uma promessa que fiz à minha amada no leito de morte, uma promessa que diverge das práticas dos ajoelhadores. Eu mantenho minha posição como batedor caçando a fera...

    Eu me lamento por termos de fazer isso.  Não sou um bom rastreador no campo, nem de lidar com animais... mas sou capaz de emboscar todo tipo de ser vivo que existe sem ser visto e sei que Robin é bom nisso também.

    Meu tipo de alvo é diferente de um animal... Eu sinceramente as vezes me vejo como abençoado pelo dia que fui arrastado para fora do gelo do norte e aprendi a viver nas "selvas de pedra" como poucos...

    E é essa a real razão deu estar aqui, para auxiliar no que precisarem para evitar que a fera se alimente de pessoas que nem deveriam estar ali para começar...

    Ao ouvir durante a viagem comentários de que os "selvagens são uma praga" eu só ajusto o capuz um pouco mais para esconder mais meu rosto, esperando que nenhum desses ajoelhadores encouraçados reconheçam algum traço de antecedência.

    Me mantenho mais próximo de Bob, Piti e Oto de foram a ser só mais um batedor.

    Sou uma péssima opção para essa missão, mas sou razoável em  em fingir que sou bom nisso.

    -Então, sir Robin. Pronto para matar um animal acuado?

    Eu provoco... dane-se... Ele é quem conhece a região, se ele discordar que me dê uma bronca, eu preciso saber mais sobre a prática nessas florestas se realmente quero aprender a viver em harmonia com ela.


    Sayd
    Troubleshooter
    Sayd
    Troubleshooter

    Mensagens : 949
    Reputação : 36

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Sayd em Ter Ago 14, 2018 5:20 pm

    Sigo montado em meu cavalo, Sombra, mais coordenando a busca pela fera do que propriamente rastreando ela. Estou mais acostumado a agir sozinho na mata, mas dada a situação de perigo em que as terras atualmente se encontram vejo a companhia desses outros homens com certo alívio. E são homens capazes, de modo que não estão atrapalhando em nada, muito pelo contrário.

    Meu cão farejador, Skan, segue um pouco à frente do grupo, garantindo que estejamos no rastro correto e latindo sempre que há alguma dúvida.

    Como estamos em um grupo grande preciso pedir várias vezes aos homens para que conversem o mínimo possível entre si, pois nossas vozes podem tanto afugentar a caça, quanto atrair a atenção indesejada dos clãs das montanhas.

    Gaspar me pergunta se estou preparado para matar um animal acuado. É um rapaz curioso, difícil de decifrar, mas que pelo visto tem algum talento como caçador, ainda que não esteja habituado a essa atividade.

    “Bom, estou longe de ser um sor, meu caro, mas estou sempre pronto para abater um animal, acuado ou não”, eu respondo a ele. “Vejo que você também parece ansioso para dar fim a essa caçada. Você daria um bom caçador se quisesse...”, eu comento.

    Mantenho sempre o ouvido atento à qualquer aproximação, bem como meu arco e minhas flechas bem ao alcance da mão.

    “Pelo sangue que encontramos na trilha, o animal está ferido ou morto. No primeiro caso, ele estará viajando mais lentamente e imagino que estejamos nos aproximando. Se está morto, então provavelmente foi abatido pelos clãs das montanhas. Esses podem ser muito perigosos, então mantenham-se atentos e prontos para o combate”, eu digo aos homens.

    “Seria bom termos um voluntário para viajar um ou dois minutos na frente do resto, como um batedor. Assim ele pode nos alertar quando estivermos realmente próximos, para que possamos desmontar e optar por uma estratégia mais sorrateira. Isso vale tanto para encarar o gato quanto os clãs. Se ninguém aqui se julgar capaz disso eu mesmo posso assumir essa função”, eu completo.

    Verifico se o rastro que estamos seguindo se mantém consistente com o de um gato das sombras, ou se ele já se transformou no rastro de homens dos clãs das montanhas. Alertarei aos homens se for o segundo caso.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    Claude Speedy
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1449
    Reputação : 24

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Claude Speedy em Ter Ago 14, 2018 5:45 pm

    Robyn comenta que não é um sir, isso me deixa mais à vontade em não me preocupar de cometer alguma indiscrição que irritaria essa classe tão cheia de frescuras. Talvez o ideal seria ouvir o rapaz tão mais jovem que eu, mas muito mais capaz naquela região inóspita que em minha mente trazia lembranças densas da época que eu era apenas um menino...

    -Eu acredito posso manter o silêncio, Robyn.

    Acompanho furtivamente, ficando próximo a ele apenas suficiente para tentar ficar em uma distância que eu possa vê-lo e ser visto por ele enquanto me oculto para todos demais me deslocando.

    Quando ele comenta de alguém se oferecer de ir à frente, eu até pensaria em ir se fosse no meio da cidade, mas aqui eu conseguiria avançar, mas não conseguiria detectar para onde nossa caça foi.

    Aliás, ninguém aqui discorda que o mais capaz para isso é o próprio "capa-verde".

    -Posso ir mais à frente, mas faço isso logo depois de você, Robyn. Estou sem arco, mas te dou cobertura.

    Mas comento que não é minha incapacidade de rastrear o problema e sim porque estou pouco equipado.
    Sayd
    Troubleshooter
    Sayd
    Troubleshooter

    Mensagens : 949
    Reputação : 36

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Sayd em Ter Ago 14, 2018 6:24 pm

    Gaspar tem razão e eu provavelmente sou o membro mais apto do grupo para essa função. Hesitei em assumir esse papel, pois fui apontado para liderar o grupo, mas a sugestão dele me estimula.

    "Muito bem. Sor Gerald, vou seguir um pouco mais a frente, à pé, junto a Gaspar. Você pode assumir a liderança enquanto isso?", eu pergunto, já desmontando de Sombra e me adiantando pela mata. Farei sinal para que Gaspar me acompanhe furtivamente.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    Claude Speedy
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1449
    Reputação : 24

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Claude Speedy em Ter Ago 14, 2018 8:25 pm

    -Estou logo atrás de você, Robyn...


    Sussurro em resposta enquanto me movo de forma esguia pela folhagem e as árvores.
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 0

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por nunessoares em Qua Ago 15, 2018 6:34 pm

    ''Robin e Gaspar seguem a frente esgueirando-se pela vegetação ao longo do sopé da montanha, Capa Verde conhece a região como se fosse uma amante de longa data, sabia que aquele caminho levaria a uma encosta íngreme onde o riacho Véu de Prata nasce. Após o penhasco uma infinita planície esverdeada surge, com o pequeno riacho prateado cortando-a ao meio, em suas margens cinco homens montam um pequeno acampamento, usam couro fervido com capas e botas de viagem, algumas aljavas e arcos podem ser vistos amontoados no chão.''

    Um dos homens parece estar se lavando no rio enquanto três sentam em circulo em cima de uma pedra nas margens do riacho, um outro homem esta mais afastado e amarra o que parece ser o corpo de um gato das sombras em um palafrém negro. Gaspar nota o que parece ser uma caça, o corpo de uma cabra das montanhas entre os três homens sentados em circulo.''


    Véu de Prata
    Spoiler:
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    Claude Speedy
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1449
    Reputação : 24

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Ago 15, 2018 9:48 pm

    "Pelos pecados do Forasteiro de Muitas Faces! Eles pegaram o felino antes de nós?"

    Começo a pensar enquanto me sinto incomodado em imaginar o problema que eles terão se meu amigo de capa esverdeada resolver retornar e contar aos encouraçados ajoelhadores que nos acompanham que a prova da morte do animal esta nas mãos de um clã livre da montanha.

    Eu preciso ser mais hábil para que uma injustiça com um grupo de nômades também sem espaço em meio a tão escassas paisagens... eu faço sinal para Robyn para que o rapaz recue... Penso apenas em dar a volta, mas preciso falar isso para ele de forma sussurrada em algum lugar seguro.

    Se conseguir me aproximar dele sem que eu note que os homens que pegaram o gato escutem, eu explico que é melhor pega-los distraídos para tomarmos o animal deles.
    Sayd
    Troubleshooter
    Sayd
    Troubleshooter

    Mensagens : 949
    Reputação : 36

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Sayd em Qui Ago 16, 2018 2:38 pm

    Observo o grupo por alguns segundos e depois atendo ao pedido de Gaspar para nos afastarmos um pouco.

    "Caçadores ilegais! Pelo menos não são homens dos clãs...", eu digo. "Estou mais preocupado em levar a justiça do lord a esses homens do que em recuperar a caça, mas é uma boa ideia pega-los desprevenidos. Eu sou capaz de atingi-los daqui de cima com o arco. Provavelmente poderia dar conta de dois ou três deles sozinho antes que eles começassem a reagir, mas estamos em maior número e podemos nos aproveitar dessa vantagem também. Talvez nem precisemos matar todos eles... retorne até o grupo e avise a eles sobre o que vimos. Um homem com arco pode vir até aqui junto a mim, enquanto os demais podem fazer a volta e se aproximar deles por terra. Eu e o outro arqueiro damos cobertura aqui de cima, caso eles resolvam resistir à prisão.", eu completo.

    Então retorno até a beirada e procuro algum ponto onde possa me manter oculto enquanto os observo. Sempre com o arco e as flechas bem ao alcance.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    Claude Speedy
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1449
    Reputação : 24

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Claude Speedy em Qui Ago 16, 2018 5:28 pm

    -Não há tempo para eu retornar, Robyn... Se eu retornar para pedir ajuda eles podem se deslocar para mais longe. Vamos ter de fazer isso sozinhos... Se ao menos você andasse com um corvo poderíamos trazer as tropas até aqui. Mas eu não pensei nisso antes...

    Certo arrependimento recai em minha mente.

    -Sir... digo, Robyn... Não é melhor aprontar seu arco, meu caro... E eu vou me aproximar um pouco mais? Caso eles tentem reagir será avançando... E com isso eu pego os que você não derrubar.

    Aguardo a resposta se realmente Robyn vai existir que eu chame reforço ou concordar com o que eu disse que não há tempo para isso... E já ansioso imaginando que talvez nem mesmo tempo para avisar Robyn sobre isso nós temos...
    Sayd
    Troubleshooter
    Sayd
    Troubleshooter

    Mensagens : 949
    Reputação : 36

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Sayd em Qui Ago 16, 2018 6:16 pm

    "Hum... eles não parecem estar com pressa...", eu digo, ponderando a ideia de Gaspar, de atacar os homens nós mesmos. "E mesmo que tentem fugir ainda podemos alcança-los. São cinco homens num campo aberto. Deixarão um rastro bem marcado certamente.

    Eu coço a barba, ainda cogitando as possibilidades. "Além disso, se eu atirar contra eles, eles devem fugir pra longe, e não em nossa direção... por último, confesso que não gostaria de ser o responsável pela sua morte, caso eles realmente venham em sua direção. Afinal você é um só. Vá buscar os outros. Me envie um arqueiro e vá com os outros para a abordagem em terra", termino de falar, já com minha decisão tomada.

    Enquanto aguardo fico espreitando sem me revelar ao grupo. Torço para que eles se demorem, porque se eles resolverem partir Gaspar fará mal juízo da minha tomada de decisões.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    Claude Speedy
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1449
    Reputação : 24

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Claude Speedy em Qui Ago 16, 2018 6:38 pm

    -Certo, Robyn. Você quem conhece o lugar que sabe... Também torço para que você tenha razão, rapaz.


    Que o Forasteiro Viajante Encapuzado nos oculte deles.

    Caminho sorrateiro de volta até os demais, o jovem não acredita que eu possa lutar com os homens abaixo. Ele mesmo poderia ser capaz disso... Há varias formas de se esconder lá em baixo e vendo como Robyn é capaz de se ocultar tão bem quanto eu poderia me ajudar a pegar os sujeitos abaixo.

    Mas vamos agir de forma segura.

    Vou buscar os demais...
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 0

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por nunessoares em Dom Ago 19, 2018 12:02 pm

    ''Gaspar chega ao grupo que vinha acompanhando lentamente pela retaguarda. Os cavaleiros seguem há frente, os caçadores tentam conter o latido dos cães, Sor Gerald rapidamente questiona -Onde está Robin homem?
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    Claude Speedy
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1449
    Reputação : 24

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Claude Speedy em Dom Ago 19, 2018 12:28 pm

    -Ei, Contenham o latido dos cães! Robyn encontrou um grupo de homens que pegou nosso Gato das Sombras bem abaixo da montanha! Ele quer embosca-los. Eu voltei para avisar vocês, ele ficou para não perder os sujeitos de vista... Andem, vamos até ele...

    Com isso retorno pela vegetação, imaginando que eu tinha razão em tentar me aproximar sem essas tropas tempestuosas atrás.
    Sayd
    Troubleshooter
    Sayd
    Troubleshooter

    Mensagens : 949
    Reputação : 36

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Sayd em Dom Ago 19, 2018 12:35 pm

    Permaneço atento ao movimento dos homens, pronto para agir caso eles deem sinais de que estão partindo.
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 0

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por nunessoares em Seg Ago 20, 2018 12:24 pm

    ''Bob e piti dirigem-se para o topo da encosta de encontro a Robyn enquanto Oto,Gaspar, Sor Gerald e Sor Walter contornam o penhasco, uma caminhada que leva poucos minutos.''

    -Isso é uma ofensa a nosso senhor, das mais grandes!(um sorriso irônico)O preço vai ser caro. ''Rosna Sor Walter''.

    ''Ao chegarem próximo as margens do lago os dois cavaleiros toma a dianteira do grupo, os invasores parece notar a aproximação colocam-se em posição lado a lado um do outro, começam a recolher seus pertences rapidamente.''


    ''No topo da colina Bob e piti alcançam Robyn'' -Mestre chegamos,o que aconteceu? Seei que as ordens foram apenas um homem mas tanto eu quanto Piti somos melhor com o arco do que com a espada. Bob fala em tom de agonia''
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    Claude Speedy
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1449
    Reputação : 24

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Ago 20, 2018 2:00 pm

    Não exatamente como eu imaginava, mas de maneira parecida com a que tentei avisar ao jovem o problema ocorreu. A demora e a chegada de uma imensa tropa barulhenta deixa os homens em alerta fazem de imediato a presença de todos. Tento então correr me escondendo literalmente atrás deles e aproveitando o imenso ruído metálico dos cavaleiros e os cascos de seus animais para aumentar minha velocidade enquanto furtivo. Eu contava que ninguém iria ouvir-me correndo e me ocultando enquanto os guerreiros chamam toda atenção para si.

    Enquanto me aproximo sorrateiro e ágil, arrependido em ter seguido o plano do Capa Verde ao invés do meu, penso a respeito de alguns dos hábitos dos ajoelhadores sempre me soavam estranhos, todos sempre preocupados de agradar os homens para quem dobraram-se perdendo sua liberdade que determinavam espaços na terra e nas ruas onde diziam que tudo ali pertencia a algumas pessoas especificamente. Não via diferença entre Meereen e Arryn quanto a escravidão e servidão, por conta disso meu trabalho não era juramentado como a desses homens... Meu "juramento" era de amor...

    Certamente era curioso ver o quanto sinceramente Sir Walter se irou ao ver que alguém se não o seu próprio senhor caçava em um espaço tão cheio de animais. Eu já tinha ouvido falar sobre isso, mas talvez meu ponto de vista fosse mais em encarar que a violenta natureza fora das regiões das cidades e portanto tudo que não fosse da espécie humana era um problema, homens vestindo outras cores, peles ou estandartes me pareciam meras futilidades... Por pouco eu mesmo não me fui embora ao ver o grande felino morto às costas dos caçadores, mas aqueles homens defendiam um tipo de honra estranha e obscura que eu não fazia nenhuma ideia de como funcionava.

    Robyn e eles estavam prontos para atacar aqueles homens, para defender a carne dos herdeiros. Eu furtivamente avanço com os cavaleiros como uma sombra de seus animais, enquanto fugia pelas árvores contornando para um local escondido logo ao lado dos cavaleiros.

    De trás de um local entre aquelas pedras, graças aos imponentes guerreiros eu me preparo para lutar.

    Pena, alguém vai acabar ferido... Do meu jeito eu poderia te-los derrotado sem morte.

    Mas de certa forma é melhor não expor isso ao Robyn ainda. Oculto preparo-me para atacar assim que a batalha começar.
    Sayd
    Troubleshooter
    Sayd
    Troubleshooter

    Mensagens : 949
    Reputação : 36

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Sayd em Seg Ago 20, 2018 2:10 pm

    Aguardo com impaciência a chegada de um outro arqueiro e para minha surpresa chegam dois deles antes que os homens lá embaixo tenham ido embora.

    "Dois é melhor que um, então não se preocupem, mas tentem não deixar os caçadores perceberem sua localização. Encontrem um bom local para atirar e, caso eles tentem fugir, ou entrem em combate com nossos homens, atirem contra eles. Parem de atirar se eles se renderem!", eu rosno sussurando.

    Assim que os dois arqueiros se posicionam nossos homens aparecem lá embaixo e com a aproximação deles os caçadores se apressam em partir. "Previsível", eu penso.

    Então escolho dois dos caçadores que pareçam estar mais adiantados na arrumação de suas coisas, e, colocando duas flechas na corda de meu arco, disparo contra eles. Tenho esperança de que os outros se rendam ao perceberem que há atacantes ocultos no barranco...
    Sayd
    Troubleshooter
    Sayd
    Troubleshooter

    Mensagens : 949
    Reputação : 36

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Sayd em Seg Ago 20, 2018 7:13 pm

    [Acrescento algumas informações ao meu post, por conta de ter notado que os homens abaixo são membros da casa Tollett]

    "Os malditos caçadores pertencem a casa Tollett! Por que os desgraçados não caçaram em suas próprias terras? Evitem escolher aqueles com um ar mais nobre para acertar a primeira flecha."

    Quando aos meus disparos, eu os farei contra os homens que parecerem os mais humildes do grupo. Eu não me importo de matar nobres que estão cometendo crimes nas terras de meu lord, mas prefiro matar seus serviçais e força-los a uma rendição.
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi
    nunessoares
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 155
    Reputação : 0

    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por nunessoares em Qui Ago 23, 2018 12:30 pm

    ''Um dos invasores pula no rio, Robyn surpreende um outro com uma flecha no pescoço e outra em seu peito, o homem cai com a mão segurando a flecha no pescoço enquanto regurgita sangue, possui uma barba negra emaranhada em um volumoso cabelo quebradiço. Bob consegue acertar o joelho de outro e Piti erra seu alvo.
    Os Cavaleiros seguem com espada em punho fazendo um circulo pelo leste afim de cercar os homens pelo rio, os três que restaram jogam seus pertences no chão e se rendem.

    Sor Walter aproxima-se dos invasores com sua espada em riste, uma bela lâmina de aço que brilha contra o sol, adornada com ouro em sua guarda.''

    -Com qual direito caça nas terras de meu senhor? Aborda Sor Walter.

    ''Todos os três parecem ser jovens, com não mais de dezoito anos cada, peles claras e cabelos curtos e castanhos, o primeiro deles está no chão com a flecha de Bob cravada em seu joelho, gritando de dor, o segundo parece assustado e confuso, tem palavras apenas para pedir perdão enquanto o terceiro olha de forma selvagem e furiosa para o cavaleiro''
    -POR QUE MATARAM ELE? O QUE FIZEMOS A VOCÊS?' Rosna o terceiro.''

    ''Sor Walter disfere um golpe rápido e limpo, o corte não é tão profundo mas abre uma brecha na bochecha do terceiro invasor.''

    -Não foi essa a pergunta que lhe fiz, e se gritar novamente cortarei sua língua. Caçam nas terra dos Goldwings, sem permissão, responderão perante meu senhor na fortaleza.'' Braveja o cavaleiro

    ''O invasor ferido coloca a mão no ferimento, lagrimas descem de seu rosto''

    -Não fizemos mal a vocês, estamos caçando nas terras de meu senhor, o rio faz a fronteira, o território dos Goldwings só começa depois do penhasco. Vocês mataram meu mestre. Choraminga o jovem.

    -Não, o território vai ate o rio e não o penhasco. Diz Sor Gerald.

    -Meu senhor cobrará sangue com sangue.
    Finaliza o invasor ferido, com a mão em seu ferimento.


    ''Em cima do penhasco Bob alerta Robyn''

    -Meu senhor, um deles fugiu pelo rio.

    ''O Véu de Prata possui mais de cinco metro de largura, sua correnteza é froz no meio do rio.''
    Conteúdo patrocinado


    Re: A caça ao gato.

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Fev 23, 2019 6:51 am