Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Parte lV: o velho diálogo de Adão e Eva

    Compartilhe
    nobod¥
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 62
    Reputação : 1

    Re: Parte lV: o velho diálogo de Adão e Eva

    Mensagem por nobod¥ em Sab Ago 25, 2018 4:12 pm

    A Aliança Mística
    Sim, na verdade disse muitas coisas, umas sem nexo algum”, respondia ela enquanto fumando caminhava pela sala do apê até um incensário acendendo um incenso de Jasmine. “Mas que parada é essa: 'nome do irmão dele?’”, perguntava ela se atirando no sofá e nem se preocupando se com o movimento seus membros ficavam à mostra. “Aliás...”, prosseguia cruzando as pernas ao se sentar, “ Como sabe que fui realmente lá e que conversamos sobre você? Está com ciúmes, chuchu?”, questionava ela num tom zombeteiro antes de levar o cigarro à sua boquinha risonha.
    (C) Ross
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1324
    Reputação : 23

    Re: Parte lV: o velho diálogo de Adão e Eva

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Ago 27, 2018 11:50 am

    O vampiro sorriu, exibindo seus longos caninos saltando devagar para fora da boca, dificultando um pouco sua fala enquanto acompanhava a visão que tinha da cruzada de pernas de Axelle... E tirou do bolso de seu casaco um conjunto de fotos que colocou em cima da mesa.

    -Era previsível que ele revelasse meu nome. Eu vou tentar explicar tudo para você, minha gostosa...

    Comentou com dificuldades para falar pelas presas enormes saltando enquanto ele observava. Em seguida as recolheu, diante dos olhos da garota que tinha certeza agora do que viu. Talvez outro truque fantástico, mas era realmente muito bom! Se não era um truque era provavelmente alguma prótese cara. Então Alex continua.

    -Você não é a primeira garota que mando para lá usando meu nome de Sam... Faço isso como código para novas potenciais empregadas do ramo dele de "acompanhantes". Mas seu caso é ainda mais especial... Merece saber a história da família de Arctus, ela é exotérica e bem fora dos padrões... Ele é herdeiro de um dos homens mais misteriosos e ricos do país. Ele cresceu na "Winchester Mystery House"... Por você ser uma israelense talvez não conheça... Mas é uma mansão em San Jose, Califórnia, que já foi a residência pessoal de Sarah Winchester, a viúva do magnata das armas, William Wirt Winchester.

    Localizado no 525 South Winchester Boullevard em San Jose, a mansão em estilo vitoriano é conhecida por seu tamanho, suas curiosidades arquitetônicas e sua falta de qualquer plano de construção. É um marco histórico da Califórnia e a casa está protegida pelo Registro Nacional de Lugares Históricos. Hoje ela é de propriedade privada, mas serve como uma atração turística pelos fatos que nela ocorreram.

    Desde que começou a construção em 1884, a propriedade e a mansão foi acusada, incluindo pelos próprios Winchester de ser assombrada pelos fantasmas dos mortos com rifles Winchester. Sob a orientação de Winchester, a construção começou, sem interrupção, até sua morte em 5 de Setembro de 1922, altura em que o trabalho cessou imediatamente.

    O biógrafo de Sarah Winchester, no entanto, afirma que a esposa de William Winchester demitia rotineiramente os trabalhadores. Após a morte de seu marido em 1881, Sarah Winchester herdou mais de 20,5 milhões de dólares. Ela também recebeu cerca de cinquenta por cento da Winchester Repeating Arms Company, dando-lhe uma receita de cerca de US $ 1.000 por dia, o equivalente a cerca de 23.000 por dia nos dias de hoje. Essa herança deu-lhe uma enorme quantidade de dinheiro que ela usou para financiar a construção da residência. E ela era cheia de superstição sobre fantasmas, por isso contratou a família Salvatore para cuidar da proteção contra fantasmas. O que ela descobriu ao longo de seus acordos é que eles eram mafiosos de uma família maior chamada Giovanni... E eram vampiros necromantes... Acredita? Uma família de outros igual a mim que brinca com forças dos mortos. Graças aos receios com fantasmas os Giovanni roubaram os protótipos de armas de Sarah e criaram a empresa da Beretta... Dizem que os próprios Giovanni devem ter posto os fantasmas na casa para começar... hehehe, são realmente sacanas...

    Sarah ficou mais atenta, as gerações seguintes foram todas treinadas para enfrentar vampiros, anjos, demônios e fantasmas. E passando até chegamos nos famosos "irmãos Winchester"...


    -Dean, que é o verdadeiro nome de Arctus e seu irmão Sam trabalhavam em consultorias pelo país, estudando casos de homicídio muito particulares nos anos 90. Vê o cabelo do Sam? Eu cortei igual hehehe... Com os recursos da venda de armas e o treinamento que os dois receberam sobre paranormalidade e o sobrenatural... Tudo ia bem... Mas aos poucos Sam começou a se achar interessado mais pelos poderes ocultos que encontravam... E nisso que tudo começa a ficar interessante...

    A cunhada de Dean, ou Arctus se preferir, Madison...

    Ela era uma lobisomem. Sim... Ela casou-se com Sam porque da família ele era o com o gene mais compatível para terem filhos lobisomens... Sim, eles em sua maioria nascem lobos... Foi então que Sam se viu "dormindo com o inimigo"... Ao descobrir tal fato, ele mesmo deu cabo dela... Sabe o que matar alguém que você ama faz com sua cabeça, Axelle? Bom, Sam Winchester sabe...



    ...tornando-se obcecado por tornar-se algo mais poderoso. Ele, como você, descobriu o poder que é tomar do sangue de  vampiros, mas ao contrário de você ele não nos pedia autorização. Ele bebeu de pesquisadores ocultistas poderosos, de um clã de feiticeiros que se transformou em vampiro por uso de mágika... Magiká com "K", como dizem eles! hehehe... Aí, aprendeu os segredos dessa mesma força... e continuou sua caçada até ele mesmo ser capaz de entender como virar uma das criaturas que caçava... Dizem que conseguiu! Amaldiçoou a si mesmo como um lobisomen!
    E agora mudou seu sobrenome de "Wincheter" para "Haight", como um tipo de escalada ao poder, sei lá. hehehe... O velho Dean fugiu dele, mudou de identidade e se esconde da receita federal e do velho Sam... Mas verdade é que Arctus precisa dar um jeito no Sam ou pelo menos cercar seus caminhos... E é aí que você entra, minha linda... Conseguir controlar ele vai ser uma vitória... para gente...


    E com isso, ele se ajoelha aos pés de Axelle, aguardando ela abrir suas pernas enquanto acaricia suas canelas.

    -Acha tudo isso loucura? Se sim... não esqueça de ir em seu compromisso no cemitério.
    nobod¥
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 62
    Reputação : 1

    Re: Parte lV: o velho diálogo de Adão e Eva

    Mensagem por nobod¥ em Dom Set 09, 2018 11:27 am

    A Aliança Mística
    Axelle mostrava certa curiosidade com as fotos, e até pegava uma por uma enquanto era acariciada e cedia ao pedido, eróticamente, subliminar.“Não sou a primeira, é? Ai, nunca fui boa em história” - disparou ela com ar zombeteiro​. Axelle, então, se virando de bruços, subindo e descendo seus pés, flexionando sua linda bunda e olhando para Sam após sua explicação, disse: “Fantasmas, Giovanni, lobisomens, criativo, sabe, mas você tirou isso de onde, parece Mozart!”. E notoriamente nervosa vociferou empurrando-o para longe da sua saia: “E que papo é esse de cemitério?”.
    (C) Ross
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1324
    Reputação : 23

    Re: Parte lV: o velho diálogo de Adão e Eva

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Set 12, 2018 9:08 am

    Ao ver a reação dela ele se afasta...

    -Ei, calma!... Não leve à mal... Arctus me contou da sua proposta de trabalho... E disse que ele marcou com você no cemitério. Era um segredo entre vocês?

    Sorridente ele deixa as presas crescerem e abrirem... sem falar muita coisa depois disso ou dar explicações ele avança sobre o pescoço de Axelle... Aparentemente querendo mudar de assunto.

    -Certo. Ele pediu para você levar alguma "coisa" mais "mental" para o Erik, ele esta com problemas de amnésia, e ele queria lembrar do passado dele. Se você puder ajudar...

    Ele fala, meio distante e cortando o próprio pulso com um canino e fazendo sangue escorrer...

    nobod¥
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 62
    Reputação : 1

    Re: Parte lV: o velho diálogo de Adão e Eva

    Mensagem por nobod¥ em Sab Set 15, 2018 3:42 am

    A Aliança Mística
    -”Marcou comigo?”, questionava ela finalizando:-”Não lembro disso, não”. “Lembro da conversa com Lilith, mas disso não”, pensava Axelle. Ela ao ver aqueles dentes se lembrava de como uma mordidinha deles pode ser mais prazerosa do que uma piroca. Seus pentelhos pubianos se ariçavam e ela gemia, se contorcia de prazer ao ser beijada pelo vampiro. Seus olhos reviravam e suas mãos acariciavam os cabelos do cainita. Ela transpirava de prazer até ele retoma a fala, enquanto que fazia um corte em seu pulso fazendo a vitae verter. “Miz’man, quem?”, se perguntava Axelle que disse:-”Erik!? Quem é esse cara, ajuda como?”. Ela aguardava ansiosa mordendo os lábios para poder chupar seu pulso, e sentir aquele sangue doce descer pela sua garganta.
    (C) Ross
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1324
    Reputação : 23

    Re: Parte lV: o velho diálogo de Adão e Eva

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Set 17, 2018 9:59 pm



    Alex se aproximava sorridente, entregando da vitae garganta a dentro da prostituta.

    -Eu sei bem o que houve, garota... Você pode não se lembrar porque ele te deu algo que te fez viajar, deve ter visto realmente Lilith e todos demais demônios do inferno. Entenda de uma só vez, o tempo em que se aproveita o prazer é o tempo em que você consegue fazer as pessoas perceberem do que são capaz... Talvez com seu narguile você consiga fazer ele fumar ervas que te façam dar mais noção sobre o tempo.

    Pelo que eu soube, você é capaz de ajuda-lo. Entender o que ele passou... Talvez vocês dois possam se ajudar com uma doação de memória...



    Enquanto ele observava Axelle se deliciar conforme o sangue escorre goela abaixo, o vampiro sorri e pega um violão de uma das outras garotas que esta ali jogado em um canto a sala. Ele observa, enquanto dedilha de leve as cordas e tenta afinar o instrumento.

    -Respire fundo, Axelle, enquanto o sangue preenche seu corpo... Você é a esperança desse rapaz. E a minha também... Erik é um soldado precioso para nós... Poderoso o suficiente para derrubar a concorrência de uma só vez. Então, faria isso para mantermos mais constantes nossas... "conversas íntimas".

    Ele então começa a tocar de leve uma música lenta.

    Conteúdo patrocinado


    Re: Parte lV: o velho diálogo de Adão e Eva

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Dez 13, 2018 4:27 am