Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Pokemon World

    Compartilhe
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Pokemon World

    Mensagem por Hellkite em Qui Ago 16, 2018 11:11 pm

    "É um novo mundo de aventuras...
    E o perigo é bem maior,
    é uma nova jornada com novas emoções,
    mas ainda temos que pegar..."

    Muito se comentava sobre os últimos acontecimentos e principalmente das últimas três semanas. Catástrofes que colocaram várias regiões de Algardhia em alerta e Meadowrue City não estava fora disto. Chuvas intensas acompanhadas de fortes trovoadas atingiam a grande metrópole sem piedade. Ventanias tão fortes que derrubavam árvores causando congestionamento no trânsito por toda a cidade. O aeroporto continuava fechado há mais de uma semana com situação de alerta e impossibilitado de manejar voos. Partes da cidade estavam inacessíveis tamanha era a quantidade de água e os esgotos não eram suficientes para drena-la. O grande rio que corta a cidade de do leste ao oeste transbordava sua água incapaz de conte-la.

    É neste cenário de calamidade que surgem os Raiders junto com Jessie, James e Meowth. E também Adam-547. Eles surgem no grande laboratório Pokemon da Prof. Ozzfy, uma misteriosa cientista Pokemon que, embora ninguém tenha visto seu rosto, todos imaginam ser uma mulher.

    Os mais determinados e valentes treinadores se aglomeravam diante do grande portal de vidro do laboratório que abriria às oito horas da manhã em ponto. Pontualmente as portas se abriram e desesperados para iniciarem suas aventuras, o grupo invadiu o grande hall de entrada do laboratório, o que era realmente imenso. Uma única mesa oval no centro do hall mostrava três tubos, que pareciam vir do chão, repletos de pokebolas.

    – Sejam bem vindos novatos! – Saudou um homem com uma voz imponente, chamando a atenção de todos para um jovem cientista Pokemon que estava trajado como tal. – Para aqueles que não me conhecem, eu sou o Cientista Owru, discípulo da nossa grande cientista Ozzfy!

    Os Raiders ali não chamaram nenhuma atenção especial, mesmo Maximus vestido com suas roupas futuristas. Adam-547 sussurra para os Raiders:

    - Neste mundo roupas fora do padrão não chamam nenhuma atenção, basta olhar para as roupas dos nossos contratantes. Devem estar achando que nós também somos treinadores de Pokemon.
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1078
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Gelatto em Seg Ago 20, 2018 10:06 am

    Akachi acompanha os Raiders, passando por porta atrás de porta do Nexus até que de repente, ela se abre para este amontoado de gente estranha em meio a calamidades naturais. Ao passar pela porta, Akachi nota que ela está tipo, suspensa no ar, a alguns centímetros do chão. "-Deve ser algum tipode glitch!", comenta baixo.

    -"Cientista Owru? Ozzfy? Acho que não joguei este..." fica olhando a tudo ao redor, aquele amontoado de treinadores em busca de fama e glória e pokemons. Então nota a mesa com os tubos de pokebolas...

    -"Não acredito! Não pode ser verdade! Teremos nossos próprios pokemons?", não escondia sua ansiedade e esperanças.
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2917
    Reputação : 5

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Srta. Moon em Seg Ago 20, 2018 10:30 am

    -Nunca vou me acostumar!
    Foi a unica coisa que falou assim que foi teleportada, antes de descobrir como estava a cidade. "chuvas intensas e muita água" pensou para si mesma não poderia ser a escolha de tempo melhor para trabalhar, no final teria que tomar muito cuidado. Não gostava da idéia de agir em dias de chuva por motivos óbvios para ela e quem conhecia suas habilidades.

    No enorme salão segurava firme a Puf e prestava atenção no que estava acontecendo a sua volta, tanta gente eufórica para aventurar-se usando criaturinhas era algo muito bizarro, mas quem era ela para julgar o que era ou não era bizarro sendo que poderia pipocar em muitas realidades diferentes e possivelmente muito mais bizarras. Depois do anuncio do Cientista Owru, Alexia voltou sua atenção ao grupo novamente e respondia ao comentário do Adam -547.
    -Eu me sinto tão anormal com meu jeans, tênis e casaco. Então o que vamos fazer? E não estou falando da roupa, mas do plano de ação na captura do nosso alvo...

    Olhava para a garota que acompanhava o grupo e sorria ajeitando os óculos no rosto encarando a mesa distante.
    -Tentador, muito tentador, mas não basta pegar um Pikachu qualquer, não entendo tanta admiração por um em especial que já tem dono?

    Suspirava com Puf nos braços esperando o pessoal tomar a decisão, mas no final seguia em direção ao Cientista Owru.
    -Tenho que deixar ela em segurança antes de sair caçando Pokemons...
    Tinha que deixar Puf segura em algum lugar foi um erro trazer ela junto, em dias normais a deixaria no dormitório, mas dadas as circunstancias do desespero do casal e pegar o Pikachu ela acabou tendo que levá-la na missão.
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 746
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por TheDuck em Seg Ago 20, 2018 11:01 am

    Maximus passou pela porta dimensional, e sentiu mais um frio na barriga, dessa vez não vomitou, talvez seu organismo começava a se acostumar. Olhou ao redor e se sentiu no passado, a pelo menos 700 anos atrás. Maximus vivia no ano de 2742, e agora vivenciava coisas dos século XX de uma terra chama Japão que nem existia mais. Para surpresa de todos, Maximus se encheu de euforia, abriu um enorme sorriso e deu um grito no hall.

    - Caaaaraaaaaa... Não acredito nisso? Estou num mundo de bichinhos falantes, otakus e otomes. Ahhh que termos velhos. Hahahahahahahaa. Que coisa mais irada.

    Maximus entrou em uma frenética euforia, foi andando com o grupo olhando e tocando em tudo que acreditava que podia tocar, via os animais seguindo seus donos, ou treinadores, ou amigos, não sabia definir com clareza. Apertou a mão do Dr a sua frente quando ele se apresentou.

    - Olá, sou Maximus, é um prazer estar aqui, gostei muito do seu mundo. Vamos pegar seu rato, vocês já tentaram uma ratoeira?
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Hellkite em Dom Ago 26, 2018 11:25 pm

    Akachi, tendo sido uma intensa jogadora de jogos baseados em pokemons em sua Terra, não consegue evitar de se maravilhar com a tecnologia e criaturas do Pokemon World. Os outros treinadores, aqueles que tinham vindo ver os cientistas superstars, olhavam para ela como se a mesma fosse uma caipira, afinal de contas quem nunca viu antes uma pokebola? Hmpf, amadores...

    Por sua vez Puf não conseguia evitar sua insegurança ao ver aquele amontoado de gente, e com certa dificuldade Alexia conseguiu deixa-lo mais calmo.

    -Eu me sinto tão anormal com meu jeans, tênis e casaco. Então o que vamos fazer? E não estou falando da roupa, mas do plano de ação na captura do nosso alvo..

    Adam-547, que estava vestido também como os outros Raiders, a exceção de Maximus com suas roupas futuristas, concorda com ela.

    - Pois é, o conceito de moda e estilo varia muito conforme as sociedades. Já conheci uma em que todos se vestiam em diferentes tonalidades de cor-de-rosa. Felizmente um grupo de Raiders destruíram o mundo que continha esta aberração – diz, e olha ao redor, mirando as faces dos treinadores – parece que Ash e seu Pikachu não estão por aqui, precisamos colher mais informações.

    Os dois então ouvem o grito de Maximus.

    - Caaaaraaaaaa... Não acredito nisso? Estou num mundo de bichinhos falantes, otakus e otomes. Ahhh que termos velhos. Hahahahahahahaa. Que coisa mais irada.

    Os outros treinadores voltam seu olhar para Maximus, fazem um sinal de que estava doido, e voltam a prestar atenção no Dr Owru. E eles ficam mais espantados ao ver Maximus passando a frente de todos e cumprimentando o doutor!

    - Olá, sou Maximus, é um prazer estar aqui, gostei muito do seu mundo. Vamos pegar seu rato, vocês já tentaram uma ratoeira?

    O jovem cientista pokemon ergue as sobrancelhas e coça o queixo.

    - Hmm, olá. Err, não temos problemas com ratos, o laboratório esta sempre limpo, e todas as pessoas jogam o lixo no cesto apropriado de reciclagem... Agradeço a preocupação, obrigado!

    Os outros treinadores, ao verem seu rival conversando com o famoso doutor, logo tratam de se amontoar para cima dele, sendo que nesta balburdia Maximus leva algumas cotoveladas.

    - Olá, eu me chamo Harry Eymor, eu vim de muito longe e gostaria de iniciar minha jornada Pokémon, o que mais nós precisamos saber? - Harry trazia um sorriso empolgante no rosto com um misto de ansiedade enquanto esperava a resposta do cientista.

    Aslan se aproxima ainda aos berros e com as mãos em cima balançando agitadamente de um lado para o outro:

    -E eu..s..sou As..aslan! Ufff...ufff...Gos..sotaria também!

    Cliff esperou os outros se apresentarem para depois ele mesmo falar baixinho.

    - Me chamo Cliff e... eu vim pegar meu... um pokemon, eu acho.

    – Acalmem-se! – Pediu Owru mantendo a paciência, afinal eram crianças... Crianças, Owru. O cientista respirou fundo, tentando organizar as palavras que estavam bagunçadas em sua mente. Ele não estava incomodado com o aglomerado de jovens, mas com a situação que Meadowrue City se encontrava. O profissional se perguntava se seria prudente que tal grupo começasse sua jornada em uma situação tão assustadora como aquela. Após alguns segundos que pareceram minutos, ele percebeu que todos o olhavam curiosos com sua expressão facial difícil de decifrar, era preocupação...

    Owru voltou a si depois de seu transe mental, pigarreou desviando seus olhos para a pequena mesa com tubos cheios de pokebolas – A região de Algardhia é famosa por seus desafios e enigmas, jovens... Diferente de outras regiões, aqui não apenas damos um Pokemon inicial de “graça”, mas o treinador deve merecê-lo e conquistar o seu direito... – Owru se afastou do grupo alguns passos, mantendo-se diante de todos – Venham comigo...

    O cientista guiou o aglomerado de aspirantes até uma enorme porta de madeira do outro lado do saguão de entrada. A porta continha dezoito símbolos que ilustravam os dezoito tipos de Pokemon conhecidos. Pegou de um dos bolsos de seu jaleco branco uma pequena chavinha torta e enferrujada que utilizou para destrancar a porta. – Muito bem... – Voltou a falar, desta vez demonstrando seriedade em suas palavras – Atrás desta porta encontrarão o que desejam... São dezoito caminhos diferentes, escolha o seu com atenção...

    James estava bem animado com toda aquela historia.

    - Mais que demais! Todos vamos ganhar um pokemon de graça! E se ao invés de escolher, entrássemos em cada um desses caminhos? – pergunta, mas leva um croque na cabeça, desferido por Meowth.

    - Não interessa esses pokemons de graça, James! Viemos pegar o Pikachu do Ash, que é especial! Se são de graça, é porque são ruins! – diz o pokemon gato.

    Jessie, com seu cabelo armado naturalmente, quase derruba um dos treinadores ao virar a cabeça.

    - Mas como todos sabem, Ash é colecionador de pokemons, e ele vai atrás de qualquer pokemon, por mais inútil que seja! Ele deve ter sido pego pelas tempestades, mas deve estar a caminho! Poderemos montar uma armadilha por aqui mesmo, pois com certeza ele virá para ca para ganhar seu pokemon de graça... Felizmente trouxe fantasias de cientistas para todos nós do grupo! Uwahaha! – diz, rindo ao final levando as mãos na cintura.
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1078
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Gelatto em Seg Ago 27, 2018 10:07 am

    -"Vocês fiquem aí com seus planos! Eu vou atrás do meu pokemon!", diz Akachi, ignorando o pessoal e indo pelo caminho cujo símbolo é uma gota d'água.
    -"Squirtle, aí vou eu!"
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2917
    Reputação : 5

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Srta. Moon em Seg Ago 27, 2018 3:28 pm

    Procurando por onde começar a sua busca Alexia ainda mantinha a Puf firme nos braços, mais tarde se preocuparia com o comentário da Akachi, sobre nomes no mais não mudaria. O animalzinho chamava-se Puf e continuaria assim, claro deixar a cargo daquela mimada riquinha o animalzinho provavelmente se chamaria Lady alguma coisa pomposa. Foi com agora grande estilista de moda Adam-547 que ela conversava sobre os modelitos que vestiam.

    Tinha uma idéia em mente, se o clima estava ruim lá fora, a primeira coisa que tinha de fazer era esperar aquele bando de crianças fanáticas se dispersar pegando logo seu primeiro Pokemon. teria comentado algo com o Adam estilista, mas sua atenção foi tomada pelo grito do Maximus sem muito alarde passou pela multidão faminta de fanáticos até o rapaz o segurando pelo braço e novamente la´vai mais um sorriso para o Dr. Owru e o Maximus o arrastando para longe da multidão.

    -Max a hora de brincar fica para depois, não sai fazendo comentários estranhos perto de um monte de crianças ou para o próprio Dr. celebridade... Soltava o braço do Maximus e procurava por algum computador na área de recepção, bastaria apenas chegar perto para fazer o que tinha em mente, mas antes explicou a todos o que pretendia, sem contar que também parou a jovem Akachi.

    -Vamos para a recepção ou outro ponto onde podemos encontrar e usar algum computador, vou tentar criar nosso cadastro aqui como novos funcionários, assim podemos esperar o Ash e pegar nosso alvo sem muito trabalho... Caso questionado, poderíamos dizer que é apenas um trabalho voluntario na ajuda com os Pokemons devido a tempestade e enchentes... Bom, quem vem comigo trabalhar disfarçada de funcionaria para roubarmos algumas informações ou possivelmente esperar para tratar dos possíveis ferimentos do Pikachu quando o Ash chegar e quem vai passar pela grande porta de madeira e trabalhar como treinador disfarçado para formar grupinho com o Ash em todos os casos acho que deveríamos trabalhar divididos, mas eu só acho...Quem esta a favor da minha humilde idéia levanta a mão...

    Alexia não deu muita importância para o que a dupla falava só respondeu sem emoção alguma, pois estava em missão e estava se tornando severamente chata igual a seus instrutores, no fim percebeu que gostava de seguir regras e planejar todos os detalhes da cada ação que iria tomar.

    -Acho que não deveríamos andar juntos...Não é nada pessoal na verdade se o Ash nós vir juntos com vocês vai ficar atento a nosso grupo, é melhor vocês dois ficarem em algum hotel ou outro lugar qualquer escondidos esperando nosso retorno em avisar que já estamos com o pacote em mãos e pronto para entrega...

    Ficou ali parada cuidando o movimento alheio e procurando um computador ou algo parecido com um para fazer o que tinha de fazer, claro antes tinha que esperar pela resposta do restante do grupo menos da Akachi “crianças” pensou para si mesma, tinha que deixar ela brincar um pouco.
    OFf: Aff vou ter que dar uns cascudos na Akachi ò.ó
    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 746
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por TheDuck em Qua Ago 29, 2018 1:06 pm

    - Hmm, olá. Err, não temos problemas com ratos, o laboratório esta sempre limpo, e todas as pessoas jogam o lixo no cesto apropriado de reciclagem... Agradeço a preocupação, obrigado!

    Maximus olha pra trás buscando o grupo em meio aquela multidão, acenando com a mão estendida para cima.


    - Pessoal, ele não tem mais problema com os ratos. Caso encerrado, primeiro de muito gale...

    Antes de terminar Maximus foi engolido por uma multidão de pessoas pedindo seus pokemons, Maximus ainda não entendia o que significava quando foi puxado abruptamente por uma mão ao lado. Quando olhou era Alexia com seu cãozinho.

    -Max a hora de brincar fica para depois, não sai fazendo comentários estranhos perto de um monte de crianças ou para o próprio Dr. celebridade...

    - Ué, mas não era os ratos que viemos buscar? Ai caramba, alguém me explica direito essa budega? Vocês falam como seu tudo fosse óbvio igual física quântica. Que saco.

    Após as sugestões de Alexia, Maximus concordou com tudo, acreditava que era necessário sim todos se conversarem e entender o que estava acontecendo.


    - Verdade, vamos a algum local mais afastado, eu quero entender e conhecer vocês também. É muita coisa pra uma cabeça só.

    Maximus saiu andando ao lado de Alexia, pois ela parecia saber o que estava fazendo e passava a sensação de que já esteve ali antes.
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1078
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Gelatto em Qua Ago 29, 2018 2:15 pm

    Akachi nem ouviu o plano, ela está lá primeirona (abriu caminho a força) em busca do seu tão sonhado pokemon.
    -"Vai vai vai! Saiam do caminho! Desinfetem!"

    [OFF: vou me divertir muito com esta criança uhuhahua /OFF]
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Hellkite em Seg Set 03, 2018 11:55 pm

    Maximus olha pra trás buscando o grupo em meio aquela multidão, acenando com a mão estendida para cima.


    - Pessoal, ele não tem mais problema com os ratos. Caso encerrado, primeiro de muito gale...

    Max é sobrepujado pela multidão de moleques chatos treinadores, e Alexia vem ao resgate. A mesma tentava controlar Max, que estava perdido como uma criança em um terminal de aeroporto. O mesmo, depois de constatar que a garota do cachorro estava mais familiarizada com aquela loucura toda, decide acompanha-la.

    -Vamos para a recepção ou outro ponto onde podemos encontrar e usar algum computador, vou tentar criar nosso cadastro aqui como novos funcionários, assim podemos esperar o Ash e pegar nosso alvo sem muito trabalho... Caso questionado, poderíamos dizer que é apenas um trabalho voluntario na ajuda com os Pokemons devido a tempestade e enchentes... Bom, quem vem comigo trabalhar disfarçada de funcionaria para roubarmos algumas informações ou possivelmente esperar para tratar dos possíveis ferimentos do Pikachu quando o Ash chegar e quem vai passar pela grande porta de madeira e trabalhar como treinador disfarçado para formar grupinho com o Ash em todos os casos acho que deveríamos trabalhar divididos, mas eu só acho...Quem esta a favor da minha humilde idéia levanta a mão...


    Todos levantam a mão, inclusive Jessie, James e Meowth.

    A garota dos cabelos armados da uma risada, apoiando as mãos na cintura finíssima.

    - Ahaha, parece um plano da equipe Rocket! Voce deveria vir trabalhar com a gente, Alexia! Imagine, roubar pokemons para a dominação mundial. Mundo, prepare-se para o problema!

    James emenda, “problema em dobro!”

    -Acho que não deveríamos andar juntos...Não é nada pessoal na verdade se o Ash nós vir juntos com vocês vai ficar atento a nosso grupo, é melhor vocês dois ficarem em algum hotel ou outro lugar qualquer escondidos esperando nosso retorno em avisar que já estamos com o pacote em mãos e pronto para entrega...

    O trio Rocket fica desanimado, com as mãos e os ombros caídos para baixo. Jessie limpa uma lagrima do olho.

    - Tudo bem, só queríamos ajudar... Mas esta certo, se o Ash der uma de esperto, nosso plano vai naufragar – dizem, dirigindo-se para a saída.

    (Alexia) Ficou ali parada cuidando o movimento alheio e procurando um computador ou algo parecido com um para fazer o que tinha de fazer, claro antes tinha que esperar pela resposta do restante do grupo menos da Akachi “crianças” pensou para si mesma, tinha que deixar ela brincar um pouco.

    NRPG: Computers 14. Roll: 18.

    Alexia, com seu alto conhecimento e familiaridade com aparelhos eletrônicos e digitais, facilmente descobriu a senha (12345) e inseriu novas entradas no cadastro de funcionários, emitindo crachás por ali mesmo.

    Adam-547 olha preocupado para Akachi se afastando. Ele coça a cabeça, e faz uma careta.

    - Este é um típico caso de deslumbramento, que pode resultar em um raider se tornando um rogue. É quando o mundo em que estamos é tão interessante para ele, que este decide adota-lo como seu. Muitos raiders se perderam desta maneira, e é ate compreensível... Existem uma meia dúzia de mundos que até eu me tornaria um rogue... – diz, fazendo uma cara de felicidade ao se imaginar em um destes mundos. Foi até necessário avisar Adam que estava escorrendo baba de sua boca.

    **

    Enquanto isto, Akachi, maravilhada com Pokemon World, abandona a missão e segue junto com a multidão de fedelhos o Dr Owru, e escolhe seguir ate a porta com o símbolo azul.

    Akachi nem ouviu o plano, ela está lá primeirona (abriu caminho a força) em busca do seu tão sonhado pokemon.
    -"Vai vai vai! Saiam do caminho! Desinfetem!"

    Akachi estava ao lado dos 3 moleques que tinham ido falar com o Dr Owru, Cliff, Aslan e Harry.

    Cliff manteve-se quieto desde o instante que chegou, apenas se movendo para guardar seu guarda-chuva quando adentrou o laboratório, e sentiu bastante alívio quando o cientista pediu para que os outros ali naquele local se acalmassem. O coração do garoto batia mais forte e suas mãos suavam dentro dos bolsos de seu short pelo incomodo de estar em meio a tantas pessoas que queriam seu próprio Pokemon...

    Aslan ainda estava ofegante enquanto Owru tentava acalmar as pessoas ele observa um grande número de treinadores e tudo aquilo o deixa empolgado. Ele observa a porta mencionada com todos os símbolos e mira três: Fantasma, Noturno e Psíquico. Eram os três tipos prediletos de de Aslan, ele sempre gostou de tipos misteriosos e sombrios, porém, seu coração faz seu olhar focar no símbolo fantasma.

    Harry observa os símbolos na porta imaginando se aquilo era apenas ilustrativo ou se aqui em Algardhia de fatos os dezoitos tipos de Pokémons poderiam ser adquiridos como Pokémons iniciais. O rapaz perde-se em seus pensamentos imaginando que se assim fosse ele não saberia com que tipo de pokémon iria começar, porém logo pensou nos três tipos básicos de Pokémons assim como era em Kanto, mas aqui parecia diferente como o próprio cientista havia falado.

    Dr Owru fechou a cara, insatisfeito com a falta de educação de alguns daqueles meninos.

    – Muito bem! – Começou o cientista mantendo-se diante do grupo ansioso – Como é lei na Liga Pokemon de Algardhia, cada treinador deve começar sua jornada com um Pokemon cujo tipo seja Água, Fogo, Terra, Elétrico ou Planta... – Explicou assim por que somente poderiam escolher estes cinco caminhos diferentes. – Cada uma destas entradas curiosas os levará para os setores correspondentes ao laboratório onde fica cada um desses tipos, mas é possível que encontrem outros tipos de Pokemon perdidos por lá... Devo alerta-los que, ao atravessarem estas entradas, vocês entrarão no habitat natural de cada um deles e, portanto, devem se proteger, já que ainda não possuem Pokemon nenhum.

    Orwu aproximou-se da primeira entrada, a que estava mais próxima dele. – Como podem ver, esta é a entrada para as estufas Pokemon, há um belo jardim e um bosque que fazem parte do habitar dos Pokemon Planta, é possível que encontrem Pokemons insetos por lá, também... Sugiro que tenham um mínimo de conhecimentos em sobrevivência para avançarem por aqui.

    O cientista avançou para a segunda entrada, ao lado da primeira. – Água, o mundo dos Pokemons aquáticos é fascinante, não é mesmo? Aliás, de todos os tipos em particular! Esta entrada os levará para o aquário Pokemon. Sugiro que saibam nadar minimamente para terem sucesso por aqui!

    Mais uma vez, Owru avançou para a porta seguinte, parando seus passos de imediato quando se lembrou de algo importante – Oh! – Exclamou, ainda mirando sua atenção na próxima entrada, a de Fogo – Eu quase me esqueci! Os iniciais de Fogo e Elétrico são exclusividade do Centro de Criação Pokemon da cidade de Amaranth, nós aqui de Meadowrue City temos a permissão apenas de oferecer-lhes os três tipos restantes.

    O Dr Owru observa todos os meninos e meninas por ali, e seu olhar se detem em Akachi. Ele põe a mão no queixo fazendo um bico.
    - Hmm, quantos anos voce tem, minha filha? – pergunta desconfiado para a Raider.
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1078
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Gelatto em Ter Set 04, 2018 7:01 pm

    Akachi estava toda empolgada. Um pokemon de verdade! Era tudo que mais queria... de que vale um animal de estimação se ele não tem ataque especial? Akachi tinha cinco pôneis que ganhara desde os quatro anos. Mas nada se compararia a um pokemon. Quem sabe o pokemon poderia ensinar alguns truques aos seus pôneis? Sua imaginação fervilhava.

    Se achava uma expert em pokemon depois que completou sua pokedex do Pokemon Go em dois dias. Claro que custou alguns milhares e alguns subornos, mas e daí? Era a primeira do mundo a ter todos os pokemons liberados no lançamento. Tinha orgulho disso.

    Fez uma cara feia para a estufa. Até se arrepiou um pouco quando ouviu sobre os pokemons insetos. Não que tivesse medo, mas eles eram bem feios.

    Conforme o professor Orwu ia dando sua explicação tediosa, Akachi já estava do lado da porta do aquário. Era ali que queria ir e ninguém a impediria neste momento. -"Sim, professor! Sim! O aquário! Sim! Abre a porta logo! Vai!"

    - Hmm, quantos anos voce tem, minha filha? – pergunta desconfiado para a Raider.
    -"Fiz 15 anos mês passado! Por quê? Vai me dizer que tem idade mínima? É tudo moleque aqui! Abre a porta logo! Quero meu squirtle!", diz, meio impaciente.

    Akachi olha para os outros treinadores e acha estranho não ver os outros raiders por aqui. Melhor pra ela, sobra mais pokemons.
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2917
    Reputação : 5

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Srta. Moon em Sab Set 08, 2018 2:59 pm

    Alexia não gostava da atitude da guria fanática por Pokemons, e muito menos com o que ela havia falado. Em outro tempo teria apenas dado um belo choque na criatura, mas como estava mudando sua maneira de agir com as pessoas, vestindo o manto de Líder do grupo tomava naquele momento uma atitude diferente. Olhava que o Max e Adam e dava de ombros.

    -Alguém deveria segui-la...


    Agradecida pela oferta de emprego ao casal e negando o pedido de forma educada pedia para a dupla de contratantes manter contato com o Adam para novas instruções futuras. Planejava tudo de forma eficiente seguindo fielmente o que aprendeu em seu treinamento no Raiders, a primeira coisa era fazer o reconhecimento do lugar e reunir informações para depois agir.

    Com tudo resolvido ela manteve seu foco nas maquinas encontrou uma acessível e não teve dificuldades em conseguir a senha para entrar no sistema e mudar alguns dados, estava pronto cada um tinha seu cartão que dava acesso ao lugar e principalmente ao sistema central do lugar. Ela pegava o seu registro e novamente usava seu elo com a maquina pedindo o mapa detalhado do lugar, coisa que provavelmente em um enorme quadro estaria estampada no centro do salão principal, mas queria telo em uma pequena tela igual a um GPS.

    -Viu só Adam. Se um dia precisar de alguma secretaria ou atendente no Bar me fala que eu te mando meu currículo...

    Sorrindo ela apontava para o registro de cada um.
    -Coloquei uma função condizente com cada um. no meu caso sou à enfermeira Jey, vamos nós apresentar no balcão ela vai ver nossos registros e seguiremos para nossos setores cada um procura pelo jovem Ash, vamos pegar um daqueles tablet que eles tem e formatá-los para nós trocarmos mensagens... E dar assistência a Akachi e outro que queira brincar de treinador (a) Pokemon...

    Dava alguns minutos para todos decidirem o que fazer ou acrescentar algo a mais em seu plano inicial. Deixou bem clara a idéia de que teriam equipamentos a disposição, alojamentos e comida para passar o dia tranqüilo. Logo com tudo já decidido ela seguia para a recepção apresentar-se para o serviço, tirava os óculos guardando no bolso de trás da calça segurava firme a Puff e novamente sorrindo apresentava-se a recepcionista, teria que colocar o uniforme e encontrar um lugar seguro para deixar a Puff descansando, mais tarde descobrir algum registro antigo do Ash e seu Pikachu no centro de atendimento Pokemon, uma vez ali dentro teria todas as informações necessárias sobre seu alvo, sorte seria vê registrar seu Pikachu para exames de rotina.



    OFF: não vou dar linha para a rapariga se não vou dar só de tapa na cara da Gorila Akachi.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Hellkite em Seg Set 10, 2018 8:11 pm

    ALEXIA e MAX

    -Alguém deveria segui-la...

    Vendo o humor em que estava Alexia, Adam acena com a cabeça e diz, com as mãos nos bolsos:

    -OK, pode deixar que tomo conta dela. Mas também se ela quiser ficar, não vou forçar... Apesar da figura frágil, ela é super-forte, como nas revistas de heróis de seu mundo.

    -Viu só Adam. Se um dia precisar de alguma secretaria ou atendente no Bar me fala que eu te mando meu currículo...

    O replicante olhava interessado a desenvoltura com que ela acessava nos sistemas do laboratório.

    - Oh, seria muito providencial ter uma segunda atendente. Queria implantar um sistema de controle de comandas no Nexus, pois tem muita gente que consome e não paga. Esta certo que nem todas as criaturas tem o conceito de capitalismo em suas sociedades, porém o Bar Nexus funciona com dinheiro, então o cliente aprende ou leva uma surra.

    -Coloquei uma função condizente com cada um. no meu caso sou à enfermeira Jey, vamos nós apresentar no balcão ela vai ver nossos registros e seguiremos para nossos setores cada um procura pelo jovem Ash, vamos pegar um daqueles tablet que eles tem e formatá-los para nós trocarmos mensagens... E dar assistência a Akachi e outro que queira brincar de treinador (a) Pokemon...

    Todos concordam com o plano de Alexia, e então eles vão ate os vestiários para se trocarem. Sentada num sofá do vestiário feminino, Alexia se encontra com a enfermeira Joy, que providencia uma vestimenta igual ao dela para a Raider.



    No salão eles voltam a se encontrar, Max e Adam devidamente disfarçados de doutores do laboratório. Adam-547 leva a mão ao coração ao ver Alexia de enfermeira. “V-v-voce fica muito bem de enfermeira, A-a-alexia!”, balbucia.”B-b-bem, agora eu vou para la, quer dizer, ca, atrás da enfermeira, quer dizer, raider que ate esqueci o nome... Tchau!”

    Enquanto cada um vai para o seu setor, Alexia aguarda na recepção. Não demora muito que aparece um rapaz bem apessoado, usando luvinha verde sem dedos, jaqueta azul e um boné branco e vermelho, com um pokemon no ombro, o famoso Pikachu!



    Ele estava, no entanto, um tanto quanto desesperado, e vai direto para Alexia.

    - Enfermeira Joy, enfermeira Joy! Meu Pikachu foi pego pela inundação, e parece que ele ficou doente! Por favor, faça alguma coisa, eu te peço, enfermeira Joy!!! – diz, enquanto segura a mão de Alexia.



    - P-p-pi-ka-atchim! – espirra o pokemon.

    **

    AKACHI

    Enquanto isto, em frente da porta dos pokemons de agua...

    -"Fiz 15 anos mês passado! Por quê? Vai me dizer que tem idade mínima? É tudo moleque aqui! Abre a porta logo! Quero meu squirtle!", diz, meio impaciente.

    Com esta resposta Dr Owru fica mais tranquilo. Apesar de maior que os outros, era também uma pirralha sem respeito algum.
    - Hmm, não tem idade mínima, é que normalmente os maiores já tem os seus pokemons... Voce está meio atrasada, mas nunca é tarde para começar.
    Depois disto o Dr continua sua explicação entediante, mas a mente de Akachi estava só viajando na maionese com o seu futuro Squirtle. Ela é interrompida em seu devaneio por Adam-547, que estava vestido como doutor cientista do laboratório.

    - Vim ver como estava Akachi... E também para lembrar que temos uma missão a cumprir, garota – diz, em tom amigável.

    Um dos grupos de treinadores mirins então passa pela porta com o símbolo azul, e Akachi e Adam os acompanham para dentro do...

    Aquario Pokemon!



    O caminho para o aquário não era longo, muito pelo contrário, e era possível ver seu inicio logo da entrada da porta. Akachi, um dos moleques, Cliff, e os demais que almejavam pokemons do tipo água logo se encontraram em um caminho formado por um tubo gigante e circular. Várias luzes brancas clareavam o caminho e iluminavam alguns metros do que existia ao redor do tubo de vidro, o grande aquário. Um grande Gyarados passeava nas proximidades, contornando o caminho de vidro até novamente sumir do outro lado onde a iluminação não era possível.

    “Uow...” Exclamou o grupo surpreso. Ninguém ali tinha ideia que, no interior do laboratório de Ozzfy, pudesse haver um lugar tão emocionante e surpreendente. Um grandioso aquário se estendia até onde os olhos já não conseguiam ver, isto porque a pouca iluminação, talvez proposital, não permitia. Goldeens e Magikarps  nadavam em bando e eram o que mais existia por ali. Alguns adolescentes aproximavam os narizes da parede de vidro até quase espreme-los para conseguir ver o máximo que lhes era possível.

    – Ei, será que podemos começar com qualquer Pokemon de água? – Indagou uma menina de óculos que andava junto do grupo.
    – Vai saber... Eu adoraria começar com um Psyduck! – Respondeu outra menina que não podia conter seu amor pelo pato amarelo.



    – Psyduck?! – Disse uma voz firme e decidida. Uma garota de longos cabelos castanhos escuros, grandes olhos verdes, um rosto expressivamente determinado, muito segura de si, que trajava uma vestimenta simples para uma garota, um vestidinho branco com detalhes verdes e uma pequena bolsinha que levava atravessado ao corpo. – Mas que pokemon mais mongoloide, você quer... – Debochou ela levando as costas de uma das mãos à boca abafando uma risada maldosa – Eu pegarei o melhor Pokemon de água!

    **

    ANONIMO

    Enquanto isto, no caminho para o hotel da cidade...



    Andavam cabisbaixos pela estradinha enlameada os membros da equipe Rocket, Jessie, James e Meowth, tão distraídos que nem perceberam que Ash corria com seu Pikachu em direção do laboratório Pokemon.

    James limpa uma lagrima do olho.

    - Assim não dá, pensava que finalmente conseguiríamos pegar o Pikachu do Ash com nossos novos amigos.

    Meowth suspira.

    - Mas de repente nós poderíamos ter sido uteis, mesmo não estando a vista. Varias vezes nos escondemos nos arbustos, e Ash nunca nos viu, ate chegar o momento certo.

    Jessie para e da uma risada.

    - A-há-há! É isto! Podemos ajudar, basta não sermos vistos! Serviremos como uma equipe reserva, ou melhor, reforços para quando a hora da virada chegar! Os males da pureza e do amor não irão vingar! – diz, com a mão em formato de punho.

    De repente, um buraco se abre no ar, e dele sai um homem mascarado, todo de preto, com uma arma na mão. Era o anônimo.

    James e Meowth pulam para cima de Jessie, amedrontados. A garota de cabelos ruivos armados tem uma gota de suor única escorrendo pela face.

    - Q-q-quem é voce? Também é um Raider? – pergunta, com os olhos arregalados e tremendo.
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1295
    Reputação : 23

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Claude Speedy em Seg Set 10, 2018 9:41 pm




    Tah...um deles parece que não... ficou bem...Eu preciso mesmo é pensar em outra forma de trabalho.

    Atravesso o portal e a primeira visão que tenho é surpreendente. Olho um casal idêntico aos personagens do vilões do Pokemon depois observo pouco abaixo um garoto...


    -Caracás! Que cosplays irados! Estão idênticos à Jess e ao James! E esse "Miau" tá show! Parabéns, deve ter sido muito difícil costurar isso...  Você é uma criança ou um anão...? Enfim... Não se assustem... eu não sei que evento é esse, mas to procurando os...Não, pera... Você disse Raiders... Como sabe da gente?

    Engatilho a arma... Esses cosplayers parecem saber muita coisa.

    -Tah, beleza tem algo meio errado nessa joça... Eu só preciso encontrar o pessoal para missão, certo? Aquele Adam só pediu para eu vir... Sabem o que sobre isso, molecada...?

    Ajeito os cartuchos...
    [/quote]
    Gelatto
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1078
    Reputação : 9
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Gelatto em Ter Set 11, 2018 8:03 pm

    - Hmm, não tem idade mínima, é que normalmente os maiores já tem os seus pokemons... Voce está meio atrasada, mas nunca é tarde para começar.
    -"Dá um desconto, cheguei hoje aqui! Se eu soubesse que este mundo era real antes, eu teria vindo mais cedo!"

    Pensamentos de akachi: squirtle squirtle squirtle

    - Vim ver como estava Akachi... E também para lembrar que temos uma missão a cumprir, garota
    Akachi nota que Adam está vestido de doutor e por um momento se lembra do momento em que acordara no hospital após ser nocauteada pelos delinquentes que assassinaram seu avô... então ela esfrega os olhos e balança a cabeça, colocando sua cabeça no lugar: -"Adam? É você? Por um momento pensei ser outra pessoa... e olha só pra você! Esta roupa lhe cai bem! Parece um hominho já! Tá tá, a missão! Daqui a pouco! Depois do meu squirtle..."

    Akachi não esconde sua admiração pelo grande aquário pokemon. Ela já visitara alguns aquários deste porte antes. Ela se maravilhava com a beleza do fundo do mar. Mas este aquário era especial: não havia peixes como os do seu mundo, havia sim eram pokemons aquáticos. E dezenas deles! Ela começou a babar de admiração! Era um sonho realizado! E quando o gyarados passou, seu coração quase parou de emoção. Não havia palavras para descrever os sentimentos da pequena. Então, ela enxugou a baba do canto da boca e apontou seu indicador para o gyarados em tom de desafio: -"Tu vai ser o próximo!"

    Eu adoraria começar com um Psyduck!
    – Psyduck?! [...] Mas que pokemon mais mongoloide, você quer...
    A atenção de Akachi se volta para a conversa das garotas: -"Hahaha! Falou tudo! Já vi que vai virar coadjuvante! Quack Quack! Perdedora!", e começa a tirar sarro da admiração da garota. Akachi nunca foi uma santa quando se trata de tirar sarro dos outros.
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2917
    Reputação : 5

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Srta. Moon em Qui Set 13, 2018 9:34 am

    Alexia apreciava a organização e eficiência da nova equipe, claro tinha a rebelde, mas o segredo era saber lidar com ela. em outras palavras tinha que ter mais calma e jeitinho com uma dose grande de paciência na verdade não sabia porque pensava assim, mas tinha um pressentimento que teria que ter muita paciência com aquela guria.

    Agradecia novamente ao Adam por sacrificar-se na tarefa de ser babá da Akachi, sorria ao ver a oportunidade de ganhar uma grana extra trabalhando como atendente no Bar Nexus, mais tarde daria algumas sugestões sobre o futuro sistema de controle de comandas e um sistema de conversão e créditos de uma moeda universal valida naquele ponto neutro de encontro.

    Segurando firme a Puf ela mostrava-se contente por aceitarem sua ideia, naquele momento era algo viável e possível devido a confusão da tempestade sem contar que evitaria a exposição do grupo ou sua intervenção direta naquela realidade e se ainda assim o fizesse seria de uma forma um pouco mais sutil e sem violência evitaria o combate o máximo que conseguisse.

    Sentada no conforto do sofá do vestiário feminino Alexia sempre de forma simpática agradecia pela ajuda de sua colega de trabalho, conversava com a Joy tentando conseguir mais informações do lugar ou pessoas enquanto a mesma lhe entregava o uniforme. "Tá bom. Eu desisto!" foi a unica coisa que pensou, enquanto tirava a roupa e dobrava com zelo guardando logo em seguida no armário junto com a mochila, enquanto isso Puf estava calmo no sofá, assim que começou a colocar o uniforme já estava à planejar suas próximas ações, mas bastava esperar ou procurar o Ash no sistema provavelmente ele tinha algum registro.

    No salão via os rapazes já disfarçados de doutores e sorria para ambos com Puf em seus braços. Quando foi comentar algo foi cortada por um Adam "pasmado" com a mão no coração foi estranho vê-lo perder a fala, ele sempre conversava com ela sem ter aquele tipo de reação. No final ela apenas sorria para não deixa-lo ainda mais sem jeito, pelo visto tinha o pegado de surpresa.

    -Obrigada! Fico grata pela observação...

    Na recepção ela tratou de acessar o computador pesquisar sobre a planta do lugar, ver onde era cada sala e sua função dentro do centro Pokemon, logo pesquisaria um pouco mais sobre o Ash, seus registros de Pokemons, entrada e saída das criaturinhas da enfermaria e tudo sobre o Pikachu, entretida no que estava fazendo não acreditou no que viu o Ash e o famoso Pikachu, pelo visto ele estava muito desesperado. Alexia só segurava a Puf firme e encarava o jovem que de forma inesperada segurava a sua mão em desespero.

    Um pouco sem jeito pelo ato do rapaz Alexia só tentou acalma-lo, não estava preparada para nenhum tipo de procedimento veterinário.

    -Fique calmo. Qual é o teu nome? O que aconteceu com o teu amiguinho, vejo que ele anda meio doente, bem como você falou, faz quanto tempo que o teu Pikachu esta assim? Desvincilhava-se do toque do rapaz e tentava passar a mão na criatura para conferir sua temperatura ou se não tinha algum machucado, e no mesmo tempo olhava ao redor procurando por Max, já que o Adam saiu para gastar seu tempo nas brincadeiras da Akachi. Ela queria que o Max fala-se alguma coisa, que passaria algum tipo de confiança para o jovem tipo aquela coisa de garotos no sentido aguenta firme vai ficar tudo bem, logo depois alguns termos científicos e médicos de um veterinário para terminar com chave de ouro, provavelmente na manha seguinte estaria com o Pikachu enjaulado e entregue ao casal contratante e perto das onze horas estaria no Bar Nexus conferindo seu pagamento. Agora frente ao alvo ela rezava e olhava apreensiva para Max lembrar o nome do animalzinho e não chama-lo de rato elétrico ou pior comentar sobre ratoeiras.

    TheDuck
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 746
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por TheDuck em Seg Set 17, 2018 1:09 pm

    Max caminhou ao lado de Alexia e via todas as situacoes, viu quando Alexia se tornou uma enfermeira e comecou a compreender o que realmente estava acontecendo, olhava em volta, foi ate a janela e olhou para o ceu, a mente de Maximus comecava a compreender e seus neuronios comecavam a pensar.

    Foi no embalo de Alexia e concordava com cada passo que ela dava, por hora Max estava montado as pecas no seu quebra cabeca mental, Alexia saiu vestida como enfermeira enquanto Max colocou o jaleco dos medicos locais. Apesar de nao entender muito sobre bichomons ele em sua terra natal tinha um pequeno contato com animais.

    Alexia se posicionou atras do balcao, e Max continuou a observar o comportamento das pessoas, dos animais e do proprio ambiente, ligava as coisas e percebeu que o nomes dos animais eram dados pelos sons que eles emitiam, e que eram guardados em pequenas bolas de metal que emitiam um raio encolhedor, se preocupou em como animais poderiam viver assim, na sua epoca ja tinham movimentos para banimento de zoologicos quem dira de bolotas metalicas.

    Max tentou compreender tambem a relacao desses animais com os humanos e o porque da necessidade deles quererem tanto tais bichos, que egocentricos, pensava Max.

    Ao virar para discutir seus pensamentos com Alexia, viu em suas maos o dito cujo, aquele roedor amarelo e de listras vermelhas, um especime diferente de fato. Alexia olhava aflita para Max e viu que era um pedido de socorro. Por parte do mestre bichomon e tambem pela Alexia.

    Calmamente com as maos para tras Max andou ate o garoto e olhou para Alexia dizendo

    - Pode levar nos vemos na sala de avaliacao e triagem.



    - Senhor, se acalme, disse se dirigindo ao garoto, nos vamos cuidar dele com todo o carinho, qual o nome dele? Entendo, peco que se acomode, e se tranquilize, por precaucao vc tera descontos no local mais proximo para comer e descansar. Logo logo traremos mais informacoes a voce.

    Max se despedia do garoto e entrava para a sala de triagem, ou a sala que Alexia tenha entrado por nao saber onde ficaria a triagem.


    P.S meu telcado bugou em ENG, entao a pontuacao ta besta.
    Hellkite
    Adepto da Virtualidade
    avatar
    Adepto da Virtualidade

    Mensagens : 1999
    Reputação : 127
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Hellkite em Seg Set 17, 2018 11:20 pm

    ALEXIA E MAX

    conversava com a Joy tentando conseguir mais informações do lugar ou pessoas enquanto a mesma lhe entregava o uniforme

    A enfermeira Joy era muito solicita e simpática, mesmo com alguém que nunca tinha visto antes. “Ah este local é o mais moderno que existe em matéria de Habitats para pokemons! Temos de vários tipos, reproduzindo ao máximo o ecossistema de cada um deles. Tenho muito trabalho, pois sempre aparecem pokemons doentes ou feridos. Mas o Dr Owru é muito competente, apesar de parecer severo, ele sempre ajuda os novos treinadores a escolherem seus pokemons!”, diz a garota de cabelos cor de rosa para Alexia.

    Depois de se despedir de Adam, Alexia e Max dirigem-se ate o balcão, onde dariam prosseguimento com seu plano de colher dados, porem nada disso seria necessário, pois o próprio Ash estava a suas frentes com o Pikachu.

    -Fique calmo. Qual é o teu nome? O que aconteceu com o teu amiguinho, vejo que ele anda meio doente, bem como você falou, faz quanto tempo que o teu Pikachu esta assim?

    O rapaz tirou o boné e ficou segurando a sua frente com as duas mãos. Seu olhar era aflito de preocupação.

    - Meu nome é Ash Ketchum! Sou de Pallet Town, e sou um treinador Pokemon. Estavamos vindo para o grande laboratório de Pokemon de Algardia, e no meio da viagem fomos pegos pelos fortes ventos da tempestade. Pikachu, o meu pokemon, pegou muita chuva e o vento frio o fez ficar resfriado... Ele esta com febre alta e sente dores no corpo... Isto já deve fazer 3 dias, e nenhum anti-termico funciona para baixar sua temperatura!

    Desvincilhava-se do toque do rapaz e tentava passar a mão na criatura para conferir sua temperatura ou se não tinha algum machucado

    Realmente parecia que a temperatura do pokemon estava alta, mas era difícil saber, afinal de contas qual era a temperatura normal de um Pikachu? Estava com alguns arranhões pelo corpo, parecia que tinha sido arrastado pelo vendaval.

    - Pode levar nos vemos na sala de avaliacao e triagem.

    - Senhor, se acalme, disse se dirigindo ao garoto, nos vamos cuidar dele com todo o carinho, qual o nome dele? Entendo, peco que se acomode, e se tranquilize, por precaucao vc tera descontos no local mais proximo para comer e descansar. Logo logo traremos mais informacoes a voce.

    Ash acompanha o doutor Max e a enfermeira Alexia Jey, sem dar mostras que iria desgrudar de seu pokemon.

    - O nome do Pikachu é Pikachu. Eu quero acompanhar todo o tratamento, estou muito preocupado com ele, o Pikachu é meu amigo, temos uma ligação muito forte, todos dizem isto. Não vou sair do lado dele até que melhore! - diz o rapaz, fazendo com a mão direita um punho de determinação.

    Max se despedia do garoto e entrava para a sala de triagem, ou a sala que Alexia tenha entrado por nao saber onde ficaria a triagem.

    Não importava o quanto Max o enxotasse, Ash Ketchum não dava mostras que iria deixar seu pokemon sozinho.

    **

    AKACHI

    -"Adam? É você? Por um momento pensei ser outra pessoa... e olha só pra você! Esta roupa lhe cai bem! Parece um hominho já! Tá tá, a missão! Daqui a pouco! Depois do meu squirtle..."

    Adam-547 sorri, olhando para si mesmo em seu jaleco.

    - Pareço um... hominho? Há-há, você é muito fofa, Akachi - diz, fazendo graça - Agarre logo este squirtle para irmos embora daqui. Só lembrando que se porventura conseguir, ficara responsável por ele e suas ações. O que inclui limpar a merda dele. Não se esqueça de carregar saquinhos plásticos de supermercado.

    Sendo a peste que é, Akachi se junta a outra menina no bullying.

    -"Hahaha! Falou tudo! Já vi que vai virar coadjuvante! Quack Quack! Perdedora!"

    A outra menina também começa a imitar um pato e andar de um lado para o outro balançando, fazendo com que as meninas que gostavam de Psyduck saíssem chorando dali, traumatizadas pelo resto da vida.

    A outra peste faz um high-five em Akachi.

    - Tai, gostei de voce, é diferente dessas outras crianças babacas que ficam embasbacadas com qualquer pokemon...! Acho que ficaríamos bem em uma equipe... Meu nome é Nina Blue.

    Então através do espesso vidro do aquário, passa nadando uma tartaruga com cara de bebe bem grande e rabo enrolado.



    Os olhos de Nina Blue brilham quando o ve, e ela fica grudada no vidro embasbacada. “Voce vai ser meu, Squirtle...”, diz em tom de voz firme.

    **

    ANONIMO

    -Caracás! Que cosplays irados! Estão idênticos à Jess e ao James! E esse "Miau" tá show! Parabéns, deve ter sido muito difícil costurar isso... Você é uma criança ou um anão...? Enfim... Não se assustem... eu não sei que evento é esse, mas to procurando os...Não, pera... Você disse Raiders... Como sabe da gente?

    O Meowth cruza os braços e faz cara de magoado e indignado.

    - Meowth, por que todo mundo agora ta falando estas bobagens? Eu sou o grande Meowth, igual a mim não tem, eu sou do mal! Um Pokemon do mal, entendeu? - diz, mostrando as garras.

    Com o clique da arma, a equipe Rocket começa a chorar.

    - Não mate a gente não, a PBF veio ate nós e perguntou o que a gente queria, a gente queria o Pikachu do Ash, e falaram que iam conseguir pra gente, e que depois iam cobrar... Entao os Raiders falaram pra gente ir pro hotel, mas a gente não vai para o hotel, vai ajudar a pegar o Pikachu do Ash! Não mate a gente poooorrr faavoooorrr!!!! - dizem com uma única voz.

    -Tah, beleza tem algo meio errado nessa joça... Eu só preciso encontrar o pessoal para missão, certo? Aquele Adam só pediu para eu vir... Sabem o que sobre isso, molecada...?

    Ajeito os cartuchos...

    - Não mata a gente não, por favor!!! - dizem novamente chorando - A gente leva voce, os seus amigos estão lá, naquele laboratório enorme, é o laboratório pokemon! O Adam está lá, e também as duas meninas e o rapaz do futuro! E tem também o cachorrinho da menina!
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1295
    Reputação : 23

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Claude Speedy em Ter Set 18, 2018 12:31 am




    Diante da "coragem" deles eu recoloco o fuzil nas costas.

    -Desculpem, molecada. É que nem conheço exatamente minha equipe. Vim para reforçar alguma falha que teve na missão... Estão me levem... Estão dizendo que são REALMENTE os personagens do seriado de Pokemon? E que vocês que nos convocaram? [/color]

    Caminho ao lado deles.

    -Tah, então estou revivendo minha infância. Sabem que vão trocar vocês pelos Digimon daqui uns anos, né? Ah, não importa... Eu preciso saber onde o tal Ash esta e aí conversamos.

    Caminho ao lado deles e observo ao redor e tento ir pelas vielas menos vigiadas e movimentadas eu ver...

    -Até onde me lembro o propósito de vocês com o Pikachu era o pior possível, não? Qual a utilidade dele...? Entrar em outras dessas brigas de galo por créditos?

    Caminho sem preocupação, mas alerta carregando a arma nas costas.

    -Vocês falaram que a equipe do PBF vai cobrar?

    Aguardo as sinceras respostas, afinal estou em posição de poder atirar se precisar. Isso é curioso, será que os desgraçados do governo reptiliano finalmente privatizaram todos serviços cósmicos?

    E pelo que eu via na série, a equipe Rocket é uma máfia maldita que caça pokemons para fazer algo pior que participar de arenas.

    [/quote][/quote]
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2917
    Reputação : 5

    Re: Pokemon World

    Mensagem por Srta. Moon em Ter Set 18, 2018 3:32 pm

    Alexia sorria com mais tranqüilidade ao perceber que Max entrava na onda, encarando seu personagem e sendo até que muito convincente. Ao passar a mão na criaturinha ela realmente viu que a mesma estava com muita febre sem contar os inúmeros machucados, coisa que não agradou nem um pouco a jovem.

    -Três dias! Você é muito irresponsável... Agora siga ele e o obedeça em tudo... Apontava para o Max lhe entregando um Tablet, tocando na tela. -leia as mensagens que eu te mandar e pode escrever tuas duvidas que eu vou ler...

    Assim ela pegava o Pikachu e guiava o Ash e Max pelo lugar, estava procurando a sala no qual deixavam as criaturas em quarentena, mas procurava uma sala vazia onde poderia deixar o Pikachu em um leito e não ser incomodada por ninguém, e o que melhor do que uma sala reservada para observação, não queria passar o resfriado da criaturinha para outros Pokemons. Enquanto andava comunicava-se com o Max pelo Tablet, graças a suas habilidades bastava apenas concentrar-se um pouco e assim ela o fez enquanto estava à procura da sala especial com o Pikachu nos braços. O Tablet tocava o sinal de mensagem para o Max na tela de forma escandalosa e chamativa, além de tentar acessar a planta do lugar.


    Mensagem:
    Alex [Oi!]
    Alex [Deixa o guri vir junto]
    Alex [Na sala podemos dar algo para ele e fazer com que ele durma até amanhã]
    Alex [Eu aprendia alguma coisa com um documentário de veterinária...]
    Alex [Acho que consigo estabilizar nem que seja o Pikachu]
    Alex [Vou te mandar... Algum relatório explicando sobre quais injeções ou algo do tipo, que poderíamos usar para baixar a febre do Pikachu]
    Alex [ Link. Eu sei que é de cachorro, mas é tudo a mesma coisa.]
    Alex [Tem Aplicar injeção ]
    Alex [ Tem alguma ideia do que fazer, vamos continuar com o plano ou já pegamos o animal doente e vamos embora?]




    OFF: Link e Vídeo só de zoação huahauhauahuah
    Eu tenho um Talento Faz Tudo poderia usar medicina para estabilizar o Pikachu, só precisamos de um lugar calmo e colocar o Ash para dormir...
    Conteúdo patrocinado


    Re: Pokemon World

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Nov 15, 2018 2:21 am