Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Capítulo 1: O Toque da Praga

Compartilhe
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Ter Fev 04, 2014 2:02 pm

O Toque da Praga

12 de Tarsakh, 1372

- É um belo espécime, senhor Barbarossa. Posso lhe garantir de que é a ave mais inteligente e mais bem treinada destes mares – Aseir Pashar mostrava cada uma das aves que tinha em seu poleiro ao capitão Barbarossa. Aseir é um comerciante de pele escura oriunda das temperaturas sufocantes e do impiedoso sol do deserto de Calimshan. A ave que Aseir tentava vender para Barbarossa era um papagaio bastante peculiar: as laterais de sua cabeça eram azuis, sua testa e seus loros possuíam uma cor avermelhada, enquanto a vértice e garganta eram arroxeadas. – O papagaio-de-cara-roxa é uma espécie rara e em extinção, apenas encontrada nas margens da floresta de Chult, ao sul de Faêrun.  

Aseir Pashar era um comerciante renomado, conhecido por viajar mundo afora em busca de preciosidades. Além de aves raras, ele vendia pedras preciosas, obras de arte e objetos mágicos. Ele ainda era dono de um navio negreiro, dando a sua parcela de contribuição para o escravismo praticado nas Ilhas Piratas. Barbarossa bateu o martelo e aceitou pagar as 200 moedas de ouro pelo papagaio-de-cara-roxa, e este era todo o lucro que o capitão tinha conseguido vendendo as armas e armaduras da tripulação abatida de Sinistro.

- Foi bom fazer negócio com você, senhor. Pretendo ficar mais uma dezena na ilha, então qualquer coisa que você precisar estarei a sua disposição – disse Aseir. Ele mandou um empregado retirar a ave do poleiro e entregar ao Barbarossa. Depois o capitão retornou ao seu navio ancorado no porto da ilha de Ilthan, onde foi bem recebido por sua tripulação.

Fazia alguns dias que os marujos da Senhora da Maré Profunda estavam na ilha descansando de suas últimas aventuras, que incluía escapar de uma prisão e enfrentar uma trupe de mortos-vivos comandados por um capitão amaldiçoado. Ilthan era mais um dos refúgios piratas por aquelas bandas do Mar das Estrelas Cadentes, com pequenas comunidades de piratas habitando acampamentos provisórios ao longo da costa meridional. A ilha era bem localizada estrategicamente, ficando exatamente no centro do conjunto das Ilhas Piratas e com isso tendo fácil acesso a todas as outras ilhas.

A noite chegou e com ela a lua cheia, e a tripulação já se preparava para dormir nos deques inferiores. Ninguém sabia ainda quando tempo ficariam ancorados na ilha; pelo menos até que o capitão Barbarossa tivesse algum novo rumo em mente. E era isso em que Barbarossa se viu pensando quando ficou a sós com o papagaio em sua cabine. Valeria a pena ir atrás do Capitão Sinistro e do Cajado de Arvandor? A tripulação do Marlin Negro poderia voltar a ser uma pedra em seu caminho?  Para onde foram o elfo do mar e o darfelano que fugiram de sua tripulação na calada da noite? O sono chegou antes que ele decidisse o seu destino...


13 de Tarsakh, 1372

A manhã seguinte trouxe más notícias. Hendrik bateu à porta da cabine do capitão com força, anunciando ser um assunto urgente. Barbarossa abriu a porta e respirou o ar matinal enquanto caminhava para ver o que estava acontecendo. Um bolo de marujos estava ao redor de algo ou alguém no centro do deque principal, e eles falavam uns com os outros aparentemente temerosos. Com a ajuda de Hendrik, o capitão abriu caminho e viu um dos seus marujos estatelados no chão, absolutamente inconsciente. Era Timmet, o vigia do navio.

- Capitão, ele foi encontrado nesse estado logo pela manhã – afirmou o imediato. – Descemos ele do cesto da gávea e já fizemos de tudo para tentar despertá-lo, mas ele nem se meche, é como se tivesse morto. Alguma doença ou maldição se abateu sobre ele, capitão.

- É maldição daquela puta que estava em nosso navio! – gritou um dos marujos. Barbarossa não viu qual deles que disse isso, mas muitos balançaram a cabeça em concordância. Eles certamente se referiam a Emelina Ashdown, a mulher que o capitão havia mantido em segredo em seu navio e que depois a matara a sangue frio. Mulheres eram sempre vistas como mau presságios a bordo de uma embarcação.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Qua Fev 05, 2014 1:44 pm

Andando vagarosamente com o seu belo pássaro em seu ombro à amostra o Velho lobo vai em direção ao seu marulho que jazia ao chão do navio, estatelado.

- Está morto? - Indaga para o pirata mais próximo do corpo.

Barbarossa estava feliz demais para se abater com aquele momento, mas certamente deveria descobrir o que havia ocorrido aquela noite, a idéia de perder marujos não era muito agradável tendo em vista a quantidade da tripulação naquele momento.

- Vocês estão certos, deve ser mesmo a maldição daquela puta, agora o que devemos fazer é descobrir o que aconteceu com ele - Dizia se referindo aTimmet.

-Acho que alguém nesta ilha pode nos responder isso, não é mesmo Barbinharossa? - Dizia e indagava seu novo animal de estimação ao mesmo tempo.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Sex Fev 07, 2014 1:25 am

- O nosso prisioneiro deve ter algo a dizer. Ele é o único que passou a noite no deque principal além do vigia. - O imediato apontava para Albett. O rapaz estava amarrado em tiras de corda grossa entorno do mastro, e era lá que ele ficava, dia após dia, sem poder mover as pernas ou os braços, e sendo alimentado apenas o suficiente para mantê-lo vivo.

O grandalhão Hendrik caminhou até o homem, que não moveu um músculo de seu corpo para olhar quem estava vindo em sua direção. Albett permanecia o tempo todo de cabeça abaixada, aparentemente resignado com o seu fardo. O imediato apoiou uma das mãos no mastro, enquanto com a outra erguia o queixo do prisioneiro, encarando-o olho a olho.

- Eu não vi nada, juro por todos os deuses do oceano... - apressou-se a dizer Albett, revelando que apesar de demostrar resignação ele deixava os seus ouvidos bem limpos e atentos sobre as coisas ditas a sua volta. - Eu estava dormindo, sonhava que uma encantadora sereia saiu da água apenas para me puxar pro mar, e eu pensei que me afogaria quando ela... AI!

- Cale a boca, não quero saber de seus sonhos idiotas com sereias - O imediato havia dado um tapa no rosto de Albett, para fazê-lo parar de falar. O rapaz voltou a ficar cabisbaixo, certamente sentindo considerável dor no local atingido. Hendrik se voltou para o seu capitão: - Não temos mais curandeiro para diagnosticá-lo. O que faremos com ele? O deixamos nos deques inferiores isolado da tripulação ou o jogamos ao mar?

Barbarossa viu que a sua tripulação se dividia. Alguns queriam se ver completamente livre de Timmet, com medo de que a maldição que o afetava se espalhasse entre eles. E outra parte era favorável a mantê-lo num lugar seguro, repousando e esperando se com o tempo a sua condição melhoraria.  
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Sex Fev 07, 2014 10:29 am

De uma coisa Barbarossa estava certo, não sairia dali enquanto não descobrisse o que havia acontecido aquela noite com o seu vigia.

- Hendrik, desamarre esse rapazinho aí e o traga até a minha cabine junto com todos oficiais, tenho afazeres nessa ilha
- Dizia enquanto fazia carinho com a ponta do dedo indicador na cabeça do seu mais novo companheiro.

Já em sua cabine com os oficiais Barbarossa dizia em ordem suas prioridades:

- Bom, quero apenas três coisas pra hoje - Dizia para os oficiais e para Albert - Primeira coisa é, preciso de um Contramestre, um de verdade, forte e resistente como eu, e ninguém mais sábio que você para planejar isso, não é mesmo Edward? Pegue quem você quiser pra te ajudar com isso - Disse para Edward lhe atribuindo uma função para aquele momento.

- Hendrik, você deve descobrir se tem algum tipo de Feiticeira, Bruxa, Puta, Sereia, acha alguém para descobrir o que aconteceu com Timmet!! Alguém nessa ilha deve saber, não é mesmo? Não é mesmo? Não é mesmo Barbinharossa?
- Dizia mudando o tom de voz e se irritando, mas logo se acalmando quando indagou seu papagaio.

- Agora você, me convença de que deve sair do mastro - Dizia por fim para Albert.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Ter Fev 11, 2014 7:04 pm

Hendrik aproximou-se do prisioneiro e ergueu o machado. Albett dessa vez não havia escutado a ordem de Barbarossa e pensou que sua cabeça iria rolar pelo deque. O brilho do sol refletido na lâmina do machado ofuscava os olhos do prisioneiro, e ele sentiu o ar a sua volta cortar quando a arma do imediato desceu com violência, rasgando - para alívio e surpresa de Albett - as cordas que o prendiam.

- Erga-se rato-do-mar, o capitão quer falar com você.

Albett se levantou apoiando-se no mastro, e caminhou demonstrando exaustão para junto de Barbarossa, enquanto este terminava de dar ordens aos seus oficiais. Para Edward Lancaster, foi dado o encargo de arrumar um contra-mestre para o navio. Edward não se mostrou muito satisfeito com a sua responsabilidade: ele havia sido um corsário antes de se tornar pirata, e provavelmente não havia contramestres em seu navio, função esta que tem como maior motivação pôr na linha os marujos da tripulação, muitas vezes usando métodos de tortura. Contudo o rapaz não questionaria em voz alta seu capitão, e acatou a ordem, pedindo a ajuda de Hedrergor para desempenhar o que foi requisitado pelo capitão. Para Hendrik foi dada a tarefa de descobrir se havia alguém naquela ilha que pudesse dar um diagnóstico ou uma solução para Timmet.

- Beagan, o capitão ordena que você visita cada comunidade da ilha à procura de uma bruxa, feiticeira ou algo que valha a pena - Hendrik era o segundo em comando no navio, e ele havia passado a sua tarefa para um dos oficiais de menor cargo dentro do navio. Beagan, por sua vez, olhou para o Rato e Olho-Vesgo.

-  Vocês ouviram o que é para fazer, vão andando logo com isso - decretou o gnomo, agitando os braços para fazer seus dois subordinados saírem do navio e lidarem com aquilo. Rato e Olho-Vesgo obedeceram e quase tropeçaram um no outro enquanto desciam apressados a rampa de desembarque.

Toda a atenção de Barbarossa se voltou novamente ao prisioneiro, agora liberto. O capitão queria um motivo para não voltar a amarrar Albett, e o homem deu uma olhada ao seu redor, buscando se apegar em algo. Quando percebeu uma coisa, ele pareceu ganhar confiança.

- Suas velas estão frágeis em alguns pontos - Albett observou, apontando sobre um ponto da vela do mastro principal. De fato, parecia haver um pequeno corte ali. Era algo quase imperceptível. - E elas não parecem muito resistentes. Talvez não foram confeccionadas da melhor maneira. Uma tempestade forte certamente faria suas velas se rasgarem com a força do vento e da chuva, e velas rasgadas em meio a uma tempestade pode ser o fim de uma tripulação. Mas você é um homem de sorte, capitão, pois consertar velas é a minha profissão. Eu poderia deixá-las impecáveis para o senhor, as velas mais resistentes do Mar das Estrelas Cadentes - garantiu Albett.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Qui Fev 13, 2014 1:40 pm

Satisfeito com a movimentação no navio, Barbarossa dava atenção para Albertt dentro de sua cabine.

- Hm.... - Barbarossa põe seu papagaio de volta na gaiola, senta e põe a mao no queixo como se estivesse pensando. - Tome isso - Entrega um copo com água para Albertt beber.

- Você tem razão, acho que esse navio está precisando de uma reforma, por que não fazer isso agora, não é mesmo? Coma, tome banho, pois você está fedendo a sardinha velha, e me diz tudo que precisa pra você começar isso - Dizia enquanto se levantava e batia três vezes nas costas de Albertt levando-o para a porta da cabine.

- Não se esqueça do meu nome marujo, Barbarossa... - Diz para o rapaz, em fecha a porta da cabine.

- Tudo bem com você? - Indagava o papagaio.

Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Dom Fev 16, 2014 12:46 am

Albett se deixa conduzir por Barbarossa até a saída da cabine ainda com o copo d’água na mão.

- Obrigado por me dar uma chance, capitão Barbarossa. Não o decepcionarei. – diz Albbet enquanto saia para o deque principal. – Darei uma olhada nos materiais que vocês têm a disposição no paiol de velas e...

O capitão fechou a porta da cabine antes mesmo de Albett terminar de falar. Barbarossa sentou em sua confortável cama de penas e olhou para o papagaio em seu poleiro. A ave encarava o seu dono com um olhar de expectativa, meneando a cabeça de um lado pro outro e abrindo e fechando o bico. Talvez o papagaio estivesse com fome. Quando Barbarossa se levantou para pegar sementes de milho e aveia, ele entreouviu uma voz irritada do lado de fora da cabine. O dono da voz parecia ser Jerek.

- Não vou admitir isso! Eu tinha um cargo nessa droga de navio, mas parece que o nosso querido capitão não sabe valorizar os marujos que tem. Ele ficou dias como o nosso prisioneiro, e de uma hora pra outra ele assume a função que eu desempenhava aqui? Eu não vou confiar à minha vida as mãos deste homem.

Ficou um silêncio após Jerek terminar de gritar. Até o papagaio havia parado de menear a cabeça para prestar atenção na voz. O silêncio não demorou muito a acabar. A ave olhou para o seu dono, e parlou agitando as asas:

“Problemas! Problemas!”
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Seg Fev 17, 2014 12:01 am

Barbarossa olha pra ave e olha para a porta em direção a confusão, depois olha para ave novamente e se levanta animado se aproximando do papagaio - Você falou Barbinharossa? Você falou? Hahahaha- Começa a rir animado, mas logo se lembra da confusão vinda do lado de fora da sua cabine,se levanta e se dirige a caminho.

- O que está acontecendo aqui?
- Diz irritado indagando Jerek. - O que mais me impressiona é que ele ficou, como você mesmo disse, poucos dias como prisioneiro e viu que o navio precisava de uma reforma, que o mastro estava danificado, e você que ficou esse tempo todo e não percebeu isso? - Ajude ele, e preste mais atenção nesse seu tom de voz, se tem amor a vida - Disse calmo antes de se virar e bater a porta da cabine enquanto ia alimenta seu papagaio.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Qui Fev 20, 2014 11:36 pm

Barbarossa saiu e viu Jerek de costas para ele, soltando as palavras da boca sem esconder a irritação. Outros marujos estavam a sua volta, consternados com a situação. Neste instante o corpo do vigia estava sendo erguido por dois marujos e levado aos deques inferiores. Jerek virou-se para encarar o seu capitão quando este lhe dirigiu palavra. O lábio superior do marujo tremia levemente, visivelmente tentando segurar sua raiva. Barbarossa falou o que tinha para falar e não deu chance de resposta, fechando a porta de sua cabine na cara de Jerek. Não foi ouvido mais nenhuma reclamação do marujo do lado de fora.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Sex Fev 21, 2014 11:35 am

Já na cabine novamente Barbarossa passa o resto do dia conversando com seu papagaio e descansando enquanto esperava notícias dos seus oficiais, estava empolgado com a contratação de novos majuros e do que poderia ter acontecido com seu vigia.

- E aí, vai ficar parado aí o dia inteiro cuidando desse monte de pena velha?
- Barbarossa se assusta consigo mesmo, não esperava seu outro eu mais uma vez te perturbando.

- Você de novo? Cale a boca e saia da minha cabine!
- Esbraveja.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Ter Fev 25, 2014 8:23 pm

Barbarossa vê o dia passar de dentro de sua cabine, e a noite chega. Edward é o primeiro a bater em sua porta, anunciando que não conseguiu achar nenhum contra-mestre digno de respeito na ilha. O rapaz continuaria tentando achar alguém, e amanhã ele iria visitar mais duas comunidades de piratas. Depois foi a vez de Albett, que apareceu todo sorridente para comunicar que já tinha feito todos os reparos nas velas. Por fim, Rato e Olho-Vesgo surgem à cabine. Eles se entreolham, um esperando do outro a iniciativa de começar a dizer as novidades. Olho-Vesgo perdeu a disputa silenciosa e começou a falar.

- Capitão, não nos culpe - começou sem jeito o marujo. - Nós... nós não descobrimos nada de bruxa alguma. Mas descobrimos algo que pode ser útil. - Olho-Vesgo olhou para Rato, esperando que ele continuasse a contar as novidades, e como Rato não se pronunciou, Olho-Vesgo  cutucou-o com o cotovelo a barriga.

- Ai! Isso machucou - reclamou Rato, pondo a mão sobre a lateral da barriga. - É verdade, não tem nenhuma bruxa ou feiticeira. Mas ouvimos falar de um oráculo. Um oráculo poderoso capaz de responder qualquer pergunta, porém dizem que não é fácil chegar até ele, e que depende da sorte dele estar num dia disposto para responder os nossos questionamentos.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Qua Fev 26, 2014 11:28 am

-Vindo de vocês eu estava esperando até demais né? - Dizia com ironia para os dois a sua frente. A idéia de um oráculo não era nada ruim para quem não tinha nada naquele momento.

- Oráculo, hum?
- Dizia pensativo. - Chame Handrik e diga para se prepararem, vamos atrás desse oráculo - Dizia enquanto virava as costas e começava a arrumar suas coisas para sair.

- Rato, você vai carregar aquela gaiola
- Aponta para a gaiola do papagaio - Melhor não, ele vem aqui no meu ombro, não é mesmo Barbinharossa? - Dizia já pronto para saída.
- Agora saiam da minha cabine, quero ter uma conversa com Albertt. - Hey marujo, no seu navio tinha um Contra-Mestre, certo? Achas que consegue achar um dos bons pra mim? - Dizia baixo com a voz rouca.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Dom Mar 02, 2014 1:06 pm

Albett disse que preferia continuar cuidando das velas a sair à procura de um contramestre. Por sorte, a ilha em que o oráculo vivia era vizinha de Ilthan, e se eles tivessem bons ventos daria para fazer uma viagem de ida e volta antes de completar um dia. Lancaster e Hedrergor ficariam em Ilthan, enquanto o resto da tripulação seguiria rumo a Sumbar, o lar do oráculo.

- Eu conhecer este oráculo – dizia o anão Barba Salgada enquanto timoneava a embarcação. – O Oráculo de Nasmen. Ele não ser confiável, capitão. Suas respostas ser imprecisas, difíceis de compreender. E aqui estar um outro desafio, que é de chegar a própria ilha em que ele vive. Sumbar ser cercada de recifes traiçoeiros que se mudam de lugar para não deixar ninguém traçar um curso seguro. Ser perigoso, capitão.

Apesar dos avisos de Barba Salgada, o navio seguiu o rumo. Já era crepúsculo, e todos os marinheiros tinham se retirado para os seus dormitórios. Barbarossa deitou em sua cama, fechou os olhos e adormeceu.


- ~ -

Barbarossa acordou no meio da noite. Uma vela minguante preenchia a cabine num tom vermelho alaranjado. Havia algo de diferente na cabine. Ela estava com outros móveis, a cama em que ele deitava não era a mesma da noite anterior e a gaiola do papagaio não estava em canto algum. Barbarossa, então, se deu conta de aquela era a cabine do Indomável, a primeira embarcação em que ele foi capitão. Involuntariamente suas pernas saíram das cobertas e se aterrissaram no piso de madeira. Ele se levantou e caminhou até a porta, abrindo-a e se deparando com uma cena de embrulhar o estômago.

Os seus antigos tripulantes estavam todos lá, no deque principal, mas eles estavam... mortos. Não havia sangue em lugar nenhum, apenas um amontoado de corpos espalhados por todo lugar. Ele viu Tim perto do timão, com a garganta aberta; Hawk estava ali, com os cabelos ensebados parecendo um emaranhado de vermes; Joker, Hunny, Crettin, todos os seus corpos também condecoravam o deque principal do Indomável. Era uma cena difícil de suportar até mesmo para um experiente e destemido capitão. Ele caminhava por entre os corpos, ora reconhecendo um ora reconhecendo outro tripulante. Barbarossa reparou que Hendrik, Rato e Olho-Vesgo não estavam lá, mas em compensação ele viu Emelina Ashwood e o músico que tinha assassinado na Ilha-Prisão.

O velho lobo do mar deu uma segunda olhada para a mulher. Emelina havia o salvado da ilha e mesmo assim ela fora executada em dó nem piedade. Ela era bonita mesmo morta e com a cor pálida. Inesperadamente, o capitão viu Emelina Ashwood mexr alguns dos músculos de seu corpo; começou como pequenos espasmos, mas a mulher logo estava tomando vida mesmo estando morta. Outros corpos começaram a fazer o mesmo, erguendo-se das profundezas. De uma hora pra outra ele se viu cercado de mortos-vivos. Seus antigos tripulantes tinham voltado a vida, mas não da maneira que Barbarossa gostaria. Uma voz fina, mas repugnante, falou às suas costas.

- VOCÊ condenou a todos nós... VOCÊ foi o responsável pela nossa desgraça... VOCÊ é o culpado disso tudo...

Barbarossa se virou e deu de cara com Seryk, o goblin vigia do Indomável. Sua pele estava decomposta, e ele tinha perdido o olho que tantas vezes observara através de uma luneta. Os outros tripulantes começaram a falar ao mesmo tempo, todos repetindo as palavras de Seryk. Barbarossa viu que os mortos estavam fechando o cerco em torno dele, todos aproximando-se lenta e gradualmente, com um olhar vingativo em seus rostos. Era praticamente a mesma cena que ele vivera no interior da fortaleza prisão, quando os prisioneiros quiseram vingar-se de algo que Barbarossa fizera. Hawk foi o primeiro a agarrar o pulso do capitão, enquanto Seryk começou a morder sua perna e Emelina a puxar a sua barba. E Crettin... Crettin arranjara uma faca sabe-se lá de onde.

- Vou te matar, vou te matar, vou te matar...

Ele não parava de repetir essas palavras enquanto caminhava em sua direção com um olhar assassino no rosto e com a faca em riste. Não havia escapatória, não havia pra onde correr. Quando ele mirou a facada no coração de seu capitão, Barbarossa despertou de seu pesadelo e se viu dentro da cabine do Senhora e com vontade de vomitar depois de tudo que presenciara.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Seg Mar 03, 2014 5:00 pm

Barbarossa se levanta completamente assustado com o que acabara de ver em seu pesadelo, de longe poderia ouvir as profundas respiraçōes que o velho lobo do mar dava.

- O que foi isso?
Barbarossa se indaga.

Ao se levantar Barbarossa confere a gaiola de seu papagaio, em seguida abre a porta de sua cabine para ver se estava tudo certo, entao vai até o timão pegar uma brisa para só depois voltar a dormir.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Ter Mar 04, 2014 1:05 am

"Que foi isso?", "Que foi isso?".

O papagaio agitou-se na gaiola com o despertar de Barbarossa. O capitão abriu a porta da cabine e um vento gelado bateu em seus fios de barba. O deque estava tão silencioso que ele conseguia ouvir o ranger da madeira debaixo de seus pés enquanto caminhava até a amurada. Barbarossa ficou escorado na borda da Senhora, digerindo tudo o que sonhou. Ele viu o reflexo da lua nas águas calmas do Mar Interior, e que lua era aquela! Sua face estava completamente iluminada, sem nenhuma borda escurecida.

Quando o capitão decidiu retornar para a cabine, um grito horrendo cortou o ar da noite e pareceu trespassar sua espinha dorsal e paralisá-lo onde estava. O grito pareceu vir lá embaixo, nos deques inferiores, e outros gritos sucederam-se a esse, mas gritos de pânico e pavor. Dava para ouvir os passos da tripulação de Barbarossa no deque inferior, andando agitados para lá e para cá, assim como as suas vozes assustadas.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Ter Mar 04, 2014 1:35 am

Aquilo era verdade? Será mesmo que o capitão havia acordado? Aquilo não era possível, mas ficar parado não ajudaria em nada. Segundos depois, Barbarossa raciocina, saca sua arma e segue em passos rápidos para o deck inferior descobrir o que havia causado alvoroço em sua tribulação.

"Vamos ver quem vai gritar agora"
- Segue com passos pesados enquanto descia as escadas.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Qua Mar 05, 2014 9:41 pm

O capitão Barbarossa abre a escotilha de acesso aos deques inferiores. Estava escuro lá embaixo. Os lampiões pareciam ter sido apagados por algum motivo. Em seguida ele desce as escadas e aterrissa no deque. Os gritos haviam cessados, mas ele ainda ouvia sons distantes de pés batendo sobre as tábuas. Contudo, aquela parte do deck, que era onde os tripulantes dormiam e faziam suas refeições, estava silenciosa. Havia  caixas e caixotes de carga espalhados pelo deque, assim como redes de dormir e objetos pessoais da tripulação. Aparentemente, os outros haviam descido para o último deque, ou se enfiado em outras salas da embarcação.

Cada passo de Barbarossa fazia um indesejável barulho de madeira rangendo. Seja lá o que havia assustado a tripulação, essa coisa devia estar ali, escondida em algum canto. Ele ouviu algo passando às suas costas. Parecia ser pequeno, talvez fosse apenas um rato. Ele deu mais alguns passos na penumbra, e então seu sangue gelou quando ouviu uma risada zombeteira, fria e cruel. A risada era distante, mas ela partia de todas as direções ao mesmo tempo; era como se uma única pessoa conseguisse encurralar o capitão. Depois, o silêncio voltou a imperar no deque.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Qui Mar 06, 2014 12:59 am

Fazia tempo que Barbarossa não sentia aquela "emoção", após respirar mais uma vez inflando completamente seus pulmões, o capitão segue vagarosamente com sua arma em haste esperando por quem quer que estivesse ali.

- Apareça fí dum Kraken!
- Dizia baixo, ele mal podia escutar suas próprias palavras. O velho lobo segue completamente cauteloso, prestando atenção em tudo ao seu redor.
Elminster Aumar
Administrador
avatar
Administrador

Mensagens : 7801
Reputação : 30
Conquistas :
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1012.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1212.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
  • https://i11.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/512.png

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Elminster Aumar em Sex Mar 07, 2014 12:11 am

- Você tem medo do escuro? Ou seria a solidão que o apavora?

Barbarrosa ouviu uma voz. Da mesma forma que a risada de instantes atrás, a voz parecia vir de um lugar distante, embora desse para entendê-la perfeitamente. Não era uma voz tão agressiva quanto a risada que ele ouvira, nem tão cruel, mas havia um tom sério e ameaçador em suas palavras. Um som de gaita começa a ser ouvido, preenchendo o vácuo do silêncio.
S2 Barbinharossa S2
Mestre Jedi
avatar
Mestre Jedi

Mensagens : 1290
Reputação : 0

Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por S2 Barbinharossa S2 em Dom Mar 09, 2014 12:48 am

Barbarossa estava achando muito estranho aquilo,nada daquele jeito havia acontecido com o velho lobo anteriormente.

- Eu não tenho medo de nada, quem deve ter medo aqui é você, ou você não me conhece?
-Diz irritado olhando para os lados.
Conteúdo patrocinado


Re: Capítulo 1: O Toque da Praga

Mensagem por Conteúdo patrocinado

  • Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.

Data/hora atual: Sab Out 21, 2017 4:36 am