Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Referências e mais referências

    Compartilhe
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1324
    Reputação : 23

    Referências e mais referências

    Mensagem por Claude Speedy em Ter Set 04, 2018 11:19 pm

    O jogo original da Aliança Mística ocorreu por mais de uma década em mesa com amigos e eu que interpretávamos nós mesmos. Ao contrário do que foi proposto aqui a escolha era aleatória de criatura sobrenatural que se transformaria... Por isso algumas referências são até de parte da história da sociedade como o Fim do Mundo em 12/12/12 profetizado para aquele ano que terá importância na trama.


    Na versão que criei para o fórum a quantidade de referências da cultura pop, especialmente dos cenários de terror de todo tipo é bem maior do que coloquei em mesa com o objetivo de assustar tanto quanto de estar a curiosidade de vocês...


    Meme bobo:
    Claude Speedy
    Mestre Jedi
    avatar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1324
    Reputação : 23

    Re: Referências e mais referências

    Mensagem por Claude Speedy em Dom Set 09, 2018 2:38 pm

    Esse tópico ficará para organizar melhor a consulta de vocês para elementos que forem sendo descobertos na trama, tanto para saberem de onde eu tirei inspiração e plágio para o enredo quanto conteúdos para ajudar os personagens nos desafios que ocorrem dentro do jogo que as vezes os jogadores podem esquecer,mas os personagens não.

    O tópico será editado conforme eu tiver tempo e vocês acharem mais coisas que eu inventei e costurei na história...

    A Aliança:
    A Aliança, ou simples Aliança, é uma referência muito bem observada e citada pela prostituta favorita do nosso enredo. Sim, não fui eu o primeiro a expor isso! Sempre há uma aliança galática uma força de coalisão com nome de aliança... No caso quando nós criamos a mesa anos atrás, pensamos no mesmo... A organização é a união de um grupo de garous, magos e vampiros que nenhum garou, mago ou vampiro gostaria de ter por perto.

    Na época que fizemos o jogo nós interpretávamos nós mesmos virando alguma coisa sobrenatural. Então mesmo nossas "espécies" estando em guerra nós já eramos amigos ANTES da nossa transformação. Nesse caso do jogo a organização existe desde 1999 para lutar contra o apocalipse que ocorreu em 2000 e ninguém se lembra... Personagens que forem criados com conhecimento cultural da Aliança podem saber mais detalhes de como esse Fim do Mundo influencia a trama.
    Ambrose Bierce:

    O Paladino do Sabá é inspirado no escritor Ambrose Bierce, que escreveu um dos meus contos favoritos de terror e inspiração pra todas campanhas que mestrei nesse fórum chamado: Um Habitante em Carcosa.

    Ele foi citado pela primeira vez no jogo por um dos contatos de Abigail, personagem de "@Black Thief" a Abominação criada em laboratório pela Pentex, sobre seu desaparecimento na tentativa de se encontrar com a Revolução de Pancho Villa. Fato que historicamente aconteceu, porém nunca se soube o que aconteceu com Ambrose nessa viagem para tentar encontrar Pancho.

    Hollywood fez uma homenagem ao autor e tem uma aparição dele no filme "Um Drink no Inferno 3: A filha do Carrasco". Interpretado por Michael Parks, ator cuja imagem usei para o vampiro na cena, o herói da Guerra de Secessão e escritor, esta justamente indo ao México juntar-se às forças revolucionárias de Pancho Villa quando os vampiros atacam.

    Fica evidente que mesclei o fato dele ter sido atacado com a transformação em vampiro. E o bar da triologia do Drink no Inferno como parte do Sabá... Ou alguém acha que aquela galera que se divertia destroçando viajantes era da Camarilla ou independente?
    Escorpião:
    Kevin Mccallister: o vilão atualmente mais odiado da campanha, nasceu como uma criança comum que um dia ficou sozinha em casa...E basta um dia ruim para tornar o Coringa um cara do mal. Ele conseguiu mais influencia com seu grupo graças ás trapalhadas que Jasmine cometeu enquanto ele a derrotou.

    Na nossa história o menino Kevin já demonstrava alguma afinidade com a esfera Entropia de mago, podendo mudar as probabilidades de alguém se ferir com objetos caseiros e brinquedos de armadilhas bem infantis e simples... Ele usou inconscientemente a esfera Entropia, tanto fazendo seu desejo se realizar de ficar longe da família e tornando a vitória sobre os dois ladrões que vieram assaltar sua casa possíveis quanto quando foi viajar para Nova York sozinho, onde derrotou de vez os dois os colocando uma pena mais longa de prisão...

    Na nossa versão punk-gótica do cenário, Kevin anos mais tarde ele descobre que a sua ida para Nova York não foi acidental e que seus pais tentaram se livrar dele com ajuda dos dois ladrões e receber o dinheiro do seguro... Tal ato cruel se devia ao fato de que Kevin gerar ao redor de si uma aura de aversão em seus familiares com o uso destreinado da Esfera Mente.

    A tentativa de assassinato fica comprovada e Kevin é colocado no programa de proteção de testemunhas com o nome de Nicholas McClary e adotado por outra família.
    Nicholas McClary:
    O nome é uma referência ao personagem que ele interpretou na série de desenhos chamados "Wish Kid", série que no Brasil saiu como "Perdido nas Estrelas" uma clara alusão ao marketing brasileiro de tentar colocar palavras de trabalhos antigos de um mesmo ator ou atriz para atrair público. Como por exemplo "Exterminador do futuro" e "Vingador do Futuro... Já que o subtítulo do Home Alone 2 era justamente "Perdido em Nova York"

    Sua ligação com a Aliança e o motivo dele ter se unido à Cabala dos Mastigoi ou como ele obteve o controle sobre James O´Barr ainda não foram reveladas na história...  Mas apareceu na história que ele fez de um dos maiores hotéis de Nova York sua base e Santuário, onde coordena espíritos imundos de todos os tipos e que tem um acordo seu patrono Jareth, o Rei dos Duendes, para quem ele oferece almas e inclusive tentou entregar a alma de Jasmine...
    Ferroada:
    O capanga e vítima do controle mental do Escorpião era sua bolsa seu veneno pessoal e também o usuário da Máscara. James O´Barr é um personagem real. Ele é o desenhista e roteirista do Corvo, em nossa história é sua própria criação.

    Também existe um lutador de WWE chamado Sting que usou por anos a imagem do Corvo como sendo a sua maquiagem, eu uni o criador do corvo com o lutador em um Ressurgido... Uma aparição que consegue por seus próprios meios voltar para seu corpo. Pelo que parece esses meios tiveram algo haver com a cidade de Amenti e a Máscara que ele passou a usar... mostrada no mundo real como uma maquiagem branca e preta.

    James O´Barr passou a ser controlado pelo Escorpião em sua busca por almas e seres místicos para alimentar seu patrono da Corte Unseelie, Jareth, o Rei dos Duendes.  
    Jareth, o Rei dos Duendes:
    Personagem interpretado por David Bowie no filme "Labirinto", que saiu aqui como "Labirinto, a magia do Tempo"... É o mesmo personagem aqui, sendo ele um poderoso Rei Unseelie. E sim, toca David Bowie durante a "Procura" feita por John Ford no caminho até a Pentex
    Máscara:
    , talvez o elemento que mais tenha referências diferentes somadas até agora é "A Máscara" que Daniel viu na Umbra sobre o rosto de James O´Barr tanto quanto o próprio James O´Barr!

    A máscara veio de uma série de jogos iniciados na década da Namco chamados Splanter House.

    Na séria ela tem o nome de "máscara do terror" ou simplesmente "a máscara"...E é um artefato antigo de origem desconhecida. Possui vida própria e se manifesta quando unida a outro ser vivo. Demonstra que possui consciência, é capaz de seduzir seu "futuro utilizador" falando através de telepatia, mantendo sempre uma comunicação com o "hospedeiro". Sua verdadeira origem e idade é desconhecida. Visualmente ela lembra muito o Jason de Sexta-Feira 13.

    A nova versão "Splatterhouse 360 / PS3" cita que a máscara viu a destruição de muitas civilizações, inclusive dimensões paralelas. O primeiro capítulo da nova versão do novo Splatterhouse é intitulado "Satan´s Mask". Esse nome claramente destaca a máscara como de uma origem não muito amigável. Nesse mesmo jogo as referências ao cenário de Lovercraft são mais presentes, a cidade onde a história acontece é Arkham e a universidade Miskatonik aparece.

    Eu vinculei essa máscara ao conto de Um Habitante em Carcosa e a história dos quadrinhos e filmes "O Corvo"...  Ela representa tanto a máscara do conto, quanto a sua original história da "Morte Rubra" quanto forças sobrenaturais de símbolos místicos ritualisticos pintados nos rostos para se proteger dessas mesmas forças sobrenaturais... A origem citada na trama até agora fala de que é um tipo de maquiagem vista pela primeira vez por uma banda brasileira, o Secos&Molhados e copiada pelo Kiss... Há um longo debate se o Kiss plagiou a maquiagem, mas é bem provável que sim... Kiss tem vários e vários álbuns onde os membros da banda se apresentam como seres sobrenaturais que lidam com forças cósmicas além da compreensão humana.  

    "A máscara pálida" é outro dos nomes do Rei Amarelo(ou de Amarelo) descrito como entidade que comanda Carcosa. Seu nome é Hastur, não podendo ser pronunciado em voz alta... Eu coloquei elementos na fala de Hastur que fazem referências aos "deuses novos de Westeros" e o "deus de muitas faces" de Essos da trama do Jogo dos Tronos... Mas é só porque quem fez isso foi o próprio autor dessa série de livros.

    Tanto a máscara do Kiss quanto do Secos&Molhados me lembra muito a máscara do Corvo... O corvo fala de vida e morte igual a Máscara que passou dos contos de Alan Poe, foram para Ambrose Bierce, depois para Lovercraft e então chegando em Steven King com o seu "Rei Rubro"... Notem que Stephen King meramente retomou a ideia original da morte rubra ao invés da cor amarela como referência à doença...
    Mastigoí:
    O nome da Cabala do Escopião, que congrega também mais dois outros arcanos que ainda não apareceram é o mesmo do "Novo Mundo das Trevas" do livro "Mago: O Despertar". No original o nome é Mastigos, ele é normalmente composto por místicos dedicados aos pesadelos. A runa do Mantícora que Daniel acaba vendo no quarto do Escorpião no Plazza é a runa deles no jogo, o próprio nome do Mastigoí é uma referência à Mantícora, o que se especula é que se Kevin é o Escorpião, os outros magos devem ter codinomes que são alusões aos outros animais que fazem parte da fera.
    Mike Corleone:
    Mike Corleone é um personagem do cinema e dos livros baseado na máfia do filme estadunidense, O Poderoso Chefão, de 1972, dirigido por Francis Ford Coppola, baseado no livro homônimo escrito por Mario Puzo. Ele é um personagem secundário nos livros, mas no cinema passa a assumir o título de "Don", a cabeça da família... Foi interpretado por Al Pacciono e isso fará com que outras referências sejam usadas no futuro e postadas aqui..

    Na história ele aparece no cemitério de Nova York protegendo o túmulo para o qual Julio foi levado por seu "Avô". Durante a conversa vinculei toda máfia com origem italiana que vive nos Estados Unidos como influenciada ou parte do necromante clã Giovanni.
    Stuff:
    O pote de sobremesa achado por Ford é uma referência a um filme B de terror dos anos 80 que no Brasil foi chamado de "A Coisa". Ele é um dos vários e vários produtos confiscados pela Pentex, aparentemente colocado como algo que deveria se verificar pelo governo. Mas não aparece o que ocorreu de errado em sua produção e distribuição, ou se a Pentex considera que a experiência realmente deu errado.
    Umbrella Corporation:
    A mais odiada associação de empresas dos jogadores de Residente Evil foi inserida na trama por ser parte da história da Abigail, personagem do jogador Black Thief. Tendo em vista a corporação mais pesada que existe no cenário eu acabei a colocando como sendo na verdade uma das várias subsidiárias da Pentex cujo objetivo irá se revelar aos poucos muito em breve.
    Irmãos Wincheter:

    Como foi revelado recentemente na trama os "contratantes" dos jogadores eram os dois irmãos Sam e Dean Winchester da série Supernatural, que caçam demônios, fantasmas, monstros e outras criaturas sobrenaturais que existem no mundo. O sobrenome dos dois na série é inspirado na mansão Winchester Mystery House, na Califórnia, que é considerada assombrada e eu fiz a mansão ser realmente de onde a família dos dois viveu.

    A parte fantasmagórica da Mansão na trama de nossa história foi manipulada pelos Giovanni.

    Diferente do Supernatural original onde os irmãos nasceram por volta da década de 70 e 80 eu coloquei o auge das caçadas que tiveram nos 90. Fazendo-os nascer pelo menos vinte anos antes e eles são muito melhores preparados justamente na caça de criaturas, tendo nascido para isso. O que de certa forma acontece no seriado, mas leva mais tempo para alcançar a intensidade do treinamento que é descrito no cenário...mas deixei em aberto para que nenhum dos dois se excluam.

    A história contada no velho diálogo de Adão e Eva de como Sam acabou enlouquecendo ao matar a esposa lobisomem, na série a lobisomem é uma mulher com quem ele passa a noite, mas tendo em vista a existência de uma organizada sociedade Garou que valoriza bastante seus parentes e a continuidade da espécie tornei a relevância e o compromisso matrimonial com a namorada lobisomem bem maior e certamente manipulada por membros das tribos.

    Como já falei no começo da trama, Arctus e Samuel Haight são ambos caçadores extremamente poderosos na versão oficial da White Wolf. Arctus por sua experiência mágika e Samuel por usar de todos elementos do cenário de Storyteller. Outros elementos deles conforme aparecerem na trama irei atualizar aqui. Só de serem os dois irmãos todas as aventuras que viveram na série passam a ter ser relevância de possibilidade de também fazerem parte da nossa cronologia.

    Colocar os dois como os irmãos de uma série conhecida e dar um passado trágico para ambos foi uma forma que eu vi de dar mais profundidade emocional para o caçadores com personagens que vocês certamente conheciam.

      Data/hora atual: Qui Dez 13, 2018 4:22 am