Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Fantasmas

    Compartilhe
    Tellurian
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 77
    Reputação : 10

    Fantasmas

    Mensagem por Tellurian em Seg Set 10, 2018 12:37 pm

    Quatorze longas horas de viagem separam Lisboa de Buenos Aires. Ainda havia uma conexão de três horas no aeroporto, para troca do avião. Em seguida, mais um trecho de três horas de viagem de Buenos Aires até Bela Noite. Maldita, maldita classe econômica.

    Nikolayev estalou as juntas endurecidas e sentiu os músculos pesados enquanto esperava lhe servirem a xícara de café que havia pedido. Não podia deixar a zona de embarque, visto que não haveria tempo hábil para nada. De qualquer forma, a madrugada ia longe. Três da manhã, segundo o relógio no saguão. Pelo jeito, veria o sol nascer na zona de embarque.

    Agradeceu com um sorriso cansado quando a garçonete lhe serviu a xícara de café fumegante. Estava frio no hemisfério sul, mas não para os padrões de Ahroun. O dia mais frio do inverno portenho ainda lhe seria quase tão agradável quanto os dia de verão da Sibéria. Portugal, onde havia passado o último ano, era mais agradável que ambos.

    Baixou os olhos para a xícara. Portugal. Havia passado poucas e boas em terras lusitanas. Sua jornada o levara por muitos caminhos. Mas, desde a batalha em Oymyakon não estivera sozinho. Agora, atravessara o Atlântico. Nunca achou que faria algo do tipo. Mas não carregava mágoas por estar sozinho. Não era o único em uma busca desesperada, sabia bem. As promessas seriam cumpridas em seu tempo.

    Havia resignação e esperança em seu coração. Em Bela Noite encontraria o que buscava, tinha certeza.

    ***

    As três horas de conexão se arrastaram. Pela Mãe, sua prima havia lhe pregado uma bela peça ao lhe comprar uma passagem tão barata em um horário tão inconveniente. Discutiria esse assunto com ela assim que tivesse a oportunidade.

    Ainda tinha no corpo o cheiro das Portenhas que o mantiveram acordado a noite. Tango, churrasco, doce de leite e belas mulheres eram os melhores artigos de exportação da Argentina. E Jack se esbaldaria em todos cada vez que tivesse oportunidade. Porém, seu vigor nunca fora seu forte, e já apresentava sinais de cansaço. Decidiu pedir um café enquanto esperava o embarque.

    Se aproximando da cafeteria, Jack sentou-se ao lado de um homem pensativo que estava no balcão. Os lugares estavam todos ocupados.

    Bom, a garçonete era uma graça. Seria um bom passatempo.
    Hagen
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 87
    Reputação : 11

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Hagen em Seg Set 10, 2018 10:27 pm

    Jack tinha acabado de se despedir de Sophia, a Bastet seguia seu destino para voltar ao Peru e assim anotar mais detalhes, a moça estava calada desde a noite de ontem, aonde se rendeu aos caprichos de uma cainita em pleno elísio da cidade, era foda ceder a manipulação vampírica, mas era pela sua irmã...

    Depois de uma série de viagens que incluiam os Estados Unidos, Argentina, Canadá e América Central, Jack teria que voltar para sua matilha, uma ordem de sua alfa que lhe deu alguns dias para resolver as questões pessoais, que envolviam Hellena.

    A noite anterior tinha sido um pouco insana, três vampiras portenhas e uma Bastet se entregando à lúxuria, ao prazer para apenas obter uma informação, uma pequena informação. Não que tivesse sido ruim, muito pelo contrário... tocar o corpo de Sophia fora um deleite inesquecível, mas pela situação, aonde três vampiras complementavam o êxtase, era no minimo estranho e diferente.

    'Essa noite foi louca..."

    Jack estava cansado, uma montanha de músculos e uma imensa raça pura demonstravam através de seus fios pretos uma imagem do cuspido e escarrado sangue dos Senhores das Sombras. Sua fúria era alta, exalava selvageria e seu olhar era seco.

    Smith se senta ao lado do homem, naquele único lugar e nota a beleza da garçonete. Ele fica a observando por um breve momento e se lembra do corpo esculpido de Sophia, que Hellena perdoasse por comer a sua irmã, mas era por ela que eles fizeram aquilo, ossos do ofício e as vampiras... Melhor esquecer isso...

    "Meu irmão ficaria orgulhoso, afinal, gosta de uma putaria, isso é a cara dele...filho de uma puta... haha."


    - Por favor, um café, sem açúcar e uma medialuna...

    Jack só queria retornar para casa, sabia que sua prima devia estar puta pela sua ausência, afinal, era o único maldito Ahroun da aliança de Luna... Pedia um café forte e claro mais uma medialuna com aquele dulce de leche, ficou viciado nessa iguaria e queria aproveitar até o último minuto.

    "Meu irmão e prima sabem se virar... Gwen tem uma língua e um charme que bate melhor que um tapa..."

    Smith estava muito envolto em seus pensamentos para ter uma percepção a sua volta. Estava refletindo e distraido, talvez fosse o efeito daquele vinho malbec ou preocupação pela alma de Hellena.
    kaiosilveira89
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 88
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Fantasmas

    Mensagem por kaiosilveira89 em Ter Set 11, 2018 2:36 am

    Então ouvi a quarta Criatura: "Venha"
    E apareceu um cavalo baio,
    O nome do cavaleiro que o montava era Morte
    E o Inferno o seguia de perto.
    - Apocalipse 6:8,9



    ‘Niko’ dá um gole em seu expresso. Depois, como um cientista testmunhando pela primeira vez um fenômeno natural, o Filho-do-Falcão observa as espumas que haviam se formado no entorno de seu café estourarem. Quando o relógio anda em câmera lenta tudo se torna passivo de uma intensa, e massante, contemplação para se preencher o vazio da espera.

    O aeroporto era movimentado naquele horário. Haviam pessoas indo e vindo, de um lado para o outro e carregando todo tipo de expressão em suas faces. Porém, nenhuma daquelas faces era familiar ao Ahruon. O que lhe era um grande alivio pois significava que não haveria nenhum maldito entusiasta da ‘monarquia’ para lhe importunar com alguma história de sua saudosa linhagem ancestral.

    “A cara de mendigo vai despistar boa parte desses puxa-sacos da sua prima. Além disso, as mulheres vão se amarrar nessa sua barba.”

    Ninguém entenderia o motivo, mas aquele solitário russo sorria levemente, ainda olhando para sua xícara de café enquanto memorava um passado recente.

    “... Ela surgia, cantando uma canção,
    Sobre a cinzenta águia das estepes,
    Sobre aquele, aquele que amava,
    Sobre aquele, cujas cartas guardava”

    Lisboa certamente lembraria por um bom tempo de um russo bêbado, cantando Katyusha, entre os becos e vielas da cidade, com um voz tão terrível quanto desafinada que seria capaz de destroçar o mais tenaz dos cristais.

    Mais um gole, e uma mirada no relógio do saguão. Apenas trinta segundo haviam se passado.
    Tellurian
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 77
    Reputação : 10

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Tellurian em Ter Set 11, 2018 10:03 am

    Niko se divertia com seu café e suas memórias da boemia Lusitana, quando o Lobisomem mais óbvio do mundo se sentou ao seu lado e pediu um café e uma medialuna. Por Gaia, dava pra adivinhar até o Augúrio sem nem ele abrir a boca.

    O russo não pôde deixar de pensar no que o esperava em Bela Noite. Senhores das Sombras. Não gostava muito deles. Mas, parando pra pensar, não gostava muito de Tribo nenhuma.
    kaiosilveira89
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 88
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Fantasmas

    Mensagem por kaiosilveira89 em Ter Set 11, 2018 11:55 am

    Como se toda Ordem de Cavaleiros Teutônicos, com suas montarias de guerra blindadas e lanças afiadas arrazassem no campo de batalha toda uma infame horda sarracena, os sentidos de Niko fora pisoteados quando um outro Garou, por acaso do destino, se colocou ao seu lado. Foi algo que o Filho-do-Falcão não pode ignorar e nem deixar de reparar.

    Ele observava o indivíduo beber café. A xícara parecia perder-se na mão dele. Do mesmo "croissant" que ele comia, seria necessário pelo menos outros dez para saciar sua fome. Tratava-se de um verdadeiro brutamontes. Tanto em tamanho quanto em raça pura. Ele tinha cabelos negros como a noite. Curiosamente, negro também era o coração dos Senhores das Sombras.

    Nikolayev conhecia bem a relação entre sua tribo e os adoradores do Avô Trovão. Tinha total consciência dos 'jogos' orquestrados por ambos com intuito exclusivo de acumular mais poder. A intitulada "Nação Garou", com sua fútil politicagem, só cedia mais terreno para a Wyrm a cada dia. E diante do protagonismo das duas tribos na cena política, para Niko tanto fazia um lobo ser branco ou negro no poder. Ele os odiava equanimente.
    Tellurian
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 77
    Reputação : 10

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Tellurian em Ter Set 11, 2018 3:45 pm

    O tempo se arrastou, até que a hora do embarque chegou. O avião era deveras apertado. Classe econômica era tudo o que Niko pôde juntar dinheiro pra pagar. Ele pegou seu bilhete e conferiu o número da poltrona. Encontrou-a no corredor e sentou-se. Abriu um pacote de chips que tinha comprado na cafeteria com os poucos trocados que lhe restavam e devorou-as ruidosamente enquanto os passageiros se acomodavam. Rezou silenciosamente para que ninguém tivesse comprado o assento da janela. Tomaria-o pra si assim que o avião decolasse.

    Porém, um pedido de licença súbito fez ele se decepcionar. E quando ergueu os olhos de suas batatinhas para o passageiro que pedia passagem, reconheceu o imenso e óbvio Garou que vira na lanchonete.
    kaiosilveira89
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 88
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Fantasmas

    Mensagem por kaiosilveira89 em Ter Set 11, 2018 4:49 pm

    Ao olhar para o sujeito que lhe pediu licença percebeu que aquilo só poderia se tratar de uma piada do destino. Nikolayev estava indo para Bela Noite e seria acompanhado de outro Lua-Cheia, um Lua-Cheia da tribo dos Senhores das Sombras.

    Sem saber se aquilo tudo era por acaso, ou se de fato estava sendo perseguido desde que chegou ao aeroporto, resolveu que iria interagir com sujeito. Levantando-se educadamente de sua poltrona, ele abrir caminho para que o sujeito tivesse mais espaço para chegar até sua poltrona. Ao fazer aquilo ele repara no bolso do casaco do sujeito que sua passagem indicando que seu destino era Bela Noite.

    '- Desculpe a pergunta, cavalheiro. Também estais a caminho de Bela Noite?'

    Havia pouco sotaque russo nas palavras empregadas, era quase imperceptível. Pouca gente faz ideia do quão proximas as duas linguas são sonoramente.  Mesmo com pouca fluência, Niko falava já como um altentico nativo português. Talvez o sotaque galego sumisse com o passar dos dias vivendo no brasil.
    Hagen
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 87
    Reputação : 11

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Hagen em Ter Set 11, 2018 5:13 pm

    Jack passa e ainda envolto em seus próprios pensamentos se acomoda calmamente em sua poltrona, não notando nada de diferente na pessoa que pediu licença. Ajeitando em seu assento, podia ser visto com vestes simples, camisa preta de manga longa e um jeans escuro, junto com um all star de couro branco. Sua atenção é desviada pelo ínicio de um papo, Jack nota que o cara era bem forte, talvez tanto quanto próprio Jack seria. A fala bem educada, chamando Jack de cavalheiro evidenciava que não era um local, o senhor das sombras por dentro não queria muito papo, precisava alinhar pensamentos, mas não seria descortês.

    - Sim, estou indo para lá. O senhor também?

    Jack se acomoda e coloca se ajeita, ficando o mais próximo de estar confortável, assim que nitidamente ele fica acomodado, estica sua mão e aperta com firmeza a mão do passageiro da poltrona ao lado.

    - Jack Smith.


    kaiosilveira89
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 88
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Fantasmas

    Mensagem por kaiosilveira89 em Ter Set 11, 2018 5:56 pm

    Nikolayev cumprimentou o sujeito lhe apertando a mão em retribuição ao gesto.

    ‘- Muito gosto. Nikolayev Ivanov.’

    Era mentira. Niko era um puto de um Tvarivich. O sangue nobre que corria em suas veias era mais forte que de qualquer outro garou oriundo da Rússia. O nome Ivanov era um nome muito comum na Rússia. Tão comum quanto Silva, Oliveira e Ferreira são no Brasil. Muitas vezes utilizar um nome comum ao invés do nome de batismo, que por vezes tem o peso de um título nobre, lhe ajudava a evitar bajuladores, interesseiros e até conspiradores. Porém, até aquele momento o sujeito parecia desconexo com o mundo. Em duas ocasiões ele ainda não havia reparado que estava diante de outro Lua-cheia. Talvez até o sobrenome Tvarivich passasse despercebido caso tivesse sido mencionado.

    ‘- Sim. Estou a caminho de lá... De mudança. Um forasteiro em uma nova cidade.’
    Hagen
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 87
    Reputação : 11

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Hagen em Ter Set 11, 2018 6:33 pm

    Realmente Jack não era muito chegado a papos, mas como um bom Senhor das Sombras, era um sorriso na face e uma dissimulação no coração.

    "Tomara que não fale muito, ficar lidando com mortais é um saco..."

    ' - Recomento que vá ao Porão, lugar conhecido por lá e o que precisar procure o Betão, todos o conhecem, seria bom conhece-lo também.'

    Jack falava tranquilo e era notório um pouco seu rosto exalando uma certa preocupação.
    kaiosilveira89
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 88
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Fantasmas

    Mensagem por kaiosilveira89 em Qua Set 12, 2018 1:19 am

    ‘- Obrigado pela dica. Irei conferir tal recinto.’

    A cara de preocupação de Jack demonstrava que havia algo mal resolvido em sua vida. Niko não sabia qual a gravidade do problema pelo qual aquele sujeito deveria estar passando, mas, também não iria forçar a barra a ponto de fazer com que ele compartilhasse seus problemas. Até aquele momento ainda eram dois estranhos, por mais que Niko já soubesse que estava diante de outro Garou. Tentar não ser um estorvo para o mesmo era o melhor que ele poderia fazer.

    Então o Presa acomoda suas costas na poltrona confortável do avião buscando a posição ideal. O acento era um pouco apertado, mas, era de fato muito mais confortável que as camas dos holsters por onde dormiu na Europa. Num determinado momento o Lua-cheia parou de se mexer. Depois, deixou sua cabeça cair sobre o encosto da poltrona. Sua expressão era de alívio ao encontrar a postura perfeita para seguir viagem.

    *Ahhh… agora sim!*

    Vendo que o brutamontes continuava com a expressão inquieta, completamente oposta a sua, tentou não encher-lhe o saco. Nessa hora viu que na poltrona da frente havia um pequeno livreto laranja. Era um guia com instruções de emergência. De forma impulsiva, pegou o mesmo, abriu na primeira página e começou a ler para si mesmo. Verdade seja dita, não havia muito a se fazer além de esperar até o avião decolar.

    Niko sorriu ao finalizar a primeira página. Percebendo a ironia da situção, leu para que o colega ao lado, que por coincidência estava próximo a uma das saída de emergência e não parecia nada bem:

    ‘- “Se estiver perto da saída de emergência e se sentir incapaz de executar as tarefas descritas neste folheto de segurança, peça ao comissário que o troque de lugar”... Quer trocar de lugar, sr. Smith? Você não parece nada bem.’
    Hagen
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 87
    Reputação : 11

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Hagen em Qua Set 12, 2018 12:57 pm

    "Ahn?"


    Jack era um pouco expressivo, era jovem e meio bruto, sua selvageria era evidente em sua face, mas estava tão preocupado com os últimos acontecimentos que estava absorto.

    - Estou tranquilo, só meio preocupado, questões pessoais. Se quiser sentar na janela, só falar.

    Jack passa as mãos nos cabelos, pega sua mochila que estava embaixo da poltrona da frente e retira dali duas embalagens de doce de leite, daquelas que dão em hotel no café da manhã. Em um momento descontraído com Sophia, Jack pegara uns 20 daquele porque era extremamente delicioso e sorri levemente lembrando de um dos momentos leves com a Bastet.

    - Tome um pra você, isso aqui é o melhor da Argentina, fiquei viciado nisso...

    Jack, abre o doce de leite e vai comendo aquilo, tranquilamente. Via que o passageiro ao lado iria puxar assunto, então vai que ele seria útil em alguma coisa.

    - O que fará em Bela noite? Indo a trabalho?
    kaiosilveira89
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 88
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Fantasmas

    Mensagem por kaiosilveira89 em Qua Set 12, 2018 4:00 pm

    Niko guardou o livreto no local onde este estava inicialmente. Recebeu a cortesia oferecida e agradeceu na sua linguagem materna de forma automática e instintiva.

    ‘- спасибо(spasibo)’

    Depois de agradecer, tratou de responder a pergunta feita por Jack enquanto desembrulhava o doce.

    ‘- Não tenho nada garantido ainda, mas, chegando lá tentarei encontrar algum serviço. Não pretendo ficar parado. Não faz meu tipo. Talvez neste bar que você falou haja alguma vaga. Nunca falta serviço quando se tem disposição para trabalhar.’

    Em seguida, colocou o doce na boca e se surpreendeu com o gosto. Não estava acostumado com aqueles sabores. Pra falar a verdade, não estava acostumado com quase nada. Sua vida nunca havia sido fácil e muitas foram as noites em que sua única refeição não passou de um pedaço de pão acompanhado de um copo de vodka. Nikolayev Tvarevich apesar de nobre não havia vivido um único dia como um.

    ‘- Você está correto sr. Smith, o sabor é viciante…’

    Após degustar por completo a guloseima, perguntou ao Lua-cheia:

    ‘- E você, há algum motivo lhe conduzindo até Bela Noite?’

    TRADUÇÃO:
    спасибо = obrigado
    Tellurian
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 77
    Reputação : 10

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Tellurian em Qua Set 12, 2018 4:18 pm

    A viagem segue pelas próximas horas, com ambos trocando amenidades entre si. Após as três horas de vôo tranquilo, o comandante anuncia a chegada no Aeroporto Campo Belo, em Bela Noite.

    Nikolayev estala suas juntas endurecidas pela viagem, e Jack se sente exausto. Não esperava que seu companheiro de viagem fosse tão falante. Ambos apertam os cintos conforme as instruções do procedimento de pouso e Niko sente o estômago embrulhar. Não estava acostumado com aviões. São caros demais. Sempre que viajava, o fazia por terra. Quando o avião se inclina na descida, o Ahroun confere o aperto do cinto de segurança e se segura melhor na cadeira, desconfortável. Jack olha para o seu companheiro de viagem e se pergunta se seria uma boa idéia dar-lhe um saco de vômito.

    Após o pouso, ambos se cumprimentam cordialmente e se preparam para buscar as suas bagagens de mão no compartimento superior. Jack dá preferência ao companheiro que estava no corredor, e enquanto ele procura sua mochila no bagageiro, o corpulento lobisomem olha pela janela, conforme o avião taxeia pela pista.

    E então seu coração quase para, quando vê a jovem de cabelos negros parada no meio da pista, com os olhos fixos nos seus.

    Yasmim
    Hagen
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 87
    Reputação : 11

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Hagen em Qua Set 12, 2018 4:31 pm

    Era difícil de perceber o que estava acontecendo, que era mesmo a sua irmã, o raciocínio lento colidia com sua percepção fraca, mas a inteligência alta sobrepujava tudo aquilo, e sua mente trabalhava de forma eficaz em dizer a verdade para os seus olhos: era sua irmã.

    "YASMIN!!! Quanto tempo?!!"

    Jack ao contrário do seu irmão, não sabia o que sentia por Yasmin, se era um ódio ou amor, mas sentia algo que não sabia. O Garou era jovem demais e a opinião de Hannibal nem sempre era a do irmão mais novo, mas uma coisa era certa, o destino de yasmin como uma cainita seria algo que poderia trazer problemas para Jack. Com as mãos trêmulas o jovem garou tinha em seu semblante mais uma modificação, dessa vez era exasperado, e se levanta, não queria ser rude com Niko, quem falou muito durante a viagem amenidades, mas era algo que precisaria resolver.

    "Aonde está Hannibal? será que ele sabe de Yasmin?"

    Jack, voltava seu olhar para a pista, aquela mínuscula janela revelando sua irmã e ele a fitava nos olhos, utilizando de sua força de vontade para não desejar desviar o olhar, nem por qualquer sentimento. Teria uma decisão difícil, Jack não sabe se conversaria com a irmã se tivesse sozinho, mas com certeza se seu irmão soubesse de uma conversa, ele não aprovaria...

    Jack não sabia o que fazer, mas faz um sinal com a mão para Yasmin, se ela era o inimigo, poderiam trocar uma palavra. O garou fecha os olhos e os desvia, se ela fosse interessada, ela arrumaria um jeito de falar com o garou, seu coração batia acelerado.
    kaiosilveira89
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 88
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Fantasmas

    Mensagem por kaiosilveira89 em Qui Set 13, 2018 2:11 pm

    Durante a viajem Nikolayev tomou algumas notas daquele garou distraido, que até então, nem havia suspeitado que viajava com um Presa de Prata ao lado. Não sabia muito a respeito da vida de Jack, até porque a conversa que mantiveram focou apenas em assuntos triviais.

    Jack era um brutamontes 'lento'. Lento não no sentido de movimentação, mas, de raciocinio. Ele chegava a ser retardado, nem altista. Muito pelo contrário. Smith se comunicava bem e parecia ter conhecimento suficiente para discutir qualquer assunto. Seu verdairo calcanhar de Aquiles era um delay no tempo de resposta.

    Quando o avião pousou e o comissario anunciou as instruções para desembarque, Niko se levantou para pegar suas coisas. Retirando seus pertences da gaveta superior não viu que pela janela Jack Smith já havia encontrado alguém. Quando o Presa voltou a mirá-lo, parecia que o brutamontes havia feito uma merda muito grande e agora estava sendo torturado mentalmente pelo remorço.

    '- Jack, tá tudo bem com você!?'

    Percebendo que o mesmo continuou em silencio, Niko percebeu que Jack estavano 'modo de espera'. O gigante, mais uma vez, parecia em turpor. Pelo visto, quando focado em algo Jack se empenhava de tal maneira que conseguia bloquear por completo o mundo exterior. Aquilo era bom pois dava a segurança que ele não fazia nada por fazer, mas também mostrava que seu 'processador' só conseguia executar uma tarefa de cada vez.  

    * Droga! travou de novo. *

    '- Jack!'
    Ergueu a mão na altura do nariz dele e estralou os dedos pra chamar sua atenção e obter algum sinal de vida do colega. '- ...Tá tudo bem você, cara? Tá parecendo que matou alguém e foi descoberto.'
    Hagen
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 87
    Reputação : 11

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Hagen em Qui Set 13, 2018 2:21 pm

    - Antes eu tivesse matado.

    Solta sem pensar o Senhor das Sombras, estava numa situação crítica e estava nervoso, quando chegava em situações como essa, o melhor era não ficar apavorado e sim falar o menos possível.

    - Só tenho que Avisar a Hanniball e Dayenne...

    Jack estava visivelmente nervoso e olhava para a janela, logo se embanana em pensamentos rápidos, a adrenalina subindo a sua cabeça.

    -Estudo em Bela Noite, respondendo sua pergunta, um dia podemos nos esbarrar, mas agora preciso ir realmente...

    Jack pega a mochila que estava embaixo do assento e assim pede permissão para passar, tentando não sucumbir a vontade de sair correndo do avião e ir atrás de sua irmã.
    Tellurian
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 77
    Reputação : 10

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Tellurian em Sex Set 14, 2018 3:38 pm

    Ele desviou os olhos por apenas alguns segundos, mas ela não estava mais lá. Ele piscou em sequência, pra saber se não estava sonhando ou coisa do tipo. Mas ela não estava mais lá. Ouviu os passageiros se mexendo ao seu redor. Encontrando as malas de mão, endireitando poltronas, conversando e estalando as juntas endurecidas pela viagem. Sentiu o frio do ar condicionado arrepiar seus pêlos do pescoço. Sentiu o cheiro da comida servida a bordo mais cedo. Ouviu a descarga do banheiro de algum passageiro que tinha se trancado lá. Viu com a visão periférica a movimentação da tripulação orientando os passageiros ao desembarque. Mas ela não estava mais lá. Seu companheiro de viagem estalou os dedos do seu lado, trazendo-o de volta a realidade. Mais amenidades. Mas que droga, ele precisa sair dali. Mas precisa manter a compostura.

    Ambos os Garou saem do avião e dirigem-se à zona de desembarque, onde pegam suas malas, depois de esperar nervosamente por algum tempo. Demora uma eternidade. Quando finalmente saem, juntos com dezenas de outros passageiros de diversos vôos, pelo portão de desembarque, encontram na saída Hannibal.

    Ele está de pé, junto aos familiares e amigos de outros passageiros. Segurando um buquê de flores e um cartaz que diz "PARABÉNS PELA REHAB, JACK! VOCÊ VENCEU O CRACK!"

    Sentados, e entediados, na sala de espera de desembarque, estão os outros membros da Aliança de Luna. Jack não esperava tamanha recepção.
    Hagen
    Investigador
    avatar
    Investigador

    Mensagens : 87
    Reputação : 11

    Re: Fantasmas

    Mensagem por Hagen em Sex Set 14, 2018 4:11 pm

    A espera matava a paciência de Jack que não era o seu forte, as malas demoravam uma eternidade e o Senhor das Sombras suava frio, cada minuto era uma eternidade e o tic tac do relógio era extremamente perturbador. Pegando sua mala, ele abre a mochila e devora outro doce de leite roubado do hotel, caminhando ele vê Hannibal zoando com cartaz de Rehab.

    "Mas que audácia desse filho da puta!"

    Jack já chega firme e pisando forte, não era hora de brincadeiras. Estava acostumado com as de seu irmão principalmente quando encontrava Sofia e ficava "relaxado", mas agora não era o caso.

    "QUE MALDITO! isso não é hora pra brincar!"

    O Humor de Jack estava ácido e tão agradável para brincadeiras que fazia uma freira rígida ser atrativa, somente três coisas poderiam agora aliviar sua preocupação, lutar, Uísque ou assistir cavaleiros do zodíaco. (Sim, ele adorava). Hanniball conhecia bem o irmão, sabia que quando não aceitava de imediato a brincadeira ou gritaria: "Enfia as flores no cu" ou chegaria e falaria próximo, a questão era essa, Jack não mandou enfiar as flores no orifício, então algo estava preocupando o brutamontes caçula idiota.

    Jack vai se aproximando, estava com os olhos nervosos, caminhava rápido e segurava sua mochila, não via quem estava ao redor, apenas a porra do irmão zueiro, mas as palavras sopradas iriam acabar com o que estava acontecendo. Jack se aproxima de Hannibal, e sopra no ouvido do irmão, de forma bem concisa, demonstrando sua preocupação.

    - Sem alarde, imbecil! Yasmin está aqui no aeroporto, ela estava na pista, temos que achá-la, sem gracinhas.

    Sem humor algum, ele pega as flores e estica para uma moça qualquer, a mesma por reação pega as flores e não entende o porque recebe, por instinto pega, Jack então continua caminhando, indicando para Hannibal lugar para falarem, quando sua percepção mostra que os outros da Aliança de Luna estavam ali, recepcionando a ele e ao tagarela do avião.

    "Mas que diabos?"

    Cólera-das-Sombras era realmente dificil de perceber as coisas, mas todos estavam ali, e a preocupação estavam fazendo com que sua percepção já não tão boa assim, ficasse pior. Uma passageira passa com um gato doméstico e ele tenta arranhar Jack, amedrontado com a marca do predador, o brutamontes estava ativo, e Jack solta para si apenas:

    - Não tive medo de um Rei, terei medo de um gatinho?

    Caminhando, ele observa sua matilha e chega para a alfa e para a matilha, falando de forma rápida e meio nervosa, estando extremamente alarmado e pronto para agir, seus feroônios começavam a pulsar sua fúria alta e sua raça pura era evidente, porque mesmo em homínideo seus olhos assumiam uma tez levemente amarelada, e um ar de fúria, primitivo e selvagem.

    -Valerye, minha irmã também está aqui. - OLha para Antonio - -Preciso aprender dons. - Se dirige para Gwen - -Devia ter dado as flores pra você... - Olha para a alfa - -Cadê Leonardo? - respira, inspira e suspira.

    Jack por fim pensa, seu racíocinio era lento, mas sua inteligência demonstrava que poderia seguir da melhor maneira:

    "Vampiros não atacam de forma direta, estamos em vantagem e em campo aberto e minha matilha está aqui...tenho que ter calma."

    Jack olha para a alfa e sorri, era um competidor nato, valentão por natureza e respira fundo, olhando nos olhos de sua alfa e se aproximando do seu ouvido:

    - Acho que temos companhias desagradáveis aqui... seu ahroun voltou...
    DayenneValerie
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 39
    Reputação : 12

    Re: Fantasmas

    Mensagem por DayenneValerie em Sex Set 14, 2018 6:39 pm

    Que noite tinha sido aquela? Os pensamentos se agitavam na mente de Valerie, que não conseguia parar de pensar na imagem da menina com dentes de tubarão e o Avô sendo encerrado sozinho com ela naquela gruta. Por Gaia, como queria ter voltado e cavado de volta para estraçalhar aquela grotesca cria da Wyrm! Mas eles tinham que sair dali, reunir a matilha e encontrar os anciões do Caern. Precisava conversar com seu mentor. E tinha que ser logo.

    Saíram da Umbra. Valerie tomou uma ducha rápida, vestiu suas roupas, pegou de volta sua Glock, comeu uma maçã da fruteira e chamou seus irmãos de matilha Gwen e Antônio para seguir até o aeroporto. Iriam buscar Jack, que a essa altura já deveria estar chegando. Cuidaria de Hannibal assim que o visse. Ainda não tinha notícias suas desde o dia anterior.

    No caminho, explicou para Gwen e Antônio que iriam buscar não apenas Jack, mas também um nobre Garou russo, um tal de Niko, que os Anciões do Caern a tinham recomendado para aquela tarefa, mas não tinha recebido mais informações além disso.

    Ao chegar no aeroporto, Valerie estava com o humor mais azedo do que o normal, diante dos últimos acontecimentos. Só queria sentar e esperar o primo e o príncipe chegarem para ver o que seria. O saguão nem sempre era tão movimentado, mas nas primeiras horas da manhã normalmente chegavam dois ou três vôos, tornando o ambiente alegre, cheio de reencontros, beijos apaixonados, sorrisos, as emoções das chegadas. Valerie, por outro lado, não via a hora de pegar quem tinha que pegar e sair dali de uma vez por todas. Tinha muitos assuntos para tratar e ainda queria dormir pelo menos umas duas horas. Chegando, viu logo o palhaço do Hannibal com aquele cartaz: PARABÉNS PELA REHAB, JACK! VOCÊ VENCEU O CRACK!

    - Como ele consegue passar uma noite de putaria, drogas e bebidas e ainda chegar na beirola da madrugada com esse humor? Miserável! - comentou baixinho enquanto observava a cara amassada do primo no hall do aeroporto.

    Com um sorriso cínico, acenou para Hannibal e, em seguida, sentou-se não muito longe, esticando as pernas torneadas  e chamando Gwen e Antônio para ficar por ali. Afinal, havia mais dois lugares próximos e todos pareciam cansados. Se Hannibal queria ficar ali de pé, bem, era escolha dele, mas preferia esperar sentada. Ainda faltava algum tempo até que o avião pousasse e eles pegassem as malas.

    Jack entrou no saguão do aeroporto com as malas. Valerie fez menção em se levantar para recebê-lo, mas percebeu que havia algo estranho nele. Não houve reação sobre o cartaz de Hannibal, ele estava suando e agitado. Algo estava errado. Ela levantou-se e começou a observar ao redor. O que poderia ser? Foi quando levou um tapa na cara da Raça Pura de Niko, que estava bem ao lado de seu primo. Impossível não perceber. Ele tinha um porte nobre, alto, mas não era tão forte comparado ao que tinha imaginado. Não era tão forte comparado a Jack - mas era difícil alguém ser tão forte quanto seu primo, que sussurrava algo no ouvido de Hannibal. O que estava acontecendo?

    Foi quando ele largou as flores de Hannibal nas mãos de moça bonita, bem na hora que o namorado dela chegava de viagem. A cara do rapaz não foi das melhores, mas Jack não se importou, na verdade Valerie tem certeza que ele não percebeu. Ela deu uns dois passos em direção a seus primos, mas ele veio gesticulando para Hannibal, o semblante fechado, o gato de uma passageira tentou arranhar Jack, ele fez cara de puto e continuou rapidamente para onde o restante da matilha estava.

    O primo chegou perto de Valerie. Estava atropelando as palavras, o cabelo grudado na testa. Algo estava mesmo muito errado.

    Jack escreveu:-Valerye, minha irmã também está aqui. - OLha para Antonio - -Preciso aprender dons. - Se dirige para Gwen - -Devia ter dado as flores pra você... - Olha para a alfa - -Cadê Leonardo? - respira, inspira e suspira.

    Era isso. Yasmin estava no aeroporto. Mas por que diabos a irmã desaparecida estaria ali? Teria descido em um vôo? Estaria no vôo deles? Estaria no hall? - pensou. Era sua prima também e Valerie não deixava de ter certa curiosidade sobre ela, uma vez que seu primo Hannibal sempre fora muito reservado em relação a Yasmin. Sempre evitava o assunto quando ele vinha à tona. Mas já era hora de saber de tudo. Ela era a Alpha. Ela devia saber. Ela olhou para Hannibal como se estivesse fuzilando seu primo com perguntas mentais sobre Yasmin. Sabia que ele entenderia seu olhar. Não tinham grandes afinidades, mas a convivência fazia com que entendessem bem o que se passava na cabeça dos primos e ele saberia que ela estava irritada em não saber mais sobre Yasmin.  

    - Calma Jack. Respire. - disse Valerie abraçando seu primo. Ela não era de muitos abraços, mas precisava falar o mais próximo a ele possível. - Onde você a viu? Você falou com ela? - sussurrou no ouvido dele. E olhando em seus olhos, falou em voz alta: - Ninguém sabe de Leonardo há dois dias. Deve ter se enrolado em alguma situação. Estou preocupada com ele.

    Jack escreveu:Jack olha para a alfa e sorri, era um competidor nato, valentão por natureza e respira fundo, olhando nos olhos de sua alfa e se aproximando do seu ouvido:

    - Acho que temos companhias desagradáveis aqui... seu ahroun voltou...

    Valerie sorri de volta para Jack e diz:

    - É muito bom ter o meu Ahroun de volta, mas agora você não está sozinho. Vejo que já conhece Niko, não é verdade? - apontou para o Garou meio perdido no hall, procurando por alguém que se identificasse para levá-lo ao Caern.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Fantasmas

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Nov 19, 2018 11:35 am