Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Criação de Personagens

    Compartilhe
    nahna
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 25
    Reputação : 0

    Re: Criação de Personagens

    Mensagem por nahna em Qui Nov 08, 2018 5:00 pm

    Tenquiú! Smile

    Aproveitando então, como que joga / calcula os recursos iniciais? Não achei bem descrito no livro... só que é pra jogar o status... Neutral

    Christiano Keller
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 204
    Reputação : 2

    Re: Criação de Personagens

    Mensagem por Christiano Keller em Qui Nov 08, 2018 6:22 pm

    Segundo o que está na página 69:
    "Passo Sete: Posses Iniciais
    A seguir você deve determinar suas posses iniciais. Todos os personagens começam o jogo com um conjunto de roupas comuns apropriadas para seu sexo, botas ou sapatos e uma adaga. Herdeiros também começam com um anel de sinete. Anote estas posses na sua ficha de personagem.
    Em seguida, role um teste de Status. O resultado é o número de dragões de ouro que você terá para comprar suas posses iniciais. Obviamente, você não começa com um saco de ouro; estes fundos refletem o que você acumulou ao longo dos anos. Você deve gastar pelo menos metade de suas moedas iniciais. Você pode deixar o resto de reserva ou investir na sua casa, como quiser.
    O Capítulo 7: Equipamento inclui listas completas de preços e descrições de todos os equipamentos comuns de Westeros."

    Então se tem status 3, role 3 dados de 6 lados e o resultado é o número de dragões de ouro iniciais. Na página 157 tem a tabela de conversão para compras.

    Ficou claro?

    Atenciosamente,
    Christiano
    nahna
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 25
    Reputação : 0

    Re: Criação de Personagens

    Mensagem por nahna em Qui Nov 08, 2018 6:37 pm

    Ficou sim! Agradeço muito! Wink

    Estou quase terminando uma ficha. Nunca tinha jogado nesse sistema, mas achei bem legal e fácil de assimilar Very Happy
    nahna
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 25
    Reputação : 0

    Re: Criação de Personagens

    Mensagem por nahna em Qui Nov 08, 2018 6:52 pm

    Teste de Status para riqueza inicial:

    nahna efetuou 4 lançamento(s) de dados (d6.) :
    6 , 6 , 2 , 4
    nahna
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 25
    Reputação : 0

    Re: Criação de Personagens

    Mensagem por nahna em Ter Nov 13, 2018 9:48 am

    @fairbrooks escreveu:



    Nome:Vaelle Snow
    Idade: 16 anos
    Sexo: Feminino
    Casa: Norte

    Objetivo: Amor
    Motivação: Estabilidade
    Virtude: Dedicação
    Vício: Teimosia





    Habilidades

    Agilidade: 4 (40) Esquiva 2B (40)
    Astúcia: 3 (10)
    Conhecimento 3 (10)
    Cura 3 (10)
    Furtividade: 3 (10)


    Idioma: 3 (10)
    Lidar com animais: 3 (10)
    Luta: 1 (-50)
    Persuasão: 4 (40) Charme 1B (10)


    Pontaria: 4 (40) Arcos 1B (10)
    Ladinagem: 4 (40)
    Vontade: 3 (10)
    Demais: 2




    Qualidades & Desvantagens

    Benefícios:
    Atraente
    Maestria em Arco
    Mãos ágeis
    Excedentes: 3


    Defeitos:
    Bastarda


    Estatísticas:
    Defesa em Combate = 06
    Saúde = 06
    Defesa em Intriga = 07
    Compostura = 09
    Pontos de Destino = 5



    Equipamentos



    Armadura: 0
    Penalidade: 0
    Volume: 0

    -

    Moedas restantes: xx Gamos de Prata




    A História de Vaelle Snow:


    Sor Abdall Karsten era um homem feliz, casado com a mulher que amava desde jovem, lady Alles Karsten, e com quem teve três filhos: Boros, Baddard, e Mestor. Contudo, Abdall era um jogador… Perdia grandes somas de direito em jogos, ao mesmo tempo em que se afundava em conflitos com selvagens e bandoleiros em suas terras.
    Boa parte de seus problemas foi a solução apontada pelo Meistre à serviço na época, e por sua sugestão Abdall contratou os selvagens e prometeu-lhes uma pequena porção de terras distantes onde não seriam importunados.
    Os selvagens fizeram um bom serviço e pouco a pouco a paz foi reestabelecida em seu território. O líder do bando, Kordnor, tornou-se amigo da família e algumas vezes até esteve presente a mesa nas ceias.
    Ainda que tudo estivesse indo bem, Sor Abdall continuou a perder boas somas nas mesas de jogos e a distanciar-se da família… Foi quando a senhora Alles encontrou conforto nos braços do selvagem Kordnor, e desse erro gerando uma criança.
    O senhor Abdall ficou transtornado, mas reconhecendo os próprios erros, por amar sua esposa, e para evitar escândalos com o nome de sua família, expulsou o selvagem de suas terras e tomou a criança como sua bastarda.



    Vaelle cresceu sem o amor do pai, e nunca entendeu como tinha apenas o amor da senhora Aelles, sendo uma bastarda. Foi uma menina voluntariosa durante toda a infância, o que lhe rendeu muitas escoriações e machucados.
    Num rigoroso inverno, quando tinha 11 anos, Aelles partiu, vítima de pneumonia. Houve silêncio durante semanas, e seu pai tornou-se ainda mais distante.
    No ano seguinte, Abdall casou-se novamente, com a senhora Haenna. Dessa união, foi gerado o pequeno Dohor, e por um período breve a casa se encheu de alegria novamente.
    Alguns meses mais tarde, o selvagem Kordnor retornou para as terras, convocado pelo próprio senhor da casa. Vaelle foi chamada, e comunicada que partiria com o estranho, e nada mais foi dito. A menina chorou e esperneou, mas a decisão foi final. No fim da tarde, foi levada na garupa de um cavalo, juntamente com algumas riquezas de pagamento.



    Vaelle teve que se conformar com sua nova condição, vivendo entre selvagens, e que aquele era seu verdadeiro pai. A educação que recebeu durante seus 12 anos anteriores, era incompatível com o convívio do bando, deixando a menina sempre deslocada. Até mesmo seu verdadeiro pai caçoava de seus modos e do modo como chorava o tempo todo.
    O primeiro ano foi o mais difícil, mas nos seguintes Vaelle foi aceita. Tornou-se uma mulher bonita e destoava bastantes dos demais por estar sempre alinhada e vestir-se mais dignamente, motivos que lhe renderam o apelido de “Lady do mato” entre os seus. Afim de suprir seus gostos, Vaelle encontrou o furto como solução, e se tornou boa nisso. Por vezes usava a distração que os selvagens causavam por onde passavam para fazer ela própria uma discreta pilhagem, rendendo-lhe constantemente algumas pratas.



    Vivendo entre seus companheiros selvagens, deixou de ser uma menina assustada e tomou o mundo para si. Jamais amaldiçoou sua sorte, e passou a se interessar pelas histórias contadas pela rainha dos dragões, admirando a heroína que reconhecia nela, e almejando que um dia pudesse conhecê-la. Era uma mãe para fugitivos e escravos… Talvez ela não a recusasse, como as outras pessoas que amou.

    nahna
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 25
    Reputação : 0

    Re: Criação de Personagens

    Mensagem por nahna em Ter Nov 13, 2018 10:09 am

    Novo teste de status para riqueza inicial:

    nahna efetuou 2 lançamento(s) de dados (d6.) :
    4 , 5
    nahna
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 25
    Reputação : 0

    Re: Criação de Personagens

    Mensagem por nahna em Ter Nov 13, 2018 10:27 am

    @nahna escreveu:
    @fairbrooks escreveu:



    Nome:Vaelle Snow
    Idade: 16 anos
    Sexo: Feminino
    Casa: Norte

    Objetivo: Amor
    Motivação: Estabilidade
    Virtude: Dedicação
    Vício: Teimosia





    Habilidades

    Agilidade: 4 (40) Esquiva 1B (10)
    Astúcia: 3 (10)
    Conhecimento 3 (10)
    Cura 3 (10) Tratar ferimento 1B (10)
    Furtividade: 3 (10) Esgueirar-se 1B (10)


    Idioma: 3 (10)
    Lidar com animais: 3 (10)
    Luta: 1 (-50)
    Persuasão: 4 (40) Charme 1B (10)


    Pontaria: 4 (40) Arcos 1B (10)
    Ladinagem: 4 (40) Furto 1B (10)
    Vontade: 3 (10)
    Demais: 2




    Qualidades & Desvantagens

    Benefícios:
    Atraente
    Maestria em Arco
    Mãos ágeis
    Excedentes: 3


    Defeitos:
    Bastarda


    Estatísticas:
    Defesa em Combate = 06
    Saúde = 06
    Defesa em Intriga = 07
    Compostura = 09
    Pontos de Destino = 5



    Equipamentos



    Armadura: 0
    Penalidade: 0
    Volume: 0

    Bolsa (cinto) 8vc
    Lampião 2gp
    Lente Myresa 20gp
    Óleo (500ml) 8vc
    Pederneira 2vc
    Perfume 1gp
    Sachê 1gp
    Tocha 1vc
    Trajes de nobre 400gp
    Trajes do norte 4gp  
    Punhal 0,5kg 20gp
    Arco de curvatura dupla 1kg 500gp
    Munição x2 (24 flechas) 1kg 20gp
    Montaria: Palafrém 150gp

    Total: GP: 1118  |  VC: 19
    Excedente: 771gp + 37vc




    A História de Vaelle Snow:


    Sor Abdall Karsten era um homem feliz, casado com a mulher que amava desde jovem, lady Alles Karsten, e com quem teve três filhos: Boros, Baddard, e Mestor. Contudo, Abdall era um jogador… Perdia grandes somas de direito em jogos, ao mesmo tempo em que se afundava em conflitos com selvagens e bandoleiros em suas terras.
    Boa parte de seus problemas foi a solução apontada pelo Meistre à serviço na época, e por sua sugestão Abdall contratou os selvagens e prometeu-lhes uma pequena porção de terras distantes onde não seriam importunados.
    Os selvagens fizeram um bom serviço e pouco a pouco a paz foi reestabelecida em seu território. O líder do bando, Kordnor, tornou-se amigo da família e algumas vezes até esteve presente a mesa nas ceias.
    Ainda que tudo estivesse indo bem, Sor Abdall continuou a perder boas somas nas mesas de jogos e a distanciar-se da família… Foi quando a senhora Alles encontrou conforto nos braços do selvagem Kordnor, e desse erro gerando uma criança.
    O senhor Abdall ficou transtornado, mas reconhecendo os próprios erros, por amar sua esposa, e para evitar escândalos com o nome de sua família, expulsou o selvagem de suas terras e tomou a criança como sua bastarda.



    Vaelle cresceu sem o amor do pai, e nunca entendeu como tinha apenas o amor da senhora Aelles, sendo uma bastarda. Foi uma menina voluntariosa durante toda a infância, o que lhe rendeu muitas escoriações e machucados.
    Num rigoroso inverno, quando tinha 11 anos, Aelles partiu, vítima de pneumonia. Houve silêncio durante semanas, e seu pai tornou-se ainda mais distante.
    No ano seguinte, Abdall casou-se novamente, com a senhora Haenna. Dessa união, foi gerado o pequeno Dohor, e por um período breve a casa se encheu de alegria novamente.
    Alguns meses mais tarde, o selvagem Kordnor retornou para as terras, convocado pelo próprio senhor da casa. Vaelle foi chamada, e comunicada que partiria com o estranho, e nada mais foi dito. A menina chorou e esperneou, mas a decisão foi final. No fim da tarde, foi levada na garupa de um cavalo, juntamente com algumas riquezas de pagamento.



    Vaelle teve que se conformar com sua nova condição, vivendo entre selvagens, e que aquele era seu verdadeiro pai. A educação que recebeu durante seus 12 anos anteriores, era incompatível com o convívio do bando, deixando a menina sempre deslocada. Até mesmo seu verdadeiro pai caçoava de seus modos e do modo como chorava o tempo todo.
    O primeiro ano foi o mais difícil, mas nos seguintes Vaelle foi aceita. Tornou-se uma mulher bonita e destoava bastantes dos demais por estar sempre alinhada e vestir-se mais dignamente, motivos que lhe renderam o apelido de “Lady do mato” entre os seus. Afim de suprir seus gostos, Vaelle encontrou o furto como solução, e se tornou boa nisso. Por vezes usava a distração que os selvagens causavam por onde passavam para fazer ela própria uma discreta pilhagem, rendendo-lhe constantemente algumas pratas.



    Vivendo entre seus companheiros selvagens, deixou de ser uma menina assustada e tomou o mundo para si. Jamais amaldiçoou sua sorte, e passou a se interessar pelas histórias contadas pela rainha dos dragões, admirando a heroína que reconhecia nela, e almejando que um dia pudesse conhecê-la. Era uma mãe para fugitivos e escravos… Talvez ela não a recusasse, como as outras pessoas que amou.

    Conteúdo patrocinado


    Re: Criação de Personagens

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Nov 15, 2018 1:56 am