Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 633
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Qua Maio 22, 2019 10:52 pm





    @Bravos @Raijecki @Shamps
    31 de Outubro de 2018
    Estação: Outono, Temperatura: 16ºC, Previsão: Crepúsculo Lunar
    Localização: Hogsmeade - Escócia.


    Daemon Griffiths & Clément Vaganay & Alanna O'Shier





    Annabelle revirava os olhos desgostosa com a atitude do grifinório – Quieto, Daemon! Tudo isso é muito sério, minha prima está morta! – Vociferara aborrecida com o garoto.

    A criatura fúnebre e horrenda não parecia disposta a dialogar ou se quer compadecer com as crianças. Ela mantinha uma postura de alguém que já fizera muito em permitir que aquelas crianças usufruíssem de sues bens mais valiosos: As Relíquias da Morte.

    O círuclo de fogo chamuscava mais forte do que nunca impedindo que quaisquer um dos protagonistas e seus amigos fugissem de lá. Cercados por dez bruxos que escondiam a face com uma máscara macabra, eles não tinham como se aproximar de Ewgol, por fim.

    Clément Vaganay pode sentir o grandioso poder da Varinhas das Varinhas quando este lançou seu primeiro feitiço com a mesma. A rocha criada pela magia do lufano somado a de sua varinha nova causou um estrago tão grande e barulhento que fora capaz de nocautear um dos servos mascarados.

    Alanna vestiu a si e seus amigos com a Capa da Invisibilidade pouco antes de agir. Seu impulsa não fora forte, mas o suficiente para criar um “flash” como o de um raio provocando um clarão momentâneo, era a chance que precisavam!

    Mas de onde tiraram isso? – Perguntou Lillo e os outros assombrados.

    Isso pouco importa! – Gritou Damyien impressionando-se ao ver os três protagonistas sumirem abaixo da capa mágica – Vão atrás dele, deixe esses idiotas conosco!

    Damyien puxou de dentro de sua veste negra uma pedra verde-esmeralda que tomou um brilho próprio, quando ele a tocou com as mãos. O objeto se atirou no céu a partir de sua mão despedaçando-se em centenas de pedacinhos menores criando uma coloração esverdeada sobre a cabeça deles. – Agora toda Hogwarts sabe que estamos aqui!

    O que foi isso? – Perguntou Belle sem entender.

    Uma carta na manga! – Respondera Damyien confiante de suas habilidades enquanto monitor.

    Como escravos sem vozes, os nove que sobraram não permitiriam que tudo terminasse tão facilmente e, ainda que não pudessem ver os três protagonistas, sentiam-se na vantagem de números.

    Mesmo que possuindo as Relíquias da Morte vocês não pálios para mim! – Gritou Ewgol há pouca distância de todos – O que aconteceu há anos atrás não irá se repetir, malditos!  SAIAM! – Ordenou ele para seus serviçais mascarados – SAIAM!

    Com o orgulho ferido, aquele que possuía o corpo que não lhe pertencia avançou a passos lentos na direção dos protagonistas e seus amigos. Seus servos abriram caminho sem entender o porquê de terem sido deixados de lado, mas era óbvio que Ewgol com toda sua grandiosidade desejava vencer seus inimigos sozinho demonstrando sua confiança e prepotência.

    Sem experiência pouco poderão fazer uso das relíquias, então, sugiro que sejam minimamente espertos e as deem para mim! – Disse Ewgol com sua voz esganiçada – Eu saberei utilizar estes maravilhosos objetos com sabedoria, vermes!

    Lillo aproveitara o momento oportuno com a abertura dos sevos que se recolhiam como multidões ao arredor deles, balançou sua varinha exatamente como fizera anteriormente no Expresso Hogwarts – ALOHUM! – Ela gritou e uma luz quente com uma sensação boa percorreu o caminho atravessando todos que estivessem próximo, embora não tenha feito mal algum aos amigos de Lillo.

    Ewgol levantara a mão criando uma contra magia negra que dispersou o feitiço de Lillo com facilidade – O mesmo feitiço não funciona duas vezes contra um bruxo, ignorante!










    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 225
    Hufflpuff 300
    Ravenclaw 435
    Slytherin 400

    ESTADO ATUAL:




    Daemon Griffiths

    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 18/20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:



    Alanna O'Shier

    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 23/25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:



    Clément Vaganay

    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 28/30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Raijecki
    Mestre Jedi
    Raijecki
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1055
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Qui Maio 23, 2019 11:07 pm

    - Tem razão Belle. - Dissera para a garota com a cabeça baixa pela repreensão sofrida. - Toma aqui um feijãozinho como pedido de desculpas. - Entregava alguns de seus preciosos doces para a sonserina na esperança da mesma aceitar.

    Na volta ao circulo infernal dos maléficos seguidores de Ewgol, Clément já utilizava do incrível poder da varinha das varinhas para nocautear um dos inimigos com facilidade. Daemon julgara que se a aquele artefato tivesse tanto poder a fim de fazer um bruxo com tamanha dificuldade com seus feitiços conseguir realiza-los com facilidade, nunca sequer poderiam deixa-la cair nas mãos de um profano como Ewgol.

    Alanna logo os cobria com sua capa de invisibilidade e causava um clarão que cegava momentaneamente os comensais de Ewgol com sua magia. Talvez aquela fosse a oportunidade que esperavam. O monitor sonserino utilizava aquele momento de vantagem para lançar uma especie de sinalizador mágico na tentativa de chamar por ajuda vinda do castelo.

    - Incendio! - Gritava Daemon, na ta tentativa de aproveitar a mera vantagem e reduzir a vitalidade de Ewgol.

    Pressentindo a eminente virada, Ewgol tomava as rédeas da batalha e ameava a todos lhes dizendo que deveriam entregar as relíquias da morte a ele. "Talvez eu faça isso mesmo" - Pensou Daemon. - "Para lhe ver ser sugado direto para o inferno que é o seu lugar seu maledetto!"

    Então Lillo atirava seu famoso "ALOHUM!" contra o infame, mas o mesmo conseguira dispersa-lo tão facilmente que deixaria qualquer um intimidado. Mas não Daemon, ele sabia que tudo o que precisavam era de uma chance de se aproximar do vilão e aprisiona-lo de vez no medalhão.

    - Preciso chegar perto o suficiente dele pra usar o medalhão! - Cochichava em tom ansioso para seus amigos por debaixo da capa. - Clément, talvez você possa tentar uma magia mais forte, tipo o alohum da Lillo! Aí enquanto isso Alanna me leva pra perto do Ewgol! - Concluiu, vestindo o medalhão em seu pescoço. Se tivesse de se sacrificar para vencerem, não iria pestanejar, pois naquela momento, a história e a continuidade do mundo bruxo estava em jogo.
    Raijecki
    Mestre Jedi
    Raijecki
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1055
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Qui Maio 23, 2019 11:08 pm

    Teste da magia "Incendio":

    Raijecki efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    4
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    shamps
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2467
    Reputação : 158
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Sab Maio 25, 2019 3:50 pm




    Alanna não teve tempo de ficar frustrada com seu ataque falho, já que eles estavam em meio a uma batalha de bruxos poderosos e ela queria sobreviver. Por sorte, seu ataque, mesmo que falho, deu uma vantagem ao grupo, já que gerou uma distração.
    Ewgol ficou furioso e dispensou seus capangas, o que foi um alivio para a menina, mas ele ainda estava no comando da briga e dissipou com facilidade um ataque de Lillo.

    Daemon insistia em seu plano de se aproximar do falso bruxo, coisa que preocupava Alanna. A ideia era boa, mas perigosa, ainda mais agora que Ewgol demonstrava interesse pelos artefatos sagrados.

    - Mas Daemon, ele pode pegar nossos itens... – ela acompanhou primo mesmo assim e tentou mais uma vez lançar o seu Inpulsa, talvez com outro brilho pudesse cega-lo ou eletrocuta-lo se seu feitiço saísse decentemente.




    shamps efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    1
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3449
    Reputação : 238
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Qua Maio 29, 2019 2:23 pm

    Já debaixo da capa de invisibilidade, se aproximando do vilão que os perseguia, eles tentavam bolar um plano. - A varinha não é automática, se eu lançar um feitiço que não sei, é capaz de tudo ser pior. - Respondeu. - Vamos fazer o seguinte: vamos chegar perto dele um pouco pelo lado, eu lanço um flipendo mirando nas pernas dele. A surpresa vai fazê-lo cair e quando ele estiver de cara no chão, Daemon salta sobre ele com certa segurança, sem ir de frente.

    Mesmo o feitiço poderoso de Lillo foi desfeito com facilidade, então eles não poderiam achar que iriam conseguir alguma coisa indo enfrentá-lo de peito aberto. Teriam que explorar ao máximo a vantagem que tinham com as relíquias da morte, sem expor a fragilidade de suas poucas experiências no mundo bruxo.

    - Vamos andar um pouco em zigue-zague para que ele não preveja nossa posição. - Quando fizessem isso e estivessem adequadamente posicionados, ele estaria pronto:

    - Flipendo!

    Bravos efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    2
    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 633
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Ter Jun 11, 2019 5:22 pm

    Matthew Tasslehöff

    Teste da magia "Incendio":

    Hylian efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    3

    May Woodburn

    Teste da magia "Ventus":

    Hylian efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    3

    Annabelle Hooper

    Teste da magia "Ebublio":

    Hylian efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    2

    Damyien Finnick

    Teste da magia "Aqua Eructo":

    Hylian efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    4

    Lillo Mauí

    Teste da magia "Arguebilou":

    Hylian efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    6
    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 633
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Ter Jun 11, 2019 5:32 pm

    Ewgol Liamtroop

    Teste da magia "Protego":

    Hylian efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    6
    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 633
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Ter Jun 11, 2019 5:37 pm





    @Bravos @Raijecki @Shamps
    31 de Outubro de 2018
    Estação: Outono, Temperatura: 16ºC, Previsão: Crepúsculo Lunar
    Localização: Hogsmeade - Escócia.


    Daemon Griffiths & Clément Vaganay & Alanna O'Shier





    A jovem sonserina ignorara as ironias que o Sr. Griffiths deslivava vez ou outra, até porquê, ela também não estava contente ou mesmo satisfeita com aquele destino cruel. Perguntas sem respostas borbulhavam como lava na mente de todos eles e, ao que parecia, continuariam sem respostas plausíveis que os fizesse entender contra quem o que estavam realmente lutando.

    Logo que voltaram a si, no presente, pouco antes de desaparecerem. Tiveram a sensação boa de que seus amigos e colegas que o acompanharam nos últimos meses ainda estavam vivos, bem como Ewgol e seus capangas. O incêndio de Daemon perfurou os ares atingindo o inimigo de raspão em sua veste grossa de cor preta que chamuscara, mas Ewgol apagara o fogo facilmente batendo com a mão a fim de evitar que o incêndio se propagasse pela sua vestimenta.

    O impulsa conjurado por Alanna não surtira tanto efeito além de um estalo como se tivesse dado algum tipo de curto-circuito e mais nada.

    –  TOLOS! – Berrou Ewgol se divertindo com o desespero das crianças e o quão inúteis elas pareciam ser diante de sua grandiosidade.

    Temos que fazer alguma coisa, Math, May... – Disse Lillo cujo ultimo feitiço fora completamente inútil.

    Embora abaixo da capa da invisibilidade o que impedia a visão de todos, quando os três lançavam suas magias era necessário descobrir a mesma e então, por alguns segundos cruciais, demonstravam claramente seu ponto fraco. O flipendo de Clément pouco teve efeito também, sendo fraco demais apenas causando um “sopro” no ar próximo ao vilão em corpo de criança.

    Vamos, é a nossa vez! – Agitou Matthew Tasslehöff – INCENDIO!

    VENTUS! – Gritou May aproximando-se o máximo que podia de Ewgol.

    Minha vez! – Exclamou Belle balançando sua varinha, enquanto apertava a pedra da ressurreição como se isso lhe desse coragem –  EBUBLIO!

    Aqua Eructo! – Gritou Damyien Finnick.

    Lillo assistia seus amigos avançarem com tudo que lhes possível, mas sentia-se num misto de frustração e terror já que seu feitiço mais forte não tivera o menor efeito contra aquele que mais temia, o que era assombroso. A morena apertou sua varinha com firmeza, ela tinha que ajudar, fazer algo, não poderia assistir seus amigos arriscando suas próprias vidas – ARGUEBILOU!

    O incêndio de Tasslehöff perfurou os ares entre ele e Ewgol com mais ferocidade do que o conjurado pelo protagonista de mesma casa. A veste do vilão acendera-se em fogo, queimando-o com precisão pelo tempo que demorara para quebrar o feitiço. Era possível ver partes do corpo infantil de Ewgol e todos perceberam que o tom de pele do mesmo era ainda mais esbranquiçado do que a palidez, era como se aquele corpo estivesse morto, embora tivesse vida em seu interior.

    O ventus de May atingira Ewgol também fazendo com que suas vestes chacoalhassem e revelando, por fim, o que ele guardava em seu pescoço: Um belíssimo medalhão verde-musgo e em tons prateados que mostrava visivelmente duas serpentes engolindo uma a outra como o Ouroborus.

    Ebublio de Belle pouco tivera efeito se não apenas causar minúsculas feridinhas nas mãos de Ewgol., porém, somado ao forte Aqua Eructo de Damyien os dois conseguiram encharcá-lo por inteiro, dando a deixa para que os protagonistas utilizassem o único feitiço que conheciam e combinaria com a água.

    O Arguebilou de Lillo fora, sem dúvidas, o feitiço mais bem conjrado entre todos. Um grandioso golem feito de areia dura emergiu do chão como mágica. A criatura não tinha olhos ou bocas, mas no lugar, três vãos que pareciam ser por onde ele poderia enxergar. Em total controle da jovem Lufana ele avançou com força em direção ao Ewgol.

    O vilão conjurou uma defesa espetacular, impedindo que o Arguebilou de Lillo aproximasse de si. Ambos, Ewgol e Lillo mantinha sua concentração em uma espécie de cabo-de-guerra a fim de descobrir quem possuía a magia mais forte. – Vamos, amigos, eu não vou aguentar por muito tempo!







    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 225
    Hufflpuff 300
    Ravenclaw 435
    Slytherin 400

    ESTADO ATUAL:




    Daemon Griffiths

    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 18/20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:



    Alanna O'Shier

    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 23/25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:



    Clément Vaganay

    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 28/30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Raijecki
    Mestre Jedi
    Raijecki
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1055
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Ter Jun 11, 2019 7:48 pm

    As rajadas coloridas das várias magias lançadas em direção ao vilão Ewgol iluminavam a aterrorizante noite de Halloween. Infelizmente elas eram pouco efetivas, pois o horrendo parecia saber todas as contra-medidas possíveis e se livrava facilmente dos tolos ataques dos primeiranistas.

    Mesmo com toda aquela má e desesperançosa situação, Ewgol não tinha algo que os jovens ali detinham e defenderiam com suas próprias vidas. Ele era sozinho, não tinha amigos e provavelmente nunca entenderia o valor e a força que aquele sentimento poderia ter.

    Lillo mais uma vez surpreendia a todos com seu imenso poder e invocava uma especie de Golem que prendia temporariamente a atenção do vilão e pedia para que os protagonistas agirem rápido antes que ele conseguisse se livrar e contra atacar.

    - É agora! - Dissera Daemon para os outros, antes de saltar em direção a Ewgol e abrir o medalhão bem em frente ao mesmo, direcionando o objeto para onde ficava o medalhão de Ewgol, revelado anteriormente por uma magia de vento de May.

    - Esteja aprisionado, Maledetto!
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3449
    Reputação : 238
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Sab Jun 15, 2019 10:51 am

    O flipendo que utilizara praticamente não teve efeito. - Mas que caralho, hein?! - Porém, os colegas logo interviram naquele combate que era de tudo ou nada. E aquela investida fizera com que Ewgol ficasse completamente molhado. Naquele momento, Clément teve uma sacada. - Allana! Ele está molhado, lance seu feitiço de eletricidade. Eu vou protegê-la com o Clipeum, assim ele não vai poder se mover e Daemon poderá usar o medalhão.

    No momento que eles lançavam algum feitiço, acabavam denunciando sua posição, mesmo debaixo da capa de invisibilidade. Daquela maneira, Allana estaria protegida enquanto lançava o ataque. Além disso, se tudo desse certo, a energia elétrica faria seu corpo enrijecer e ele não conseguiria evitar que Daemon usasse nele a relíquia da morte.

    - Está preparada? - Olhou no fundo dos olhos de Allana e quando ela dissesse que sim, lançaria o feitiço de proteção sobre ela.

    - Clipeum!  

    Bravos efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    3
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    shamps
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2467
    Reputação : 158
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Sab Jun 15, 2019 7:15 pm




    Tava tudo acontecendo tão rápido, que Alanna se assustava e apertava forte os olhinhos azuis. Todas as crianças lançando feitiços, as palavras malvadas de Ewgol, Daemon tagarelando no ouvido da menina, Clement falando de feitiços, mas que feitiço? A cabeça da menina dava voltas e voltas e ela se sentia tonta. Tantas emoções e as relíquias, a capa, o reino misterioso...
    Mas ela precisava se concentrar e respirar fundo, afinal, vidas dependiam dela... deles... daquelas valentes crianças. Ela olha para a varinha com confiança e roga a Merlin por ajuda para conseguir fazer bem seu feitiço e grita o nome do feitiço de eletricidade, apontando a varinha para o falso primeiranista.




    shamps efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Dice (d6.) :
    3
    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 633
    Reputação : 69
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Seg Jul 01, 2019 11:25 pm





    @Bravos @Raijecki @Shamps
    31 de Outubro de 2018
    Estação: Outono, Temperatura: 16ºC, Previsão: Crepúsculo Lunar
    Localização: Hogsmeade - Escócia.


    Daemon Griffiths & Clément Vaganay & Alanna O'Shier




    Embora a situação parecesse estar a favor dos jovens primeiranistas, nenhum dos seguidores, de quem quer que estivesse usurpando o corpo do pequeno Ewgol, se atreveram a interceder, já que as ordens de seu mestre eram claras e absolutas. Nem mesmo os gêmeos Axphord ousaram mover um dedo, ainda que desejassem a cabeça de todos eles e uma bandeja como premiação.

    Lillo mantinha-se o quão forte lhe era possível para continuar a sua briga árdua contra o tal vilão, dando chance e tempo para que os protagonistas pudessem ter um mínimo de vantagem necessário para a vitória, muito embora a jovem garota sentisse seu corpo ceder e a violenta briga mágica começar a ceder para o seu lado, ela não tinha muito tempo.
    A estratégia dos três protagonistas era clara. A magia elétrica de Alanna tivera um efeito dobrado devido as condições encharcadas que encontrava a vítima. O grande vilão sentiu fortes correntes elétricas transitarem com violência por seu corpo, deixando-o bastante abalado e incapaz de continuar o contra-feitiço em relação a Lillo. A jovem lufana sentiu como se a “corda” do lado oposto afrouxasse dando a ela passe livre para avançar com tudo. O gigante de areia “Arguebilou” esmurrara o vilão, jogando-o a pelo menos um metro de distância e se desfez em pó.

    Daemon Griffiths não tardou muito em encontrar o melhor momento para “atacar” com o artefato concedido pela morte. Mirara com precisão exatamente no peito de Ewgol onde encontrava-se o medalhão Ouroboros.

    Por alguns segundos tudo parecera ficar em câmara lenta e em silêncio total, como se o tempo parasse de correr normalmente. Nem Daemon, nem Clément ou mesmo Alanna puderam ouvir ou sentir quaisquer coisas, além de assistir os segundos caminharem como se fossem horas. O grito aterrorizado de quem quer que estivesse no corpo do jovem Ewgol ecoou pelo lugar finalmente quebrando o silêncio vazio há pouco.

    –  MALDITOOOOOSSS!!! – Berrara uma voz esganiçada e imponente, muito diferente daquela ao qual estavam acostumados sair da boca de Ewgol.

    O corpo de Ewgol começou a se revirar como se estivesse sofrendo algum tipo de ataque epilético. Os olhos lhe saltavam o rosto e a língua parecia engrossar. O corpo começara a crescer sem parar, o dobro e até o triplo da altura que tinha originalmente, porém agora não era mais Ewgol e sim um homem de aparência cansada, barriga salientemente avantajada como aqueles tios cachaceiros de fim de semana. Era careca e tinha um rosto doentio e pálido.

    Não durara muito tempo a permanência de tal vilão, pois ele ao ter a identidade revelada fora sugado para dentro do medalhão como se fosse um aspirador de pó ambulante. O medalhão chacoalhou-se com suavidade nas mãos de Daemon e finalmente nenhum vestígio mais do homem velho era possível ser visto.

    Os bruxos mascarados e de vestimenta negra não podiam acreditar que o tão poderoso senhor deles havia perdido para meras crianças que mal sabiam utilizar uma varinha. A vergonha lhes bateu com tanta força e quase todos eles dispararam em retirada, sobrando apenas os gêmeos Axphord e um único homem mascarado cujas vestes se diferenciavam dos demais em tons vermelho-vinho.

    O homem aproximou-se de Daemon com tamanha velocidade que fora impossível de prever, era quase como se ele tivesse “aparatado” a frente do protagonista da grifinória – Isso me pertence... – Murmurou uma voz fúnebre por de dentro da máscara que escondia seu rosto e o homem pegou para si o medalhão Oroboros. – E isso também! – Agarrou das mãos de Daemon a pedra que aprisionava o velho vilão.

    Daemon fora o primeiro a notar, seguido de Clément e Alanna que o tom de pele do homem parecia como a de um defunto. Não tinha cheiro e nem emanava calor humano. – Agora, hora de morrer.... – Disse ele partindo a própria máscara em dois e revelando o seu rosto. Não se tratava de um humano, ou mesmo um bruxo e nem ao menos carregava consigo uma varinha. Seus olhos eram avermelhados e a estrutura óssea da face parecia como a de um animal feroz, tão pouco era um lobisomem ou já teria se transformado. Longas asas como as de um morcego gigante surgiram de suas costas como mágicas. As unhas de suas mãos ficaram maiores e os seus caninos cresceram pelo menos cinco centímetro.

    HENDRIXEN! – Soou a voz alta e imponente de Whix. Um Whix que nenhum deles ali conheceram. Não parecia se quer o mesmo chefe da Lufa-lufa de antes, a não ser pela a aparência física. – Fique longe dessas crianças!

    Pretende me confrontar? O seu pai? – Indagou o vampiro Hendrixen dando as costas para Daemon e aproximando-se de Whix sem medo – Ao menos todos aqui em Hogwarts sabem quem você é? Whixander...

    Num gesto inesperado e totalmente absurdo Alfred Axphord balbuciou sua varinha tomado por um desejo que nenhuma daquelas crianças talvez jamais chegassem a entender – AVADA KEDAVRA! – Ele berrou assumindo uma pose de ataque, o corvino lançou a maldição imperdoável da morte na direção do misterioso chefe da Lufa-lufa.

    Alanna, Daemon, Clément e os outros nunca tiveram aquela sensação antes. Um misto de tristeza, desespero e o sabor amargo e fúnebre da morte escorrendo paladar a dentro. Seus olhos podiam acompanhar o lampejo verde escuro cortar os poucos metros de distância que havia entre o corvinal assassino e Whix, porém, deixando quase todos ali de boca-aberta a maldição falhara miseravelmente. Não havia um ser vivo se quer que conseguisse fugir do destino daquela magia obscura uma vez que ela fosse lançada em sua direção e, Whixander, o chefe lufano ainda jazia de pé sem se mover.

    Es-TUH-pen-DOH! – Cantarolou seu bordão mirando maliciosamente a um ex-estudante de Hogwarts. Sim, porquê seu atrevimento lhe causaria expulsão antes mesmo que pudesse dizer “desculpa” a quem quer que fosse – Sabe, Sr. Axphord, apesar de pertencer a casa da lógica, seu raciocínio e falta de conhecimento deixou muito a desejar. Não se pode matar, o que já está morto. – Whix olhou uma última vez para os alunos e notara que os demais professores e chefes de casa se aproximavam com rapidez – Vocês já fizeram demais por este mundo, eu creio, mas agora é minha vez...

    Em um estalar de dedos Whix que antes tinha uma parência jovial e inocente, mostrara sua verdadeira forma entre todos. Assim como Hendrixen, os caninos de Whix cresceram pelo menos três vezes o tamanho normal. Asas como as de um morcego surgiram de cortes das suas costas e seu corpo ficara ainda mais pálido e sem vida. Seus cabelos volumosos e brancos pareciam cintilar a luz da noite e seus olhos estavam mais vermelhos como os de um Herdeiro da Noite.

    GRAÇAS A MÉRLIN, vocês estão bem! – Murmurou Warlock, a diretora aproximando-se dos protagonistas e seus amigos colocando seu corpo a frente como em uma tentativa de protege-los.

    Aquela travesti era um maldito vampiro... – Resmungou Alfred incapaz de aceitar que perdera, já que de jeito nenhum estava acostumado a ser contrariado.

    Cale a boca e vamos fugir! Hendrixen que se resolva! – Retrucou Alexia notando a presença das autoridades.

    Um vulto de pelos marrons claros como os de uma leõa cortaram os ares e o felino robusto derrubara os gêmeos antes mesmo que suas pernas obedecessem ao comando de desatarem a fugir. Um rugido imponente ecoou por toda a Hogsmeade e era o rugido de uma verdadeira discípula eterna de Godric Gryffindor. Embora os gêmeos parecessem choramingar incapazes de fugir das grossas patas da fera era impossível ouvi-los.

    Uma águia de porte muito maior do que o normal que todos ali conheciam muito bem. O chefe da Corvinal pousou majestosamente sobre o telhado de uma das casas mais próximas de todos e seus olhos eram ameaçadores e ele estaria pronto para revelar seus verdadeiros poderes se fosse necessário.

    A batalha contra os vampiros finalmente se dava inicio e era quase impossível conseguir acompanhar a velocidade com que eles se atacavam. Sangue era derramado abaixo deles e com ele a energia de ambos se esvaia rapidamente.  Após longos sete minutos que pareceram horas para todos eles, apenas uma das criaturas noturnas se mantinha de pé quase sem “vida”, Whix sem conseguir se mover muito, cansado e massacrado, após uma luta de reis, embora mudo, seu olhar significava a única coisa que ele poderia dizer a Wanda Warlock, após tantos anos desde 1930...

    Wanda caminhou até ele olhando-o nos olhos e incapaz também de dizer quaisquer palavras. Ela sacou sua varinha que há muito não usava, apontara para um Hendrixen quase morto e escolheu bem suas palavras: – LUMUS SOLEM...

    O feixe de luz que emergira de sua varinha fora tão forte como se ela tivesse trazido o próprio sol para tão perto de todos que eram incapazes de manter os olhos abertos. O calor transmitido pela magia parecia que os fritaria em segundos. Os berros de Whix e seu pai ecoavam quebrando o silêncio que era ainda mais assustador. Quando finalmente a magia terminara seu efeito e todos conseguiram voltar a enxergar, viram que o corpo de Hendrixen havia se tornado meramente pó.

    Sobre a poeira a que se reduzira o corpo morto de Hendrixen jazia intacto o poderoso medalhão que uma vez pertencera a Morte. Aquele objeto misterioso guardaria consigo uma alma perversa por toda a eternidade, ao menos assim esperava os demais. Whix apressou-se se apoderando do objeto e guardando-o consigo em um dos bolsos.
    A plateia de alunos e professores que se aglomeravam no pequeno vilarejo de Hogsmeade logo fora dissipada pelas ordens de Warlock que, apesar de tudo desejava continuar pelo menos com a festa a qual todos se prepararam nas últimas semanas.



    A Noite das Bruxas



    Aquela virada de noite era tão importante para a comunidade bruxa que nem mesmo o massacre em Hogsmeade fora suficiente para que cancelassem o evento, isto porquê seria quase como um desrespeito fazê-lo. Ainda que muitos, talvez a maioria, não tivessem com humor para festejar seus antepassados, todos sentiam-se na obrigação de estar lá entre a orla da floresta e a imensidão do lago escuro de Hogwarts.

    O castelo estava completamente enfeitado para homenagear respeitosamente os bruxos mais importantes de toda a história do mundo; arrisco-me dizer que talvez fossem ainda mais importantes do que os próprios fundadores de Hogwarts, muito embora este assunto fosse polêmico e causasse discórdia entre os amantes da escola.

    Todos os demais estudantes já se aglomeravam no local do grandioso evento que dava fim a uma era e inicio de outra. Para os bruxos, o Halloween era como o recomeço de um novo ciclo da vida. Banhados pela luz proveniente da majestosa lua que se impunha feito uma rainha no mais longínquo horizonte criando um efeito belíssimo sobre o lago negro. Nossos protagonistas, assim como os demais alunos começaram a notar uma movimentação incialmente sorrateira tanto vinda do interior da floresta como do próprio lago. Eles não estavam sozinhos para aquela festa, tinham convidados muito importantes.

    Sereianos e outros animais residentes das profundezas do lago que, talvez, somente Sonserinos os conhecessem melhor, emergiam da escuridão expondo parte de seus corpos em um sinal de respeito aos grandes bruxos, muito embora eles não fossem da mesma raça, houve um período em que lutaram juntos para equilibrar o mundo. Centauros, lobos e até lobisomens surgiam da escuridão proveniente da floresta, alguns uivavam cantarolando uma bela canção para sua majestade lunar e os centauros contemplavam as estrelas como se as pudessem ler com clareza.

    Como era comumente visto naquele “mundo”, bruxos adultos surgiam aparatando diante das crianças, mas não se tratava de funcionários, mas sim os pais de cada aluno, ou quase todos, inclusive os responsáveis por nossos protagonistas. Aquela era uma noite sagradas e a preocupação dos pais os incentivaram a estar ali ao lado de seus filhos para juntos assistirem uma nova etapa da vida se acabar e outra iniciar quase que ao mesmo tempo.

    –  Peço um minuto da atenção de todos vocês! – Pronunciou-se Warlock colocando-se a frente de todos os pais e estudantes que juntos poderiam somar quase cinco mil bruxos diferentes. Ao lado de Wanda todos os funcionários e professores se organizavam em fila hierárquica, obviamente a Madame Backenbauer, chefe da Grifinória, se destacava por ter o segundo mais poderoso cargo em Hogwarts, seguida dos demais chefes de casas e outros professores e por último, a zeladora Orácea e a guarda-caças Brigit se colocavam em seus lugares humildemente. – Esta não é só uma noite importantíssima em que mais um ciclo se refaz, sim porquê a partir deste momento nossas vidas darão um salto inimaginável, vocês não serão mais o que eram e o que eram não serão mais vocês. A partir deste momento, nossos sangues ferventes de magia e orgulho devem se unir, ainda que muitos não desejem isso, pois no fim das contas, seja você quem for e de onde vier, saímos todos de um mesmo lugar e iremos todos para o mesmo lugar. O que nos difere não são nossas origens, ou o tipo sanguíneo, ou mesmo os galões que colecionam, mas o que nos difere dos demais é o que realmente somos por dentro...

    Wanda dera o sinal para que Naomi Backenbauer pudesse continuar e a madame se colocou três passos a frente.

    Os alunos que eu chamar, por favor, coloquem-se a frente de todos: Alanna O’Shier, Annabeth Hooper, Clément Vaganay e Daemon Griffiths. – O olhar da bruxa era como o de um felino feroz que parecia buscar sua presa, pronto para dar o bote mortal. Apenas quando os quatro protagonistas se colocaram a frente destacando-se de todos fora que Naomi voltara ao seu discurso: – A coragem e a tolice andam juntos e se misturam entre si. É preciso ser o maior dos corajosos, ou maior dos tolos para se colocar em perigo em prol dos amigos, da família e de toda uma comunidade que ficará em dívida com você, portanto, Sr. Griffiths, eu lhe concedo o mínimo que Godric Gryffindor lhe daria, 100 pontos.

    Sabem... – Começou Clowl, o chefe da Corvinal, colocando-se alguns passos a frente e seus olhos encaravam com orgulho a pequena O’Shier – Até mesmo o maior sábio que um dia frequentou esta escola, não como aluna, mas como dona, não tinha certeza de tudo. Não era conhecedora de tudo. Mais do que apontar uma varinha e avançar sem rumo, um verdadeiro corvinal estuda seus movimentos não só dele mesmo, mas o de seu inimigo e, mais importante, deixa-se ser guiado com o coração. 100 pontos para a senhorita O’Shier por ter nos mostrado o verdadeiro motivo pela qual saudamos a maior sábia de todas, Rowena Ravenclaw.

    Whix, que já estava melhor, havia voltado para seu “estado” normal. Já não parecia mais ser o “monstro” vampiresco de antes. Um sorriso como de sempre lhe estampara o rosto criando uma expressão enigmática – ES-tuh-PÊN-dow.... – Ele disse olhando para Clément Vagnay – O justo... Foi isso que Helguinha Hufflepuff me disse quando você bebeu de sua taça. Ainda que todos desde o inicio julgassem um esquisito e estranho ser sem provas e nem porquês, bem você caminhou pela justiça e apenas deu seu veredito quando a máscara de seu inimigo assim caiu a sua frente. 100 pontos para a Lufa-lufa!

    Uma chuva de aplausos ecoou por todo o jardim, até mesmo os animais aquáticos pareciam se agitar harmonizados com o bom feito do primeiranista.

    Finalmente Elliot Clowl transformou-se em uma linda e poderosa águia que, mesmo parcialmente ferido da ultima batalha, ele perfurou os ares escuros como se estivesse indo em direção a lua que cintilava lá encima. Wanda Warlock levantou sua varinha lançando uma magia estranha, porém, fascinante e como fogos de artificio o céu explodiu finalmente celebrando nossos heróis, suas conquistas e a nova era que se iniciava!





    the end...



    ESTADO ATUAL:




    Daemon Griffiths

    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 18/20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:



    Alanna O'Shier

    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 23/25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:



    Clément Vaganay

    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 28/30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Conteúdo patrocinado


    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 7 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Ago 24, 2019 8:09 am