Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Compartilhe
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2174
    Reputação : 143
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Ter Nov 13, 2018 7:05 pm




    Um pouco desnorteada, Alanna seguiu com seus amigos até a casa do beco, animada, achando que encontraria sua monitora e crente que, dessa vez, evitaria que o primo entrasse em confusão. Tão logo foi sua surpresa quando viu a portinha da casa aberta e cochichos vindo de seu interior. De início não reconheceu nenhuma voz e, seguindo os passos de seus amigos, adentrou na casa. Tudo parecia estranho e agonizante ali dentro, fazendo a ruivinha respirar fundo e segurar no braço de seu primo. O lugar estava uma bagunça e ela não conseguia criar nenhuma explicação para o que havia acontecido ali.
    Avançaram mais e viram outros monitores em uma aparente briga. Alanna prendeu a respiração ao serem notados pelos veteranos da escola de magia. Daemon, como sempre, já tomava a dianteira e Alanna mal teve tempo de contê-lo.

    - Daemon... cuidado!

    Sylpher também desfilava sua pelagem negra pelo recinto causando preocupação em Loui. Ela cutucou May ao ver o gato.

    - Olha lá... é o Sylpher. E ele parece bravo - Alanna não temia o bichano, mas achou que seria melhor evita-lo sempre que o visse, já que parecia não ter causado uma boa impressão no bichano. Melhor evitar atritos, não é mesmo?

    Um terrível grito saiu do alto da casa e assustou a todos, inclusive Sylpher que parecia destemido. O grito era de Annabelle, a garota reconheceria a voz de sua colega das aulas de poções. Depois do grito, os passos de Lunma foram ouvidos.

    - Ah! O que foi isso agora? Por Merlin! O que? - ela olhou espantada para seu primo - e deixar você sozinho aqui? Com eles?

    A pequena sentiu-se dividida: queria ver o que aconteceu com Lunma e Annabelle e também queria ficar para defender o primo. O que fazer?

    - Eu e Clement subimos e May fica aqui com você então - ela olha para o garoto francês, pedindo para ele acompanhá-la - cuidado vocês dois! May, cuide dele - e rumou para a escada enquanto sacava sua varinha, só por precaução.


    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2858
    Reputação : 201
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Qua Nov 14, 2018 10:42 pm


    Era incrível como aqueles três pareciam um grande imã para confusões e coisas bizarras. Eles adentram a casa da porta redonda para encontrar Scorpius e Matthew brigando e dois monitores tentando separá-los. A tensão no rosto deles quando a porta se abriu denunciava que eles sabiam o quão erradas eram aquelas atitudes. Clément fixou o olhar em Louie, que era o monitor de sua casa. - O que está acontecendo aqui, Louie? - Mas as coisas não pararam ali, pois logo eles ouviram um grito que só poderia ser de Annabelle, seguido de passos rápidos no corredor de cima e a voz de Lumna, dizendo que todos descessem.

    O pequeno lufano mal tivera tempo para se decepcionar com aquela cena e logo seu coração batia forte com aquela situação toda. Que outra ameaça teria aparecido para fazer Annabelle gritar assim? Daemon tentava fazer com que Scorpius soltasse Matthew, como que o desafiando. Talvez todos na sala soubessem que aquilo teria pouca eficácia, mas ele tentava ainda assim. Ele sugeriu que Clément e Alanna subissem para ajudar sua colega. O garoto francês não estava certo, contudo, a corvina pareceu aceitar a sugestão. - Tá ok... Tente não morrer, Daemon! Vamos, Alanna! - Pegou a garota pela mão e logo estava puxando-a para a escada coberta de um grosso tapete que haviam visto. Chegando no pé dela, parou por um instante, puxou a varinha e soltou a mão de Alanna.

    - Eu vou na frente. - Acenou afirmativamente para a menina e começou a correr escada acima.
    Hylian
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 488
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Qui Nov 15, 2018 12:23 am





    Daemon Griffiths



    –  Cale-se! – Interrompeu Scorpius quase na mesma hora que ouvira Lumna berrar. Seus olhos negros encararam Daemon Griffiths como se desejasse impor sua autoridade, mas naquele momento aquilo pouco importava, sua melhor amiga estava em apuros a poucos metros dele. Largara o pequeno Tasslehöff que parecia completamente assustado tanto por ter sido ameaçado pelo grandalhão, quanto pelo grito de Annabelle e Lumna.

    Clément Vagnay e Alanna O’shier decidiram rápido subir as escadas logo que Sylpher surgira desgostoso com a situação e seus olhos brilhando na direção dos três veteranos presentes ali. Por alguma estranha razão, Daemon, Matthew e May tiveram a impressão de que Louie, Graham e Scorpius podiam se comunicar com o gato de alguma forma, talvez por telepatia ou pelos olhares. O silêncio se instaurou no térreo da casa, enquanto que passos abafados eram ouvidos descerem as escadas. Belle Descia sendo apoiada por Lillo já que parecia muito estranha, estava pálida, seus olhos verdes pareciam perdidos no horizonte. Seus lábios estavam acinzentados, estava gélida e tremia levemente. Logo um menino de cabelos negros e muito parecido com Scorpius, também da família Finnick surgiu do andar de cima par ajudar Lillo a carregar uma belle incapaz de mover.

    –  O que aconteceu com ela? – Perguntou Louie em pânico cortando o rapidez para auxiliar os dois – O que houve?!

    Graham, Matthew e May ficaram estáticos sem saber muito o que fazer assistindo aquela cena triste. Damyien, Lillo e Louie colocaram Annabelle sentada sobre uma poltrona coberta por uma capa um tanto suja, mas nada ali era limpo.

    –  Belle, você está bem? – Perguntara Damyien profundamente preocupado com ela encarando seus olhos que pareciam perdidos no além...

    Droga... – Murmurou – Scorpius avançando até a escadaria e deixando todos para trás, ele tinha que saber o que estava acontecendo, afinal era responsabilidade dele tudo aquilo e Annabelle era uma Hooper de qualquer modo.


    Clément Vaganay Alanna O’Shier




    Os dois protagonista subiram silenciosamente a única escadaria que os levaria para o segundo andar da residência onde encontraram um longo corredor mal iluminado. Quase não tiveram tempo de contemplar os detalhes do aposento, pois Lillo vinha guiando uma Annabelle completamente fora de si, estava estranha, apática, pálida, seus olhos perdidos no horizonte, parecia tremer e tinha dificuldades para andar.

    Clément, Alanna... – Exclamou um tanto assustada ao vê-los – O que fazem aqui?! Vou levar a Annabelle lá embaixo!

    Sem dar muitas chances de conversa e parecendo assustada a morena descera as escadas deixando os amigos para trás. Lillo desejou ter tempo de conversar melhor com seus amigos, muito embora não esperasse encontra-los ali. Damyien Finnick surgira da última porta à direita para acompanhar Lillo e Belle na escada a baixo, deixando o francês e a jovem Alanna sozinhos com a garota de cabelos prateados que jazia imóvel diante da última porta.

    Lumna parecia em choque e realmente estava, seus cabelos estavam mais brilhosos do que de costume. Ela levava a mão a boca e seus olhos estavam vermelhos de lágrima, o rosto inchado. A garota não notara a presença dos protagonistas que se aproximavam atrás dela.

    Oh deus meus, qui in cælis iacet, obsecro, sana et munda Ego petitio principii tu animam huius hominis ex illo anathemate malum hoc signum – Repetia a bruxa num dialeto antigo criando uma agitação no ar próximo a eles e fazendo com que a porta batesse violentamente várias vezes. Por mais que Clément ou Alanna tentassem falar com a monitora ela estaria focada demais em seu propósito mágico e não poderia responde-los naquele momento. Uma energia perversa que Alanna já havia sentido antes ao quase ter sido morta no campeonato emanava atrás da porta que se agitava. Não tardou muito para a porta finalmente ceder e a dobradiça se romper de vez e revelar o que havia atrás dela:

    Era uma cena macabra. Uma cena que dificilmente qualquer um deles conseguiria tirar da cabeça. Um pequeno banheiro completamente sujo por um sangue que parecia fresco, embora fedesse muito como se estivesse fervendo em brasa havia dias. No espelho rachado o número 13 feito com sangue da vítima brilhava fervorosamente. Pendurado na parede jazia o corpo de um garoto conhecido, o menino Phelpps. Ele vestia vestes muito antigas, uniformes de Hogwarts que já não se usavam mais. Sua cabeça era perfurada por uma varinha bem no olho esquerdo e lhe prendera contra a parede deixando-o pendurado. A vítima morrera com o olho direito aberto demonstrando o horror que sentira. Na parede era possível ler a frase “Bons sonhos, Phellps...”.




    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 375
    Hufflpuff 350
    Ravenclaw 435
    Slytherin 450

    ESTADO ATUAL:


    DAEMON GRIFFITHS
    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:


    ALANNA O’SHIER
    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:


    CLÉMENT VAGANAY
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Raijecki
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 756
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Qui Nov 15, 2018 9:07 am


    Daemon respirara fundo quando Scorpius emfim largara Matthew, apesar de ainda apontar firme sua varinha ao Finnick, em resposta automática ao olhar ameaçador do mesmo. Daemon não o conhecia o suficiente para poder entender e prever as ações de seu capitão. Caminhou até seu amigo Matthew e o ajudou a se recompor:

    - Tudo bem aí Matthew? O que você fez pra deixar Scorpius tão irritado assim? - O questionava, mesmo já sabendo que não precisaria de muito para acender o curto pavio do atual capitão da casa escarlate.

    Sylpher parecia desgostar extremamente daquela situação, e Daemon tivera uma estranha sensação de que os monitores conseguiam de alguma forma se comunicar com o felino, mesmo que não fizesse nem ideia de como. O jovem Griffiths quebrava o silencio que se instaurava no local um pouco antes de alguns passos serem ouvidos da escadaria:

    - Tenho quase certeza que esse gato não é um gato... - Dizia a May e Matthew. - O que vocês acham? - Então passos abafados era ouvidos e Daemon corria até a escadaria para poder ver quem descia do segundo andar.

    Para sua surpresa, avistava Annabelle, a garota dos olhos cor de esmeralda que tanto chamavam sua atenção, sendo apoiada por Lillo e mais tardar por outro aluno sonserino. A garota apresentava uma feição preocupante, como se estivesse entrado em pânico. O que quer que ela tivesse visto no segundo andar talvez tivesse deixado marcas profundas em sua consciência. Daemon sentia um frio na espinha com tudo aquilo. Na ultima vez que tinha sentido aquilo estava no expresso vindo até Hogwarts, naquela fatídica noite.

    Acabaram colocando Annabelle sentada em uma poltrona coberta por uma capa empoeirada e tentavam reanima-la perguntando como estava e o que teria acontecido. Scorpius passava por todos em direção a escadaria, uma ação que Daemon também tomava e seguia seu capitão em direção ao segundo andar. Precisava saber o que tinha acontecido, pois se fosse o que imaginava, as coisas seriam muito mais difíceis do que já estavam.

    - Torça para não ser o que eu acho que é, pois aí você vai saber como nós, os sobreviventes, nos sentimos. - Falava em tom amargo a Scorpius, como se sentisse que o mesmo não levasse a sério o que tinha acontecido na viagem alguns meses antes. Apertava com força sua varinha enquanto subia cada degrau.

    "Por favor não seja aquilo de novo, por favor não!" - Refletia aquela suplica em loop dentro de sua mente. Destinazione poderia ser muito maligno as vezes. 

    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2174
    Reputação : 143
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Ter Nov 20, 2018 1:29 am




    Acompanhada de seu amigo Clement, Alanna subiu as escadas, ainda preocupada em deixar Daemon e May sozinhos, e foi surpreendida por Lilo, que acompanhava Annabelle, ambas visivelmente assustadas. Sua colega de classe parecia em estado de choque, o que deixou a irlandesa mais apreensiva do que já estava.
    Ao chegarem no segundo andar, a cena vista foi dantesca. Lunma recitava algum tipo de feitiço que ela desconhecia e que fazia as portas baterem com força. Quando aquilo tudo parou e o banheiro foi revelado, Alanna viu algo que jamais sairia de sua memória: mais um colega morto. Foi uma cena horrível que, juntamente com a sensação ruim que estava ali, fizeram a pequena sentir ânsia e vomitar. Após vomitar, eram lágrimas que vertiam dos seus olhos azuis. Ela queria ser forte naquele momento, mas não conseguiu e abraçou Clement, chorando em seu ombro.

    - Que coisa... horrível... quem fez isso?... e por que? - perguntou entre soluços. Ela respirou fundo e correu até a janela para pedir ajuda, já que lembrara que os aurores estavam na cidade - alguém... ajuda, por favor! Um auror - e evitou voltar para a porta do banheiro.

    - Clement... eu vou atrás dos aurores! - era uma situação urgente e Alanna também queria sair dali e achou que seria mais útil pedir ajuda - você pode cuidar da senhorita Lunma?


    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2858
    Reputação : 201
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Qua Nov 21, 2018 7:03 pm


    O encontro com Lillo foi rápido e ele não teve sequer tempo de trocar mais palavras com ela. Era irônico que ela perguntasse o que ele estava fazendo ali. O que ela estava fazendo ali?! Ainda mais metida com algum tipo de encrenca. Ela levava Annabelle que parecia de alguma forma estuporada. Ali no fim do corredor, havia ainda Lumna que recitava um feitiço que possivelmente nem ele, nem Alanna conheciam. Ele olhou para a corvina com um semblante misto de confusão e de hesitação.

    Quando a porta se abriu, uma terrível cena se apresentou. Como reação Clément fechou os olhos e desviou a cabeça, tentando desver aquilo tudo. Mas ele já havia visto. O garoto Phelpps, muito sangue e um bilhete escrito com o próprio sangue. Alanna passou mal. Ele também estava cheio de náuseas. Retribuiu o abraço, tão cheio de pavor quanto ela. - Eu... Eu não sei. - Enquanto a menina ia até a janela para clamar por ajuda, ele foi até a monitora. Pegou-se pelos ombros, como querendo chacoalhá-la. - O que aconteceu aqui, Lumna?! Como vocês vieram parar aqui? Quem atacou o Phelpps?! - Alanna voltava dizendo que iria atrás dos aurores. Ela estava mais que certa. Era isso que precisava ser feito. - Acho melhor todos sairmos. Vamos levar a Lumna. - A garota ainda estava em choque e talvez não respondesse às tentativas, mas eles precisavam tentar.

    Se conseguissem que Lumna fosse com eles, Clément desceria as escadas junto com Alanna e a monitora e então iria até onde havia deixado Daemon, para ver se estava tudo bem. As coisas estavam saindo do controle. O francês já não estava disposto a ficar apenas observando. Passou a mão nos bolsos e sentiu o objeto que tinha em mente e que havia pegue no trem. Talvez se Daemon estivesse disposto... Eles poderiam tentar uma loucura.
    Hylian
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 488
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Sex Nov 23, 2018 6:19 pm





    Daemon Griffiths Clément Vaganay Alanna O’Shier


    –  Quieto! – Interrompeu Scorpius, impedindo Matthew de responder sua situação ao amigo, porém, ao que parecia, estava bem.
    Scorpius Logo o largou cedendo aos esforços dos dois monitores, não que sua real intenção fosse, de fato, fazer algum mal ao pequeno Tasslehöff, a verdade era que só queria dar um pequeno susto, talvez isso o ensinasse a ser mais esperto.

    Dizem que esse gato conta tudo para a Profa. Farore, chefe da casa Sonserina... – Comentou May olhando o felino.

    Sério? – Perguntou Matthew interessado no assunto – E eles se entendem? Esse gato entende a nossa língua? – Perguntou olhando desconfiado.

    May dera de ombros.

    Daemon Griffiths e Scorpius Finnick correram escada acima deixando os demais para trás. O escocês e quartanista parecia muito perturbado e, assim como os outros, arrepiado com a aura negativa que se expandia no local, era como se todos eles pudessem sentir com clareza que aquele lugar estava tomado por uma energia muito perversa e triste.

    Os gritos de Alanna eram abafados pelo beco, ninguém poderia ouvi-los e, pela janela não parecia haver ninguém passar ali adiante. Lumna continuava abaixada como se estivesse em transe, recitando sua magia de defesa que provocava certo desconforto em todos, embora um misto de segurança e dúvida ficasse no ar. A casa velha chacoalhava levemente, como se um terremoto surgisse sem precedentes provocando queda de alguns quadros e alguns moveis em outros aposentos.

    –  Droga, estamos completamente ferrados... – Murmurou o capitão da Grifinória mais para si temendo a proporção que tudo quilo teria. Como ele e os outros explicariam aquilo tudo?

    O último grito de socorro que William Phelpps dera antes de ser cruelmente assassinado e a porta do vagão se fechar impedindo que os protagonistas assistissem a terrível cena ecoava na mente dos quatro, mesmo de Annabelle que ainda continuava no andar debaixo incapaz de raciocinar para ajudar seus colegas, ou mesmo fugir, ou mesmo ter qualquer atitude sã.

    Lumna finalmente parara de recitar seu feitiço aparentemente sem fim. Seus cabelos, pela primeira vez, pareciam sem brilho e mais escuros do que o normal, nem estavam tão prateados assim. Seu rosto estava pálido e seus olhos escuros, seu corpo gélido e duro como uma rocha. Clément sentira uma energia horrível ao tocá-lo.

    Treze cartas foram entregues, treze bruxos e bruxas foram condenados, mas  apenas três receberam seu fim... – Dizia Lumna Hughes com uma voz que não parecia ser dela, era como se estivesse sendo controlada – Esta noite, aqueles que merecem pagar com sangue fresco, o farão pelo o que aconteceu há seis anos... Descanse em paz...

    Mas o que?! – Gritou Scorpius arrepiado.

    Lumna caíra no chão inconsciente.

    Pelos deuses... – Murmurou Lillo que subia as escadas juntamente com May e Matthew a ponto de assistirem a cena de Lumna cair inconsciente – Essas malditas cartas.... – A menina colocou uma mão em um dos bolsos, mas logo a retirou.

    Graham e Louie subiram logo atrás deles curiosos e ansiosos para entenderem o que estava acontecendo.






    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 375
    Hufflpuff 350
    Ravenclaw 435
    Slytherin 450

    ESTADO ATUAL:


    DAEMON GRIFFITHS
    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:


    ALANNA O’SHIER
    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:


    CLÉMENT VAGANAY
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2858
    Reputação : 201
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Seg Nov 26, 2018 11:06 pm


    Lumna parecia num transe que não passava. Ela continuava recitando seu encantamento e parecia até mesmo estar com o corpo enrijecido. As tentativas do francês de tirá-la dali foram em vão, até que ela terminasse por si só de falar. Foi então que, com uma voz que claramente não era dela, ela falou sobre treze cartas entregues. E sobre um preço a ser pago pelo que aconteceu há seis anos. Seis anos... O que eles poderiam ter a ver com aquilo? Se hoje eram crianças, seis anos atrás eram praticamente bebês. Clément não entendia e estava com um semblante perplexo quando as pessoas subiam.

    - Que história de cartas são essas? - Perguntou. Para alguém. Para quem pudesse responder. Já estavam lá Scorpius, May, Matthew e Lillo. Além de Daemon que vinha com eles. - Lillo! Rápido, ela desmaiou. - Disse sobre Lumna, pegando-a nos braços. - Me conte rápido o que aconteceu aqui. Rápido! - Ele precisava daquelas informações. Alanna gritava por ajuda na janela mas ninguém parecia poder ajudar. Depois que Lillo contasse algo, puxaria ela e Daemon pelos braços, até onde estava Alanna e diria seu plano maluco, mas era o único que tinha em mente.

    - Olhem, eu tenho um vira-tempo da Zonko's! Eu encontrei no trem, indo para Hogwarts. Acho que podemos usá-lo agora para tentar impedir tudo isso que aconteceu aqui. - Sentia a casa tremer, como se estivesse prestes a ser o epicentro de um terremoto. - Lillo, é por isso que precisamos saber o que aconteceu, para podermos intervir da maneira certa. Senão tudo pode dar ainda mais errado. O que vocês acham, Daemon? Alanna? Ele só pode ser usado cinco vezes, precisamos acertar na mosca.
    [/quote]
    Raijecki
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 756
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Ter Nov 27, 2018 10:44 pm


    "Então estamos ferrados de qualquer maneira" - Refletiu Daemon. Se de fato o felino pudesse realmente se comunicar e ainda fofocar as novidades para a líder dos sonserinos eles já não teriam mais como fugir dali sem parecerem suspeitos.

    Subindo a escada junto de Scorpius, Daemon pode sentir a mesma áurea depressiva que lembrava muito a dos macabros vagões daquela noite no expresso, e ver Lumna, antes tão provida de beleza e encanto se encontrando em um estado tão deplorável como aquele, só pioravam as coisas.

    - Menos você Finnick, que sempre é protegido pelos seus pais. - Provocava ríspido o jovem grifano. Aquilo saia de sua boca tão rápido que seu próprio cérebro não conseguia acompanhar a tamanha audácia e perigo que corria por provocar um membro de uma das famílias mais "puras" entre os bruxos. Suas bochechas avermelhavam instantaneamente, mas como não poderia voltar atrás no tempo, preferiu continuar encarando o capitão dos Leões, já esperando alguma reação ofensiva do mesmo.

    Então a meio-veela findava seu contra-feitiço e antes de desmaiar revelava uma informação como se estivesse sendo controlada, uma informação que já parecia óbvia para aqueles que já haviam recebido a famigerada carta numérica.

    - Bem vindo ao nosso mundo Finnick. - Dizia Daemon, já cabisbaixo, pois ao contrario de antes, sua voz era triste e depressiva, um misto de sentimento que parecia vir com muito mais frequência do que o jovem Griffiths gostaria. - Eu recebi a minha assim que adentrei a minha cabina no trem. Você também tem uma Lillo? - Puxava de seu bolso e mostrava a carta com os dizeres "Aos cuidados do Sr. Griffiths" para Clément. - Somente o professor Dwerlf pode revelar seu conteúdo, se a abrimos agora, apenas mostrará uma folha em branco. Que Merlim abençoe a magia. - Concluía em tom sarcástico antes de guardar o envelope novamente. Como sempre conseguia ir de tons melancólicos á asperos e sarcásticos em breves momentos.

    Engoliu em seco e caminhou tremendo até o cadáver de William. Poderia vivenciar aquela cena assombrosa como se ainda estivesse lá. Sua memoria não o deixava esquecer. Balançou sua cabeça a fins de tentar se concentrar e resolveu utilizar sua "maldição" para comparar o estado de seu amigo da noite no trem com a atual, talvez também pudesse descobrir algum objeto ou pista que os auxiliassem naquele tenebroso mistério. Então logo depois, seu amigo Clément o puxava junto de Lillo e passava um plano um tanto mirabolante, por assim dizer. Daemon respirava tão forte ao ouvir a palavra "vira-tempo" que poderia até sugar todo o ar do local.

    - Você tinha isso desde aquela vez e só nos contou agora?! - Questionava surpreso ao francês. - É claro que eu topo! Talvez assim podemos evitar que isso aconteça, ou pelo menos descobrir quem fez! - Daemon já não era o exemplo de criança calma e precavida, por isso nem cogitou a hipótese de algo sair muito errado naquele plano. Estava junto nessa com seus amigo e faria o possível e o impossível para ajuda-los.
    Raijecki
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 756
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Ter Nov 27, 2018 11:10 pm

    Teste de "rastreio" :

    Raijecki efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
    2


    Hylian
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 488
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Sab Dez 01, 2018 12:27 pm





    Daemon Griffiths Clément Vaganay Alanna O’Shier




    A situação estava ficando cada vez mais crítica e o pânico se instalava em cada um deles, principalmente nos mais novos. Lumna continuara inerte sobre o chão frio quase como uma morta, mas ainda estava viva, embora estivesse com uma aparência deplorável. Scorpius avançou pelo corredor em socorro da amiga, mas cessou quando ouvira o maldoso comentário de Griffiths.

    –  Protegido pelos meus pais? Você não sabe o que diz, sujeitinho d.. – Scorpius não terminara aquela frase, mas parecia desejar muito.

    Para! – Exclamou Louie Beauchamp com seu sotaque suíço cansado das picuinhas dos dois grifinórios – Agora não é hora de brigarem, Scorpius controle seu mal humor, ele é apenas um primeiranista e você já está no quarto ano! – Louie parecia ser muito maduro para a idade de doze anos – Mas então, treze pessoas receberam uma daquelas cartas? Aquele menino também? – Ele se referira ao cadáver – E vocês?

    Professor Dwelrf? – Repetiu Scorpius em tom de deboche – Sério? Aquele elfo doméstico? O que aquela coisa horrenda pode fazer? Ora, faça me o favor... Essas cartas foram feitas por bruxos e seladas por magia bruxa, óbvio! Um ELFO DOMÉSTICO que se ATREVE a desfazer uma magia criada por um bruxo é considerado um criminoso e sentenciado a morte...

    Daemon caminhou até o banheiro onde encontrava-se o cadaver de seu colega William Phellps há poucos meses brutalmente assassinado, mas por quem ou pelo que era um mistério. O menino buscou encontrar algo que lhe fosse relevante. O corpo fedia a podre e estava sujo de terra, o que indicava que já tinha sido enterrado antes, mas por que ele estava ali? Os olhos do pequeno Phellps estavam cegos, sim, cegos. Griffiths notou que as pupilas estavam dilatadas e acinzentadas, mas não tinham brilho, embora demonstrassem um olhar de profundo terror. Sua pele estava fria e enrijecida como a de um cadáver. No mão esquerda do menino ele notara um papel amassado, era uma carta amassada e manchada de sangue com o nome de "William Phelps Número 11".

    CHEGA! CHEGA! POR KANALOA! BASTA! – Berrou Lillo sem poder conter as lágrimas que já escorriam pelo seu rosto. Seus olhos ligeiramente avermelhados mostravam o seu descontentamento com aquela situação. Quando todos se viraram para ela, May a olhou espantado como se desejasse dizer-lhe algo, mas preferiu se calar, ela continuou – Eu não sei quem está fazendo isso... Mas suspeito que essa história tenha começado há muito mais tempo, não apenas seis anos... – Lillo não conseguia encarar ninguém nos olhos, os seus olhos vagavam perdidos, enquanto ela buscava por alguma coragem que nunca imaginou ter para finalmente revelar o que lhe estava engasgado há tanto tempo – Esta carta é tua, Clément... – Ela finalmente disse tirando de um dos bolsos um envelope antigo, amarelado e amassado – Tentei de todas as maneiras destruí-la, para proteger você, mas não esse poder... Me perdoe. Você terá que enfrentar o seu destino assim como todos nós... – Disse a menina entregando a cara ao seu dono.

    Nós estávamos indo para a biblioteca como a Madame Backenbauer ordenara e então Scorpius, Lumna e os outros nos convidaram a vir para cá... – Revelou Matthew Tasslehöff – Quero dizer, a gente veio porque quis! Eles estavam querendo ajudar, não tinha como a gente saber... Estava tudo bem quando chegamos aqui nesse lugar até...

    Lumna, Annabelle e eu viemos aqui para o andar de cima, há uma passagem secreta onde podemos ir para a Dedosdemel... Belle quis ir ao banheiro e então... – Lillo voltou a chorar.

    Os tosses de Lumna chamaram a atenção de todos para a menina de cabelos antes belissimamente prateados, mas que agora estavam com um aspecto feio. Scorpius a ajudou se sentar e quintanista parecia muito debilitada como alguém muito doente. – Vocês precisam tomar cuidado... – Aquela era a voz da corvina, embora estivesse rouca e frágil – Esse vira-tempo que você possui não é o verdadeiro, eles foram proibidos há alguns anos, pois davam muito problema, embora tentassem copiar o original...





    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 375
    Hufflpuff 350
    Ravenclaw 435
    Slytherin 450

    ESTADO ATUAL:


    DAEMON GRIFFITHS
    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:


    ALANNA O’SHIER
    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:


    CLÉMENT VAGANAY
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2174
    Reputação : 143
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Sab Dez 01, 2018 8:07 pm




    Desesperada por perceber que jamais seria ouvida ali no beco, Alanna parte para buscar ajuda, porém, para sua trajetória para notar Clement e Lunma e sentiu um arrepio que a regelou por completo. As palavras que saiam da boca da monitora não pareciam ditas por ela, além de carregarem um tom funesto e macabro que faria o mais valente dos bruxos querer sair correndo. Algo que ela realmente queria fazer naquele momento, no entanto a bruxinha respirou fundo e manteve-se junto a eles.

    - Que coisa horrível! - disse com a voz embragada pelo medo e pela tristeza.

    A colega do francês parecia saber algo mais, fazendo a cabeça ruiva de Alanna voltar-se em sua direção.

    - Lilo, que cartas são essas?

    Outra revelação surpreendente seria dada por Clement, o amigo francês da pequena irlandesa. Ela o encara com os olhos arregalados, tanto pelo que ele disse possuir, quanto pelo que ele queria fazer.

    - Você tem um vira-tempo? - disse sem esconder o espanto - você quer fazer o que? - e olhou para Daemon para ver o que ele achava daquela ideia maluca e, como não podia deixar de ser, ela adorou e topou de imediato - o queeee? Será que sou a única sensata aqui? Nem sabemos o que é essa coisa por trás dessa loucura toda e vocês querem resolver tudo sozinhos? Nós temos autoridades lá fora. Os adultos é que tem cuidar disso, já estamos encrencados demais - olhava desesperada para os amigos.


    Raijecki
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 756
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Dom Dez 02, 2018 3:42 pm


    O capitão da grifinória contra-atacava com suas afiadas e ofensivas palavras ao jovem Griffiths. O sangue de Daemon fervia a ponto de sacar sua varinha em direção a Scorpius e ensaiar um "Fros", mas o berro de Louie o fez parar a tempo de não lançar sua magia. Começava a odiar cada vez mais o capitão de sua casa, e também se perguntava como diabos uma pessoa tão mesquinha e preconceituosa poderia ser nomeada para um cargo tão importante como aquele e ainda ser preferido pela grande Madame dos leões.

    - Você não presta Finnick! Não merece fardar nossas vestes! - Gritou para Scorpius, ao ouvir o deboche do mesmo em relação ao professor Dwelrf. - Você só demonstra a vergonha e decadência daqueles que se autodenominam "sangue puro", vai cair sozinho, sem ninguém para lhe ajudar a levantar! - Apontava novamente sua varinha na direção de Scorpius. Respirava freneticamente depois de despejar todo seu descontentamento e desgosto para com o mesmo. Insultar um dos professores de Hogwarts daquela maneira somente por ser de outra raça não lhe deixava duvidas, a grifinória não poderia ser representada por um bruxo tão repugnante como aquele.

    Para tentar esfriar um pouco sua consciência, seguia com as investigações no cadáver do pobre William. Como suspeitava, o corpo havia sido desenterrado, o que o levava a crer que o autor daquele horrível crime não pouparia métodos para aterrorizar os sobreviventes do expresso. Se alguém tão monstruoso poderia fazer algo daquele tipo, como meras crianças do primeiro ano poderiam combate-lo? Daemon temia cada vez mais seu futuro e o de seus amigos.

    Procurando melhor, achava em uma das mãos de William um papel amassado, que se revelava uma das misteriosas cartas, esta com os dizeres "William Phelps Número 11". Todos os - poucos - pelos do corpo de Daemon se arrepiavam diante daquilo. Porém, antes que pudesse revelar sua recente descoberta, Lillo berrava completamente aflita para que todos ouvissem o que ela tinha a dizer. Daemon deu graças a Merlin que a garota resolvia compartilhar o que sabia para com eles. E a espera parecia valer a pena.

    - Todos nós? Isso quer dizer que você também é uma das treze Lillo? - Perguntara a garota havaiana, apesar de já adivinhar a resposta. Os outros continuavam com as explicações sobre o motivo de acabarem ali e então Daemon se juntava a comitiva do vira-tempo de Clément.

    Alanna como sempre era a mais intimidada e pessimista com as maluquices de seus amigos e repudiava veemente aquele plano todo, e os comentários de Lumna, que agora voltava a si, aumentavam aquela opinião ainda mais, falando que aquela réplica poderia não funcionar corretamente.

    - Você tem razão Alanna, vocês todos tem razão, e olha só o que esta razão nos trouxe... - Dava uma pausa dramática para que todos realizassem a tenebrosa situação em que se encontravam. - Se esperássemos pelos adultos naquela noite no expresso, onde estaríamos agora? Provavelmente juntos de William! Se esperássemos pelas autoridades naquele torneio, onde nós estaríamos? Provavelmente nas fezes de um trasgo horrendo! Não! Nós devemos fazer nossa própria sorte e não depender dos outros! - Então erguia a carta que estava com William para que todos pudessem ver. - Ninguém vai nos ajudar a não ser nós mesmos, por isso eu digo, nós vamos sim usar esse vira-tempo e daremos nosso melhor para tentar evitar isso! - Desabafava mais uma vez. Sabia que no fundo estariam todos mortos antes do fim do ano se dependessem de pessoas que investigavam um crime que ocorrera meses antes naquele momento. Se virou para Clément e disse:

    - Vamos Clément, como minha mãe sempre diz, La fortuna aiuta i coraggiosi... - Se Clément decidisse voltar no tempo, Daemon o acompanharia.

    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2858
    Reputação : 201
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Ter Dez 04, 2018 6:52 pm


    Daemon e Scorpius se estranhavam e a verdade é que Clément, que antes não tinha nenhuma impressão sobre o monitor, gostava cada vez menos dele. O grito de Lillo interrompeu a discussão e ela revelou que havia guardado a carta que deveria ser do francês. Ele a pegou um tanto quanto surpreso e a meteu no bolso, sem sequer abrir. O que quer que aquela carta trouxesse, só seria confusão e, pelo que haviam dito, somente magia poderia fazê-la mostrar o conteúdo.

    Depois que revelou aos colegas que tinha um vira-tempo, Lumna se esforçou para dizer que a maioria dos vira-tempos da Zonkos causavam muitos problemas. - Eu sei, mas essa é nossa melhor opção. - Disse ele. Não chegava a concordar com Daemon e era muito inclinado a escutar a sensatez de Alanna. Porém, confiar nos adultos parecia pouco eficaz nos últimos dias. Só eram ignorados e descridos. - Onde é a passagem para a Dedosdemel? Meu plano é o seguinte, Daemon, Alanna e eu vamos usar o viratempo e ficar aqui em cima. Assim que vocês chegarem, vamos convencê-las de irem direto para a Dedosdemel. Vamos mandar que vocês procurem o Sr. Mendley. Harold Mendley. Ele vai poder ajudar. - Por que diabos ele confiava naquele vendedor? Não confiava. Mas ele sabia os nomes deles. E na pior das hipóteses ele estava com a vice-primeira ministra da Magia. Se houvesse algum lugar seguro naquela cidade, seria perto dele. - Temos de avisá-los que, aconteça o que acontecer, não falem conosco na Dedosdemel. - Ele tirou o vira-tempo e mostrou para todos.

    - Cabem 3! Se tudo der certo, vamos mandar Lumna, Belle e Lillo para a Dedosdemel, depois nós descemos e saímos daqui com os demais. - Esticou o cordão do vira-tempo e pôs em si mesmo. Só poderia girar duas vezes para voltar alguns minutos.
    Hylian
    Tecnocrata
    avatar
    Tecnocrata

    Mensagens : 488
    Reputação : 45
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Ter Dez 04, 2018 11:21 pm





    Daemon Griffiths Clément Vaganay Alanna O’Shier




    Já chega vocês dois! – Interrompeu Louie Beauchammp, colocando-se entre Griffiths e Finnick antes que acontecesse outra desgraça ali.

    Griffiths! Abaixe a varinha, você não duraria cinco minutos duelando com um quartanista! – Ordenou Graham impondo sua autoridade – E Scorpius, tente ser um pouco menos imbecil ao falar as coisas... Ele  é nosso professor!

    Scorpius revirara os olhos pensando em como se livraria daquela situação. Não podia simplesmente sumir dali, afinal, seus melhores amigos ainda que fossem um bando de estúpidos, eram seus melhores amigos. Se não fosse por Lumna, Louie, Damyien e até mesmo Graham, ele não colocaria sua paciência a prova tanto quanto o estava fazendo.

    –  Eu não sei bem o que são essas cartas, mas sei que todos nós de alguma forma estamos envolvidos... – Respondera Lillo a Alanna. A garota ainda estava abalada, embora tentasse se manter tranquila, o que era extremamente difícil em uma situação como aquela. – A passagem fica naquele quarto... – Indicou a menina do Hawai a uma das portas do outro lado do corredor.

    Espere, Clement... – Interrompeu May finalmente. O garoto de cabelos negros e olhar inseguro buscava em sua mente as melhores palavras para se fazer entender por todos – Mexer com o tempo não é fácil nem para um bruxo poderoso, de nível alto. Papai me contou também sobre esses vira-tempos da zonko’s. Não é o vira-tempo verdadeiro, é apenas uma réplica, um bruxo de nível alto facilmente conseguiria perceber este objeto...

    Você quer dizer que bruxos mais fortes podem notar que eles voltaram no tempo? – Perguntou Matthew impressionado.

    S-sim... – Respondera Lumna ainda fraca – Mas isso porquê esse vira-tempo é mal feito. Clément, você disse que encontrou este objeto no Expresso, mas aonde? Ah... Na cabine onde seria a festa...

    Lillo olhou para Lumna como se tivesse percebido um segredo, sacado algo que ela nunca percebera antes, talvez por não andar tanto com a monitora da corvinal. Logo que percebera que a quintanista acenara “sim” com a cabeça, ela então teve certeza de suas suspeitas, mas preferiu ficar em silêncio.

    Eu tenho uma ideia melhor... – Dissera Annabelle ao subir o último degrau e somar sua cabeça entre os demais. Seus olhos ainda estavam marcados com o choro e seu rosto pálido. Ela aparentava muito abalada com o que vira, afinal, não era qualquer criança que estava acostumada a ver um cadáver. – Nós todos vamos nos meter em uma encrenca enorme se formos pegos aqui... – Sua voz saia tão fraca que todos tinham que prestar mais atenção em seus lábios do que propriamente ouvir. Damyien Hemstorm aparecera logo atrás da sonserina – Alanna, Daemon, Clement e May, vocês ficam aqui, afinal receberam permissão para estarem. Nós vamos embora e assim que formos vocês chamem as autoridades....

    O que? – Reclamou Matthew Tasslehöff – Mas eles vão se meter em problemas sozinhos? Não é  justo!

    Não! Não há regras que impeça os alunos de entrarem aqui, é uma casa abandonada! – Disse Lumna Hughes – No entanto apenas você, Lillo e Matthew não deveriam estar aqui, nós todos recebemos permissões...

    Scorpius passara a olhar Annabelle de outra maneira, depois daquele momento. Um Hooper de sangue puro e com boas ideias, talvez seu primo tivesse escolhido bem por quem se interessar, ele não iria se opor.

    Seja quem for que fez isso... – Murmurara Finnick mais para si do que para os demais – Talvez esteja mais próximo de nós do que realmente acreditamos...

    O que quer dizer? – Perguntara May.


    Itens Encontrados escreveu:

    - Carta de Ninguém "Aos Cuidados do Sr. Phellps" (William Phellps)

    - Carta de Ninguém "Aos Cuidados do Sr. Vaganay"



    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 375
    Hufflpuff 350
    Ravenclaw 435
    Slytherin 450

    ESTADO ATUAL:


    DAEMON GRIFFITHS
    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:


    ALANNA O’SHIER
    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:


    CLÉMENT VAGANAY
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    [/quote]
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2174
    Reputação : 143
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Qua Dez 05, 2018 12:27 am




    Aquela situação toda deixou todos tensos e com os nervos à flor da pele, inclusive o mais dramático deles, Daemon. Alanna ficou chocada com a reação do primo e ficou boquiaberta antes de respondê-lo.

    - Você não está totalmente errado, Daemon, mas não é assim que as coisas funcionam. Somos apenas crianças, estudantes e... Se não fossem pelos adultos, nós estaríamos mortos, eu estaria morta – essa lembrança a atormentou muito e sua voz saiu fina – oras... não seja cabeça-dura, primo... por favor.

    Ela viu Clement e Daemon se empolgarem com a ideia do vira-tempo. Daemon ela até compreendia, já que era um doido por aventuras, mas o francês ela sempre achou mais centrado.
    Diante da explicação do garoto, a menina piscou e coçou a cabeça, entre um soluço e outro.

    - Não entendi nada do que você disse, Clement. Me parece confuso e se é confuso, com certeza é perigoso – e as palavras de May só reforçaram a ideia da menina – viu só? Perigoso!

    Lilo e Lunma pareciam saber mais do que revelavam, mas não cabia a Alanna julgar tal atitude. Talvez ela até preferisse não saber.

    Annabelle, já mais calma, tinha uma boa ideia, apesar de Alanna não se sentir à vontade com ela.

    - Gosto da ideia de ir embora daqui e chamar as autoridades. Na verdade eu já estava fazendo isso. Mas... porque vocês que não deveriam estar aqui estavam aqui? E se o assassino está por perto, menos ainda que quero ficar por aqui e longe dos adultos.



    Raijecki
    Troubleshooter
    avatar
    Troubleshooter

    Mensagens : 756
    Reputação : 10
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Qua Dez 05, 2018 7:20 pm

    - Faça o que bem entender prima, mas não posso concordar com você e sinto uma sincera decepção por você não perceber que estamos sozinhos nessa. Isso tudo já aconteceu antes, assim como ninguém ligou e ninguém ligará, mas como eu disse, façam o que acharem ser certo.

    Daemon decidia largar tudo o que estava acontecendo diante de tamanha indecisão e inconsistências dos presentes, que só davam ideias do que fazer depois de Clément e Daemon se voluntariarem para utilizar o vira-tempo. Pior ainda era aceitar uma ideia de um sonserino.

    - Está pra nascer o dia que levarei a sério a ideia de um sonserino, já me chega este infiltrado que tenho de lidar na minha casa... - Apontava para Scorpius. - Cansei de tentar fazer vocês entenderem que todos eles sabem quem está por trás disso, e que são incapazes de resolver a situação!

    Daemon então guardava sua varinha e partia para deixar a velha e fedorenta casa para trás. Antes que de fato o fizesse, se virou e disse:

    - Vou pra casa do grito, talvez lá tenha algo que não me deixe cada vez mais pra baixo como aguentar esse pessimismo de vocês, Clément e Alanna se sintam livres para chamarem os aurores ou usar o vira tempo. - Então descia as escadas e partia em direção a casa do grito. Desta vez estava determinado a chegar lá de uma vez, sozinho ou não.

    "Você não duraria cinco minutos duelando com um quartanista! nhé nhé nhé blá blá blá, ele é que teve sorte em não me enfrentar, isso sim..." - Pensava enfurecido enquanto deixava o local. A relação de Daemon e Scorpius a partir daquele dia entraria em estado crítico.


    Bravos
    Sacerdote de Cthulhu
    avatar
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2858
    Reputação : 201
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Ter Dez 11, 2018 1:56 pm


    Daemon saiu indignado diante da indecisão de todos como agir. A verdade é que não havia nenhuma resposta boa para aquilo. Clément olhou para o vira-tempo fajuto da Zonko's com certo desprezo depois de todas aqueles desencorajamentos. Ele sabia que não era um vira-tempo real, mas se era tão imprestável assim, era melhor mesmo nunca ter usado. Meteu-o de volta no bolso, embora sua vontade fosse de pisá-lo ali mesmo. Não sabia, porém, se algum dia viria a ter necessidade daquilo e, por via das dúvidas, guardou.

    - Não pretendo ficar aqui e continuar sendo olhado como o garoto estranho que é rodeado de morte. Se vão fugir, prefiro que fujamos todos. - Rebateu Lumna. - Dessa forma, ninguém fica marcado como atraidor de desgraças. - Olhou pra Alanna, que deveria estar especialmente perturbada com aquilo tudo e com a saída abrupta do primo. - Vamos, Alanna, vamos sair daqui. Por mim, nunca falaremos do que aconteceu aqui, até porque nós dois não vimos praticamente nada. Vocês que presenciaram o que aconteceu, façam como quiser com as autoridades. - Só no que pensava era em voltar para Hogwarts o mais breve possível. Iria sair dali e procurar a guarda-caça e ficar próximo dela até o momento de irem embora. Puxou de leve a mão de Alanna, chamando-a para ir com ele. e depois olhou para Lillo. - Cuidado na volta. - Desceu as escadas para sair daquela casa e não mais voltar.

    "Teremos que adiantar as aulas de defesa contra as artes das trevas" - Estava decidido a encontrar um professor que o ensinasse o que fosse preciso para que não fosse mais um boneco diante dos reveses ensandecidos do destino.
    Conteúdo patrocinado


    Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Dez 13, 2018 3:54 pm