Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    shamps
    Garou de Posto Cinco
    shamps
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2428
    Reputação : 153
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Dom 10 Fev 2019 - 14:58




    “Evelyn Liamtroop”.
    Alanna guardou aquele nome.

    Seu amiguinho May também tivera aquele sonho e parecia não gostar nada daquilo.

    - Então você também... não dei muita importância na época, mas agora com tudo isso que está acontecendo... e se você sonhou... os meninos... será que eles também... Yam? Ele está aqui? Olá, Yam – a menina parecia não ter medo do amigo invisível de May. Na verdade, ela ficava frustrada por não poder vê-lo ou ouvi-lo. Por que só ouvia os sussurros ruins? – por que nunca consigo ver o Yam? Hein May?  - soltou um muxoxo de quem não tem o que deseja.

    Enquanto Alanna tentava enxergar Yam forçando a vista e esticando o pescoço, olhando em volta, ela não notou o amigo empalidecer e só com seu toque que ela voltou-lhe a atenção.

    - Melissa? Ué? – ela arregalou os olhos azuis e piscou várias vezes em seguida, assustada com possibilidade – o trem? Mas como... – May abria a porta da sala de Clown antes dela terminar sua frase, e nada de seu professor – o que faremos, May? Ah... – bateu uma mão na outra – os outros meninos... vamos falar com Daemon e com o Clement... ah não... – segurou no braço de May – é bem provável que meu primo queira ir correndo para trem... ai ai ai...

    Mesmo com medo, ela sabia que não tinha alternativa.




    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3334
    Reputação : 230
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Ter 12 Fev 2019 - 9:23


    Enquanto Lillo descrevia aquela terrível experiência que eles haviam tido no trem, Clément inconscientemente fez uma careta. Mas, voltar àquele acontecimento o fez lembrar de algo... - Ele não estava conosco... Mas o fantasma, ou o que quer que estivesse ali, pareceu falar o nome dele. Você se lembra? - Sua cabeça começava a voar a mil com aquela informação. Ele, porém, foi trago de volta à realidade pela voz de Annabelle.  

    - Oi, Belle... Eu acho que não a vi. O que diz a carta? - A possibilidade de Melissa ter ficado ou ido para Hogsmeade sozinha era um pouco assustadora. Principalmente depois do que houve naquela tarde. - Se isso for verdade, precisamos deixar os professores a par!
    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 617
    Reputação : 67
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Sex 22 Fev 2019 - 21:04


    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 350?cb=20110806202805




    Clément Vaganay



    –  Não me lembro... – Respondera Lillo confusa – Mas lembro de ter ouvido um berro que acho que era dele... Ewgol não estava conosco quando ficamos no vagão de malas com aquele ser esquisito que quase nos matou, ele talvez seja o único que vira como William Phelpps morreu, já que ele estava do outro lado!

    A jovem havaiana estava segura de seu julgamento. Desde o início ela suspeitava que Ewgol não era alguém comum e muito menos um ser bondoso e, nos últimos momentos ela chegara a certeza de que sempre estivera certa em sua desconfiança. Ela ficara feliz que agora Clément já não mais confiava também no menino.


    ...


    Ela disse que estava com medo e ia embora! – Respondera Belle aflita se sentindo culpada por não estar presente para a prima “menor”. – Agora como ela poderia ter ido para a esta... – Os olhos de Belle arregalaram-se quando a resposta lhe caíra como um tapa na cara.

    A PASSAGEM SECRETA! – Disseram Lillo e Belle ao mesmo tempo.

    Deixar os professores a par, Clément? Eu não vou por a vida da minha prima nas mãos desses inúteis. Nunca conseguimos nada deles, não são capazes de nos proteger! Desde que chegamos aqui estamos praticamente lutando para sobreviver e esses estúpidos nada fazem! – Belle vociferou, aborrecida com a ideia de que teria que depender outra vez de qualquer autoridade, talvez ela já não tinha tanta fé nem mesmo na chefe de sua casa.

    Se acalme! – Pediu Lillo, tentando apaziguar – Eu concordo com você, Belle, ultimamente os professores não estão sendo de grande ajuda e agora com o grande evento do Halloween, duvido que deem ouvidos a nós! O que acha Clément? A passagem secreta fica no segundo andar, próximo a biblioteca...

    Clément já conhecia o caminho, embora cada vez que andasse por Hogwarts tivesse a comum impressão de que sempre havia um corredor a mais, ou aposentos que antes não existiam lá, ou que ele nunca notara, de qualquer forma, encontrar a biblioteca não seria difícil.





    Alanna O’Shier



    –  Sempre achei que pudesse ser uma azaração dos meus irmãos para zoarem comigo, então acabei me acostumando com esses pesadelos horríveis. –  Respondera May entristecido por sentir-se fraco perante seus irmãos.


    ...


    Eu não sei, Só eu consigo vê-lo... acho... –  Disse May –  Mas na verdade, não é só o Yam que eu vejo, vejo outros também...

    –  Eu não sei como ela conseguiria chegar ao trem na estação, se teria que passar pela orla da floresta proibida e a margem do lago negro, e é lá onde acontecerá o ritual, é impossível uma criança de dez anos passar por lá despercebida! –  Concluiu May pensativo –  Espera... Você sabe como Belle, Matthew e os outros conseguiram fugir de Hogwarts e irem para Hogsmeade? –  Perguntou o menino curioso –  Sim, vamos falar com Daemon e os outros. É provável, mas se for por uma boa causa, salvar alguém, acho que está valendo, não? Daemon e Clément estavam lá embaixo falando com seus chefes, se nos apressarmos conseguiremos falar com eles! Vamos!

    May se colocara a correr quando Alanna finalmente decidira ir e os dois rumaram para os andares inferiores do castelo.





    Daemon Griffiths



    Matthew estava apreensivo e até desanimado com tudo o que acontecia, afinal, sentir-se em perigo não era uma sensação fácil de se acostumar. Principalmente quando você está em um dos lugares supostamente mais seguros do mundo, Hogwarts. Irônico, não?


    ...


    –  Do que está falando, Griffiths? –  Perguntou Damyien arqueando a sobrancelha esquerda –  Está com algum problema? –  Voltara a perguntar como se estivesse encarando.

    –  Parem vocês dois! –  Exclamou Matthew pondo-se entre os mesmo –  Não estamos aqui porque Melissa sumiu? Não é hora de brigar, até porquê ele é um monitor –  Indicou com a cabeça em direção a Damyien.

    –  Bem lembrando, sou um monitor e é bom que nunca se esqueçam! –  Ralhou Damyien impaciente com a atitude de Daemon, típica de um grifinório abusado. –  Eu sou monitor e não babá de criança, não posso ficar olhando vinte e quatro horas onde todo mundo vai, porque se pudesse, acho me mandariam ficar de olho em você, Griffiths, que tem fama de sobra...

    Matthew chacoalhou a cabeça pensativo.

    –  Agora... Não tem como Melissa ter fugido pelos jardins, orla da floresta e o caminho que fazemos para Hogsmeade, lá está cheio de professores e funcionários, teriam visto ela já! Será que... – Disse Damyien.

    –  A passagem secreta? –  Arriscou Matthew arregalando os olhos –  Mas como poderia, ela não estava com a gente...

    –   É a única explicação! –  Concluiu Damyien –   Vocês vem?

    –  Vamos! –  Concordou Matthew puxando Daemon –  A passagem secreta fica próximo a biblioteca no segundo andar, não está longe!





    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 325
    Hufflpuff 300
    Ravenclaw 435
    Slytherin 400

    ESTADO ATUAL:


    DAEMON GRIFFITHS
    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:


    ALANNA O’SHIER
    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:


    CLÉMENT VAGANAY
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Raijecki
    Troubleshooter
    Raijecki
    Troubleshooter

    Mensagens : 955
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Sex 22 Fev 2019 - 22:08


    Daemon havia conseguido o que queria, incomodar o jovem Finnick. Ver o garoto se indignar com sua audácia colocava um sorriso de orelha a orelha na face de Griffiths. O problema era que o Sonserino não ficaria apenas indignado, e também provocava de volta o grifano o encarando e o perguntando se tinha algum problema.

    - Vou lhe mostrar o meu problema, sua cobrinha... - Então sacava sua varinha e ameaçava começar a declarar uma magia. - Incen - Mas então Matthew o interrompia, gritando para os dois pararem de se provocar e lembrava que estavam ali por Melissa e Annabelle, que seria muito errado desrespeitar um monitor. Daemon ainda ficara segurando sua varinha, mas desta vez apontada para baixo, e Damyien continuava com suas justificativas e provocações.

    - Você pode tentar Finnick, mas sabe que só é monitor por causa do nome de sua família, mas os Griffiths vieram para ficar, o primeiro a cair será seu irmão, portanto tome cuidado!- O sangue fervia dentro do jovem Griffiths. Seu rosto se envermelhava quente de raiva por ter de aturar uma pessoa como Damyien, alguém que detinha as melhores oportunidades apenas por pertencer a uma tradicional e poderosa família do mundo bruxo.

    Matthew balançava sua cabeça desaprovando toda aquela atitude, e ouvindo Damyien comentar sobre os lugares que Melissa poderia ter fugido e chegavam a conclusão de que ela teria saído pela passagem secreta. Antes que Daemon pudesse dizer algo, Matthew o puxava e seguiam junto do sonserino até a passagem, a fins de seguir os rastros da menina.

    - Se você nos dedurar, esta será sua ultima noite como um ser vivo Finnick! - Esperneava a ameaça ao garoto da casa das cobras. Já não confiava nele, e agora menos ainda depois de todas aquelas provocações.

    "Espero que esteja bem, garota dos olhos verdes!"    

    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3334
    Reputação : 230
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Qua 27 Fev 2019 - 14:08


    - Você fala como se estivesse se dando muito bem com toda essa merda que tem acontecido com a gente. - Rebateu como que com um taco de beisebol a forma como Annabelle falava dos professores. - Tudo que temos conseguido é escapar por pouco. - O que era a mais dura e amarga verdade. Ele queria estar mais no controle da situação. Mas ainda sabia pouco e as coisas não pareciam querer esperar que ele aprendesse mais.

    - Mas vocês tem razão quanto a pouca ajuda dos professores... - Infelizmente também precisava admitir. Disse-o a contragosto. - Vamos logo antes que eu me arrependa. - Querendo ou não era um lufano e não deixaria a prima de Annabelle. - Eu espero que vocês não tenham idéias estaparfúdias como essas... Quem é que fica com medo e resolve fugir de Hogwarts de noite por Hogsmeade? Ainda mais depois do que aconteceu.

    Estava irritado com aquela situação. Será que as pessoas não pensavam um minuto? Ele também estava com medo e não saia por aí fazendo burrices. Começou a subir as escadas em direção ao segundo andar. Iria com as garotas buscar Melissa na vila vizinha.
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    shamps
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2428
    Reputação : 153
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Ter 5 Mar 2019 - 14:28




    - Hey... não fica assim, não – Alanna tentava animar seu colega – seu irmão March é legal... e a July também... e... hmmm... não vou mentir, mas acho o October e o November muito chatos... me desculpa... – vendo que ela falava mal dos irmãos dele, agora era a ruivinha que ficava sem graça.

    A conversa rumava para as visões que May tinha de fantasmas, o que deixava a menina curiosa e apreensiva.

    - Vê outros? Uau... isso deve ser assustador? Então você vê coisas boas e coisas ruins também. Como consegue lidar com isso, May?

    Alanna lembra-se dos alunos falando de uma passagem secreta e lembra-se de outros que ela viu desaparecer nos corredores da escola, mesmo sem saber se tinham alguma ligação.

    - Hey, May! Lembra-se do dia em que o Daemon brigou no corredor e foi carregado... o dia que ele foi amarrado por ter falado mal de uma importante família? Naquele dia lembro-me de ter visto alguns alunos sumirem pelas paredes da escola... talvez ali tenha uma passagem secreta – ela coçou a cabeça, um tanto incerta – talvez eles fujam por ali... mas não tenho certeza.

    De qualquer maneira, ela preferiu a ideia do amigo e ir procurar o primo e seu amigo, Clement, correndo junto o garoto tímido.





    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 617
    Reputação : 67
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Qua 6 Mar 2019 - 5:59


    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 350?cb=20110806202805


    Daemon Griffiths



    Um Finnick nunca estava acostumado ou mesmo preparado para lidar com rebeldias alheias, principalmente de seres que julgavam ser tão inferiores, não somente pela idade e ano atual, mas pelo quesito do sangue que era algo que prezavam muito. De fato não era nada confortável para Damyien pedir e aceitar ajuda de um meio-veela e outro cuja família era declaradamente contra os ideias dos Finnicks e Hemstorms. “Estupidos...” ele pensou para si, não hesitaria em falar em voz alto, mas para aquele momento era melhor focar suas ideias e pensamentos em Annabelle e sua prima fujona. Como dito por Griffiths, ele era um monitor e todos eles eram responsáveis pelos alunos, o que ficava ainda pior era que, a aluna em questão pertencia ao covil, lugar que Damyien era considerado um príncipe. Ele temia só de imaginar enfrentar a fúria de sua rainha caso acontecesse algo com aquela garotinha.

    Damyien chacoalhou a cabeça tentando ignorar as ameaças do protagonista que não passava de um menino birrento, quem ele pensava que era? Mal sabia segurar numa vara..rinha direito. (Ops!). O monitor da Sonserina guiou os dois alunos pelos corredores quase que desertos de Hogwarts, eles subiriam até o segundo andar e próximo da biblioteca encontrariam a passagem que, se seus cálculos estivessem certo, os levaria até a fugitiva.

    –  Você lembra bem onde era a passagem? – Perguntara Matthew olhando para todos os lados desejando que nenhum professor os flagrasse perambulando aparentemente sem rumo pelo castelo, e pior, Orácea poderia encontra-los como o fizera da última vez.

    É claro que eu sei! – Respondera Damyien com uma postura superior, afinal, tornar-se um monitor te dava várias regalias e, ter primos mais velhos em Hogwarts te garantiam informações únicas, tais quais algumas passagens que já teriam descoberto antes. Damyen lembrara-se de uma passagem muito utilizada por Scorpius que o levava até a Floresta Proibida, era sempre  lá que se poderia encontra-lo quando ele não estava praticando bullyins pelo castelo, mas isto ele nunca diria a reles Grifinórios...

    Passaram próximo ao grande livro mágico que era a entrada da biblioteca. No momento, a biblioteca estava fechada e nenhum feitiço comum abriria o selo que lá impedia a passagem. Provavelmente a bruxa encarregada do local deveria estar em seus aposentos pessoais preparando-se para o grande ritual à meia noite e era exatamente o que todos eles deveriam estar fazendo, mas o heroísmo gritava mais alto.




    Alanna O'Shier



    –  Obrigado – Respondera May com um sorrisinho meigo no canto do rosto.

    Diferentemente dos irmãos, May Woodburn era alguém que ainda estava descobrindo algumas situações básicas da vida, tais como a amizade e, embora fosse gentil com todos, não era qualquer um que ganhava sua fiel confiança, mas definitivamente, Alanna O’Shier era merecedora daquela relação.

    –  Eu vejo sim, desde que nasci... Mas ninguém acredita em mim, acho que só você. Mamãe e papai me levaram a psicólogos e psiquiatras, mas nenhum conseguiu diagnosticar a minha “possível” doença, no fim, todos entenderam que era apenas loucuras de uma criança.

    Alanna relembrara ao amigo do triste dia em que Daemon fora tratado de forma tão baixa, sendo carregado como se fosse uma bagagem velha a ser despachada sabe-se-Mérlin-onde. – Você viu? Aquilo era no quarto andar, não era? Estávamos indo para a enfermaria, mas quem você viu? Alguém conhecido?

    Embora Alanna não pudesse ver ou ouvir o tal Yam, ela poderia sentir uma energia boa, o que poderia acalma-la da sensação de seguir alguém que não se pode ver. Seria um fantasma especial? Um espírito? Talvez fosse alguém que tivesse um nível de magia alto para se manter invisível? Dezenas, ou talvez centenas, de possibilidades, mas uma coisa era certa, se ele estivesse usando magia ou a brilhante capa da invisibilidade, May não conseguira vê-lo, ou conseguiria? Que confusão!

    Yam guiou a protagonista e seu amigo escadarias abaixo até o segundo andar, passando por uma passagem secreta que havia atrás de um quadro sem pintura, eles escorregaram como em um “tobogun” chegando ao segundo andar com rapidez.

    –  Temos que nos lembrar disso – Comentou May – Essa passagem vai nos poupar muito tempo!




    Daemon Griffiths & Alanna O'Shier



    Olhem, May e Alanna! – Exclamou Matthew apontando o dedo indicador para os amigos – Onde estão indo?

    Nós vamos... O que ele faz com vocês? – Perguntou May curioso.

    “Ele” possui nome e é Damyien, nem preciso lembra-lo de que sou monitor... E o que vocês dois estão fazendo andando por aqui, não deveriam estar no Ninho da “Galinhaclaw” se ajeitando para o ritual?

    May não respondera, mas fechou o olhar de imediato quando vira sua casa ser ofendida tão estupidamente por uma autoridade ali.

    Ei, pare! Não precisa ofender a casa de ninguém, ta? – Interrompeu Matthew tomando as dores dos amigos – Nós descobrimos que a Melissa, prima da Annabelle sumiu, ela pode estar...

    Em Hogsmeade... – Completou May.

    Chega de papo furado, se vocês vão ajudar vamos logo! – Ordenou Damyien sem muita paciência.

    Quando o grupo de cinco estudantes voltaram ao caminho até a misteriosa passagem secreta que os levara anteriormente escondidos para o vilarejo abaixo da colina, Hogsmeade, fora que sentiram a presença de mais alguém. Era como se houvesse uma sexta pessoa ali, mas não podiam ver ou ouví-lo, apenas sentir sua presença. Damyien ficara pálido, os olhos arregalados, ele já conhecia aquela energia e não tivera boas recordações dela.

    Quem está aqui? – Ele falou em tom alto e autoritário – Exijo que apareça!

    Um barulho estranho soou não muito longe deles, próximo a uma estátua de uma deusa, com detalhes bem vivos. A escultura era tão bem feita que parecia que ganharia vida a qualquer momento. Atrás dela havia uma passagem que poucos notariam, mas a passagem estava aberta, o que indicava que alguém já havia passado por ali antes.




    Clément Vaganay



    Não seja tão insensível, Clément, ela é só uma criança e está completamente em pânico! Quem não estaria? – Dissera Belle igualmente irritada com a situação. Ela não aprovava a atitude da prima, muito pelo contrário, ela jamais sairia fugindo sozinha a noite para qualquer lugar, não quando há alguém procurando chances para mata-los. Clément tinha razão em sua revolta, mas agora não era hora disso, precisavam encontrá-la.

    Eu estou segura que vamos encontrá-la! – Disse Lillo tentando amenizar a tensão do ar – Só há uma maneira de ir para Hogsmeade até onde eu sei e é pela passagem secreta.

    Lillo e Belle, que já conheciam o caminho, guiaram Clément masmorra acima, passaram rapidamente pelo Hall de Entrada chegando ao primeiro andar. A passagem em questão estaria no segundo andar, então eles não estavam longe de seu destino. Procuraram o grande salão das escadas que se moviam e as utilizaram para chegar ao nível superior. Lillo achara muito esquisito a calma que estava no castelo, quase não havia alunos transitando pelas quatro direções do castelo, nem mesmo em época de natal isso ficava tão vazio.

    Devem estar todos se preparando para o ritual, nos salões comunais... – Comentou Lillo mais para si do que para os amigos, tentando se auto acalmar.

    Não me interessa onde estão os outros, vamos! – Interrompeu Belle impaciente, movida por um medo que ela preferira não revelar.

    O segundo andar também estava deserto, com exceção de algumas corujas que sobrevoavam por ali provavelmente levando e trazendo cartar de seus donos. Eles passaram pela biblioteca que estava selada com uma magia de nível superior, não seria qualquer aluno capaz de abri-la. Provavelmente a encarregada da biblioteca estaria em seus aposentos pessoais preparando-se para honrar a noite das bruxas.

    Você lembra? A passagem fica próxima a biblioteca, na área noroeste! – Comentou Belle e antes que Lillo pudesse responder ela voltara a correr.

    Não tardara muito para que eles enfim encontrassem dois grupos distintos que aparentemente tiveram a mesma ideia.




    Daemon Griffiths & Clément Vaganay & Alanna O'Shier



    Damyien! – Exclamou Belle tentando disfarçar um leve sorriso no canto de sua boca.

    Annabelle! – Exclamara Damyien de volta, com o rosto levemente corado – Eu te procurei por toda a parte!

    Então vocês também acham que... – Belle dera uma parada  dramática, os olhos fixos na estátua como se tivesse sentindo algo, mas logo voltara a falar – ... Melissa usou esta passagem para fugir...

    É o único jeito, não há como ela ter ido para Hogsmeade pelo caminho normal... – Respondera Matthew ansioso.




    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 325
    Hufflpuff 300
    Ravenclaw 435
    Slytherin 400

    ESTADO ATUAL:


    DAEMON GRIFFITHS
    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:


    ALANNA O’SHIER
    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:


    CLÉMENT VAGANAY
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3334
    Reputação : 230
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Qua 6 Mar 2019 - 10:16


    Não respondeu à Annabelle sobre o fato de sua prima ser uma criança. Afinal todos ali o eram. Seguiu pelas escadas estranhamente vazias. Lillo se perguntava se era porque todos estavam em seus salões comunais se preparando para a cerimônia que logo aconteceria. Clément preferiu não pensar muito nisso. As últimas vezes que os lugares ficaram subitamente vazios não traziam boas lembranças. - Tomara que seja só isso mesmo...

    Chegando na frente da estátua, o grupo que vinha com o francês se encontrou com outros dois. Alanna e Daemon estavam neles também. - Vocês também vão atrás da Melissa? - Não sabia exatamente se aquilo o aliviava ou o deixava ainda mais tenso. - Isso está se tornando uma encrenca cada vez maior. - O garoto se adiantou para a estátua. - É melhor que sejamos rápidos. Como se abre a passagem?

    Olhou para trás, para aqueles que eram seus amigos ali, esperando alguma resposta.
    Raijecki
    Troubleshooter
    Raijecki
    Troubleshooter

    Mensagens : 955
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Qua 6 Mar 2019 - 14:52


    Seguiam Damyien, que afirmava saber onde ficava a passagem - nem tão secreta assim - até a biblioteca, onde davam de cara com o grande livro mágico que ficava na entrada do lugar, este que aparentava estar fechado.

    - Mas que maravilha, a biblioteca foi selada e a responsável  deve estar se preparando para o ritual... Alguém tem alguma ideia? – Perguntou, já começando a se estressar por ter seguido um sonserino mal caráter até ali.

    Então Matthew avistava – e gritava como sempre – Alanna e seu inseparável companheiro May vindo em suas direções.

    - Provavelmente  no mesmo  lugar  que a gente. – Respondeu ao colega, mesmo que a pergunta não fora direcionada a ele.  – Decidiu se meter em encrenca também Alanna? – Perguntara a sua prima com um sorriso no rosto.

    May perguntava o que o sonserino fazia ali, e o mesmo retrucava dizendo que ele tinha um nome e debochou  falando que eles deveriam estar em “Galinhaclaw” se aprontando para o ritual. Lógico que Daemon não iria perdoar uma atitude como aquela.

    - Não se importem com esse encosto de fantasma e nem se incomodem em lembrar o nome dele, é apenas mais um Finnick genérico, igual a todos os outros. – Devolvia o deboche para o sonserino.

    Matthew tomava as dores de seus  colegas e tentava explicar a Alanna e May o que estavam fazendo ali, mas mais uma vez era interrompido por Damyien, mas May parecia – como Daemon já havia observado - já saber sobre a situação.

    - Isso mesmo, Hogsmead, podem me contar como vocês sabem disso? – Perguntara a sua prima e May.

    Damyien sem paciência tinha a audácia de ordenar que fossem logo para a tal passagem. Daemon estava por um fio de lançar um de seus famosos  “frosta” na cara do sonserino, e atitude do mesmo não ajudava em nada a situação.

    Quando caminhavam pelo caminho da passagem, Daemon sentira a presença de mais alguém no local, como se um sexto elemento estivesse ali, mas não pudessem vê-lo. E a julgar pelo gesto nada sutil de Damyien, não fora só ele que sentira.

    - Cala a boca seu idiota! Vai nos entregar! – Cochichava em tom bravo ao monitor sonserino. Então por detrás de uma estatua muito bem feita que parecia poder ganhar vida a qualquer momento,  Daemon avistou a porta que dava acesso a passagem já aberta.

    - Parece que estamos seguindo o rastro certo.  – Então a garota que mexia com os sentimentos do jovem Griffiths – e real motivo de ele estar entrando naquela busca – aparecia e chamava pelo nome do maldito Finnick a todos sorrisos.

    - Eu também estou aqui Belle. - Se metia no meio da conversa, estufando peito. A raiva tomava conta de Daemon naquele momento. Como alguém tão desprezível como aquele Finnick conseguia a atenção da menina? Talvez os dois fizessem o tipo um do outro mesmo.

    Clément e Lillo também vinham juntos com Belle, e o francês já os questionava sobre o que estavam fazendo ali.

    - Elementar meu caro, elementar. – O respondera, em tom sarcástico. Então Clément protagonizava uma cena no mínimo, inusitada. Ficava a frente da estatua, e mesmo vendo que  passagem estava  aberta, os perguntava como se abria.

    - Você está bem? Tem certeza que quer ir com a gente? – Perguntava Daemon, se segurando para não rir da cena de seu amigo. Segurou o ombro de Clément e o empurrou para que o mesmo pudesse ver a passagem aberta. Então se dirigia até Lillo para cumprimenta-la e tentar dar um “ciúmes” em Belle.

    - Oi Lillo, fico muito feliz por você estar aqui. – A cumprimentava com um sorriso no rosto seguido de um abraço demorado. Depois, seguiu em frente pela passagem que estava aberta em direção a Hogsmead.

    - Vocês vem? – Perguntou aos outros, já dentro da passagem.
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3334
    Reputação : 230
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Sab 9 Mar 2019 - 10:12


    Clément nunca havia visto a passagem e, por isso, não havia se dado conta que ela já estava aberta. Daemon caçoou dele e mostrou-lhe o vão.  - Ah... - Respondeu meio desconcertado. Mas aquilo também era preocupante, quem havia passado por ali? - É claro que Melissa deve ter ido para Hogsmeade por aqui, mas será que... Outra pessoa... ou outra coisa não a seguiu depois?- Era bom serem cautelosos.
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    shamps
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2428
    Reputação : 153
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Qua 13 Mar 2019 - 22:04




    Bem diferente de May, Alanna não era tímida, não chegava a ser espalhafatosa, apenas era uma menina que quando quer uma coisa, ela vai atrás. Sentia que seu amiguinho precisava de todo apoio possível e apenas sorriu amigavelmente quando ele contou sua história. Ela realmente acreditava nele.

    - Eu acredito em você... não posso vê-lo, mas... não sei... – deu de ombros – sei que ele está aqui – e seguiu em frente.

    Alanna ficou pensativa com as perguntas de May sobre o que tinha visto no quarto andar. Não queria falar de algo que não tinha certeza, já que naquele tudo tinha acontecido tão rápido.

    - Bem... Ewgol e Axphord... – fez uma expressão de desgosto ao falar do colega desagradável – e uma menina loira. Eles que vi.

    A presença invisível de Yam levaram-nos para o segundo andar e a ruiva sorriu, achando divertido saber que a escola era cheia de passagens secretas, já que essa não era a passagem que ela tinha visto.

    - Incrível!

    Ela se assustou de início ao cair no tobogã, mas por fim achou divertido. Ainda conseguia ver diversão em meio a tantas coisas ruins e estranhas que aconteciam com eles. O fim do tobogã revelou algo não tão agradável. O monitor Damyen já destilava seu veneno ofendendo os Ravenclaw.

    - Ser monitor é uma honra. Eles representam as casas e seus alunos, por isso não é nada educado você se referir com esse linguajar aos fundadores. Deve retirar o que diz e ficará tudo bem – a garota não sabia bem por que estava falando aquelas coisas, mas sabia que o respeito vinha antes de qualquer coisa e ela ficava triste ao ver um monitor se portar daquela forma – não liga para ele, May. Vamos – e novamente a menina tomava à frente e puxava o garoto pela mão e seguia em frente – como vai, Mathew? – perguntou ao passar pelo garoto. Além do chato monitor e de Mathew, também se encontravam lá Daemon, Lillo e Clement, o que agradava bastante a menina.

    - Daemon – corre até ele e o abraça – primo. Por que não me surpreende sua presença aqui? – disse de forma amigável conhecendo o perfil dele.

    - Sim Clement, creio que todos querem ajudar Melissa. Eu estou muito preocupada com ela. É perigoso lá fora.

    Seguiram e a menina ficou feliz ao encontrar Annabelle, apesar da situação estranha e perturbadora em que se encontravam.

    - Aha, Annabelle! Você está bem?

    Assim como Mathew, Daemon e Clement, a pequena corvina também queria logo saber onde estava Melissa.

    - Vamos sim – e olhou para May – já fomos longe demais para desistir, May. Vamos com eles.




    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 617
    Reputação : 67
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Qui 14 Mar 2019 - 8:35


    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 350?cb=20110806202805




    Daemon Griffiths & Clément Vaganay & Alanna O'Shier



    May estava a ponto de revelar o segredo que há pouco havia contado a Alanna, porém, Lillo interrompeu-o lançando olhares que claramente diziam que ali não era nem local e momento para certos assuntos.

    –  Provavelmente devem ter escutado por ai. As noticias correm rápido neste lugar... – Respondera ela desejando que todos comprassem a ideia. – E parem de brigar vocês dois! – Ela reprimia as atitudes de Daemon e Damyien.

    Menos dez pontos para a Gryffindor em seu nome, Griffiths! – Anunciara Damyien poucos segundos antes de partir pela passagem atrás da estátua.

    Ah, oi Daemon... – Respondera a sonserina sem muita animação, não que ela não gostasse do menino, mas naquele momento sua cabeça estava aturdida em relação a sua jovem prima. – Está parecendo que sim, alguém mais foi junto... Só espero que ela não tenha levado ninguém com ela...

    May não respondera a Damyien como devia, talvez fosse muito “bonzinho” para chegar a tal nível e, naquele momento crucial, ofensas não importavam muito, eles precisavam encontrar a pequena Hooper.

    Vamos, então! – Todos concordaram com Daemon que buscava pela liderança, competindo com o monitor Hemstorm.

    Parte daquele grupo já conhecia bem o estreito e sinuoso corredor mal feito que ligava o subsolo de Hogwwarts com o de Hogsmeade, a outra parte entenderia por fim, como seus amigos conseguiram anteriormente escapar para uma suposta diversão no vilarejo bruxo próximo. Não havia janelas, nem mágicas, o chão, as paredes e o teto eram puro barro. A impressão que se tinha era que o túnel fora cavado sem o mínimo de segurança, mas se não desmoronara até hoje, não há de acontecer agora com lindas criancinhas afoitas...

    Lumus – Conjuraram quase todos para iluminar bem o restante do caminho nada iluminado.

    Na penumbra era possível ver a silhueta de um pequeno sapatinho infantil de cor prata. Ele estava “jogado”, como se tivesse caído dos pés de uma jovem garotinha. Belle correu sentindo seu estomago revirar e a garganta apertar. – Este sapatinho é dela!Exclamou temendo pelo que pudesse ter acontecido – Melissa, eu estou indo...

    Annabelle se pôs a correr sem temer o que pudesse ter ali, talvez porquê já conhecesse o caminho. Damyien e os outros a seguiram aumentando os passos e não tardaram a chegar finalmente no final do corredor. Com um sentimento de cuidado, o que não era nada característico de sua casa, Belle parou e esticou os braços sinalizando que todos fizessem o mesmo, como a protege-los.

    O final do grande caminho tedioso deveria ter uma porta que os levaria a Hogsmeade e, realmente havia uma porta, mas ela estava no chão e parcialmente destruída. Quem poderia ter feito isso? Talvez a porta estivesse trancada e o único jeito fosse arromba-la. Melissa era novinha demais para fazer aquilo.

    Lillo estava séria e não era somente ela, May e Matthew, pela primeira vez, haviam mudado a expressão em seus rostos. Os três puxaram sua varinha como a atitude mais lógica e certa a se fazer. Por um instante, Tasslehöff não parecia ser mais aquele garoto inseguro e “bobão” como de costume e May havia perdido sua insegurança.

    S-s-sinto uma presença ruim... – Murmurou Lillo para os demais, sendo a primeira a avançar e colocar os pés do outro lado da abertura que deixara a porta destruída no chão.

    A presença de alguém, invisível, porém existente de repente desaparecera, mas não tardara muito a voltar e abalar as emoções daqueles que se sentiam desconfiados e até desprotegidos por não verem o que os circulava.

    Ela não está nessa casa – Disse May certo de si.

    Como você pode saber? – Perguntou Damyien olhando-o com desconfiança.

    A gente simplesmente sabe... – Retrucou Lillo um tom grosseiro e era a primeira vez que todos ali presenciavam um lado da lufana mais aborrecido.

    Já chega, vamos logo! – Interrompeu Belle impaciente.

    Eles avançaram por uma cozinha completamente suja, mal cuidada. Havia panelas com comida podre que exalava um mal cheiro. O chão e o teto estavam sujos como se tivesse tido uma guerra de comida ali e todos os utensílios e objetos ali estavam cobertos por uma grossa camada de poeira e teias de aranha iam de um lado a outro do aposento. Sem muitas delongas, o grupo atravessara avançando para um ambiente em que todos conheciam muito bem. Era a frente da casa que estiveram todos a maior parte do tempo em Hogsmeade. Um buraco circular onde deveria existir uma porta levava-os para o beco curto ao lado da Dedosdemel e eles podiam ter uma grande visão de todo o beco, mas onde estava a porta? Vozes cochichavam para lá do beco, eram ouvidas próximo a entrada principal da Dedosdemel.

    Belle mais uma vez tomara a dianteira e avançara o beco sem se importar com o que pudesse acontecer, o grupo correra em sua cola, estavam todos preparados para o que pudessem encontrar.

    O céu estava escuro, mais do que o normal, muito embora uma fina camada vermelho alaranjada pudesse ver no horizonte, era Halloween! A noite corria mais rápido do que o normal e o céu estava parcialmente nublado, o que dava uma sensação ainda mais ruim. O que houvera há anos atrás agora estava a ponto de terminar. Treze crianças pagariam pelos erros de seus pais num passado não tão distante...

    Havia cinco cadáveres no chão próximo a dedosdemel, porém tinham uma espécie de manta cobrindo seus corpos, assim que só era possível entender que ali havia alguém. Uma carta assim como as que os protagonistas receberam, estava pousada sobre a manta de cada um deles. Um pouco mais adiante, uma forca enorme que poderia pesar toneladas, nela havia uma corda grossa e curta pendurada e o pescoço de Melissa Hooper jazia para o lado sem apoio de um osso que provavelmente havia se quebrado com seu destino cruel. Melissa Hooper estava morta!

    A frente do corpo pendurado e sem vida de Melissa jazia um garotinho que contemplava a morte. Um primeiranista que todos ali já conheciam muito bem e era Ewgol Liamtroop. Ele tardara alguns segundos para finalmente mostrar que havia notado a presença dos demais.

    Fascinante não é? A morte... – Comentara ele em um tom divertido – Aqui estão seis presentes que a Vida enviara para a Morte sem poder de escolha...

    O garoto virou-se finalmente para encarar o grupo que provavelmente estavam horrorizados com o que viam. – Evelyin Liamtroop enfim terá sua vingança e eu, tomarei minhas forças de volta.

    Ewgol quebrara sua própria varinha na frente de todos, demonstrando assim que era inútil e provavelmente vencê-los-ia sem ela. Com as mãos levantadas para o céu, uma onda negativa pairou sobre aquele local, o suficiente para abalar a todos que tivessem corações puros. O falso primeiranista começou a falar palavras sem sentindo para leigos, mas era possível saber que provavelmente estivesse cultuando alguma magia negra. Os mantos que cobriam os cinco cadáveres foram lançados para longe revelando um por um... Da direita para esquerda: Andrew Montbell; Cassandra Blackheart; William Phelpps; e os outros somente um era conhecido de quase todos ali, a garotinha dos pesadelos que era sempre vista com uma boneca que era sua cópia estava lá também, Evelyn Liamtroop, o outro...

    A-a-q-le é v-você, Yam? – Gaguejou May que quase não podia falar.

    Arthur... Há quanto tempo não nos vemos! – Sorriu Ewgol com uma expressão diabólica no olhar – Desde que... Eu matei você!






    Tema das Trevas



    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 225
    Hufflpuff 300
    Ravenclaw 435
    Slytherin 400

    ESTADO ATUAL:


    DAEMON GRIFFITHS
    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:


    ALANNA O’SHIER
    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:


    CLÉMENT VAGANAY
    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3334
    Reputação : 230
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Sex 15 Mar 2019 - 17:49


    Passar por aquela casa novamente era um sensação profundamente desagradável. Preferia nunca mais pôr os pés ali. Mas tinham que encontrar Melissa. Annabelle estava bastante preocupada e avançava sem muita prudência. Quando finalmente chegaram ao beco que dava diante da Dedosdemel, ouviram uma voz vinda de perto dali. Clément, já com a varinha em suas mãos, conjurou sobre si um feitiço de proteção. - Clipeum! - Seu rosto estava contraído, tenso com aquela situação. Mas ainda que ele estivesse preparado para enfrentar algo que ele não sabia o que era, ele não estava preparado para ver os cinco corpos que estavam postos no chão. Muito menos o corpo pendurado de Melissa.

    O choque tomou conta de seu ser e ele só pôde observar Ewgol virar-se e quebrar sua varinha. Aquilo era dava uma pitada de maior terror ao que via. Sobre os corpos haviam cartas, como aquelas que eles que estavam ali também haviam recebido.

    Ewgol falou então com o amigo imaginário de May. O garoto francês ficou sem entender, mas parecia reconhecer o corpo colocado no chão, o único que não era um dos primeiro-anistas que já estavam ali mortos. Sem se aperceber muito o que estava fazendo, Clément começou a falar consigo mesmo: - Desgraçado... Eu me arrependo de cada segundo que defendi você... - Em sua cabeça as palavras cautela, prudência e quaisquer outros sinônimos haviam desaparecido. - DESGRAÇADO! - Gritou, provavelmente sobressaltando todos ali. - Rochus!
    Raijecki
    Troubleshooter
    Raijecki
    Troubleshooter

    Mensagens : 955
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Dom 17 Mar 2019 - 21:55

    Daemon se sentia mais confiante e determinado quando estava em conjunto de seus fiéis amigos. Abraçava sua prima Alanna de volta com uma ternura e compaixão que apenas um laço familiar poderia realizar. Mesmo que a ruivinha as vezes reprovava suas atrevidas atitudes, sabia que no fundo a garota se preocupava de verdade com ele, e vice-versa.

    - Você me conhece bem Alanna, mas como você também está aqui, espero que não esteja te influenciando negativamente hein, não quero que seus pais me proíbam de te visitar em sua casa nas férias! hahaha! - Respondia a ruivinha com alegria no olhar.

    Ainda discutindo seus planos e teorias, Clément, que só agora avistava a passagem aberta, comentava que talvez alguém ou alguma coisa poderia ter passado por ali após Melissa. Daemon sentiu um frio na espinha ao responder o colega:

    - Ou alguma coisa ou alguém a levou por ali. - Falou em tom preocupado. Não duvidava de mais nada naquela escola. Antes de prosseguirem determinados a salvar a Sonserina, o metido a monitor da casa das serpentes punia Daemon sem nenhum motivo em 10 pontos, o que fez o jovem Griffiths arquear sua sobrancelha e argumentar contra tamanha injustiça:

    - Mas o que!? Isso é injusto! Eu deveria tacar fogo em você aqui mesmo seu ranhudo! Mas temos de ir atrás de Melissa o quanto antes, então o que é seu está guardado seu Hemstorm ou Finnick ou sei mais o que genérico! - Falava com raiva e indignação, seguindo e tomando a dianteira do grupo. Queria saber como o monitor iria puni-lo sendo que estavam todos no mesmo barco ali, se ele de fato revelasse a punição a Madame, Daemon com certeza contaria tudo a mesma e estragaria com o sorriso perverso e maldoso do Sonserino.

    O caminho pela passagem aparentava ter sido feito a muito tempo e com pouco cuidado, pois poderia desmoronar a qualquer momento. Daemon pedia para que seus amigos ficassem mais próximos a ele, que seguia mais a frente e lançava um "Lumus" para facilitar a visão do local. Com a meia-luz, poderiam observar um objeto jazia ao chão frio do lugar. Daemon se aproximando reparava que na verdade se tratava de um sapato de menina e não pode conter sua ansiedade que fazia seu coração bombear litros de sangue a mais e expelir um suor congelante de sua nervosa pele.

    - E-Esse sa... sapato... - Nem conseguira terminar a frase e Belle já entendia e corria na frente para tentar encontrar melissa o quanto antes. - E-Espera Belle! Não podemos nos separar! - Gritava em vão para a garota, antes de chamar seus amigos para irem atrás da garota. - Vamos pessoal! - A amedrontadora ansiedade agora dava a lugar a uma nervosa adrenalina que tomava conta de Daemon. Temia muito pela vida daqueles que assim como ele, também passaram pela macabra situação no trem para Hogwarts e que eram os únicos que sabiam de toda a verdade.

    Ao alcançar a garota, paravam logo atrás pelo sinal com os braços da mesma. A porta que dava acesso a Hogsmead estava destruída ao chão. - Alguém fez isso, mas duvido que tenha sido a Melissa pois um nível de poder assim... - Comentou o jovem Griffiths em tom de extrema preocupação. Lillo murmurava que sentia uma presença ruim no local, o que fez Daemon sentir um frio que subia de sua barriga e continuava por sua espinha. - Eu senti algo antes, quando estávamos na passagem, será que era isso? - Perguntou á garota Havaiana. May também se expressava e dizia que Melissa não estava naquela suja e abandonada residência.

    Daemon não quis questionar como os dois sabiam daquilo, pois achou que não fosse hora para tal, visto que os dois já guardavam muitos segredos, porém o monitor sonserino logicamente iria se meter onde não era chamado e levava o troco de uma Lillo sem muita paciência, o que traria um sorriso no rosto de Daemon, isso se o mesmo estivesse em condições para tal.

    Então Belle partia na frente mais uma vez e Daemon seguia logo atrás, já sem muita paciência das escapadas imprudentes da garota. - Belle! Temos de ficar junos! - Passando por um buraco de onde deveria estar a porta que dava acesso ao beco, podiam ouvir vozes vinda de perto da dedosdemel e alguns enfeites para o Halloween. "Será que está tudo bem aqui fora? Será que há pessoas aqui?" - Questionava-se, o esperançoso jovem Grifano. Uma esperança que se acabava tão rápido quanto tinha vindo, pois a cena a seguir era de deixar até os poucos cabelos do grande Mérlin em pé.

    Clément, prevendo problemas lançava seu feitiço de defesa, fazendo Daemon agir de imediato e sacar sua varinha a fins de também se proteger. Viam cinco cadáveres cobertos apenas por um tipo de lençol que jaziam perto da loja de doces. Acima de cada um deles também havia um carta, esta idêntica ás que Daemon e seus amigos possuíam. A mensagem era bem clara, estavam sendo abatidos como gados, um por um. Para piorar ainda mais a situação já desesperançosa, pouca distancia depois dos corpos, havia uma forca e um corpo com o pescoço quebrado inerte em sua corda. Era Melissa. Morta.

    - Nãooooo! - Berrou Daemon, com os olhos lacrimejados de dor e raiva. Mais um de seus preciosos companheiros da verdade estavam mortos, e ele não fora, mais uma vez, capaz de ajuda-lo. Um garoto debochava em tom psicótico e blasfêmo de que seis mortes haviam acontecido e Daemon demorou para reconhece-lo até que o mesmo se virava, revelando seu rosto. Era Ewgol.

    Um ódio  tremendo tomou conta de Griffiths naquela revelação, uma raiva tão quente que evaporava até suas recentes lágrimas. Como um estudante de Hogwarts, um colega que dividia aulas com eles fosse capaz de algo tão desumano? O mundo não podia se dar ao luxo de perdoar ações como aquela. E Daemon faria todo o possível e impossível para isso acontecer.

    - Seu maldito! Como pode!? Nós éramos seus amigos! - Berrava em completa fúria e indignação. Então Ewgol seguia com seu discurso e falava que Evelyin teria sua vingança e que recuperaria suas forças. Quebrava sua varinha em frente a eles com desdém de alguém que  se achava muito superior aos demais. Lançava seus braços para o alto e começava a conjurar uma espécie de ritual macabro que fazia Daemon sentir uma energia maléfica e pesada em volta de si. Os panos que guardavam as identidades dos cadáveres agora voavam para longe e revelavam os corpos que agora ficavam de pé para eles.

    Andrew era o primeiro cadáver revelado, e fez Daemon imediatamente congelar por alguns segundos.  "Mas... Mas eu vi ele a pouco tempo...." - Entrava em modo de negação ao ver seu colega Grifano falecido em sua frente. "Todos... Todos eles... Não, isso tem de parar!" - Enquanto se perdia em sues pensamentos, May chamava sua atenção falando que seu amigo imaginário era o ultimo corpo da fileira, e Ewgol cumprimentava doentiamente o suposto espirito, mas com um nome que era familiar a Daemon e a todos. Arthur.

    - Você matou Arthur também!? Você vai pagar seu maldito! E será agora! INCENDIO! - Gritava, ao lado de Clément, que também agia, com todas as forças com um olhar em chamas, lançando sua magia incendiaria na direção de Ewgol.
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    shamps
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2428
    Reputação : 153
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Sab 23 Mar 2019 - 14:35




    Alanna ficava animada, apesar da preocupação, em ver o primo bem.

    - Está tudo bem... eles jamais o proibiriam de ir lá em casa, Daemon. Você sabe disso.

    A menina seguiu com os outros alunos pelo corredor estranho e envelhecido, com uma sensação que fazia seu estômago embrulhar. Não sabia explicar, só sabia que era ruim. Ao fim do caminho, o que se revelou foi grotesco para a criança ruiva, habituada com as facilidades da vida e a proteção da família. De fato, ela não estava preparada para o que vira.
    Levou a mão à boca, ocultando qualquer grito que pudesse escapar de sua garganta, o enjoo aumentou e ela só conseguiu chorar nos segundos seguintes.
    Não conseguiu gritar como Clement e Daemon, mas apenas segurou o braço de May quando Ewgol se revelou o autor - ou co-autor - daquele massacre. Cinco crianças estiradas e mortas.

    Clement já preparava um feitiço, seguido de seu primo. Mas e ela? O que Alanna podia fazer naquela situação? Já não era a primeira vez que se via numa situação de risco e horror como aquela, mas sempre era difícil estar ali. May revelara que Yam era uma das crianças ali, o que levou a garota a segurar novamente o braço do amigo.

    - A... Aquele ali... é o Yam??? - disse entre lágrimas e soluços, o rosto vermelho e molhado.

    Surpreendeu-se a notar que Ewgol via Yam, mas ela nada fez. Então Ewgol tinha a ver com a morte de Yam... Arthur... o nome era o de menos, era amigo de May, mesmo que só após a morte.
    As crianças ali presentes estavam tomando uma atitude e Alanna entrou no meio da agitação, pois ela também sentia que aquilo tinha que parar, como todos gritaram.
    Então apontou sua varinha para o garoto maligno:

    - Inpulsa!





    Raijecki
    Troubleshooter
    Raijecki
    Troubleshooter

    Mensagens : 955
    Reputação : 27
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh27.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Raijecki em Sab 23 Mar 2019 - 23:06

    Magia Incendio:

    Raijecki efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Dice (d6.) :
    5
    shamps
    Garou de Posto Cinco
    shamps
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2428
    Reputação : 153
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por shamps em Dom 24 Mar 2019 - 4:23

    shamps efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Dice (d6.) :
    1
    Bravos
    Antediluviano
    Bravos
    Antediluviano

    Mensagens : 3334
    Reputação : 230
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1911.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh32.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh23.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh29.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh44.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Bravos em Dom 24 Mar 2019 - 15:54

    Clipeum

    Bravos efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Dice (d6.) :
    2

    Rochus

    Bravos efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Dice (d6.) :
    5
    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 617
    Reputação : 67
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Seg 25 Mar 2019 - 11:35

    Teste de Esquiva "Ewgol"

    Tentativa de esquivar-se de 1 dos ataques.

    Hylian efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 D8 (d8.) :
    5

    Teste de Resistência "Ewgol"

    Hylian efetuou 1 lançamento(s) de dados CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 D8 (d8.) :
    1
    Hylian
    Mutante
    Hylian
    Mutante

    Mensagens : 617
    Reputação : 67
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh41.png

    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Hylian em Seg 25 Mar 2019 - 12:54





    @Bravos @Raijecki @Shamps
    30 de Outubro de 2018
    Estação: Outono, Temperatura: 16ºC, Previsão: Crepúsculo Lunar
    Localização: Hogsmeade - Escócia.


    Daemon Griffiths & Clément Vaganay & Alanna O'Shier





    Ewgol demonstrara uma habilidade superior a de um primeiranista. Era notável de que estivesse se passando por um, apesar da aparência e tamanho que possuía. O bruxo esquivou-se facilmente do ataque elétrico de Alanna, mas não tivera o mesmo êxito com os demais protagonistas que também desferiram ataques que, desta vez certeiros o atingiram.

    Uma risadinha abafada envolta de um deboche claro, Ewgol demonstrava claramente que não se abalara com os ataques, embora o incêndio tivesse chamuscado parte de sua roupa a rocha de Clément tivesse lhe acertado a perna esquerda. Seus olhos culminavam um ódio que lhe transbordava em lágrimas azedas, não por dor ou medo, porém por cultivar um momento fúnebre, um momento que esperara por anos. Estavam diante dele as treze crianças munidas de suas treze cartas e, enfim, sobre o julgamento das estrelas e testemunho da soberana lua ele poderia ter, ao menos, parte de sua vingança.

    O uivo de coites e, principalmente, lobisomens ecoavam em direção a lua de todos os cantos, era como se houvesse centenas deles nas proximidades, embora ainda não se pudesse vê-los. As árvores de Hogsmeade estavam agitadas com tamanha energia negativa. Seis minutos, Seis segundos e Seis milissegundos para que a meia noite chegasse e o Halloween se desse início.

    –  Treze cartas foram enviadas aos descendentes que no passado cometeram seu maior erro, mas quem pagarão são vocês! – Murmurou Ewgol.
    O grande relógio de Hogsmeade, que existia na praça central de alguma forma fazendo sentido apenas para bruxos, avisava que faltavam apenas Seis minutos e 2 Segundos e 1 Milisegundo para a noite mais importante.

    As treze cartas deixaram seus “donos” flutuando sobre suas cabeças a uma altura impossível de atingi-las. Elas brilhavam e eram consumidas por um fogo negro que lentamente as “comia” de uma ponta a outra. O símbolo Ouroboros cresceu cintilante sobre os pés de Ewgol e eles podiam agora saber quem era a criatura que os atacara no torneio.


    Treze Bruxos cometeram um pecado jamais perdoado,
    Mas as leis antigas eram severas e seus descendentes
    Pagariam pelo erro de seus ancestrais.
    Há seis anos uma garotinha perdera a vida junto de sua família
    Evelyn, oh Evelyn...
    A esperança e a luz pela vida lhe fora tomada sem chances de luta.
    Ewgol Liamtroop era o único a sobreviver o massacre,
    Mas desaparecera até finalmente ser reencontrado no Expresso Hogwarts.
    Arthur, Arthur, aquele que tivera a vida amaldiçoada desde que nascera,
    Morto por um membro direto de sua família, ele não teria chances...
    Um Avada Kedavra lhe tirara a vida e, de alguma forma seu espírito
    Sobrevivera ao mal que lhe fora imposto.



    A lua escurecia a medida que faltava apenas dois minutos e alguns segundos para a maior homenagem aos bruxos que se tinha registro. A grama próxima envelhecia e apodrecia em uma velocidade descomunal. O vento estava agitado mais do que o normal. Era possível ouvir os primeiros uivos de coiotes, lobos e lobisomens em direção a lua, parecia haver centenas deles nas proximidades do vilarejo, embora não se pudesse vê-los ainda.

    –   Deixe eu apresentar alguns de meus amigos... –  Disse Ewgol, desta vez com uma voz esganiçada e arrastada, como de alguém que sentia dor.
    Um grupo de bruxos apareciam da penumbra de todos os lados, era possível haver pelo menos dez deles, todos com o rosto protegido por uma máscara estranha e feita de ossos humanos. O grupo mostrava ofensivamente que também possuíam uma varinha, exceto um deles, um que parecia não possuir instrumento mágico ou o estivesse escondendo apenas. Era possível notar que alguns eram mulheres por conta de seu longo cabelo que escapava por trás das máscaras. Nenhum ousou dizer uma só palavra, apenas miravam os protagonistas e seus amigos com desejo de matar.

    –   Matem... –   Sibilou Ewgol... E um círculo de fogo negro se formou em volta os protagonistas impedindo-os de fugirem.
    Cada um dos servos de Ewgol avançaram pelo fogo como se ali não existisse nada, nem mesmo suas vestes negras eram chamuscadas, por fim, os protagonistas e seus amigos estavam cercados por bruxos que não tinham a menor intenção de poupar suas vidas.



    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 2e26c84d461abc5bc8a59c1817e144cb5b99bdd3_hq



    Tema das Trevas

    INFORMAÇÕES ADICIONAIS escreveu:Feitiço "Incendio" tem um consumo de 2 PM's e um Dano de 4 pontos
    Feitiço "Rochus" tem um consumo de 2 PM's e um Dano de 4 pontos
    Feitiço "Inpulsa" tem um consumo de 2 PM's e um Dano de 4 pontos

    Galera, o Ewgol conseguiu desviar do ataque de Alanna, então ele recebera 26 - 7 (Resistência + HAB +1D6) = 19 pontos de dano.
    O nosso vilãozinho deu a ordem para que seus "servos" o matassem, porém, como sou generoso deixarei que vocês começem a atacar ou CRIEM uma estrategia entre vocês. Os NPC's Matthew, May, Lillo, Damyien e Annabelle estão a disposição de ajuda-los, então contem com eles, ah, e claro, daquele que não se pode ver, Arthur/Yam...

    PS: Quando forem ler/postar escutem a musiquinha das trevas/halloween de fundo, da maior onda para escrever - q

    Taça das Casas ON:

    Gryffindor 225
    Hufflpuff 300
    Ravenclaw 435
    Slytherin 400

    ESTADO ATUAL:




    Daemon Griffiths

    Ano 1
    PVS: 30
    PMS: 18/20
    Bônus: + 2 em Feitiços que alterem o "Estado"; + 2 em AR; Sedução Meio-Veela; x2 em feitiços de Fogo.
    Penalidades:



    Alanna O'Shier

    Ano 1
    PVS: 40
    PMS: 23/25
    Bônus: + 2 em feitiços do tipo "Contra-Azaração"; + 2 em AR; x2 em feitiços de Vento.
    Penalidades:



    Clément Vaganay

    Ano 1
    PVS: 20
    PMS: 28/30
    Bônus:+2 em feitiços do tipo "Transfiguração"; + 2 em AR; x2 em Feitiços de Terra.
    Penalidades:

    Diricawl
    PVS: 10
    PMS: 8
    Bônus: Pode aparatar (teletransportar) dentro de uma pequena área.
    Penalidade:
    Conteúdo patrocinado


    CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas - Página 5 Empty Re: CAPÍTULO TRÊS - A profecia das Treze Cartas

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 18 Jun 2019 - 22:05