Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Introdução / ambientação

    Compartilhe
    Christiano Keller
    Mutante
    Christiano Keller
    Mutante

    Mensagens : 625
    Reputação : 18

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Mar 05, 2019 1:28 pm

    Anastásia,

            Ela ergue o escudo para tentar se defender.
    Tentativa de defesa:

    Escudo: skill/2+3, logo 12/2+3=9 ou menos defende.
    Christiano Keller efetuou 3 lançamento(s) de dados (d6.) :
    4 , 5 , 4
    Christiano Keller
    Mutante
    Christiano Keller
    Mutante

    Mensagens : 625
    Reputação : 18

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Mar 05, 2019 1:45 pm

    Anastásia,

           O reflexo para defender-se não foi tão rápido, a faca bate em sua mão. Anastásia instintivamente pensa em seus dedos e sente a faca passar em 4 deles, o susto é grande, quantos ainda estarão presos em sua mão? O indicador, o do meio, o anelar e o mindinho, todos estão lá graças a sua luva. A faca foi incapaz de riscar o metal. Anastásia percebe que apenas ataques em partes expostas poderão causar algum dano com aquela faca, mais precisamente sua linda face ou cabeça.
          A ajudante fica frustada ao acertar o golpe, mas não produzir nenhum efeito. Ela morde o lábio de leve pensando no próximo movimento de Anastásia.

           Charles por sua vez atingido nos países baixos ainda está disposto a lutar e parte pra cima de Marina com um olhar de vingança. A raiva demonstra que ele não é inteligente se expondo assim.

    Ataque total de Charles em Marina:

    Charles que tem NH12 parte para um ataque total no rosto de Marina, isso faz com que ele tenha um bonus de +4 e um redutor de -5, deixando um NH de 11, no entanto essa imprudência o deixará exposto para o próximo ataque dela.
    Christiano Keller efetuou 3 lançamento(s) de dados (d6.) :
    1 , 2 , 3

    Marina poderá tentar aparar o ataque se ele acertar. Seu NH é 10 para bloquear o ataque com o cassetete.
    Christiano Keller efetuou 3 lançamento(s) de dados (d6.) :
    3 , 2 , 3

    Se Charles acertar o golpe e Marina não aparar, o dano será:
    Christiano Keller efetuou 1 lançamento(s) de dados (d6.) :
    6

    Se o dano for maior que a metade do HT de Marina ela precisará fazer um teste de atordoamento.
    Christiano Keller
    Mutante
    Christiano Keller
    Mutante

    Mensagens : 625
    Reputação : 18

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Mar 05, 2019 1:48 pm

    Anastásia,

    Marina apara um belo e forte golpe de Charles. Ela até dá um sorriso como se estivesse se divertindo com aquilo.

    Agora era a vez de Anastásia agir. Seria agora o momento de tentar intimidar a ajudante ou ela lutaria por sua causa até a morte?
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1149
    Reputação : 2

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Ter Mar 05, 2019 8:19 pm

    MAGNUS

    Vendo o homem que bate a sua porta, imagina que seja o mago que ele pedira:
    - Venha, entre. Como se chama? - O mago não havia se apresentado então decidiu perguntar seu nome.

    - Preciso que descubra se essa menina está enfeitiçada! - O cavaleiro continua - A princípio pensei que fosse excesso de convicção, mas senti que seu fanatismo fugia da realidade - Falava pensando na multidão que a execrava e ela não percebia que suas ações não agradava. - Pode ajudar?
    Christiano Keller
    Mutante
    Christiano Keller
    Mutante

    Mensagens : 625
    Reputação : 18

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Qua Mar 06, 2019 10:21 am

    Magnus,

           -- Me chamo Volkor Miltial, apenas Volkor está bem.
           Da outra sala Alexia ri alto e fala:
           -- Agora quer mudar minha mente! Sim, isso é opressão! Jamais mudará minha opinião, minha convicção na fé. Quero liberdade e igualdade para todos. Vocês não podem impedir a mudança, as pessoas estão acordando para a realidade! Todos trabalharemos juntos por um futuro melhor sem opressão! Todos seguirão nossa bandeira! O bem triunfará sobre o mal e o império cairá! Apenas as pessoas de bem restarão e obedecerão à verdade! Ela continua falando sobre opressão e liberdade, mas cada vez que fala Sir Magnus percebe que são frases de impacto, coisas que as pessoas gostaria de ouvir. Algumas até Sir Magnus já ouviu e concorda, mas pouco depois ela solta outra frase de igual impacto mas que é o oposto do que disse antes. É como se ela não percebesse a incongruência de suas frases.
           Volkor olha para a outra sala e volta para Sir Magnus.
           -- Ela é do tal Culto? Não importa, farei meu trabalho.

            -- Ocus pocus homeopatia, onde está a magia? Sir Magnus percebe que o homem está executando um feitiço em Alexia, talvez mais pelo fato de que ela parou de falar e começou a gritar do que por ver a magia em si.
            -- Socorro, acudam!
            Entre outras palavras mágicas e mais gritaria Sir Magnus aguarda alguns minutos. Então a porta de abre e Sir Sean de Conn entra em seus aposentos.
            -- Sir Magnus, que bom vê-lo! Volkor, não gaste magia onde não há. Essa ai é mais uma louca.
            -- Você que é louco seu fanático religioso, desde quando a religião fez bem pra alguém? O culto prevalecerá! Quer dizer que já pegaram outros de nós, mas seguimos resistindo, a resistência continua! Uma nova esperança nasce nas terras de Caithness e em Yrth! O Império sucumbirá pelo clamor do povo e governaremos com mão de ferro.
            Sir Sean faz um sinal com as mãos para Volkor fechar a porta, que a fecha com uma pancada e então recomeça a gritaria, mas agora mais abafada.
            -- Deus te abençoe companheiro em armas. Sean estende a mão para cumprimentar Sir Magnus.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1149
    Reputação : 2

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Dom Mar 10, 2019 2:39 pm

    MAGNUS

    Magnus observava as ações de Volkor com curiosidade e admiração,  aquilo era novo para ele. Mesmo que a chegada repentina de Sir Sean tenha interrompido o ritual, sua chegada agradava o cavaleiro de Calatrava.

    - Que a benção de nosso senhor esteja sobre todos nós! - Sir Magnus responde ao amigo de armas segurando sua mão para cumprimenta-lo.

    - Porquê tens a certeza de que a loucura dela não é fruto da Magia? - Indagava sobre a conclusão repentina dada pelo Cavaleiro da Pedra.
    Christiano Keller
    Mutante
    Christiano Keller
    Mutante

    Mensagens : 625
    Reputação : 18

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Seg Mar 11, 2019 3:24 pm

    Magnus,

           -- Amém, meu irmão em armas, amém! Sir Sean dá uma olhada no olho para Sir Magnus com cara de quem precisa explicar o óbvio. Aqui em Caithness a mana é fraca. Sir Sean percebe que talvez isso não seja o suficiente e adiciona: Alexia não foi a primeira pessoa que capturamos, houveram outros antes dela. Porém ele vira rosto como se isto fosse algo que não quer comentar e caminha até uma jarra com água. Ele serve 3 copos, bebe um gole de um e oferece o outro para Sir Magnus.
           -- Todos eles sempre tem a mesma característica, sempre são eerr... pela falta de uma palavra melhor, loucos. Então aponta para a outra sala em uma referência clara sobre Alexia. O mais estranho é que eles parecem que estão sempre um passo a nossa frente, é como se fossem um exército invisível, milhares de pessoas trabalhando em conjunto. Outra vez ele faz a cara do óbvio. Antes que pergunte, não estamos infiltrados. Não parece que enfrentamos alguém ou um grupo, mas algo intangível como uma ideia. Descobrimos que isso também ocorre em Mégalos, Zarak e até em meio aos Elfos. Sir Sean suspira.
          -- São pessoas diferentes que se unem com um mesmo propósito como se seguissem instruções iguais e específicas. Mesmo estando em locais diferentes, parecem conectados. Quando tentamos infiltrar alguém a pessoa vê, identifica, mas quando tenta uma abordagem eles sabem que não houve convite. Sir Sean suspira novamente e bebe água.
          -- Você teve a oportunidade de conversar com a Sra. Zerum sobre Alexia? Eu achava que ela era uma menina mimada.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1149
    Reputação : 2

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Ter Mar 19, 2019 11:50 am

    MAGNUS

    - Ela é uma menina mimada e agora assassina também! - o cavaleiro concorda com seu amigo - A Senhora Zerum à renegou após sua tentativa de matar a própria avó.

    - Magnus bebia um gole da água dada por Sean antes de continuar - Se algo os conecta, precisamos descobrir o que é. Se não é magia, o que pode ser? - A pergunta parecia ser feita para ele mesmo.

    Magnus olha para o copo e lembrava do alambique. Das pessoas que se aglomeravam para tomar um gole da bebida junto com George e Charle - Sir Sean, por acaso você ouvira a menção ao alambique entre as outras pessoas que vocês capturaram?
    Christiano Keller
    Mutante
    Christiano Keller
    Mutante

    Mensagens : 625
    Reputação : 18

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Mar 19, 2019 1:56 pm

    Magnus

           -- Sir Magnus, se ela era uma garota mimada, como poderia mudar de atitude tão rápido? Ele fica intrigado, mas continua: Há algo estranho. Com essa menina. Agora sobre alambique, não ouvi nada não. Tivemos um padeiro, um construtor e uma costureira. Dois deles estiveram em Mégalos e um em Zarak. Mas essa menina não esteve em nenhum lugar, certo?

           Os gritos param de maneira súbita e é possível ouvir a voz de Alexia falando baixo na outra sala.
           -- Não conseguirá nada de mim. Nossos números crescem todos os dias e o Culto prevalecerá.
           Volkor para de fazer o que estava fazendo e retorna até a sala em que estão Sir Sean e Sir Magnus.
           -- Igual aos outros. Optei por parar antes de que algo pior aconteça. Ela parece escravizada por alguém, mas seria necessário um mago muito poderoso para fazer isto com ela. Algo que não poderia ter sido feito aqui.
           -- Não seja tolo, você fala de uma magia muito poderosa que teria que ser feita longe de Caithness em pessoas que não deixaram a cidade. As pessoas também deveriam ter algo em comum, mas quando falamos das pessoas em Mégalos? Os Anões em Zarak? Até os Elfos? Esse mago precisaria estar em movimento, mas por que? Para onde?
           -- Não sei qual é o objetivo final dele, mas é a unica coisa que vejo como plausível.
           -- Sir Magnus, como pode ver, temos perspectivas diferentes. Posso pedir um favor? Poderia investigar estes locais para nós? Deixe-me apontar no mapa. Sir Sean pega um mapa simples da cidade, abre sobre a mesa e aponta 3 locais. Ele também pega 3 chaves e estende para Sir Magnus. Talvez você, a menina e aquela guarda da patrulha consigam ver algo que não vimos.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1149
    Reputação : 2

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Qui Mar 21, 2019 8:31 pm

    MAGNUS

    - Não posso lhe responder essa! - O cavaleiro responde a seu amigo sobre uma possível viagem de Alexia para o exterior. Magnus se amaldiçoava por não ter interrogado a Baronesa sobre o dia a dia de sua neta.

    Ele não se surpreende com a conclusão de Volkor, pois também achava que poderia ser uma magia poderosa. Mesmo assim, percebe que estava em um beco sem saída, já que não conseguiria nada com Alexia.

    - Eu também concluo que pode ser uma magia poderosas por trás das ações do Culto. - Magnus dá a sua opinião em meio a discussão com Volkor e Sir Sean.

    Sir Magnus se aproxima do mapa para ver quais eram os pontos indicados pelo Cavaleiro da Pedra. - Você me faz um favor, eu lhe faço outro - responde ao pedido de Sean de Conn enquanto pega as chaves oferecidas.
    Christiano Keller
    Mutante
    Christiano Keller
    Mutante

    Mensagens : 625
    Reputação : 18

    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Qui Mar 21, 2019 9:28 pm

    Magnus,

           Os locais são todos próximos, aqui na Capital. Um é uma esquina, o outro é um pouco afastado perto da pedreira e o outro é em uma rua com bastante trafego de pessoas no centro. Possivelmente a padaria, a construção e a costureira.
           -- Ha, o Cavaleiro de Calatrava concorda comigo Sir Sean. Há magia aqui. O brilho que havia em Volkor havia se apagado, ele estava visivelmente cansado e suando.
           -- Só por que ele não é daqui, isso quer dizer que ele não está acostumado com a magia em Caithness. Se soubesse o que precisa para fazer uma magia aqui ele não acreditaria em você. Sir Sean discorda de Sir Magnus e Volkor, mas é algo como uma incredulidade ao fato de tal magia ocorrer em Caithness.

           Uma leve batida na porta e Olivia entra, ela vê os homens conversando, faz uma cara de vergonha e faz um sinal de que estará lá fora.
    -- Vou descansar antes do almoço senhores. Diz Sir Sean.
    Volkor dá sinais de saudações e também se dirige até a porta.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Mar 23, 2019 5:30 pm