Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Introdução / ambientação

    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Qui Jul 04, 2019 10:55 pm

    Magnus,

           O cavaleiro avança em trote na direção do distraído e e fujão Edward. O cavalo chega cada vez mais perto, Edward corre mas parece parado em relação ao cavalo, até que BAM! O escudo bate nas costas do homem que é lançado ao solo com força. O grito do impacto é abafado com a queda. Sir Magnus vai mais um pouco a frente para poder parar o cavalo do trote e então retornar.
           Olivia vem correndo rápido ao fundo, ela está com cara de cansada mas firme. Edward ainda está no chão confuso pois nem viu o que aconteceu, apenas resmunga de dor porém apresenta ferimentos do lado direito e na face. Quando o cavaleiro levanta os olhos novamente na direção da rua, mais 2 soldados a cavalo estão chegando para ajudar.
           Sir Magnus desce do cavalo quando parece que o homem vai se levantar. No entanto com a bota direita o empurra para o chão novamente e lá ele fica deitado.
           -- O Culto prevalecerá. Você não pode derrotar uma ideia, ela nascerá novamente. Você pode ter pego a gente aqui, mas somos muitos. O Culto prevalecerá.
           Os soldados chegam:
           -- Suas ordens senhor.
           -- Cheguei... ufa, que corrida. Dizia Olivia um tanto ofegante.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Sex Jul 05, 2019 5:13 pm

    MAGNUS

    Ele dizia a mesma ladainha de Alexia, pensava Magnus. - Talvez tenha razão Edward. Quando isso acontecer, eu estarei aqui para contê-los.

    - Revistem ele! - O Cavaleiro dava sua ordem para os soldados ainda com o pé sobre Edward.

    Ele olha para a ofegante Olívia - Bom trabalho Olivia! Venha suba no cavalo - ele ajuda a menina a subir no animal - Vamos voltar até o armazém e ver o que mais encontramos naquele covil - Dizia a todos.

    O Cavaleiro estava satisfeito, havia pego mais um membro do Culto e pelas palavras de Edward, talvez tenha encontrado a célula principal da facção em Carrick. Ainda tinha duvidas, queria saber se aqueles alimentos eram roubados e para onde enviavam a carga principal, talvez haja pistas no escritório. O esconderijo também chamara atenção de Magnus, a quem será que aquele altar era dedicado? A Deus? A um Santo? Não lembrava de ter visto qualquer cruz ou simbolo santo.

    Enquanto se dirigiam de volta, Magnus questiona Olivia:

    - Então Olivia, viu mais alguma coisa interessante?
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Sab Jul 06, 2019 8:49 pm

    Magnus,

           Olivia responde para Sir Magnus:
           -- Estava tudo tranquilo até que vi este homem sair da cabana do lado de fora. Ele estava muito bem vestido para estar ali e ouvi o som de moedas batendo. ehehe... quando vi você saindo tive certeza de que estava atrás dele.
           O soldado estava revistando Edwards e informa:
           -- Sir, encontramos apenas moedas, muitas, moedas e ele está com várias jóias. Diria que há uma pequena fortuna aqui, precisamos contar tudo, mas são vários colares de ouro, tem braceletes por baixo da roupa e até nas canelas. Vamos levar ele até a sede dos cavaleiros assim como a mulher e o outro homem que estavam com ele.
           Olivia observa o quanto os homens acharam e diz:
           -- Nossa, é muito mesmo, ele deveria ter uma vida fácil. Porém com tanto dinheiro assim imagino que devem haver provas no escritório. Sabe, ajudo minha família com o comércio, se eu puder revistar o escritório talvez possa encontrar algo.

           Magnus fica espantado com o tanto de jóias que o homem carregava, ele deveria ter planos para fugir depois que Alexia foi presa. Agora havia o homem ferido, que poderia morrer em algumas horas. Seria uma opção interrogar o homem à beira da morte? Talvez promessas de vida possam fazer com que ele fale. No entanto o escritório parece uma boa fonte de informações que demorará bastante tempo pois muita papelada precisa ser lida e separada. Haviam outras opções como conversar com as pessoas, até conversar com os guardas para tentar descobrir algo a mais, talvez procurar por mais passagens escondidas. As escolhas eram importantes, porém fazer algo implicaria em deixar de fazer outra coisa ao mesmo tempo.

    OFF::

    Final do segundo ato, 5 pontos de experiência para gastar da mesma forma que a criação do personagem.
    Basta avisar que atualizo na ficha.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Ter Jul 16, 2019 1:37 pm

    MAGNUS

    - Pode levar o homem, mas as moedas ficam comigo. Tem um grande grupo de pessoas naquele armazém que esperam receber alimentos e não vou deixar que pensei que o rei os proibiu de comer, o dinheiro lhes fornecerá algum alento. -
    O Cavaleiro não queria que a atitude de embargar o armazém pudessem manchar a reputação de Vossa Majestade.

    Enquanto caminhava de volta ao Armazém, Ser Magnus de Calatrava falava com Olívia - Tem muita coisa naquele armazém que quero dar uma olhada, mas precisamos ter cuidado para não deixarmos nada para trás. Enquanto você olha o escritório, vou falar com Ana e Sean para saber o que eles descobriram. - O Cavaleiro queria saber das mercadorias, provavelmente eram roubadas nos ataques da turba e acreditava que Edward usava aquela reunião para incitar o povo a realizar os saques, mas como Edward os convencia?

    Apesar de Magnus ter algum conhecimento de administração, adquirido quando trabalhou nas terras de seu pai, nunca se interessou em saber ler ou escrever. Olivia será muito mais eficiente naquele escritório. - Tome, leve isso! - Magnus dá o bilhete retirado de Alexia para Olivia - Compare a escrita com o que você encontrar.

    Além do escritório havia os aposentos subterrâneos, Magnus imaginava que lá era onde o Culto se escondia de verdade, talvez o Altar fornecerá alguma pista. Mas o subterrâneo seria investigado depois.
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Jul 16, 2019 5:21 pm

    Magnus,

           Sir Sean e Anastásia estavam no armazém com os diversos prisioneiros aguardando as ordens de Sir Magnus, pois ele organizou a festa então que ditasse a música ou a dança. Olivia discretamente foi em direção ao escritório.
           -- Encontramos algumas mercadorias que fazem parte dos últimos roubos relatados pelos mercadores. Teresa está quieta e o outro homem, não deve sobreviver. Ouvimos comentários estranhos das pessoas aqui, achavam que estavam fazendo o bem, ajudando e sendo adjudados. Muitos deles vêem os mercadores como inimigos do povo e não como as pessoas que organizam a produção de alimentos. Muitos diziam trabalhar para Edward de graça. Dizia Sir Sean.
           -- Alguns deles confirmaram que há uma reunião aqui todos os dias as 21hs. As pessoas vinham aqui e pegavam o que precisavam. Deve ser assim que eles faziam parte da carga roubada desaparecer. Alguns confessaram que ajudavam a "convencer" os mercadores a ajudarem o povo pois já era hora deles fazerem a sua parte. A carga então vinha pra cá. Muitos dizem que os criminosos são os mercadores e os rebeldes. Completava Anastásia.
           -- Então o que pretende fazer?
           -- Ah, a mulher, Teresa, tinha outro bilhete como aquele que estava com a menina. Os mesmos dizeres se não me engano, porém não tinha anotações na lateral nem o horário.

           Alguns minutos se passam e Olivia retorna:
           -- Encontrei mais bilhetes, todos com as mesmas anotações, porém sem a segunda letra. A letra do corpo do bilhete não é de nenhum documento daqui, no entanto aparece em uma carta de Hyrnan que diz: "envie a carga pra Hyrnan". É curto e direto, mas também vi várias cargas para Hyrnan, tem praticamente todo dia, posso até dizer que os dias de carga serão iguais aos dias de roubos e a carga deve ser da mercadoria roubada. Pelas anotações ele tinha bastante dinheiro.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Qui Jul 25, 2019 3:00 pm

    MAGNUS

    O Cavaleiro já imaginava que as pessoas viam Edward como um bom samaritano. Os relatos de Olivia sobre a opinião da população e o relato das camponesas o alertaram sobre isso. O Culto tenta colocar o povo contra os comerciantes enquanto enriquece e ganham a fama de heróis do povo.

    - As mercadorias roubadas são provas para prender Edward. Como chegamos a Edward através de Alexia, ele será cúmplice na tentativa de assassinato da Baronesa Zerum. - Ele dá o saco de moedas para Anastácia - distribua para o povo, diga que é um presente de Vossa Majestade para compensar qualquer perda e os libere.

    - Sean! Edward foi levado para o Salão de Pedra. - Magnus avisa seu irmão cavaleiro sobre o paradeiro de Edward - Mas ele é só uma fachada, o chefe dele deve ser o líder do Culto em Carrick, seu nome é Hamilton Goes, dono desse lugar e segundo o intendente do porto, está viajando.

    - Se o que vocês estão me falando for verdade, há uma conspiração tentando colocar os rebeldes em coluio com os comerciantes de Carrick! - O bilhete de Alexia provava isso, uma alegação perigosa, pois poderia criar um crise do lado Legalista da guerra Civil.

    Ele deixa Olivia terminar o que tinha pra dizer:
    - Então a carga roubada está indo para Hyrnan, só precisamos saber quem é o receptor, talvez seja Hamilton Goes, por isso ele não se encontra aqui. - Ele continua a falar para Olivia o que descobriu no porto - Há registros no porto que ligam as cidades relacionadas aos ataques em Carrick com Hamilton Goes e Edward.

    O Cavaleiro de Calatrava dava seu ultimo alerta antes de descer ao subsolo - Ser Sean, os Cavaleiro da Pedra possuem acesso à Corte Real, seria importante que eles saibam o que está acontecendo aqui, já que há essa tentativa de desestabilizar a Realeza.

    Era no subsolo que Magnus descobriria mais sobre as entranhas do Culto. O Altar parecia promissor pensava.
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Qui Jul 25, 2019 4:06 pm

    Magnus,

           O cavaleiro vê confirmações nas faces de seus colegas enquanto traça seu raciocínio.
           -- Sim senhor! Anastásia recebe as moedas e vai fazer uma contagem para tentar distribuir os valores para todos os presentes.
           -- Então o que acha de irmos para Hyrnan ver o que há com este tal de Hamilton Goes? Indagava Sir Sean enquanto seguiam para o subsolo, a pergunta ficaria no ar.
           Olivia seguia discreta e curiosa atrás do cavaleiro.

           No subsolo a primeira sala era bem iluminada, os soldados haviam guiado as pessoas para a parte superior e havia apenas algumas marcas de sangue do homem que perdera parte do braço. Após uma revista na sala, ninguém encontra nada fora do comum. Na outra sala, a do altar há mais coisas e mais esperança. Todos olham dentro dos vãos, entre os bancos, sob as coisas, o altar, o armário e apenas coisas mundanas estão disponíveis.
           -- Sir Magnus e aquele corredor? Olivia aponta para a passagem secreta.
           -- Foi a rota de fuga dele. Informou Sir Magnus.
           -- Vou pegar uma tocha. Olivia pega uma tocha e segue pelo corredor com cuidado. Ao final do corredor ela tenta abrir a passagem, porém não é forte o suficiente. Vou dar a volta. Olivia segue para a superfície.
           Sir Sean, Sir Magnus e outros soldados terminam a revista no espaço, mas não encontram nada novo.
           -- Acho que vocês vão querer ver o que encontrei. Dizia Olivia.

           Do lado de fora no casebre usado como saída haviam várias coisas inúteis. Então sob um pano sujo haviam 3 bolas das que Alexia usou e uma espécie de livro.
    Livro:

    Introdução / ambientação - Página 15 1013652

          -- Olha isso. Esse livro é muito diferente de tudo que já vi. Também há 3 destas bolas parecidas com a que Alexia usou. Dizia Olivia com cuidado.
    Bola:

    Introdução / ambientação - Página 15 1472072449145
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Qui Jul 25, 2019 6:55 pm

    MAGNUS

    A pergunta de Ser Sean era pertinente, talvez o próximo passo seria Hyrnan, mas ainda queria falar com a Baronesa Zerum sobre Alexia e agora tinha mais informações. Além do mais, seus contratantes , a Guilda de Comércio, precisavam saber sobre o andamento das investigações.

    Dois pontos chamaram a atenção do cavaleiro quanto estivera no subsolo antes:

    O cavaleiro tenta identificar a quem aquele altar era dedicado. Se aquela sociedade secreta se auto-denomina de O Culto, cultuam a quem?

    O Cavaleiro de Calatrava dá uma olhada no bastão que Teresa usou para confronta-lo na sala lateral, lembrou-se que ele havia feito um grande barulho, mas nada havia acontecido.

    Ele vê as bolas trazidas por Olivia e lembra-se do estrago que uma daquelas fez no Salão da Baronesa - Cuidado, volte a enrola-las, essa bolas são perigosas.

    - Diferente como? - Perguntava para Olivia o que ela queria dizer com aquilo, até o momento o livro não dizia nada, pois Magnus não sabia ler.

    OFF::
    haaa, eu desconfiei que era uma granada que Alexia havia arremessado e que o bastão "esquisito" era uma arma de pólvora!!!

    Gaste 1 Pt em Comércio, 2 Pts em Tática e 2 Pts em Detec. de mentiras.

    Quando fizer a edição da minha ficha, por favor apague os espaços antes das tabelas que são adicionados automaticamente quando se manda Pré-visualizar a ficha. É um defeito da minha ficha que eu não consegui resolver!! vlw
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Sex Jul 26, 2019 12:19 am

    Magnus,

           -- Então, parece nossa língua, mas é escrito com algumas coisas diferentes, como se fosse um dialeto de outro lugar, o papel é muito bom e não é escrito a mão, as letras estão escritas de forma diferente. Tam imagens muito diferentes, não parece que foram pintadas. Olivia olha aquilo com curiosidade. Vou guardar isso aqui comigo, pode ser importante e acho melhor não contar pra ninguém que a gente achou isso, tá? Olivia olha para os lados para se certificar que estavam a sós quando fala: Ouvi dizer que a igreja captura e mata todos que tem contato com coisas de outros mundos, então como eu peguei e li eles podem querer me matar. Olivia tinha uma expressão de medo.
           Sir Magnus já ouvira falar em histórias de que os humanos vieram de um lugar chamado Terra, assim como várias outras criaturas os humanos vieram para Yrth. A igreja não tolerava pessoas vindas da terra, rumores diziam que eles capturavam essas pessoas e apagavam suas mentes. Se Olivia havia tido contato com isso, alguém poderia fazer muito mal para ela e um cavaleiro não deveria ferir inocentes. No entanto como cavaleiro seria importante entregar isso para as autoridades, o que custaria a vida de Olivia. Este dilema precisaria ser resolvido em algum momento pelo cavaleiro de Calatrava.

    Bastão da Teresa:

    Introdução / ambientação - Página 15 393169

    Os números na lateral do bastão foram identificados por Olivia e eram o código do cofre escondido do escritório. Havia mais dinheiro, jóias e documentos sobre propriedades em nome de Edward. De maneira inesperada não havia nenhuma informação religiosa lá. Não haviam imagens de deuses ou santos, textos sagrados ou objetos místicos. Talvez Teresa ou Edward contassem algo quando interrogados.

    OFF:

    Atualizei a ficha, mas não consegui arrumar os espaços.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Seg Jul 29, 2019 6:30 pm

    MAGNUS

    O Cavaleiro concorda com Olivia, mas com uma ressalva - Tudo bem Olivia, não mostraremos isso a ninguém, mas prometa-me que irá queimar esse livro o quanto antes? - Magnus sabia que o destino de Olivia estava ligado ao dele, se souberem da existência do Livro, Ser Magnus também sofreria consequências.

    - A igreja irá saber das explosões causadas por essas bolas e virá investigar. Destruir esse livro, não nos trará qualquer heresia.

    O "Bastão de explosão" e as bolas também deverá ser guardadas, mas servirão de prova da heresia do Culto. Por isso o cavaleiro as guarda consigo, assim como todo o dinheiro, as joias e os documentos que incriminavam o grupo dos roubos aos comerciantes.

    - Não temos mais nada a investigar por aqui! - Magnus falava aos guardas e cavaleiros - Fechem tudo e deixem nas mãos da Guarda de Carrick, eles saberão como proceder com os insumos roubados. - Apontava para Anastácia e sua colega.

    - Levem os prisioneiros para o Salão de Pedra - Magnus pensava em interrogá-los. - Chamem um padre. Um deles não irá sobreviver e deverá receber a Extrema Unção!
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Qua Jul 31, 2019 10:26 pm

    Magnus

           Era tarde quando o cavaleiro de Calatrava chega na sede dos cavaleiros da Pedra. Olivia disse que iria pra casa dormir e retornaria na parte da manhã. Na sala particular de Sir Sean agora estavam Alexia, Teresa, Edward e o homem sem braço morto ou inconsciente. Um médico local cauterizou a ferida, mas quando avistou ao cavaleiro fez sinal de que ele não sobreviveria. Um padre estava presente também conforme solicitado.
           -- Muito bem, esperamos por você, Sir Magnus. Parece que teremos diversão pela noite toda, são 3 pessoas agora. O cavaleiro apontava para os 3 prisioneiros acordados. Sir Sean usava de intimidação com os prisioneiros e passava a mão sobre instrumentos de tortura. Teresa e Edward estavam preocupados, porém Alexia continuava com aquela loucura. Sir Sean pega uma adaga do conjunto de instrumentos, balança no ar e aponta para os 3 indeciso. Quem quer começar? Sorri para Sir Magnus.
           -- Eu falo. Diz Edward, um tanto preocupado.
           -- O Culto prevalecerá, você não pode derrotar uma ideia! Grita Alexia.
           Teresa segue quieta.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Ter Ago 20, 2019 5:00 pm

    MAGNUS

    O Cavaleiro já estava irritado com Alexia - Você já me deu tudo que preciso, não quero mais você aqui. - Magnus pede para um guarda levar Alexia do recinto.

    Magnus puxa uma cadeira e senta-se de frente a Edward - Então vamos começar pelo destino das mercadorias roubadas: Para quem você entrega as mercadorias e para onde elas são levadas?


    [spoiler="OFF:"Dessa vez demorei bastante, desculpe pela demora.[/spoiler]
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Ter Ago 27, 2019 10:36 pm

    Magnus,

           Sir Sean manda removerem Alexia da sala e a jogarem numa cela isolada pois ela parece perigosa.
           -- Eu falo. Diz Edward novamente. As mercadorias vão para Hyrnan, para nosso líder. Enviamos tudo para o porto, alguém lá as recebe após dizer que são mercadorias de Carrick, de Edward. O homem entrega as informações. Não parecia muito preocupado com isso.
           -- Mas você vai falar. Não acho que está dizendo a verdade. Diz Sir Sean.
    Teste:

    Detecção de mentiras
    Rolei escondido...
    Percepção
    Rolei escondido...
           O cavaleiro de Calatrava achava que havia verdade naquilo que o homem dizia, mas faltava alguma coisa, uma verdade incompleta.
           -- Mas é só isso. A gente pega tudo que pode e repassa para Hyrnan. As pessoas no porto lá pegam a carga e a usam para manter a operação. Edwards dizia com um pouco de medo após ver as ferramentas que Sir Sean coloca sobre a mesa uma a uma.
           Sir Sean coloca diversas peças na frente de Edwards, parecia um ritual: tirava de um baú, olhava contra a luz e colocava na mesa. Não havia pressa, era como se estivesse no mercado escolhendo maças. Havia tensão no ar, Sir Sean queria aquela tensão, provocar, praticamente estava dizendo a Edwards que usaria cada peça ali em suas partes do corpo para conseguir uma informação. A face de Edwards não mudava, ele seguia disposto a falar, aquela verdade incompleta.
    Instrumentos:

    Introdução / ambientação - Página 15 5764493fdd089559038b4a7b-960-540

           No entanto Teresa estava calada e suando, ela estava com medo. Teresa nunca havia falado nada sobre o culto, como Edwards ou Alexia. Era a mulher que tentou usar aquele cajado mágico contra os soldados, mas não sabia direito o que estava fazendo. Bem, talvez não fosse mágico segundo o livro que Olivia encontrou.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Qui Ago 29, 2019 11:30 am

    MAGNUS

    Percebendo que Edward e Tereza estavam com medo de serem torturados, Ser Magnus decide alimentar esse medo:

    - Eu também acho que você não está me dizendo tudo o que eu quero ouvir. - Falava para Edward - Edward, Edward, não posso evitar que meu amigo aqui use suas ferramentas se você continuar com meias verdades! Tudo leva a crer que você é o chefe da operação - Uma mentira - Eu acredito que você não é, mas se não me disser toda a verdade, não posso evitar que você seja acusado de ser o Líder da operação! Você será o responsável por colocar a população contra os comerciantes e se beneficiar disso! Nós vimos toda a riqueza que você conseguiu com isso!

    Ele se volta para Ser Sean e continua a falar - Além disso, estamos em guerra civil, e vocês serão acusação de ajudarem os rebeldes ao tetarem causar desordem no reino. Como devem ter percebido, meu amigo aqui é um Cavaleiro da Pedra, um protetor leal de Vossa Majestade. E arrancará essa verdade de vocês, pedaço a pedaço, se ele não for convencido do contrário. - Magnus esperava que Edward falasse de Hamilton Goes.

    Agora olhando para a mulher, continua - E você Tereza, não tem nada a acrescentar? - completava sua pergunta colocando o bastão mágico na mesa de forma que ela pudesse ver do que ele estava falando.
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Sex Ago 30, 2019 1:56 pm

    Magnus

           Edwards escuta as perguntas atentamente. Ele até balança a cabeça positivamente em alguns momentos.
           -- Mas eu sou o líder da operação. tentando dizer de forma firme. Pode me acusar dos crimes. Eu falo tudo pra você. Dizia tentando ser afirmativo.
           Porém quando pergunta sobre Teresa, Edwards se desespera:
           -- Ela não sabe de nada, é apenas uma subalterna. Eu sou o líder, eu sei que Engels controla o Culto desde Hyrnan. Cada um de nós tem uma obrigação. Vê, eu tenho informações. Dizia Edwards.
           -- Teresa, parece que você foi descartada como lixo e bem rápido. Diz Sir Sean olhando para Teresa.
           Teresa olha para Edwards, olha para Sir Sean depois para as ferramentas.
           -- Tirem este traste daqui, ele está sob efeito da magia da lealdade. Diz Teresa como se constatasse um fato. A magia da lealdade poderia impor a vontade do controlador sobre o controlado por um prazo ilimitado, mas era uma magia forte e trabalhosa.
           -- Não, é mentira! Ela está mentindo! Edwards gritava e se debatia nas cordas.
           -- Viu? É igual a Alexia. Sim, era uma reação como da menina. Então, não me faça mal e vamos conversar. Dizia Teresa num tom mais ameno.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Qua Set 04, 2019 4:14 pm

    MAGNUS

    - Magia de Lealdade? Nós já passamos Alexia por uma detecção de magia e nada foi encontrado. - Magnus comenta, mas como não conhecida magia e seus efeitos, mas retirar Edward da sala lhe pareceu sensato.

    O cavaleiro se levanta e segurando pelo braço amarrado de Edward, o leva para fora - Leve esse traste daqui e o coloque em uma cela isolada. - Diz para um soldado qualquer no corredor.

    - Então Senhorita Tereza, não lhe faremos mal, mas isso vai depender do que você nos disser. - Ser Magnus diz antes de sentar em sua cadeira.

    - Primeiro quero saber quem é você e qual o seu papel no Culto. Depois podemos falar de Engels de Hyrnan. - O cavaleiro entendia que o Culto possuía muitos recursos, mas seus propósitos ainda não estavam claros.
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Qua Set 04, 2019 6:19 pm

    Magnus

           Edwards começa a ficar histérico quando os guardas entrar para leva-lo embora.
           -- Não, Teresa sua traidora você pagará caro por isso! O culto prevalecerá! O culto sempre prevalece. O povo ganhará a luta contra a opressão dos dominantes! Edwards grita e esbraveja dando trabalho aos homens e seus gritos podem ser ouvidos pelo corredor.

           Teresa observa enquanto ele é retirado e olha sutilmente para seus pulsos presos na madeira e grilhões.
           -- Bem, vou querer imunidade sobre o que vou falar e vou querer dinheiro para poder sumir. Estes malucos são um problema. Teresa parecia mais séria e dizia a verdade. Eu vi quando Engels chegou ao nosso mundo. Ele veio da Terra, não de Yrth e chegou perto de Blythe usando uma roupa grande, branca como nunca vimos. Teresa suspira como alguém que lembra de algo que marcou sua vida. Sua chega foi impressionante. Falava um idioma estranho e repetia "Chernobyl", sem parar. Quando falamos com ele, ele ficou assustado, com medo mesmo e falou algumas palavras com muito sotaque da nossa língua. Teresa sorri. Ele achava que havíamos feito ele de prisioneiro. Foi até engraçado naquela hora, mas se eu soubesse o que iria acontecer talvez o tivesse matado ali mesmo. Teresa balança a cabeça como frustração. Fugimos de Blythe para Harkwood. Engels percebeu que não estava em seu mundo na primeira noite. Por alguma razão ele sabia muitas coisas diferentes de nós e ajudou a todos com pequenas e simples soluções. Em combate ele fez aquele bastão que eu usei. Pra ele foi uma arma mortal, os inimigos caiam como nada, achei que seria fácil pra mim também mas dei sorte e não tive que usar até hoje. Teresa faz um sinal com a face de que eram ossos do ofício. O fato é que ele falou que as coisas eram diferentes onde ele morava. Que todos tinham alguma coisa, já nós todos éramos paupérrimos e dividíamos as coisas que conseguíamos. Porém ele montou um esquema de coleta e distribuição dos recursos. As pessoas conseguiam algumas coisas, nós no topo sempre tínhamos acesso a tudo e poderíamos escolher com o que ficar ou o que dar aos outros. Muita gente queria participar pois conseguiam coisas de graça as custas dos ricos comerciantes. Então, sim a gente roubava dos ricos para dar aos pobres e se manter. Bom, a coisa funciona bem e tem gente por todos os lados, mas a gente não se conhece. Ele apenas fala para as pessoas e muitas acreditam nele. Em alguns casos algumas pessoas começaram a dar pra trás e Engels os fazia desaparecer. Porém foi só quando saímos de Caithness é que Engels descobriu que conseguia fazer mágicas. Ele não é lá um mago muito bom, mas ele aprendeu a fazer a magia da lealdade. É um processo demorado que faz a pessoa obedecer o mago para sempre, então em vez de matar os traidores ele os fazia obedecer suas ordens. Mesmo assim ele matou muita gente como exemplo. Essa magia da lealdade não deixa rastros depois de algum tempo, ainda mais aqui que tem pouca mana, mas ela é, digamos eficaz. Teresa olha novamente para os homens e diz: Como viram, sei de muitas coisas pois estou participando desde o começo, posso contar muitas coisas que nem imagina ou só o que vocês perguntarem sob tortura. Quero um futuro com dinheiro e não a pobreza cavaleiros, Edwards tinha uma fortuna em jóias e ouro. Teresa olhava para Sir Sean e Sir Magnus.
           -- Uau... acho que alguém tá com sede de vingança Magnus. Sir Sean havia percebido que Teresa se sentiu traída quando Edwards a descartou tão rápido.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Sex Set 06, 2019 5:40 pm

    MAGNUS

    Magnus escuta toda a História de Tereza e acredita em cada palavra, eram muitos detalhes para ser uma história inventada.

    - Vingança não só contra Edward, mas contra Engels também - O Cavaleiro responde a seu irmão de arma com um sorriso de satisfação, entendendo que ela colocava o Culto inteiro em risco. - O que ainda não está claro, é o que ela ganha traindo o Culto? - Falava para Sir Sean, mas com intensão de que Tereza respondesse.

    Magnus de Calatrava fala à sua prisioneira:
    - Eu não posso lhe dar o que você quer, terei que levar o seu caso para uma instância superior, mas se você me ajudar a acabar com o Culto em Caithness, prometo garantir que será recompensada. - Magnus acreditava que havia desmantelado a operação do Culto na capital, mas desconfiava que ele tinha garras em outros lugares do reino.

    - Diga-me, qual era o papel de Alexia e porque ela tentou assassinar a própria avó?

    Sir Magnus pega o papel retirado de Alexia e o mostra para Tereza - De quem são as letras escritas nesse bilhete?
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco
    Christiano Keller
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2015
    Reputação : 89
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Christiano Keller em Sab Set 07, 2019 6:50 pm

    Magnus,

           Teresa observa Magnus e Sean, mas não parece feliz com mais perguntas.
           -- Você quer mais? Não vai ser assim não. Quero garantias, quero dinheiro. Vocês tem soldados para proteger vocês e eu não tenho nada. Estes malucos vão me perseguir mundo a fora. Teresa dizia decidida a negociar uma alternativa favorável. Agora o que eu ganho com isso, bem Sir Sean já disse. Não gostei de ser descartada depois de tudo que fiz. Já estava me sentindo encostada aqui e essa foi a gota que faltava. Havia ódio no olhar de Teresa, não contra Magnus ou Sean, mas contra Edwards e o Engels.
    Melroc
    Mestre Jedi
    Melroc
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1242
    Reputação : 5

    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Melroc em Seg Set 09, 2019 11:38 pm

    MAGNUS

    O Cavaleiro gargalha com o rompante de Teresa:

    - Onde você pensa que está? Quem você pensa que é? Você ainda não nos deu nada, portanto não tem direito a nada! Por enquanto você é apenas mais um membro do Culto que será executada. Engels e Hyrnan nem estão em Caithness, se você quer algo de Caithness seja um recurso de Caithness.

    - Por enquanto você terá que se contentar com a minha palavra: De que prometo garantir que será recompensada! - Ele então se ajeita na cadeira e resolve mudar o foco do interrogatório.

    - Engels matou em seu caminho, consegue indicar quais são as mortes que ele causou? - O Cavaleiro queria fazer um paralelo com os mortos de Carrick esperando que ela tenha intendido sua posição.
    Conteúdo patrocinado


    Introdução / ambientação - Página 15 Empty Re: Introdução / ambientação

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Dez 08, 2019 11:28 am