Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Prologo - Scylla Sigridh

    Compartilhe
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Qui Out 18, 2018 9:30 pm



    Scylla estava vagando a tantos dias que não recordava a quanto tempo havia sido forçada a sair de sua Tribo, talvez dias, semanas, quem sabe até meses, mas isso não importava, ela tinha um objetivo, e ela ia concluí-lo, sabe-se lá como, porém estava determinada a conseguir.

    Com Coca ao seu lado e auxiliando sempre que fosse possível, principalmente na proteção dos três filhotes, a pequena comitiva animal vagou e sobreviveu até o presente momento, porém os últimos dias haviam sido difíceis. A caça fora pouca, e tempo de sono devido a lobos e deslizamentos de neve também, a esta altura, tanto Scylla quanto Coca estavam exaustos, os filhotes por si só estavam nas costas do Urso que os carregava com toda disposição que tinha.

    E neste cenário quase terminal, algo que poderia ser um milagre era vislumbrado, ao longe, uma Cabana com uma iluminação parca era vista, e além disso, alguns rastros de cervos era visto na neve, talvez a Fortuna sorrisse, nem que fosse uma vez, para Scylla e seu companheiro animal, mas dependeria dela escolher a qual benção da Fortuna abraçaria.


    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2977
    Reputação : 8

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Srta. Moon em Seg Out 22, 2018 10:34 am

    Afastar-se de sua tribo e irmãs não foi a melhor idéia que já teve em toda sua vida, a fome lhe mostrou isso da pior forma possível amaldiçoava-se ao não ter dado tanta importância as suas praticas de caça com sua irmã mais velha e nem prestar-se a aprender mais sobre a região com sua mãe. Agora estava ali e sua única família era Freki uma cachorra selvagem e suas crias sem contar Coca seu irmão Urso, ironicamente era a base de seu clã e naquele momento era o suficiente, na verdade tinha de ser o suficiente.

    Estava frio, muito frio, mas a baixa temperatura não incomodava tanto quanto a sensação de estar perdida andando a esmo. Seguia de forma cautelosa pelo terreno a cada paço reforçava ainda mais a sua idéia de aprimorar seu conhecimento em sobrevivência. Sua sorte mudou ao ver uma cabana ao longe quando deu mais alguns passos encontrou rastros de animais.

    Teria gastado alguns minutos pensando no que fazer, mas tomou a decisão de seguir os rastros sem muita demora, a seu ver era melhor arriscar-se em uma caça tendo Lobos como inimigos do que entrar numa cabana desconhecida e ter que enfrentar desconhecidos, com Lobos sabia que poderia acabar morrendo, mas contra as pessoas tinha certeza que teria destino muito pior que a morte, por isso sempre odiou a presença masculina na tribo. Homens têm a disposição para a destruição e selvageria além do necessário e permitido.

    -Comida... Foi o que comentou tocando na lateral do Coca, pegava a mochila com os filhotes dentro e encarou os pequeninos embolados dormindo, sentia um pouco de inveja da inocência do trio, não queria carregá-los mas tinha que deixar Coca livre para lutar. Passando a alça da mochila pelo pescoço a carregando de forma que ficasse atravessada nas suas costas antes se certificou de fechar a mesma. Andava ao lado do Coca e acenou para Freki segui-la, tinha tomado a decisão de seguir o rastro queria um pouco de carne fresca.

    Pegava seu arco de caça e seguia com cautela pelo lugar, dava uma ultima olhada em direção a cabana quem sabe mais tarde voltaria para tomar o lugar antes teria que ver quem era seu atual dono e se conseguiria matá-lo.




    OFF: Nem a pau vou entrar em um lugar estranho...Prefiro lutar contra lobos e mais tarde queimar a cabana do que esquentar a cama dos alguém na cabana...
    OFF²: Rastrear e/ou Caçar o que se encaixa melhor seguindo os rastros. Freki esta ali com Coca mais que atentos...Afinal queremos carne nem que seja de Lobo na fome tudo é comestível...
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Seg Out 22, 2018 6:48 pm

    Off:
    Rola Rastrear no tópico de rolagens pra ver o que rola enquanto tu segue :p
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Dom Out 28, 2018 9:24 pm



    Os rastros os levaram começam a levá-los pra longe, em alguns momentos o rastro se perde, e é necessário achá-lo novamente, e com a ajuda de sua Tribo de Animais, Scylla consegue achá-los quando precisava.

    A cabana já não era visível, e os rastros seguiam para dentro de uma floresta de pinheiros. Os rastros estavam mais frescos, era possível determinar isto, mas até o momento, nem o barulho de qualquer animal havia sido houvido, o único som além das pegadas, era o vento forte uivando mais alto que qualquer fera faria.

    Scylla sabia que poderia encontra o cervo agora, e as florestas podiam ajudar para montar um abrigo, porém com a fome, o frio, o cansaço, e a incerteza se o cervo seria uma caça certa, a fizeram pensar mais uma vez, enquanto Coca a aguarda em seu lado, pronta para seguir sua decisão.



    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2977
    Reputação : 8

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Srta. Moon em Sab Nov 03, 2018 10:06 am

    [quote="fairbrooks"]


    Scylla continuava no rastro deixado pelo cervo que seguia para dentro de uma floresta de pinheiros. Ao lado do urso ela encarava a floresta olhava a procura de algo fora do normal, o ar gelado estava aos poucos tirando sua coragem de seguir em frente. Voltar para a cabana não era uma boa idéia, preferia lutar contra alguns lobos e cervo do que enfrentar um grupo de humanos.

    O que a incomodava naquele lugar era a falta de sons produzidos pelas criaturas que ali deveriam viver, sem contar que não conhecia muito bem o lugar, na verdade ao se afastar da sua tribo pensou estar seguindo para a muralha ou perto dela tinha em mente sair da Floresta Assombrada e chegar até Ponta de Storrold, a simples idéia de conseguir mercadorias adversas além de armas e principalmente conhecimento com os mercadores vindo de outras partes seria o diferencial em sua conquista, deveria deixar os costumes e pensamentos primitivos de seu povo para evoluir e preparar-se para sua conquista.

    Precisava de muitas coisas tinha muito trabalho pela frente e não poderia ficar ali perdendo tempo, precisava de um lugar seguro para ser a base de seu clã e principalmente pessoas para lutar pensando bem a tal cabana poderia ser útil e temendo ficar completamente perdida na floresta tinha que conseguir algumas informações sobre o lugar em que estava.

    Tocou no pescoço do Coca e chamou cachorra para seguirem de volta até a cabana, não queria mas tinha que fazer.
    -Não me agrada a ideia de ir para a cabana, mas eu poderia me perder pela floresta e devemos saber aonde é que estamos e para qual direção podemos ir com mais segurança...

     Seguia pelo mesmo caminho em que veio refazendo com cautela sua jornada até a cabana antes de chegar muito perto montou no Coca de forma a ficar com uma presença mais ameaçadora possível, não gostava muito da idéia de montar no urso sem necessidade, mas no momento precisava.



    OFF: Aff...Voltar para a cabana, não me agrada em nada me perder em uma floresta silenciosa demais para o meu gosto...



    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Dom Nov 04, 2018 1:15 am



    Após pensar com mais cautela, Scylla decide voltar para a Cabana e sem muita demora, sedo guiada pelas suas próprias pegadas.

    Chegando perto, era possível ver uma sombra humana andando dentro da Cabana.

    Os rastros ainda eram visíveis, porém Scylla sabia, que não tinha muito tempo para pensar. Atacaria a Cabana? Abordaria Pacificamente? Ou desistiria dela e voltaria mais uma vez para sua caça?



    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2977
    Reputação : 8

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Srta. Moon em Seg Nov 19, 2018 9:09 am

    Não tinha muito o que fazer além de tentar uma simples abordagem chegava mais perto da entrada e batia na porta viu que havia até o momento apenas uma pessoa dentro da cabana, daria a oportunidade da pessoa ser cordial e praticar a boa ação de compartilhar seu abrigo e comida, não começaria uma luta sem um bom motivo, apenas queria um lugar para passar a noite fria.

    Ainda montada no coca com Freki ao lado do urso preparada para lutar ela ficava frente a porta apenas batia com a ponta da lança na mesma, na espera de ser atendida.


    OFF: Só bater na porta já preparada para um combate ò.ó
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Seg Nov 26, 2018 2:20 pm



    Após bater na porta não demora muito tempo para ouvir movimenta de dentro da cabana. Primeiro o barulho de madeira arrastando na madeira, depois de passos firmes ficando mais nítidos, até que cessam e a porta se abre e revela seu morador.

    Um homem grande e gordo, com roupas grossas se revela, ele olha para Scylla e sua comitiva e faz uma cara de espanto no primeiro momento, e depois começar a rir.

    -- Kufkufkufkuf. Que surpresa que encontro em minha porta, o que deseja menina?

    A voz do homem era firme e calma ao mesmo tempo, e mesmo olhando para Coca, não havia medo nenhum em suas palavras.



    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2977
    Reputação : 8

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Srta. Moon em Sab Dez 01, 2018 10:22 am

    Apenas estreitava os olhos encarando o homem a sua frente logo tomava folego e ficava ereta em cima do coca segurando firme a sua lança pronta para qualquer gracinha do guerreiro.

    -Procuro por abrigo para passar a noite e informação, acho que estou meio perdida não consigo identificar onde estamos se perto ou longe da muralha? Apontava a lança para a floresta e resto do terreno.
    -Não acho a floresta assombrada ou a Ponta de Storronld? Bom acho que estou perdida, mas quem é você ?

    tentava olhar para dentro da cabana a procura de mais indivíduos ou qualquer cosa que julgue ser um perigo para ela.
    -O que me deixou um pouco incomodada é ter sentido o silencio estranho dentro daquela floresta, estava caçando e não tinha barulho algum na floresta de outros animais??
    Ficou ali parada na entrada na espera de ser convidada a entrar.



    OFF: Sou desconfiada...
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Seg Dez 03, 2018 4:23 am


    O Guerreiro dá outra gargalhada menor que a outra e então tosse um pouco. Durante esse tempo de sua gargalhada, Scylla olhou para dentro da cabana, e nada ameaçador de fato encontrou, a não ser algumas armas em um canto e alguma fumaça vindo de dentro, e junto da fumaça um bom cheiro que fazia seu estomago roncar.

    -- Bom, alimento para todos eu não tenho, se quiser, posso preparar com mais carne, posso ir com você caçar se está com receio da floresta, ou podemos ir no amanhecer que é mais seguro, agora posso lhe oferecer abrigo e um pouco de comida, você parece confiável, eu acho.

    Ele esboça um sorriso meio amarelado quando termina de falar.



    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2977
    Reputação : 8

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Srta. Moon em Sab Dez 08, 2018 10:23 am

    Desconfiada como sempre aceitou o convite entrando com o Coca e Freki na cabana do velho. Não estava com vontade de caçar a noite, temendo que a floresta realmente seja perigosa, desceu do coca e ficou ao seu lado dentro da cabana sempre com a lança em mãos, não estava muito segura da boa vontade de seu anfitrião.
    -Então acho melhor caçar de dia..Quanto ao lugar em que estamos você poderia me informar afinal nossa localização...


    OFF: Carinha tá muito amigão da onça... Vou ter que dormir de olho aberto ¬¬
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Seg Dez 10, 2018 10:13 pm

    @fairbrooks escreveu:

    O sorriso dele se desfaz quando vê a garota querendo entra com um Urso em sua Cabana.

    -- Ou Ou, não tenho um espaço isso tudo, um de seus cachorros até que entendo, mas um urso dentro da minha Cabana não é negociável. Eles estão acostumados ao frio, tenho certeza que consegue sobreviver aqui do lado de fora.

    Coca grunhe para o Guerreiro, e o guerreiro grunhe de volta para Coca.



    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2977
    Reputação : 8

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Srta. Moon em Qua Dez 12, 2018 2:38 pm

    -Desculpa mas ele vai entrar, ele é minha família meu irmão nunca me afasto dele e nem ele de mim...
    Ficava ali encarando o guerreiro a sua frente.
    -Vamos ficar em um canto qualquer da cabana não precisa ter medo prometo que ele não vai fazer nada a não ser que você me ameace de alguma forma...




    OFF: Sem o Coca...nem pensar nisso... se ele incomodar demais vou ficar do lado de fora...
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Sab Dez 15, 2018 12:24 am


    Ele fecha a cara.

    -- Desculpa, mas a cabana minha e um urso não entra, se quiser e faz tanta questão de ficar com ele pode ficar aí na porta, mas se esse urso não entra aqui, isso é um fato.

    Ele cruza os braços e olha para a garota e o urso, alternando entre eles.



    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2977
    Reputação : 8

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Srta. Moon em Sab Dez 15, 2018 10:16 am

    Sem vontade em começar uma discussão, ela apenas tocava no pescoço do Coca.
    -Fique aqui na porta que eu já volto...
    Assim ela apenas dava um tapinha na perna chamando Freki para ficar ao seu lado.
    -Vou aceitar o seu convite, pois tenho muitas perguntas, depois que você tirar minhas duvidas eu vou voltar a ficar do lado de fora com o Coca...
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Qua Dez 26, 2018 12:11 am


    Ele continua com a cara fechada.

    -- Como quiser garota, entre logo então e respondo suas perguntas, e você volta pro seu urso.

    Coca rosca mais uma vez, mas agora o homem ignora e entra na cabana, deixando a porta aberta para que Scylla entrasse.



    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2977
    Reputação : 8

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Srta. Moon em Sab Dez 29, 2018 9:27 am

    Ela apenas o seguiu para dentro da cabana, esperava descobrir onde estava para no diante seguinte seguir seu caminho para o desconhecido.
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Sab Jan 12, 2019 8:00 pm


    Assim que Scylla entra na cabana, o Homem olha para trás e vê que a porta ficou aberta, ele suspira fundo e volta para fechar a porta.

    -- É falta de educação entrar na casa dos outros e não fechar a porta, mas vou deixar essa passar.

    Scylla via uma cabana simples, tinha uma pequena mesa redonda de madeira e três cadeiras em volta dela. Alguns troféus de caça pendurados na parede, dentre eles a de um Urso. Havia uma pequena chaminé e uma carne estendida sob seu fogo, pelo cheiro estava já boa para se deliciar.

    Havia também duas portas fechadas no fundo da cabana, um tapete feito de pele de urso e um pequeno banco feito de madeira, caberia confortavelmente três pessoas sentadas no banco.

    O Homem aponta pro banco e vai em direção de uma das cadeiras da mesa.

    -- Então, como posso lhe ser útil jovem?



    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu
    Srta. Moon
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2977
    Reputação : 8

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Srta. Moon em Seg Jan 14, 2019 9:18 am

    Entrava com muita desconfiança na cabana, mas assim que o Homem fechou a porta ela tratou de sentar-se longe dos demais.
    -Informações...A primeira de todas é onde eu estou ?
    Procurava algo para comer enquanto tirava suas duvidas.
    -Tenho que chegar a algum lugar e no momento estou perdida...O Senhor poderia me ajudar e me informar se tem alguma tribo por perto?
    fairbrooks
    Mutante
    fairbrooks
    Mutante

    Mensagens : 693
    Reputação : 2

    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por fairbrooks em Sex Jan 18, 2019 4:37 pm


    Ele ri com suas palavras.

    -- Localização é algo que não consigo te ajudar muito. Sei que tem três florestas aqui nos arredores, dois rios, uma cadeia de montanhas e que alguns dias seguindo na parte de trás da cabana você encontra a Muralha. Sobre Tribos, teve movimentação de uma alguns dias atrás, porém além disso não tem nenhuma Tribo fixa aqui nos arredores.



    Conteúdo patrocinado


    Re: Prologo - Scylla Sigridh

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Fev 23, 2019 5:58 am