Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Londres, 1888

    Compartilhe
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 620
    Reputação : 73
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Londres, 1888

    Mensagem por Larissa Aprill em Qua Out 24, 2018 8:35 am

    Assim que raiou o dia, a cidade despertou do seu torpor, os apitos das fábricas anunciavam o começo de mais uma longa jornada de trabalho.


    Para aqueles que nasceram afortunados, não poderia existir melhor momento. Com a economia em alta, as lojas no centro de Londres exibiam produtos luxuosos do mundo inteiro, desde jóias, vestimentas, bebidas e a mais nova febre entre os londrinos... carros motorizados.




    Enquanto a classe alta ostenta riquezas e futilidades, na parte mais pobre da cidade o cheiro de fezes e urina impregnam as ruas. As mulheres despejam os dejetos da noite anterior no esgoto ao céu aberto.




    Em meio a ratos, animais abandonados que buscam alimentos nos lixos, as crianças brincavam em sua inocência.


    Os operários que tinham a chance de trabalhar mais de 12 horas por dia e ganhar uns centavos a mais deveriam agradecer aos céus, pois havia pessoas morrendo de fome naquele exato momento.


    Apesar do governo anunciar que a qualidade de vida tinha melhorado e que a economia estava em alta. Havia um gigantesco contraste entre a classe alta e a classe baixa, dos operários.


    Todos os dias a policia encontrava gente morta pelos becos, sua maioria eram mendigos e pessoas que sucumbiram as doenças e foi largado a própria sorte.


    Havia um cheiro de podre no ar e não estava relacionado aos corpos em decomposição e nem do esgoto ao céu aberto. As pessoas com o olfato mais sensível poderiam deduzir pelo cheiro ocre que se tratava de enxofre, mas iriam associar esse cheiro com as fábricas e o odor seria irrelevante.
    tuliosujo
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 165
    Reputação : 7

    Re: Londres, 1888

    Mensagem por tuliosujo em Qua Out 24, 2018 1:35 pm

    Ele pegou o trem de Manchester para Londres, as 6:35 da manhã, Jack pensava em como tudo aquilo poderia ser uma nova oportunidade de ser alguém na sua vida! Com o coração cheio de esperanças e felicidade por poder ter essa oportunidade, Jack encarava o horizonte se aproximar pela janela do trem ansioso, esperando avistar Londres a qualquer momento. 

    Logo Antes de pegar o trem, o padre lha deu algumas moedas de poucos centavos para ele comer alguma coisa e ter um lugar pra dormir, caso não ache o padre Quemedo no primeiro dia, afinal, ele nunca tinha ido a Londres, e ele não tinha um endereço, tinha apenas um nome e uma igreja que o pessoal provavelmente conhece Quemedo. 

    Em quanto olhava pela janela, Na chegada à Londres, Jack sentiu o baque da cidade grande... Primeiro reparou uma névoa espessa e muito escura numa região do céu. Ao chegar mais perto, repara que estava em cima de Londres... Ele achou bizarro, mas não se desencantou! Quando efetivamente chegou na cidade, na periferia, seu encanto foi embora... Ao observar a pobreza daqueles que viviam a margem da sociedade, ele já sabia que só encontraria patifaria e falcatruagem nessa cidade... Enfim, não desistiu de sua jornada...  

    Na estação de trem em Londres, Jack percebeu de primeira o cheiro de enxofre que pairava no ar... Ele sabia que, muitas vezes, enxofre não significava boa coisa... Ele começou a andar olhando tudo e todos, desconfiado de todos que podiam estar em sua volta... Será que poderia ter um demônio por ali? Um guarda viu o comportamento diferente de Jack, o comportamento suspeito e foi andando em sua direção...

    Ao chegar em Jack, ele grita em seu ouvido:-PARA DE VAGABUNDEAR POR AQUI E VAI EMBORA! Se eu ver você tentando roubar alguém, vou te espancar junto com todos os meus colegas!!!! Jack se assusta com aquilo... Ele olha para o guarda e diz:-Em quanto for meu direito de cidadão, vou permanecer o tempo que quiser aqui!!! O guarda da uma risadinha e diz:-Vai, é??? E me deu um soco muito forte no estomago... Eu cai no chão de dor, o soco me pegou completamente desprevenido... Olhando com desdem para a figura sofrida caida no chão, ele diz:-Aprenda seu lugar, que não é aqui,  vagabundo!!! Quando levantar, você vai sair correndo daqui!!!! Se não eu te espanco!!!

    O soco tinha sido muito bem dado... Jack estava realmente sofrendo... Por não querer arrumar mais confusão, Jack se levantou e saiu correndo para fora da estação... Ao sair da estação, vê todo tipo de pessoa em todo tipo de situação possível!!! Dês de mendigos a ricaços passando em seus carros... Jack já sabia o que fazer, ele tinha que procurar a igreja de São Martin... Não sabia aonde ficava, mas sabia seu nome... Jack, antes de sair em sua jornada, passa na taverna mais próxima que conseguiu achar! Estava faminto e uma refeição após tudo aquilo seria bom, também porque já era hora do almoço...
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 620
    Reputação : 73
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Londres, 1888

    Mensagem por Larissa Aprill em Qui Out 25, 2018 8:58 am

    John Wick sentiu um pressão espiritual gigantesca e abriu os olhos de repente. Estava deitado na cama, apesar de não precisar dormir, ele tinha que manter as aparências.


    Seu primeiro pensamento foi ter retornado a séculos atrás quando estava diante dos portões do inferno. Um tremor percorreu seu corpo e ele sentou na cama. Por um momento conseguiu sentir o cheiro ocre do enxofre tão intenso que queimou suas narinas.


    "Deve ter sido apenas uma impressão...talvez um pesadelo?"


    Enquanto divagava em pensamentos a empregada bateu na porta anunciando o café da manhã. Após um banho rápido e devidamente vestido, desceu as escadas e sentou solitário na mesa.


    Aceitou uma xícara de café por hábito, apesar dele sentir o paladar dos alimentos, nunca sentia fome. Ao abrir o jornal matutino, a manchete principal anunciava a abertura de mais uma fábrica que prometia gerar milhões aos investidores, sua inauguração seria daqui algumas semanas.


    Após cumprir os protocolos matutinos e mundanos. O homem seguiu para uma reunião de negócios e olhando as pessoas ao seu redor foi direto ao assunto.


    - Acharam o que pedi?


    O demônio queria um terreno bem localizado, mas não podia ser perto de nenhuma igreja e nem cemitério. Além disso ele pediu coordenadas bem específicas, o que gerava a curiosidade nas pessoas. Os engenheiros e construtores eram pessoas de sua confiança e dariam inicio ao seu mais novo investimento, uma casa de show burlesca.


    Um antro de perdição como iriam se referir as pessoas mais puritanas. Mas para John Wick seria essencial ter um local com belas mulheres e bebidas para atrair os "clientes" em potencial. Além disso o local precisaria ter uma segurança extra para o demônio, runas e artefatos celestiais já estavam sendo fabricadas.


    Após horas de análise, finalmente acharam um terreno apropriado e John iria averiguar pessoalmente. Ao sair para a rua novamente, o sol estava a pino e os homens de terno fino estavam saindo dos escritórios e se reunindo em restaurantes para o brunch.


    Ele caminhou sozinho por entre as ruas abarrotadas, seu caminhar era confiante e determinado. John percebia que algumas pessoas, principalmente as mulheres, o acompanhavam com o olhar.


    Agora os prédios estavam se tornando mais escassos a medida que ele se afastava do centro. Então novamente ele percebeu o cheiro de enxofre no ar, algo que até então nunca tinha acontecido.


    Intrigado o demônio para de caminhar e olha ao redor. E percebeu que estava em frente a nova fábrica.
    tuliosujo
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 165
    Reputação : 7

    Re: Londres, 1888

    Mensagem por tuliosujo em Qui Out 25, 2018 1:58 pm

    Ao entrar na taverna, Jack sentiu o ar da ultrapassada tradição inglesa das tavernas! Bêbados bebendo, aproveitadores(as) tentando ganhar a sorte, o taverneiro atrás do balcão e um jovem servindo as mesas. Procurou um lugar no balcão e pediu uma refeição comum. Custava menos que um penny e ele não tinha valores menores, resolveu, então, pagar uma dose da bebida mais barata para qualquer um que levasse ele a igreja de San Martin! Levantou e disse: -Para aquele que me guiar nas ruas de Londres até a igreja de San Martin, ofereço um trago de gin e minha boa vontade como amigo!!! 


    Muitos dos que estavam ali nem levantaram a cabeça, mas um sujeito em particular se interessou! Ele usava roupas velhas e de malandro, usava uma boina mal colocada sobre a cabeça. Ele levantou a mão e disse bem alto: -Dois tragos e quem te guiara sou eu! Amigos sempre são aqueles que nos pagam bebidas e nos recebem de braços abertos, e eu posso ser seu amigo!!!! Ele foi andando em direção a Jack em quanto falava. Quando chegou perto, ele olhou Jack de cima pra baixo, e disse: -Me chamo Roffus, Roffus Giger!!! Moro aqui a mais tempo do que gostaria... Não sei aonde fica essa dita igreja, mas posso te ajudar a procurar! 



    Jack afasta um pouco um bebado, que parou muito perto dele e diz: -Se vai me ajudar, eu aceitarei sua amizade e sua ajuda!!! Me chamo Jack Zamarus! 


    Após feitas as introduções, Jack almoça em quanto conversa e conhece mais Roffus... Roffus acaba pedindo mais bebidas para Jack, que foi pagando e pagando tudo, até reparar estar sem dinheiro mais e já ter passado mais de 3 horas que eles estão ali... Nesse tempo, Jack conheceu muito sobre seu novo amigo, ele lhe falou sobre diversas coisas de Londres para seu Jack! Jack fica incomodado com o tempo que passou e diz: -Vamos em busca da igreja? Roffus olha para ele e diz: -*Hic* Eu não sei aonde fica, mas vamos procurar!!! Ambos se levantaram e sairão da taverna, o sol já estava começando a  se escondendo entre os prédios...

    Pelas ruas Jack e Roffus vão andando na direção que Roffus guiava!
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 620
    Reputação : 73
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Londres, 1888

    Mensagem por Larissa Aprill em Sex Out 26, 2018 11:26 pm

    John Wick se aproximou da fábrica e parou em frente aos portões. Todas as janelas e portas estavam fechadas e não parecia ter nenhuma pessoa no local.




    Ao observar melhor a arquitetura da entrada, sobre o arco da porta havia pequenas gravuras arcanas. Um pequeno detalhe que teria passado despercebido para a maioria dos humanos.


    No inicio dos tempos Deus e os anjos viviam em harmonia, mas alguns deles discordavam das atitudes do Ser Todo Poderoso e Lucifer iniciou uma rebelião. Uma grande guerra se iniciou, os anjos se dividiram e como penitência foram expulsos do Paraíso.


    Todos os anjos caídos rastejaram durante muito tempo sem rumo e fizeram uma promessa. Quando Lucifer os convocassem todos iriam se unir mais uma vez. Desde então ele buscou poder para se vingar de Deus e dos Anjos.


    Foi uma grande surpresa ao ler as escrituras celestiais, uma língua que ele julgou ter se perdido no tempo.


    As escrituras diziam:

    Angels we have heard on high
    Sweetly singing o'er the plains
    And the mountains in reply
    Echoing their joyous strains

    Angels we have heard on high
    Sweetly, sweetly through the night
    And the mountains in reply
    Echoing their brief delight

    Gloria, in excelsis Deo
    Gloria, in excelsis Deo

    Angels we have heard
    Angels we have heard on high

    In excelsis Deo


    Era uma invocação dos anjos, então John não podia entrar na fábrica. Mas o cheiro de enxofre estava mais forte naquele local. Certamente tinha algo de estranho acontecendo.


    Relutante se afastou do portão e caminhou de volta para o trabalho. A visita ao terreno já não era importante. Agora ele queria saber quem era responsável pela fábrica.


    Ele refletiu se ainda teria tempo para vasculhar a fábrica antes da inauguração.
    tuliosujo
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 165
    Reputação : 7

    Re: Londres, 1888

    Mensagem por tuliosujo em Sab Out 27, 2018 10:45 pm

    Jack e Roffus foram procurar a dita igreja!!! Conforme andavam pelas ruas, Jack foi conversando com seu novo amigo. Nessa conversa, Jack reparou com Roffus era um sujeito simples e que vivia a vida do jeito que dava!!! Ele trabalhava numa loja, de terça a domingo e segunda era seu dia de folga, a cada duas semanas, e ele passava elas sempre no bar... Conversa vai e conversa vem, eles estavam chegando a uma parte bem arrumadinha mas não tão luxuosa de Londres. Eles chegaram em um parque e Roffus falou para eles cortarem caminho por dentro do parque. O parque era lindo, cheio de arvores!!! Roffus guiou Jack para bem dentro do parque... Roffus foi andando em completo silencio e prestando atenção para todos os lados... Jack estava muito desconfiado, muito mesmo... Ele olhou para Roffus e perguntou: -Desculpe, camarada, mas para onde voce está me levando? Voce parece preocupado...  Sem nem se preocupar em olhar para Jack, Roffus respondeu: -Desculpe, mas eu tenho que perguntar, quais os seus interesses na igreja de San Martin? -Bom, um amigo meu me disse para ir lá... Eu tenho que falar com um padre... Ele vai me ajudar...  -Sei bem... Esse padre, qual  nome dele? Seria Quemedo??? Na hora que Jack ouviu esse nome, ele virou bem rápido para Roffus... Quando percebeu, Roffus estava apertando uma faca contra a sua garganta... Roffus Continua: -Quais são seus reais interesses? Quem é esse seu amigo?  Jack lembrou da carta que o Padre tinha lhe dado... Ele enfiou a mão no bolso e tirou a carta do Padre. Roffus pegou a carta, e a leu sem tirar a faca do pescoço de Jack... Roffus olhou para ele e disse: -Então voce é amigo do Padre?
    Larissa Aprill
    Mutante
    avatar
    Mutante

    Mensagens : 620
    Reputação : 73
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: Londres, 1888

    Mensagem por Larissa Aprill em Seg Nov 05, 2018 11:01 am

    O demônio retornou para seu escritório antes do sol se por, ele procurou por algum exemplar do jornal matutino e não demorou para descobrir quem eram os donos da nova fábrica.


    William Bryant e Francis May, se tornaram sócios de uma fábrica de velas em 1885. Após a expansão inicial do comércio de velas, as vendas tiveram uma queda brusca e preocupados com o rumo dos negócios, Bryant e May usaram seus últimos recursos de investimento para abrir essa nova fábrica de brinquedos.


    John estranhou a mudança súbita de ramo, na concepção dele seria muito arriscado mudar totalmente seu público alvo ainda mais se a sociedade estava numa crise financeira.


    A data da inauguração seria daqui uma semana, dia 27 de agosto. Ele teria tempo mais do que suficiente para sondar os donos e investigar o local. E se fosse necessário, compraria a fabrica, pois tinha uma bela fortuna acumulada e um poder de persuasão muito grande.


    Sua maior preocupação agora seria entrar na fábrica por conta dos encantamentos, deveria usar uma contra mágica ou uma pessoa poderia ser sua cobaia.


    Ele ficou tão imerso em seus pensamentos que não percebeu que lá fora já era noite.
    tuliosujo
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 165
    Reputação : 7

    Re: Londres, 1888

    Mensagem por tuliosujo em Ter Nov 06, 2018 9:07 am

    Ainda assutado, Jack olhou para Roffus e disse: -Sim, é verdade... O padre me ajudou em um momento ruim da minha vida... Agora estou aqui, procurando ajuda de outro padre...

    Roffus afastou a faca do pescoço de Jack... Ele agora encarava Jack com uma cara mais serena e plena... Parecia que ele tinha encontrado um verdadeiro grande amigo... Ele então disse:-Desculpe, Jack... Mas você deve saber... Todo cuidado é pouco... Sem falar que você não deveria falar o nome da igreja tão alto assim no meio de uma taverna!!! Muito pagariam bem caro para saber a localização... Sorte que eu estava lá para te ajudar!


    Jack pôs a mão na cabeça e disse:-Talvez ter falado em voz alta foi uma péssima ideia mesmo... Ainda bem que ele estava lá!!! Bom, agora vamos para a igreja!!! 


    Eles saíram do parque Roffus agora estava com uma expressão diferente!!! Os dois foram conversando sobre os mais diversos assuntos até que chegaram numa igreja...

    Roffus disse: -Bem vindo a igreja de San Martin! Vamos entrar lá dentro, ainda deve ter gente lá!


    A igreja estava com as portas fechadas e trancadas, as janelas estavam todas fechadas também... Roffus fez um sinal para Jack fazer silencio e o levou para parte de trás da igreja... Lá, ele moveu algumas coisas como barris e caixas que acabaram revelando uma pequena porta. Roffus tirou uma chave de seu bolso e destrancou a porta, eles entraram para dentro da igreja, numa especie de dispensa. Roffus abriu a porta da dispensa, uma musica melodiosa e um cheiro doce e suave entraram pelo quarto... Jack e Roffus foram na ponta do pé até a porta que dava a nave da igreja, ela estava aberta e os dois colocaram a cabecinha pra fora pra ver o que estava acontecendo...

    tuliosujo
    Cavaleiro Jedi
    avatar
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 165
    Reputação : 7

    Re: Londres, 1888

    Mensagem por tuliosujo em Ter Nov 13, 2018 5:46 pm

    Jack provavelmente viu uma das coisas mais bizarras da sua vida... Diversas pessoas usando máscaras brancas com mantos pretos, entoando sons cacofônicos que faziam as paredes da igreja ruírem!  No centro de todos, havia uma pessoa com um manto vermelho e uma mascara dourada. A mascara era muito bonita! 
    Mascara:
    Roffus voltou para trás da porta e puxou Jack, após voltarem para fora da igreja, ele disse: -Algum dia você vai saber o que é tudo isso, no momento, tenha certeza de nunca falar nada pra ninguém... Vamos dar mais umas voltas na cidade, você tem que conhecer Londres!!! Animado, Jack vai com Roffus, conhecer a cidade de Londres! 

    Roffus mostrou algumas partes das cidade, estava quase escurecendo quando Roffus disse: -Pra terminar o passeio de hoje, vou te levar na zona industrial. Provavelmente você vai ter que arrumar um emprego por lá mesmo...  E os dois foram andando para lá!
    Conteúdo patrocinado


    Re: Londres, 1888

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Nov 15, 2018 2:43 am