Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Dom Out 28, 2018 10:31 am

    (R.Oc.)
    Gazela percebe as intenções de Nadhull e bloqueia sua influência mágica. Qualquer ser vivo conseguia fazer isto de forma consciente ou inconsciente, não precisava ser mago para isto. Como ela conhecia o tipo e as técnicas, pois certamente já tinha lidado com outros como Nadhull, para ela abrir esta proteção era fácil.

    (R.Oc.)
    Mas ela começa jogar com ele, afastando-se das investidas mais ousadas, mas permitindo as mais "inocentes". Eles começam as barganhas, ele obviamente querendo pagar menos e levar mais, e ela não querendo abaixar seus preços. (obs. ela não tem a orquídea-lírio tigre branco que diz ser muito rara, mas poderia conseguir por meia moeda de ouro, o que dá 12 kons, portanto mais cara que com Icanor.)

    - E o que exatamente eu ganharia se lhe desse um desconto? Tem mais gente querendo comprar do que pessoas com mercadoria boa para vender. Você poderia comprar mais barato de um picareta qualquer, mas quem me conhece sabe que minha mercadoria vale!

    Ele rouba-lhe um beijo, por alguns segundos ela parece não reagir, talvez até gostar, mas quando Nadhull pensa que "já estava no papo", ele sente uma lâmina no pescoço.

    - Você está se mostrando um comprador difícil... É bom manter suas mãos onde não se arrependa, ou invés de uma venda eu acabo fazendo uma aquisição... Por incrível que parece, tem gente que compra dedos ou sangue de íncubos...

    Apesar de mostrar que não é totalmente indefesa, ela ainda mantem uma expressão de desafio, mas não de raiva, o que provavelmente mostra que não achou o beijo ruim, mas não quer desistir do jogo.

    Off: como ela passou nos primeiros testes, troques mágicos de sedução não funcionarão. Resta basicamente duas opções: desistir da barganha e pagar o preço dela, o que TALVEZ a faça baixar as defesas para outro tipo de bônus, ou continuar o jogo com base na psicologia, que é uma perícia difícil e de cara já leva -4, farei a rolagem dela em aberto.

    Leomar efetuou 2 lançamento(s) de dados Buscando a mestra branca (Nadhull) D10 (d10.) :
    4 , 8
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Dom Out 28, 2018 10:46 am

    (OFF: Ele não usará da psicologia e sim de um tipo de sedução reversa e irá para os negócios afim de desarma-la para uma futura investida com mais chances)

    Nadhull é experiente nas artes da sedução e percebe que a garota não é boba e tem experiência na arte da barganha pois vive disto e joga apenas o seu charme e não sua magia, pois a conquista lhe é mais cara que o dinheiro e diz: - Calma querida, não misturemos as coisas, eu realmente quero você toda, mas não quero me aproveitar de você para obter um desconto, seria muito pequeno da minha parte. Quero é você, a mulher! Suas mercadorias, quero apenas elas com um preço justo, para este incubo que só tem olhos para você ou não sabe quando alguém realmente está a fim de você? Mas se prefere ignorar isto, vamos apenas as mercadorias, aos negócios... Mas lembre-se apenas peço um preço justo e uma oportunidade de ter você nos meus braços... E faz uma cada de menino abandonado.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Dom Out 28, 2018 11:01 am

    Gazela da uma risadinha com a cantada pomposa de Nadhull.

    - Mas meus preços sempre foram justos, pode testar a qualidade se quiser. Quanto a mim... bom, você é bonitinho, embora seja meio abusado... - Ela diz sorrindo e passa de leve a mão no peito de Nadhull, agora demonstrando interesse. - Não sei se deveria lhe dar uma chance. Se, TALVEZ, eu PENSASSE em lhe dar UMA chance, apenas como uma HIPÓTESE e não que eu esteja pensando nisto, para onde me levaria?
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Dom Out 28, 2018 1:27 pm

    Nadhull é um mestre da sedução e chegou a isto com um preço alto e os novos conhecimentos que a liberdade e a magia branca lhe trouxeram lhe deixaram bem melhor e ao ouvir a pergunta da gazela de onde a levaria, ele responde com sua poesia sincera: - Eu te levaria as alturas, aos teus sonhos mais secretos, eu te levaria para navegar na poesia e quando se faz essa viagem, a geografia é o que menos importa, pois o que importa é a emoção e o coração...
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Dom Out 28, 2018 1:53 pm

    Ela continua rindo.

    - Tudo bem "morceguinho", você é engraçado e gostei disto. Vamos fazer o seguinte, você leva as bases que pediu pelo preço justo e me passa seu endereço para eu vizitá-lo mais tarde, e a gente conversa lá sobre "meus sonhos mais secretos". Ou prefere pegar o meu endereço?

    Ela "sela" a proposta com um beijo de língua demorado, por baixo da roupa larga e do capuz ela parecia mesmo ter um corpo bem feito, com pernas treinadas para boas corridas. Talvez fosse um pouco magra para alguns padrões, mas bem possível que Nadhull não ligasse tanto para isto. Ela porém não deixa tirar muita casquinha ali.

    off: se fechar, é só dizer o que e quanto irá comprar que eu retiro o total da ficha, o resto da cena pode descrever como quiser (com ou sem detalhes, a responsabilidade fica sendo sua kk), só notando que ela topou o encontro mas não está apaixonada, para ela é só casual.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Dom Out 28, 2018 11:41 pm

    Nadhull então lhe pede três unidades de base pronta de nível 2 e compra 2 poções prontas de mana negra de boa densidade e diz preferir o endereço dela e propõe darem uma rapidinha para selar a paz e a parceria de negócio e digamos de uma amizade mais profunda... Após esse dialogo um tanto físico na casa da jovem e bebericarem para firmar a... "amizade" Nadhull ruma de alma leve para a taverna se encontrar com a mestra negra para juntos aguardarem a mestra branca.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Sex Nov 02, 2018 1:04 pm

    Depois de feita as compras e do rápido "lanchinho", Nergal volta até a barraca de Icanor. Tinafe analisa as poções, parecem ser de boa qualidade, eles deixam as bases prontas com o herbanário para que providencie algo para pegarem mais tarde, então vocês vão até a Hamkuanabe.

    Nirón estava na taverna, mas Niréia ainda não, ele comenta:

    - Eu também esperava encontrá-la aqui. Espero que ela venha. Se forem esperar, tentem se misturar com bastante cuidado... ou melhor, não tentem se misturar, só fiquem de boa. Se acontecer alguma merda, fingirei que nem os conheço.

    A taverna estava cheia de "tipos" meio mal encarados. 90% eram demônios e 90% eram machos, ou seja, humanos eram uma minoria e as poucas fêmeas ali eram diabas. Alguns poucos lançam olhares, mas a maioria PARECE nem perceber quando vocês entraram. As pessoas nas mesas falavam aos sussurros (com poucas exceções), não havia música nem sinal de muita diversão ali, apenas bebidas e conversas baixas. Haviam cerca de vinte pessoas divididas em cinco mesas. Dois humanos com roupas de couro escuro sentavam na mesa que ficava de frente para onde Tinafe sentou-se e a encaravam fixamente.

    Niréia demora um pouco, mas aparece e se senta ao lado do irmão. Niréia é a única humana fêmea por ali, e isto não dava para não perceber num lugar como aquele. Além dela, Tinafe e outra diaba são as únicas fêmeas.

    Os irmãos conversam baixo por um tempo. Juntos passavam uma impressão de que eram uma dupla forte, ainda assim é fácil ver que os olhares passam a correr para Niréia, alguns olhares de desejo, outros de avaliação, outros de suspeita e até uns que parecem ter "encrenca" escrito dentro.

    Níron então comenta com a irmã sobre Tinafe, só então ela aproxima:

    - Você então está tutoreando neófito da Cour des Miracles e quer minha ajuda. Não tenho muito tempo livre, mas posso fazer um ou outro trabalho para a Cour.

    - Ainda está trabalhando para a Anciã Velora?

    - Não exatamente. Por enquanto estou livre dela, mas talvez ainda precise de mim.

    - Posso saber em que trabalhavam?

    - Não. Aparentemente não é nada de mais, ainda assim creio que a Anciã não aprovaria que comentasse sobre seus interesses.

    As duas eram diretas, sem pompa e sem floreio. Niréia dá impressão de que talvez nem ela soubesse quais os planos de Velora, de qualquer forma provavelmente não diria nada por enquanto. Ela espera vocês dizerem o que precisam.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Qua Nov 07, 2018 8:03 pm

    Nadhull acompanha Tinafe calado e ao chegar na estalagem permanece calado e atento. Quando finalmente Niréia chega ouve a conversa entre as mestras atentamente e quando as duas chegam ao impasse da retranca de egos, o incubo em voz baixa diz para Niréia: - Mestre, aprendi muito com seus ensinamentos e sei que posso aprender muito mais se vocês puderem me ensinar, sei que é novidade para vocês alguém portar magias tão dispares como a branca e a negra, e seria interessante para ambas, que eu pudesse dominar as duas, por isso humildemente eu peço, que juntas trassem um plano de estudos integrando as duas magias e em troca prometo fidelidade e lealdade para as duas e fica olhando as duas nos olhos.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Sex Nov 09, 2018 9:23 pm

    - E vocês já têm um plano de estudo?

    - Bom, se você está livre da Anciã por enquanto, que acha de ficar com ele de dia, e eu ensino a noite?

    - Mm, creio que poderia, por uns dias, mas vocês trassaram algum PLANO de estudo?

    - Meu plano é continuar viva enquanto eles aprendem. Já que é uma mestre branca, um pouco de controle seria bom.

    Ela repara as marcas de Tinafe:

    - Acidente de treino?

    - Pode-se dizer.

    - Mm, vamos ter que treinar muita meditação e canalização...

    - Ele é um wanamko, não temos tempo para aulinhas de "meditação, yoga e tai-chi", precisamos de algo mais rápido, antes que ele perca o controle.

    - E como sugere trabalhar então?

    Tinafe pensa um pouco no que ia dizer, depois comenta com certa decepção por não ter resposta melhor.

    - Creio que o melhor é deixar você escolher como conduzir.

    - Ok, começarei com aulinhas de meditação, yoga e tai-chi, depois vejo no que vai dar. Vou ter que procurar um lugar discreto.

    Trocam-se algumas informações técnicas, e Tinafe comenta:

    - Talvez exista outro neófito que também precise de sua instrução.

    - Não sou uma professora contratada pela Corte. Posso ensinar o demônio devido a "situação singular" e porque o Instrutor Marcel acredita que pode ser interessante, mas se a Corte quiser me arrumar vários alunos, se me pagarem por eles, até posso pensar. Não é outro demônio, ou é? Seria estranho demais se isto se repetisse.

    Níron, que observava as outras mesas, mas ouvia a conversa, fala no pé-do-ouvido da irmã.

    - UM ANJO!?!?!

    - Cacete mana! Você não quer  escrever num elefante e fazer ele passear do nosso lado? Acho que nem todo deve ter ouvido. Talvez se subir na mesa as pessoas prestem ainda mais atenção!

    - Desculpa, é que eu...

    - Fica quieta! Inferno!

    Vocês abaixam o tom da conversa, mas logo um humano se aproxima.

    (R.Oc.)

    Era um dos que estava mantendo contato visual com Niréia desde o começo, na mesa dele tinha outro que continua na mesa, mas observando tudo, e em volta também tinham outros "tipos" observando. O sujeito tinha bordado na ombreira um símbolo típico de Ades, os dois triângulos cortados por três barras.

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Ades

    - E ae, gracinha! Não acha que está perdendo tempo num lugar tão cheio de demônio? Garanto que você merece coisa melhor, e eu posso te levar para beber em lugares bem mais limpos. Que acha de terminar a noite com um homem de verdade?

    Estava na cara que ele queria não só cantar Niréia, mas também provocar os outros. Níron fica na frente da irmã.

    - Te garanto que ela não está interessada no seu tipo.

    - Não creio que ela precise de outro para falar por ela, ainda mais um "irmãozinho", já que chamou ela de mana. Porque não deixa ela falar por si? Mas se tiver algum problema comigo, podemos resolver isto "en arena" agora mesmo.

    *obs. a expressão "en arena", pode significar qualquer tipo de luta num espaço limitado, normalmente circular, e com certas regras (nem sempre cumpridas), mas quando alguém faz um desafio assim, normalmente é alguém que espera lutar usando magia, pois do contrário o costume é fazer um desafio "en expori", onde só é permitido combate corpo-a-corpo, com ou sem armas, mas sem magia.

    A provocação tinha sido feita, e por toda a taverna, as pessoas começavam levar as mãos aos cabos das armas, preparando para o mal feito.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Ter Nov 13, 2018 7:22 pm

    Nadhull um tanto esperto com a briga anterior e sabendo-se ainda fraco, fica quieto durante as primeiras provocações, mas quando o clima fica pesado, aperta a mão de Tinafe para demonstrar a sua preocupação e disponibilidade e diz no seu ouvido, bem baixo, como se fosse uma sedução de um incubo e diz: - Estou a seu dispor, vou fingir que estou a seduzindo para conversarmos sem levantar suspeitas, mas só ataco ou defendo ao seu comando mestra, acho que aqui não cabe erros ou vacilos... E continua fingindo o jogo de sedução para facilitar a comunicação.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Sab Nov 17, 2018 11:40 am

    (R.Oc.)

    Níron e Niréia conversam aos sussurros, depois respondem:

    - Não estávamos interessados em treinar por enquanto. Mas uma arena nunca faz mal. O que acha de um dupodu?

    Dupodu ou dois por dois, duas duplas duelando entre si. Níron tinha percebido que o "mala" não estava sozinho na mesa. Como ele fez o primeiro desafio, negar um contra desafio seria um mico, eles poderiam ficar um tempo debatendo os detalhes que é o que acaba acontecendo.

    Tinafe se achega perto de Nadhull, entrando no jogo de disfarce, com isto discretamente pede uma das poções de mana negra que ele tinha arrumado, acabou sendo providencial ele ter comprado duas prontas. Ela põe no copo dela e bebe, como se não tivessem participando das discussão dos outros dois.

    - Vamos esperar e ver do que são capazes. Talvez precisem de juízes e você poderá se voluntariar. Acha que ela é boa o bastante para um duelo en arena?

    Tinafe sabia que os irmãos dominavam magia negra e branca, mas não sabia mais nada, era a primeira vez que via Niréia e a segunda que via Níron.

    Um outro cara que estava na outra mesa se levanta, baixando o capuz que usava. Tinha olhos e dentes meio estranhos, mas não parecia um demônio, talvez um híbrido.

    - Se ganharmos, sua irmã será nossa "jantinha".

    - E o que ganharíamos? Sinceramente você também não faz meu tipo.

    - Posses e títulos, qualquer uma que tivermos.

    - Que grande coisa! Eu lá conheço vocês? Esta oferta tá parecendo conversa de vendedor de peixe velho!

    O comentário de Níron faz o pessoal da taverna se empolgar e rir.

    - Por acaso está debochando de um guerreiro de Ades?

    Ao invés de responder, Níron pergunta a pessoas aleatórias na taverna: "Você conhece estes caras? E você? Você conhece?" Aquilo gera risadas ainda maiores.

    O cara se irrita, joga um saco de moedas na mesa:

    - Dez kons de ouro só como garantia, mais qualquer posse e títulos dos perdedores para quem sobrar vivo.

    Aquilo começava ficar perigoso, era um desafio até a morte, e não só en arena. Dez kons de ouro valem 250 kons de prata, não era uma fortuna, mas já era uma grana considerável para aquela cidade. Considerando que a bebida ali não era da maior qualidade, dois kons de ouro dariam para pagar uma rodada para todos que estivessem ali, talvez até duas.

    - Dez kons de ouro é tudo que um guerreiro de Ades famoso tem? Não me parece grande coisa.

    Ele aumenta mais cinco moedas de ouro. - Isto é só o troco que levo no bolso, mas é covarde de não pagar para ver?

    Com quinze kons de ouro, embora ainda não fosse uma fortuna, já ficaria feio para Níron voltar atrás.

    - Você quer uma disputa justa en arena ou só uma briga até a morte? Por mim tanto faz, mas se queria só uma briga, poderia simplesmente ter chamado para ela ao invés de se pavonear.

    Embora pudessem haver disputas en arena até a morte, principalmente ali, um duelo honrado tinha suas regras, uma delas que os oponentes não podiam matar-se nem usar golpes baixos demais, e também poderiam ser elegidos juízes para verificar estas e outras circunstâncias. Na disputa entre dois magos (ou no caso, quatro) estes juízes (um de cada lado, mas podem ser mais) ainda ampliam a energia mágica em volta da arena, o que faz com que os poderes dos combatentes ficassem ainda mais fortes.

    A posição dos juízes não era das melhores, eles não participavam ativamente da luta, e tinham que ficar agachados com as mãos no chão (pois assim passavam sua energia para a arena) o tempo todo. Além disto os juízes não controlavam totalmente para quem esta energia extra ia, o que significa que o juiz de um lutador podia beneficiar o outro sem querer, por mais que eles tentassem mandar sua energia só para a seu lutador.

    - Ah, agora é você quem ficou com medinho?

    Desta vez o público aplaude o cara.

    - Medinho nada, só estou mostrando o zé goiaba que você é, posando de grande guerreiro de Ades, mas não passa de um fanfarrão.

    O público agora vaiava e aplaudia todo insulto e qualquer parte, eles faziam com que qualquer parte que recusasse as regras do outro, parecesse covarde.

    - Então, quer um dupodu com arena, juízes, armado, mas até a rendição, ou quer uma disputa até a morte valendo tudo, para todos da taverna?

    Um demônio se anima:

    - Aí, eu lutaria também, para dividir a irmãzinha do outro entre nós.

    Por outro lado, um outro demônio, alto e forte, se posiciona ao lado de Níron.

    - Pois eu lutaria pelos seus títulos.

    Novo embaraço no clima. Um demônio daquele parecia perigoso, e desestimularia outros participarem. Ao mesmo tempo, ele dizendo que lutaria pelo título dos outros faz no mínimo supor que talvez o outro teria títulos que valeriam a pena. O primeiro cara se irrita.

    - Já está querendo apelar para tripotri? Quer palhaçada? Não tem coragem de enfrentar inimigo a inimigo?

    Novas vaias e aplausos, oooohhhss iiiihhhss, etc. tripotri seria três contra três, o que seria ainda mais bagunçado.

    - Você que não falou se quer uma briga de rua ou uma luta de verdade entre guerreiros de verdade.

    Desta vez várias pessoas diferentes chamam tanto Níron como o outro de covarde por aceitarem ou não aceitarem uma ou outra proposta. Muitos se mostravam dispostos a entrar na luta dependendo do preço, outros estavam esperando para fazer apostas, de qualquer forma agora todos estavam empenhados em ver a merda que ia virar. Tinafe comenta:

    - Ele parece confiante, mas se quiser, a hora de se oferecer como juiz é agora.

    Neste ponto, as pessoas de fora podiam ficar dando palpite (muitos estavam), nenhum tentava amenizar (sem "deixa disto" só "quebra pau"). Uma das consequências que Nadhull percebia ali é que Tinafe não podia se oferecer como juíza primeiro pois só ele poderia fortalecer a arena para Niréia. Não dava para ter certeza se os outros eram magos negros, mas era bem possível que ambos fossem, já que o cara dava se vangloriando de ser um "grande" guerreiro de Ades.

    Se isto fosse verdade, Niréia ficaria em franca desvantagem, pois seriam três magos negros e uma maga branca. A arena ampliaria até os poderes dela, mas bem menos. Por outro lado Níron também receberia mais poder da arena. Claro que corria-se o risco de um dos outro não lutar com magia negra, o que tornaria a arena ainda mais interessante (para quem vê de fora) e também mais perigosa. Se Tinafe se oferecesse depois, talvez poderiam lutar com quatro juízes, ainda assim Niréia continuava em desvantagem na arena.

    As pessoas podiam ainda oferecerem-se para tomar o lugar de uma ou de outra caso o preço da vitória fosse interessante, e alguns achavam que Niréia era interessante o bastante, mas também tinha gente que já brilhava os olhos mais para as moedas de ouro que para ela. Alguns instigavam a fazer tripotri, outros queriam ver dupodu mesmo.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Dom Nov 18, 2018 1:09 am

    Nadhull observa o desenrolar da confusão e ouve a orientação de Tinafe, que entra no jogo da sedução para confundir os observadores e os tirar do foco da briga, por enquanto e após recomendar a estratégia de o incubo se oferecer como Juiz, pergunta se Niréia é boa o suficiente para aguentar o desafio e o demônio balança a cabeça positivamente.

    Enquanto observam as provocações preliminares da suposta luta, Nadhull fornece para a sua mestra negra as poções de mana negra que comprara já pronta, afinal ela precisava daquele reforço e estar preparado para atuar era prudente. As provocações começam a ficar mais sérias tendo até propostas de luta até um morrer e Nadhull decide canalizar aquela discussão para um terreno mais organizado e objetivo, antes que saísse de controle e levantando os braços e a voz propõe: - Senhores, os ânimos estão em um ponto interessante, mas vamos organizar essa bagaça, eu me proponho como um juiz da liça a favor da dupla dos irmãos e posses e títulos que estivem em garantia que sejam colocados aqui comigo, como penhor e garantia das partes e ai? O que me dizem? É para valer ou só blefe?

    Dá uma piscada discreta para Tinafe e joga um beijo e olhando ao redor, para na direção de Niréia e dá outra piscada, agora para a mestra branca, e se curva como um cumprimento carregado com respeito e reverencia.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Dom Dez 02, 2018 8:51 pm

    Quando o outro vê Nadhull jogando beijinhos, dando piscadinhas e fazendo reverência ele cai na risada:

    - Mas nunca vi tanta frescura num demônio só! Onde infernos alguém aqui já viu esta viadagem de demônio ficar mandando beijinho e fazendo reverência? Por acaso é um diabinho daqueles que lambem as bolas do Piro? Você é patético!

    Off: Você pode, por instinto ou não, reagir à ofensa atacando, mas se fizer isto a disputa en arena terá de ser adiada para depois da briga de vocês e isto pode inclusive (dependendo dos dados) mudar todo o resto. Se achar melhor não reagir às ofensas, deixando que ele seja primeiro humilhado na arena (assim esperam) ou só dar uma resposta neutra qualquer, é só ignorar esta parte e partir para a parte de baixo.

    Spoiler:
    2D10 para ataque "surpresa" a ele. Sua destreza é 11, foi considerar 12 para um acerto fraco pois ele de certa forma espera que reaja, então a vantagem será só de um segundo.
    Tanto você como ele, se quiserem sacar as armas, precisarão de um turno para isto (e no caso rolariam esquiva ao invés de ataque ou contra-ataque).
    20-13 erros:
    20-19-18:
    Você vai para dar um soco, mas o cara reage extremamente rápido, desvia e contra-ataca de forma muito eficiente. Você tenta encaixar três golpes, mas erra todos e acaba humilhantemente no chão. Tinafe ainda lhe diz que "se quiser continuar vivo, melhor aceitar a derrota e continuar no chão". Na verdade, mesmo tendo sido humilhado, ainda pode tentar reagir, mas lutará em clara desvantagem e se as outras rolagens não forem extremamente boas corre o risco do cara te mandar para o hospital por semanas.
    17-16:
    Você reage, mas leva uma surra, depois disto não vão lhe aceitar como juiz na arena, e para a taverna o cara ainda fica com aquela aura tipo "o cara é bom mesmo"
    15-14-13:
    Você reage, mas começa apanhando. Consegue defender alguns contra-ataques dele, mas ele estava preparado e começa com vantagem contra você. Só que agora terá de lutar até um cair. O outro continua contando vantagem, tipo "vai ser só um aquecimento para a luta de verdade".
    12-2 acertos:
    12-11:
    Você dá um soco e acerta, mas o cara estava esperando, e então parte para cima de você também (role contra-ataque) Num tom de deboche ele diz que "Se você está tão ansioso para apanhar, posso começar contigo mesmo, se quiser estou até afim de te pegar em um arena antes da arena dos seus amiguinhos.
    10-9-8:
    Você acerta o primeiro golpe, mas ele logo se recupera, como atacou antes de combinarem a arena, agora terão de lutar até um dos dois ser derrubado. O resto da taverna inteira pode entrar no quebra pau para qualquer lado, pois vocês começaram uma briga sem regras (com isto o cara pode jogar sujo se quiser).
    7-6:
    Acertou o cara e ele deu dois passos para trás, mas não caiu, porém a pose de "fodão" que ele estava mantendo na taverna é prejudicada, agora ele terá que partir para cima de você e recuperar, ou será humilhado (rola contra-ataque) você ainda pode provocá-lo sugerindo que ele não aguentaria a arena nem contra você. Caso ele aceite a provocação é toda aquela coisa de acertar se vão lutar um contra um, com ou sem juiz, etc.
    5-4:
    Você parte pra cima e começam brigar. Você acerta os primeiros golpes, mas o cara revida. Ele é mais rápido, você é mais forte, começa com uma pequena vantagem, mas ele ainda pode virar. Você pode aproveitar a vantagem para sacar a arma sem perder um turno, ou pode ainda tentar invocar magia (no caso vai de 2d10 mesmo) mas se preferir pode continuar na mão com alguma vantagem (vc acerta com 13 ele com 12, normalmente o alvo dele seria 13)
    3-2:
    Vocês começam a brigar, mas o cara se dá mal. Você consegue humilha-lo o bastante para que a proposta dele de lutar "en arena" pareça uma piada. Tem a opção de pô-lo a nocaute ou matá-lo e levar o dinheiro dele, ou de propor misericórdia, se ele aceitar a derrota, deixar o dinheiro e for embora. Neste último caso role 1d4, se der 3 ou 4 ele aceita a humilhação e você fica com o ouro, caso contrário ele ou um amigo dele ainda vai tentar algum jogo-sujo.

    Ainda em meio a provocações e sátiras e babaquices de gente bêbada, eles acertam de lutar dois contra dois, e te aceitam como um dos juízes (embora o cara de Ades queria sem juiz), Tinafe se prontifica a ser a segunda juíza.

    - Numa luta dupodu o melhor seriam duas duplas lutando, e duas duplas de juízes. Eu aceito ser a segunda juíza.

    (R.Oc.)
    Muitos aplaudem, mas a maioria acha muita embromação (e também do lado deles não haviam muitos querendo ser juízes, já que não é uma posição que dá status), fica então acertado que serão só um juiz para cada lado (a menos que vocês aumentem a oferta para comprar outro juiz, pode ser uma aposta em dinheiro, como ele fizeram, mínimo de dez kons de ouro ou alguma outra coisa que a sua criatividade propor. Níron e Niréia não se mostram muito dispostos a aumentar esta oferta, embora poderiam se beneficiar de um segundo juiz mais do que os oponentes, porém eles aceitarão lutam com um juiz só, já que a maioria ali acha que é o bastante).

    Vão todos para fora, já que a arena é melhor com o máximo de contato com o solo. Duas pessoas medem onze passos e os juízes ficam neste limite. Uma arena padrão tem sete metros de raio (ou oito passos) no caso com onze passos têm um raio de aproximadamente dez metros, o que deve bastar para dupodu. (off: a nível de comparação, a área central de um campo de futebol tem mais de 9, menos de 10 metros, então a área que eles terão é pouca coisa maior, pouco menos de 310 metros quadrados).

    As duplas dão as mãos, Tinafe (tendo ou não sido aceita como segunda juíza) lhe instrui a segurar as mãos deles durante a preparação, e depois tocar também os braços, nucas e costas nas alturas dos terceiros, quartos, quintos e/ou sextos chacras (estômago, coração, pescoço, cabeça), os juízes usam este tempo para sentir as energias dos lutares. Se quiser fazer uma oração, faça mentalmente, ou apenas concentre nas energias. Os irmãos não têm nada extra para comentar, eles permanecem em silêncio até o começo. Depois de um tempo, os competidores se ajoelham e põem as mãos no chão, neste momento o poder deles interage com a mana do ambiente e a arena literalmente surge:

    Parte da terra é revolvida nas margens, formando um círculo perfeito de quase vinte metros de diâmetro, uma lufada de ar (resultado do movimento de energias invisíveis) é sentido do centro até esta área, depois o ar (e caso alguém consiga ver, as próprias manas) se movimentam de forma circular, acumulando nesta área. Uma onde de energia se "desprende" do solo, e qualquer pessoa com o mínimo de dom, próxima ao círculo, sente este (não tão) leve aumento na magia no ambiente. Podem começar sentir também a energia que os oponentes começam a movimentar em sua volta. Níron e o "cara de Ades" não surpreendem ao manifestar magia negra a sua volta, já o segundo oponente (que é humano mas possivelmente híbrido) surpreende um pouco ao manifestar magia da terra. Claro que a surpresa maior é quando percebem que Niréia estava acumulando mana branca a sua volta. Algumas pessoas fora da arena chegam a manifestar certa revolta, os oponentes ficam surpresos, mas logo suas expressões passam a mostrar mais raiva, porém a descoberta não chegava a inspirar medo. Aliás caso alguém estivesse prestando atenção poderia supor ter visto até um leve sorriso na cara do cara de Ades.

    Nadhull termina de tocar os dois e fica na margem, assumindo também a posição ajoelhado, com as mãos no chão, que teria de manter. Sua espada fica no chão bem perto, pois se alguém trapaceasse, ele poderia levantar e intervir. Ao por as mãos no chão, ele sente um tranco energético e todo seu corpo parece pesar o dobro, resultado da atração da magia do solo contra a magia do seu corpo. Uma pessoa de fora da arena que fizesse a besteira de tentar entrar na área, sentiria a mudança de concentração mágica com o dobro da força que ele sentia, e dependendo da capacidade mágica dos lutadores e dos juízes, um sem-noção que fosse estúpido bastante para isto, poderia receber uma descarga mortal da arena. Por isto que só juízes poderiam intervir, pois estando na borda da arena é como se estivessem dentro.

    Os dons de Nadhull, bem como dos outros juízes, não seriam revelados, como foram dos oponentes. O aumento de mana negra na arena é bem superior aos demais, isto era ruim para Niréia, mas favorecia Níron. Um juiz parcial (e vocês não tem motivos para não serem) obviamente tenta canalizar seu poder em direção aos seus pares, mas a arena é algo fluído, e até os adversários poderiam se beneficiar de parte do poder de Nadhull, assim como os irmãos, se forem espertos, também poderão se beneficiar de parte do poder do outro(s) juiz.

    Nadhull pode buscar concentrar para emitir o máximo de energia branca e o mínimo de negra, buscando beneficiar mais Niréia, reduzindo sua aparente desvantagem. Claro que, como a energia na arena é mais fluída, isto por outro lado prejudicaria Níron, e por outro lado prejudicaria também o cara de Ades.

    Os oponentes se levantam, com armas em punho (as armas dos quatro já deviam estar bem banhadas com energia de seus donos, caso contrário elas poderiam atrapalhar mais que ajudar) e declaram em bom som "EN ARENA"! Era o sinal que estavam prontos. Níron e o guerreiro de Ades estavam com espadas, o outro com duas adagas, Niréia apenas com uma manopla com garras de metal (outro fator que poderia a colocar em desvantagem).

    Níron e o mago verde começam ir para o centro do círculo, o mago negro vai para a lateral e Niréia fica um tanto atrás do irmão. Eles se movem rápido mas não correm, devem estar ainda sentindo os fluxos.

    O mago negro começa "vomitar" uma fumaça escura no meio da arena, Niréia por enquanto está parada, fazendo gestos circulares com as mãos, como a moldar a mana em volta dela, Níron e o mago verde são menos discretos, Níron prefere um ataque direto e reto: ele faz rápidos círculos com a espada (com se tivesse enrolado algodão-doce na ponta) e depois um gesto de alavanca em frente ao mago verde; este num gesto "seco" põe os braços cruzados em frente ao rosto, gritando alguma palavra mágica. A maioria não consegue enxergar nada (um ou outro enxergariam uma leve fumaça em volta da espada de Níron), mas todos (de fora da arena, pois dentro vocês estão bem concentrados) são surpreendidos com um barulho enorme, como se uma caixa de ferramentas tivesse caído do alto num chão de pedra, mostrando quão forte foi a energia mágica envolvida pelos dois.

    off: Por enquanto você não pode intervir, a não ser com observações e concentração, mas vou jogar um d20 para ver como será a dinâmica da arena (depois se precisar rolo para cada oponente separado). Entre 15-20 os irmãos começam com uma pequena vantagem, mas todos demonstram ser fortes na arena. De 7-14 a disputa parece empatada, embora dê para perceber que os irmãos têm mais sincronia, os outros dois são bons individualmente, mas não se ajudavam muito. De 1-5 você "pressente" que um dos dois inimigos irá fazer algum movimento indigno que TALVEZ precise que você intervenha, neste último caso joga um d8 adicional para ver o nível de risco de interferência.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Dom Dez 09, 2018 11:35 pm

    Nadhull Não aceita as provocações, está muito afim de ver a mestra branca lutando e aprender com o que vai ver e prossegue o rito acompanhando os lutadores para fora e se posiciona na arena como instruído por Tinafe e assume uma postura de neutralidade embora vá favorecer a sua mestra da melhor maneira que puder.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Seg Dez 10, 2018 9:06 am

    off:
    Agora que vi que coloquei "vou jogar", podia ter simplificado, mas o tópico estava ficando grande e eu não queria demorar mais. Bom, estava pensando em colocar na área off da Biblioteca da Sagrada Montanha mais informações sobre lutas en arena e en expori para futuras consultas, mas acabei deixando pela metade quanto fiz o outro tópico, você acha que seria interessante fazer um a parte para este funcionamento da arena agora que já está na metade da luta ou não precisa já que coloquei uma ideia principal de como rola?

    Era a primeira vez que Nadhull assumia posição de juiz numa disputa en arena, e percebia que era mais difícil por dentro do que quem vê de fora. Sentia verdadeiras "puxadas" na sua energia. Enquanto os lutadores se beneficiavam, recebendo energia extra e praticando magia com mais facilidade, os juízes se enfraqueciam. Tinafe não tinha sido aceita como segunda juíza, já que a outra dupla também lutaria com um juiz apenas, sendo assim Nadhull deixa a energia fluir de forma neutra, embora sinta o desprendimento de energia branca com mais força. Isto podia ser por vários fatores: Niréia estava mais perto na arena, ou ela estava puxando mais energia só porque sabia que podia, ou Níron aproveitava a energia do outro juiz que provavelmente tinha mais energia negra, ou era uma técnica dela usar mais energia no começo e os outros resolveram deixar mais pro final ou simplesmente era o fluxo da arena agindo como queria, isto Nadhull só saberia depois da luta, perguntando para alguém com mais experiência.

    Depois do primeiro golpe, o mago verde revida: com dois gestos rápido com as pernas, ele consegue fazer um bloco de terra de quase um metro se desprender do solo e voar em direção a Níron. Níron ao invés de desviar, usa a magia negra para se defender do impacto, pois o cara consegue acertá-lo. Sem a magia, ele certamente teria caído, mas ela deve, além de ter anestesiado o local, fortalecido o corpo dele. Depois da luta ele certamente ia ficar dolorido, ainda que menos que um quieto ficaria.

    Simultaneamente o mago negro, protegido por uma manto de fumaça, ataca Níron por trás. Não era surpresa que os dois atacassem Níron primeiro, já nos primeiros movimentos se percebia que Níron e o mago verde eram a força ofensiva, enquanto Niréia e o mago negro eram as forças defensivas.

    Neste mesmo momento Niréia também faz seu primeiro movimento, tão sutil que quem estava fora da arena provavelmente nem percebeu, talvez até os dois oponentes não tenham percebido: ela irradia a energia da luz, fazendo com que o vulto do mago que estava oculto para fumaça de mana negra ficasse visível para Níron. Aqui a sincronia dos irmãos se mostra, pois num gesto rápido com a espada ele faz uma esquiva que obviamente o guerreiro de Ades não esperava e o acerta no peito. Se não estivesse com armadura, poderia ser um golpe fatal.

    Níron dá um grito, como a sinalizar algum tipo de "ponto" ou coisa que o valha, mas outra coisa que fica claro logo no começo é que ninguém dá a mínima. Os oponentes não pareciam estar afim de lutar esportivamente. Ainda que não fosse inesperado, Nadhull sente um pouco de ódio por isto, já quase querendo intervir. Uma onda de energia negra é desprendida, e Níron é capaz de usá-la para banhar sua espada na magia e num segundo golpe fazer o cara voar para trás, além do dano da arma. Percebendo a oscilada de Nadhull, Níron rapidamente fala a ele:

    - Mantenha foco.

    Ainda que a energia negra tenha beneficiado o irmão, Nadhull volta se concentrar para que sua raiva não atrapalhe Niréia (a raiva poderia bloquear a energia branca que ele emitia).

    O mago verde ataca Níron com golpes rápidos das adagas. Nadhull defende a maioria, mas não todos, como estavam concentrados nas armas, nenhum dos dois consegue encaixar uma magia junto, mas o mago verde se aproveita da sua agilidade para ganhar vantagem.

    Niréia avança em defesa, ela levanta a mão em que usava a manopla até a altura dos olhos do oponente e estrala os dedos sucessivamente, gerando fagulhas de luz que obrigam ele se afastar para proteger os olhos da luz.

    Ao invés de contra-atacar, Níron faz um gesto de lado com a espada, na direção da irmã. Embora não fosse um golpe de ataque, obviamente, aquilo confunde as pessoas que assistiam. Niréia passa as pontas dos dedos protegidos pela garra da manopla na lâmina, que brilha levemente, mostrando ter sido infundida com magia branca. O outro mago negro tinha enquanto isto envolvido Níron com a própria energia num movimento que Nadhull percebe ser uma tentativa de obliteração (obliteração é uma magia com objetivo de criar um ambiente que impeça outro mago de usar a magia), mas a magia dele bloqueia a magia negra de Níron, não a branca de Niréia, com isto Níron atinge o híbrido no braço, causando dor aumentada pela magia.

    Ele dá outros comandos de "ponto", mas todos continuam ignorando, sem parar a luta (numa disputa mais "esportiva" eles deveriam no mínimo se afastar, para que nenhum oponente matasse outro "sem querer", o que poderia invalidar as regras e, na melhor das hipóteses permitir os juízes intervir, na pior apenas invalidar os prêmios apostados, mas aí o perdedor já teria matado os outros e perderia só a honra, o que parece não importar muito para os oponentes. Níron e Niréia poderiam ter aproveitado algumas brechas das defesas e desferido golpes mais fortes, mas estavam tentando não invalidar a arena).

    O mago negro se volta então contra Niréia, enquanto o verde disputa com Níron. O guerreiro de Ades tentava obliterar Niréia, mas Nadhull percebe uma técnica notável dos irmãos: Níron envolvia Niréia com uma aura negra, Niréia fazia o mesmo com ele com uma aura branca.

    As duplas estavam tecnicamente empatadas, mas parecia claro que os oponentes iriam praticar alguma trapaça. Jogue 1d6 para saber qual:

    1 -
    Spoiler:
    Niréia usa um forte ataque com rajada de vento, fazendo o mago negro sair na área da arena. Quem é posto para fora, não pode voltar, mas ele se levanta e vai em direção à arena novamente. Nadhull pode largar o posto e impedi-lo (pois novamente se nota que as pessoas que estavam só assistindo pareciam não importar com as regras) ou pode manter-se firme na posição. Os irmãos ficarão em vantagem nos dois casos, se ele sair, perdem o suporte, mas lutam dois contra um, se ficar, o outro mago sofrerá dois golpes da própria arena, um ao ser lançado fora por Niréia, outro mais forte ao entrar na arena novamente, assim mesmo trapaceando, ele terá se poder reduzido em metade ou mais, e os irmãos lutam contra um e meio, sem perder o suporte.
    2 -
    Spoiler:
    Os irmãos continuam dando golpes que podiam ser fatais, mas se contêm, enquanto os outros dão golpes considerados baixos para uma arena que não é até a morte, ignorando os comandos de Níron. Embora a maioria dos de fora continuem ignorando totalmente, um dos demônios que torcia para os irmãos (aquele que propôs participar pelo dinheiro) começa reclamar também. Nadhull pode partir para a luta, mostrando que a arena já não estava valendo. Neste caso poderia partir para cima dos outros com a espada ou evocando alguma magia (rola 2d10 para físico, 1d12 para magia). Neste caso o outro juiz também fica livre para entrar na luta. As pessoas de fora vão ter um pouco de medo de entrar também, pois qualquer um que entre na área sofrerá um dano da própria magia da arena, mas é certo que depois de um tempo começarão fazer isto é vai virar uma grande briga de bar. Por um lado os irmãos ainda têm a vantagem na arena, por outro o número de pessoas de fora contra é maior que os a favor.
    3 -
    Spoiler:
    O oponente tenta sufocar Niréia plasmando uma massa de magia negra no rosto dela, ela faz um gesto com os braços como se fosse desistir (até aí é tudo legal) mas ele avança e a acerta, cortando sua coxa. Niréia parecia esperar esta trapaça, e embora não consiga evitar todo o golpe, o toca no pescoço emitindo um choque de magia. Ela fala para ele ficar no chão, pois o golpe dela foi mais forte, mas novamente ele recusa, então os irmãos pedem aos juízes anulação da arena. Nadhull pode apenas dizer que anula, continuando no suporte, mas com isto os irmãos podem matar os outros sem pena, ou pode largar o posto de juiz e ir para cima do mago negro.
    4 -
    Spoiler:
    Embora as duas duplas estivessem meio empatadas, Niréia e o mago negro visivelmente se cansam mais rápido. Ela propõe uma saída, o outro baixa armas como se aceitasse (a luta continuaria entre Níron e o mago verde) mas perto da borda da arena o mago a empurra para fora, trapaceando primeiro em encostá-la depois dela ter pedido pausa técnica, depois em não sair. Niréia sofre uma perda de energia ao ser jogada fora da arena, e sofreria um dano maior, causado pela própria energia densa da arena, se voltar. Nadhull pode neste caso ou cancelar a arena, podendo partir para cima do outro mago e isto também permitiria Níron atacar pra matar, ou pode propor Niréia trocar de lugar, ela ficaria no chão como juíza, mesmo um pouco enfraquecida, e ele lotaria ao lado de Níron.
    5 -
    Spoiler:
    Níron acerta o mago verde várias vezes, mas a magia da terra é como um campo de força, e ele causa pouco dano; já o outro acerta só três golpes com dano total, e Níron cai. Não era nocaute, mas Níron propõe desistência, ajoelhando. Neste caso ele não poderia sair do lugar, ficando só de suporte mágico, Niréia teria de lutar uma contra dois, estaria em desvantagem, mas os oponentes também tinham se cansado. Apesar disto o mago ainda ataca Níron no chão. Nadhull pode considerar a arena cancelada pela quebra clara das regras (a partir daí valeria tudo) ou pode propor Níron de trocar de lugar, ele lutaria ao lado de Niréia e Níron passa ser juiz.
    6 -
    Spoiler:
    Níron e Niréia continuam lutando segundo as regras, usando mais magia que ataque corpo-a-corpo. Estão em pequena vantagem, e teriam neutralizado os outros se estivessem disputando como vale-tudo. O oponente negro tentava usar toda sorte de ilusões com magia negra, mas a magia branca de Niréia o anulava completamente. Os oponentes só se preocupavam em atacar, enquanto os irmãos se protegiam mutuamente. Nadhull porém percebe que o mago negro, que já não estava lutando totalmente honesto, perde de vez a paciência e além de atacá-la com uma onda de magia negra, que ela defende sem problema, tenta esfaqueá-la na virilha. Niréia estava praticamente desarmada, consegue esquivar-se e pede anulação da arena. O mago continua dando golpes baixos, ela consegue evocar um raio de magia, mas estava em desvantagem por ter que desviar dos golpes baixos. Níron para de se conter por causa das regras, mas tinha que acabar com o outro mago, o que faz em cinco movimentos, mas durante isto não pode ajudar a irmã. Nadhull deixa o posto de juiz, pega a espada que estava no chão e parte para cima. Joga 2d10, se sair menos que a destreza (11) interceptou o golpe do mago, se sair mais você protege a Niréia mas leva o dano do golpe. Tecnicamente os irmãos já ganharam a disputa, mas agora tem de lutar pois os maus perdedores vão tentar causar o máximo de dano possível.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Seg Dez 10, 2018 2:25 pm

    Nadhull está estasiado com o que vê, ele tem uma verdadeira aula sobre fluxo de energia, tática de ataque e defesa, exemplos de como alterar as condições adversas de um campo de batalha e o mais importante, a diferença entre lutar com honra e com trapaça, algumas vezes ele troca olhares com Tinafe, com Níreia e com Níron e observa como todos estão focados e mantem seu foco em alta concentração e entende aos pouco as grandes vantagens de ter a magia negra e branca concentrada em si ao mesmo tempo e o quanto era importante sabe controla-las e canaliza-las nos momentos cetos e nas medidas certas e não imaginava o quanto seria importante essas suas observações logo, logo.

    Níron acerta o mago verde várias vezes, mas a magia da terra é como um campo de força, e ele causa pouco dano; já o outro acerta só três golpes com dano total, e Níron cai. Não era nocaute, mas Níron propõe desistência, ajoelhando. Neste caso ele não poderia sair do lugar, ficando só de suporte mágico, Niréia teria de lutar uma contra dois, estaria em desvantagem, mas os oponentes também tinham se cansado. Apesar disto o mago ainda ataca Níron no chão. Nadhull poderia considerar a arena cancelada pela quebra clara das regras, mas pensa melhor e propõe a Níron de trocar de lugar, ele lutaria ao lado de Niréia e Níron passaria a ser juiz. E fica aguardando a sua resposta.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Sex Dez 14, 2018 6:13 am

    Fora da arena o bicho pegava. Como a arena era ao ar livre (pois assim o solo tornava a arena mais potente) e, claro, faziam muito barulho, o público já tinha triplicado. A maioria apostava contra os irmãos e estavam vibrando pela aparente inferioridade na luta deles (se perdessem esta disputa seria difícil Niréia não ter que satisfazer sexualmente no mínimo uns três ali, Níron e Nadhull corriam o mesmo risco).

    Um dos poucos (além de Tinafe, claro) que torcia para os irmãos era um gifar. Os gifar (pode-se pronunciar gifar, guifar, gefar, guefari, guifari ou até quefari dependendo do local e dialeto) são uma raça de demônios, algumas de suas características são a altura (no mínimo 1,90 este tinha uns 1,97) a pele vermelha, o rabo musculoso embora não preênsil.

    - Seu druzu dos infernos! Não me importa se você vai ganhar ou perder esta arena. Seus títulos serão meus, ainda que tenhamos de ter outra arena depois. De mim você não escapa.

    Quando a arena revelou que Niréia era uma maga branca, muitos ali a odiaram automaticamente, e invadiriam a arena se, em primeiro lugar invadir uma arena mágica não fosse uma estupidez por si mesmo, e em segundo lugar Tinafe estava convencendo as pessoas não fazerem este tipo de idiotice. Ainda assim pelo menos um dos demônios tinha apostado nos irmãos, pois mesmo odiando magos brancos, o demônio imaginava que Niréia levaria vantagem, e estava roendo as unhas por eles não estarem com um desempenho tão bom como o esperado.

    Mas fora gritos de ameaça como do gifar contra o cara de Ades, que não tinham como ser ignorados, quem estava dentro da arena não podia se dar o luxo de prestar atenção em muita coisa de fora.

    Quando Nadhull sai de seu posto de juiz, o fluxo da arena se desestabiliza, ao tirar as mãos do chão ele sente um enjoo, por sorte isto não dura mais que três, quatro segundos. Por sorte também o mago verde não era tão burro para ajudar o mago negro de dois contra três, e mesmo sendo o mais disposto a vencer por qualquer meio, o mago negro para de atacar quando o juiz intervem.

    Porém ele não estava nem um pouco disposto a desistir, sabia que poderia continuar aproveitando a vantagem de mana da arena mesmo se Nadhull a considerasse ilegal. O juiz do lado deles poderia intervir também, mas ainda se mantinha na posição de suporte, o que dava aos outros apenas uma pausa. Algumas pessoas do lado de fora começavam a colocar a mão na borda da arena, e recuavam ao sentir o rebote mágico, mas a intenção era ir sentindo quando ela se desestabilizaria de vez para permitir invasões.

    Ao invés de simplesmente propor o fim da arena, Nadhull propõe trocar de lugar com Níron, torcendo para isto ser uma estratégia legal no tipo de duelo. Por sorte era, embora fosse muito pouco usual. As pessoas em voltam gritavam cada vez mais alto "tigan konari", até a morte. Níron não parecia estar com a melhor cara do mundo, talvez ele tinha pensado em outra estratégia, mas aceita a proposta de Nadhull, comentando rapidamente ao passar por ele:

    - Esta arena já perdeu o propósito, portanto não precisa se segurar muito. O básico aqui é garantir que Niréia não esteja na sua frente quando você for fazer algo, pois na arena qualquer ataque sai mais forte, e a segunda coisa é não ficar na frente dela quando ela for fazer alguma coisa. De resto... (ele olha com desprezo na direção dos outros) ...pode usar a magia que quiser.

    Níron assume posição de juiz, o fluxo na arena volta se estabilizar, Niréia fala baixo:

    - Deixe as luzes comigo.

    Era um comando simples e claro para ele não usar magia branca, mesmo que alguém tivesse prestado atenção, não suspeitaria. Ela passa os dedos pela espada dele, como fez com o irmão, e ela também brilha levemente com a infusão de magia.

    Quando recomeçam, você sente toda a vantagem da mana negra bem densa na área da arena e começa com vantagem. O outro mago negro não sai tão bem (as técnicas brancas de Niréia são capazes de bloquear as dele). Se atacar o mago negro você acerta, seja lá como queira atacar e qual tipo de estrago queira fazer, depois sobrará só o outro para vocês dois. Por outro lado, atacando o mago verde, que está se mostrando mais forte na luta que o amigo dele, você também tem vantagem (cerca de 70% de chance de acerto) e com isto deixa o mais fraco para Niréia, que defende mais do que ataca. As duas estratégias são favoráveis.

    Como de qualquer forma o primeiro ataque sairá bem, pode escolher aproveitar o fluxo da arena para um ataque com mais técnica, usando mais a destreza, evocando uma magia mais "cirurgicamente" direcionada (2d10) ou pode optar por um golpe mais "rústico", queimando a mana que tiver na frente, sem muita precisão, podendo até tentar acertar os dois ao mesmo tempo (1d12).

    Mesmo se o segundo resultado não for muito bom, isto só enfraquece seu ataque porque estará tentando controlar-se para não usar a magia branca, mas o ataque será bom de qualquer forma. Só descreva como imagina canalizar esta magia negra (ondas, usando a espada para ajudar direcionar, fazendo a mana adensar para "grudar" no corpo do adversário, criando uma aura de mana negra em volta para fazê-la "queimar", usando um golpe físico (soco, chute, espada) com tentativa de infundir a mana negra direto no corpo do outro (como é íncubo pode atacar até com o rabo, claro que vou zoar depois, mas funciona), imaginando a mana em volta se tornando sólida (como espetos ou algo assim) ou o que sua criatividade achar que pode funcionar (talvez não funcione da forma que pensar, mas alguma coisa sai)
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Qua Dez 19, 2018 1:02 am

    Nadhull sente a arena carregada de mana negra, e está extremamente favorável devido aos bloqueios de magia branca que Niréia tem sobre o mago negro e o incubo conhece as energias circulantes da arena pois à pouco era árbitro e decide usar esse conhecimento e momento favorável antes que a maré mude, pois a luta e a plateia estava saindo de controle e com isto a integridade física de todos também está por um fio.

    Nos segundo que antecederam as suas movimentações, sua mente testou todas as variáveis e decidiu pela classe e precisão, juntos os punhos friccionando-os, podia sentir a energia negra circulando de forma monstruosa que dava uma pequena câimbra ao passar de um pulso para o outro se alto potencializando, até que em um pico energético, mantendo os pulsos unidos, espalma as mãos em 180 graus e abre um cone sobre o mago verde, vertendo uma energia poderosa e concentrada nele, o mago verde, que é pego de surpresa pelo ataque a distância.

    Após o ataque, Nadhull respira fundo, relaxa e sente a inversão de polaridade na atmosfera ao redor, na pele e nos pés, e a mana negra, apesar da quantidade imensa ejetada, já fluía normalmente por seu corpo como se não tivesse saído do mesmo, apesar da quantidade enorme emitida, igual intensidade refluíra de volta . Neste momento entendeu perfeitamente o que significava energia alimentada pelo movimento.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1334
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Dom Dez 23, 2018 7:56 pm

    off:
    ...decidiu pela classe e precisão... e rolou d12 Buscando a mestra branca (Nadhull) 1f926
    pelo menos funcionou.

    O mago verde estava dando mais trabalho, e Nadhull resolve não dar moleza, atacando com quase tudo que tinha, segurando-se pouco para o caso de precisar de um último recurso depois. A arena se mostra promissora, e ele consegue um ataque com energia extremamente densa, tanto que a mana chega a solidificar como uma pedra. O mago novamente usa um contra-ataque em forma de campo de força, mas ele não estava esperando receber o impacto de uma pedrada no peito (como tinha feito antes com Níron) e cambaleia até a borda da arena, perdendo qualquer vantagem que ainda tivesse. Com mais uma voadora (pois Nadhull já estava cansado de perder tempo) ele é tirado da arena.

    O mago negro, vendo que Niréia anulava a maioria de suas ilusões e mágicas de atordoamento, fora ter bloqueio contra efeitos psíquicos, canaliza sua magia para a arma, e ataca diretamente. Se conseguisse tirar pelo menos ela da jogada, lutaria com alguém de seu mesmo elemento, e aí saberia o que fazer.

    Para assombro da geral, ela consegue criar um campo de força em volta de sua manopla, e o ataque dele é rebatido pela magia dela. Ninguém esperava que magia branca tivesse este tipo de defesa (nem Nadhull). Aproveitando o impacto ela o segura pelo braço, dando um choque que o põe de joelho. Níron e o outro juiz se levantam, anunciando o fim do duelo.

    O guerreiro de Ades ainda tenta se levantar, mas Niréia o empurra com a bota. Para coroar sua humilhação ela o segura pelo pescoço com sua manopla em forma de garra.

    - Seu sangue híbrido vai aprender uma última lição agora!

    Sua mão se ilumina novamente, demonstrando a concentração de mana nos dedos, o bastardo grita e cai.

    Nadhull pensou que ela o tinha matado, mas ele ainda gemia. Não entende muito bem este último movimento dela, mas percebe alguns sorrisos sádicos em Níron, Tinafe e outros (como o gifar que estava doido para participar também) que indicam que aquilo devia ter algum sentido.

    Alguns demônios ainda olhavam Niréia com ódio, não toleravam uma bruxa branca, mas ninguém era estúpido bastante para atacar primeiro.

    O demônio gifar (aquele enorme), apesar de gostar de ver Niréia derrotando o outro cara, fica um tanto chateado por ver parte do prêmio escapar e reclama/ameaça com Níron:

    - Ganhou os títulos dele, mas eu ainda estou disposto a lutar por eles.

    Aquilo parecia talvez pessoal, e fazia pensar que diabos de títulos eram aqueles. Por sorte Níron só queria o dinheiro:

    - Você os quer? Pois cobre dele quando ele conseguir levantar. A menos que o íncubo aí queira lutar por eles.

    Nadhull nem tinha ideia de o que ou quanto significava aqueles títulos que Níron estava abrindo mão, e provavelmente nem Níron sabia, mas parecia não só não importar como até ficar satisfeito por não os reivindicar. Nadhull percebe que ele nem questiona a irmã se ela tem algum interesse. Mas a abstenção de Níron já deixa o gifar com um sorriso no rosto, olhando para Nadhull vendo se ele reclamaria.

    Para animar (ou esfriar, dependendo de como se veja) ainda mais os ânimos, Níron já dispõe de duas das moedas de ouro, anunciando:

    - Que tão um pouco de cerveja de graça?

    Aquilo deixa a maioria feliz. Se contentassem com a bebida mais barata daria para pagar duas rodadas pra geral, de qualquer forma Níron já deixa mais uma moeda de prontidão.

    - Nada mal... Temos 12 kons de ouro por um pouco de diversão. - Olha para Nadhull. - Alguma ideia para gastar?

    Niréia comenta:

    - Me pague um licor e deixe esta corja beber. Para mim isto aqui já deu.

    Ela toma o licor e, Níron faz mais um ou outro gracejo para o "público", e caso Nadhull não tenha mais nenhuma ideia para o fim de noite, os irmãos deixam aquela parte da cidade junto com os dois demônios. O gifar ainda comenta se Níron não tem interesse em festejar com alguns "amigos" que ficariam satisfeitos de saber da vitória. Ele comenta que "talvez depois". O gifar disse que ficaria de olho caso tivessem nova oportunidade. Fica meio dúbio se era um sinal de camaradagem mesmo ou alguma ameaça velada, mas por enquanto isto não importava.

    Niréia volta a perguntar se vocês tinham algum plano de estudo ou se decidiriam depois.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5163
    Reputação : 121
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Dom Dez 23, 2018 8:31 pm

    Nadhull fica admirado com as ações da mestra branca e satisfeito com o resultado que alcançara e fica acompanhando os mestres, pois era o único dos quatro que era aprendiz e quando perguntado sobre algum plano de estudo, ele diz: - Aprendi muito a observando na arena, nem sabia que dava para fazer uma defesa tão foda como aquela da manopla e si puder me explicar como faz e criticar minha participação na arena, por hoje já estava de bom tamanho, no mas vamos comemorar, beber e dançar... A noite é uma criança e eu estou empolgado. E olha para os mestres esperando uma resposta.
    Conteúdo patrocinado


    Buscando a mestra branca (Nadhull) Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Nov 17, 2019 5:28 am