Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1329
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Seg Dez 24, 2018 12:03 am

    - Você acha que o segredo está na manopla? Quase fico ofendida agora!

    - Ãn? Não! Não foi isto que eu disse, não a manopla, eu quis dizer...

    Niréia ri da situação embaraçosa em que o íncubo se pôs, o remendo ficaria pior que o rasgo.

    - Eu quis dizer que o movimento foi impressionante, deve exigir muita energia, e adoraria aprender algo parecido.

    - De fato exige, por isto é algo que praticamente só é possível ser feito num ambiente propício, como uma arena.

    - É um feitiço com ondas de mana?

    - Não é um simples feitiço de ondas, eu adenso a mana para solidificar a luz.

    - Mas é impossível solidificar a luz!

    - Não a luz mágica.

    - Ainda assim, a mana branca não se torna ineficiente na forma densa?

    - Mais difícil de manipular, bem diferente da negra. Mas não impossível. Apanhei muito de Níron até aprender uma técnica similar a que ele usava contra mim.

    Como Nadhull não fala nada do dinheiro, Níron divide as moedas só entre ele e a irmã, Tinafe dispensa estender a noite.

    - Não tenho esta empolgação toda, não estava me beneficiando da energia da arena. Melhor ir procurar o outro neófito. Irá no Templo de Piro amanhã para darmos prosseguimento aos treinos deles, maga?

    - Pode ser, bruxa.

    Assim ela parte. Níron pragueja ao atravessar a ponte.

    - Não era para termos problemas na Necrópole hoje!

    - Sempre arriscamos ter problemas ao ir na Necrópole.

    - Mas não era o que planejamos.

    - Pelo menos tudo terminou favorável.

    - Não foi assim tão fácil. Se aqueles dois não fossem tão idiotas, havia possibilidade de ganharem.

    - Mas sempre ganhamos, porque eles sempre são idiotas.

    Os dois ainda resmungam por um tempo. Planejam evitar a Necrópole por um tempo. A dinâmica deles parecia mais estranha depois de vista de perto.

    Por fim Niréia diz a Nadhull que também não estava suficientemente animada para esticar a noite. Pagaria o último copo para ambos, para comemorar o sucesso na arena, mas já não estava com energia para ficar dançando.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5086
    Reputação : 117
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Sex Dez 28, 2018 9:55 pm

    Nadhull fica um tanto desorientado com o jogo de palavras que Niréia faz com as suas palavras e tenta se justificar, mas não recebe condescendência da parte dos mestre e as explicações são superficiais mas interessantes para ele que acha tudo novidade e os dois irmãos nem perguntam se ele quer dividir o dinheiro e já dividem entre eles sem cerimônia e apesar de Nadhull não se preocupar muito com dinheiro, fica ofendido em não ter sido consultado, afinal tivera uma participação significativa e fora bastante leal com seus mestres.

    Logo Tinafe se retira e Nadhull protesta sobre ela deixa-lo ali sozinho com os estranhos irmãos, mas ela marca no templo para encontrarem-se no dia seguinte e a mestra branca também se despede logo, pagando uma última rodada de bebidas e dispensa a sua companhia para a dança como ele planejara anteriormente com ela e o incubo se senti um lixo em relação aos seus mestres e cabisbaixo confirma com Niréia se a encontrará no templo no dia seguinte para continuar com o treinamento e vai para o seu frio quarto no templo remoer sua decepção com aquela noite.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1329
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Sab Dez 29, 2018 3:36 pm

    Nadhull reclama com Tinafe por deixá-lo, ela diz simplesmente:

    - Não era EU quem estava recebendo energia extra da Arena.

    Com a recusa de Niréia também, só lhe resta recolher-se com raiva dos humanos. Não era a primeira vez que era obrigado engolir sapos, ainda não podia falar nada, pois ainda precisaria da ajuda deles futuramente.

    Ele rola um tempo na cama, até ouvir o toque do didgeridoo do templo. Ele se levanta ainda com mais mau-humor. Será possível que já era de manhã?

    O céu ainda estava escuro, e ele se pergunta por que diabos alguém teria feito uma chamado àquela hora. O templo fazia sempre três chamados por dia, mas aquele era o quarto. Vendo Hélius Blua já insignificante no céu ele percebe que estavam no começo da primavera. Era isto, hoje era dia 1 de Sereia e estavam anunciando a troca da porcaria da estação.

    Por um tempo, seria a última noite que veria Hélius Blua, ou a veria apenas como mais uma estrela distante, e não a segunda estrela mais importante de Akaŝa. Isto significava noites ainda mais frias e escuras na cidade.

    Sem vontade e nem capacidade de dormir ele acaba indo andar. O pátio do templo era o único lugar com movimento. Os gemidos e choros dos doentes não paravam.

    Nadhull pega uma caneca de taúna com um qualquer que estava ali no pátio verificando os doentes. Algo muito inteligente tomar uma bebida energética quando se pensa em dormir. Ou não.

    Fora do pátio a cidade estava quieta (embora Dafodil nunca dormia de verdade, só se fazia de morta). Seus olhos se adaptam à escuridão, algo que humanos não conseguiam fazer. Nadhull percebe que não é o único, longe da luz de Hélius Flava, percebia muitos demônios andando pelas ruas e telhados, enquanto os humanos se trancavam nas suas cabanas, provavelmente rezando para não serem atacados.

    Os demônios se moviam silenciosamente (a maior parte, alguns não faziam questão), mas ironicamente, com a cidade quieta, Nadhull conseguia perceber ainda mais facilmente a presença de outros demônios. Muitos olhavam a cidade dos telhados, e parecia haver um contrato natural de que a maioria se mantinha a certa distância dos demais, assim a cidade continuava parecendo deserta. Pontos estratégicos como o porto e alguns quarteis eram exceção. Um grupo de soldados da Corte dos Milagres patrulhavam duas ruas acima, ou outro do Yüksek Kan patrulhava cinco ruas à esquerda.

    Um casal não muito inteligente (e talvez chapados) de humanos transava num beco escuro, sem imaginarem que eram observados por uma demônio que provavelmente estava prestes a vampiriza-los*.

    *Obs.: O conceito de "vampiro" no cenário é bem diferente do tradicional, embora muitos ainda gostem de se alimentar de sangue, mas tem vários demônios, dos mais medíocres a alguns bem fortes, que são considerados vampiros, e eles não tem nem as mesmas fraquezas nem as mesmas forças. Isto ainda não é muito importante.

    Nadhull estava numa parte perto do rio, mas não perto do porto, era uma área bem silenciosa da cidade, uma das muitas favelas.

    O céu fica ainda mais escuro, ele olha para cima, Psikê, a lua vermelha, estava sofrendo um eclipse, e mesmo com sua visão demoníaca, Nadhull sente um pouco de dificuldade de enxergar.

    *Obs: com duas estrelas principais e duas luas, Akaŝa tem muito mais eclipses do que temos aqui na Terra, não é algo tipo todo mês, mas tem pelo menos uns oito entre parciais e totais no ano.

    Ele para numa esquina ao perceber que outro demônio estava andando por aquele lugar. O outro demônio parece demorar mais do que Nadhull para perceber outra presença e então para também, a poucos metros de distância, talvez também esperando que sua visão se adapte. Depois de alguns segundos ele parece enfim ver o vulto de Nadhull.

    - Mm, alguém que não é destes lados. - Sua voz é baixa, mas sabem que não precisam mais que isto para serem ouvidos. - Caçando ou apenas curioso?

    Nadhull não percebe nada de extraordinário no tom de voz do outro. Talvez fosse só alguém que estava de bobeira e não representasse perigo. Dava só para saber que era um macho, de altura aproximada a de Nadhull, talvez outro íncubo, mas não tinha certeza.

    Naquele momento, Nadhull percebe outras três presenças próximas: uma súcubo próxima à água, um diabo num telhado a duas ruas abaixo e outro diabo ou diaba de menor importância num beco na rua debaixo. Apesar de conseguir intuir estas presenças sem se importar com o "como", elas pareciam soltas, sem ligações uma com as outras.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5086
    Reputação : 117
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Qua Jan 16, 2019 11:25 pm

    Nadhull se retira frustado e chateado com os humanos, mas precisa se controlar para não atrapalhar o fluxo da sua mana e se dirige para o seu alojamento no templo. Mesmo tentando, não consegue dormir, pois não relaxa e logo ouve o toque (que deferia ser o) matinal do templo e fica confuso pois não parece ter passado tanto tempo. Ele se levanta e o tempo está escuro ainda, Hélius Blua está minguando e por algum tempo se despedira dos habitantes da cidade e do continente.

    Começa a perambular pelas vielas em volta do templo até que se aproxima do rio, mas não estava perto do porto e percebe que a lua chamada Psikê está em eclipse e entende porque mesmo com sua visão demoníaca, estava achando as coisas tão escuras... Seus sentidos, agora com a cidade tão quieta, conseguem sentir a localização dos demônios ao seu redor, e a favela mergulha em um silêncio que só é quebrado pela própria respiração do incubo.

    Ao chegar em uma esquina, ele percebe outro demônio andar no lugar e ele percebe primeiro que o outro perceba também. O outro ser também o percebe logo depois e para a alguns metros e ambos ficam se observando, esperando que a visão se foque melhor, dando um tempo para que isso acontece ao se adaptar ao foco. Quando este tempo é suficiente para que o outro veja o seu vulto, ele fala com uma voz baixa e calma e murmura algo acerca de que Nadhull não é daqueles lados e pergunta: - Caçando ou apenas curioso? Nadhull não percebe nenhuma vibração negativa ou hostil na sua fala e o jovem demônio percebe que seu interlocutor é um macho, mais ou menos da sua altura, mas não dá para precisar a sua sub-raça.

    Neste momento Nadhull sente outras três presenças muito próximas, uma súcubo próxima à água, um diabo em um telhado, a poucos quarteiros abaixo e outro ser demoníaco de menor importância e um beco próximo, bem na rua de baixo. Nadhull não sabe como está detectando com tanta precisão essa coisas e localizações, mas entende que todas essas presenças estão soltas e sem um nexo entre si e olha para o demônio a sua frente e diz: - Apenas relaxando e pensando e você? Está a caça ou à toa como eu?
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1329
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Sab Jan 19, 2019 1:35 pm

    off escreveu:Fiz uma edição, pois, se não me engano, foi rolado vitalidade antes e Nadhull estava com EXCESSO de energia, e não cansado. É por isto que você NÃO conseguia dormir, mesmo antes do toque do templo. Os gêmeos também puxaram energia da arena, mas ao contrário deles, você puxou e quase não gastou, portanto eles se cansaram, você não. Tinafe já tava só o pó da gaita antes, e ela não participou da arena. Então repetindo do Discord: você está até com a pulsação acelerada, pois além de já estar energizado ainda tomou taúna.
    Aproveitei também para separar à toa, pois atoa é a mulher do ateu, hehe. RPG também é cultura!

    - Apenas relaxando e pensando e você? Está a caça ou à toa como eu?

    O outro rosna por uns dois segundos, aquilo já irrita Nadhull. Tecnicamente ainda não era necessariamente um sinal claro de hostilidade, pois demônios tinham reflexos de rosnar por qualquer incômodo, assim como íncubos e súcubos muitas vezes falavam de forma sensual mesmo quando não estavam tentando usar sedução.

    - Digamos que EU estou no meu campo de caça original, e que não é um lugar com muitas presas para dois caçadores...

    Nadhull percebe ele se alongando sutilmente, uma forma defensiva de deixar o corpo pronto caso precisar. Ambos se movem devagar e observam os arredores. Enquanto o outro estivesse agindo defensivamente, Nadhull sabia que ele ia esperar que Nadhull atacasse primeiro, para contra-atacar.

    R.Oc. - Nadhull não percebe nada de muito importante nas casas ao redor, era uma parte pobre da cidade, sem iluminação e aparentemente, as pessoas que se trancavam nas cabanas esta hora não tinham muito a oferecer, a não ser talvez o próprio sangue ou a própria vida.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5086
    Reputação : 117
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Sab Jan 19, 2019 3:20 pm

    OFF:
    Foi mal, acho que não tenho muita experiência com o ócio kkkk. Muito boa a correção, me lembrei até da origem da expressão.

    Nadhull se irrita com o rosnado, mas se controla, o oponente estava visivelmente defendendo território, porém na defensiva.

    O incubo olha ao redor com expressão de nojo e com desdém diz: - Nada neste seu "reino" me interessa, pode se desarmar, estou apenas de passagem e disparecendo a mente, não quero problemas...
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1329
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Sab Jan 19, 2019 3:29 pm

    Com a resposta o outro se afasta um pouco, procurando algum lugar ainda mais escuro. Ficaria observando Nadhull por um tempo, era claro, mas a interação por enquanto acabava ali.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5086
    Reputação : 117
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Sab Jan 19, 2019 3:50 pm

    Nadhull observa o oponente recuar para as sombras e espera um pouco para sentir o ar no rosto. O cheiro não era dos melhores, mas estar ao ar livre era muito agradável e logo ele alça voo e vai para o teto do templo em uma das sua torres para observar melhor e fugir do cheiro que já o estava sufocando e o deixando nauseado.

    Ao chegar na torre se agacha prendendo os pés em cunha nas vigas e observa a movimentação da cidade e como cada um estava preso ao seu pequeno círculo de atenções e se pergunta porque recebera a dádiva daqueles poderes tão fortes e antagônicos, que traziam poder, mas junto também trazia responsabilidade. E fica um bom tempo pensando nestas coisas e só sai deste loop de ideias quando as tintas do amanhecer lhe chamam a atenção para a beleza destes pequenos caprichos da natureza.

    Neste momento se compara com o incubo que o confrontara a pouco tempo e como, há tão pouco tempo, não era tão diferente dele, alias era bem pior, pois não era livre, tanto por ser escravo, quanto por não ter o conhecimento que tem hoje e se convence que as pequenas humilhações que lhe são infligidas pelos seus mestres, são muito pequenas na proporção dos benefícios e crescimentos que seus novos poderes e aprendizados lhe trouxeram e logo irá para o templo se alimentar e procurar seus mestres para continuar a sua senda.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1329
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Qui Jan 24, 2019 10:57 pm

    (R.Oc.)

    Ao pousar na Torre do Alquimista, Nadhull se dá conta de como estava com a pulsação acelerada. Não dormira nada, mas não sentia falta, estava carregado de energia. Talvez estivesse até sobrecarregado.

    Como resposta, a magia em torno de si e do templo parece até tintilar como sinos, baixo, mas ele sente algo.

    Percebe também como estava de mau humor, e um pequeno enjoo no estômago o faz pensar que o mau humor pode ser fruto do excesso de mana negra, ou talvez o contrário.

    A noite estava relativamente fria, e uma neblina envolvia Dafodil. Não havia tanta umidade assim na cidade, portanto esta neblina devia ter causas mágicas envolvidas. Nadhull percebe que a neblina não chegava até o teto do templo, mas ficava flutuando na parte de baixo da cidade. A Torre do Alquimista era um dos pontos mais altos, olhando para o céu, estava relativamente claro, mas para baixo a cidade quase sumia. A parte da Necrópole era onde a neblina era mais densa, ela parecia até grudar nas folhas das árvores mais altas.

    O céu avermelha, e por fim a linha da alvorada desponta. A neblina fica laranjada por alguns segundos, antes de voltar a ficar branca. Apesar dela ser irritante de se sentir, acabava sendo bonita de ver.

    Nadhull pensa em seus dons tão antagônicos, e pensa como poderia aproveitar melhor a mana branca. Neste momento sente até um arrepio correr-lhe pela espinha, de baixo até o crânio. Também no mesmo instante sente os pés esquentando, e o teto da torre começa brilhar. Como o templo, a Torre do Alquimista também era feita de phosmanita, e ao contato com a magia, brilhava e esquentava.

    A reação rápida de rocha devia sinalizar a igualmente rápida mudança de vibração, de energia negra para branca que Nadhull faz internamente. Ele sente também uma rápida onda de bem-estar. Pensa que talvez tenha se irritado à toa com Niréia, pois possivelmente, se não provavelmente, ela só recusou sua companhia a noite por ter ficado muito cansada, ao contrário de Nadhull que ficou animado pela energia extra em seu corpo.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5086
    Reputação : 117
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Dom Jan 27, 2019 10:21 pm

    Nadhul fica satisfeito, com o balanço que faz entre o seu eu antigo e o ser de agora e se concentra no fluxo de energia que circula em si e a sensação de paz da mana branca lhe invade e começa a compreender os sentimentos e comportamentos dos seus mestres logo após a arena e volta ao templo para olhar as estátuas do seu deus e meditar sobre a sua nova condição e logo que visse algum dos seus mestres, iria continuar sua saga, mas antes, se colocou na fila para tomar a sopa que o templo logo começaria a distribuir.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1329
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Seg Jan 28, 2019 8:21 pm

    Nadhull observa que não tinha outros íncubos ou súcubos na fila da sopa, alguns diabos, híbridos, humanos... um ou outro parece o olhar com o mesmo tipo de pensamento. Racionalmente aquilo podia ser fácil de explicar pois íncubos e súcubos "puro-sangue" eram realmente uma minoria, mas talvez houvesse um pouco do preconceito de hierarquia que entre demônios costuma ser algo levado a sério.

    Aquilo porém não o preocupa muito. Ele não prestava muita atenção ao que outros diziam, mas alguém na fila comenta algo sobre anjos-negros, e instintivamente Nadhull prepara melhor as orelhas, e começa ouvir as fofocas.

    - Estou te falando cara, primeiro apareceu um centauro, depois um anjo-negro, algo está acontecendo.

    - Ah, centauros não são incomuns na corte!

    - Em Fajr-Regno, aqui em Dafodil quando vimos um? Só há muitos anos atrás! E o anjo caído?

    - Esta coisa de anjo caído não existe!

    - Deixa de ser bobo, faz dias que um passa no templo de tempo em tempo. Cara tá acontecendo algo.

    - Eu também vi! Ele tinha grandes asas negras, e nem se incomodava em mostrá-las!

    - Grande coisa. ASAS negras? Ele pelo menos era negão?

    - Não, é branco.

    - Então é só um anjo, vocês são umas toupeiras. Vão insistir que existe uma vampira branca também?

    - Cara, mas é verdade, tem anjos-negros em Akaŝa, uma raça de anjos que renegaram os céus, e a Zar-Arat-Kir também é real, dizem que ela é uma das protegidas da Anciã!

    - Se tal demônio existisse, seria mais provável que a Anciã fosse protegida dela, não o contrário.

    - E se for?

    - Cara, isto são lendas! Akaŝa já não é complicada demais com todas as tosquices que existem, vocês ainda acreditam em histórias de bardos bêbados? Meu avô já ouvia falar de histórias de uma vampira branca, mas ninguém nunca viu ela, será por quê?

    - Seu idiota, você acha que não está cheio de demônios que vivem uns bons séculos? Se as histórias são do tempo do seu avô ela pode ainda estar viva. Quantos anos você acha que a Anciã tem? Mais de duzentos com certeza, e não duvidaria se falassem que tem mais de quatrocentos!

    - Nenhum demônio pode ir aos planos celestes. Nem anjos podem ir aos planos infernais?

    - Se os anjos se tornarem almas malditas?

    - Mesmo assim deixariam de ser anjos.

    - Mas poderiam.

    - Nem sei porque estou discutindo com vocês. Intelectuais da mais baixa casta do Primeiro Círculo Infernal. Nem demônios puros vocês são e querem provar que estas lendas existem, mas a mana branca é veneno para demônios, assim como a negra é veneno para anjos. Ninguém pode mudar isto, é como rio que só corre para baixo.

    - Antes dos Grandes Assentamentos haviam rios que corriam para cima.

    - Ah, vai tomar no...

    - Galera, AINDA estamos em terra sagrada!

    - Vai tomar sopa, vai. E pensar na sua insignificante insignificância.

    - Dector Azendi! Evetor Azendi! - (A fé fortalece, a esperança fortalece, falado em Tareno, estes versículos eram muito repetidos no templo, quase sempre em Tareno, embora a intenção do cara na fila parecia ser debochar do outro cara na fila).

    Depois de tomar a sopa, Nadhull volta à Nave Sagrada do templo. Algumas pessoas passam aqui e ali, até que ele encontra mestre Fah.

    - Ah, mestre! Como é bom ver um rosto conhecido!

    - Ah, está querendo agradar! Meu rosto já não é tão jovem! Mas que a Espada do Poder esteja sobre nós!

    - Que a Espada do Poder esteja sobre nós! (pausa) Mestre, marquei de começar treinar com Niréia, minha mestra branca. Sabe me dizer se ela já está no templo?

    - Ela é ajrense? Pois só ajrenses marcam treinos tão cedo. A maioria dos mestres magos deve estar acordando agora e provavelmente os mais animados começarão só daqui uma hora, os menos animados só depois do almoço. Bem, eu estava indo à biblioteca, podemos falar lá, se quiser. Ou vai esperar aqui?

    off: vou fazer uns posts mais curtos por enquanto, pq estou vendo se outros jogadores se encontram.
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5086
    Reputação : 117
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Seg Jan 28, 2019 9:24 pm

    Nadhull se distrai ouvindo as conversas na fila da sopa e sorri ao ouvi a frase lapidar: - "Nem demônios puros vocês são e querem provar que estas lendas existem, mas a mana branca é veneno para demônios, assim como a negra é veneno para anjos. Ninguém pode mudar isto, é como rio que só corre para baixo." As pessoas não acreditariam que ele porta dentro de si, a mana branca e a mana negra e que está se disciplinando para usa-las de forma harmônica e sorri imaginando alguém sequer imaginando um incubo se disciplinando...

    A sopa estava saborosa, o jovem demônio apreciava as coisas simples logo cedo, coisas mais requintadas caiam melhor a noite e enquanto pensava sobre isto, vê um rosto conhecido, o rosto do mestre Fah e o cumprimenta e trocam saudações protocolares da ordem de seu deus e o mestre ao saber que ele espera por Niréia, diz que provavelmente ela demorará um pouco e oferece para que o acompanhe a biblioteca, mas deixa-o livre para esperar a sua mestra ali.

    Nadhull avalia o convite e diz: - Se podermos conversar na biblioteca de forma a beber no leito do rio da sua sabedoria eu lhe acompanho e pede aos guardas para se a Mestra Niréia aparecer avisar que o seu discípulo está na biblioteca com mestre Fah e o Incubo segue o mestre lhe contando as suas observações sobre o seu excedente energético desta noite e perguntando como fazer par melhor aproveita-lo e sorri com o bom do mestre ao explicar-lhe as suas dúvidas.
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1329
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Seg Jan 28, 2019 10:09 pm

    Konyang ouve, e fica um tempo pensativo. Um bom tempo por sinal.

    - Vocês, wanamki, podem armazenar altas quantidades de energia. Testes "en arena" também podem ser muito bons, pois a arena pode funcionar como para-raio, impedindo que vocês "estourem" a magia. Mas o que realmente me impressiona é o número de novos wanamki que estão brotando. Um é um evento. Dois são coincidência. Acima disto pode ser sinal de uma nova era.

    Nós já tivemos uma Era de Bruxos, há oitenta e...
    (calcula) ...três anos atrás. Mas nunca tivemos uma era de wanamki.

    Espero que possamos fazer o melhor por vocês, mas se estiver realmente havendo um despertar contínuo de wanamki, então temo que o futuro possa ser bem problemático, se não sombrio!
    Dycleal
    Semi-Deus
    Dycleal
    Semi-Deus

    Mensagens : 5086
    Reputação : 117
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Dycleal em Seg Jan 28, 2019 11:39 pm

    Nadhull ouve o mestre contabilizar os seus pares e ao sugerir mais que dois wanamki ele fica pensativo em quem seriam esses outros além dele e do anjo negro que vira na reunião e que era protegido da sua mestra negra e olhando para o mestre Fah pergunta: - Além de mim e do anjo negro, quem mais vocês descobriram? Posso conhece-los, afinal compartilhamos do mesmo potencial, portanto as soluções que um achar, servirão para os outros, não é, mestre?
    Leomar
    Mestre Jedi
    Leomar
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1329
    Reputação : 23
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png

    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Leomar em Ter Fev 05, 2019 12:08 pm

    - Não tenho certeza de todos os boatos, alguns mestres da Cour des Miracles querem encontrar com mestres da Cisne Branco e/ou da Atemense para tentarmos um sistema de "informações confiáveis cordialmente compartilhado" ou algo que se assemelhe a algo assim. Mas pelo menos uma humana, uma fêmea jovem, parece ser promissora. Sendo vocês dois também jovens, talvez estes eventos atuais tenha alguma ligação com a idade, mas é cedo para ter qualquer certeza. Temos apenas dúvidas.

    Fah procura alguns documentos, lê uma coisa aqui, outra ali, Nadhull também aproveita para dar uma olhada na biblioteca, a maioria dos livros ali estavam em Moloke e boa parte era sobre magia negra. Trocam ainda algumas ideias sobre estes possíveis wanamki, mas como dito, tudo era incerteza.

    Depois de um tempo, informam que Niréia se encontrava na Nave Sacratíssima.
    Conteúdo patrocinado


    Buscando a mestra branca (Nadhull) - Página 2 Empty Re: Buscando a mestra branca (Nadhull)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Nov 14, 2019 5:02 pm