Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    A Estação de Metro

    Nazamura
    Tecnocrata
    Nazamura
    Tecnocrata

    Mensagens : 426
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A Estação de Metro Empty A Estação de Metro

    Mensagem por Nazamura em Seg Nov 19, 2018 8:52 am

    Hirosaki Kawabushi


    -Voltem aqui muleques, gaaaarghh - era possível ouvir o grito do pai ao longe

    Hiroshi e Hirosaki andam conversando pelas ruas de Tokyo durante a madrugada até chegarem a uma bancada, quando se dão conta, já são quase 8h e são despertados por um policial

    - Vocês não podem ficar parados aqui não, vão pra escola - diz o policial que em seguida se vira para suas atividades rotineiras.

    E então se dão conta que vieram parar em frente a grande estação de metrô de Tokyo

     
     A Estação de Metro Hiroshi20Hiroshi Kawabushi
    - Olha, aquele ali não é o jogador de futebol da sua sala?
    aponta o irmão descaradamente na direção de Gin que acabava de chegar e estava indo tomar um café 



    Gin Ahara


    - Aqui está seu café senhor, são 330 yens - dizia a atendente

    As mensagens de whatsapp de Lana e Asami Taiga chegam no celular de Gin enquanto rapidamente no painel mostra o horário previsto para que o metrô de Lana chegue, ainda vai demorar um pouco.
    Não demora muito e Gin repara que tem alguém apontando o dedo pra ele.



    Svetlana Seifert

    Lana escreveu:- Pravda vítězí, Yeva.
    - Pravda vítězí, Lana - abraçou a irmãzinha e entrou na escola

    Lana chega a estação de metrô do seu distrito e pra variar ele estava mesmo lotado. A barra fria pra se sustentar em pé meio que ardia suas mãos depois do esforço de limpar a pichação em frente a sua casa sem luva de borracha. Em uma longa viagem de trem, onde todos pareciam mesmo estar mais preocupados com seus próprios smartphones, o que mais Lana tinha era tempo livre para pensar

    nenhuma mensagem havia chegado, mas no painel eletrônico dentro do metro, destacavam as noticias do dia envolvendo a família Taiga em um escândalo de corrupção.

    depois de um tempo, Lana chega a estação de Tokyo com uma coceira na garganta e o nariz querendo escorrer.

    Cena Tripla:
    @Guilix, @Mellorienna e @bcdomingues Não sei se ficou claro na montagem dessa cena, Hiroshi e Hirosaki estão na estação de Tokyo junto com Gin (ou observando ele). Lana está a caminho e logo chega. A escola fica algumas estações a frente então, suponho que logo os três entrem juntos no mesmo vagão. Agora a coordenação e a iniciativa de quem posta primeiro deixo com vocês, qualquer dúvida só acionar la no grupo do whats
    Guilix
    Cavaleiro Jedi
    Guilix
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 204
    Reputação : 15

    A Estação de Metro Empty Re: A Estação de Metro

    Mensagem por Guilix em Seg Nov 19, 2018 2:38 pm

    A Estação de Metro Hiroshi20
    — Olha, aquele ali não é o jogador de futebol da sua sala?
    aponta o irmão descaradamente na direção de Gin que acabava de chegar e estava indo tomar um café
    A Estação de Metro F112000d5d5263cb2b3216efc6f293e05ddabe4c_hq
    — É ele sim, maninho. Tô pensando em fazer uma parada pra matar a fome. Tomara que ele não atrapalhe a gente. Tá com algum dinheiro ai?

    A Estação de Metro Hiroshi20
    — Não, Saki-chan. Tô morrendo de fome também.
    A Estação de Metro F112000d5d5263cb2b3216efc6f293e05ddabe4c_hq
    — Mas que merda. Acho que o plano de hoje pode ser um clássico distrair, pegar e correr. Eu distraio, você pega e se tudo der certo nem vamos precisar correr.

    Depois de concordarem e decidirem os detalhes, Hirosaki e Hiroshi foram em direção a uma das lanchonetes com maior número de clientes que ficava no mesmo piso da região de embarque e desembarque dos metrôs. O irmão mais novo se esgueirou entre as pessoas e se aproximou da vitrine. Já o irmão mais velho, disfarçadamente se aproximou da parte lateral do quiosque e agachou para "amarrar o cadarço". Uma mão ele colocou sobre a estrutura do quiosque, a outra no chão. Depois de um instante de concentração, tudo começou a tremer em magnitude crescente.

    O plano é distrair as pessoas com o terremoto e quebrar a vitrine da lanchonete, assim, Hiroshi conseguiria pegar alguns gyozas e conseguiriam fugir e se esconder em algum vagão do metrô.
    Mellorienna
    Mutante
    Mellorienna
    Mutante

    Mensagens : 512
    Reputação : 76
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A Estação de Metro Empty Re: A Estação de Metro

    Mensagem por Mellorienna em Ter Nov 20, 2018 10:21 pm





    Estação de Metrô

    Lana + Gin + Hirosaki - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - ♥️


    Lana sentia o frio do Outono tentar fazer morada em seus ossos enquanto se segurava precariamente no vagão lotado do trem. As mãos doíam um pouco pelo esforço de limpar a parede com aquela água gelada. Mas valia a pena. Ao menos assim poderia garantir que a mãe não chegasse cansada do trabalho e ainda tivesse mais aquela tarefa ingrata.

    Quando o trem parou na estação próxima do colégio, onde Gin estaria esperando por ela, a loirinha desceu em meio a um fluxo absurdo de pessoas, abraçando-se e esfregando as mãos contra os braços, em um gesto típico de quem busca se esquentar. As demais pessoas não saberiam (ou ao menos assim ela esperava), mas Lana igualmente buscava conectar-se com aquele calor que sentia em seu coração, como uma flor de fogo e luz que se abria dentro de si, em busca de prevenir-se de uma gripe. Há poucos dias tinha descoberto aquele milagre, para o qual ainda não havia encontrado explicações, mas no qual confiava inteiramente. Quando podia sentir aquela Fonte Verdadeira dentro de si, sabia que poderia curar suas enfermidades. Ainda não havia testado em outras pessoas, ao menos não muito diretamente, mas tinha observado que algumas das senhoras na casa de repouso em que era voluntária pareciam mais dispostas. E Yeva havia se livrado de um resfriado em tempo recorde, menos de dois dias atrás.

    Ainda tomada por esses pensamentos, mas já sentindo as mãos um pouco mais aquecidas, Lana passeou os olhos pela estação até se deparar com Ahara. O rapaz pertencia ao time de futebol da escola, e por isso eles se viam quase todos os dias, durante os treinos. Ele, com a bola. Ela, no alto da pirâmide das líderes de torcida. Percebeu que o colega trazia nas mãos dois copos descartáveis do tipo térmico e sorriu com doçura para ele enquanto se aproximava. O caminhar da loirinha era rítmico e gracioso, fazendo balançar a saia colegial enquanto ela ganhava terreno pela estação lotada. O sorriso meigo com que brindava o rapaz trazia certa luz aos olhos muito verdes da garota de feições tipicamente europeias.

    - Desculpe pelo atraso, Gin-kun. Quanto eu te devo pelo café? - a loirinha ainda sorria quando pegou um dos copos da mão de Gin, passando imediatamente a bebericar o líquido fumegante.

    Só então ela percebeu, por trás dos ombros do jogador de futebol, que um outro estudante do colégio estava ali, na estação. Àquele horário, se não se apressasse, seria advertido pelo atraso na escola. Assim como ela e Gin. Porém, o rapaz (de quem Lana não sabia o nome) parecia não estar bem. Estava ali parado, meio ajoelhado no chão, com uma mão apoiada. E tinha a expressão concentrada. Talvez estivesse se sentindo mal?

    Por instinto, a garota deu a volta em Gin e deu dois passos na direção do outro rapaz (era aquele que tinha sempre baquetas no bolso, ela já o havia visto nos corredores do colégio... como ele se chamava?), uma ruga de preocupação desenhando-se na sua testa:

    - Ei, você está bem? - a loirinha tinha os olhos solícitos cravados na expressão do garoto e segurava o copo de café quente com cuidado, entre ambas as mãos. Era verdade que tinham que ir logo para a escola, mas... Um ou dois minutos para ajudar uma pessoa não seriam realmente um prejuízo tão grande, não é?

    valeu @ cács!

    bcdomingues
    Investigador
    bcdomingues
    Investigador

    Mensagens : 75
    Reputação : 10

    A Estação de Metro Empty Re: A Estação de Metro

    Mensagem por bcdomingues em Qua Nov 21, 2018 10:20 am

    Chegou lentamente na estação, vendo a hora no grande relógio e comparando com a chegada do trem. Demoraria mais alguns minutos até a chegada do último. Suspirou, pensando que deveria tomar logo seu café enquanto aguardava, mas resistindo a esse particular impulso. Começou a se encaminhar para a lanchonete, vendo as mensagens recebidas brevemente: não tinha muita paciência com celulares hoje em dia e logo guardou o aparelho no bolso.

    Pagou os dois cafés para a atendente, agradecendo a mesma no ato da entrega e se encaminhando para a estação de desembarque, lembrando de ficar um pouco afastado do fluxo de pessoas para não ser atropelado.

    Não foi difícil ver Seifert na saída no vagão. Era diferente da maioria das pessoas dali, sem contar que sua beleza atraía olhares por onde passasse. Gin percebia inveja e admiração, para não falar outra coisa, no rosto das pessoas que tentavam olhar, discretamente, sua passagem. Resolveu ignorar isso e deu um sorriso caloroso ao ver a amiga, indo ao encontro dela e lhe entregando o café nas mãos. Pareciam mais frias que o normal com o leve toque sentido.

    - Ora Svet-kun, não se preocupe com isso – Disse Gin, ao entregar o café. – Pense nisso como um agradecimento por ter torcido tanto por nós depois daquela derrota do último jogo. – Completou, franzindo o cenho. A derrota ainda doía.

    Foi então que, ao dar uma golada no café, percebeu um garoto apontando descaradamente para ele, como se constatasse algo. Em seguida esse mesmo garoto falou com uma pessoa mais velha e Gin logo percebeu que era um aluno de sua sala que não conversava muito. Pelo que lembrava, Hirosaki era seu nome.

    Curioso, ficou de olho enquanto ambos iam até a praça de alimentação, bem próximo à lanchonete de onde tinha acabado de comprar o café que carregava consigo. O garoto mais novo ficou próximo ao balcão enquanto Hirosaki ficou de joelhos, com uma mão no chão. Seifert também percebeu esse estranho comportamento e foi atrás, provavelmente querendo ajudar. Talvez estivesse passando mal?

    Gin foi logo atrás de sua amiga, também com o intuito de ajudar. Era um colega de sua escola e os três precisavam ir logo para a escola. Alguns passos foram suficientes para ficar ao lado do rapaz mais velho. Preferiu ficar em pé, visto que Seifert já estava agachada.

    - Você está bem? – Perguntou, percebendo, com mais curiosidade ainda, a expressão concentrada no rosto do colega. Parecia o mesmo foco que encontrava nos jogadores ao chutar para o gol ou em uma prova da escola.
    Guilix
    Cavaleiro Jedi
    Guilix
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 204
    Reputação : 15

    A Estação de Metro Empty Re: A Estação de Metro

    Mensagem por Guilix em Qui Nov 22, 2018 10:05 pm



    Em sua cabeça, a música flui. Acordes começam a se compor. O andamento começa a aumentar progressivamente. Um a um, os instrumentos começam a compor suas melodias. O ritmo se transfere da mente em forma de energia para suas mãos. Até que Hirosaki sente uma batida fora do compasso seguido de um ruido dissonante que se amplifica gradativamente. Lentamente ele vira o rosto e sai do seu transe harmônico. Era a presença de alguém ao seu lado. Ele está surdo para ouvir as vozes ao seu redor, mas ele sente que alguma delas deve ter se dirigido a ele.

    "Mas que porra é essa? O que esses pirralhos do colégio querem?"

    Hirosaki aproveita a posição e coloca as mãos próximas aos pés e começa a refazer os laços dos cadarços, que claramente já estavam bem amarrados antes da sua intervenção. Ao mesmo tempo lança um sorriso forçado semelhante aqueles que ele costumava mandar para seus professores junto de justificativas quando perguntavam sobre suas tarefas.

    A Estação de Metro F112000d5d5263cb2b3216efc6f293e05ddabe4c_hq
    — E ai, suave? Cês tão pensando em matar aula também?

    Nazamura
    Tecnocrata
    Nazamura
    Tecnocrata

    Mensagens : 426
    Reputação : 25
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A Estação de Metro Empty Re: A Estação de Metro

    Mensagem por Nazamura em Sex Nov 23, 2018 6:40 am

    -- Entre turnos (não é um turno oficial)
    Hirosaki escreveu:Uma mão ele colocou sobre a estrutura do quiosque, a outra no chão. Depois de um instante de concentração, tudo começou a tremer em magnitude crescente.

    A estação deu uma leve chacoalhada, mas não o suficiente para quebrar vidraças, a população que estava na estação ficaram se entreolhando, alguns já estavam acostumados com leves balançadas, e depois a vida retomou seu curso normalmente... entretanto Hirosaki ficou extremamente cansado mesmo não sendo bem sucedido, a fome cobrou seu preço - seu corpo simplesmente não tinha energia para uma invocação perfeita.
    Mellorienna
    Mutante
    Mellorienna
    Mutante

    Mensagens : 512
    Reputação : 76
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    A Estação de Metro Empty Re: A Estação de Metro

    Mensagem por Mellorienna em Sex Nov 23, 2018 8:01 pm





    Estação de Metrô

    Lana + Gin + Hirosaki - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - ♥️


    Lana endireitou a postura e olhou torto para o garoto, torcendo o narizinho bonito para o moço e seus modos indiferentes.

    Hirosaki escreveu:— E ai, suave? Cês tão pensando em matar aula também?

    - Sinceramente, não sei por que me dou ao trabalho... - a loirinha girou nos calcanhares e encarou Gin Ahara por um instante, revirando os olhos para demonstrar o quanto tinha ficado descontente por perder tempo a toa. Deu um gole no café e então iniciou uma marcha para fora da estação, segura de que Gin igualmente não ficaria ali nem mais um minuto sequer. Se o garoto com as baquetas nos bolsos queria matar aula, ela não teria nada a ver com isso.

    Seguiu por entre as pessoas que deixavam a estação, em um caminhar quase indignado. Como era mesmo o nome daquele garoto com as baquetas? Bebeu alguns goles do café, pisando duro. Absurdo! Matar aula! E ela preocupada com ele. Finalizou o café bem a tempo de jogar o copo fora na única lixeira da estação, logo ali na saída. Ganhou a rua apertando a saia nas mãos, com uma raiva irrefletida...

    ... e então percebeu que estava descontando no garoto a frustração daquela manhã.

    Parou de caminhar e olhou para Gin Ahara. Eles eram amigos, não eram? Deu um pequeno passo na direção do rapaz, segurando o braço esquerdo com a mão direita, como se estivesse se abraçando, se protegendo. Os olhos muito verdes da moça brilhavam com uma luz diferente naquela manhã, curvados sob uma certa tristeza. Mas a garota sorriu:

    - Sabe, Gin-kun, você pode me chamar de Lana. - a mocinha sorria daquela forma doce, mas um sorriso que não atingia seus olhos - Vi notícias preocupantes no painel do trem sobre a família Taiga. Você já teve notícias de Asami-chan?

    Lana recomeçou a caminhada para a escola, agora em um passo muito mais calmo.

    valeu @ cács!

    bcdomingues
    Investigador
    bcdomingues
    Investigador

    Mensagens : 75
    Reputação : 10

    A Estação de Metro Empty Re: A Estação de Metro

    Mensagem por bcdomingues em Ter Nov 27, 2018 10:40 pm

    Assim que sua pergunta saiu de sua boca, sentiu a estação tremer em um terremoto um tanto quanto comum daquelas partes. Olhou em volta, se certificando que não passara de um susto, antes de fixar seus olhos em Hirosaki, que agora amarrava o tênis e não demonstrava mais aquela fronte concentrada que exibia somente alguns instantes atrás. Gin estreitou os olhos, analisando bem o rosto de seu colega de classe.

    Hirosaki escreveu:— E ai, suave? Cês tão pensando em matar aula também?

    * O que é isso, será somente uma coincidência mesmo? * Pensou Gin, mal se tocando que Lana a encarou por alguns momentos antes de se afastar. Demorou mais um momento antes de responder ao rapaz

    - Não podemos hoje, foi mal - Disse, com um meio sorriso. - Temos que ir e espero te ver na escola. - Inclinou um pouco sua cabeça para olhar o rapaz nos olhos. - Gostaria de conversar com você lá. - Finalizou, fazendo um maneio com sua cabeça em forma de despedida. Virou-se e foi caminhando na direção de Lana, pensativo.

    * Tenho certeza que vi ele por a palma da mão no chão segundos antes de sentir o terremoto * Sua mente vagueando enquanto se encaminhava para junto de sua colega * Acabei de ver outra manifestação de poder como o meu ou esse timing foi completamente natural? * Por fim sacudiu a cabeça e deixou a ideia de lado. Não podia encarar isso de outra forma a não ser coincidência. Parecia um paranoico agora, achando que encontraria outra manifestação alguns dias depois de descobrir o seu próprio. Por fim chegou até Lana.

    Lana escreveu:- Sabe, Gin-kun, você pode me chamar de Lana. - a mocinha sorria daquela forma doce, mas um sorriso que não atingia seus olhos - Vi notícias preocupantes no painel do trem sobre a família Taiga. Você já teve notícias de Asami-chan?

    Sorriu de volta ao ouvir as palavras, mas seu sorriso também não estendia até os olhos. Sua desconfiança com o que havia ocorrido ali e sua preocupação com Asami impedindo que sua alegria contagiasse seus olhos.

    - Não Lana-san, espero poder falar com Asami-chan assim que chegarmos à escola.

    Continuaram sua caminhada para a escola, com Gin acelerando seu passe inconscientemente, sabendo que precisariam andar em um ritmo mais forte para não se atrasarem.
    Guilix
    Cavaleiro Jedi
    Guilix
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 204
    Reputação : 15

    A Estação de Metro Empty Re: A Estação de Metro

    Mensagem por Guilix em Sex Nov 30, 2018 8:49 pm

    "Ufa, foi por pouco, quase esses babacas me ferram"
    Depois de perceber que seus colegas de turma foram embora, Hirosaki e seu irmão, se dirigem a um vagão diferente do mesmo trem e vão em direção a escola, de barriga e mãos vazias.
    "Vou ter que "pegar um pedaço" do lanche de alguém hoje"
    Conteúdo patrocinado


    A Estação de Metro Empty Re: A Estação de Metro

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Ago 24, 2019 8:08 am