Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Alice, a Fotógrafa

    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 528
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por nahna em Qui Jun 27, 2019 8:24 am




    Alice observa as expressões de Amanda... Ela não parecia ter qualquer expressão de piada.
    Sem saber o que pensar sobre isso, coça a bochecha, tentando encontrar o que dizer...
    Percebeu que Amanda parecia falar mais baixo, como se estivesse com um pouco de vergonha da revelação...
    Prosseguiu conversando com ela em lingua de sinais.

    [ - Tem visto... Você diz, tipo... Espírito? ]
    [ - Ou nos seus sonhos...? ]
    - Pergunta curiosa.

    Apesar de se lembrar da mãe com todo carinho, a perda ainda causava um sentimento de dor, e por isso ela não costumava pensar na mãe com tanta frequência.
    Mesmo assim, sua voz era um dos últimos sons que se lembrava.

    Suspirou, um pouco chocada com a revelação.

    [ - Há quanto tempo ela tem aparecido? ]
    [ - O que ela tem dito...? ]
    - Questiona, insegura.

    Ao ver qualquer comissária de bordo, pede uma água.






    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi
    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1007
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por 1o0oP (Lui) em Seg Ago 26, 2019 10:08 am





    No início ela aparecia em sonhos sim, até aí eu não achava que estava louca, mas um dia, ela apareceu pra mim na sorveteria. Eu só fui comprar um sorvete, e uma mulhe linda se aproximou, minha mente não queria acreditar então supús que era outra pessoa, mas quando ela se sentou e olhou pra mim, eu tive certeza..

    Conforme Amanda vai contando, seu rosto vai assumindo uma expressão de sofrimente, e ao dizer "tive certeza", ela começa a chorar.
    Em meio a soluços ela continua.

    No início ela me falou várias coisas que ela me falava quando eu era novinha, as mesmas expressões, o mesmo carinho sabe? Ai Alice, eu fiquei muito assustada mas depois de uns minutos eu resolvi acreditar, e fiquei muito feliz. Abracei ela, senti o cheiro dela... até agora eu estou abalada! Mas foi aí que o terror começou, porque após ela me acolher, ela começou a falar umas coisas horríveis pra mim, disse que coisas horríveis iam acontecer no Brasil, e que eu precisava vir para te proteger..

    Então eu perguntei pra ela, mas por que você não fala com a Alice?
    É claro que eu teria ido amor, mas há algo que impede... ela respondeu.
    Mas como assim há algo que impede? Tem alguém te prendendo, alguém te fazendo mal? Perguntei..
    Ai amor, você ainda não entendeu? Eu não faço mais parte desse mundo....


    E ela desapareceu! Depois disso Alice, eu tenho estado maluca, não consigo fazer mais nada, e só conseguia ter medo do que ela disse ... Daí, quando você me disse que iria viajar para o Brasil, eu quase morri, é por isso que eu estou indo junto. Ai, eu estou tão aflita!







    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 528
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por nahna em Seg Ago 26, 2019 11:46 am




    Alice observa a irmã, e o estado que fica ao contar o estranho contato que havia tido com a mãe...
    Era difícil acreditar, mas não conseguia duvidar de sua irmã, ou de sua reação.
    Por um momento pensou o quanto também gostaria de vê-la e abraçá-la.
    Vendo que Amanda começa a chorar, Alice lhe dá uma abraço de conforto, beijando sua cabeça.
    Sem conseguir evitar ficar com os olhos mareados, tenta apenas evitar que as lágrimas escorressem.

    Ela solta Amanda e segura seu rosto com as mãos, falando baixo com sua dicção um pouco estranha.

    "- Mamãe sempre soube o que fazia... Se ela pediu pra você vir comigo, é porque você 'fodona'" - Sorrí tentando animar a irmã.
    "- Não sei que dificuldades podem aparecem à frente, mas estamos juntas, certo?" - Solta o rosto e segura a mão de Amanda.
    "- Vamos nos divertir, ver vovô e vovó, e passar mais tempo juntas." - Beija a bochecha da irmã, enxugando suas lágrimas com a mão.






    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi
    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1007
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por 1o0oP (Lui) em Ter Set 17, 2019 12:46 pm





    A viajem então prossegue, o avião aterrissa, e está tudo bem, a tensão da conversa reveladora parece ter diminuído depois que Amanda coxilou por algumas horas.

    No aeroporto, as duas pegam suas malas e prosseguem para o endereço dos avós, pegam um Uber e seguem. Em fim chegam, a casa dos avós ainda é a mesma de que se lembra Alice de quando era criança e veio visitar. Um casarão de esquina, com muretas e grades e telhado de quatro águas, e bastante espaço interno, após apertar a campaínha, uma mulher jovem de cabelos castanhos escuros e encaracolados, amarrados para cima, de péle morena e roupas surradas um pouco sujas e molhadas sai pela porta e vai até o portão atender. Chegando lá, a mulher aciona o sistema elétrico que abre o portão, e então olha adimirada para aquelas duas moças bonitas com suas malas e caras amaçadas da viajem, e diz em português:

    Pois não? Vieram visitar o Sr. e Sra. Barros? São parentes deles?







    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 528
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por nahna em Qui Set 26, 2019 11:34 am




    Alice observa a irmã dormindo durante o resto da viagem, preocupada com as coisas que ela falou...
    Como poderia não acreditar... e ela própria gostaria de ver a mãe... porque não poderia ter visto?
    Não pode evitar a tristeza de pensar nos ocorridos da época em que ela se foi.

    Quando o avião se preparava para pousar, Alice deu um beijo na testa da Amanda e a acordou.
    "- Vamos pousar." - Disse para ela.

    Caminhou com a irmã para pegar as malas, e ao sair do aeroporto percebeu a mudança de temperatura. Tirou o casaco e seguiu com Amanda para a casa dos avós, observando a paisagem pela janela.

    lá chegando, tentou entender o que a moça havia falado... estava enferrujada em português, ainda mais para ler os lábios.

    "- Oi... Somos Alice e Amanda..."
    "- Sim... Barros!"
    - Sorriu e olhou para Amanda.






    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi
    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1007
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por 1o0oP (Lui) em Sab Out 19, 2019 12:24 pm





    Ah, Oi! Diz a mulher impressionada e desconsertada.
    Por favor, entrem ... Diz timidamente enquanto abre o portão e faz um sinal para que entrem.

    Enquanto as duas vão entrando puxando suas malas, a mulher dá um pulinho assustada e sorrindo corre na frente.

    Vou só avisar eles que chegaram visitas, mas vão entrando e se acomodem na sala, é logo após a primeira porta!

    Então a garota entra na frente apressada, demonstrando que está incerta sobre ter deixado as garotas entrarem. Era óbvio que a empregada não às reconheceria, Alice sabia (já supondo que a garota era uma diarista devido as roupas molhadas), afinal, a última vez que Alice esteve aqui ela era apenas uma pivetinha mimada que ficava sendo paparicada por todos devido a sua enorme beleza já chamativa. Mas hoje Alice se sentia uma mulher completa, amadurecida pela dor da perda e ciente de suas ações, com total discernimento capacidade de escolha.

    Finalmente as duas passam pela porta de entrada, depois de sofrerem um pouquinho com uns três degraus que precediam a porta. Após atravessar o portal, ela já consegue sentir suas memórias voltando. Àquela sala de estar invocava emoções antigas, há muito adormecidas, de uma época em que tudo era divertido e novo. Então sorri.

    Já Amanda ao seu lado caminha sem expressar sentimentos, seu semblante está neutro, como se estivesse em um lugar qualquer. Mas para Alice aquilo era um mar de sensações, o couro do sofá aonde já estava se sentando era o mesmo, a televisão velha de tubo ainda estava ali sobre àquela mesma estante de madeira envernisada, só que mais carunchada. A cadeira de balanço, e o chão de taco que sempre à causava alergias, tudo parecia igual só que mais envelhecido.

    Ali sentadas as duas aguardam por alguns momentos. E nesse tempo, Alice sentia que a viagem já estava lhe fazendo bem, contudo, era óbvio que Amanda ainda não estava bem, e era como se ela já soubesse que sua irmão viria a lhe causar problemas no futuro, e isso à preocupava um pouco.







    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 528
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por nahna em Seg Out 21, 2019 1:23 pm




    Alice sorri para a mulher que não conhecia, entendendo sua confusão, e aceita o convite para entrar com Amanda.
    Enquanto caminha pelo lugar, fica completamente perdida pelo mar de memórias que inundam seus pensamentos...
    Quase conseguia visualizar por onde corria... os lugares em que se escondia... Era espantoso como tudo parecia próximo de como ela se lembrava.

    Foram se ajudando a vencer os rodapés com as malas, e então Alice observou a irmã, entendendo que talvez nada ali reavivasse sua infância... era muito pequenininha. Observou os porta-retratos e quadros nas paredes... Logo se lembrou também da conversa que tiveram no avião, quando se sentaram no sofá para esperar os avós.

    "- Você está bem, Mandy?" - Perguntou, colocando a mão sobre a dela.
    "- Quantos anos você tinha quando esteve aqui pela última vez?" - Perguntou, tentando se lembrar.

    Estava bem nervosa... Embora trocasse mensagens com os avós, mas também não os via à muito tempo... e estavam tão longe de casa... Estava doida para fazer essa viagem para o Brasil, mas agora estava com um pouco de receio se tinha sido uma boa decisão. Ficou insegura após o vôo de vinda...

    Sorriu para a irmã.






    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi
    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1007
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por 1o0oP (Lui) em Qua Nov 13, 2019 2:28 pm





    Amanda vê que seu estado está afetando sua irmã, e resolve dizer algo para acalmá-la.

    Não se preocupe mana, eu to bem, só um pouquinho perturbada mesmo. E dá um sorriso sincero e afetuoso de agradecimento, abraçando Alice por um momento, e então vem a pergunta da irmã sobre quantos anos ela tinha na época.

    Nossa, agora você me pegou, eu realmente não to lembrada! Cinco? Minhas memórias são muito antigas, só tenho algumas imagens, lembro de brincarmos na terra do quintal e lembro do vovô sentado na cadeira de balanço, falando nisso ... E amanda aponta para quem vem chegando.

    Ao subir seus olhos eis que Alice vê dois velhinhos, na frente vem o velhinho na cadeira de rodas sendo empurrada pela mulata, ele tem bem pouco cabelo branco, pele cheia de manchas pretas pela oxidação, bochechas rosadas e uma calvice bem avançada, boca murcha sem a dentadura e orelhas compridas. Ele veste uma camisa azul claro com gola por baixo, e uma blusa vermelha de lã por cima, parece estar muito bem cuidado, e atrás das lentes dos óculos tortos um olhar surpreso e feliz. E ao lado da cadeira de rodas vem a avó, bem mais jóvem, porém não tanto assim. Cabelos brancos e curtinhos, blusa marrom, olhos cansados envoltos pela pele enrrugada, mas definitivamente ativos e cientes, e está usando brincos e pulceiras combinando num tom de prata.

    Os dois idosos recebem as netas com muito carinho, eles se sentam no sofá, e conversam bastante, apesar da dificuldade no início para entender o sotaque das meninas, e se houvesse algo que Alice não conseguisse transmitir para seus avós, Amanda ajudava e tudo se esclarecia. A avó das garotas, a Sra. Dolores, está bastante a par de tudo o que acontece na casa, ela cuida das contas, vai ao mercado, atende as ligações, é muito esperta. Já o avô, Sr. Honório já esta muito velhinho, mal consegue falar, sua voz é muito fraca, e está bem caduco, aparentemente. Mesmo assim ele reconhece as netas e os quatro conversam bastante. Apesar de mal se lembrar deles, a situação é tão emocionante que Amanda deixa cair algumas lágrimas! Mas as lágrimas chegam mesmo quando a avó começa a se lembrar da mãe das garotas:

    Oh minhas queridas, vocẽs são lindas como a sua mãe era.

    A mãe das garotas se chamava Mariza e era atriz, um dos motivos pelo qual as garotas demoraram tanto tempo para visitar os avós do brasil era exatamente porque não queriam se lembrar da mãe, mas agora que estavam aqui era inevitável.

    E assim a conversa se estende, e as garotas são acolhidas extremamente bem, em pouco tempo já havia uma mesa cheia de pães, frios, sucos, café, leite e muito mais coisas. Estava tudo deliciosos e as duas estavam famintas. Elas comem bem, e depois todos vão para a sala e passam o dia todo conversando, foi tudo muito gostoso e feliz, e os acontecimentos no avião foram esquecidos completamente. E assim o dia passa, o sol se põe, e Alice e Amanda já estão bem aconchegadas em um grande quarto com duas camas vem fofas e confortáveis, suas malas e coisas já estão organizadas, roupas em gavetas e guardarroupas, e os demais pertences em escrivaninhas, estantes e armários. Amanda está deitada em sua cama, já morta de sono, e as duas de banho tomado prontas pra dormir, então Amanda se vira para Alice e questiona:

    Que dia bom né? E aí você tem algum plano pra amanhã? Ficaremos aqui por quanto tempo mesmo?




    @nahna pode acrescentar o que desejar nos acontecimentos deste dia, e sobre a pergunta de Amanda, eu acho que nós nunca falamos sobre quanto tempo a Alice pretendia ficar no Brasil né, e se já mencionamos agora eu não lembro. De qualquer forma, pode escolher, é por sua conta! Em poucas postagens já estarão acontecendo coisas mais interessantes, por enquanto tamo no mundo normal da Alice ainda. Desculpa pela demora em trazer emoção, caso já esteja ficando impaciente. (Se tiver reclamação ou sugestão pode postar lá "Buteco da Esquina" inclusive, sou todo ouvidos)




    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 528
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por nahna em Qui Nov 14, 2019 4:30 pm




    Sorriu para a irmã. Parecia estar até mais nervosa do que ela.
    Não parava de olhar ao redor... aquilo era quase uma viagem ao passado, e possivelmente teria que encarar novamente a perda da mãe...
    Era sempre mais fácil não pensar sobre ela, pois aquela era uma ferida nunca cicatrizada.
    Lembrou-se de Amanda falando sobre tê-la visto... e que ela teria lhe dito aquelas coisas... Como poderia duvidar?

    Logo foi trazida de volta de seus pensamentos quando seus avós apareceram
    Estavam tão velhinhos! - Pensou... Diferente do que se lembrava, mas ainda assim, pareciam as mesmas pessoas.
    Ela mesma já deveria ser muito diferente do que se lembravam... Amanda então...

    Sorriu para eles.

    "- Vovô! Vovó!" - Disse-lhes em festa quando os viu, e se levantou para ir até eles.

    Deu um abraço e um beijo em cada um, levando Amanda consigo, para quebrar qualquer gelo que pudesse surgir.
    Logo começaram a conversar, e Alice teve alguma dificuldade em entendê-los de fato...
    Eram alguns anos sem falar português, o que dificultava para ela ler os lábios deles.
    Ficou grata que Amanda, percebendo, tratou de ajudá-la com sinais.
    Ouviram histórias, contaram histórias... Alice mostrou fotos da Jenna, do pai...

    Após o jantar, quando os avós se recolheram e elas foram para o quarto, Alice desabou na cama.
    Olhou para Amanda, concordando com a cabeça.

    "- Muito bom, né? Cansativo lembrar de tanta coisa..."
    "- Dá tanta saudade de ser criança..."
    - Suspirou.
    "- Você era mais fofinha e comportada!" - Sorriu e se sentou novamente.

    "- Humm... Podíamos ir conhecer a cidade... ou talvez procurar uma praia?" - Questiona.
    "- Quero um lugar bem bonito, pra te levar de modelo e tirar um monte de fotos nesse sol." - Intima Amanda.
    "- Acho que mais de duas semanas já viramos visitas inconvenientes... Por isso pensei só em 14 dias..." - Rí


    OFF:
    Sem problemas, Lui! Eu fico empolgada, aí fico ansiosa pra continuar a história, mas tá tranquilo *rs*







    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi
    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1007
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por 1o0oP (Lui) em Seg Dez 09, 2019 11:12 pm



    "- Muito bom, né? Cansativo lembrar de tanta coisa..." "- Dá tanta saudade de ser criança..." - Suspirou.

    — Verdade!


    "- Você era mais fofinha e comportada!"

    Amanda sorri um pouco tímida.


    "- Humm... Podíamos ir conhecer a cidade... ou talvez procurar uma praia?" - Questiona. "- Quero um lugar bem bonito, pra te levar de modelo e tirar um monte de fotos nesse sol." - Intima Amanda.

    — Parece bom. Responde.


    — Bom, vamos dormir, estou bem cansada já!


    As irmãs compartilham mais um tempo juntas, enquanto o sono não vem, no quarto escuro, e enfim caem no sono. Para Alice aquele estava sendo um dia bem intenso, a começar pelos atrasos no embarque do avião, depois o desabafo perturbador de Amanda, e após desembarcarem, um dia repleto de alegria e contato com seus avós que não via há muitos anos, um dia delicioso, mas definitivamente cansativo. Após alguns minutos viajando na maionese, também cai no sono.


    E agora, escuridão e relaxamento total. Mas então Alice abre os olhos e percebe que está no banco de uma praça. Há pessoas dançando, usando roupas coloridas, outras tocando instrumentos artesanais, e em volta várias outras pessoas de pé batendo palmas, todos parecem estar felizes e festejando. As dançarinas seguram faixas coloridas, e com movimentos rítmicos fazem com que elas ondulem harmoniosamente. Alice busca sua câmera e à encontra, começa a tirar fotos. Por bastante tempo Alice se diverte, não está preocupada com nada, mas de repente questiona: — Cade a Amanda? Ela veio comigo, deveria estar por aqui. E olha em volta, vai passando seus olhos pela praça e agora parece ter muito mais gente, há barracas de lanches, e de vários produtos artesanais, nem sinal da irmã. Preocupada, Alice guarda a câmera e se levanta, olha brevemente para um lado e para outro até que finalmente escolhe uma direção para ir, mas quando vai dar o primeiro passo, sente que não consegue. Ela continua tentando e nada, seu coração começa a palpitar. Olha e vê uma pessoa dançando perto, tenta chamar mas também não sai voz! Fica tensa. E no meio de seu desespero crescente em busca de se mover, uma pessoa, a que dançava no meio pára! Vagarosamente ela vai se virando, na direção de Alice, e quando se vira completamente, Alice não vê nada a não ser uma sombra que esconde sua face. No mesmo instante, Alice sente aquele frio na boca do estômago, e um medo começa a surgir. Enquanto todas dançam, aquela figura sinistra ainda está parada no meio, virada em sua direção, e ninguém, absolutamente ninguém se importa. O desespero vai aumentando, mas ela não consegue se mover nem gritar ... Não encontrando nenhuma maneira de se proteger, fecha os olhos tentando fugir, e os mantém fechados. Alguns minutos depois, ainda de olhos fechadas, ela não quer abri-los, pois está com a sensação terrível de que está sendo vigiada de perto! Consegue sentir seus pelos arrepiando, como se algo energético chegasse perto, a curiosidade, o medo, a apreensão, tudo vai aumentando, até atingir um nível tão alto que ela não aguenta, e abre. A imagem que se vê agora é difícil de explicar, Alice está totalmente em choque, não há mais ninguém, a não ser ela e a tal garota sem face, e a sombra que cobre seu rosto está espalhada, irradiando do corpo para fora em disposição radial, como se fossem tentáculos, e no meio da região onde estaria a face, quatro terríveis olhos amarelos à observando. Alice acorda finalmente, toda suada e ofegante, mal pode se conter e leva vários minutos para se acalmar.


    Vários minutos depois Alice está de pé olhando pela janela que dá para o quintal da casa, os raios solares esquentam a pele do seu rosto a ponto de doer, e o calor é intenso. "Acho que dormi demais" pensa, ainda se acalmando. Amanda não está no quarto.


    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 528
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por nahna em Qua Dez 11, 2019 3:19 pm




    Alice acordou desnorteada daquele sonho estranho... estava suada e assustada.
    Sentou-se na cama e observou que Amanda já não estava lá... Quem diria que na viagem ela acordaria cedo?

    Esfregou o rosto com as duas mão, tentando esquecer as sensações ruins do pesadelo.
    Passou os cabelos por trás das orelhas e observou o quarto por um tempo.
    Estava abalada pela conversa que tivera com a irmã na viagem de vinda... talvez por isso o sonho.

    Levantou-se e caminhou até a janela, olhando para fora, observando o sol que fazia.
    Colocou sua mala sobre a cama e retirou uma muda de roupas.
    Naquele calor que fazia no Brasil, tinha vindo preparada com roupas mais leves.

    Trocou-se rapidamente, escovou seus dentes, lavou o rosto, e se penteou.
    Logo em seguida se encaminhou para a sala, procurando os demais seres vivos da casa.






    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi
    1o0oP (Lui)
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1007
    Reputação : 28
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh40.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por 1o0oP (Lui) em Qui Jan 16, 2020 10:57 pm



    Chegando a sala não viu ninguém. 'Meus avós devem ficar no quarto até mais tarde' - pensou. Então foi à cozinha e lá estava sua avó, estava de costas para Alice, mexia em algo sobre um balcão, dava para ouvir o som de líquido sendo despejado e logo bateu um suave cheirinho de café. Finalmente ela nota a neta recém chegada.


    — Olá minha querida! Diz num tom acolhedor e sorri. — Estou preparando um cafézinho, você gosta? Oferece fazendo um gesto com a mão.


    nahna
    Mutante
    nahna
    Mutante

    Mensagens : 528
    Reputação : 17
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por nahna em Sex Jan 17, 2020 12:46 pm




    Ainda estava impressionada com o sono que tivera, e o vazio da casa trazia uma má impressão.
    Andou um pouco pela casa, procurando alguém, até encontrar sua avó na cozinha.
    Ainda que estivesse costas, conseguia perceber que ela estava fazendo café... de um jeito bem tradicional.
    Estava muito acostumada com o café de máquinas... achava mais prático... mas o cheio parecia trazer vigor junto com ele.

    Sorriu para a avó, quando se virou, observando-a enquanto falava.
    Era difícil entender o idioma pelos lábios, mas achou que conseguiria se acostumar em pouco tempo, relembrando as palavras.

    "- Bom dia!" - Arriscou em português.
    "- Aceito." - Tornou a sorrir.

    "- Onde estão todos?"






    Conteúdo patrocinado


    Alice, a Fotógrafa - Página 2 Empty Re: Alice, a Fotógrafa

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Jan 27, 2020 1:17 am