Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Compartilhe
    Saphira
    Cavaleiro Jedi
    Saphira
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 180
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Saphira em Sab Dez 22, 2018 2:27 pm

    Subtrama - 001
    Break the ice...

    Redgrand Rovnost e Gin Aslan foram imediatamente convocados, como pessoas de confiança da Imperatriz, para ajudarem nas investigações. Para tal, Gin Aslan foi nomeado Chefe da Guarda Real e Redgrand Rovnost seu fiel escudeiro.


    -


    Malachai Korsan estava tão bêbado após tantas garrafas de Rum que mal tinha percebido que o mar tinha sido congelado, prendendo seu navio e toda a sua tripulação lá em pleno alto mar, mal se via terra firme no horizonte. Um de seus tripulantes, mais especificamente um navegante chamado Alfie Skib estava com fragmento do cristal azul cravado na perna. O homem tinha sido completamente congelado, parecendo uma estátua de gelo, transparente, mas seu coração continuava batendo e todos conseguiam ver em meio a transparência. Como Kai vai resolver a situação?


    x

    「R」
    bcdomingues
    Investigador
    bcdomingues
    Investigador

    Mensagens : 61
    Reputação : 10

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por bcdomingues em Sab Dez 22, 2018 8:18 pm

    Break the ice
    Via o sangue espalhado ao longo de toda clareira, sua família mutilada até onde seus olhos se estendiam. Até as árvores em volta do acampamento tinham sofrido os danos do ataque, muitas delas partidas e danificadas. Caminhava por entre os corpos no chão, que mais pareciam sombras assim que tentava focar seus olhos neles. O cheiro pútrido já subia até suas narinas, porém, estranhamente, isso não lhe incomodava naquele momento. Não parou de caminhar até que chegou na beira da floresta. Foi ali que parou. Pelas sombras conseguia ver que duas pessoas olhavam-no logo além de sua linha de visão. Forçando um pouco a vista viu que seus pais estavam com olhos tristes, suas frontes preocupadas. Não falaram nada e Gin também não foi na direção deles. Foi somente depois de alguns minutos que resolveu fazer algo diferente. Deu um passo à frente, querendo encontrá-los depois da primeira linha de árvores.

    Gin despertou em sua cama, na Vila dos Leoninos. Naquele momento tudo estava em silêncio, ainda mais que eram as primeiras horas da manhã e somente um resquício de luz indicava que o nascer do sol não tardaria a acontecer. Acomodado em uma parte distante da entrada da Vila, ficou deitado pensando no sonho que acabara de ter. Obviamente já havia sonhado com aquele dia, mas desse vez parecia diferente. Normalmente ele só revivia os acontecimentos passados, mas agora era algo mais. A figura de seus pais lhe intrigava - era a primeira vez que apareciam assim. Suspirou, levantando-se da cama e se encaminhou para a pia de água que havia no quarto.

    Vestiu sua calça e camisa antes de colocar sua ''armadura''. Na realidade era somente uma proteção pequena que ficava pendurada nos ombros, protegendo um pouco de seu peito e costas, além de braceletes que usava nos antebraços, por baixo da camisa. As peças eram simples, de couro preto e endurecido. Era um guerreiro e, por isso, sabia que qualquer tipo de peso inútil e grandes armaduras fariam com que fosse morto em um piscar de olhos. Em uma luta você só podia depender de sua agilidade, inteligência e habilidade para vencer. Seu escudo era o suficiente caso precisasse de alguma coisa mais defensiva. No cinto colocou duas adagas na parte de trás e prendeu seu machado de uma mão na lateral, de onde teria fácil acesso. Vestiu suas botas de couro de dragão, que também tinham duas pequenas adagas escondidas, uma em cada bota. Por fim levantou seu escudo redondo, dando uma rápida inspecionada no mesmo para checar por falhas. Também verificou que sua espada estava bem fixada na parte de dentro do escudo antes de pendurar o mesmo em suas costas.

    Foi então que ouviu. Um profundo estrondo ecoou por toda a Vila, quase como se um objeto imensamente pesado tivesse caído de um lugar muito alto. Saiu de seu alojamento e, por estar um nível mais elevado da rua, viu tudo que estava acontecendo: uma pedra havia caído logo na entrada do canto dos leoninos, fazendo uma imensa cratera onde havia pousado. Como se isso não bastasse, neve começou a cair por toda a região. Extremamente perturbado, Gin agiu. Primeiro correu para dentro de quarto e vestiu um casaco mais grosso por cima da roupa, colocando o escudo por cima do casacão. Depois disso saiu correndo com tudo na direção do ocorrido, desviando-se das muitas pessoas com diferentes reações que encontrava no caminho. Não demorou muito para chegar ao local do desastre.

    Uma profunda destruição encontrou seus olhos quando chegou, mas só conseguia se atentar ao objeto em si. Era algo, obviamente, mágico. Não conseguia se aproximar mais que alguns passos da pedra antes de sentir um frio congelante. Associou o objeto com a chegada da neve, algo quase sem precedentes. Vendo que não poderia fazer nada com relação ao estranho objeto, tentou organizar os Descendentes o melhor que pode, auxiliando em afastar em pessoas e em recolher os mortos e feridos do local. Um sentimento de tristeza era inevitável naquele momento, com a cena de tantos anos atrás se repetindo.

    Depois de algum tempo viu que a Imperatriz e seu Consorte, o Imperador, estavam no local e, assim como Gin, ficaram surpresos e incomodados com aquela pedra. Mesmo não ligando para ambos, ainda tinha um dever com o país e se aproximou deles. Assim que o viram, a Imperatriz estendeu uma convocação para Aslan ir ao palácio. Achando que a situação não teria como ficar mais estranha, foi seguindo a procissão de pessoas que acompanhavam os dois imperadores.

    Na presença de outra pessoa ao seu lado, a Imperatriz estendeu sua confiança para Gin, o que já soava estranho. Em seguida foi pedido para auxiliar na investigação e, ainda, nomeado o chefe da Guarda Real. Estreitou os olhos ao encarar os comandantes de Signum, totalmente incrédulo.

    * Ora, o que é isso? * Pensou nos segundos onde parecia sem palavras pela oferta * Como que tanta coisa estranha pode estar acontecendo em somente um dia? Vou falar viu.. enfim, não me importo com esses imbecis aqui do governo, mas não posso deixar de ajudar as pessoas de Signum, ainda mais com essa janela de oportunidade criada para os meus próprios planos. *

    Deu um sorriso para a Imperatriz e o Imperador, se dirigindo a ambos.

    - Vamos dar um jeito nisso. - Disse, dando um leve maneio com a cabeça. - Existe alguma inteligência com relação ao objeto para que possamos começar a investigação? - Perguntou, com olhos atentos. Sua mente ainda trabalhava furiosamente por trás das poucas palavras ditas.

    * Essa posição pode até me ajudar a conseguir mais informações da minha própria investigação. Ao menos parece que terei mais acesso aos segredos que ninguém conta desse lugar. *

    Por fim virou-se para seu mais novo companheiro, que estava ao seu lado. Estendeu sua mão.

    - Me parece que vamos trabalhar juntos. Sou Gin Aslan.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    Okley
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 277
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Okley em Dom Dez 23, 2018 11:56 am

    Break the ice
    Sentiu os pelos se arrepiarem, um leve tremor de frio sobre seu corpo, revira na cama e coça rosto em uma tentativa de acordar. Sentar ao lado da cama foi mais difícil de esperava, a dor de cabeça da ressaca era forte, suspeitava que era aquilo que causava o tremor de frio. Ainda bastante sonolento, pega o copo de uísque que tinha deixado ao lado da cama, tomando de uma vez o último gole que tinha ali. Esticou o braço para baixo e puxou a caixa de cobertas, que tinha guardado por causa da chegada do verão, enrolou-se sobre a coberta e já ia caindo na cama para retornar a dormir. Deu uma respirada forte, estranhou ao ver sua respiração fria sair pela boca, percebendo que o tremor pelo corpo não era pela ressaca.

    Uma rápida e aminada batida na porta, ouvindo uma voz de um garoto – Senhor Red vem ver meu boneco de neve!!! Está nevando!! – Esfregou a mão no rosto e evitando sair de baixo da coberta, se aproxima da janela verificado essa cena incomum para essa época do ano. O garoto batendo ainda de forma aminada – Estão te chamando lá no Leão!!

    - Mais tarde eu vou ver lá. – disse colocando uma camisa e uma malha de lã, tenta lavar o rosto mesmo com a água fria.

    - É os homens de roupa chique que chamaram – respondeu o garoto ainda atrás da porta. Revirou o olho, colocou a roupa de couro mais grosa para evitar o frio, pegou a adaga e a besta de mão escondendo as por entre a roupa, não demorando a sair. Ao sair bagunçou o cabelo do garoto, falando para voltar a brincar na neve e foi em direção ao vilarejo dos descendentes de Leão.

    Já a algum tempo vinha trabalhando exclusivamente para o governo, sempre a pedido da própria imperatriz, ela não descumpriu com a palavra com ele, por isso que continuava no serviço. Não pagava muito bem como em serviços encomendados por pessoas de fora da política, como era antigamente, mas havia uma boa segurança e até credito para usar de suas táticas para conseguir o que precisava, já até tinha uma certa admiração pela imperatriz.

    Chegando no vilarejo percebendo o amontoado de pessoas, passando por entre as pessoas no local, para entender o que ocorria ali e onde estaria a monarquia. Não demorou muito para encontrar o cristal sentindo frio ainda mais. Chegou perto da imperatriz fez a reverencia de padrão, se manteve perto para evitar, outra surpresa com a família real e possíveis culpados ali, logo seguia conforme convocado pela imperatriz.

    Deixou a situação desenrolar da conversa com o outro homem ao lado que tinha sido convocado, em um momento esse se virou para se apresentar, manteve sério sem mexer, nem virou os olhos para olhar para ele.

    - Eu sei... Pode me chamar de Red. - Após alguns segundos de reflexão. – Recomendo de ir para o vilarejo dos escorpianos, a ajuda deles pode ser importante com os curandeiros para com os feridos e de saber se teve outros incidentes fora do local de impacto. Além disso a confiança e cuidados com eles, acredito ser de importância estratégica.
    Padre
    Cavaleiro Jedi
    Padre
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 177
    Reputação : 33

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Padre em Dom Dez 23, 2018 1:44 pm

    The ice began with the fire

    HÁ ALGUM TEMPO ATRÁS


    Existe algo nesses mares, algo que nós dois falhamos em encontrar. Se esse é o caminho que você escolheu, você vai ser o melhor, me prometa... Prometa que também não vai ser uma falha, Malachai.

    HOJE


    Que bosta. — dizia o aquariano secando mais uma caneca de rum. Caído em seus aposentos, tinha certa dificuldade em dizer se estava deitado numa cama ou em um monte de entulhos, o desconforto era claro. Sua cabeça doía e seus olhos forçavam-se a fechar enquanto tentava se acostumar com a claridade. Tendo como fonte de luz um velho lampião que ficava na cômoda de seus aposentos e a luz do sol que invadia o quarto por uma das frestas, enxergava menos do que esperava. — Oh... Acho que bebi demais, hehe. Espera... — Passando o olho pelo quarto, pairava sua atenção sobre a porta, uma movimentação incomum acontecia por parte de sua tripulação, estavam agitados, a perceção sobre o que acontecia ao seu redor vinha aos poucos, ainda era difícil organizar os pensamentos.

    Eu tenho que dar uma diminuída no rum, que porra, eu não tenho mais a mesma disposição de antes. E por que eu ainda não estou soltando os frangalhos por todo o barco mesmo depois dessa bebedeira? Lá fora...

    Seus pensamentos eram tão incertos quanto sua capacidade de formar ideias naquele momento, mas seus olhos eram afiados. Levantou de sua cama com certo esforço, a mão instintivamente ia na cabeça, não demorou um segundo pra que cambaleasse e quase perdesse o equilíbrio.

    É... Eu tô tonto mas esse barco não está se mexendo, o que caralhos eles estão fazendo lá fora?


    Atraído pela curiosidade cambaleava até a porta, seu cheiro estava forte a ponto de impregnar tudo o que tocava, chegava a ser incomodo, até mesmo para ele que era a fonte. Abriu a porta ainda de olhos semi-abertos, com seu jeito desengonçado seguia rumo ao convés, até ouvir um comentário inusitado vindo do lado de fora.

    "Pessoal, o mar está congelado, nós temos que avisar o capit—"

    Batendo a porta, interrompia a fala de sua navegadora, o sol estava mais agressivo do que antes, invadia sua vista causando uma cegueira momentânea acompanhada de um desconforto matinal.

    O que você quer dizer com "o mar está congelado", senhorita Blanca? Porque se for no sentido literal, é impossível. — Kai sorria, um típico cafajeste, mas isso não é dito como se fosse algo ruim, ele adorava sua tripulação e sua tripulação o adorava, justamente por isso. Abrindo os olhos aos poucos notava que a moça estava no topo do navio pendurada pelo mastro e o resto da tripulação ainda que entre si fossem bastante diferentes uns dos outros, o choque era a característica em comum que compartilhavam naquele momento.

    "Veja por si mesmo, Kai, o mar está congelado."

    Seguindo então até onde pudesse enxergar tudo ao seu redor, confirmava com os próprios olhos. Kai estava calmo, porém intrigado, perguntava-se o que poderia ter causado aquilo e procurou no fundo de sua mente, algo, qualquer coisa que pudesse lembrar sobre algum fenômeno como aquele acontecendo antes, porém nada, nenhuma resposta. Parecia que não conseguiriam sair dali por um tempo, o que faria? Precisava se programar.

    ALFIE. — Impaciente, mantinha os olhos na direção do mar, aquele pedaço distante de terra que enxergava com certa dificuldade com certeza não passava despercebido. — ALFIE SKIB, CADÊ VOCÊ? Esse garoto nunca aparece quando a gente precisa dele, ainda logo depois de implorar pra nós o levássemos em aventuras, minha única condição era a de que fosse esforçado, alguém sabe dele? — O silêncio pairava no ar, era um tanto constrangedor. O olho de Kai passava por cada um de seus tripulantes, alguns soava frio, outros mantinham um olhar distante, Blanca que estava normal até então, desfalecia em descrença.

    "Nós íamos te contar, Kai... Talvez você deva dar uma ida até a proa do navio."

    Intrigado e um pouco temeroso, foi até o local apontado pela navegadora e seus olhos não acreditavam no que viam, quem prestasse atenção veria o seu rosto passando por diversos estágios, de surpresa, indo pra tristeza, depois frustração e por fim fúria. Não acreditava no que estava diante de seus olhos, uma estátua de gelo transparente com a forma de Alfie adornava agora o navio da tripulação dos piratas da lua. O coração pulsante naquele dia era a parte menos estranha de todas, aos olhos do jovem capitão que se controlava para não ceder as emoções.


    Ele era o mais novo de todos nós. — O silêncio seguia-se por um tempo até que ele olhasse por cima dos ombros para os membros que ali estavam. — Alguém tem alguma informação do que aconteceu? Como ele ficou assim? Não é possível que ninguém tenha visto nada. — Então, novamente olhava pra frente, agradeceu pelo barco estar parado, gelo é algo mais frágil do que parece, contanto que ninguém fizesse burrada, talvez pudessem escapar daquela situação e salvar a vida do garoto. Fechava os punhos e falava com um tom de voz mais baixo e mais sério. — Pode não parecer, mas vocês, como membros da minha tripulação são a minha maior prioridade junto do grande tesouro... Isso, seja lá quem ou o que fez isso vai pagar. Só vou deixar uma ordem pra vocês, cuidem do corpo do garoto, talvez a resposta que eu preciso está naquele lugar, vocês estão absolutamente PROIBIDOS de sair desse barco, lá pode acabar sendo mais perigoso do que aqui, cuidem do Alfie. — Então, um pouco destranbelhado descia do navio, o primeiro passo em "alto mar" era tímido e medroso, aproveitava pra ver se o mar era seguro o suficiente para que pudesse caminhar livremente até a terra firma. Não sabia quanto tempo passaria fora, mas não esperava que fosse muito, deixava sua tripulação pra trás com um peso no coração nunca sentido antes. Alfie era a "primeira baixa", não poderia deixar as coisas assim.

    Eu vou enfiar uma garrafa de rum no cu do filho da puta que fez isso e depois tacar fogo.
    Saphira
    Cavaleiro Jedi
    Saphira
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 180
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Saphira em Dom Dez 23, 2018 2:10 pm

    Subtrama - 001
    Break the ice...
    - Sr. Aslan, não sabemos sobre absolutamente nada do que está acontecendo aqui. Por isso precisamos dos seus serviços. Terá o nosso melhor caçador para acompanhar-lhe na empreitada. - falou a Imperatriz, se dirigindo aos dois homens na sua frente. - Só gostaria que vocês verificassem primeiro o litoral do continente central, sobre o qual ainda não obtivemos notícias. Precisamos saber o que está acontecendo por lá, não podemos perder mais descendentes ou criaturas. Um mal como este não pode perdurar em nosso planeta. - a voz de Dominiana era trêmula e transparecia completamente a sua preocupação.

    - Vão! E nos mandem notícias sempre que possível. Disponibilizei alguns corvos para que sejam nossos mensageiros durante a viagem de vocês. - Johann entregou à Redgrand a gaiola contendo três corvos, enquanto a Imperatriz explicava.

    x

    Ao chegarem no litoral do continente central de Signum, Aslan e Redgrand se deparam com Malachai cambaleando, tentando andar sobre a neve que cobria o que costumava ser a areia da praia.


    「R」
    Padre
    Cavaleiro Jedi
    Padre
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 177
    Reputação : 33

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Padre em Dom Dez 23, 2018 10:40 pm

    The ice and fire are drunk
    Aos trancos e barrancos, Kai conseguia finalmente atravessar o mar congelado, não fazer a minima ideia de onde terminaria o seu dia era um tanto desesperador, mas ele ligava? Não. O efeito da bebida ainda estava forte, se não bastasse o gelo dificuldade a caminhada, a vista turva era um contra que afetava drasticamente seu objetivo.


    Espero que o efeito dessa bebedeira passe logo... Vish.

    Ao longe, via uma dupla inusitada se aproximar.

    Fodeu! O que eu faço? Já sei, só me fingir de sóbrio.

    Fazendo a melhor pose máscula que conseguiu se lembrar na hora, apoiava uma mão na cintura e a outra sobre a espada, pro caso dos dois representarem problema. Estufou o peito e esforçou-se para articular e falar da melhor maneira que pode.



    Senhores... A que devo a visita à... — Olhava ao redor e lembrava-se, aquela não era a sua casa. Não resistiu e riu sozinho. — É... Quer dizer, vocês sabem o que tá acontecendo com a praia de vocês? Isso não é... Natural, eu diria.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    Okley
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 277
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Okley em Qua Dez 26, 2018 7:56 pm

    The ice began with the fire

    Não podia parar de pensar na bola de gelada que caiu, era um fato estranho mesmo, só mais perguntas criavam, não parecia ser algo natural. O fato era muito recente e inesperado, pelo menos para ele. Não prestou a atenção direito no que estavam falando, estava perdido em seus pensamentos.Ficou pensativo em quem causaria isso, quais os motivos, seria isso alguém atacando o império. Sabia que grandes mudanças esta por vir e muitas pessoas poderiam ser afetadas.

    Deu um pequeno sorriso, o que mais parecia um tique, pois a atitude libriana da Imperatriz se mostra forte, estava mais preocupada com os demais pessoas até com as criaturas, como as encantadoras, tinha razões para tais para isso, concordando com ela evitando falar. Librianos realmente tinha ele lado mostrado pela imperatriz, de se preocupam em manter todos em harmonia, no melhor estado possível, mesmo que para isso tem que deixar a ferida aberta, esperando que cicatrize com o tempo.

    Observa o Johann se aproximar com os corvo, tinha trabalhado com eles e já estava familiarizado, só não sabia se seu companheiro também estava. Se surpreendeu pelo fato de serem três corvos, mostrava que a Imperatriz não esperava vê-los tão cedo, queria resposta e isso já o agradava, pegou a gaiola e segurando firme.

    - Por mim podemos indo, prefiro resolver isso logo. -Falou isso, esperou um pouco pela resposta de Aslam. Foi indo para a saída com a gaiola em mãos - Não podemos perder tempo com informações, que só atrapalha.

    - Recomendo usarmos os cavalos imperiais para viagem… - Caminha ainda bastante pensativo, de forma bastante decisiva, estava focado em fazer da melhor forma possível o pedido da imperatriz. Queria ser rápido para poder ter tempo de chegar na praia e as investigações ainda naquele dia.

    Aparentemente o cenário de inverno no início do verão continuava, as praias estavam cobertas de neve, não era um bom sinal. Andou à procura das criaturas que poderiam estar ali e informações úteis. Não demorou muito para reparar em um homem com grande dificuldade de locomover, se aproxima mais um pouco para ver se esse homem tinha mais informações sobre o local. Esse homem misterioso, para de forma um tanto estranha e segura a espada, Red segura a besta com a mão, mantém o semblante sério e uma distância dele, para ter tempo de usar a besta primeiro. O outro a frente começa a falar algo, que não conseguiu entender o sentido.

    -  O senhor está bem? - Fez uma cara desconfiado do estado dele e da forma em que agia, agido de forma bastante séria, evitou um pouco parecer rude pois a imperatriz não gostaria disso. Aproxima mais um pouco ainda precavido - Quem é você? O que faz por aqui?

    - Somos do Império e estamos a procura de criaturas que precisam de ajuda por causa de frio. - Ele para, manter a postura com a besta e observa seu companheiro para que conseguisse mais informação sobre o homem a frente.
    bcdomingues
    Investigador
    bcdomingues
    Investigador

    Mensagens : 61
    Reputação : 10

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por bcdomingues em Qua Jan 02, 2019 3:12 pm

    Break the ice

    rainha doida escreveu:- Sr. Aslan, não sabemos sobre absolutamente nada do que está acontecendo aqui. Por isso precisamos dos seus serviços. Terá o nosso melhor caçador para acompanhar-lhe na empreitada. - falou a Imperatriz, se dirigindo aos dois homens na sua frente. - Só gostaria que vocês verificassem primeiro o litoral do continente central, sobre o qual ainda não obtivemos notícias. Precisamos saber o que está acontecendo por lá, não podemos perder mais descendentes ou criaturas. Um mal como este não pode perdurar em nosso planeta. - a voz de Dominiana era trêmula e transparecia completamente a sua preocupação.

    Prestou bastante atenção na rainha, mais em sua linguagem corporal do que realmente suas palavras. Podia não ter nenhum amor pelos patronos do império, porém não pode deixar de admitir que ela realmente se importava com seu povo. No fundo, Gin também tinha certa preocupação com o que aconteceria com o povo por mais que não admitisse. Havia treinado duro e o pensamento de seus mestres era puramente de proteção para todos. Aparentemente um pouco desse dogma havia fixado.

    - Então, basicamente, temos que ir improvisando a medida que avançarmos. - Falou com um sorriso no rosto. - O melhor tipo de plano, com certeza. - Completou, dando um leve maneio com a cabeça para seu novo companheiro caçador com os três corvos ao lado. Dispensados, ambos se viraram e se encaminharam rapidamente para a saída.


    Redgrand escreveu:- Recomendo usarmos os cavalos imperiais para viagem… -


    - Concordo, quanto mais rápido melhor.

    Não demoraram muito nos estábulos reais e logo partiram, seu destino primário sendo o litoral próximo de onde estavam. Aslam foi olhando atentamente enquanto viajavam, observando a desolação que começava a assolar o continente. O frio já aumentava muito e o chão já era salpicado de branco, que já se amontoava. O que mais observava eram as pessoas com seus rostos preocupados e abatidos. Muitos ali deveriam estar pensando no fim do mundo ou algo semelhante. Chegando na praia foi que veio a surpresa.

    Diminuíram a velocidade dos cavalos para observar o que estava acontecendo ali. O mar havia congelado. Conseguia ver as embarcações e os pequenos botes travados no mar, muitos marinheiros caminhando no próprio gelo para chegarem até a praia. O frio aumentava cada vez mais. Olhou para seu companheiro de viagem com o cenho franzido antes de incitar o cavalo à frente novamente. Logo chegaram à praia onde logo foram abordados por uma pessoa, no mínimo, excêntrica.


    Kai escreveu:— Senhores... A que devo a visita à... — Olhava ao redor e lembrava-se, aquela não era a sua casa. Não resistiu e riu sozinho. — É... Quer dizer, vocês sabem o que tá acontecendo com a praia de vocês? Isso não é... Natural, eu diria.


    Gin teve que se segurar para não sorrir dessa inesperada aparição, não ajudado pela reação de seu companheiro que parecia não entender o motivo do homem estar enrolando. Gin, por si, já havia passado algum tempo nas tavernas para saber o motivo pelo qual o aparente marinheiro estar daquele jeito. Apesar de sua preocupação ser um pouco aliviada pelo estranho, seu lado guerreiro falava alto e não pôde deixar de reparar em suas roupas e no jeito fluído que se portava, mesmo embriagado. Aquele tinha experiência de luta e sem dúvida era do mar. Não portava, porém, as roupas costumeiras que via em um marinheiro. Seria um pirata?

    - Olá, sou Gin Aslam. - Disse, de forma educada, ainda tentando se controlar para não sorrir. - Realmente nada que está acontecendo é natural, inclusive a cidade está começando a parecer muito com o mar para o meu gosto. - Suspirou, olhando em volta. - O mar inteiro está assim? Viu alguma coisa a mais enquanto vinha até a praia?
    Padre
    Cavaleiro Jedi
    Padre
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 177
    Reputação : 33

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Padre em Ter Jan 08, 2019 7:07 pm

    The ice, the fire and the drunk
    A chegada dos dois homens não fugia da previsibilidade, ambos pareciam ser “alguém” com algum tipo de status ou pelo menos foi o que deduziu. Kai era cobra criada dos mares e bêbado era quando estava em seu melhor estado, notando o receio do primeira pra se aproximar, caia na risada. Apesar da informação relevante de que o homem estava procurando criaturas para prover ajuda, parecia estar tão perdido quanto ele.

    Já o amigo, que pelo menos tinha a decência de dizer o próprio o nome, segurava o riso causando certa estranheza e também interesse no pirata que decidia por conta própria ignorar o outro, mas não antes de dar um recado.

    Cuidado homem, isso é brinquedo pra gente grande. Não precisa ficar aí todo engomadinho com medo, hahaha. — Virava sua atenção para o outro. — Olá, “Gin”. — Usava uma entonação diferente porém engraçada pra pronunciar o nome do rapaz. — Sua aparência é um pouco bruta, você não vai me bater, né? Carinha de escorpiano obscuro que você tem.

    Kai divagava sozinho, em alguns momentos era difícil manter a concentração, parando por um segundo levou a mão até a boca e olhava pra cima, tentando lembrar do que estava falando a menos de um minuto. Então, ficou lá parado coçando a cabeça até se recordar.

    Ah, é, então, cê tu quer saber sobre o mar, não posso dizer a extensão, mas até o meu navio, que você pode ver se olhar daqui, tudo parece ter tido o mesmo efeito. — “O navio”, lembrava-se então com clareza porque estava ali, sua feição se tornava séria e é bem provável que os rapazes percebessem isso, sua entonação também mudava. — Meu nome é Kai, eu sou o homem responsável por aquela embarcação e todos que estão dentro dela.  Eu sai de lá e vim até aqui sozinho pra descobrir o que caralhos está acontecendo aqui. — Seu tom era sério, raivoso, mas não era uma raiva direcionada contra aqueles homens, mas sim contra a situação. Amava seus tripulantes mais do que qualquer coisa e uma situação daquela acontecer com o pequeno Alfie, era simplesmente inadmissível. — Um dos meus homens congelou, se tornou gelo, um gelo tão transparente quanto a água límpida que puder encontrar e eu sei que seja lá o que está acontecendo deve ter começado aqui. Agora se me dão licença.

    Deixava os homens pra trás e partia em direção a cidade, não tinha tempo pra brincar com marionetes do império e que sequer tinha informações relevantes, antes de se afastar de vez deixava avisado.

    Se eu fosse vocês, não tentaria entrar no meu navio, ele está fora da jurisdição de vocês e essa cidade já causou dano o suficiente, é só um aviso de amigo mesmo. See ya, felas.

    Na velocidade que chegava, também ia, devagar e cambaleando.

    Eu preciso descobrir o que aconteceu e rápido.
    bcdomingues
    Investigador
    bcdomingues
    Investigador

    Mensagens : 61
    Reputação : 10

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por bcdomingues em Sex Jan 11, 2019 5:40 pm

    Break the ice
    Apesar do homem divertido, Gin se mantinha atento. Afinal, era um guerreiro formado e sabia que essa pessoa era perigosa só de olhar para ela, por instinto. Mesmo assim, aparentava uma postura mais relaxada já que não havia nenhum perigo aparente.

    Kai escreveu:Sua aparência é um pouco bruta, você não vai me bater, né? Carinha de escorpiano obscuro que você tem.


    - Brincadeira de mão nunca dá certo, meu amigo - Disse, de forma divertida.

    Aproveitava a brecha mental do novo conhecido para olhar melhor em volta. Realmente o navio de onde dizia ter vindo estava ilhado no mar de gelo, assim como outras embarcações. Nevava interminavelmente na praia e os locais estavam assustados. Era uma situação incomum e a única coisa que poderiam fazer é explorar melhor a área. Já demonstrava um pouco de ansiedade para partir logo. Gin ia dando somente um pouco de atenção para a fala de Kai, até que o mesmo começou a ficar mais sério. Ali, então, falou algo perturbador.


    Kai Sparrow escreveu:— Um dos meus homens congelou, se tornou gelo, um gelo tão transparente quanto a água límpida que puder encontrar e eu sei que seja lá o que está acontecendo deve ter começado aqui. Agora se me dão licença.


    Abriu um pouco a boca, surpreso com os acontecimentos que haviam feito Kai se arriscar para fora do navio. Agora o clima frio também estava congelando pessoas, o que mais poderia acontecer? Não ficou nenhuma dúvida em sua mente que teria que ajudar esse homem como pudesse.

    - Kai. - Disse espontaneamente, antes do mesmo começar a andar. - Existe uma pedra que caiu na entrada da Vila dos Leoninos. Ninguém consegue se aproximar dela por conta do frio que emite, mas pode ser que você encontre respostas por lá. Depois disso sugiro que veja a Imperatriz. - Fez um leve maneio com sua cabeça, olhando diretamente nos olhos do marinheiro.

    Kai doido escreveu:— Se eu fosse vocês, não tentaria entrar no meu navio, ele está fora da jurisdição de vocês e essa cidade já causou dano o suficiente, é só um aviso de amigo mesmo. See ya, felas.


    - Isso nunca me passou pela cabeça. - Falou, com um meio sorriso. Hesitou um pouco antes de completar a fala. - Boa sorte.

    Caso não tivesse mais nenhuma interrupção, olharia para seu companheiro de viagem e indicaria para montarem novamente no cavalo. Tinham que explorar um pouco mais, ao menos um pouco mais da costa para saberem o que realmente estava acontecendo. Com mares e homens congelados sentia que estava chegando perto do início de algo desastroso.
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    Okley
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 277
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Okley em Sab Jan 12, 2019 1:44 pm

    Break the ice
    Ficou olhando o diálogo dos dois a sua frente, era para ser um simples forma de conhecer, mas nenhum deles estavam se entendendo, desconfiava se aquilo chegaria em algo produtivo dali, era uma perca de tempo, seria melhor ir direto ao ponto, do que ficar em atalhos. Pode parecer que ele agia de forma grossa mas tentava simplificar a situação ao invés de ficar em rodeios intermináveis.

    @Padre escreveu:Cuidado homem, isso é brinquedo pra gente grande. Não precisa ficar aí todo engomadinho com medo, hahaha.

    Ficou olhando profundamente ao homem a sua frente, depois do tom provocativo, além do jeito estranho, se mostrava sem jeito nas palavras. Continuava a postura séria, não via motivos para risos, nem se importava com a brincadeiras de um qualquer que esbarra na frente, se não sabia lidar com os problemas, não tinha que se preocupar com isso.

    - Não queira ver usando! Não aguentaria, pois ia ser de primeira. - observa que realmente era somente um bêbado, ironicamente não percebia o que estava observando, era claro que ele não ficava de pé por causa da bebida em excesso.

    Guarda a arma, revira o olho, dá de ombro, rejeita o cavalo, pois era um simples bêbado afinal, enquanto os dois trocam de informações, que não chegaria a lugar nenhum. Pensava em direito para a vila dos escorpianos, descobrir a real intenção dos obscuro, o que não entregaram a participação deles assim tão facilmente.

    @bcdomingues escreveu:Caso não tivesse mais nenhuma interrupção, olharia para seu companheiro de viagem e indicaria para montarem novamente no cavalo. Tinham que explorar um pouco mais, ao menos um pouco mais da costa para saberem o que realmente estava acontecendo. Com mares e homens congelados sentia que estava chegando perto do início de algo desastroso.

    Observa a resolução deles, que terminou como suspeitava, sem algo realmente novo. Olha para o seu companheiro como entendesse o que queria, já estava no cavalo então só esperou seu companheiro montando novamente. Se vira seguindo a costa em direção ao norte para onde estava o vilarejo dos escorpianos, a ansiedade era grande e não via a hora de chegarem lá. Assim que o pirata bêbado se afastou voltou a falar com seu companheiro tentando ser discreto.

    -  Vamos mais rápido ao puteiro logo, lá será muito mais útil do que ficar buscando criaturas. - ficou com um semblante de focado, já preparando o cavalo para sair. - Não estou afim de mais surpresa, vamos resolver logo isso.

    Por mais que não gostasse de tal posição, deixaria o tal chefe da guarda real comandar parte da viagem, pois não estava afim de criar encrenca entre eles, a imperatriz gostaria disso. Porém se ele desviasse do objetivo, daria um jeito de separar os dois.
    Padre
    Cavaleiro Jedi
    Padre
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 177
    Reputação : 33

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Padre em Ter Jan 15, 2019 5:59 pm

    The ice, the fire and the drunk
    Kai ouvia o que Gin tinha a dizer antes que partisse rumo a sua aventura.

    Então acabou sendo útil, no fim das contas. Pensava consigo mesmo e então ria para o homem lhe dando uma piscadinha antes de se virar seguir o próprio caminho cambaleando e tropeçando nos próprios pés.

    Boa sorte pra vocês também, amigos. — Dizia já de que costas se distanciando e então novamente usava o tom mais sério de mais cedo. — Se isso for tão perigoso quanto eu acho que é, vocês vão precisar... Adios.

    Havia algumas nuances na conversa difíceis de ignorar, sendo homens e guerreiros como eram, era difícil não se sentir provocado por algumas situações. É claro, tinha conseguido extrair uma informação útil dos dois rapazes, mas um não demonstrava ter um pingo de educação, talvez o subestimasse bastante e por isso o tratava com hostilidade, em outro momento com certeza Kai arrancaria a língua do homem e o faria comer com sal. O outro o era mais tranquilo, é claro, parecia se esforçar pra ser educado e prestativo, mas ainda algo nele não descia, se não estivesse tão preocupado com o pequeno Alfie, com certeza aquelas atitudes não sairiam impunes. Também, algo lhe dizia que se encontrariam de novo e parte de Kai estava ansioso para isso.

    Seguia seu caminho com um gosto amargo na boca, mas sabia pra onde iria.

    Vila dos leoninos, é pra lá que eu devo ir.
    bcdomingues
    Investigador
    bcdomingues
    Investigador

    Mensagens : 61
    Reputação : 10

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por bcdomingues em Qua Jan 16, 2019 11:38 pm

    Break the ice
    Ficou olhando o estranho marinheiro se afastar em direção à cidade. Algo dizia que ainda se veriam novamente. Estava para começar sua cavalgada pela costa quando viu um jovem rapaz se aproximando de ambos, correndo a todo vapor.


    mlk doido escreveu:- A Imperatriz... Ela disse... Pra eu dizer... A vocês dois... Que são... Os enviados dela. O que ela disse mesmo? - coçou a cabeça, tentando organizar as palavras enquanto ofegava. - Lembrei! Ela disse... Que era pra vocês verificarem a Fortaleza de Sagitário. Não lembro mais o resto, desculpa.


    - Obrigado meu jovem. Pode dizer retornar a mensagem dizendo que estamos a caminho.

    Olhou para seu companheiro e foram rapidamente até o destino, passando por mais terras congeladas e devastadas pela neve.

    --/--

    Ouviu a explicação da Hipista Chefe quando chegaram, com cuidado, depois de se apresentar. Teve a atenção de gravar tudo que ela falava e não perguntou mais nada até que estivessem prontos para agir. Reuniu seu equipamento e resolveu acompanhá-las na busca, afinal era a primeira pista que tinham e precisava acabar com isso o quanto antes. Observou bem os companheiros que estavam com eles, tendo a manha de se postar em um lugar estratégico no meio do bolo. Na caminhada, resolveu perguntar para a Chefe:

    -  Já que estamos caçando este grupo, imagino que tenham alguma pista mais fácil para seguirmos. Tem alguma ideia da ligação deles com esse fenômeno?

    Okley
    Cavaleiro Jedi
    Okley
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 277
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Okley em Dom Jan 20, 2019 10:17 am

    Break the ice
    Cavalgava ainda pela costa observando o local em busca de novas curiosidades, até que vê que tem um garoto vindo em direção deles. Olha para seu companheiro e espera o menino deixar terminar de falar, não sabia se ele está sem fôlego com com pressa. Teria que mudar a rota que tinha em mente, mas não seria muita coisa e deve ter alguma coisa de interessante para isso.

    Ao ouvir toda a história da Hipista, achou algo bastante curiosa essa história. quer dizer que haviam outros informantes pelo reino, pelo menos a imperatriz confiava neles para resolução do caso. As coisas aconteciam bastante rápido, ficou imaginou o que um obscuro estaria fazendo no bosque encantado, por mais que tinha algum sentido, o que mais incomodava era no real interesse no caso.

    Como não conseguiu foi passado dados sobre esse obscuro, por mais que as suspeitas inicial era sobre eles, não deixava de suspeita sobre outras sociedades, incluindo os próprios sagitarianos. Na conversa com a hipista aproveita para mais perguntas sobre o caso.

    - Gostaria de saber mais do que você que quer dizer com atitudes? - observa atentamente  as atitude deles e seus preparativos para viagem. - Esse obscuro fez algo para o povo sagitário?

    Acha bastante interessante a criação da comitiva em meio ao deserto, mesmo que desconfiava da viagem, pelo menos conseguiria observar as duas sociedades, assim respondendo algumas perguntas.
    Saphira
    Cavaleiro Jedi
    Saphira
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 180
    Reputação : 13
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Saphira em Seg Jan 21, 2019 12:47 pm

    Subtrama - 001
    Break the ice...


    Seguiram todos juntos e durante o caminho a Chefe das Guardiãs lhes explicou que soube que tudo isso era em decorrência de uma movimentação dos Obscuros para tentar tomar o poder da Imperatriz, dando mais força aos Descendentes de Escorpião. Ela está correndo um risco real e não poderiam negligenciar em sua segurança, bem como de Signum em geral. Eles não fariam um bom governo e cada ato seria para satisfazer a si próprios, diferentemente da atuação de Dominiana nos comandos do planeta.

    - Vocês entendem a gravidade disso? Se eles conseguirem alcançar o intento, será uma verdadeira tragédia para TODOS NÓS! - afirmou a Chefe, bastante enfática, em tom de preocupação.

    Algumas horas depois já haviam passado do Povoado de Escorpião, já avistando ao longe um verdadeiro "cemitério" de árvores que resguardava o acesso ao Deserto Envenenado. Eles precisavam ter cuidado, porque aquele lugar era cheio de perigos e surpresas que não podiam imaginar.


    「R」
    Okley
    Cavaleiro Jedi
    Okley
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 277
    Reputação : 3
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Okley em Ter Jan 22, 2019 7:37 pm

    Redgrand acompanha a comitiva até o Deserto Envenenado, ouve um momento que a chefe dos sagitarianos, fala da importância de fazerem isso e para o povo de Signum. Fica um pouco pensativo e começa a falar tranquilamente, sem muita emoção em sua fala.

    - Sim entendo o risco que pode ocorrer e o risco para o Império. Tanto que fui um dos primeiros a sugerir uma investigação sobre o povoado dos obscuros. – fica mais próximo dela, ficando ao seu lado, e olha para ela – Mas ainda não tenho nada que confirme que foram eles os provocadores, tanto que sugeri uma investigação... Você tem razão é um momento tenso para Signum. Precisamos agir rápido para não tenha mais prejudicados com essa situação e com cuidado afinal gerar mais problemas seria terrível...

    - A Imperatriz é espetacular, conseguiu unificar tantos povo e culturas diferentes e ainda por cima sendo de Libra – disse orgulhoso, olhando para frente e para longe - Não duvido que isso seja invejado por outros povos, incluído os obscuros. É de se pensar o que povos podem fazer por seus objetivos que até os obscuros duvidam.

    As palavras saiam com um pesar de sua boca.

    - Ainda acho misterioso o que aconteceu com Gêmeos e agora ataques a Leão, é triste para o Império o quando são capazes de fazer.

    Fica em um silencio como de luto por causa da situação dos povos.

    - Tomara que não tenhamos mais sofrimento para as pessoas e criaturas, incluído os obscuros.

    Ao chegar a floresta que demarcavam a entrada para o deserta, olha para seu companheiro, para observa o local e avalia  possíveis risco, ficando ainda mais focado. Sentia que não seria fácil dali em diante.
    Conteúdo patrocinado


    Re: [!ON!] Subtrama 001: Break the ice

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Mar 24, 2019 6:39 am