Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Rugall Saavick

    Askalians
    Tecnocrata
    Askalians
    Tecnocrata

    Mensagens : 454
    Reputação : 61
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por Askalians em Qui Ago 08, 2019 9:25 am


    ...

    F
    elizmente ou não, aquela briga não havia distraído muito Rugall do olhar atento que mantinha sobre sua carniçal, uma vez que parecia que ela estava nos braços de outro. Ainda não era motivo para que Rugall se preocupasse, pois o rapaz parecia ter dado apenas um beijo no pescoço de Morgana, fazendo com que ela ficasse bastante corada e também assustada. Não estava acostumada com aquilo, ainda mais porque tinha uma total devoção e amor por seu mestre e agora lhe acontecia isso.

    Cheiro de sangue invadiu as narinas de Rugall, mas era daquela rodinha de briga que logo foi apartada por um segurança que havia sido contratado por Morgana justo com aquela função.

    Morgana receava que as coisas pudessem começar a tomar grandes proporções ali com David, pois sabia que após algo como aquele beijo era possível que agora qualquer coisa acontecesse então ela simplesmente deu a ele uma desculpa qualquer e se afastou, indo até o mezanino atrás de Rugall.

    A garota se afastou com passos bem apressados apesar da multidão que havia dentro do lugar e como se tivesse pouco ar nos seus pulmões ela estava bem ofegante quando se aproximou de seu mestre. De lá de baixo, David não fez absolutamente nada por algum motivo enquanto outros jovens como ele se aproximavam, mas dessa vez,  Rugall teve certeza da natureza de a instalação daqueles jovens que conversavam com David enquanto bebiam cerveja, pois cada um possuía uma garrafa nas mãos.

    A conversa entre eles era simples e fútil,  se por exemplo iriam ficar mais tempo ali ou não,  se podiam se divertir ou não e David apenas disse para que se comportassem por enquanto...




    bahamut
    Tecnocrata
    bahamut
    Tecnocrata

    Mensagens : 360
    Reputação : 66

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por bahamut em Sex Ago 09, 2019 11:36 pm

    Rugall viu toda a cena. Morgana parecia uma criança amedrontada enquanto os amigos de David chegavam. Aparentemente tinham algo em mente mas não iriam agir naquele momento. Rugall viu uma oportunidade. Enquanto Morgana se aproximava dele, aflita, Rugall apenas observava David e seus comparsas.

    Morgana: - Meu senhor... Rugall... eu...

    Rugall: - Silencio Morgana. Não há motivos para aflição. Tudo ocorreu de forma esperada e só assim aconteceu porque eu permiti. Preciso daquele rapaz e você o trará para mim. Seduza-o e leve-o para o porão. Estarei esperando por vocês.

    Rugall então com passos decididos desceu as escadas e foi até o alçapão escondido, entrando em seu esconderijo e esperando pelos dois em um vão escuro atrás da escada.
    Askalians
    Tecnocrata
    Askalians
    Tecnocrata

    Mensagens : 454
    Reputação : 61
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por Askalians em Dom Ago 11, 2019 8:00 pm


    ...

    M
    organa engoliu seco depois das palavras de seu mestre. O que será que ele estava pensando em fazer? Agora ela tinha que voltar lá e seduzir aquele rapaz, como se ela soubesse fazer isso.. ><...

    Respirou fundo e voltou lá pra baixo depois que seu mestre se retirou. Não queria fazer nada daquilo e nem sabia por onde começar, mas resolver tentar qualquer coisa, mas porque deveria levá-lo lá pra baixo afinal...

    Quando voltou ao salão, procurou o rapaz com os olhos até que o encontrou, mas estava cercado de outros jovens e Morgana estava constrangida em se aproximar. David rapidamente percebeu que Morgana o observava e vendo que ele estava com seu grupo ela não se aproximava por receio. Ele então fez sinal e Morgana foi atrás, timidamente. David então dispensou todos e sorriu para Morgana.

    David: - Que bom que você voltou. Mudou de ideia?

    Morgana: - Talvez. Aparentemente não preciso trabalhar mais essa noite..


    David: - Então isso significa que posso desfrutar da sua companhia e quem sabe dançar?


    Morgana: - É bem provável que sim...



    Então ambos ficaram conversando ali por um bom tempo, praticamente uma hora e depois David a convenceu a ir dançar. Ele parecia estar conseguindo o que queria dela, mas era cauteloso porém um pouco impulsivo.

    Ambos dançaram ali por cerca de 1 hora e quando o rapaz tentou beijá-la, ela não ofereceu resistência para tal. O beijo era sexy, macio e tinha um gosto diferente do de seu mestre. Não era ruim, era apenas bem diferente. Não podia negar que era prazeroso, mas não era ele.

    Durante o beijo, David a abraçava e deslizava suas mãos sobre o corpo da mulher que se não estivessem em uma pista de dança, David poderia querer que fizessem sexo ali mesmo. Então assim que a música terminou, ela o puxou pela mão para um canto um pouco mais afastado de todos onde não havia ninguém,  pois ficava perto do alçapão do esconderijo de seu mestre. David então mergulhou nos lábios dela mais uma vez a empurrando contra um galão de cerveja, que estava lacrado ainda, e a colocou sentada ali para ficar em uma posição mais confortável entre suas pernas durante mais um longo beijo. Ela queria levá-lo para baixo como pedido, mas parecia que aquilo não estava funcionando muito bem...





    bahamut
    Tecnocrata
    bahamut
    Tecnocrata

    Mensagens : 360
    Reputação : 66

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por bahamut em Seg Ago 12, 2019 12:24 am

    Rugall já estava embaixo da escada do alçapão quando Morgana e David se aproximaram. Rugall ainda estava com seus sentidos aguçados e pôde ouvir enquanto se divertiam mas não pareciam propensos a sair dali. Então ele sorrateiramente subiu pelas escadas e abriu o alçapão lentamente, o suficiente para vê-los. Dali Rugall podia ter uma boa visão deles sem que David pudesse vê-lo e o som da musica impedia que pudesse ouvir Rugall. Esse então se esgueirou lentamente pelo alçapão e se posicionou atrás de David, podendo ver como ele tentava se apoderar do corpo de Morgana. Rugall teve tempo, desde a subida na escada até se aproximar do casal, para usar o seu sangue e aumentar a sua força até o limite de seu corpo (4ps para elevar a força até 6). Então Rugall o agarrou pelo tronco, puchando os braços de David para longe de Morgana e o imobilizando com um braço. Com o outro braço Rugall prendeu sua cabeça enquanto tapava a sua boca. O jovem ficou com o corpo suspenso e tentou se debater mas Rugall estava forte demais para o rapaz. Rugall ordenou que Morgana abrisse o alçapão para ele e em seguida pediu para que Morgana fosse até algum dos seguranças e pedisse um par de algemas. Numa noite agitada como essa eles não recusariam, ainda mais para Morgana. Rugall desceu as escadas do alçapão e lá embaixo ele enfiou suas presas no pescoço de David. Se havia alguma dúvida se David era vampiro ou não agora seria a hora da verdade. A temperatura do corpo e o bater do coração seriam determinantes. Rugall extrairia uma quantia razoável de sangue do rapaz (4ps) a fim de enfraquecê-lo mas não debilitá-lo demais a fim de ele necessitar de cuidados médicos. Quando Morgana chegasse Rugall iria apoiá-lo de frente a uma grossa pilastra e ordenaria Morgana a prender suas mãos com as algemas, de forma que ele tivesse pouco movimento. Sem dizer nenhuma palavra, Rugall iria deixá-lo preso e voltaria em direção a Morgana, tomando seus lábios como dele novamente. Rugall gostava daqueles lábios e sabia que ela gostava também. Ele degustou a jovem mulher o quanto quis e quando terminou, lambeu o seu rosto, do queixo até a testa.

    Rugall: - Você é uma boa menina sabia disso? Acho que você merece um agrado por me obedecer direitinho.

    Rugall se afastou de Morgana indo novamente em direção ao seu novo prisioneiro. Agarrou-lhe os cabelos, puxando sua cabeça para trás, abriu o seu pulso com seus dentes e deixou uma quantia de sangue escorrer pela garganta de David (1ps). Depois fechou a ferida e voltou para Morgana.

    Rugall: - Vou deixar você escolher como será saciada essa noite. Como quer que eu lhe dê prazer?
    Askalians
    Tecnocrata
    Askalians
    Tecnocrata

    Mensagens : 454
    Reputação : 61
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por Askalians em Qua Ago 21, 2019 11:56 pm


    ...

    R
    ugall era bem ardiloso com seu plano com relação a David. O rapaz não fazia ideia do que iria lhe custar dar em cima daquela mulher, só por ser carniça de Rugall.

    Rugall se esgueirou lentamente pelo alçapão e se posicionou atrás de David, podendo ver como ele tentava se apoderar do corpo de Morgana. Rugall teve tempo, desde a subida na escada até se aproximar do casal, para usar o seu sangue e aumentar a sua força até o limite de seu corpo (4ps para elevar a força até 6). Então Rugall o agarrou pelo tronco, puchando os braços de David para longe de Morgana e o imobilizando com um braço. Com o outro braço Rugall prendeu sua cabeça enquanto tapava a sua boca. O jovem ficou com o corpo suspenso e tentou se debater mas Rugall estava forte demais para o rapaz. Rugall ordenou que Morgana abrisse o alçapão para ele e em seguida pediu para que Morgana fosse até algum dos seguranças e pedisse um par de algemas. Numa noite agitada como essa eles não recusariam, ainda mais para Morgana. Rugall desceu as escadas do alçapão e lá embaixo ele enfiou suas presas no pescoço de David. Se havia alguma dúvida se David era vampiro ou não agora seria a hora da verdade.

    David era vampiro e ele poderia perceber isso pela temperatura do corpo e pelos batimentos que não existiam porém possuía habilidade para ingerir comida , o  que facilitava na hora de manter a sua máscara pelas leis da cidade, que Rugall não conhecia.

    Rugall extraiu uma quantia razoável de sangue do rapaz (4ps) a fim de enfraquecê-lo mas não debilitá-lo demais a fim de ele necessitar de cuidados médicos. Quando Morgana chegou Rugall apoiou ele de frente a uma grossa pilastra e ordenou Morgana a prender suas mãos com as algemas, de forma que ele tivesse pouco movimento. Sem dizer nenhuma palavra, Rugall iria deixá-lo preso e voltaria em direção a Morgana, tomando seus lábios com os dele novamente.

    Morgana se derretia com o beijo e David olhava com cara de quem também participar de tudo aquilo. Ela se derretia toda e queria post ficar com seu mestre a noite  de todas as formas  possíveis. Ela não respondeu imediatamente ao seu mestre porém o olhou de um jeito que ele seria muito bem o que ela queria. Talvez uma noite romântica com Rugall fosse o suficiente para ela, mas talvez não...

    Enquanto isso, Eu falo tentava fazer um laço de sangue com David. Rugall era forte para isso, mas o laço com o loiro não foi possível  de ser feito da forma como queria, pois conseguiu fazer com que David nutrisseum pouco de respeito por ele e o encarava.

    - Uma conversa civilizada não é realmente o seu feitio ou é?




    bahamut
    Tecnocrata
    bahamut
    Tecnocrata

    Mensagens : 360
    Reputação : 66

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por bahamut em Sab Ago 24, 2019 2:27 am

    Rugall beijou sua serva e sentia como ela se deliciava com seus carinhos. Quanto à resposta para a pergunta de Rugall, esta veio de uma forma não verbal. Morgana olhou para Rugall com um misto de carinho e lascívia juvenil que tanto lhe eram atraentes. David por sua vez reagiu de forma esperada ao sangue de Rugall. Mesmo drenado e levado à força para seu aprisionamento no subsolo, este não demonstrou agressividade e interessado na atenção de Rugall, que voltou a atenção para o seu mais novo captivo.

    Rugall: - Em breve irei lhe dar atenção, David, mas por hora tenho coisas mais importantes a tratar.

    Rugall volta a sua atenção para Morgana, pegando-a no colo e a levando até a cama e beijando-a no caminho. Uma vez na cama Rugall despe a jovem beijando cada centímetro da sua pele branca e macia. Sem pressa o vampiro desvenda as curvas, volumes e cavidades com suas mãos e lábios, arrancando suor e doces lamúrias em seu refúgio, enquanto acima dos dois o ambiente é de euforia e embriaguez. Morgana se contorcia e acariciava Rugall com suas mãos e pernas. Seu rosto era puro prazer e seus cabelos espalhados no colchão terminavam de contar para a escuridão os detalhes que se passavam pela cabeça da bela. Quando ela menos percebeu Rugall já estava a penetrar em seus dois orifícios. Suas mãos seguravam-lhe a cintura enquanto ele a estocava profundamente, empurrando o quadril dela para o alto e arqueando o corpo dela para trás, deixando as pernas suspensas e os seios apontando para o teto. Sem pressa ele a domava, estocada após estocada invadindo seu sexo e seu reto ritmadamente. Jogada, Morgana estava indefesa contra a vontade de seu mestre, lhe restando apenas saborear cada sensação, cada vibração e cada onda de prazer que lhe era proporcionada. Com os braços largados para cima da cabeça ela se mantinha de olhos fechados, cantando a suave melodia que intercorre junto ao ato sublime da união de dois corpos e precede o ápice em um gozo de proporções majestosas. Sentindo que sua fêmea estava prestes a alcançar o orgasmo, Rugall sobrepõe o seu corpo sob o dela e cala seus lábios com um beijo cálido, abafando as lamúrias e intensificando a sensação proporcionada a ela ao sugar-lhe um bocado de seu sangue. Quando o orgasmo dela chegou ao fim, Rugall ergueu seu corpo e admirou as belas feições de Morgana, que sorridente respirava forte com o corpo inerte na cama.

    Rugall: - Ainda não terminei com você pequena.

    Morgana teve apenas o tempo de abrir os olhos quando Rugall a virou de bruços, erguendo o quadril dela e deixando o seu tórax e a cabeça contra o colchão. Com um movimento forte ele penetrava novamente nos dois orifícios, mas desta vez as estocadas eram mais selvagens e violentas. Morgana que não tinha forças para reagir deixava sair pequenos urros e soluços a cada vez que os dois quadris se chocavam. As mãos dela apertavam e soltavam incessantemente os lençóis e seus olhos deixavam escorrer lágrimas que denotavam a total falta de controle de seu corpo por parte de Morgana. Rugall que estava em vias de alcançar o seu ápice, mordeu as costas de Morgana em suas últimas estocadas, provocando um último e longo lamurio da moça de pele alva e culminando uma onda de orgasmos no corpo da mesma ao mesmo tempo que Rugall despejava dentro do ventre e das vísceras de Morgana, a sua seiva masculina.

    Rugall se recuperou e deixou Morgana desacordada na cama, colocou seu robe e foi em direção a um excitado David, que presenciou toda a cena íntima entre o vampiro e sua serva.

    Rugall: - Então David, conversa civilizada? Não sabe porque o trouxe aqui sabe?
    Askalians
    Tecnocrata
    Askalians
    Tecnocrata

    Mensagens : 454
    Reputação : 61
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por Askalians em Sex Set 13, 2019 8:09 am


    ...

    M
    organa era uma serva bem obediente e gostava muito quando podia desfrutar de carícias de seu mestre, pois isso fazia ela pensar que seu mestre nutria sentimentos por ela, talvez sentimentos tão grandes quanto ela nutria por ele.

    A jovem Morgana estava deveras extasiada e cheia de lascívia para que seu mestre a possuísse, porém não podia negar que parecia ser algo bem interessante e muito exitante ter o loiro ali observando ambos ou pelo menos ouvindo o que ambos faziam e David parecia compartilhar também da mesma ideia. Poder participar do coito seria o ideal, ainda mais com aquele casal. Será que aceitariam?

    Quando Rugall se despediu do loiro, ele não teve nem tempo de sugerir o que havia pensado, nem que fosse apenas com a finalidade de se livrar das amarras ao qual se encontrava, mas acabou sendo testemunha do ato de ambos, que ouviu do início ao fim.

    Ao ouvir aquela mulher que lhe avia atraído se derreter nos braços do outro cainita, não podia negar que seus instintos masculinos ficaram bem despertos e perturbados, afinal sendo vampiro ou não, os gemidos de uma mulher sentindo prazer e chegando ao seu clímax era deveras algo perturbadoramente delicioso o excitante. Não pôde deixar de sentir também o cheiro de sangue que invadiu o ar em alguns momentos. Suas papilas gustativas se excitavam e suas presas chegavam a ficar dormentes de vontade daquilo.

    David tentou fazer alguns movimentos para se livrar daquelas amarras ao qual se encontrava, mas não tinha tantas forças já que Rugall havia o drenado bastante e o sangue compartilhado não tinha forças o bastante, por mais antigo que fosse o sangue de Rugall. Não lhe restava outra alternativa a não ser esperar aqueles dois terminarem e então lembrarem que ele estava ali amarrado e ouvindo tudo.

    Assim que tudo terminou, Rugall foi falar com David. Ele planejava ter uma conversa civilizada com o rapaz porém David não pretendia dizer absolutamente nada.

    - Você não precisava ter feito bem a metade do que você fez para que pudéssemos ter uma conversa civilizada... E foi horrível da sua parte comer a mulher e me deixar aqui só ouvindo. Me convidasse a participar pelo menos... duvido que sua garota fosse recusar.

    Realmente aquilo era um ponto interessante a se pensar, ainda mais porque provavelmente Morgana iria gostar muito , mas apenas se o seu mestre permitisse isso. De outra forma isso não aconteceria.

    O rapaz precisava muito ser desamarrado um pouco
    - Não vou poder dizer muito do que provavelmente vai querer me perguntar, mas eu posso lhe fornecer algumas poucas informações em troca possuir a garota... Será que podemos negociar isso?








    bahamut
    Tecnocrata
    bahamut
    Tecnocrata

    Mensagens : 360
    Reputação : 66

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por bahamut em Sab Set 14, 2019 9:36 pm

    Morgana estava deitada, seu corpo leve estava entregue para a maciez dos lençóis de Rugall, exausta depois da noite prazerosa que teve. Rugall por sua vez encarava David, que excitado, conversava de forma arredia e inconformada. Rugall apenas olhava a reação do seu mais novo prisioneiro até que quando este terminou de falar, Rugall resolveu proferir-lhe algumas palavras.

    Rugall: - Você é realmente um espécime interessante. Mesmo aprisionado demonstra força de espírito e ainda impõe condições. Mas meu caro David, você não está em posição de impor nada. Na verdade, você está na posição que eu quero que você esteja. Mas não se preocupe. Em dois dias conversaremos de forma adequada. Até lá, creio que você ficará bastante entediado... mas valerá a pena.

    Dito isso, Rugall se volta para sua carniçal, Morgana. Ela estava deitada com os braços acima da cabeça, suas pernas entreabertas revelando sua intimidade violada e o leite de seu mestre escorrendo lentamente. Ele montou lentamente por cima do corpo dela, se debruçando com cuidado. Com uma de suas mãos ele agarrou uma grande quantidade do cabelo de sua serva e puxou sua cabeça para trás, arqueando as costas dela e levando o rosto dela para próximo do seu. Então ele agarrou-lhe o corpo por trás, agarrando com o outro braço por baixo dos seios da jovem e beijou-lhe a boca com sofreguidão.
    Askalians
    Tecnocrata
    Askalians
    Tecnocrata

    Mensagens : 454
    Reputação : 61
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por Askalians em Sab Set 21, 2019 10:30 pm


    ...

    D
    avid parecia não querer argumentar mas não era porque não queria ir sim porque realmente não tinha as informações que Rugall realmente queria saber, então antes de Rugall se retirar ele disse rapidamente, aproveitando a oportunidade.

    - Eu apenas fui pago para vir aqui essas informações que você quer Infelizmente eu não tenho. Agora pode me soltar daqui pois eu não tenho como te ajudar mais que isso. Você pode me deixar aqui defendendo por dias que não vai adiantar nada ninguém vai procurar por mim ninguém vai me buscar e ninguém vai sentir a minha falta, afinal eu apenas foi pago para estar aqui...

    Realmente seus argumentos eram bons então Rugall teria aqui realmente pensar no que iria fazer. Enquanto isso Morgana dormia gostosamente na cama depois de tantas emoções gostosas com seu mestre, que veio abraça-la gostosamente para dormir depois. Tudo realmente parecia um grande sonho, mas ela pensava no pobre rapaz que parecia que não teria um bom descanso...




    bahamut
    Tecnocrata
    bahamut
    Tecnocrata

    Mensagens : 360
    Reputação : 66

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por bahamut em Dom Set 22, 2019 8:54 pm

    Rugall não disse nada para o rapaz. Seus planos consistiam em deixá-lo ali por pelo menos mais duas noites para consolidar o laço de sangue e só depois tomar o próximo passo. Ainda assim, David mesmo afirmando não saber de nada revela uma informação importante. Alguém o enviara até ali! Ou seja... Rugall atraiu olhos para o seu evento e alguém resolveu sondar o local. Isso parecia perigoso mas Rugall viu mais uma oportunidade surgir. Para David ele tinha planos bem formados mas um novo plano surgira. David uma vez dominado pelo laço seria um braço forte dentro dos domínios de Rugall e talvez seus amigos o acompanhem. Com esse contato fora dos seus domínios David poderia carregar informações falsas que o próprio Rugall lhe conferiria e com isso controlar o que aqueles que tentam lhe espionar saibam e quem sabe, controlar os seus passos. Rugall sorri com essas informações em sua mente enquanto beija a sonolenta fêmea em seus braços. Os negros cabelos dela descem até o colchão e o corpo mole não reage à investida de seu senhor. Sua boca mal consegue se mexer enquanto Rugall extrai o doce sabor da mesma com um beijo voraz.

    Rugall: - Criança, você traz a sensação do desejo carnal de volta ao meu corpo. Perto de você eu me sinto quase vivo novamente. Seu corpo delicado e seu calor me fazem desejá-la constantemente.

    Rugall deita Morgana novamente e gira o corpo dela na cama, deixando a frente de seu corpo exposta para os olhos de Rugall. Ele a admira por uns instantes e então começa a lamber o rosto de Morgana. Lambe-lhe a bochecha, lambe-lhe os lábios e as pálpebras, lentamente, saboreando a tez do rosto da jovem. As mãos de Rugall acariciam-lhe o pescoço e o cabelo enquanto ele a lambe. Lentamente Rugall desce para o pescoço, lambendo e descendo para o tronco, aonde ele se depara com os seios pequenos e firmes. Rugall acaricia e lambe os seios da moça, sugando os mesmos com uma certa frequência. A maciez dos mesmos traz uma sensação boa para a boca de Rugall, que se detém neles por mais tempo. Ao fim, Rugall desce sua boca para o abdômen da moça, mantendo as mãos nos seios. Com os lábios e a língua ele explora a barriga e a cintura da jovem, sentindo a fina e sensível pele que cobre essa região. Lambendo, beijando e sugando toda a extensão dessa região, inclusive o pequeno umbigo. Depois Rugall desceu lentamente, beijando o caminho e deslizando as mãos enquanto descia pelo delta de vênus. Ao chegar próximo da intimidade de Morgana, Rugall desvia para o lado, acariciando o quadril da moça com os lábios e língua, descendo pela perna. Ele aproveita para acariciar-lhe a coxa enquanto beija e lambe a perna dela. Lambe a parte de trás do joelho, a batata da perna e beija todo o pé da menina. Passando para o outro pé, Rugall faz o caminho contrário, se dedicando à toda a extensão da perna de Morgana com esmero até voltando ao quadril. Uma vez lá Rugall abre delicadamente as pernas de Morgana, se senta de frente à ela e ergue o quadril com seus braços e mãos fortes, deixando o corpo dela jogado para trás e abocanha o sexo dela, beijando e lambendo sem pressa toda a extensão da intimidade da jovem. Lambeu o clitóris, os lábios maiores, a virilha, os lábios menores, inseriu a língua dentro da delicada vagina da moça, lambeu o pequeno ânus e voltou para o clitóris, intercalando os movimentos de sua língua e lábios até sentir o corpo da jovem espasmando em um delicioso orgasmo.
    18+:
    Rugall Saavick - Página 4 Whoa_210 Rugall Saavick - Página 4 Whoa11

    Rugall: - Estou com fome do seu corpo esta noite menina. Te possuirei até saciar meu desejo.
    bahamut
    Tecnocrata
    bahamut
    Tecnocrata

    Mensagens : 360
    Reputação : 66

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por bahamut em Qua Set 25, 2019 5:45 am

    A jovem se derreteu na boca do vampiro, que provou todo o corpo dela até que ela se entregasse ao prazer por completo. Rugall tinha o quadril dela em seus braços enquanto o tronco permanecia jogado na cama. Lentamente ele levou o quadril dela para longe de sua boca, encaixando no próprio quadril e esfregando seus dois pênis na intimidade dela. Ela estava bem molhada o que facilitou a posterior penetração que Rugall já planejava. Adentrando nos dois orifícios Rugall mais uma vez possuía a jovem na mesma noite, com movimentos lentos e vigorosos ele sentia seus dois membros rijos invadindo centímetro por centímetro a sua cerva. Seus seios balançavam deliciosamente ao ritmo das estocadas e os braços serpenteavam desconexos à vontade de Morgana, que tinha a mente tomada pelo desejo e luxúria, gemendo docemente.

    Spoiler:
    Rugall Saavick - Página 4 Images?q=tbn:ANd9GcTxTmvHXWu1fj4s_IGWCuVryMrrHMnrqyuUiVaeGy2zrDO-0LCVCQ

    Nada mais existia além dos dois, unidos pelo sexo e pelo prazer. Rugall dava para sua amada o que ela tanto queria, em forma de sexo. Nada mais importava naquele momento a não ser o prazer de Morgana. Os movimentos aumentavam, o calor expandia e logo os braços de Morgana procuravam o corpo de Rugall. Vendo aquilo, Rugall deitou sobre o corpo de Morgana e se deixou abraçar, abraçando-a ao mesmo tempo em que a penetrava profundamente, agora com mais volúpia e sentindo o clímax de sua amada.

    Spoiler:
    Rugall Saavick - Página 4 Hentai

    Morgana estava abraçada com seu amado enquanto seu baixo quadril tremia e ela procurava manter o fôlego. Rugall delicadamente se desvencilha dos braços e do quadril de Morgana e a admira por uns instantes. Em seguida gira o corpo da moça e a penetra novamente, sôfrego e ávido pelo mesmo clímax que Morgana vem desfrutando. Morgana não pôde deixar de reagir ante tão vigorosa reviravolta agarrando o lençol enquanto era penetrada.

    Spoiler:
    Rugall Saavick - Página 4 1953994514-7154F738-1113-4F6F-9F79-458A6D7F4552

    Rugall a dominou e deflorou com força, montado por cima do corpo da fêmea ele forçava o quadril contra o dela enquanto seus olhos estavam presos às expressões que a face de Morgana exaltava. Seus movimentos eram mais violentos e extraíam lágrimas e saliva de sua serva.

    Spoiler:
    Rugall Saavick - Página 4 18415227

    O anseio pelo fim era muito grande por parte do vampiro. Seus movimentos aumentavam de intensidade gradativamente, rosnando sob a nuca de Morgana que tudo que podia fazer era gemer e acompanhar seu lorde em um orgasmo conjunto. Ele a puxou para si com força no momento em que começou a jorrar a sua seiva dentro de Morgana...

    Spoiler:
    Rugall Saavick - Página 4 Images?q=tbn:ANd9GcQn5VLxGKu5ukjarzltytq_-HJKO3tPGHhC3YrBV_uSF0g4EP8M

    E a beijou cálidamente enquanto derramava seu próprio sangue pela garganta da bela jovem, desfrutando de um doce orgasmo enquanto ela também gozava forte, sugando o sangue da boca de Rugall e o sêmen que jorrava de seus dois pênis.

    Spoiler:
    Rugall Saavick - Página 4 Z

    Rugall a beijou por um longo tempo, prolongando aquela sensação gostosa o máximo que conseguiu. Morgana obviamente estaria mais do que exausta depois de tanto esforço, então Rugall levou o rosto dela de volta para a cama e deitou suavemente sobre o corpo dela, abraçando-a e beijando-lhe a nuca, o pescoço e o couro cabeludo por um tempo.
    Askalians
    Tecnocrata
    Askalians
    Tecnocrata

    Mensagens : 454
    Reputação : 61
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por Askalians em Dom Out 13, 2019 8:00 pm


    ...

    E
    tudo era sempre do jeito que Rugall queria e como queria.

    Mesmo Morgana estando bem cansada com tudo o que já havia acontecido entre eles, o lorde vampiro ainda queria mais, mas não do jeito que a jovem queria.

    Rugall queria sentir mais o corpo da jovem e tirar ainda maisngemidos e prazer de seus movimentos sensuais enquanto que tudo o que a garota queria era sentir que ocupava algum espaço no coração de seu mestre. Ela jamais iria recusar nenhum tipo de investida sexual que ele tivesse, mas ansiava muito por algo mais.

    Será que isso seria possível algum dia??
    David estava ali acima do casal ouvindo tudo. Era cansativo demais ouvir o casal fazendo amor e ele ali aguardando sem poder interagir. Queria muito poder fazer parte de tudo o que estava acontecendo mas não parecia que aquele vampiro egocêntrico iria permitir, então ele simplesmente esperou...

    Esperou...

    Esperou...



    bahamut
    Tecnocrata
    bahamut
    Tecnocrata

    Mensagens : 360
    Reputação : 66

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por bahamut em Ter Out 29, 2019 12:17 am

    A noite chegou ao fim e Rugall cedeu ao sono e ao cansaço. O evento da noite foi um sucesso, ao que tudo indica, e o sono de rugall foi cheio de sonhos com sua amada Vriika, porém, com o corpo de Morgana e acompanhando-o em tudo o que fazia. Nos sonhos Rugall discutia com Vriika sobre o futuro na cidade e como encaminhar o império, juntos andaram pela cidade, conhecendo os locais mais importantes, tramavam para conseguir mais seguidores, tendo David como um dos primeiros a ser domado e claro, dividindo a cama juntos com muito sexo selvagem.

    Quando Rugall acorda a primeira coisa que vê é David acorrentado e pensa no fato de que terá que alimentá-lo com uma segunda dose de seu sangue. Então ele procura Morgana. Em sua cabeça ele imagina que verá o rosto de Vriika na jovem, o que não acontece. Porém ele não fica desapontado. A bela serva de Rugall tinha traços delicados e deliciosamente atraentes. Rugall possuía inúmeros afazeres mas não pensava em nenhum naquele momento, apenas na jovem Morgana. O gosto e o cheiro do corpo da jovem ainda estava em Rugall e ele desejava por mais enquanto seus olhos já acariciavam à distância toda a extensão da pele branca da jovem.

    Rugall: - Olá pequena. Dormiu bem? Vem cá vem...
    Askalians
    Tecnocrata
    Askalians
    Tecnocrata

    Mensagens : 454
    Reputação : 61
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por Askalians em Dom Nov 03, 2019 5:27 pm


    ...

    M
    organa teve sonhos estranhos naquela noite, com se ela não fosse ela, como se fosse em algum tempo antigo ou até mesmo em uma outra encarnação. Era como se ela se visse conversando com Rugall mas ela fisicamente não era ela.

    O sonho estranho que teve não durou muito tempo, pois logo acordou. Ainda estava um pouco cansada da noite anterior e um pouco triste pois quanto mais o tempo passava, mais o seu mestre a via apenas como uma serva.  Era isso o que ela era afinal de contas,  mas não era bem isso o que seu coração queria que fosse.

    Ela então abriu os olhos na próxima noite e viu seu mestre a sua frente, sentado em uma poltrona em seu quarto como se fosse um rei. Em um dos cantos do quarto o gato ronronar a enquanto comia sua ração.

    - Boa noite senhor Rugall. Dormi bem sim senhor...

    Lembrando do que aconteceu na noite anterior, ela sabia que não poderia resistir a nada que seu mestre lhe pedia para fazer. Sabendo o que seu mestre queria pelo tom da sua voz, ela é gatinha na direção dele sem muito animo no olhar. Ela saiu da cama e então foi até a poltrona dele e se ajoelhou aos pés de Rugall, quieta e submissa como ela deveria ser.





    bahamut
    Tecnocrata
    bahamut
    Tecnocrata

    Mensagens : 360
    Reputação : 66

    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por bahamut em Sex Nov 08, 2019 11:33 pm

    Rugall admira a sua carniçal enquanto ela vai ao chão, engatinhando lentamente até chegar próximo ao seu mestre, se ajoelhando aos pés de Rugall com as mãos posadas nas próprias coxas e o rosto baixo. Rugall sentiu que havia algo de errado. A noite anterior havia sido muito boa mas ela parecia não estar contente. Com cuidado Rugall levou uma de suas mãos até o rosto de Morgana, elevando-o pelo queixo até que seus olhos se encontrassem.

    Rugall: - Venha no meu colo gatinha, quero senti-la ronronando enquanto te dou carinho.

    Rugall encostou as suas costas novamente na poltrona enquanto Morgana lentamente escalou até o colo de Rugall, se aninhando como um felino faz no colo de seu dono. Era isso que Rugall era, dono de Morgana. Mas o seu bichinho de estimação estava infeliz. A cabeça de Morgana jazia em cima de um dos braços de Rugall, seu corpo em forma fetal se ajustava ao colo dele e ao espaço da poltrona. Então com a outra mão Rugall acariciava os cabelos e as costas de Morgana, sem pressa de mudar a cena. Ele esperou a respiração de Morgana mudarem e os batimentos se adequarem para poder falar novamente.

    Rugall: - A noite passada foi muito especial. Pelo menos foi como me senti. Porém parece que o meu pequeno mascote não está contente e isso me deixa triste. Triste porque me importo... Triste porque você é especial para mim. Então eu te pergunto minha pequena. O que eu posso fazer para fazer você feliz?

    Rugall continuou os carinhos. Vez ou outra acariciava o rosto de Morgana, o braço, e voltava para os cabelos e as costas.
    Conteúdo patrocinado


    Rugall Saavick - Página 4 Empty Re: Rugall Saavick

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Nov 19, 2019 5:14 am