Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Compartilhe
    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Lukas em Seg Mar 24, 2014 3:57 pm



    Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo


    O grupo resolveu ir comemorar a vitoria em um bar na cidade. Nikki, Logan, Lucca e Roberto se sentaram em uma pequena mesa e beberam contentes em terem estreado bem no torneio. La, puderam ver a pobreza daquela cidade: prostituição, drogas e miséria marcavam aquele lugar. Crianças vinham pedir esmola, muita gente vinha oferecer os mais variados tipos de mercadoria para o grupo comprar. Relogios, bijuterias, óculos, roupas...e tudo mais.

    - Começamos bem. Podemos ganhar esse campeonato, disse Logan. – So temos que tomar cuidado nessa cidade. Eu não durmo no mesmo hotel duas vezes, diz ele, antes de tomar um gole de cerveja. – E vocês devem desconfiar para onde que Sagat levou aquele cara que estava com vocês.

    Roberto parecia preocupado. Sua família dependia da vitoria dele nesse campeonato. Lucca estava com raiva por ter deixado Castelhano escapar duas vezes; Nikki estava orgulhosa mas ainda pensava onde a assassina estava. Havia mais de uma lutadora no campeonato, talvez ela estivesse la.

    Depois, todos foram embora.

    Na manha seguinte, a próxima luta seria do grupo. Nikki estava no seu quarto e o despertador toca, era 07:00.  A luta seria as 09:00 e a cidade já começava a funcionar. Lucca estava em seu quarto no hotel também, um pouco tanto devido a bebida da noite anterior.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7117
    Reputação : 80

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Edu em Qui Mar 27, 2014 7:00 pm

    Nikki acordou bem, tinha dormido bastante na noite anterior. Não era muito muito fã da vida noturna agitada. Geralmente estava ocupada demais com o trabalho ou cansada e simplesmente queria dormir. Na epoca que o seu noivo era vivo ela saia algumas vezes pra dançar em discotecas ou ir a shows, mas depois da sua morte, Nikki era trabalho, trabalho,trabalho. 

    Levantou foi até o banheiro, lavou o seu rosto e abriu o chuveiro. Tirou a camisola e entrou embaixo d'água. Sua missão não estava completa ainda, aquela maldita mulher estava a solta. Estragadora de investigações. Era fato que algum grupo não queria informações nas mãos do governo americano. Pensava que talvez aquele homem, Sagat, poderia estar por trás do assassinato. Hipóteses, isso enchia a sua mente, mas nada de muito concreto.

    Saiu do banho e se enrolou na toalha. Foi até o seu armário e pegou um biquíni. Iria nadar antes e ir pro torneio. Vestiu a roupa de banho e depois botou uma canga por cima. Saiu do quarto trancando a porta e desceu pra piscina.
    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Lukas em Seg Mar 31, 2014 3:13 pm

    Alguns dos lutadores tambem estavam hospedados no hotel de Nikki. Ela podia notar algumas figuras com porte de lutadores. Haviam alguns na piscina, relaxando; outras tomavam banho de sol. Havia uma TV numa parte coberta daquela área na piscina, que passava uma novela tailandesa. E então o programa é interrompido por um noticiário policial local, informando de um homem havia se suicidado no centro da cidade, parece que ele havia sido encontrado enforcado por uma corda do lado de fora de seu apartamento.

    A notícia quase estragara a manha de Nikki...ate que ela foca melhor na noticia. Aqueles trajes eram de Logan, o cara que entrara na equipe de Nikki um dia atrás. Quando ela se aproximou da TV, pode notar que as feições, mesmo que não tão nítidas, era do ex-Seal mesmo.

    Um desfalque nessa altura do campeonato seria péssimo para o time...e Logan teria se suicidado?
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7164
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Soviet em Qua Abr 02, 2014 12:16 pm

    Lucca se levanta com a tão conhecida boca seca, amiga de tantas manhãs. Havia algum tempo que Topo não bebia, desde a China - exceto aquela vez em que o sifu o convidou para beber e Lucca descobriu da pior maneira que seu mestre era especialista no estilo bêbado - e depois de duas cervejas Lucca já tinha ficado tonto.

    Mas Topo se lembrava de tudo, da esmola ao garoto tailandês, Logan e sua desconfiança e da ansiedade de Roberto. Lucca se lava, veste algo e desce para comer, trancando o quarto. Era importante sempre se lembrar disso. Topo sabia que havia uma piscina no hotel, então veste seu calção por baixo, para talvez dar um mergulho antes de tomar café.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7117
    Reputação : 80

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Edu em Sex Abr 04, 2014 12:58 pm

    Nikki se aproxima da TV e olha bem a noticia. Não era possivel, Logan nunca se suicidaria. Tinha bem na gravado na sua memoria, alguém tinha o assassinado. Aumenta o volume da tv pra poder ouvir melhor. Já até desconfiava quem tinha sido o assassino ou melhor dizendo a assassina.

    Saiu da piscina e voltou pro quarto. Iria lugar do assassinato do ex-seal e averiguaria se tinha sido mesmo a aquela maldita mulher que tinha matado o seu companheiro de time.
    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Lukas em Sab Abr 05, 2014 1:14 pm

    Lucca

    Lucca estava em um apartamento muito simples, sem piscina e sua única companhia era Oto, seu quase empresário. Quando o lutador de kung fu desceu as escadas, la estava ele sentado em uns quiosques que haviam do lado de fora do prédio. Ele estava olhando para o vazio, com um jornal nas mãos.

    Quando Lucca se aproxima, ele percebe e diz: - Olha aí, entregando o jornal para Lucca, - Num sei o que faremos agora. Isso é o que da confiar em estranhos...

    No jornal, a notícia do suicídio de um homem em um hotel simples de Bagkok. De imediato Lucca não reconhece...mas depois ele nota as feições do homem que lutara lado a lado com ele: era Logan. Aparentemente ele havia se enforcado com uma corda e se jogado para fora do prédio.

    Nikki

    A agente pega um Tuk-Tuk que estava passando e vai ao local do crime. O motorista já sabia do ocorrido e onde era o local, em 15 minutos Nikki chegava ao lugar, e nota alguns policiais questionando moradores e vendedores da região. Apesar de tudo, o prédio estava aberto com a dona, uma senhora tailandesa de cabelos brancos, inconsolada com a morte daquele “rapaz tão educado”.

    Daniel

    Em Bangkok, Daniel percebe uma realidade bem parecida com a sua. A pobreza de bairros favelados, casas próximas e sem saneamento contrastava com grandes prédios comerciais e hotéis luxuosos...Bangkok era um famoso ponto turístico da região. Infelizmente, alguns dos motivos da fama era a prostituição, drogas e armamento pesado...

    Quem recebeu Daniel no aeroporto foi uma mulher de cabelos longos negros, com cerca de 1,60 de altura, corpo desenhado de uma esportista. Ela usava um moletom colado ao corpo preto também e seus óculos escuros tapavam seus olhos.

    - Ola garoto. Tu é o Daniel, do Rio certo? Vim te receber, meu nome é Rebeca. Vamos, vou leva-lo a nossa base e te explicar tudo.

    Ela era linda e muito sexy. Daniel quase esquece do por que estava aqui.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7164
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Soviet em Dom Abr 06, 2014 4:24 pm

    Lucca senta ao lado de Oto, lamentando a falta de uma piscina, e pede um nam katee pla. Desde sua estada na China, Topo se acostumou com este tipo de prato logo de manhã. Ao pegar o jornal, um pouco do apetite desaparece.

    - Mas por qual motivo o Logan se mataria, Oto? Isso aqui tá errado... Ele não era militar? Talvez ele estivesse em alguma missão e morreu por causa disso. - Lucca devolve o jornal para Oto - Posso estar errado sobre isso, mas não acredito que o Logan se mataria.
    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2052
    Reputação : 1
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Portuga em Dom Abr 06, 2014 6:47 pm

    Daniel chega em Bangkok, outro país, mesma realidade, será que ali, também era obras das caveiras aladas, não, não era possível uma favela do Rio, ter tanto poder, pensa...

    caveira alada:

    Daniel se apresenta a linda mulher, não deixando é claro de apreciar sua beleza...

    - Olá, sou o Daniel, o chefe do RJ (re jota) me mandou, vim ajudar a ganhar o torneio.


    Poderia parecer frio para uma desconhecida, ainda mais uma bela, mas na verdade, sua cabeça apenas pensara nos entes e amigos deixados para trás...

    No entanto, logo os olhares se trocam, a beleza encantadora da mulher desconhecida, hipnotizam, seus olhos deslizam sobre o corpo da mulher, apreciando a paisagem...

    - Se você for uma lutadora, agente pode treinar juntos, quem sabe? termina a fala, dando de ombros (movimentando os mesmos para cima) - Haaaa deixa pra lá, uma mulher como..."você" não deve lutar...

    Daniel pensava em ligar para o chefe do morro, para constatar se a mulher era quem ela dizia quem ser, mas logo desiste, fazer uma ligação internacional só por isso, afinal quem mais estaria me esperando,... mais um pobre fudido, nesse merda de mundo...

    - Então vamos.
    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2052
    Reputação : 1
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Portuga em Dom Abr 06, 2014 6:53 pm

    Eu:
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7117
    Reputação : 80

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Edu em Seg Abr 07, 2014 4:23 pm

    Nikki conversa um pouco com a mulher tailandesa. Ela ouve a mulher lamentar a morte do rapaz tão educado.

    - O Logan era um amigo meu, quando eu vi a noticia no jornal estranhei muito. Ele não tinha qualquer tipo de tendencia suicida. Será que a senhora me permitiria subir e olha o apartamento dele? - Pede nikki mudando um pouco o foco da conversa.
    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Lukas em Qua Abr 09, 2014 3:56 pm

    JOGADAS:


    CARISMA NIKKI
    Lukas efetuou 2 lançamento(s) de dados (d10.) :
    10 , 3

    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Lukas em Qua Abr 09, 2014 4:02 pm

    LUCCA

    - Eu não sei o que houve, mas sei que sem o time completo não tem torneio e não tem premio. Dane-se esse Logan. Acho que vou é sumir por uns tempos...Larufe Martelo não é um homem de brincadeira. Sugiro que tu faça o mesmo, diz ele, se levantando e arrumando o chapéu.

    Lucca lembrara que fora em um torneio secreto que ele fora descoberto. Seu patrocinador que pagara suas passagens e hospedagem, um investimento que certamente cobraria o retorno. Larufe era o nome dele e Lucca não sabia absolutamente nada do seu “contratante”.

    Lhe indignava o fato de Oto não se importar com a vida de Logan...mas ele parecia bem decidido. Faltava uma meia hora para a luta no campeonato e Lucca não sabia o que fazer.

    DANIEL

    - Ate poderíamos brasileiro, mas o problema é que quando eu luto...eu não paro ate matar, diz ela, virando e indo em direção a parte de fora do aeroporto, mostrando sua bela forma física...apos Daniel recolher o queixo e disfarçar a baba, ele segue ela ate um Honda Civic que estava esperando. Um homem robusto de terno, ruivo com cerca de 40 anos, óculos escuros e 1,90 de altura, pose de soldado, abre o porta malas enquanto a mulher entra no carro.

    - Poe a bagagem ai, diz ele, em seguida ele entra no carro.

    Os três seguem ate o que parecia ser um bairro bem afastado e pouco policiado Bangkok. Após muitas ruas e vielas, os três chegam a um grande pavilhão com cerca de 1000 m2, fechado e murado. Não havia guarda na frente do pavilhão, embora houvesse um grosso portão de correr com 3 metros de altura, a altura do muro (com arame farpado). Assim que eles chegam o portão, que era automático, começa a correr, mostrando vários homens armados la dentro, mas bem distribuídos, mas ainda do lado de fora do pavilhão. Haviam 10 caminhões velhos la dentro.

    Fazendo sinal de luz, um dos homens, armado co um fuzil, abre o portão do pavilhão. Lá dentro há muitos pallet com grandes caixas de madeira em cima e outra sendo carregadas...com armas. Devem haver cerca de 20 tailandeses aqui, de vestimentas humildes, chinelo e bonés. Os homens armados se dividem em dois tipos: uns usam ternos, comunicadores presos aos ouvidos, óculos escuros e submetralhadoras; os outros usam bermudas, camisetas, bonés e usam fuzis, bem parecidos com os soldados do Dono do Morro.

    Há um mezanino no pavilhão também, com uma sala de vidro e um robusto homem de terno observando a movimentação do local, mas la no fundo.

    E então o carro para.

    - Costa esta aqui o esperando. Siga o plano e não teremos problemas, diz Rebeca.

    Então surge um homem espiando, pelo vidro fume do carro, Daniel. Ele era negro com cabelos cinzas, já devia ter seus 50 anos. Era magro e usava jeans com camisa xadrez. Ele tinha um sorriso carismático e um olhar sincero. Ele bate no vidro do carro.

    - Daniel ne? Sou o Costa. Vamu conversa rapidinho aqui fora?

    NIKKI

    - A senhorita me desculpe, mas a polícia num ta deixando não viu! Eles ate já levaram as coisas pra delegacia, junto com o corpo do moço. Coitadinho dele! Responde a velha senhora. Realmente, haviam muitos policiais por la, tanto do lado de fora do prédio quanto la dentro. Se Nikki quisesse entrar no quarto, teria de esperar todos ali se dispersarem, no mínimo. Estava chegando na hora da luta e ela não sabia o que fazer. Sem Logan não havia time.
    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2052
    Reputação : 1
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Portuga em Qua Abr 09, 2014 10:43 pm

    Daniel acabara ficando aterrorizado com todo aquele poder, todos aqueles homens bem armados, e o uniforme, igual ao do morro, a caveira alada presente novamente, aquilo era muito mais do que podia imaginar, era muito mais que uma máfia internacional, o poder daquilo ia até onde, será que controlava os crimes do mundo todo? Isso seria possível?

    O terror e o medo invadiam seu coração, não só sua vida, mas a de seus entes estaria em perigo em todos os territórios daquela organização...não poderia falhar...de nenhuma forma, poderia falhar.

    Por fim, já quieto e calado, Daniel sai do carro para conversar com Costa, falaria apenas o necessário, se possível queria sair logo dali, não se sentia seguro, nem calmo, tinha a impressão que cedo ou tarde receberia um tiro pelas costas...
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7117
    Reputação : 80

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Edu em Qui Abr 10, 2014 6:12 pm

    Ela até tentaria alguma coisa pra ver a cena do crime, mas o tempo estava passando e o torneio logo iria começar. Tinha que voltar pro hotel, pegar as suas roupas de luta e falar com Roberto e Lucca sobre a necessidade de arrumarem um novo companheiro. Nikki aperta a mão da senhora dizendo:

    - Muito obrigada pela ajuda e depois o incomodo.

    Ela então se vira e volta a rua em busca de um Tuk-tuk pra voltar pro hotel.
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7164
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Soviet em Seg Abr 21, 2014 10:42 pm

    Lucca corre atrás de Oto, o pequeno covarde, e lhe vira pelo ombro.

    - Oto, eu vou ficar. Não faço questão que você fique, mas preciso saber se este tal de Larufe Martelo está aqui na Tailândia.

    Depois da resposta de Oto, Topo irá se encontrar com Nicki e Roberto. Eles precisavam conversar sobre o que fazer e que o dinheiro para a inscrição deles foi emprestado por algum agiota.
    Lukas
    Antediluviano
    avatar
    Antediluviano

    Mensagens : 4345
    Reputação : 0

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Lukas em Ter Abr 22, 2014 9:02 am

    DANIEL

    Costa aperta a mão de Daniel amigavelmente com um sorriso acolhedor e carismático.

    - Um aperto de mão firme. Gente de fibra tem apertos de mãos firmes. Me parece assustado, não fique. O pessoal do Dono aqui é bem tranqüilo por que todo mundo que volta pra casa vivo. Vem ca garoto, diz ele, pegando um cigarro para fumar. Eles andam em direção ao lado de fora do pavilhão, por entre a segurança forte que havia la.

    - Vai toma um café la Chico, diz ele para um dos rapazes que faziam a segurança. Ele era negro e usava um boné largo na cabeça, era do grupo de Costa. Então Costa pega no seu fuzil e começa a fazer a vigilância que o garoto estava fazendo.

    - Ta tendo um torneio na cidade, no bairro das pombas. É um torneio clandestino chamado Street Fighter. Embora seja ilegal, a prefeitura e o governo o patrocinam...pois é um evento muito popular. A segurança é reforçada mas não o suficiente...pra que o esquema aqui de certo, vo precisa que tu coloque uns bagulhos la no evento, ta ligado? Quando der os “buns”, aí sim, vamu fica livre dos porcos pra termina o transporte.

    - O Dono te escolheu porque tu deve bate forte. To certo? Diz ele, oferecendo um cigarro a Daniel.

    NIKKI E LUCCA

    A agente percebe que seu tempo estava acabando e sua luta iria começar em pouco tempo. Ela tenta ligar para Roberto, que não atende (ela tinha pegado o numero na noite da primeira atuação do grupo, enquanto bebiam). Ele tinha comentado o hotel que ele estava, um hotel simples em um bairro comercial da cidade. Ela passa na frente com o Tuk-tuk que chamara.

    Cabia a ela decidir o que fazer.

    Do outro lado da cidade, Lucca falava com Oto.

    - O martelo num ta aqui, mas ele é daqueles caras que...sabem cobrar uma dívida. Ele vai te ligar em breve...sugiro que troque de numero garoto. Boa sorte! Diz ele, sumindo por entre as ruas da cidade.

    O lutador de kung fu tenta fazer contato com Roberto, que não atende o celular. Então ele liga para Nikki, pois tinha obtido o numero dela na noite anterior. A luta ocorreria em pouco tempo e eles precisavam se apressar.

    O telefone de Nikki toca, de um numero desconhecido. Seria Roberto?
    Portuga
    Garou de Posto Cinco
    avatar
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2052
    Reputação : 1
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1711.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Portuga em Ter Abr 22, 2014 11:04 am

    Costa aparecera e tentara tranquilizar Daniel, embora isso fosse um pouco difícil naquele ambiente. Acuado, era como se sentia ali, preso, sem ter pra onde ir, esperando apenas o "bote" final.

    Daniel vivia no morro do Rio de Janeiro, não costumava fumar, mas já tinha feito em algumas ocasiões, afinal no morro dar um trago e cheirar era no mínimo normal, pelo menos o tabaco, ajudava a acalmar e dava um ar de interação e um charme, mesmo que apenas momentâneo.

    Daniel aceita o cigarro e o acende, afinal se morresse, não daria tempo de estragar seus pulmões, olha para Costa, após seu trago, e fala friamente.

    - Não estaria aqui se não fosse bom, o chefe do morro me testou contra o Terror, não sei se conhece, enfim, tenho minhas qualificações e um pouco de cérebro também, algo que falta nos rapazes do Rio.

    - Enfim, me explica melhor a treta, qual vai ser o plano?
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7164
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Soviet em Ter Abr 22, 2014 12:10 pm

    Lucca já tinha se metido em muita merda ao longo da vida, mas nunca algo em que sua vida estivesse no fio de uma navalha. Topo observa o pequeno covarde se esgueirar entre as pessoas e sumir enquanto liga para Roberto e imagina o motivo de Oto ter passado o número dele para o tal do Martelo.

    - Stronzo

    Sem sorte, Lucca tenta Nicki, quem sabe ela ainda esteja na cidade.
    Edu
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7117
    Reputação : 80

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Edu em Ter Abr 22, 2014 5:16 pm

    Nikki liga pra Roberto e ele não atende. Será que tinha acontecido alguma coisa com ele tambem? Tinha que se decidir se ia até o hotel de Roberto ou se ia pro hotel de lucca. Um tuk-tuk para na pra ela no mesmo momento em que o seu telefone toca, vindo de um numero desconhecido. Ela atende:

    - Alô?
    Soviet
    Semi-Deus
    avatar
    Semi-Deus

    Mensagens : 7164
    Reputação : 30
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png

    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Soviet em Ter Abr 22, 2014 8:04 pm

    Quando ouve a voz de Nicki, Topo não perde tempo com cumprimentos educados.

    - Nicki, é o Lucca. A gente precisa se encontrar em algum lugar pra conversar. Não sei se você soube, mas o Logan se matou e o Roberto sumiu. Sem querer parecer frio, mas a gente precisa de dois lutadores, e rápido. O Oto acabou de fugir da cidade me dizendo que o dinheiro pra inscrição do nosso time foi emprestado por um agiota chamado Larufe Martelo.
    Conteúdo patrocinado


    Re: Capitulo 3: Tailandia – Zona de Perigo

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Ago 21, 2018 12:59 pm