Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Eva - Bastet

    Hellkite
    Garou de Posto Cinco
    Hellkite
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2460
    Reputação : 150
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Eva - Bastet Empty Eva - Bastet

    Mensagem por Hellkite em Sab Jan 19, 2019 12:04 am



    Eva - Bastet Kukulc10


    Eva sentia o vento passar pelos seus cabelos, enquanto observava a magnifica arquitetura do templo de Kukulcan naquele dia com poucas nuvens no céu azulado. A visão era inspiradora, estar ali diante de uma obra construída pela civilização maia, a mais de dois milênios atrás.

    A mexicana sentiu o aperto em sua mão, e do seu lado estava seu amado marido, Afonso Velasquez, que deu seu sorriso tão amável, o qual estava acostumada. Ela sorriu de volta, e voltou seu olhar novamente para a pirâmide.

    Parecia que alguns nativos, descendentes maias, estavam se juntando na base, vestidos com roupas emplumadas e primitivas. Era estranho, Eva não se lembrava de haver alguma festividade naquele dia... O número deles começou a aumentar e aumentar, até tomar as laterais da pirâmide.

    Estava entardecendo... E então, la do alto, através da abertura em forma de quadrado, surgiu um homem, vestindo roupas antigas como a dos nativos, mas mais incrementadas... sacerdotais. A frente dele estava uma mesa de pedra, na qual uma... moça semi-nua estava deitada.

    O homem tinha uma adaga, cravejada de pedras preciosas. Ele entoa uma prece aos céus, e Eva ve a adaga descendo, cortando o pescoço da jovem! A pesquisadora leva a mão até a boca, sabia que não fora encenação! O sangue vertia do pescoço, uma quantidade enorme, absurda, que parecia descer em cascatas pela escadaria. Eva se vira para Afonso, mas ele não estava mais lá!

    Eva ouve um urro, misto de lagarto e ave, que chama sua atenção... Era já de noite, mas uma forma brilhante, uma serpente emplumada, Kukulcan, desceu das estrelas em dança sinuosa pelo céu... Foi recebido com adoração pelo sacerdote e pelos nativos, mas passou por eles, sua forma escamosa emplumada serpenteando por cima de suas cabeças, indo em direção de... Eva!

    A bela morena estranhamente não teve medo, e fitou os enormes olhos de Kukulcan. E sentiu um formigamento em seu corpo, um calor que começou leve mais foi se intensificando... E Eva sentiu seu corpo em chamas, mas não estava sendo consumida por elas... Ela era a própria chama!

    **

    O familiar som do despertador tocando traz Eva de volta a realidade. Ela se vira e aperta o botão de desligar, e ve o horário. 18 horas. Se espreguiça.

    Dormira tarde, pois havia trabalhado com as pedras maias durante a madrugada, buscando mais exemplos para a sua palestra sobre os lendários Senhores de Xibalbá... Sua mente estava tão atraída sobre aquele assunto, que esquecera exatamente o motivo por ter parado de estuda-lo. Os sonhos.

    Eva suspira e se levanta. Tinha em mente que sua palestra iniciaria as 22:00, na sala de apresentações do Museu de Historia Geral de Redmond. E sabia que ainda tinha que se preparar. Muita gente da alta sociedade estaria presente, e isto não agradava em nada a pesquisadora.


      Data/hora atual: Sab Ago 24, 2019 8:08 am