Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    CUT SCENES - O que acontece nas sombras

    scorpion
    Tecnocrata
    scorpion
    Tecnocrata

    Mensagens : 448
    Reputação : 54

    CUT SCENES - O que acontece nas sombras Empty CUT SCENES - O que acontece nas sombras

    Mensagem por scorpion em Ter Abr 02, 2019 11:29 am

    PRÓLOGO CAPÍTULO 1:

    Música de Ambientação...


    CUT SCENES - O que acontece nas sombras A4a283f80963b5df972209070e0ed594--environment-concept-environment-design

    "Se eles sangram... se o aço corta a sua carne... então eles podem ser mortos." - Fzoul Chembryl, Senhor dos Zhentarim e Sumo-sacerdote de Bane

    A noite caía sobre o Forte Zhentil, a base de operações dos Zhentarim. Para os poucos que adentravam nesse lugar, menos ainda conseguiam sair com vida ou sem servir aos objetivos escusos dos homens de armadura negra. De todo o Mar da Lua, aquele local era o lugar mais perigoso para se estar...

    "A câmera passa por um enorme portal de aço negro e cruza um corredor de pedra... cruza outros corredores e desce por uma escadaria e um fosso.... o local é escuro... ela atravessa uma porta."

    Dentro de um enorme salão de pedra negra, um homem alto e pouco robusto, com um cabelo loiro e barba, encontrava-se com mais 4 pessoas... À sua direita, havia uma mulher muito pálida e de olhos avermelhadas, porém, de muita exuberância física... Ela tinha um sorriso jocoso nos lábios que usavam um batom negro.... ou roxo.... difícil discernir naquela escuridão.
    À frente dele.... três pessoas...

    A primeira era um humano, trajando uma armadura de couro negra e portando um arco nas costas. Era alto e esguio... e apesar de usar um lenço vermelho tapando o rosto... era possível ver que ele possuía feições afeminadas.

    A segunda era um Drow. Ele trajava uma armadura pesada e escura e tinha longos cabelos prateados, que destoavam da pele ébano. Em sua bainda repousava uma belíssima espada curva, ornada com pedras preciosas e detalhes em ouro. Definitivamente uma arma belíssima.

    O último e não menos chamativo era um orc. Mas não um orc comum... era um orc de quase 3m de altura, usando pinturas tribais claras e vestes feitas de peles. Ele possuía um imenso cutelo de açougueiro e mal conseguia fechar a boca tamanhas eram suas presas.

    Porém, nenhum deles era mais imponente do que o homem de longos cabelos e barba loiros... este sim, exalava um cheiro ameaçador.

    Fzoul: A minha paciência tem limites... e ela está no fim. Eu mandei que nenhum de vocês retornasse aqui sem um dos artefatos que eu preciso. Quão difícil isso parece ser?

    Lady Aileen: É nisso que dá, Fzoul... confiar uma tarefa tão importante a homens tão... desprovidos de capacidade!

    Mel'Tzin: Cuidado com a sua boca, mulher!

    Ela apenas deu um sorriso e voltou a se apoiar como uma meretriz no ombro de Fzoul. Ela dizia com uma voz arrastada e melosa... sensual e irritante ao mesmo tempo.

    Lady Aileen: Você sabe... não foi fácil fazer o que fizemos. Nós todos nos arriscamos tanto, Fzoul...

    Fzoul: Não me diga que vocês se arriscaram tanto! Nenhum de vocês apostou mais alto que eu. Se não recuperarmos estes artefatos até a próxima Lua Maligna, então tudo estará perdido.... EU estarei perdido!

    Tresh'r: A próxima Lua Maligna está muito longe... nós temos tempo de sobra.

    Fzoul: Temos? TEMOS?! Bem... "temos"... pois, se vocês falharem, eu garanto que todos pagarão o preço como eu.

    O homem afeminado apenas sorria por baixo da máscara, enquanto brincava com uma adaga, empinando-a na ponta do dedo.

    Fzoul: Poucos homens zombaram na minha presença, Harkness... e nenhum deles viveu para contar.

    Harkness: Fzoul, Fzoul... você se preocupa demais. Diferente do resto dos meus.... "colegas", eu tenho notícias.

    Tresh'r: Boas?

    Harkness: Que pergunta mais tola, orc... É claro que sim!

    Fzoul: Não teste mais a minha paciência. Diga logo!

    Harkness: A manopla... eu a achei.

    Fzoul arregalou os olhos e coçou os longos bigodes loiros.

    Fzoul: Você a tem?

    Harkness: Ainda não... mas logo a terei. Eu já coloquei homens atrás dela... e eles devem trazê-la em pouco tempo.

    Lady Aileen: Você designou seus homens para uma missão tão importante? tsc tsc tsc... Isso não pode dar certo.

    Harkness: Apenas espere e observe, mulher... apenas espere.

    Fzoul: E onde ela está?

    Harkness: Numa vila ao Norte de Melvaunt... com algum camponês idiota que desconhece o seu poder.

    Fzoul cruzou os braços e recostou-se na cadeira de pedra... ele esperaria...

    Fzoul: Traga-a para mim... traga-a pra mim e eu o recompensarei.
    scorpion
    Tecnocrata
    scorpion
    Tecnocrata

    Mensagens : 448
    Reputação : 54

    CUT SCENES - O que acontece nas sombras Empty Re: CUT SCENES - O que acontece nas sombras

    Mensagem por scorpion em Dom Abr 14, 2019 12:45 am

    CUTSCENE 2...

    ANDAR DE CIMA DA CASA DE BLACKALBUK:

    O Halfling subia correndo como um louco. Ele abria um cofre atrás de um quadro para pegar algo.

    Ublyn: Aventureiros jovens... tão estúpidos! O que custava eles esperarem para que eu falasse sobre a...

    ???: Sua passagem secreta?

    Ublyn virou-se para dar de cara com assustado. Era um homem trajando armadura de couro e uma máscara avermelhada.

    Ublyn: Harkness...

    Harkness: Blackalbuk...

    Ublyn: O que você quer aqui?

    O teto começava a ficar mais claro... mais claro... mais claro....! Até começar a ficar quase vermelho... o teto estava em chamas!

    Ublyn: Vou repetir.... O que você quer aqui?

    Harkness: Você sabe o que eu vim buscar... me entregue.

    Ublyn: Bem... não sei. Tem tapetes aqui direto de Thay... tenho também a minha raquete de badminton... você já experimentou? Dizem que é o esporte favorito de assassinos covar..

    Harkness: A MANOPLA, BLACKALBUK!

    Ublyn: AAaaahhh.... Você diz esta manopla?

    Ublyn pegou uma manopla de ferro escuro. Ela não era brilhante.. pelo contrário, era muito gasta, como se tivesse sido enterrada há tempos.

    Ublyn: Tudo bem... pode pegá-la. É sua!

    Harkness: Fácil assim?

    Ublyn: Unrrum... fácil assim. Estou mais preocupado com a minha humilde casinha.

    Ele jogou a manopla e Harkness a pegou. Olhou sorridente para a manopla negra e depois para Ublyn.

    Ublyn: Bom... agora você pode pedir pra sua corja sair? Vocês estão acabando com o meu tapete.

    Harkness: Sabe, Ublyn... se tem uma coisa que eu me orgulho é de ser um excelente avaliador e falsificador... mas tenho que te dar os parabéns,... um tolo teria acreditado que esta era a manopla verdadeira.

    Ublyn: Bom... não se pode ser bom em tudo, né? Você é um excelente avaliador... mas seu olho é meio ruim para captar uma armadilha, não é?

    Harkness: Com...AARGHHHHH!!! Maldito halfling...!

    A manopla que Ublyn entregou fez com que diversas lâminas saltassem de suas juntas, cortando a mão de Harkness. Ublyn saltou mostrando muita agilidade para a sua idade avançada e com uma cambalhota, correu para as escadas. Estava quase lá...

    FFFTTT!!!!

    Olhou para baixo.... Uma seta de besta atravessou suas costas e a ponta dela estava quase em seu umbigo. Sua ponta escorria um líquido negro...

    Ublyn: ???

    FFFTTTT!! FFFFTTT!!

    Mais duas setas... Uma no ombro e outra no pulmão....

    Harkness: Setas especiais feitas do sangue de Lady Aileen, Blackalbuk... com os cumprimentos dela. Agora... me entregue....

    O halfling tinha a visão turva. Ele segurou a manopla e a olhou.... Havia saliva negra escorrendo por sua boca....

    Então ele caiu pela escada, capotando e bolando... até bater no andar debaixo.

    Harkness: Ah, pelo amor dos Deuses...
    scorpion
    Tecnocrata
    scorpion
    Tecnocrata

    Mensagens : 448
    Reputação : 54

    CUT SCENES - O que acontece nas sombras Empty Re: CUT SCENES - O que acontece nas sombras

    Mensagem por scorpion em Seg Abr 29, 2019 1:02 pm

    Cutscene3



    CUT SCENES - O que acontece nas sombras D6e5ed4656c2745f70f00077909fecd1

    Fzoul entrou na cripta um tanto mais mau humorado que o de costume. Nele, estava Lady Aileen e o corpo de Harkness sobre um altar de pedra, ornado com caveiras e a mão negra de Bane.

    Lady Aileen: Acho tão hipócrita nos reunirmos aqui... num templo a um Deus que você ajudou a derrubar para usurpar o lugar...

    Fzoul: Eu não ligo para o que você acha, Lady Aileen... então... parece que este idiota foi derrotado por um bando de novatos. Não se fazem mais generais como os de antigamente.

    Lady Aileen: De fato, não se fazem mesmo...

    Fzoul: Infelizmente, eu ainda preciso dos serviços dele... as conexões dele são muito importantes para o que estamos prestes a fazer. Sem elas, isso iria nos atrasar muito.

    Lady Aileen: De fato, iriam mesmo...

    Fzoul: Você está brincando comigo? Está?! Não jogue comigo, mulher! Você consegue trazê-lo de volta, ou não?

    Ela passou seus dedos magros e pálidos sobre a armadura de Harkness e retirou sua máscara. Tinha um olhar tenro, mas ao mesmo tempo macabro, morto...

    Lady Aileen: Tanto desperdício de potencial... tanta beleza, que agora terminou numa horrível máscara mortificada pelo que viu. Eu devo dizer, Fzoul... se seu plano não der certo, eu tenho muita pena do que Bane vai fazer com você. O sumo-sacerdote de Bane cuspiu no chão e olhou para ela, parte da saliva ainda escorrendo de maneira nojenta pela barba loira.

    Fzoul: Guarde a porcaria da sua pena para os seus lacaios, vampira! Você consegue ou não?

    Lady Aileen: É claro que eu consigo... você acha que meu poder tem limites? A benção das trevas corre em minhas veias... e correrá nas dele.

    Fzoul: Então o faça!

    Lady Aileen: Hmmm.... eu acho que não. O que eu ganharia em troca?

    Fzoul se adiantou e pegou a mulher pelo pescoço, que engasgou...

    Fzoul: Eu não esmagarei a sua cabeça agora com a minha maça!

    Lady Aileen: Gasp.... gasp...! Eu.... eu.... HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!

    A mulher começou a rir, mesmo com a mão de Fzoul apertando sua traquéia. Ela então encostou apenas uma mão no peito dele e com um empurrão, mandou-o para a outra parede. Fzou bateu de costas na pedra e caiu no chão, começando a se levantar.

    Lady: Hahahaha.... Seu idiota! Você esquece que você mal tem poderes agora? O que é um sacerdote que abandonou o seu Deus? Fzoul, Fzoul.... tsc tsc tsc. Acaso você esquece a quem eu sirvo? Minha senhora ainda me dá meus poderes... ainda olha por mim. Eu estou acima de qualquer homem de carne e osso, como você, seu patético. A única razão de você ainda estar vivo é porque os Deuses têm um plano pra você... do contrário, eu já teria sugado todo esse seu sangue nojento.

    Ela caminhou até ele, que ainda estava abaixado e pegou em seu queixo com o dedo, falando num tom de voz sensual e macabro.

    Lady Aileen: Você agora é um mero peão.... e se eu quiser que eu faça o que me pede, vai ter que me pedir... "por favor".

    O homem olhou com raiva....

    Lady Aileen: ...e então...?

    Fzoul: Traga-o de volta... por favor...

    Lady Aileen: Bom garoto....

    Ela andou de volta até o corpo de Harkness.... ALisou seu cabelo, afastou sua armadura e...

    O MORDEU!
    Conteúdo patrocinado


    CUT SCENES - O que acontece nas sombras Empty Re: CUT SCENES - O que acontece nas sombras

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab Maio 25, 2019 2:12 am