Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capítulo 1: Como chegar à estação?

    Lnrd
    Cavaleiro Jedi
    Lnrd
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 257
    Reputação : 17

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Empty Re: Capítulo 1: Como chegar à estação?

    Mensagem por Lnrd em Dom Maio 05, 2019 12:59 pm

    Os olhos vivazes de Igoric, algo violáceos, algo avermelhados, encaram o pequeno Gabriel com uma expressão confusa, de que não compreende bem a pergunta feita.
    - Esse lugar... qual lugar? O trem? A caverna? Scholomance? O mundo bruxo... Você foi criado entre os trouxas? Deve estar bem confuso... .

    Enquanto falava ao menino, não notara a reação amuada de Akane. Dragoflor era um rapaz bem-intencionado e disposto, mas, apesar de não ser burro, tinha o lado brutamontes: típico garoto acostumado a ser o centro das atenções, não sabia muito bem captar as nuances e alterações de humores alheios. Era do tipo que, sempre que chateava alguém, não conseguia entender o motivo, o que havia feito.

    Na contramão, apesar da cara pouco convidativa, Nerb aproveitara o passeio para futricar as coisas, conhecendo o ambiente. Com muita naturalidade, tentar enfiar-se nas coisas da menina, atraída pela novidade e pronta para bagunçar tudo na curiosidade.

    Na parte do vagão, a atenção de Arthurio era capturada pela mão que o cutucava, pondo-se a ler a mensagem no caderninho de Link. Sem demora, abriu a boca para começar a falar, mas as palavras inesperadamente faltarem-lhe. Parecera que algo dentro da própria mente, uma lembrança, confundira o que pretendia dizer.
    Fechou os lábios, fazendo uma expressão esquisita, de incômodo, antes de finalmente botar para fora o assunto.
    - É... um pouco... complicado... .

    Da maneira errática e avoada dele, às vezes repetindo informações ou fazendo longos desvios, explicou que aquelas eram coisas de adultos, difíceis de entender. Ao menos a parte mais profunda delas.

    Conforme tentara colocar, toda a magia tinha alguma relação com as forças da natureza, desde a vida até a morte. As pessoas trouxas, sem atentar a nada, estavam trazendo um grande desequilíbrio aos dois mundos, não só ferindo “Gaia”, mas contribuindo para o aumento de energias malignas.
    - Sempre perseguiram bruxas porque achavam que elas eram más, mas era o próprio ódio deles que as envenenava.

    Sem ser afetada pela passagem daquele longo veículo, a paisagem continuava mudando, ora mais estranha, ora mais familiar, ora inacreditáveis, ora assustadoras.


    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Nausic10

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 D82jlg10


    Aquele era um assunto delicado, pelo que se podia perceber. De acordo com o rapaz, não havia quem discordasse que ambos os mundos sofriam. Mas a resposta sobre “o que fazer?” era motivo de encrenca. E muita.
    - Às vezes os adultos se separam entre “pró-trouxas” e... – por um instante, Arthurio pareceu ter dúvidas se deveria falar aquilo, mas resolveu terminar – ... “anti-trouxas”.

    Como disso, porém, nalguns momentos era muito difícil – ao menos para ele, um adolescente – definir a diferença. Parecia que alguém podia ser acusado de estar de um lado num instante e, no segundo posterior, de fazer parte do outro lado. De toda a maneira, aparentemente a maior parte de quem preferia uma solução sem não envolver magia, nem revelar a sociedade bruxa às comunidades externas, era “pró-trouxas”, “anti-intervencionista”. Mas algumas opiniões nesse mesmo grupo eram favoráveis a “pequenas intervenções”, como feitiços simples de convencimento, mensagens através de sonhos etc. Havia até quem fosse mais radical, propondo quebrar todo esse segredo sobre a existência do mundo mágico em favor de uma convivência pacífica entre todos os povos, o que parecia ótimo. Mas havia quem discordasse totalmente de tais propostas, apontando que, no passado, esse tipo de atitude só trouxe problemas. Bruxas perseguidas ou trouxas abusados por magos poderosos.

    Em suma, aceitar tais condições tinha risco, pois poderia abrir as portas a ideias “anti-trouxas”: manipulá-los ao bel prazer de criaturas más, escravizando e mesmo exterminando-os.
    - Minha mãe é da Guarda Encantada – a política daquele povo – e o pessoal lá é muito rigoroso no combate ao uso de trouxas como servos e esse tipo de coisa. Daí isso é bem raro.

    Àquela altura o protesto já tinha ficado bem para trás, conforme o longo monólogo seguia. No fim, ele confessou que não conseguia diferenciar bem as coisas, já que até um protesto tão “bondoso” quanto um contra familiares presos em gaiolas podia ser feito por ambos os lados: no caso, “anti-trouxas” defendiam que a única forma de liberdade total era deixá-los circular abertamente entre as duas realidades, mas se espertalhões tentassem lucrar maltratando-os ou cientistas começassem a fazer experimentos neles... .

    A conversa só fora interrompida por um momento de escuridão, quando o Expresso Transmundial saiu da área iluminada, mergulhando na escuridão subterrânea. O silêncio que se fez tinha algo de opressor.
    - Mas não precisa se preocupar com isso agora. Vai ter muito tempo pra discutir em “História da Magia” e em “Debates Metafísicos”... .

    Ao longe, uma pequena luz começava a crescer e brilhar. Seria o fim do túnel?
    ScorpioKS
    Investigador
    ScorpioKS
    Investigador

    Mensagens : 91
    Reputação : 0

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Empty Re: Capítulo 1: Como chegar à estação?

    Mensagem por ScorpioKS em Qua Maio 08, 2019 4:29 pm

    Link foi absorvendo aquele monte de informação que ia lhe sendo dada... até entender que era tudo politicagem. Já tinha ouvido falar sobre aquelas coisas. Sua avó, mãe de sua mãe (a mesma que tinha lhe dado o caderninho), era uma pessoa muito tranquila em relação ao relacionamento de trouxas e bruxos (ou isso, ou o casamento entre os pais dele não teria acontecido)... até o momento que a sua família degringolou a um ponto tal que até mesmo aquela senhora tão boazinha preferia ver o diabo a ter de interagir com alguém não-mágico. Ela não interferia ativamente na vida do neto, impedindo-o de fazer suas coisas, mas não era incomum que a senhora simplesmente começasse a tentar dizer a ele o quanto aquela era uma população perigosa.

    Suspirou pesadamente enquanto lembrava dessas coisas. Entendia a sua avó: ela também ficou muito traumatizada com todo o ocorrido, e na idade da senhora era uma judiação, mas... por que simplesmente não deixar as coisas como eram? Havia não-magos tão simpáticos que chegava a ser indecente, inclusive alguns deles se oferecendo para ajudá-lo de qualquer forma quando descobriam que ele era praticamente um "órfão de mãe viva".

    ... aquilo cansava demais o jovem bruxo.

    Foi quando notou uma luz ao longe, do lado de fora do trem.

    ”Scholomance?"

    Foi a única palavra que Link escreveu no caderno, mostrando-o para Arthurio.
    Lnrd
    Cavaleiro Jedi
    Lnrd
    Cavaleiro Jedi

    Mensagens : 257
    Reputação : 17

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Empty Re: Capítulo 1: Como chegar à estação?

    Mensagem por Lnrd em Dom Maio 12, 2019 3:32 pm

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Rn2blw10

    – NERB! – Exclamara Igoric, percebendo o familiar enxerido dele enfiando-se na bagagem da menina – Não sei de onde tirou essa falta de educação de ficar metendo o focinho nas coisas dos outros – Pegou-a, desculpando-se com Akane.

    Bem naquele momento, um pequeno grupo surgiu à porta, cochichando e se cutucando, atraindo a atenção do capitão. Estavam carregando alguns itens esportivos do colégio, pedindo para que os autografasse, algo que ele não se fez de rogado em conceder.
    - Esse ano o torneio vai ser nosso - Disse um rapaz mais novo que Dragoflor, mas mais velho que os dois novatos que dividiam o local com ele. O resto da trupe concordou.
    - Claro que vamos! Estão falando com um dos melhores da liga! - Realmente, o histórico dele era impressionante, com muitos rumores sobre convites dele para a categoria adulta.

    Não longe, Arthurio ajustou a armação dos óculos, tirando-os da ponta do nariz, lendo a letra de Link no caderninho. A resposta dera fazendo que "não" com um rápido meneio de cabeça.
    – É a vila de Hermanstadt. De lá são umas 5h de caminhada... – percebendo o quão assustador aquele número enorme poderia parecer, correu para se corrigir - Só que não vamos a pé!

    A luz do dia inundou os vagões a partir das largas janelas, afogando a maioria das crianças novatas em excitação e medo. Estavam agora aproximando-se do destino e era de se esperar que a construção fosse em breve visível.
    Porém não era assim.

    Por algum tempo ainda, tudo o que encaravam era uma paisagem bucólica, largos campos naturais ou cultivados. Era uma visão bela, porém pesadamente “normal” – principalmente após a experiência da caverna pela qual haviam passado.

    Aqui e ali, o ritmo monótono era quebrado pela presença de uma casinha isolada, alguém cruzando o espaço a pé, um ou outro animal. Nada, porém, “mágico”.


    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 46399_11

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 F5f5bd10

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Cca9a010


    Havia também um pouco de decepção por não ser possível ver nenhum castelo ou coisa do tipo marcando o horizonte. Era difícil definir se isso devia-se a ainda estarem longe demais ou se culpa de algum feitiço de ilusão defendendo a escola de olhares curiosos.

    Seja como fosse, não demorou muito até que o apito do trem soou alto, avisando que estavam quase chegando. Logo após, ao vencerem a curva de um grande grupo de árvores, surgiu um muro. Apesar dele, por conta de desvios de nível, era possível ver um aglomerado de construções baixas, humildes, porém bem cuidadas. Possuíam algo de acolhedor, sendo feitas de pedra e madeira.


    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 C9889b10

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 6749c110


    – HERMANSTADT! – Gritou Dragoflor à porta da cabine, quase como se fosse um funcionário da companhia de transporte. A intenção dele, conforme continuara, fora bem outra – QUEM VAI ME DAR UMA AJUDA AQUI?!?!

    Como dissera antes, tivera de carregar todo o material sozinho porque perdera o horário. Porém, era alguém bastante popular e, bem rápido, uma aglomeração formou-se no corredor.
    – É isso – falou rapidamente –: quem quiser ver nosso time ganhando, é melhor ajudar agora!

    Não fora preciso mágica alguma. Num instante, todas as malas haviam sido esvaziadas.
    Na empolgação, até as coisas de Gabriel e Akane estavam sendo puxadas pelos apoiadores de Igoric.

    Conforme o convite, uma "caravana" sairia do vilarejo ao fim da tarde. Aparentemente, ainda teriam algum tempo para conhecer as ruas do pequeno povoado.
    Claude Speedy
    Garou de Posto Cinco
    Claude Speedy
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2002
    Reputação : 42

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Empty Re: Capítulo 1: Como chegar à estação?

    Mensagem por Claude Speedy em Dom Maio 12, 2019 3:56 pm

    -Uau... Esse lugar é...

    Dragoflor escreveu:– QUEM VAI ME DAR UMA AJUDA AQUI?!?!

    -Ah, eu ajudo.
    Akane escreveu:-Porque estava me encarando a alguns minutos?
    -Eu estava?

    Enquanto carregava algumas das várias malas.

    Off: Não sei se a @Katerine Le Blanc. mas se não a frase serve.
    Katerine Le Blanc
    Mutante
    Katerine Le Blanc
    Mutante

    Mensagens : 697
    Reputação : 15
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Empty Re: Capítulo 1: Como chegar à estação?

    Mensagem por Katerine Le Blanc em Dom Maio 12, 2019 5:08 pm

    Akane ouvia a voz de um deles e logo observava por alguns segundos. -Meu amigo afirma que sim, eu sou Akane e vocês são? - Ela os questionava em quanto abria um sorriso levemente amigável. -Desculpe eu sou um desastre pra arrumar amigos, ainda mais por causa de meus olhos serem de cor diferentes. - Akane dizia em quanto esperava a resposta de um dos dois, porém, ela sentia que estava fazendo algo que não deveria e que talvez se arrependeria depois já que as palavras ofensivas aconteciam frequentemente.
    Claude Speedy
    Garou de Posto Cinco
    Claude Speedy
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2002
    Reputação : 42

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Empty Re: Capítulo 1: Como chegar à estação?

    Mensagem por Claude Speedy em Qua Maio 15, 2019 9:33 am

    -Cores diferentes...? Paro para olhar melhor. -Puxa, isso é bem legal! Sou Gabriel... E esse é meu gato de estimação: Ulthar. Minha mãe disse que ele é praticamente da família... O chama de familiar.

    Comentando e levando equipamentos de esporte para ajudar Dragonflor e não sobrecarregar nenhum funcionário e nem o veterano.
    ScorpioKS
    Investigador
    ScorpioKS
    Investigador

    Mensagens : 91
    Reputação : 0

    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Empty Re: Capítulo 1: Como chegar à estação?

    Mensagem por ScorpioKS em Qui Maio 16, 2019 11:14 am

    Claro, óbvio! Ele tinha esquecido que essa viagem tinha como destino final não a escola, mas uma vila. Enfim, hora de partir. Colocou a mochila nos ombros e fez um rápido carinho na cabeça de seu familiar, que de imediato acordou e pôs-se de pé.

    "Obrigado pela companhia durante a viagem"

    Escreveu em seu caderno para Arthorio,enquanto abria a porta da cabine. Teve impressão de ter ouvido um berro ao longe ("HERMANSTADT! QUEM VAI ME DAR UMA AJUDA AQUI?!?!), mas logo esse pensamento se foi, pois Link foi seguindo o fluxo de alguns alunos que já estavam se preparando para sair.

    Bom, e aquilo só confirmava que sim, ele estava partindo pra uma nova e importante etapa na sua vida.
    Conteúdo patrocinado


    Capítulo 1: Como chegar à estação? - Página 2 Empty Re: Capítulo 1: Como chegar à estação?

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Maio 19, 2019 3:26 pm