Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Obsservador
    Mutante
    Obsservador
    Mutante

    Mensagens : 511
    Reputação : 13

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Obsservador em Qua Jul 03, 2019 3:08 pm

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 C4af437a8b4cfda44abd6df9d100e3b2

    George Mayhew passara boa parte do tempo auxiliando os novos companheiros em seus ferimentos, durante a tarefa conta sua história de forma animada e fantasiosa para aqueles que querem ouvir na esperança de melhorar o humor do grupo.  Realizado os curativos passa a se dedicar a ler os livros que lhe foram entregues, disseram que poderia ajudar e o pequeno halfling sempre gostara de ler... além do mais ajudava a passar o tempo enquanto os demais descansavam. Já que o pequenino não necessitava descansar pois havia tirado uma soneca (forçada) momentos antes.

    Quando todos começam a acordar o halfling fecha o último livro, já estava tarde e a única luz que lhe auxiliava à leitura provinha da parca fogueira na lareira.
    Agora que dava mais atenção aos arredores sentia os pelos do seu corpo se arrepiarem, a sala de estar parecia extremamente macabra às luzes bruxuleantes.
    Os companheiros começam a acordar e o pequenino tenta ser educado mas é interrompido pelo estonteante clarão que veio da fogueira
    --Bom dia senho...


    @scorpion escreveu:
    Então, os heróis podiam ver que o fogo da Lareira serpenteava de maneira estranha.... ele começou a dar formato a um rosto e logo uma voz soou pelo ambiente...
    Davos: Galladon? Galladon, onde você está, infame?
    Era a voz do mestre do Mago, que se comunicava por alguma magia através do fogo...


    Perante o susto George se coloca de pé de um salto.
    A garganta do halfling trava momentaneamente e ele sente o nó no pescoço subir e descer seco algumas vezes.
    Ele olha para os novos companheiros, esperando alguma reação dos mesmos.


    Ficha:
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2504
    Reputação : 161
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por shamps em Qua Jul 03, 2019 7:08 pm





    O sono havia sido revigorante para Minhyukllin, mas mesmo assim, ela tinha acordado com algumas dores no corpo, nada que causasse grande transtorno para ela. Assim que acordou, de tempos em tempos verificava se seu traje estava seco e começou a ler um dos livros que tinha pego, porém nada de útil conseguiu extrair deles, o que a frustrou um pouco. Nesse meio tempo, Nalklyr aproximou-se da elfa, que com desconfiança o encarou, mas deixou que ele a curasse com magia. Foi um situação desconfortável para ela, já que tinha que passar um tempo demasiado com o druida perto dela enquanto o item fazia seu trabalho. Ela nem sabia para onde olhar e constantemente observava o teto, e quando lembrava-se que estava ao lado de um meio-drow, voltava a encara-lo, pois nunca se sabe o quanto da maldade de sua raça estaria à espreita. Ficou calada boa parte do tempo. Por mais que ele demonstrasse ajudar o grupo, a elfa do sol ainda desconfiava dele, por mais que essa sensação diminuísse com o tempo. Por fim, ela suspira e o encara mais uma vez.

    - Agradeço sua ajuda, druida - disse em élfico, de maneira altiva, mas sentindo-se melhor após a cura - sinto-me revigorada agora. Os outros estão bem? Fez isso por eles também? - ela se lembrou das várias vezes que pediu para que ele não lhe dirigisse a palavra - pode me responder, eu permito - e estendeu a mão autorizando-o, ela queria saber sobre a saúde dos outros, já que não gostaria de voltar para aquele quarto imundo.

    Essa situação constrangedora se dissipou assim que ele se afastou e ela foi fazer ronda, não confiando em nada que pudesse vir de uma aranha, já que Nalklyr havia encarregado seus animais para a função. Sentiu-se mais segura quando ela própria observava as sombras. Estava um pouco distante da lareira quando ouviu uma voz vinda do fogo.

    - O que foi isso agora? Mas o que... - e pensou se valia a pena terminar sua frase.



    Sandinus
    Wyrm
    Sandinus
    Wyrm

    Mensagens : 8999
    Reputação : 55
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Sandinus em Qua Jul 03, 2019 7:58 pm

    Após curar-se o druida foi curar Lin, ele já seguia para ela com ar de riso, claro, ao invés de sentir ódio pelo desprezo dela por ele ser o que é, ele simplesmente achava graça em tudo aquilo, a jovem mesmo tentando ser durona e "má" não convencia, ele passa um tempo a tratando com atenção e agora tinha um expressão séria, afinal, precisava estar concentrado no item para que este funcionasse a elfa por sua vez ficava evidentemente desconfortável e por vezes um leve sorriso se via na boca do meio-drow.

    Ao final ela o agradeceu

    - Agradeço sua ajuda, druida - disse em élfico, de maneira altiva, mas sentindo-se melhor após a cura - sinto-me revigorada agora. Os outros estão bem? Fez isso por eles também?

    -Infelizmente não tivemos tempo para tratar todos, mas os que puderam ajudaram, todos precisam dormir e descansar para recuperar as energias e alguns a magia como eu e claro, preciso me tratar também! Bom, acabei aqui, você foi uma paciente comportada muito bem, mais até do que devia, poderia ficar menos tensa.

    Dizia ele com um leve sorriso e olhando nos olhos dela.

    -Sei que queria me olhar mais....claro para evitar que eu lhe esfaqueasse nesse meio tempo... Agradeço em parte pela confiança de desviar o olhar!

    A Elfa mais uma vez toma uma postura altiva e se pronuncia:

    - pode me responder, eu permito

    Nalklyr tenta segurar o sorriso mas com o braço na boca mas pouco consegue então se recompõe:

    -Você querendo ou não eu ainda falaria com você, sou chato mesmo, mas sabe de uma coisa, me divirto com sua postura de menina má com esse jeito meigo e gentil, não convence ninguém além de...


    De súbito uma voz é ouvida e ela era inconfundível, era Davos, como sempre "educado e gentil" com seu aprendiz, ele utilizava-se de alguma magia que chamou atenção do Feiticeiro/Druida que tenta descobrir que magia é. (Conhecimento Arcano, Resultado 13)

    O druida foca-se na imagem o mago no fogo atento.
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7573
    Reputação : 113

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Edu em Qua Jul 03, 2019 8:07 pm

    Rachel levantando do lugar aonde tinha estendido o seu saco dormir na sala, tem uma reação lenta ao perceber que o fogo falava. Ela boceja e coça a cabeça. Senta-se no chão na posição de lotus e fica olhando o fogo animado.

    Suas expressões não mudam muito apenas fica encarando o feito magico. Sentia-se como se ainda estava num sonho.

    - Alguém chama pelo Galladon. Seria bom que ele acordasse - diz ela de forma lenta ainda sonolenta.
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2504
    Reputação : 161
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por shamps em Qui Jul 04, 2019 4:05 am





    Ela tentava, jurava que tentava, não sentir raiva daquele ser perto dela, mas era impossível. Como ele conseguia ser irritante. E ainda zombava dela... ele estava zombando dela? Sorrindo? Que audácia. Ele deveria estar concentrado em cura-la e não em rir dela, toda vez que ela o sondava ele sorria. Ela só não deu soco na cara dele porque ela sabia que essas coisas de magia exigiam muita concentração, por isso ela só respirou fundo e fechou os punhos com força para controlar seu impulso raivoso.

    - Eu ajudaria se pudesse – ela fica mais tranquila ao saber que outros se recuperavam da melhor forma possível – você apanhou bastante mesmo, deve mesmo se tratar – num misto de raiva e preocupação, a elfa tentava alfineta-lo sem sucesso – é claro que sou uma boa paciente e... oras, seu... eu não estou tensa – passou de orgulhosa para indignada em questão de segundos.

    Era irritante a maneira como ele a encarava, como se zombasse dela, algo que a deixava revoltada. A cada palavra dele, ela tinha mais certeza que ele queria desmoraliza-la.

    - Eu não queria olhar para você, seu convencido. Estava lhe vigiando, mas acredite, você jamais conseguiria me esfaquear, fui muito bem treinada para evitar um ataque pelas costas – ela suavemente coçou o nariz e prosseguiu – não confio em você, mas na minha capacidade de evitar qualquer golpe seu – e desviou rapidamente o olhar.

    Quando ele começou a rir, ela teve certeza de que ele se divertia às custas dela, o que a irritou profundamente.

    - Eu sou uma piada para você? – e teve certeza com a resposta dele – eu não sou uma menina má, eu sou magnânima ao permitir que você converse comigo e claro que sou meiga e gentil, senão eu já teria feito picadinho de você. Como é irritante...



    Norox
    Tecnocrata
    Norox
    Tecnocrata

    Mensagens : 344
    Reputação : 14

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Norox em Qui Jul 04, 2019 7:08 pm

    Sabe quando sonhamos que estamos caindo e acordamos dando um pulo? Foi dessa maneira que o Meio-Orc acordou. levantando de uma só vez de seu saco de dormir, com os olhos arregalados, olhando para todos os lados e murmurando para aqueles que estivessem mais próximos.

    - Vermes... Os vermes estão vindo... Nos cercando... Vermes... Ham...

    E percebendo que na verdade tinha acabado de despertar de um pesadelo, o grandalhão toma uma postura mais turrona e finge que nada tinha acontecido.

    - Hu-hum... - Limpa a garganta. - Porcaria de saco de dormir, acaba com minha coluna. - Finge estar sentindo dores na lombar.

    • • •

    A casa estava mais macabra com o anoitecer do que antes, o que fez os pelos da nuca de Ta'Burz arrepiarem. O escuro não era um problema para o grandalhão, mas ele sabia que os outros poderiam ter dificuldades, por isso iria sugerir que aproveitassem a lareira para fazerem tochas, mas foi nesse momento em que o fogo dançou diante de seus olhos e um rosto surgiu chamando por Galladon.

    Davos escreveu:Galladon? Galladon, onde você está, infame?

    - Mas que m...

    Crohar, já com seu machado em mãos, olhava do rosto que surgiu no fogo para o mago e depois de volta ao rosto do velho temendo que aquilo fosse um novo elemental.
    scorpion
    Tecnocrata
    scorpion
    Tecnocrata

    Mensagens : 467
    Reputação : 57

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por scorpion em Qua Out 30, 2019 11:52 am

    Os heróis iam acordando aos poucos e sentiam-se revigorados (ao menos alguns). O chão ainda jaziam bem molhado, tendo em vista que dormiram onde um enorme Elemental de Água explodiu e isso tornou as paredes ainda mais frias, tendo em vista que acordaram próximo da meia noite para seguir o rumo e encontrar o Mago Anão, dono daquela mansão.

    Foi quando Davos, o mestre de Galadon surgiu na fogueira clamando por seu mestre. Quem primeiro apareceu para ver a fogueira foi o halfling... qual não foi o espanto de Davos quando o viu.

    Davos: Por Mystra! Ublyn? Não.... não pode ser.... não, você não é o Blackalbuk que eu conheço. Você só é parecido com aquele patife, porém, não deve ser metade do meio homem que ele era... como se tivesse sido expelido por suas tripas em seus piores dias. Eu não quero falar com você! Saia da minha frente e chame meu pupilo!

    O brado de Davos acordou Galadon, que se colocou de pé de supetão, com a cara ainda amassada de quem acabou de dormir.

    Davos: O que estava fazendo dormindo, seu arremedo de mago? Eu o enviei nesta missão para conseguir a tradução do diário, não para acampar com estes vagabundos!

    Galadon: Perdão, mestre. Estava recuperando minhas energias... esta casa, ela é muito mais perigosa do que imaginávamos...

    Davos: É claro que é! Você está no refúgio de um encantador! Até a água da latrina deve ser encantada de alguma forma. Você é tão óbvio que chega a me dar nos nervos. Que seja! Eu preciso que você saia daí e faça algo para mim.

    Galadon: Mas mestre... Os meus companheiros...

    Davos: Pare de se apegar a coisas insignificantes, moleque! Me obedeça, ingrato de uma figa! Eu lhe criei, está esquecido?

    Galadon: Muito bem, mestre....

    Então,o rosto na fogueira desapareceu, resmungando como um velho. Galadon virou-se para seus colegas...

    Galadon: Companheiros, eu preciso ir. Meu mestre nunca me pediria algo se não fosse de suma importância. Deixarei vocês com os livros que achamos, pois eles podem vir a ser úteis... e retornarei assim que possível para ajudá-los.

    Ele então entrega os livros que estivessem em sua posse para um dos personagens e parte.

    Galadon saiu pela porta NORTE do quarto e sumiu no corredor. Os heróis ainda digeriam aquilo, quando ouviram um barulho meio metálico vindo depois do banheiro de onde o Elemental de água foi invocado.... era um barulho de metal pesado se arrastando... lentamente. Um arrasto longo, que parava por 1 segundo e meio... e depois continuava.... parava... e continuava.... e então, um grito de desespero...

    ???: AAAAAAHHHHHH!!!

    E um forte barulho de metal, que encerrou o grito no ato!

    OFF: Pessoal, como o Raviollius não se manifestou se vai jogar, eu vou tirar o Galadon da história... caso ele retorne, o personagem retornará.
    Norox
    Tecnocrata
    Norox
    Tecnocrata

    Mensagens : 344
    Reputação : 14

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Norox em Qui Out 31, 2019 4:48 am

    Quando a voz do velho mago começou a sair de dentro da lareira, Ta'Burz virou-se de costas e voltou sua atenção para suas coisas com uma expressão fechada.

    "Magia..." Pensava ele de modo rabugento enquanto arrumava suas coisas na mochila. "Feitiçaria... Essas maluquices..."

    Para ele, um Meio-Orc Bárbaro e selvagem, era extremamente difícil entender esse lado Arcano da vida. Escutou calado a conversa entre Davos e Galadon e, por fim, levantou-se jogando sua mochila no ombro e permaneceu sério enquanto o pequeno Mago se retirava despedindo-se e explicando que não poderia continuar.

    - Hum... - Apenas grunhiu quando este passou perto de si.

    • • •

    Crohar já se encontrava pronto e preparado para continuarem a investigar àquela casa dos horrores, aguardando que os outros também se prontificassem, quando os barulhos metálicos começaram a surgir. Sons que talvez ele nunca tivesse escutado antes e que faziam os pelos de sua nuca ficarem arrepiados.

    Voz Misteriosa escreveu:AAAAAAHHHHHH!!!

    O Bárbaro levou a mão ao machado, levantou uma sobrancelha e olhou para seus companheiros esperando por uma reação dos mesmos. A primeira coisa que lhe passou à cabeça era a de que não estavam sozinhos, então realmente tinha mais alguém naquela casa, a segunda coisa que pensou, porém, era que quem quer que fosse estaria com problemas.

    - Ham.. - Sussurrou para os outros. - Mas o que diabos foi isso?

    Ta'Burz seguiria em direção ao grito tomando cuidado para não fazer barulho e esperando que os outros o seguisse.
    Sandinus
    Wyrm
    Sandinus
    Wyrm

    Mensagens : 8999
    Reputação : 55
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Sandinus em Qui Out 31, 2019 8:06 am

    Nalklyr dormia tranquilamente quando a voz irritante de Davos e seu modo rudo foi acordando o grupo, Nalklyr abre um olho sim, outro não ainda atordoado esperando sua visão se ajustar e observa voz do velho emanar da fogueira.

    -Que velho insuportável... Sussurrava ele enquanto levantava-se limpando os olhos e procurando Tuffo e Shivra.

    A conversa se desenrola com Davos precisando de Galadon para algo de extrema importância e apesar de parecer senil, o velho demonstrava se sábio e inteligente o que faz Nalklyr sequer contestar o pedido dele. Quando Galadon se despede Nalklyr acena positivamente para ele:

    -Foi um prazer Galadon, espero que consiga cumpirir essa missão e assim que puder sempre pode nos procurar, acho que nosso grupo ficará junto por um bom tempo ainda!

    Porém, quando Galadon se despede e some no corredor, um barulho estranho de metal arrastando-se do local onde o elemental foi morto é ouvido e seguido de um grito. Nalklyr levanta-se rapidamente logo após o Ta'Burz e o segue com sua besta armada.
    Obsservador
    Mutante
    Obsservador
    Mutante

    Mensagens : 511
    Reputação : 13

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Obsservador em Qui Out 31, 2019 10:51 am


    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 C4af437a8b4cfda44abd6df9d100e3b2

    George Mayhew sente os ossos gelarem ao ouvir o nome do seu tio.
    O pequenino possui uma leve lembrança do mago que surgira no fogo e um grande alívio quando o mesmo decidira que não valia apena falar com ele. Um pouco ultrajante, mas melhor do que ter a atenção de um mago "levemente louco".

    Após o tumulto e a despedida de Galadon outro barulho surge nas redondezas, seguido de um grito de terror.
    --Mas o que infernos é agora? indaga o pequenino enquanto se coloca a esconder na retaguarda do grupo com sua funda e uma bala na mão. --Farei a retaguarda! Anuncia.


    Halfling Cleric
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2504
    Reputação : 161
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por shamps em Sex Nov 01, 2019 12:06 am





    Já cansada de discutir com aquele druida irritante, Lin decide se afastar, mas para ao ouvir a voz vindo da lareira. Até pensou em se aproximar, porém o halflin chegou primeiro à fonte do chamado. Ela só observou a cena de longe já que não era com ela. Como sempre, Davos era grosseiro e deselegante com seus interlocutores, o que deixava a refinada elfa descontente. Ele queria seu pupilo e o desenrolar da história foi preocupante: Galadon se afastaria do grupo.

    - Senhor Galadon, acha mesmo prudente nos deixar no meio dessa busca? - ela o encarou com um olhar consternado - ah, quem sou eu para falar algo. Uma pena, já que o senhor é uma das poucas pessoas civilizadas para se conversar - ela não sabia bem o que dizer em uma situação daquelas, então só sorriu e desejou boa sorte.

    Ela viu o mago se afastar, pensativa, assim ficaria por alguns minutos se não fosse um estranho ruído vindo do quarto do banheiro.

    - Ouviram isso? Metal... - olhou primeiro para Nalklyr, confiando que alguém que partilhasse de sua herança racial ouviria prontamente, depois olhou para os outros. Quando notou que todos tinham ouvido o barulho, a elfa já levava sua mão à espada. Então um grito... - que horror! - ela viu George indo em direção ao barulho e o acompanhou de imediato - Ta'Burz, vem comigo! - já rumando para o quarto.


    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7573
    Reputação : 113

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Edu em Sab Nov 02, 2019 11:32 am

    A Warlock faz uma reverencia para o mago que saia e enquanto ria do jeito um tanto bruto do mago falar. Sentada no chão e com as mãos apoiadas nos joelhos ela suspira:

    - Alguem ainda se surpreende com o que essa casa faz? Como o mago falou, aqui tudo é encantado.

    Finalmente Rachel se levanta mas não faz muita coisa, apenas espera que acontecesse para que ela pudesse tomar alguma atitude necessária.
    scorpion
    Tecnocrata
    scorpion
    Tecnocrata

    Mensagens : 467
    Reputação : 57

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por scorpion em Qua Nov 06, 2019 11:48 pm

    Os heróis correm pelo corredor, sendo seguidos em último por Rachel, que decide não entrar nos aposentos e nem por Jack, que continua no outro aposento.

    Eles atravessam o lavabo onde o Elemental havia sido acordado, chegando a uma espécie de salão que mais parecia um depósito. Tonéis e barris, além de grandes sacas estavam ali, além de frascos e uma enorme forja que estava levemente acesa.
    Porém, não era exatamente tudo isso que chamava a atenção naquele lugar... mas sim duas coisas: A primeira era um enorme buraco no chão, que devia ter uns 6m de raio... e a segunda era um homem de pele negra arroxeada e cabelos prateados que rastejava pelo lugar, como querendo chegar naquele buraco. Enquanto se rastejava, ele deixava um rastro de sangue bem consistente, como se tivesse com um enorme ferimento na barriga.

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Main-qimg-6b0073cd73a77f8ea5527212e93259b6

    TAM! TAM!

    Dois barulhos metálicos se fizeram. O homem meio que se rastejando virou de barriga para cima e tinha a expressão cerrada de dor. Os heróis podiam ver que havia um enorme ferimento em sua barriga e suas tripas estavam a mostra. Ele rastejou de costas....

    TAM! TAM!

    O barulho metálico de novo....

    O homem quando abriu os olhos e se impulsionou mais um pouco pra trás, viu os heróis. Ele então arregalou os olhos quando viu Nalkyr e disse:

    Homem: Z'Zinbran?!.... me ajude... irmão...

    Nalkyr nunca tinha visto aquele homem, mas ele já tinha ouvido aquele nome... "Z'zinbran".... só não recordava onde.

    TAM"! TAM!

    Agora os heróis podiam ver o que era aquele barulho metálico. Tratava-se de uma enorme estátua metálica, pouco mais alta que Tal'burz, arrastando uma enorme espada de ferro. Ela ergueu a espada e num golpe rápido, decepou as duas pernas do Drow, que urrou em desespero, desmaiando em choque.

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Bruno-balixa-iron-golem

    A criatura então desencravava a espada do chão para terminar o serviço...

    OFF: Algumas informações:

    1: A criatura tem tamanho médio, ok?
    2: Eu perdi os mapas e como tem menos gente na aventura eu resolvi cortar 2 áreas dela.... então não precisaremos mais de mapas ao menos nela...
    3: Considerem que a criatura está a 9m da porta e a entrada do buraco a 12m. Só considerei que George, Nalkyr, Talburz e Lin passaram pela porta. Rachel está com a visão bloqueada pelos colegas e Jack ainda está no quarto.
    Sandinus
    Wyrm
    Sandinus
    Wyrm

    Mensagens : 8999
    Reputação : 55
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/211.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Sandinus em Qui Nov 07, 2019 12:27 am

    Ao avançar Nalklyr se depara com uma cena chocante, primeiro por ver um Drow naquele local, segundo pelo estado que se encontrava o homem e terceiro por se deparar com uma grande estátua de ferro que se movia e atacava o drow que estava vertendo sangue com seu abdômem aberto e as tripas de fora, porém, o mais intrigante foi o momento em que o Drow visualiza Nalklyr e chama-o pelo nome de Z'Zinbran.

    Não era um nome desconhecido, o meio-drow ja ouvira falar daquele nome no passado, mas não recordava do que se tratava e quando todos ainda se recuperavam daquela visão a estátua de ferro decepa as pernas do drow num único ataque, fazendo-o urrar de dor em desespero e desacordar, como se não bastasse, a criatura erguia a grande espada para findar com a vida do drow.

    Nalklyr consegue se recompor do choque da sequência de cenas grotescas e antes que a criatura desse o golpe final começa a pronuncia palavras de poder rapidamente e aponta para frente da estátua, uma nuvem esfumaçada aparece e se converte um grande crocodilo pronto para o ataque.

    -Ataque!

    Gritava Nalklyr para o crocodilo, ele imediatamente gira sua grande e poderosa cauda e tentava acertar a criatura.

    -Agora, salvem o Drow, ele pode ter informações úteis para nós, estabilizem seus ferimentos enquanto o crocodilo distrai a estátua!
    Obsservador
    Mutante
    Obsservador
    Mutante

    Mensagens : 511
    Reputação : 13

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Obsservador em Qui Nov 07, 2019 12:02 pm

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 C4af437a8b4cfda44abd6df9d100e3b2

    O halfling não fazia ideia se conseguiria ajudar o drow ferido, mas diz
    --Tragam ele pra cá! Vou tentar ajuda-lo!
    E recua do combate abrindo espaço para que os outros possam ajudar
    --E não esqueçam as malditas pernas!


    Halfling Cleric

    Mecânica:

    Mestre qual magia para ajudar o drow a sobreviver?
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu
    shamps
    Sacerdote de Cthulhu

    Mensagens : 2504
    Reputação : 161
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por shamps em Qui Nov 07, 2019 9:53 pm





    Rapidamente já estavam todos no depósito que se encontrava depois do banheiro e Lin não exitava em ir na frente junto ao bárbaro, porém não esperava que o druida se adiantasse e passasse na frente dela. Logo aquele graveto ambulante que quase foi esmagado por um tapete. Se não fosse um momento tenso, certamente a elfa sorriria ao lembrar do momento. Assim que entraram no recinto, a elfa solar fez uma cara de desgosto e espanto ao se deparar com um drow. Mesmo que ferido, ainda era uma drow.

    - Isso só pode ser brincadeira - falou em um tom baixo. Virou-se para Nalklyr - amigo seu?

    Não teve muito tempo para brincar com a cara do meio drow, já que ainda tinha uma estátua ambulante enorme decepando o drow e provavelmente eles seriam os próximos. Uma cena repugnante e perturbadora para a elfa, que mesmo sendo uma hábil guerreira, ainda carregava pureza e elegância. Certamente ela não esqueceria daquela cena tão cedo.
    Nalklyr e George já estavam em ação e, ao grito do druida, Lin não acreditou no que ouviu.

    - Que? - salvar um drow? Ela sacode a cabeça e olha para o bárbaro buscando um entendimento, ainda mais quando George sugeriu que eles levassem o moribundo até ele.

    - Ah... eu odeio magos... Ta'Burz... você pega ele e eu... afe... eu te dou cobertura - ela olhou para o grandalhão verde e com desgosto olhou para o monstro enlatado sem acreditar que estava fazendo aquilo. Ela e um crocodilo mágico contra uma coisa de metal com uma espada enorme e certamente mortal.

    - Você me paga - e cinicamente fala o nome estranho - Z'zinbran!


    Claude Speedy
    Garou de Posto Cinco
    Claude Speedy
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2155
    Reputação : 49

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Claude Speedy em Qui Nov 07, 2019 11:49 pm

    -Hunf...

    Coçando a nuca, sentindo-se ainda exausto pela surra que levou tentando se aproximar do elemetal e o gás que respirou, Jack pensa que mesmo tentando abrir uma brecha para os aliados ele foi completamente esquecido e se coloca um pouco mais na defensiva depois disso.

    Para piorar ele percebe que esta lidando com um lugar que é seu pior pesadelo. Uma prisão feita de cortinas, fontes de água e baús que atacam... Coisas estranhas que ele conhece por alto ou ouviu falar... Ele sabia que não era lá muito disciplinado como sua amiga elfa...

    Mas ele estava se esforçando.

    O que corria em sua mente era tentar entender porque ninguém o quis ajudar... Nenhuma pessoa quis ajudar sua cura...

    Ele cambaleia até perto da porta, vendo o avanço dos aliados. Tentando se aproximar deles... Pensando cada dia mais, que se não morrer, vai correr atrás daquele Paladino e da Ladina para tomar deles até seus últimos bem por essa cilada em que eles os jogou.
    Norox
    Tecnocrata
    Norox
    Tecnocrata

    Mensagens : 344
    Reputação : 14

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Norox em Sex Nov 08, 2019 1:08 am

    Ta'Burz chega no quarto junto com os outros aventureiros e se depara com o que parecia ser mais uma artimanha daquela casa maldita: Uma estátua toda feita de metal. A "criatura" chamou mais a atenção do Bárbaro pelo seu tamanho, a vista parecia ter uma cabeça ou duas de vantagem. Crohar apertou o cabo de seu machado, pouco se importando com o Drow caído no chão e sem pernas, mas quem agiu primeiro foi o conjurador magricela: Nalklyr faz aparecer um crocodilo para lutar com o bichão metálico.

    "Mágicos... Hunf" O Bárbaro balança a cabeça negativamente.

    Enquanto isso o pequenino halfling parecia querer ajudar o "sem pernas" que, na visão do meio-orc, já era um caso perdido. Inclusive Lin, a Guerreira recatada, parecia compartilhar de mesmo pensamento que George, o Clérigo.

    Lin escreveu:- Ah... eu odeio magos... Ta'Burz... você pega ele e eu...

    Mas, antes que a guerreira pudesse terminar, o Meio-Orc enche os pulmões de ar e grita com força:

    - RRRRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHH!!

    Diferente de Lin, Ta'Burz nunca teve nenhum tipo de treinamento em combate ou estratégia, o Bárbaro aprendeu com a vida, com brigas em bares e com a natureza, na base da selvageria. Se tinha uma coisa em que o Meio-Orc fosse bom, essa coisa era bater. Sem pensar duas vezes, Crohar deixa a fúria consumir todo seu corpo e ele parte em uma investida na direção do Monstro de Metal.

    Na cabeça do Bárbaro só se passava uma coisa: Eram eles ou aquela criatura.

    Off:
    Resumo das Ações do Personagem:
    - Ativar a Fúria.
    - Atacar com Investida e Ataque Poderoso.
    Descrição de Todas as Habilidades:
    Fúria - Página 23 Livro do Jogador:
    Fúria (Ext): Um bárbaro é capaz de mergulhar em uma fúria sanguinária uma determinada quantidade de vezes a cada dia. Enquanto estiver em fúria, ele adquire força e resistência fenomenais, mas se torna inconseqüente e menos capaz de defender a si mesmo. O personagem recebe, temporariamente, +4 de bônus de Força e Constituição e +2 de bônus de moral nos testes de resistência de Vontade, mas sofre -2 de penalidade na Classe de Armadura.
    A alteração da Constituição aumenta a quantidade de pontos de vida do bárbaro em 2 pontos por nível, mas esses pontos de vida desaparecem quando a fúria terminar e o valor de Constituição do personagem voltar ao normal (esses pontos de vida adicionais não são eliminados primeiro, de forma semelhante aos pontos de vida temporários; consulte Pontos de Vida Temporários). Enquanto estiver em fúria, um bárbaro não conseguirá utilizar nenhuma perícia baseada em Carisma, Destreza ou Inteligência (exceto Equilíbrio, Arte da Fuga, Intimidação e Cavalgar), a perícia Concentração, nem qualquer habilidade que exija paciência ou concentração. Ele também não pode conjurar magias ou utilizar itens mágicos acionados com palavras de comando, gatilhos de magia (como uma varinha) ou complementos de magia (como um pergaminho). Um bárbaro em fúria será capaz de usar qualquer talento que tenha, exceto Especialização em Combate, talentos de criação de itens ou metamágicos. A fúria permanece ativa durante uma quantidade de rodadas equivalente a 3 + o modificador de Constituição (recém-ajustado) do personagem. O bárbaro consegue terminar sua fúria prematuramente. Quando voltar ao normal, o bárbaro perderá os modificadores e restrições relacionadas com a fúria e ficará exausto (-2 de Força, -2 de Destreza, incapaz de correr) durante o resto do combate (a menos que seja um bárbaro de 17° nível, quando essa limitação não se aplica mais; veja a seguir).
    O bárbaro somente poderá entrar em fúria uma vez por combate. No 1° nível, ele consegue ativar essa habilidade uma vez a cada dia. No 4° nível, e a cada 4 níveis subseqüentes, ele poderá ativá-la uma vez adicional por dia (limitado a 6 vezes por dia no 20° nível). Acionar a fúria não consome tempo, mas o bárbaro apenas será capaz de fazê-lo durante sua ação (veja Iniciativa), nunca em resposta a uma ação alheia. Por exemplo, um bárbaro não poderia ativar a fúria depois de ser atingido por uma flecha, para aproveitar os pontos de vida adicionais do aumento de Constituição; no entanto, esses pontos de vida o beneficiariam caso já estivesse em fúria na rodada anterior e então fosse alvejado.

    Resumindo:
    +4 de Força
    +4 de Constituição
    +2 em Testes de Vontade
    -2 na CA
    +8 de Vida (+2 por Nível)

    Duração: 8 Rodadas (3 + 5 [Modificador de Constituição recém-ajustado])

    Obs: Já atualizei as modificações na minha ficha, tirando o +6 de Vida, que o Mestre está controlando.
    Ataque Poderoso - Página 78 do Livro do Jogador:
    ATAQUE PODEROSO [Geral]

    O personagem é capaz de realizar ataques corporais excepcionalmente poderosos.
    Pré-requisito: For 13.

    Benefício: Durante a ação de seu personagem, mas antes de realizar as jogadas de ataque, é possível subtrair um valor de todas as jogadas de ataque e adicioná-lo a todas as jogadas de dano. Esse valor não pode exceder seu bônus base de ataque. As alterações no ataque e no dano continuam válidas até seu próximo turno, inclusive para ataques de oportunidade.

    Especial: Quando estiver atacando com uma arma de duas mãos ou de uma única mão empunhada com as duas mãos, o valor adicionado ao dano será o dobro do valor subtraído da jogada de ataque. O bônus concedido por este talento não se aplica ao dano causado por armas leves (exceto para ataques desarmados e armas naturais), mas a penalidade se aplica normalmente (em geral, considera-se que uma arma dupla é uma arma de uma única mão e outra leve. Elas podem ser usadas como armas de duas mãos caso o personagem ataque com apenas uma extremidade a cada rodada. Neste caso, elas são consideradas armas de duas mãos).

    Especial: Um guerreiro pode escolher Ataque Poderoso como um de seus talentos adicionais.

    Resumindo:
    -4 no Ataque [Bônus Base de Ataque]
    +8 no Dano [Atacando com Arma de Duas Mãos]
    Investida - Página 132 do Livro do Jogador:
    INVESTIDA

    Realizar um ataque de Investida exige uma ação de rodada completa especial, que permite ao atacante percorrer o dobro do seu deslocamento e atacar durante a mesma ação. No entanto, existem algumas restrições inflexíveis referentes ao movimento dessa manobra.

    Movimento Durante uma Investida: O personagem deve se mover antes do ataque, nunca depois. Ele precisa percorrer no mínimo 3 m (2 quadrados) e será capaz de percorrer no máximo o dobro de seu deslocamento básico, sempre em linha reta contra o oponente. O caminho entre o atacante e o defensor precisa estar livre de qualquer obstrução (como terreno acidentado ou obstáculos).

    Caminho livre: Primeiramente, o personagem deve se deslocar até o espaço mais próximo possível para atacar o oponente (se este espaço estiver ocupado, será impossível realizar a Investida naquela direção). Em segundo lugar, se qualquer linha traçada a partir do quadrado inicial até o quadrado do oponente atravessar um espaço que bloquearia ou atrapalharia o movimento (como paredes ou terreno acidentado, respectivamente) ou que contenha uma criatura (mesmo que seja um aliado) será impossível executar uma Investida naquela direção (as criaturas indefesas não atrapalham essa manobra). Caso o personagem não tenha uma linha de visão contra o oponente no início do seu turno, ele não poderá executar a Investida. Um personagem não pode realizar um passo de ajuste de 1,5 m na mesma rodada em que utilizou a Investida. Se o personagem for capaz de realizar apenas uma ação padrão ou uma ação de movimento por rodada, ele ainda poderá usar a Investida, mas percorrerá somente o seu deslocamento básico (em vez do dobro, usado normalmente). Não é possível usar esta opção, a menos que o personagem esteja restrito a somente uma ação por turno (padrão ou de movimento, como durante a rodada surpresa).

    Atacando em Investida: Depois do movimento, o personagem pode realizar um único ataque. Usando o impulso da Investida a seu favor, ele recebe +2 de bônus em sua jogada de ataque. Como um ataque de Investida requer um pouco de imprudência, ele também sofre -2 de penalidade na CA até o início do seu próximo turno. Um personagem em Investida recebe +2 de bônus nos testes resistidos de Força durante as manobras Encontrão ou Atropelar (consulte a descrição destas manobras). Mesmo que o personagem seja capaz de executar ataques adicionais em função de um bônus base de ataque elevado ou por usar mais de uma arma, ele só poderá desferir um único ataque durante essa manobra.

    Resumindo:
    +2 no Ataque
    -2 na CA
    Informações do Ataque:
    Ataque:
    1d20 +1 [Perícia Foco em Arma] +1 [Arma Mágica] +11 [Total de Bônus de Ataque Melee] +2 [Investida] -4 [Perícia Ataque Poderoso que será convertido em Dano em caso de acerto] = 1d20 +11

    Dano em caso de Acerto:
    1d12 +1 [Arma Mágica] +7 [Modificador de Força] +3 [Metade do Modificador de Força devido à ataque com Arma de Duas Mãos] +8 [Perícia Ataque Poderoso com Arma de Duas Mãos] = 1d12 +19
    Edu
    Wyrm
    Edu
    Wyrm

    Mensagens : 7573
    Reputação : 113

    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Edu em Sex Nov 08, 2019 9:56 pm

    Ouvindo os barulho e gritos do lugar para qual os seus companheiros tinha se dirigido, Rachel corre em direção para ver o que estava acontecendo.

    Chegando lá ela vê a cena do drow mutilado no chão e o alta armadura autônoma.

    Ela põe a mão na boca, não era amiga de drows mas isso não significava que quisesse ve-los mutilados.
    Conteúdo patrocinado


    Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando - Página 11 Empty Re: Capítulo 3: Coisas que se mexem quando não se está olhando

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua Nov 13, 2019 5:12 am