Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Capítulo X - Parte 2

    Caelestia
    Samurai Urbano
    Caelestia
    Samurai Urbano

    Mensagens : 126
    Reputação : 16

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Caelestia em Sex Maio 17, 2019 12:56 am

    "- A história da humanidade passara por diversas transformações... Mas quanta transformação seria necessária para mudar tanto o mundo que ela conhecia para isso que via agora?... Como... Como alguém pode nunca ter ouvido falar de Europa?" - Eleonora pensava.

    Ela se sentia zonza e enjoada, tanto pela explicação dada pelo menino, que mais lhe causou duvidas do que as esclareceu, quanto por se imaginar tendo que atravessar aquela precária ponte.

    Pelo menos agora sabia os nomes e um pouco da história daqueles com quem dividia a jornada, embora assustasse imaginar pessoas de tempos tão distantes dividindo um objetivo.

    Ela respirou fundo, resignada. Segundo o garoto, ou enfrentavam a ponte ou perdiam dias tentando outro caminho e Eleonora não sabia dos perigos que rondaram aquelas terras, mas pela reação cautelosa dos demais viajantes, imaginou que, contra todas as possibilidades, arriscar atravessar a ponte fosse mais seguro do que a contornar.

    Eleonora olhou os pertences que estava carregando e disse se aproximando da guerreira de pesada armadura.

    - Eu tenho uma corda comigo... Mas não sei se ela alcançaria o outro lado da ponte. E o mais relevante... Mesmo que alcance, não sei como a pretendíamos lá para atravessarmos com segurança.
    Artorias
    Troubleshooter
    Artorias
    Troubleshooter

    Mensagens : 801
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Artorias em Sex Jun 14, 2019 3:06 am

    OFF – POST 5


    ON


    Decisões. A vida se resume a escolhas, que tomamos no determinado momento acreditando ser a melhor das opções, às vezes acertamos, às vezes falhamos e, por incrível que possa ser dizer isto, às vezes falhamos e acertamos ao mesmo tempo. Neste mundo as implicações de suas ações trazem consequências diretas e fugazmente.


    [...]


    Os heróis estavam na beira de um penhasco bem arborizado e silencioso, uma ponte extensa e pouco confiável levava até o outro lado, que, com dificuldade, era possível enxergar mesmo havendo uma leve névoa que permeava o horizonte. Então decidiram ir em busca cipós ou noutra maneira de ir ao outro lado com maior segurança, seus corpos eram pesados devido às armaduras, tirá-las para depois amarrar e arremessar seria uma maneira viável diante das poucas possibilidades, visto que a ponte aparentava ser capaz de aguentar o peso de seus corpos apenas.


    Guillaume de Ret escreveu:– Adam, venha comigo! Devemos encontrar alguma coisa que possamos utilizar para amarrar as nossas armaduras que ficarão arrumadas em nossas capas ou no saco de dormir que tenho na minha mochila.


    Adam que estava próximo de Mewghoah, olha-lhe a espera de algum sinal de consentimento dela, já que criara algum vinculo maternal.


    Mewghoah MacKenna escreveu:– Vá, vá com ele e mostre o seu valor!


    Ela libera-o e ele corre até Guillaume, um pouco antes, Adam havia aceitado a oferta de ser treinado pelo guerreiro, algo que despertara um sentimento de responsabilidade e de sentido neste mundo perdido, poderia até pensar que há algo pelo qual lutar, já que a causa de lutar contra mitologias divinas parecia tão impossível e fictício ainda, apesar de tudo. Todos sentem a mesma coisa.


    Eleonora Van Heick escreveu:– Eu tenho uma corda comigo... Mas não sei se ela alcançaria o outro lado da ponte. E o mais relevante... Mesmo que alcance, não sei como a pretendíamos lá para atravessarmos com segurança.


    De fato, aquela corda não tinha o tamanho necessário, mas já era o começo. Ignastacia "Immacolata" d'Argoliath acompanha o rapaz e o menino atrás do cipó, pensativa, tenta calcular a melhor maneira de atravessar a ponte, como também, sente-se um pouco incomodada com a tranquilidade que vinga no lugar presente, para um mundo dominado pela bestialização e pelos mortos, estava pacifico demais, seria algo que poderia refletir.


    [...]


    – Olha! – Diz Adam chamando a atenção, – Cipós! – aponta o dedo se esticando com a ponta dos pés. Havia o suficiente para fazer nós e alcançar a extensão desejada. Guillaume ainda teria ganchos em sua mochila, poderia usar para prender na corda e lançar até que se fixasse em alguma árvore do outro lado do penhasco.


    [...]


    Pássaros começam a voar, uma revoada vem distante do lado da floresta que se encontram e segue para o outro, uma movimentação curiosa, devido ao foco de atravessarem a ponte loge, acabam não dando atenção a isso.


    OFF 2:


    Qualquer um pode fazer o Teste de Arremessar o gancho com seus pertences, mas os que possuem maior Atletismo são os personagens do Kether e do Lnrd, a Dificuldade é 14 para Atletismo+2d6.

    Caso um personagem falhe no teste, o outro poderá tentar, no turno ninguém poderá repetir testes.

    Qualquer um que não esteja focado no Teste de Arremessar poderá fazer Teste de Observação para reparar na estranha movimentação dos pássaros, a Dificuldade é 12 para Vontade+2d6

    Dycleal
    Antediluviano
    Dycleal
    Antediluviano

    Mensagens : 4557
    Reputação : 106
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Dycleal em Sex Jun 14, 2019 8:29 am

    Mewghoah sente um calor no peito quando Adam lhe lança aquele mesmo olhar que seus filhos lhe lançavam pedindo a sua aprovação para brincar ou para um passeio a cavalo, lhe restaurava vínculos e sentimentos para ela sagrados e profundos, lhe deixavam mais viva e lhe reportava ao passado.

    Por alguns momentos cenas do passado lhe passam na cabeça e se vê com a filha cavalgando, investigando o promontório de Playmond rastreando mais uma invasão dos Picnos e lembra que os descobriu pela movimentação dos animais, pois eles reagem por instinto e lembra a satisfação da sua filha em presenciar a expertise da sua mãe, como ela ficou orgulhosa, mas sendo uma MacKenna embotou os sentimentos e agiu rechaçando a invasão.

    Ela se levanta e se dirige a ponte e a ponte e observa o penhasco e as árvores em busca de algo vivo e a sua movimentação e depois eleva seus olhos para o horizonte e vasculha o céu e os arredores em um círculo de trezentos e sessenta graus, girando lentamente em seu próprio eixo a procura de sinais de vida e movimento.

    Teste de observação 2d6+3:
    Dycleal efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Dice (d6.) :
    5 , 6
    Caelestia
    Samurai Urbano
    Caelestia
    Samurai Urbano

    Mensagens : 126
    Reputação : 16

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Caelestia em Dom Jun 16, 2019 11:19 pm

    Esperava que pudessem resolver aquela situação o quanto antes para poderem atravessar a ponte, continuar sua jornada e cumprir a missão dada por Deus, mas não foi o que aconteceu.

    Embora de certa forma já esperasse por aquilo, Eleonora se sentiu desapontada quando constataram que a corda que levava consigo seria realmente insuficiente para o grupo atravessar a ponte

    Teriam que encontrar cipós para isso.

    - Desculpem, mas como pretendeis usar os tais cipós? Atravessaremos pela ponte sem nossos pertences que serão arremessados com a ajuda dos cipós ou vamos usar os cipós para atravessarmos também? Porque se vamos pela ponte, talvez alguém já pudesse ir na frente, para pegar nossos pertences do outro lado... Ou não? – Perguntou para o grupo.

    Não se sentiu muito animada em se afastar para procurar os tais cipós, então preferiu apenas observar quando alguns do grupo se juntaram ao menino na busca. Particularmente ela não se sentia confortável com a ideia de se separar de seus pertences e atravessa-los com a ajuda de cipós.

    Mais uma vez se aproximou da ponte, parando próxima a Mewghoah. Queria examinar as cordas. Se estivessem firmes, poderiam evitar as tábuas, seguindo somente pelas laterais, equilibrando-se nas cordas. A ideia lhe causava calafrios de medo, mas estava determinada a chegar do outro lado. Morada dos impuros ou não era a missão que Deus havia lhe confiado. E ela já havia falhado com Ele uma vez. Não o faria novamente.


    Ela não sabia se era devido a toda aquela estranha situação ou se era por causa daquela floresta sombria, mas a sensação de angustia não a abandonava. Foi nesse momento que ouviu a voz do menino dizendo que havia encontrado cipós. A empolgação dele a havia distraído por alguns instantes e tinha apenas uma leve noção de que havia escutado algo distante na floresta.

    Enquanto aguardava pela resposta de seus companheiros de jornada olhou em volta observando não só a ponte que teriam de atravessar, mas também a floresta em volta.

    TESTE OBSERVAÇÃO: 2D6 + 5:
    Caelestia efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Dice (d6.) :
    1 , 1
    Kether
    Garou de Posto Cinco
    Kether
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2291
    Reputação : 91
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Kether em Seg Jun 17, 2019 12:38 pm

    Antes de sair para buscar o cipó com meu escudeiro e com Lady Ignastacia observei como a feiticeira de cabelos dourados. Ela havia posto todos em perigo no combate da Igreja e agora age como se Adam fosse seu filho. Será que ela tenta se redimir de sua estratégia de atear fogo na Igreja?

    Este pensamento se afasta quando reparo que Adam agora estava ao meu lado.

    - Mestre estou pronto! - disse ele para mim.

    Abro minha mochila e pego um facão guardado em sua bainha e passo para o jovem. Me abaixo ficando apoiado em um dos joelhos e digo para Adam.

    - A arma de um cavaleiro é sagrada, somente a utilize quando achar que não existe mais nenhuma outra opção. Preservar a vida é o mais importante. Lembre-se de quando nós nos conhecemos, eu antes de atacar aquele monstro procurava uma forma de te colocar em segurança.

    Depois me certifico que ele havia entendido o que eu havia falado.

    - Agora que já teve a sua primeira orientação e entendeu que sua arma deve ser usada com muita certeza. Te pergunto qual a principal arma de um cavaleiro?

    Eu olho para a mão do jovem e toco na empunhadura de minha própria arma, induzindo ele ao erro.

    - Minha espada??? - responde Adam na certeza dos jovens, o que me faz sorrir lembrando do mesmo erro que cometi quando meu irmão, meu mestre de armas, fez a mesma pergunta utilizando do mesmo ardil que eu utilizei para induzir Adam ao erro.

    - Não, meu jovem escudeiro. E fico feliz por ter errado, isso demonstra que não tem vícios de um guerreiro mais velho. A maior arma de um cavaleiro é...

    Eu me levanto e toco com meu dedo indicador na testa do jovem.

    - A inteligência. Todo combate é composto por você e seu adversário tentando abrir uma oportunidade de atacar e acertar. Por isso, você tem de ter olhos afiados, destreza para desviar dos golpes e força para romper a defesa do inimigo e também quando necessário bloquear os golpes deles.

    Me ponho a caminhar e gesticulo para Adam me seguir.

    - Não esqueça de sua arma... - oriento e então sigo com a "aula" - Um guerreiro se limita quando pensa que a arte da guerra é apenas força, como diria o filósofo João Filipono de Alexandria, força é física e não físico. Existem muitas maneiras de aumentar a força e reduzir o esforço para produzir essa força. Mas para isso é necessário que utilize o que tem dentro da cabeça!

    Termino bagunçando o cabelo do mancebo que havia tomado como meu escudeiro.

    [...]

    - Olha! - Diz Adam chamando a atenção - Cipós!

    Eu olho na direção apontada e aceno com a cabeça e Ignastácia olha também. Começamos então a cortar e amarrar as pontas para ter uma corda que chegasse ao outro lado. Porém havia uma desvantagem ante a corda. Os cipós são mais pesados que uma corda e são irregulares devido aos seus nós naturais e os nós que havíamos feito para uni-los.

    A corda de cipó talvez chegasse do outro lado da ponte, mas seu grande peso dificultaria um arremesso mesmo para alguém com a minha compleição física. Acredito que mesmo para aquela criatura com a qual combatemos seria uma proeza bastante difícil. Retornávamos comigo trazendo a corda de cipós carregando ela enrolada no meu ombro e pude ter certeza de que ela era bem pesada.

    Ao chegarmos analiso bem a distância e mesmo que eu usasse um dos meus ganchos na ponta o peso, a força do vento e a revoada das aves, como assim revoada das aves??? Esse era um sinal de que algo ameaçador estava se aproximando. Poderia ser um predador ou um evento da natureza se aproximando de nós.

    [...]

    Assim que nos reunimos novamente eu falo.

    - Será muito complicado conseguirmos atirar a corda de cipós até o outro lado e ainda prender ela em algum lugar. Sim Lady Eleonora, acredito que seria melhor que alguém seguisse na frente com a corda presa na cintura e eu e mais alguém ficaríamos segurando a corda para caso aconteça algo possamos puxá-la de volta em segurança. Do outro lado a pessoa amarraria a corda. Daria um número de puxões para avisar que estava tudo pronto. Prenderíamos a corda aqui em algum lugar e atravessaríamos em segurança com nossos pertences.

    Olho para o céu e tento perceber o que poderia ter feito com que as aves fugissem em revoada.

    - Mas antes que alguém siga para o outro lado da ponte, essa revoada de aves chama muito a atenção pois para tantas aves... Ou uma mudança no clima ou um predador poderoso a espreita poderiam provocar essa revoada.

    Teste Observação 2d6+3:

    Kether efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Dice (d6.) :
    2 , 4
    Dycleal
    Antediluviano
    Dycleal
    Antediluviano

    Mensagens : 4557
    Reputação : 106
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Dycleal em Ter Jun 18, 2019 12:12 am

    Mewghoah acompanha o voo das aves da floresta de onde vinham para a floresta que queriam chegar. Ao olhar novamente para olhar a origem daquele voo, sente uma leve vibração aos seus pés e entende que algo grande se aproxima, mesmo estndo longe, mas a sua sensibilidade aumentada pela atenção e cuidado congue entender que precisam acelerar os seus passos e procedimentos, a travessia se torna algo urgente e vital para a sobrevivência.

    Olha para cada um dos companheiros e diz: - Rápido, precisamos acelerar nossos movimentos e atravessar o mais rápido possível, e apontando para a floresta de onde vieram, continua: - De lá está vindo algo grande e se chegar conosco ainda deste lado, será o nosso fim, vamos amarrem estes cipos e vamos atravessar logo.

    E se move em direção da ponte e faz gestos para que todos se aproximem e com a mão estendida pede a corda.
    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 386
    Reputação : 22

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Lnrd em Ter Jun 18, 2019 4:12 pm

    “Uma lâmina não é um presente. É uma maldição”. Tal pensamento cortara a mente de Ignastacia reabrindo velhas cicatrizes. Não era uma reprovação à atitude nobre do companheiro de jornada, mas um sincero pesar ao refletir sobre a própria condição de guerreira. “Num mundo em que se vive por espadas, morre-se por espadas”. Lembrara-se da primeira vez que pegou o cabo de uma arma e da em que fez alguém segurar uma.

    Era isso, não um terço ou a mão de alguém que amava, que trazia ao tombar.

    Um frio fê-la se arrepiar.

    A corda trazida pela moça e os cipós colhidos com os rapazes deveriam ser suficientes, ao que Eleonora e Guillaume já haviam resolvido uma estratégia possível. Uma pena que, ao que se desenhava, não teriam mais tempo de organizarem-se melhor para adiantar as coisas tal qual a religiosa sugerira – um sopro de urgência bafejava sobre o grupo.
    - A essa altura faz pouca diferença tentar acertar a corda antes: é melhor começarmos a travessia de imediato” - dissera ela e, ao ver a outra mulher pedindo por aquele fio, lembrou-se do que havia pensado antes e enfatizou o plano da novata e do cavaleiro, complementando - Não podemos mandar alguém indefeso primeiro. A criança ou a “freira” tombariam rápido caso haja uma emboscada do outro lado. Mewghoah, amarre isso para a segurarmos caso caia e vá na dianteira. Você pode manter a distância e lutar mesmo sem armadura, então pode lidar sozinha com qualquer coisa que espreite do lado...

    Reparando que a preocupação da maioria era com a própria margem onde estavam, acrescentou:  
    - ... e talvez até nos ajudar mesmo de lá. Só não vá queimar a ponte.

    Ao colocar aquilo, começou a desatar os nós que prendiam-lhe as vestimentas de batalha, um conjunto que provavelmente pesava mais que o jovem Adam. Pesadamente caindo no chão, aquela couraça metálica revelou a totalidade daquela mulher embrutecida pelos anos de guerra, cabelos esvoaçando à beira do abismo. “Quando a mim, não preciso de armadura para atrasar qualquer perigo que assome em nosso encalço. Vou por último”.
    Kether
    Garou de Posto Cinco
    Kether
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2291
    Reputação : 91
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Kether em Qua Jun 19, 2019 9:32 pm

    Aquele era um momento de ações e de ser prático.

    - Ignastácia, você deverá atravessar antes de mim. Já está sem a armadura, é forte o suficiente para me sustentar na corda. Mewghoah segue na frente e leva a ponta da corta e a amarrará em algum lugar, Adam e a Eleonora vão na sequência. Enquanto isso eu e você amarremos a sua armadura com a corda de Eleonora e ela a mim. Então você atravessará e ficará segurando a corda.


    O cavaleiro começa entrega uma ponta da corda de cipó para Mewghoah. Ele pega a outra ponta e enrola no seu tronco.

    - Depois eu seguirei para o outro lado com todos os equipamentos amarrados a mim. Tenho certeza que se a ponte arrebentar com o meu peso você poderá me segurar, bastará manter a corda esticada para saber se eu estou me aproximando e usar uma árvore como uma roda para facilitar com o peso. Da mesma forma que os pedreiros fazem para elevar blocos de pedra. pois se a ponte tombar será mais fácil para içar meu corpo.
    Dycleal
    Antediluviano
    Dycleal
    Antediluviano

    Mensagens : 4557
    Reputação : 106
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Dycleal em Qui Jun 20, 2019 8:37 am

    Mewghoah despe a armadura de forma ritualística, ele não é tão pesada, mas em relação ao seu próprio peso faz diferença e deixa escorregar o seu escudo, enquanto faz isso entoa um velho hino do seu clã de preparação para a guerra, um hino que prepara o corpo e o espírito para o desfio e o stress de situações tensas.

    Passa o tempo, passa a vida
    A alma não envelhece, apenas o corpo
    Sangra o corpo, a alma lateja, flui o medo
    Seca as lagrimas, esvazia o ventre
    Ama a batalha, a arma é sua amiga
    Gela o coração, enrijece as carnes
    Enfrenta o vazio, avança no escuro
    Marcha, marcha,mata, mata e vence.


    A guerreira de fogo agora é pura concentração, semi despida, leva apenas seus itens mais leves e acaba de amarrar o cipó da extremidade da corda a sua cintura, um nó firme e uma última olhada nas vestes, para recompor e olha friamente para o conjunto de tábuas e cordas, com seus olhos críticos de quem não teme a morta, mas não tem pressa de encontra-la e testa, passo à passo, as tábuas, evitando aquela mais desgastadas e as corda puída, traçando para os que a seguem, uma rota mais segura e a cada momento vai conversando com seus antepassados, jurando vingança contra seus inimigos e prometendo aos seus pais que chegará do outro lado e febrilmente prometendo aos filhos que mamãe logo chegará para cuidar deles do outro lado e essas palavras lhe mantem o foco em chegar e afasta qualquer pensamento que não seja, encontrar uma rota segura de levar a todos em segurança para a outra margem.

    Logo, ela vê a floresta do outro lado entre a bruma e escolhe a árvore mais firme e próxima da borda, com espaço suficiente para a chegada segura e ao chegar nela, respira aliviada, a abraça e a reverencia como um antigo ente da floresta que está ali para recepciona-la e pede licença para envolve-la com a corda e desamarra a sua cintura e amarra o cipó com um nó forte na árvores e dá dois puxões fortes na corda e após alguns segundos, dá outro puxão e mais outro e pensa: Espero que tenha deixado claro a trilha que segui, ela é segura se for seguida na risca. E fica olhando, e torcendo por seus companheiro e prepara a besta para atacar se alguém aparecer ameaçando a sua posição.
    Artorias
    Troubleshooter
    Artorias
    Troubleshooter

    Mensagens : 801
    Reputação : 49
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/411.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/410.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Artorias em Qui Jun 20, 2019 10:55 pm

    OFF – POST 6:


    Importante destacar que o mapa não representa tudo o que vocês podem ver, há uma névoa considerável que dificulta enxergar as extremidades, também é difícil ouvir alguma coisa das mesmas.

    MAPA:

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Captur17

    Legenda:
    GR = Guillaume de Ret
    MM = Mewghoah MacKenna
    EVH = Eleonora Van Heick
    IIA = Ignastacia "Immacolata" d'Argoliath
    AC = Adam de Catarina


    -----

    Ótimo post, Dycleal, um dos seus mais caprichados, mas andar na ponte era parte do desafio, como já narrou que atravessou irei contar como 4 turnos gastos da contagem regressiva de 6 para o perigo alcançá-los.

    Para atravessar a ponte será necessário fazer Rolagem de Movimentação (2d6+Atletismo), o Resultado será a quantidade de Quadrados Andados, ao mesmo tempo fará Teste para Atravessar (2d6+Sabedoria), Dificuldade 10, falhando no teste o Personagem irá quebrar o piso ou parte da corda que sustenta a ponte arrebentará e, com isso, irá ter apenas METADE do Resultado da Movimentação sendo usada para representar que teve dificuldades.


    Obs.: A movimentação de quem for atravessar a ponte será contada a partir do I-22.

    -----

    ADAM

    Rolagem de Movimentação (+1)
    Artorias efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Dice (d6.) :
    3 , 3

    Teste para Atravessar (+3)
    Artorias efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Dice (d6.) :
    4 , 5




    ON


    SOM CLIMÁTICO:



    "[...]

    A vida é uma ponte,
    Uma eterna atravessia,
    Nessa travessia há obscutáculos
    Que dificultam o processo de
    Alcançar o outro lado.

    Enquanto experimentavam a metáfora da vida,
    Algo podia atormentá-los,
    A incerteza do que está chegando,
    O mundo mudou muito
    E os perigos e os terrores também.
    Como aquela bestialidade da igreja,
    'Como um dia aquilo pode ter sido humano?'

    [...]

    Mewghoah aceitou o desafio de ser a primeira,
    Seguiu em frente e teve suas dificuldades.
    Amarrara a corda e sinalizou com o balançar do mesmo.
    Agora era Adam..."


    Seu coração batia aceleradamente, o estômago embrulhava-se feito papel amassado. A altura, a névoa, aquela ponte e o que estava chegando, tudo era demais para ele, mas este mundo tornou-se cru demais, não fora feito para crianças. Por isso os heróis acolheram-no. Enquanto Adam atravessava, Eleonora, após um certo tempo, avança também, o peso dos dois certamente não prejudicaria a "estabilidade" da ponte.

    Som de árvores distantes balançando.

    Isso não era bom, tinham que se apressar.
    Caelestia
    Samurai Urbano
    Caelestia
    Samurai Urbano

    Mensagens : 126
    Reputação : 16

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Caelestia em Sex Jun 21, 2019 1:46 am

    A mulher chamada Mewghoah havia atravessado e agora Eleonora via a criança iniciar sua travessia.

    Ela se aproximou da ponte, pronta para seguir logo atrás da criança Adam, quando resolveu olhar para trás. Para seus recentes companheiros de jornada.

    Som distantes de árvores balançando chamaram sua atenção e ela elevou o olhar, tentando ver algo além das copas das árvores daquela floresta sombria.

    Sentiu o coração acelerar e a respiração ficou pesada. Pelo que já tinha ouvido os outros contarem, sabia que havia uma grande possibilidade de serem inimigos vindo em sua direção. Demônios determinados a impedir o progresso do grupo.

    Por algum motivo, aquela situação a fez se lembrar de seu pai. E sentiu a velha sensação de tristeza e culpa retornarem. Sabia que poderia ter sido só uma coincidência, mas seu pai havia sofrido uma emboscada e morrido logo após ela ter pedido ajuda a Deus para resolver desavenças com ele.

    Uma emboscada. Encurralado, sem muita opção de fuga, tal qual se encontrava agora.

    E se aquele fosse mesmo o lugar feito para se redimir de seus erros, como acreditava que era, Eleonora sabia o que tinha de fazer.

    Ela voltou a olhar para seus companheiros. Os dois guerreiros que, julgando pela proximidade do barulho, não teriam tempo de atravessar a ponte. E soube que não os deixaria para trás. Não iria cometer esse erro novamente. Era sua missão e estava determinada a ajudar.

    Nunca havia participado de uma batalha e duvidava de sua utilidade em uma situação dessas, mas seus estudos a haviam dado alguma noção de estratégia.

    Respirando fundo, disse para a guerreira e o cavaleiro.

    - Eu não vou se não puderem ir também. Ou iremos todos ou ficarei com vós, aqui. Não irei deixá-los para trás. Não falharei em minha missão com Deus. E pelo que parece, a menos que consigamos ir os três juntos, o que arrebentaria a corda e a ponte, não teremos tempo para atravessar.

    Ela olhou para a movimentação das árvores antes de prosseguir.

    - Mesmo que eu vá existe o risco de, seja o que for que esteja vindo, cortar a corda, a ponte cair e eu acabar morrendo. Então prefiro ficar e tentar encontrar outra solução.

    Tornou a olhar para seus companheiros.

    - Talvez possamos nos esconder. Desta forma não seremos surpreendidos e poderemos ver nosso inimigo, antes que ele nos veja. Quem sabe, com alguma ajuda de Deus, eles nem sequer nos vejam se ficarmos bem escondidos. Porque se a ponte não aguenta nosso peso, também não deve aguentar o deles, então a guerreira Mewghoah e Adam estariam seguros. O que talvez fizesse nosso inimigo ir por outro caminho e poderíamos voltar à ponte.

    - Mas eu não sou uma guerreira e isto é apenas uma ideia. O que vós acham?

    E enquanto ela aguardava a resposta de seus companheiros, começou a orar à Deus, pedindo por ajuda.
    Kether
    Garou de Posto Cinco
    Kether
    Garou de Posto Cinco

    Mensagens : 2291
    Reputação : 91
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1312.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/2111.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh26.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh34.png

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Kether em Sex Jun 21, 2019 10:26 am

    "Mas o que?" Pensei ao reparar que a beguina não havia começado a atravessar a ponte. Isso colocou todo o plano da travessia em risco, ou melhor, agora realmente não daria tempo para todos atravessarem.

    - Ignastácia sei que vai ser ruim, mas acho melhor você vestir a sua armadura novamente, ou atravesse a ponte. Neste pouco tempo que dividimos em viagem aprendi que somos iguais em uma coisa, nunca damos as costas para os nossos aliados e para nossos inimigos... E parece que ela pensa igual... Eleonora, já que vai ficar se a Ignastácia for ficar também, a ajude a vestir sua armadura.

    Olho para a ponte, as cordas estão balançando, isso quer dizer que Adam ainda está atravessando.

    - Segure nos cipós Adam! E aconteça o que acontecer siga em frente até Mewgoah! - grito para meu aprendiz.

    Paro de frente para a direção de onde vem o ruído. Pego o espadão da criatura com que lutamos e a seguro com ambas mãos assumindo uma postura defensiva, onde finco bem os pés no chão colocando como se estivesse em passada para poder absorver melhor o golpe e ter equilíbrio para o contra-ataque.

    - Eleonora, Ignastácia. Se escondam eu vou ficar como o "queijo da ratoeira". Quando começar o combate, ataquem pelos flancos do que quer que seja.


    "Espero que seja apenas um... porque se forem vários essa estratégia será ruim." - penso.

    - Eleonora, reparei que trás consigo uma maça e um escudo pequeno. Esta é a hora de aprender a usá-los... e como disse que não é uma combatente uma dica simples a parte mais pesada acerte no inimigo. Depois levante seu escudo e se mantenha em defesa, quando ele reduzir a pressão revide o ataque.

    Começo a controlar minha respiração... com o intuito de controlar a emoção do combate iminente.

    Teste para encantar arma:


    Possível bônus:
    1. Heroísmo – Característica: Suporte – Obs.: Sua determinação e autoconfiança são quase inabaláveis. Você tem +2 em todos os testes relacionados a atos bondosos, heroicos, moralmente corretos e até quando se arrisca em prol de outros.

    Vontade = 3
    Pontos de Energia: 45/45

    Teste:
    Enfeitiçar Arma – Magia: Ação – Energia: 10 – Dificuldade da Magia: 8 – Obs.: Desenhando uma Runa Arcana sobre uma arma, você confere um bônus de +1 nas rolagens de ataque e nos danos dessa arma. Essa Runa Arcana dura 1 minuto.

    Rolagem: 2d6+vontade

    Kether efetuou 2 lançamento(s) de dados Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Dice (d6.) :
    2 , 2
    Dycleal
    Antediluviano
    Dycleal
    Antediluviano

    Mensagens : 4557
    Reputação : 106
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1112.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1011.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/212.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1611.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/612.png
    Premiações :
    • https://i.servimg.com/u/f89/19/67/13/04/medalh14.png

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Dycleal em Sab Jun 22, 2019 9:54 pm

    O tempo deixa Mewghoah apreensiva, checa se fizera algo de errado, porém não vê falha em suas ações e a neblina não ajuda, pois impede de ver o que acontece da metade da ponte para lá...

    Ao divisar o pequeno Adam atravessar a bruma, a tentação de corre para abraça´lo é grande, mas sua disciplina dos MacKenna a segura, ela não pode coloca-lo em risco, com uma atitude tão precipitada e irresponsável e começa a guia-lo com gestos, prendendo a respiração quando ele chega em locais perigosos e pensa consigo mesmo, o porque das pessoas estarem demorando tanto...
    Lnrd
    Tecnocrata
    Lnrd
    Tecnocrata

    Mensagens : 386
    Reputação : 22

    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Lnrd em Dom Jun 23, 2019 5:42 pm

    “É claro que as coisas tinham que piorar”, pensou ela em frustração. Não bastava uma ponte pensa, agora havia algo no encalço do grupo.

    A atitude de Eleonora pareceu-lhe nobre, mas só o tempo diria se uma cartada certeira ou um erro mal calculado – não tinha como julgar naquele momento no qual a única certeza é de que tinham uma baixa valiosa: aquelas chamas mágicas que queimaram a capela até o chão eram perigosas, mas uma arma poderosa. Teriam de lutar sem Mewghoah, ainda mais considerando que ela não poderia abandonar a criança sozinha do outro lado e voltar para o combate.

    Escutou o novo plano também incerta, mas uma coisa a experiência lhe dissera: havia momentos para se discutir, e outros para se agir. Pensara em sugerir ao cavaleiro que também se escondesse, mas pensou que aquilo deixaria Adam como a única movimentação visível, um risco grande demais. Apenas arrastou o próprio corpo e as coisas dela para trás da árvore que estava próxima à ponte, escondendo-se. Optara, porém, por algo arriscado, não vestindo a armadura novamente. Não descartara a opção de uma fuga às pressas por ela e aquele peso certamente a levaria à morte.

    Do equipamento, apenas manteve as espadas e o escudo. “Que a porra desses deuses nos protejam”.
    Conteúdo patrocinado


    Capítulo X - Parte 2 - Página 2 Empty Re: Capítulo X - Parte 2

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter Set 17, 2019 2:04 pm