Um fórum de RPG online no formato de PBF (Play by Forum).


    Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    mixuruquinha
    Neófito
    mixuruquinha
    Neófito

    Mensagens : 20
    Reputação : 8

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 2 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por mixuruquinha em Ter Jul 23, 2019 10:44 pm

    Gambiru escutou o grito de Juninho se estabacando no chão, e nesse momento ele soube, eles estavam fodidos.

    Escutava o som dos novos Volants se aproximando, não tinha muito tempo de agir, não queria castelar em tentar lutar novamente era arriscado demais, Juninho estava machucado, porém não tanto e foi aí que pensou rapidamente.

    Ele acenou para Juninho e apontou para uma casa que julgou que era segura por não ter sinais nem de humanos e nem de Volants, Juninho poderia dar um jeito de se esconder lá até que a poeira abaixasse. Gambiru não queria ficar mais por ali, precisava de respostas, nem seu irmão o pararia, então ele resolveu continuar saltando, sem se abalar com a situação de Juninho.
    Lokihgf
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 18
    Reputação : 4

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 2 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Lokihgf em Qua Jul 24, 2019 3:11 am

    Em um movimento muito rápido por conta do desespero "malasombrado", Juninho levanta, mesmo com a dor, que tinha diminuído por conta da adrenalina, sobe no muro e começa a seguir seu irmão.
    Nimaru Souske
    Mestre Jedi
    Nimaru Souske
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1391
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 2 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Nimaru Souske em Qua Jul 24, 2019 11:09 am

    Gambiru toma uma medida desesperada em prol de seu objetivo. Já havia deixado a mãe para traz, obedecendo suas ordens, mas dessa vez decidira que o melhor a fazer seria confiar nas capacidades de seu irmão, que agora jazia ao chão daquela rua, e fazer seu próprio caminho para fora da cidade. O Kemono se esgueirou até a beirada do telhado e olhou diretamente para Juninho, chamando sua atenção e apontando para uma casa ao lado para que o garoto tentasse se esconder antes que os Volants os encontrassem... Mas Juninho parecia ser cabeça dura demais para escutar Gambiru.

    Ao terminar sua tentativa de guiar Juninho, Gambiru pôs-se a correr na direção que ambos estavam rumando antes e efetuou com maestria mais alguns saltos sobre o telhado das casas, em direção a saída de Uin que já estava muito próxima.

    O menino que havia tentado entrar na vida eclesiástica levantou em um pulo, ignorando as dores que sentia devido a queda e tomou em seu pulmão uma grande quantidade de ar. Estava decidido a escalar aquela casa para seguir seu irmão que já se encontrava a uma distância considerável, mas ainda não se perdera no horizonte. O barulho da aproximação dos Volants aumentava cada vez mais e Juninho preparava seu salto.

    Arqueou as pernas, preparou os músculos e, emfim, pôs-se ao ar. Em sua visão, viu as telhas se aproximando pouquíssimo e, logo após, se afastando novamente ao sentir a sola de seus pés ao chão novamente. O pulo não fora suficiente e um som que escutou já lhe dizia que aquilo podia ter sido sua última chance de subir no telhado.

    - AHHHHHHHHHHHHHHHHHRRRRRRRRRRRR. Os Volants gritavam em um som gutural e pigarreante, até mesmo Gambiru pôde escutar.

    Juninho virou em direção das duas figuras que já estavam bem próximas a ele. Um dos Volants carregava em suas mãos um grande machado assim como o último que os irmãos viram no quintal de casa, mas o outro tinha em mãos uma grande corrente em forma de laço que logo começou a girar sobre a cabeça.

    - MATAR.. VOCÊS... MATAR... TODOS... O ser bestial balbuciava palavras como se sua capacidade de fala tivesse sido comprometida.

    A batalha injusta de 2 contra 1 parecia ter iniciado e Juninho tinha poucas opções além de bater de frente com o inimigo. Enquanto isso, Gambiru fazia seu caminho pelos telhados para sair da cidade, mas carregava o peso em seu coração por entender que quele grito que escutou a pouco tempo atrás poderia ser o último som que seu irmão escutaria.


    Testes:


    Juninho,

    Faz teste de iniciativa + 5

    Vou rolar a dos dois Volants e ai quem tirar o maior resultado posta primeiro no próximo post. Você ainda tem a opção de fugir, batalhar, tentar se esconder, conversar ou outra coisa que tiver em mente. Aí é com você

    --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Gambiru,

    Se for continuar pelos telhados, pode postar e fazer os mesmos testes que antes:

    Teste de salto pelas casas + 1

    Dificuldade 15



    Teste para andar na maciota + 3

    Dificuldade 17



    Caso for fazer outra coisa, só postar que eu digo quais testes fazer.



    mixuruquinha
    Neófito
    mixuruquinha
    Neófito

    Mensagens : 20
    Reputação : 8

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 2 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por mixuruquinha em Sex Jul 26, 2019 8:40 pm

    - Me desculpe.
    Murmurou Gambiru baixo, não importara com os sons logo atrás dele, continuou pulando de casa em casa sabendo que o barulho maior viera do estabanado do Juninho, seguiu sem muita preocupação quanto saltar fazendo alguns sons.

    Nessa hora relembrou o quanto sofreu por parte de sua infância complicada, o favoritismo de Rosinha com relação a Juninho, o quanto sempre foi mais rigorosa com Gambiru, não só por conta de sua “estranha forma”, mas por alguns outros fatores que não convém a prosa agora.

    Não ter sido criado nas mesmas condições do irmão tinha suas vantagens, não sentir remorso em o deixar para trás era uma delas, não era questão de ser frio, mas de saber que seu irmão não precisava de sua supervisão pra se virar, afinal Rosinha sempre o tratou como se fosse uma espécie de babá para olhar Juninho, como se ele continuasse um pivete traquino, e Gambiru estava farto disso.

    Ao pular de telhado em telhado mais à frente se deparou com...
    Lokihgf
    Neófito
    avatar
    Neófito

    Mensagens : 18
    Reputação : 4

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 2 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Lokihgf em Dom Ago 11, 2019 11:10 am

    Juninho, com toda a esperança que sua mãe te fez ter, puxa sua querida arma a pinga-gofo e usa seu talento para soltar um "Tiro Rápido" em um dos volants, para que a batalha seja um pouco mais justa.
    Nimaru Souske
    Mestre Jedi
    Nimaru Souske
    Mestre Jedi

    Mensagens : 1391
    Reputação : 46
    Conquistas :
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/311.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/912.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1811.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1413.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/712.png
    • https://i.servimg.com/u/f11/17/02/65/26/1511.png

    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 2 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Nimaru Souske em Qua Ago 14, 2019 9:32 pm

    Gambiru se agarrou em sua confiança e rumou pelos telhados, perdendo toda a preocupação de se manter silencioso já que acreditava que Juninho já havia tomado todas as atenções dos invasores para si. Deu mais alguns pulos até que viu a última casa antes da saída da cidade. Estava nela e, para continuar, teria que ir pelo chão.

    Parou na beirada do telhado. Respirou fundo. Lembrou do irmão.

    Olhou mais atentamente para o meio da rua e lá viu que havia uma carroça com alguns jumentos amarrados a ela e, na parte de carga da carroça, parecia haver um jovem garoto de cabelos loiros desacordado.

    O Kemono desceu até a calçada e viu que ao final da rua se encontrava a tão aguardada saída que ele correra tanto para encontrar e, entre ele e seu objetivo, estava aquela carroça de Jumentos.

    - AHHHHHHHHHHHHHHHHHRRRRRRRRRRRR. Gambiru conhecia aquele grito e, além disso, parecia que várias vozes haviam se unido desa vez.

    O tremor dos passos pesados que vinham das costas do jovem pareciam se aproximar e aquilo, agora já podia reconhecer com mais exatidão, só podiam ser Volants.

    Tentar a sorte e correr até a saída esperando ter mais rapidez que o número desconhecido de Volants que vinham em sua direção? Salvar o desconhecido em sua frente? Usar ou roubar a carroça para seguir mais rápido pelo caminho ou, quem sabe, voltar e salvar Juninho?

    Todos esses pensamentos se misturavam em mais outros tantos que Gambiru podia seguir... mas os tiros que pôde escutar ao longe lhe lembraram do que havia deixado para trás.

    Juninho foi de poucas palavras no momento, sacando de maneira ligeira sua arma Pinga-fogo e disparando uma rajada de balas na direção dos dois Volants que não tiveram tempo de se defender e foram cravejados com o ataque. O jovem estava tão desesperado em seu ataque que fechara os olhos e deixara com que sua fé guiasse seus projéteis até o inimigo... e assim foi feito já que pôde escutar o som de carne sendo perfurada e gritos.

    - AHHHHHHHHRRRRR. Pareciam sentir dor.

    Ao abrir os olhos, o jovem viu as duas figuras ainda em pé... estáticas. Esperava que estivessem mortos, prestes a tombar.

    Mas esse não era o caso.

    - EU FATIAR E TU AMARRAR O QUE SOBRAR. Falou aquele que portava um machado ao outro, que trazia consigo uma corrente.

    O Volant brandiu seu grande machado e pôs-se a correr em direção ao jovem que estava praticamente catatônico diante daquela imagem demoníaca vindo em sua direção. O machado da besta cortou os ares com tamanha força que apenas o vento deslocado já era suficiente para ferir alguém... mas, infelizmente para o garoto, não fora apenas o vento que o acertara. A arma afiada entrou pelo ombro e parou no meio do peito de Juninho que, por pouco, não teve sua cabeça decepada. Mas sua situação não era nem de perto uma das melhores, pois, não se sabe por qual milagre, ainda continuava vivo após ter o machado cravado em si. O Volant tentou puxar a arma mas ela estava presa nos ossos do jovem pároco, então o ser monstruoso apoiou seu pé na cabeça de Juninho que, até então, estava com o olhar perdido que fitava apenas o chão enquanto de sua boca escorria grande quantidade de sangue, e então o empurrou para trás e conseguiu, por fim, retirar o machado.

    Do chão, Juninho viu o céu.

    A dor era tão intensa e visceral que parecia que não sentia mais nada... dor, desespero, medo, frio, nada. Apenas via o azul do céu e isso, de certa forma, parecia lhe confortar.

    Estava morrendo.

    O mundo ao redor estava turvo e ele mal podia escutar direito, mas ainda conseguiu entender as palavras.

    - ... AMARRAR... AGORA...

    Sentiu uma pressão gélida ao redor do corpo provocada pelas correntes do segundo Volant e, então, viu-se preso as costas do mesmo.

    - VAMOS APROVEITAR ESSE COMO RECOMPENSA. TEMOS COMIDA A VONTADE HOJE.

    Algo queimava dentro do irmão mais novo da família Silva e ele tinha que escolher como iria fazer tudo queimar.

    Off:


    Gambiru, pode postar dizendo o que teu personagem vai fazer e, então, eu te digo o que rolar. ^^


    Juninho, teu personagem ainda não ta morto, então ele pode fazer o que quiser: Tentar falar, argumentar, tentar se livrar das correntes, se debater. Narra o que tu quer fazer que eu digo quais testes rolar.


    Espero que tenham gostado do post XD



    Conteúdo patrocinado


    Arrasta-pé & Correria (Aventura)  - Página 2 Empty Re: Arrasta-pé & Correria (Aventura)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Ago 19, 2019 4:00 pm